Vous êtes sur la page 1sur 82

Relatório

1º de outubro
Técnico
das
Instalações 2011
Elétricas

Este documento é uma exigência da Norma Regulamentadora número


10 (NR-10), para um devido conhecimento da segurança operacional e
funcional das instalações elétricas da empresa CARGILL da cidade de
Araraquara.
SUMÁRIO

1.0 DADOS DA EMPRESA........................................................................................................03

2.0 INTRODUÇÃO......................................................................................................................03

3.0 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO............................................................................04

4.0 NORMAS REFERENCIADAS..............................................................................................04

5.0 METODOLOGIA...................................................................................................................05

6.0 ANÁLISES PRELIMINARES DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, DE


DOCUMENTAÇÕES E CERTIFICAÇÕES.....................................................................................06

6.1 PLANO PRELIMINAR DE INVESTIGAÇÃO.........................................................07

7.0 INSTALAÇÕES ELETRICAS..............................................................................................08

7.1 CUBÍCULO BLINDADO GERAL...........................................................................08

7.2 SUBESTAÇÃO ELÉTRICA 1...................................................................................09

7.3 SUBESTAÇÃO ELÉTRICA 2...................................................................................09

7.4 PAINEL DE DISTRIBUIÇÃO GERAL SUBESTAÇÃO ELÉTRICA 1................10

7.5 PAINEL DE DISTRIBUIÇÃO GERAL SUBESTAÇÃO ELÉTRICA 2...............11

7.6 PAINÉIS INSPECIONADOS...................................................................................12

8.0 DADOS TÉCNICOS BÁSICOS............................................................................................13

9.0 ANÁLISE DAS DOCUMENTAÇÕES.................................................................................15

9.1 ANÁLISE TERMOGRÁFICA...................................................................................15

9.2 LAUDO TÉCNICO DO SPDA..................................................................................16

9.3 DIAGRAMAS UNIFILARES....................................................................................16

9.4 PROCEDIMENTOS DE TRABALHO......................................................................17

9.5 DOCUMENTAÇÃO DE COMPROVAÇÃO DE HABILITAÇÃO,


QUALIFICAÇÃO, CAPACITAÇÃO E AUTORIZAÇÃO..............................................................18

10.0 CONCLUSÃO........................................................................................................................19

ANEXOS............................................................................................................................................21

RELATÓRIOS TÉCNICOS DOS SETORES DETALHADOS............................................22

FOTOS RELATÓRIO TÉCNICO DOS SETORES ..............................................................

ART – ANOTAÇÃO DE RESPONSABILIDADE TÉCNICA.............................................

2 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


1.0 DADOS DA EMPRESA

Empresa: Cargill Agrícola S/A

End.: Avenida Rudolf Streeit, 55 – Porto Ferraira -SP.

CNPJ: 60408706015189

Ramo de Atividade: Agrícola Alimentício

2.0 INTRODUÇÃO

Não é a lei que tem de obrigar uma empresa a se adequar para evitar acidentes de trabalho,
mas sim o empresário tem a obrigação de se preocupar com a saúde e segurança de seus
funcionários e terceiros e implantar um sistema de gestão de segurança em eletricidade baseada na
NR 10, proporcionando o máximo de segurança e diminuindo ao máximo a exposição aos riscos de
acidentes e incidentes.

E para isso com certeza a participação e conscientização de todos é de suma importância,


independentemente da área ou setor de trabalho.

Todos deverão estar entendendo os conceitos básicos e os benefícios gerados, deverão estar
analisando a utilização adequada da energia elétrica.

Todos proporcionando e mantendo a sua própria segurança e de seus colegas e assim manter
um ambiente de trabalho seguro e saudável, lembrando que a responsabilidade pela segurança de
todos não é exclusiva do setor de segurança do trabalho.

Portanto todos devem participar ativamente dos treinamentos, tirando as dúvidas e


repassando informações para as pessoas que não participaram ou aquelas que não têm acesso fácil
as informações, informando seu supervisor em qualquer situação que coloquem alguém em risco em
seu local de trabalho.

A você profissional leve a sério todas as informações da NR 10, estas informações foram
idealizadas por profissionais que estão há bastante tempo trabalhando com eletricidade, e tiraram o
melhor e mais pratico para serem implantado em sua empresa, por isso de o valor necessário a sua
vida e de seus colegas de trabalho.

3 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


3.0 OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO

Este relatório se baseia nos registros fotográficos e no levantamento da rede elétrica e


documental da empresa CARGILL localizada na cidade de Porto Ferreira -SP.

Foram analisadas inspeções nas instalações elétricas em seu aspecto de infra-estrutura,


levando em consideração os padrões hoje já adotados e as normas estabelecidas pelas entidades
competentes.

O objetivo da elaboração destas Análises preliminares das instalações elétricas, de


documentações e certificações é o atendimento aos requisitos estabelecidos pela portaria 598 do
Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, que trata-se da Norma Regulamentadora de número 10
ou simplesmente NR-10, exclusiva para segurança em instalações e serviços em eletricidade.

