Vous êtes sur la page 1sur 27

Visão geral do exemplo de Rentabilidade do Cliente

O pacote de conteúdo “Exemplo de lucratividade do cliente”" contém um


painel, o relatório e o conjunto de dados para uma empresa que fabrica
materiais de marketing.Esse painel foi criado por um diretor financeiro para ver
as métricas chave sobre seu 5 gerentes de unidade comercial (também
conhecidos como executivos), produtos, clientes e margens brutas (GM). Ele
pode ver rapidamente quais fatores têm impacto sobre a lucratividade.
Este exemplo faz parte de uma série de exemplos que ilustra como o Power BI
pode ser usado com dados, relatórios e painéis orientados aos negócios. Os
exemplos são dados reais de obviEnce (www.obvience.com) que foram
mantidos anônimos. Os dados estão disponíveis em vários formatos:
aplicativo/pacote de conteúdo, a pasta de trabalho do Excel ou arquivo do
Power BI Desktop .pbix. Veja Conjuntos de dados de exemplo.
Pré-requisitos
Quer me acompanhar? Este tutorial usa o serviço Power BI e o pacote de
conteúdo de exemplo "Lucratividade do Cliente". Como as experiências de
relatório são tão semelhantes, você também pode acompanhar usando o Power
BI Desktop e o arquivo de exemplo PBIX. A seguir, as instruções para conexão
com o pacote de conteúdo e o arquivo PBIX.
Obter o pacote de conteúdo para este exemplo
1. Abra o serviço do Power BI (app.powerbi.com) e faça logon.

2. No canto inferior esquerdo, selecione Obter dados.

3. Na página Obter Dados que aparece, selecione o ícone Exemplos.

4. Selecione o Exemplo de Rentabilidade do Cliente e, em seguida,


escolha Conectar.

5. O Power BI importa o pacote de conteúdo e adiciona um novo


dashboard, um relatório e um conjunto de dados ao seu espaço de
trabalho atual. O novo conteúdo é marcado com um asterisco
amarelo. Use os exemplos para realizar uma execução de teste no Power
BI.

Obter o arquivo. pbix para este exemplo


Como alternativa, você pode baixar o exemplo como um arquivo .pbix, que é
projetado para uso com o Power BI Desktop. Exemplo de Rentabilidade do
Cliente
Obter a pasta de trabalho do Excel para este exemplo

Se você quiser examinar a fonte de dados para este exemplo, observe que ela
também está disponível como uma (pasta de trabalho do Excel). A pasta de
trabalho contém planilhas do Power View que você pode exibir e
modificar. Para ver os dados brutos, selecione Power Pivot > Gerenciar.
O que é nosso painel está dizendo?
Em Meu Espaço de Trabalho, localize o dashboard para o exemplo de
Rentabilidade do Cliente:

Blocos de painel de toda a empresa


1. Abra o painel no serviço Power BI. Esses blocos de painel dão ao nosso
diretor financeiro métricas de empresa de alto nível importante para
ela. Quando ela vir algo interessante, pode selecionar um bloco para
examinar os dados.

2. Examine os blocos no lado esquerdo do painel.

 A margem bruta da nossa empresa é de 42,5%.

 Temos 80 clientes.
 Vendemos 5 produtos diferentes.

 Tivemos nossa menor % de variação de receita para o orçamento de


Fevereiro, seguida por nossa maior alta em março.

 A maioria da nossa receita é proveniente das regiões leste e norte. A


margem bruta nunca excedeu o orçamento, com ER-0 e MA-0 exigindo
mais investigações.

 A receita total para o ano é quase o orçamento.

Blocos do painel específico do gerente

Os blocos no lado direito do painel fornecem uma pontuação da equipe. O


diretor financeiro precisa manter o controle de seus gerentes e essas peças
apresentam uma visão geral de alto nível do lucro – usando GM %. Se a
tendência de % GM é inesperada para qualquer gerenciador, poderá investigar
mais.
 Todos os executivos, exceto Carlos, já excederam suas metas de
vendas. Mas as vendas reais do Carlos são as mais altas.

 O percentual de GM de Annelie é o mais baixo, mas podemos ver um


aumento gradual desde março.

 Valery, por outro lado, teve queda na % de GM significante.

 E Andrew teve um ano volátil.