4.0 NORMAS REFERENCIADAS

1. NBR 5410- Norma de Instalações Elétricas de Baixa Tensão;

2. NBR 5361 - Disjuntores de baixa tensão;

3. NBR 5419 - Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas;

4. NBR 8662- Identificação por cores de condutores elétricos nus e isolados;

5. NBR 9311 - Cabos elétricos isolados – designação;

6. NBR 11301 - Cálculo da capacidade de condução de corrente de cabos isolados em


regime permanente;

7. NBR 14039:03 - Instalações elétricas de média tensão de 1,0 kV a 36,2 kV;

8. NBR 5422:85 Projeto de linhas aéreas de transmissão e subtransmissão de energia elétrica


– procedimento;

9. NBR 5433:82 - Redes de distribuição aérea rural de energia elétrica – padronização;

10. NBR 5434:82 - Redes de distribuição aérea urbana de energia elétrica – padronização;

11. NBR IEC 60439-1:03 - Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão - Parte 1:
Conjuntos com ensaio de tipo totalmente testados (TTA) e conjuntos com ensaio de tipo
parcialmente testados (PTTA);

4 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


12. NBR IEC 60439-2:04 - Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão - Parte 2:
Requisitos particulares para linhas elétricas pré-fabricadas (sistemas de barramentos blindados);

13. NBR IEC 60439-3:04 - Conjuntos de manobra e controle de baixa tensão - Parte 3:
Requisitos particulares para montagem de acessórios de baixa tensão destinados a instalação em
locais acessíveis a pessoas não qualificadas durante sua utilização - Quadros de distribuição;

14. NBR 6146:80 - Invólucros de equipamentos elétricos – proteção;

15. NBR 7844:83 - Identificação dos terminais e das terminações de equipamentos elétricos
- Disposições gerais para identificação por meio de notação alfanumérica;

16. NBR 8755:85 - Sistemas de revestimentos protetores para painéis elétrico –


procedimento;

17. NBR IEC62208:03 - Invólucros vazios destinados a conjuntos de manobra e controle de


baixa tensão - Regras gerais;

11. NR 10 – Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade.

NOMENCLATURAS:

· ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas;

· NBR – Normas Brasileira;

· IEC – International Electrotechnical Commission;

. NR – Norma Regulamentadora.

5.0 METODOLOGIA

Este trabalho tem como base a NR-10 do MTE e também utilizado as Normas Técnicas
Brasileiras Registradas (NBR), quando não possível adotando-se normas internacionais e na
ausência destas recomendações dos fabricantes.

Esta Análise preliminar das instalações elétricas, de documentações e certificações deve


juntar-se a outros documentos e assim formarem o Prontuário das Instalações Elétricas e
permanecer a disposição dos trabalhadores que atuam em serviços e instalações elétricas,
respeitando as abrangências e limitações conforme o item 10.14.4 da NR-10.

5 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


Portanto este documento deverá estar sempre atualizado pelos responsáveis de cada área,
sendo disponibilizado em cópia física e em arquivo eletrônico para os funcionários e autoridades
competentes.

Na aplicação dos treinamentos deverá ser abordado o funcionamento do PIE específico para
a empresa.

Conforme descrito no item 10.2.2 as medidas de controle adotadas devem integrar-se às


demais iniciativas da empresa, no âmbito da preservação da segurança, da saúde e do meio
ambiente do trabalho.

6.0 ANALISES PRELIMINARES DAS INSTALAÇÕES ELÉTRICAS, DE


DOCUMENTAÇÕES E CERTIFICAÇÕES

Devem ser feitas análises preliminares nas instalações elétricas da unidade para fins de
organização dos investimentos que deverão estar assumindo para as adequações e regularizações
técnicas recomendadas, as quais abrangem:

 Instalações elétricas (Concepção geral do sistema energético e do sistema de


distribuição);
 Segurança operacional pessoal;
 Sinalização;
 Bloqueio elétrico;
 Condições físicas das subestações;
 Transformadores e afins;
 Procedimentos para instalações e serviços em eletricidade;
 Espaços vazios em CCM’s e painéis;
 Emendas;
 Iluminação;
 Equipamentos de proteção individual e coletiva;
 Sistema de proteção contra incêndio em subestações elétricas;
 Sistemas de proteção contra descargas elétricas atmosféricas em estruturas,
edificações e sistemas elétricos e de comunicações de voz e dados;
 Avaliações das instalações elétricas à prova de explosão, proteções e classificação de
áreas desta natureza; e
 Classificação das áreas de risco, conforme tratativa da nova NR-10 do M.T.E.

6 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


6.1 PLANO PRELIMINAR DE INVESTIGAÇÃO

Foi feita uma verificação local sobre as possibilidades de intervenções manuais pelo pessoal,
segurança das atividades com energia elétrica, estado de conservação das instalações elétricas, tais
como, por exemplo:

1- Condutores elétricos sem a proteção física, ou seja, sem tubulação ou canaletas.

O cabo utilizado para a interligação e alimentação elétrica de equipamentos em um ambiente


interno, necessita ser protegido durante o seu percurso ou por uma tubulação ou canaletas
especifica. A exposição destes cabos pode ocorrer rupturas totais ou parciais (isolação), causados
por esforço físico sobre o mesmo, podendo acarretar curto circuito, queda de tensão, choque elétrico
e interferência por indução eletromagnética na rede lógica através dos cabos que estiverem
próximos. Esta indução eletromagnética provoca na rede lógica as perdas de informações,
travamento da rede e possíveis danos em equipamentos.

Por falta de manutenção na infra–estrutura, as tampas das canaletas plásticas utilizadas


nestes ambientes ficam abertas expondo os cabos.

*Todo cabo ou fio elétrico a ser utilizado na alimentação de energia elétrica deve estar
protegido ou por uma tubulação externa ou embutida, ou por canaletas plásticas ou metálicas, e
sempre obedecendo a taxa de ocupação e agrupamento destes cabos. Este dimensionamento da
bitola da tubulação ou espaçamento interno das canaletas obedece à norma NBR 5410 e NBR 9311.

2- Canaletas Abertas

Canaletas abertas sem tampa, expondo os cabos elétricos, são situações de grande risco para
o funcionamento adequado. Com a exposição dos condutores elétricos, eles podem sofrer tensões
mecânicas levando a ruptura. Outro fator já mencionado é o cabo elétrico ficar próximo ao
cabeamento lógico.

3- Cabeamento lógico próximo ao Cabo elétrico

Cabos elétricos passando próximo ao cabo lógico sem proteção física e sem o afastamento
mínimo exigido na norma. Ou tubulação da rede lógica próxima à tubulação da rede elétrica sem
afastamento exigido na norma, torna a rede fora dos padrões e susceptíveis a falha.

As interferências eletromagnéticas podem ser originadas internamente e/ou externamente ao


sistema de comunicação, mas sua causa sempre se origina nas perturbações eletromagnéticas.

7 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


4- Organização no Painel Elétrico

Os cabos dos painéis elétricos soltos sem abraçadeiras, cabos sem identificação, disjuntores
sem fixação adequada, circuitos sem identificação e sem barramento de interligação.

A organização dos dispositivos de proteção dentro do quadro, à utilização dos barramentos


para as fases, o neutro e o terra, a utilização de terminais nos cabos, a utilização de identificação de
fases, a identificação dos circuitos e a organização e distribuição dos cabos dentro do quadro, são
requisitos mínimos para se ter uma instalação segura e dentro das normas.

5- Painel Elétrico mal dimensionado

Painéis elétricos sem espaço interno, o espaço físico dentro dos painéis deve ser suficiente
para facilitar a manutenção e/ou manobras.

Quando se tem dentro de um painel a quantidade de dispositivos e cabos que ocupam todo o
espaço interno, isso acarreta aumento de temperatura, prejudicando as características físicas dos
cabos e das conexões assim como perigo de curto-circuito e acidentes de origem elétrica.

Para se aproveitar melhor o espaço interno de um painel deve sempre utilizar organizadores
de cabo, abraçadeiras, presilhas e fixadores. O painel deve ser dimensionado considerando uma
demanda futura com acréscimo.

6- Painéis Elétricos sem identificação e sem manutenção.

Painéis com corrosão, sem identificação e sem sinalização, falta de manutenção nos quadros
provoca o desgaste e a corrosão. Conexões com corrosão, aquecimento nos terminais, aumento de
corrente, aumento de consumo, riscos de cabos se desconectarem provocando curto-circuito e
disjuntores sem manutenção, são os indícios que se é necessário estabelecer manutenções
preventivas periódicas, pois os transtornos causados por uma manutenção corretiva é bem maior.

7.0 INSTALAÇÕES ELÉTRICAS

7.1 SUBSTAÇÃO DE ALTA TENSÃO

Cubículo Blindado Geral

O fornecimento de energia elétrica da unidade consumidora é em média tensão com valor


nominal 13.800 V e tensão de isolamento 20KV.

8 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


O ramal de entrada da energia elétrica encontra-se instalado em ramal subterrâneo derivando
da rede de distribuição de energia elétrica do mercado livre, assim sendo a empresa CARGILL
AGRÍCOLA S/A não está submetida a nenhuma concessionária de energia elétrica.

A empresa possui um cubículo blindado PTTA da Siemens que alimenta toda a empresa
fazendo as derivações para as Subestações Elétrica 1 e 2. A medição de energia é realizada em
média tensão no próprio cubículo blindado através de medidores inteligentes da marca GE. Todos
os componentes do cubículo são próprios para painéis elétricos.

7.2 Subestação Elétrica 1

A alimentação de média tensão derivada do ramal


de distribuição do cubículo blindado com cabos
condutores de cobre até os transformadores de potência de
1000 KVA cada, localizados nessa subestação, e são de
propriedade da empresa CARGILL AGRÍCOLA S/A. A
cabine de média tensão é do tipo Subestação Elétrica (S/E)
onde se localiza 2 dos 3 transformadores de 1000 KVA da empresa CARGILL AGRÍCOLA S/A e
esses transformadores são a óleo e estão instalados em cubículos diferentes, possuindo pára-raios
12KV/5KA junto aos condutores. A potência dos transformadores somada é de 2000 KVA. Esses
transformadores são responsáveis pela alimentação de toda a empresa com exceção do setor
chocolate. Cada transformador desses possui seu próprio disjuntor de média tensão 15 KV anterior
a ele. Esses transformadores apresentam proteção no disjuntor de média tensão por relé de sobre-
corrente e sobre-tensão (50/51 e 50N/51N). A saída em baixa tensão dos transformadores se dá por
barramentos de cobre e seguem direto até os painéis de distribuição em baixa tensão (380/220 V).

O esquema unifilar deste trajeto e da subestação será anexado neste prontuário de


instalações elétricas juntamente com analise de óleo dos transformadores.

Após esse trajeto os barramentos condutores passam a alimentar os barramentos dos painéis
de baixa tensão da empresa, a seguir começa o circuito da empresa começando com um disjuntor
tripolar de 2500 A na saída de cada transformador, porém após esses disjuntores os barramentos se
unem alimentando, assim, os painéis de baixa tensão em paralelo.

7.3 Subestação Elétrica 2

Esta subestação é alimentada em 13.800 V por cabo condutor com isolação de 20 KV. Essa
subestação alimenta exclusivamente o setor chocolate.

9 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


A alimentação de média tensão derivada do ramal de distribuição do cubículo blindado com
cabos condutores de cobre até o transformador de potência de 1000 KVA, localizado nessa
subestação, e é de propriedade da empresa
CARGILL AGRÍCOLA S/A. A cabine de
média tensão é do tipo Subestação Elétrica (S/E)
onde se localiza 1 dos 3 transformadores de 1000
KVA da empresa CARGILL AGRÍCOLA S/A e
esse transformadores são a seco e possui pára-
raios 12KV/5KA junto aos condutores. Esse
transformador é responsável pela alimentação do
setor do cacau. Este transformador possui seu
próprio disjuntor de média tensão 15 KV anterior
a ele. Esses transformadores apresentam proteção no disjuntor de média tensão por relé de sobre-
corrente e sobre-tensão (50/51 e 50N/51N).