Explore os dados subjacentes do painel


Este painel tem blocos que vinculam a um relatório e a uma pasta de trabalho
do Excel.
Abra a fonte de dados do Excel Online

Dois blocos neste painel "Destino vs Real" e "Crescimento de receita ano a ano"
foram fixados de uma pasta de trabalho do Excel. Assim, quando você seleciona
qualquer um desses blocos, o Power BI abre a fonte de dados – nesse caso, o
Excel Online.

1. Selecione qualquer um dos blocos que foram fixados do Excel. O Excel


Online é aberto dentro do serviço Power BI.

2. Observe que a pasta de trabalho tem três guias de dados. Abrir "Receita".

3. Vamos dar uma olhada para saber por que Carlos ainda não atingiu sua
meta.
a. No controle deslizante "Executivo", selecione Carlos Lima.
b. A primeira Tabela Dinâmica informa que a receita de Carlos para seu
principal produto, Primus, diminuiu 152% desde o ano passado. E o gráfico
de ano a ano mostra que na maioria dos meses ele está abaixo do
orçamento.
4. Continuar explorando e, se você encontrar algo interessante,
selecione Fixar do canto superior direito para fixá-lo a um
painel.

5. Use a seta Voltar do navegador para retornar ao painel.


Abra o relatório subjacente do Power BI

A maioria dos blocos no painel de exemplo Lucratividade do Cliente foi fixada


do relatório de exemplo Lucratividade do Cliente.

1. Selecione um desses blocos para abrir o relatório no modo de exibição


de leitura.

2. O relatório tem três páginas. Cada guia na parte inferior do relatório


representa uma página.

o “Scorecard da Equipe” enfoca o desempenho dos cinco gerentes e


seus “livros de negócios”.

o “Análise de Margem do Setor” fornece uma maneira para analisar


nossa rentabilidade comparado ao que está acontecendo em todo
nosso setor.

o “Scorecard Executivo” fornece uma exibição de cada um dos


nossos gerentes formatados para exibição na Cortana.

Página de pontuação da equipe


Vejamos os dois membros da equipe em detalhes e quais informações podem
ser obtidas. Na segmentação à esquerda, selecione nome de Andrw para filtrar a
página do relatório para exibir apenas os dados sobre ele.

 Para um KPI rápido, examinar de Andrew receita Status -ele está


verde. Ele está sendo bem executado.

 O gráfico de área "% de Receita Var para orçamento por mês” mostra a
exceção para uma queda em fevereiro, Andrew está indo muito bem no
geral. Sua região dominante é leste e ele manipula 49 clientes e 5 (de 7)
produtos. A GM% não é o maior ou menor.

 A “% ReceitaTY e Receita Var para o Orçamento por Mês”, mostra um


histórico de lucro até mesmo estático. Mas ao filtrar clicando no quadrado
para Central na região treemap, você descobrirá que Andrew temi
apenas receita em março e apenas em Indiana. Isso é intencional ou é algo
que precisamos examinar?
Agora a diante com Valery. Na segmentação, selecione nome de Valery para
filtrar a página do relatório para exibir apenas os dados sobre ela.
 Observe o KPI vermelho para o Status de ReceitaTY. Isso
definitivamente precisa de mais investigação.

 A variação de receita também pinta uma imagem preocupante – ela não


atende suas margens de receita.

 Valery tem apenas 9 clientes, manipula somente 2 produtos e funciona


quase exclusivamente com os clientes da região norte. Essa especialização
poderia explicar ampla flutuações na sua métrica.

 Selecionando o quadrado norte no treemap mostra que a margem


bruta de Valery na região norte é consistente com sua margem geral.

 Selecionar outros quadrados de Região apresenta uma história


interessante: suas variações de % GM de 23% a 79% e seus números de
receita, em todas as regiões, exceto norte, são extremamente sazonais.

Continue a ler para descobrir por que área de Valery não apresenta um bom
desempenho. Examine as regiões, unidades de negócios e a próxima página do
relatório – "Análise de margem do setor".
Análise de margem do setor

Esta página de relatório fornece uma fatia diferente dos dados. Examina a
margem bruta para todo o setor, dividido por segmento. O diretor financeiro
usa essa página para comparar as métricas de unidade da empresa e comercial
para métricas do setor para ajudar a explicar tendências e lucratividade. Você
deve estar imaginando por que o gráfico de área "Margem bruta por mês e
nome de execução” está nesta página, já que é específico de uma equipe. Tê-la
aqui, nos permite filtrar a página pelo gerente da unidade de negócios.