O esquema unifilar deste trajeto e da subestação será anexado neste prontuário de


instalações elétricas juntamente com analise de óleo dos transformadores.

Após esse trajeto os barramentos condutores passam a alimentar os barramentos dos painéis
de baixa tensão do CCM do setor do Chocolate, a seguir começa o circuito da empresa começando
com um disjuntor tripolar de 2500 A na saída do transformador e a partir desse disjuntor é
alimentado eletricamente todo o setor chocolate.

7.4 Painel de Distribuição Geral Subestação Elétrica 1

O painel de distribuição geral da subestação elétrica 1 e constituído por um painel de 8


colunas, sendo que o disjuntor geral de baixa de cada transformador utiliza uma coluna exclusiva e
nas outras 6 colunas ficam dispostas as chaves seccionadoras rotativas com fusíveis de fundo de
painel com acionamento na porta do painel. Essas chaves rotativas distribuem a alimentação em
setores diversos, sendo cada uma responsável por um setor específico da fábrica. Toda a empresa é
alimentada por esse painel, com exceção do setor chocolate. Após as chaves seccionadoras rotativas
com fusíveis existem painéis e quadros distribuídos pela empresa, esses painéis e quadros são mais
específicos e neles sim pode haver uma separação de circuitos por equipamentos/salas, que é uma
separação mais especifica do que a separação por setor da empresa.

10 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


Esse painel fica localizado na cabine da Subestação Elétrica 1 juntamente com o CCM de
comando. Os transformadores por sua vez
ficam em salas separadas e só podem ser
acessado pelo lado de fora da subestação
a fim de aumentar a segurança.

Está ocorrendo à troca das chaves


seccionadoras rotativas com fusíveis por
disjuntores-motor para aumentar o grau de segurança e praticidade na instalação, já que as chaves
devido ao uso de fusíveis do tipo NH apresentam risco de segurança pelo fato de pode gerar arco
elétricos quando retiradas e de explosões além de gerar resíduos (fusíveis queimados). Essa troca e
gradativa e ocorre de acordo com a disponibilidade de parada da linha e de recursos financeiros.

Juntamente nessa cabine se localiza um gerador a diesel de 500 KVA que seria responsável
pela alimentação da iluminação em caso de uma falta de energia na empresa. Porém, esse gerador
esta desativado e não operante devido à falta de manutenção preventiva. Aconselha uma
manutenção preventiva e re-ativação do gerador para aproveitamento do mesmo, já que o gerador
apresenta ótimo estado de conservação e pode ser aproveitado para diversos fins.

O esquema unifilar deste trajeto e da subestação será anexado neste prontuário de


instalações elétricas.

7.5 Painel de Distribuição Geral Subestação Elétrica 1

O painel de distribuição geral da subestação elétrica 2 e constituído por um painel de 3


colunas, sendo que o disjuntor geral de baixa do transformador utiliza uma coluna exclusiva assim
como o disjuntor geral do CCM 1 do setor do chocolate e na outra coluna fica disposto o CCM 2 do
setor do chocolate que é constituído por disjuntores-motor com acionamento na porta do painel. O
CCM 1 fica localizado em outra sala da cabine de energia e é composto por um QGBT de vários
painéis e todos os painéis são compostos por disjuntor-motor mais contator(es). Esses disjuntores-
motor localizados no CCM 1 e 2 são responsáveis pelo setor do chocolate sendo cada um
responsável por uma área do setor. Todo o setor do chocolate é alimentado por esses 2 CCMs. Após
alguns disjuntores-motor ainda existem painéis que são responsáveis pela distribuição do circuito
em um mais equipamentos.

11 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


As 2 Salas da cabine possuem ar condicionado e os CCMs de comando possuem no-breaks
para evitar os danos causados por uma falha no fornecimento de energia possuem no-breaks.

O CCM 1 é um painel do tipo TTA, oferecendo um ótimo grau de segurança aos


colaboradores dom setor assim como também apresenta um ótimo estado de conservação.

O esquema unifilar deste trajeto e da subestação será anexado neste prontuário de


instalações elétricas.

Obs: Todas as salas e prédios citados possuem acesso restrito aos colaboradores do
setor elétrico, assim sendo não é permitida a entrada de pessoal não autorizados. A fim de
evitar isso as salas a seguir são trancadas com cadeados e as chaves dos mesmo estão na sala
da manutenção elétrica/mecânica, quando não em posso de algum colaborador do seotr que
está realizando algum trabalho no local.

7.6 PAINÉIS INSPECIONADOS

Todos os painéis da empresa CARGILL unidade Porto Ferreira foram inspecionados, porém
são citados nesse relatório apenas os que necessitam de algum tipo de intervenção. A seguir
descreveremos os painéis e subestações e painéis verificados que constam nesse relatório:

1. Cubículo Blinda do de Média Tensão;


2. Subestação Elétrica 1;
3. Subestação Elétrica 2;
4. CCM 1 Chocolate;
5. Painel Soro Desmineralizado;
6. Painel DWP;
12 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br
7. Painel Condensação;
8. Painel Comando Condensador 1;
9. Painel Condensador 2:
10. Painel CIP;
11. Painel Força e Tomadas Laboratório;
12. Painel dos Ventiladores de Alta Pressão 1, 2, 3 e 4;
13. Caixa de Fusíveis e Tomadas Almoxarifado;
14. Painel Caldeira;
15. Painel Utilidades;
16. Painel de Força e Comando Forno 1;
17. Painel de Força e Comando Forno 2;
18. Painel de Força e Comando Estação de Tratamento de Água;
19. Painel Aerador 1;
20. Painel de Tomadas e Iluminação Parcial Produção;
21. Painel de Força e Comando Poço Artesiano;
22. Painel de Força e Comando Spray Driver 1;
23. Painel de Força e Comando Spray Driver 2;
24. No-break Spray Drivers;
25. Painel Hidrofor;
26. Painel Bombas D’Água;
27. Todos os Painéis de Tomadas.