Como a lucratividade varia por setor? Como os produtos e clientes dividem por
setor?Selecione um ou mais setores na parte superior esquerda. (iniciar no setor
CPG) Para limpar o filtro, selecione o ícone de borracha.

No gráfico de bolhas, o CFO procura as bolhas maiores como são aqueles que
têm o maior impacto na receita. Filtrar a página por gerente clicando em seus
nomes no gráfico de área torna fácil ver cada impacto de gerente por segmento
do setor.

 A área de Andrew de influência abrange vários setores diferentes com


diferentes amplamente % GM (a maioria do lado positivo) e % Var.

 O gráfico do Annelie é semelhante, exceto que ela se concentra em


apenas alguns segmentos de mercado com um foco no segmento Federal
e um foco no produto Gladius.

 Carlos tem um foco claro no segmento de serviços, com bom lucro. Ele
aumentou bastante a % de variação para o segmento de alta tecnologia e
um novo segmento para ele, Industrial, executado muito bem em relação
ao orçamento.

 Tina trabalha com alguns segmentos e tem % GM mais alta, mas o


tamanho pequeno em grande parte das suas bolhas mostra que seu
impacto sobre o resultado da empresa é mínimo.
 Valery, que é responsável por apenas um produto, trabalha apenas com 5
segmentos de mercado. Sua influência do setor é sazonal, mas sempre
produz uma grande bolha, indicando um impacto significativo sobre o
resultado da empresa. O setor explicar seu desempenho negativo?

Scorecard executivo

Esta página é formatada como um Cartão de Respostas para a Cortana. Para


obter mais informações, consulte criar Cartões de Respostas para a Cortana
Investigue os dados fazendo perguntas em P e R
Para nossa análise, seria útil determinar qual setor gera a maior parte da receita
para Valery. Vamos usar P e R.

1. Abra o relatório no modo de exibição Editar selecionado Editar


Relatório. O modo de exibição de edição só estará disponível se você for
o "dono" do relatório; às vezes, isso é conhecido como modo
do criador. Se esse relatório tivesse sido compartilhado com você, você
não poderia abri-lo no modo de exibição de edição.

2. Na barra de menus superior, selecione Fazer uma pergunta para


abrir a caixa de perguntas e respostas.

3. Digite receita total pelo setor de Valery. Observe como a


visualização atualiza conforme você digita a pergunta.
A distribuição é a maior área de receita para Valery.
Aprofunde-se adicionando filtros

Vamos dar uma olhada na distribuição do setor.

1. Abra a página de relatório de "Análise de margem do setor".

2. Sem selecionar nenhuma visualização na página do relatório, expanda o


painel de filtro à direita (se já não estiver expandido). O Painel de filtros
deve exibir apenas filtros de Nível de página.
3. Localize o filtro para Setor e selecione a seta para expandir a
lista. Vamos adicionar um filtro de página para o Setor de
distribuição. Primeiro, limpe todas as seleções, desmarcando a caixa de
seleção Selecionar tudo. Em seguida, selecione apenas Distribuição.
4. O gráfico de área "Margem bruta por mês e o nome do executivo"
informa que apenas Valery e Tina têm clientes neste setor e Valery só
trabalhou com o setor de junho a novembro.

5. Selecione Tina e Valery na legenda do gráfico da área “Margem bruta


por mês e executivo”. Observe a parte de Tina "Receita Total por produto"
é muito pequeno se comparada a Valery.

6. Para ver a receita real, use as perguntas e respostas para perguntar


a receita total da distribuição por cenário e executivo.

Podemos explorar de forma semelhante a outros setores e até mesmo


adicionar clientes a nossos visuais para compreender as causas para o
desempenho de Valery.

Este é um ambiente seguro para experimentar. Você pode optar por não salvar
as alterações. Mas se você salvá-las, sempre é possível acessar Obter
Dados para ter uma nova cópia deste exemplo.

Também é possível baixar apenas o conjunto de dados (pasta de trabalho do


Excel) para este exemplo

Gráficos de medidor radial no Power BI


 21/01/2018
 7 minutos para ler

 Colaboradores

Um gráfico de medidor radial tem um arco circular e exibe um único valor que
acompanha o progresso em relação a um objetivo/KPI. A meta, ou o valor de
destino, é representada pela linha (agulha). Progresso em relação a esse
objetivo é representado pelo sombreamento. E o valor que representa o
progresso é mostrado em negrito dentro do arco. Todos os valores possíveis
são distribuídos uniformemente ao longo do arco, do mínimo (valor mais à
esquerda) para o máximo (valor mais à direita).
No exemplo a seguir, somos um revendedor de carro, controlando a média de
vendas da nossa equipe por mês. Nosso objetivo é 140 e é representado pela
agulha preta. A média mínima possível de vendas é 0 e definimos o máximo
como 200. O sombreamento azul mostra que temos atualmente uma média de
aproximadamente 120 vendas neste mês.Felizmente, ainda temos outra semana
para atingir a nossa meta.
Quando usar um medidor radial
Os medidores radiais são uma ótima opção para:

 mostrar o progresso para atingir uma meta.

 representar uma medida percentual, como um KPI.

 mostrar a integridade de uma única medida.

 exibir informações que podem ser examinadas e compreendidas rapidamente.

Pré-requisitos

 Serviço do Power BI ou Power BI Desktop

 Pasta de trabalho do Excel de exemplo financeiro: baixe o exemplo diretamente.

Criar um medidor radial básico


Estas instruções usam o serviço do Power BI. Para acompanhar, entre no Power
BI e abra o arquivo Exemplo Financeiro do Excel.
Ou veja Will mostrando como criar elementos visuais de métrica únicos:
medidores, cartões e KPIs.
Etapa 1: abrir o arquivo do Excel de Exemplo Financeiro
1. Baixe o arquivo do Excel de exemplo Financeiro se ainda não tiver feito
isso.Lembre-se do local em que você o salvou.
2. Abra o arquivo no serviço do Power BI selecionando Obter dados
> Arquivos e navegando até o local em que você salvou o
arquivo. Selecione Importar. A Amostra Financeira é adicionada a seu
espaço de trabalho como um conjunto de dados.
3. Da lista de conteúdo Conjunto de dados, selecione Exemplo
Financeiro para abri-lo no modo de Explorar.
Etapa 2: criar um medidor para acompanhar as Vendas Brutas
1. No painel Campos , selecione Vendas Brutas.

2. Altere a agregação para Médio.

3. Selecione o ícone de medidor para converter o Gráfico de colunas


em um medidor.
Por padrão, o Power BI cria um gráfico de medidor no qual o valor atual
(nesse caso, média de vendas brutas) deve estar no ponto na metade do
medidor. Como a Média das Vendas Brutas é de US$ 182.760, o valor
inicial (Mínimo) é definido como 0 e o valor final (Máximo) é definido
como o dobro do valor atual.

Etapa 3: definir um valor de destino

1. Arraste COGS para o contêiner Valor de destino .

2. Altere a agregação para Médio. O Power BI adiciona uma agulha para


representar o valor de destino de US$ 145.480. Observe que
ultrapassamos o nosso alvo.

Observação
Você pode inserir manualmente um valor de destino. Veja “Usar as opções
de formatação para definir manualmente os valores Mínimo, Máximo e
Destino” abaixo.
Etapa 4: definir um valor máximo
Na Etapa 2, o Power BI usou o campo Valor para definir automaticamente o
mínimo (início) e o máximo (final). Mas e se você quiser definir seu próprio valor
máximo?Digamos que, em vez de usar o dobro do valor atual como o valor
máximo possível, você deseja defini-lo como o maior número de vendas brutas
no conjunto de dados?

1. Arraste Vendas Brutas da lista Campos para o Valor Máximo também.

2. Altere a agregação para Máximo.

O medidor é redesenhado com um novo valor de término, 1,21 milhão em


vendas brutas.

Etapa 5: salvar o relatório

1. Salve o relatório.
2. Adicione o gráfico de medidor como um bloco do dashboard.

Use as opções de formatação para definir


manualmente os valores Mínimo, Máximo e Destino
1. Remova Vendas Brutas Máx. do Valor máximo também.

2. Abra o painel de formatação selecionando o ícone do rolo de pintura.

3. Expanda o Eixo indicador e insira valores para Mín. e Máx.

4. Remova o valor de destino atual removendo a marca de seleção ao lado


de COGS.
5. Quando o campo Destino aparecer no Eixo do medidor, insira um
valor.

6. Como opção, continue com a formatação do gráfico de medidor.