8.0 DADOS TÉCNICOS BÁSICOS

Cubículo de Média Tensão


Identificação Cubículo Média Tensão
Fabricante
Tipo Blindado – Fluokit
Tensão Nominal KV
Corrente Nominal A
Inspeção Visual
Aparência Externa A Sinalização A Transf. De Corrente A Seletividade A
Analise Termográfica A Ventilação A Iluminação A Condutores A
A – Satisfatório / B – Com Problemas / C – Não Tem / D – Não Inspecionado / E – Não Aplicável

Subestação de Média Tensão


Identificação Tipo Entrada Tensão
S.E. 01 Subterrânea 13.800V

13 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


Transformador de Potencial (TP’s)
Subestação Medição Primária Primária Primária
Local Interno aos cubículos Interno aos cubículos Interno aos cubículos
Fabricante Siemens Siemens Siemens
Tipo
Relação Nominal

Transformador de Corrente (TC’s)


Local Interno aos cubículos Interno aos cubículos Interno aos cubículos
Fabricante Siemens Siemens Siemens
Tipo
Relação Nominal 300/5 A 100/5 A 100/5 A

Disjuntor de Média Tensão Tensão


Dados do Disjuntor
Identificação D. 52 - 1
Fabricante
Corrente Nominal A
Tensão Nominal 15 KV
Inspeção Visual
Câmara de Extinção A Contatos A Bob. de Abertura A Pintura A
Hastes de Acionamento A Painel A Bob. de Fechamento A Vazamento C
Motor de Carregamento A Aterramento A Nível do Óleo A
A – Satisfatório / B – Com Problemas / C – Não Tem / D – Não Inspecionado / E – Não Aplicável

Transformador de Potência
Dados do Transformador
Localização Subestação Elétrica 1
Identificação Transformador 1
Fabricante
Tipo de Isolação À óleo
Potência 1000 KVA
Tensão MT 13.800 V
Tensão BT 380 V
Inspeção Visual
Vazamentos C Análise Termográfica A Ventiladores C Identificação C
Sinalização A Aparência Externa A Iluminação A Aparência dos Condutores A
A – Satisfatório / B – Com Problemas / C – Não Tem / D – Não Inspecionado / E – Não Aplicável

14 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


Transformador de Potência
Dados do Transformador
Localização Subestação Elétrica 1
Identificação Transformador 2
Fabricante
Tipo de Isolação À óleo
Potência 1000 KVA
Tensão MT 13.800 V
Tensão BT 380 V
Inspeção Visual
Vazamentos C Análise Termográfica A Ventiladores C Identificação C
Sinalização A Aparência Externa A Iluminação A Aparência dos Condutores A
A – Satisfatório / B – Com Problemas / C – Não Tem / D – Não Inspecionado / E – Não Aplicável

Transformador de Potência
Dados do Transformador
Localização Subestação Elétrica 2 (Chocolate)
Identificação Transformador 3
Fabricante
Tipo de Isolação À seco
Potência 1000 KVA
Tensão MT 13.800 V
Tensão BT 380 V
Inspeção Visual
Vazamentos C Análise Termográfica A Ventiladores C Identificação C
Sinalização A Aparência Externa A Iluminação A Aparência dos Condutores A
A – Satisfatório / B – Com Problemas / C – Não Tem / D – Não Inspecionado / E – Não Aplicável

9.0 ANÁLISE DAS DOCUMENTAÇÕES

9.1 ANÁLISE TERMOGRÁFICA

A Análise Termográfica é um ensaio não destrutivo, que tem como principio a medição de
temperatura pelo método de radiação infravermelha.

O objetivo da inspeção termográfica é detectar e diagnosticar elevadas temperaturas e


acréscimos de temperatura em componentes elétricos, com isso evitar a interrupção de áreas da
empresa. Evitando com isso gastos excessivos com manutenção e consumo de energia elétrica.

A manutenção preventiva, através da inspeção termográfica, nos painéis elétricos,


subestação, transformadores, condutores, disjuntores, grupo geradores, etc.

15 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


A termográfica executada com a emissão dos laudos, indicando as correções necessárias,
ilustrados com os respectivos termogramas e registros fotográficos dos pontos de calor excessivo,
visando o prolongamento da eficiência operacional dos sistemas.

A análise termográfica permite uma melhor programação, minimizando a mão-de-obra e


recursos envolvidos, pois possibilita identificação de sobreaquecimento nas instalações elétricas.

A empresa CARGILL realizou em sua programação preventiva a Análise Termográfica de


toda a instalação elétrica da empresa e os resultados do Laudo estão anexados ao Prontuário das
Instalações Elétricas (PIE) juntamente com esse Relatório.

9.2 LAUDO TÉCNICO DO SPDA

O Laudo de inspeção do Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas - SPDA é o


documento técnico das inspeções e medições realizadas no Sistema de Proteção contra Descargas
Atmosféricas e no sistema de Aterramento Elétrico da empresa com a finalidade de verificar a
conformidade com a Norma Técnica Brasileira ABNT NBR-5419 e a NR10.

A NR10 estabelece a obrigatoriedade das empresas se municiarem de documento técnico


que ateste a conformidade das suas instalações elétricas com as normas de segurança. (Item
10.2.4.b). As inspeções e ensaios para emissão deste laudo devem ser executados segundo os
objetivos, métodos e periodicidade prescritos na norma da ABNT para a proteção das estruturas
contra descargas atmosféricas (NBR 5419).

O Laudo Técnico do SPDA está anexado ao Prontuário das Instalações Elétricas (PIE)
juntamente com esse Relatório.

9.3 DIAGRAMAS UNIFILARES

De acordo com o item 10.2.3 da NR 10, as empresas estão obrigadas a manter esquemas
unifilares atualizados das instalações elétricas dos seus estabelecimentos com as especificações do
sistema de aterramento e demais equipamentos e dispositivos de proteção.

O diagrama unifilar é uma proteção para o profissional da área elétrica, pois evita erros de
manobras que podem causar graves acidentes, sem um diagrama unifilar atualizado o profissional
não consegue saber onde a proteção de um circuito ira atuar, portanto um diagrama atualizado é de
responsabilidade de cada empresa.

16 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


Os diagramas elétricos unifilares estão sendo atualizados e os mesmos estarão disponíveis
Os diagramas estão anexados ao Prontuário das Instalações Elétricas (PIE) juntamente com esse
Relatório.

9.4 PROCEDIMENTOS DE TRABALHO

Procedimento de Trabalho significa atender aos princípios e às exigências das normas


técnicas e, no nosso caso, especialmente as normas ABNT NBR 5410, ABNT NBR 14039 e NR 10,
que tratam das instalações elétricas de baixa tensão e de média tensão, respectivamente. Lá estão as
prescrições que devem ser obedecidas para que as instalações ofereçam a segurança aos usuários em
geral.

No caso de ambientes de trabalho, onde se aplica a NR 10, as normas técnicas são


igualmente requeridas e, agora, como impositivas e de cumprimento compulsório, alicerçadas na
Lei vigente.

A política de segurança elétrica estabelece que “todos os trabalhos envolvendo energia


elétrica devem ser executados de forma segura”. Esta é uma declaração que se refere às instalações
que extraem suas proteções habituais – como barreiras, invólucros, etc. para permitir a aproximação
e o acesso às partes energizadas. Este item inclui preocupações como:

a) Política geral para evitar os trabalhos em equipamento energizado;


b) Autorização para trabalho;
c) Normas de serviço;
d) Obediência a procedimentos e práticas seguras;
e) Supervisão;
f) Treinamento de segurança e qualificação dos trabalhadores;
g) Auditorias de segurança e auto-avaliação do pessoal.

Mais uma vez, essas preocupações devem ser descritas nos documentos oficiais da empresa.
É sabido que a maior parte dos danos e acidentes envolve ações de pessoas associadas às condições
locais de trabalho (instalações). Por essa razão, os princípios de segurança elétrica, assim como os
riscos inerentes aos trabalhos com eletricidade, devem ser identificados e ensinados aos
trabalhadores.

Dessa maneira estaremos atendendo especificamente ao que estabelece o art. 157 da CLT e a
NR 1 ( item 1.7). As práticas de trabalho seguras são talvez a parte mais importante de todo o
programa de segurança com eletricidade e são norteadas por alguns princípios básicos:

17 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


• Planejar todos os trabalhos;

• Usar as ferramentas e aparelhos adequados para o trabalho;

• Aplicar os procedimentos preestabelecidos;

• Isolar o equipamento;

• Identificar os riscos;

• Minimizar os riscos (controle);

• Proteger as pessoas;

• Avaliar as habilidades pessoais;

• Auditar esses princípios.

Estabelecer controles administrativos de acordo com a política, com os procedimentos


necessários e as orientações para direcionar as atividades do pessoal cujas tarefas podem expô-los
ao risco elétrico.

Antes da execução de qualquer trabalho, deve ser realizada uma análise de risco, ser
providenciada uma autorização de trabalho e um comentário sobre as tarefas, focando
especificamente os aspectos de segurança.

Os procedimentos de trabalho da empresa CARGILL foram desenvolvidos pelo seu próprio


SESMT. Todos os procedimentos de trabalho em altura, espaço confinado, áreas classificadas,
trabalhos com redes energizadas, bloqueios de equipamento entre outros estão em porte do
Departamento SESMT e também estão anexados ao Prontuário das Instalações Elétricas (PIE)
juntamente com esse Relatório.

9.5 DOCUMENTAÇÃO DE COMPROVAÇÃO DE HABILITAÇÃO,


QUALIFICAÇÃO, CAPACITAÇÃO E AUTORIZAÇÃO.

É exigido que os funcionários que se envolvam em serviços com eletricidade diretamente


devam possuir documentação comprobatória de conclusão de curso em eletricidade (curso
profissionalizante, técnico ou curso superior) ou de autorização para serviços com eletricidade,
sendo essa devidamente assinada por profissional habilitado e competente para tal tarefa.

Todo funcionário envolvido em trabalhos com eletricidade deve receber curso de


treinamento sobre a Norma Regulamentadora Nº 10 e uma reciclagem a cada dois anos ou nas
seguintes situações:

18 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


a) Troca de função ou mudança de empresa;

b) Retorno de afastamento ao trabalho ou inatividade por período superior a três meses; e

c) Modificações significativas nas instalações elétricas ou troca de métodos, processos e


organização do trabalho.

Caso o funcionário tenha que executar trabalhos em Media Tensão ele deve receber além do
curso básico em NR 10 o curso em SEP (Sistema Elétrico de Potência).

Todos esses documentos estão em posse do setor de RH, assim como também estão
anexados ao Prontuário das Instalações Elétricas (PIE) juntamente com esse Relatório.

19 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


10.0 CONCLUSÃO

As instalações elétricas da empresa CARGILL estão acordo com as NR 10 e NBRs vigentes,


porém se fazem necessárias algumas modificações de manutenção em alguns painéis e também nas
Subestações, essa melhorias estão indicadas nos anexos desse relatório.

Quanto aos relatórios e documentações não presentes nesse relatório se deve ao fato desse
relatório ser parte integrante do Prontuário das Instalações Elétricas (PIE) e todos essas
documentações, Laudos, Procedimentos e relatórios estão presente Prontuário das Instalações
Elétricas (PIE).

Este Relatório Técnico das Instalações Elétricas (RTI) é composto de 21 páginas mais os
anexos rubricados e a conclusão assinada.

_________________________
José Carlos da Silva
Engenheiro Eletricista
Engenheiro de Segurança do Trabalho
CREA 060.185.049-5

20 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


ANEXOS

21 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


R.T.I.

22 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br


RELATÓRIO Nº 001/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: ENTRADA RAMAL ELÉTRICO TENSÃO: 13.8 KV PAINEL Nº CUB. GERAL


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI X NÃO POSSUI
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA SUBTERRANEA X
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA X NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA EM TODAS AS COLUNAS DO CUBÍCULO DE MT,
COLUNAS 3, 5,6 E 7 SEM IDENTIFICAÇÃO LIGA DESLIGA - IDENTIFICAR. FOTOS 1, 2 E 3.
RELATÓRIO Nº 002/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: SUBETSAÇÃO ELÉTRICA 1 TENSÃO: 13.8 KV/380 V PAINEL Nº CCM 1-GERAL


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI X NÃO POSSUI
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA SUBTERRANEA X
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA EM TODAS AS COLUNAS DO CCM 1, FALTA
IDENTIFICAÇÃO DOS TRAFOS NAS PORTAS DE ACESSO, MELHORAR A IDENTIFICAÇÃO DAS CORES DOS CABOS
NOS BARRAMENTOS. FOTOS 4 E 5.
RELATÓRIO Nº 003/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: S.E. ELÉTRICA 2 - CHOCOLATE TENSÃO: 13.8 KV/380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI X NÃO POSSUI
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA SUBTERRANEA X
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA IDENTIFICAÇÃO DOS TRAFOS NAS PORTAS DE ACESSO. FOTO 6.
RELATÓRIO Nº 004/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: CCM 1 - CHOCOLATE TENSÃO: 380 V PAINEL Nº CCM - 1


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA SUBTERRANEA X
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÂNCIA NO CCM, FALTA ESTUDO DA SELETIVIDADE NO CCM,
IDENTIFICAR BOTÃO DE EMERGÊNCIA DOS DISJUNTORES DE BAIXA TENSÃO. FOTO 7, 8 E 9.
RELATÓRIO Nº 005/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL SORO DESMINERALIZADO TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA REGULAR X RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA NO PAINEL, LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS
DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, FALTA IDENTIFICAÇÃO DOS BOTÕES LIGA-DESLIGA-BLOQUEIO, CHAVE DE
BLOQUEIO DANIFICADA - CONSERTO. FOTOS 10 E 11.
RELATÓRIO Nº 006/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL DWP TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA REGULAR X RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA NO PAINEL, LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS
DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, FALTA IDENTIFICAÇÃO DOS BOTÕES DE COMANDO, FALTA PROTEÇÃO
ACRÍLICA DOS BARRAMENTOS DO PAINEL, ELIMINAR UMIDADE DO PISO. FOTOS 12, 13, 14, 15 E 16.
RELATÓRIO Nº 007/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL CONDESAÇÃO 1 E 2 TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, FALTA
PROTEÇÃO ACRÍLICA DOS BARRAMENTOS DO PAINEL. FOTOS 17, 18, 19 E 20.
RELATÓRIO Nº 008/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL COMANDO CONDESADOR 1 TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA NO PAINEL, LIMPEZA NO PAINEL. FOTO 21.
RELATÓRIO Nº 009/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL COMANDO CONDESADOR TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA NO PAINEL, LIMPEZA NO PAINEL. FOTO 22.
RELATÓRIO Nº 010/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: CIP TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊNCIA NO PAINEL, LIMPEZA NO PAINEL, FALTA PROTEÇÃO
ACRÍLICA NOS BARRAMENTOS DA CHAVE GERAL, TROCAR FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR. FOTOS
23 E 24.
RELATÓRIO Nº 011/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: LABORATÓRIO - FORÇA E TOMADAS TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA REGULAR X RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA SUBTERRANEA x
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA SINALIZAÇÃO DE ADVERTÊCIA NO PAIENL, LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS
DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR,PROTEÇÃO ACRÍLICA NOS BARRAMENTOS. FOTOS 25 E 26.
RELATÓRIO Nº 012/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: VENTILADORES DE ALTA PRESSÃO TENSÃO: 380 V PAINEL Nº 1, 2, 3 E 4


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA X INADEQUADA
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICA NOS BARRAMENTOS, SUPORTE PARA FIXAÇÃO PARA ACIONAMENTO DA CHAVE GERAL QUEBRADO
DO PAINEL DO VENTILADOR ALTA PRESSÃO 1 E 2. FOTOS 27, 28 E 29..
RELATÓRIO Nº 013/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: ALMOXARIFADO TENSÃO: 220 V PAINEL Nº TOM. E ILUM.


APARÊNCIA EXTERNA BOA REGULAR X RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA SUBTERRANEA X
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL X
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR RUIM X
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI NÃO POSSUI X
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES, PROTEÇÃO ACRÍLICA NOS
BARRAMENTOS. FOTOS 30 E 31.
RELATÓRIO Nº 014/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL CALDEIRA TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICA NOS BARRAMENTOS. FOTOS 32, 33 E 34.
RELATÓRIO Nº 015/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL UTILIDADES TENSÃO: 220 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICA NOS BARRAMENTOS. FOTOS 35 E 36.
RELATÓRIO Nº 016/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL FORNO 1 TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS NH POR DISJUNTORES-MOTOR, RETIRADA DA
INSTRUMENTAÇÃO PNEUMÁTICA DE DENTRO DO PAINEL - RISCO DE ACIDENTE. FOTOS 37 E 38.
RELATÓRIO Nº 017/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL FORNO 2 TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS NH POR DISJUNTORES-MOTOR, RETIRADA DA
INSTRUMENTAÇÃO PNEUMÁTICA DE DENTRO DO PAINEL - RISCO DE ACIDENTE. FOTOS 39 E 40.
RELATÓRIO Nº 018/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL TRATAMENTO DE ÁGUA TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS NH E DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICANOS BARRAMENTOS, TROCAR BARRAMENTO DE ENTRADA COM FUSÍVEL POR DISJUNTOR-MOTOR.
FOTOS 41, 42, 43 E 44.
RELATÓRIO Nº 018/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL TRATAMENTO DE EFLUENTES TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICA NOS BARRAMENTOS, TROCAR BARRAMENTO RECOZIDOPOR CHAMA POR NOVO. FOTOS 45, 46 E 47.
RELATÓRIO Nº 019/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL AREADOR 1 TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA REGULAR X RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS DIAZED E NH POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICA NOS BARRAMENTOS, FOTOS 48 E 49.
RELATÓRIO Nº 020/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL TOM. E ILUM. PRODUÇÃO TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCAR FUSÍVEIS DIAZED E NH POR DISJUNTORES-MOTOR, TROCAR
CONJUNTOS DE TOMADA + 2 INTERRUPTORES POR PADRÃO NOVO. FOTOS 50 E 51.
RELATÓRIO Nº 021/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL POÇO ARTESIANO TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS NÃO EXPOSTAS X
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: FALTA PLACA DE ADVERTÊNCIA NO PAINEL, LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS DIAZED
POR DISJUNTORES-MOTOR, RETIRAR UMIDADE DO CHÃO. FOTOS 52, 53, 54 E 55.
RELATÓRIO Nº 022/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL SPRAY DRIVER 1 TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICA DOS BARRAMENTOS. FOTO 56.
RELATÓRIO Nº 023/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL SPRAY DRIVER 2 TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICA DOS BARRAMENTOS. FOTO 56.
RELATÓRIO Nº 024/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: NO BREAK SPRAY DRIVER TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS DIAZED POR DISJUNTORES-MOTOR, PROTEÇÃO
ACRÍLICA DOS BARRAMENTOS. FOTOS 57 E 58.
RELATÓRIO Nº 025/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL HIDROFOR TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS DIAZED E NH POR DISJUNTORES-MOTOR,
PROTEÇÃO ACRÍLICA DOS BARRAMENTOS. FOTO 59.
RELATÓRIO Nº 026/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: PAINEL HIDROFOR TENSÃO: 380 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA INADEQUADA X
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NO PAINEL, TROCA DE FUSÍVEIS DIAZED E NH POR DISJUNTORES-MOTOR,
PROTEÇÃO ACRÍLICA DOS BARRAMENTOS, FAZER ESTRUTURA DE COBERTURA CONTRA O TEMPO PARA O
PAINEL. FOTO 60.
RELATÓRIO Nº 027/2011
DATA:
CLIENTE: CARGILL AGRÍCOLA S/A
END: AVENIDA RUDOLF STREEIT, 55 - PORTO FERREIRA - SP
RESPONS: CARLOS EDUARDO ARATAMI

ÁREA: TODOS OS PAINÉIS DE TOMADAS TENSÃO: 380 V / 220 V PAINEL Nº


APARÊNCIA EXTERNA BOA X REGULAR RUIM
DIAGRAMA UNIFILAR POSSUI NÃO POSSUI
PROCEDIMENTOS E INSTRUÇÕES TÉCNICAS POSSUI NÃO POSSUI
CRONOGRAMA DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
PROCEDIMENTO DE MANUTENÇÃO POSSUI X NÃO POSSUI
ESTUDO DE SELETIVIDADE POSSUI NÃO POSSUI X
LAUDO TERMOGRÁFICO POSSUI X NÃO POSSUI
ANÁLISE DE ÓLEO POSSUI NÃO POSSUI X
OBJETO ESTRANHO AO LOCAL POSSUI NÃO POSSUI X
PARTES VIVAS EXPOSTAS X NÃO EXPOSTAS
ALIMENTAÇÃO AÉREA X SUBTERRANEA
INFILTRAÇÃO POSSUI NÃO POSSUI X
FORÇADA NATURAL
VENTILAÇÃO
ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO ADEQUADA INADEQUADA X
PROTEÇÃO CONTRA CONTATOS DIRETOS ADEQUADA X INADEQUADA
POSSUI X NÃO POSSUI
ATERRAMENTO
NEUTRO X TERRA X
APARÊNCIA DOS CONDUTORES BOA X REGULAR RUIM
SECCIONAMENTO AUTOMÁTICO POSSUI X NÃO POSSUI
ADVERTÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
SINALIZAÇÃO
EMERGÊNCIA: ADEQUADA X INADEQUADA
ILUMINAÇÃO DE EMERGÊNCIA POSSUI X NÃO POSSUI
ALARME DE INCÊNDIO POSSUI NÃO POSSUI X
PROTEÇÃO CONTRA SOBRECARGA E CURTO C. POSSUI X NÃO POSSUI
DISJUNTORES ADEQUADO X INADEQUADO
SECCIONADORAS ADEQUADO X INADEQUADO
TRANSFORMADORES DE CORRENTES ADEQUADO X INADEQUADO
BANCOS DE CAPACITORES ADEQUADO X INADEQUADO
INSTRUMENTAÇÃO ADEQUADO X INADEQUADO
PARA-RAIOS ADEQUADO X INADEQUADO
COMENTÁRIOS: LIMPEZA NOS PAINÉIS, TROCA DE FUSÍVEIS DIAZED E NH POR DISJUNTORES-MOTOR,
PROTEÇÃO ACRÍLICA DOS BARRAMENTOS E IDENTIFICAÇÃO DA TENSÃO NOMINAL DAS TOMADAS. FOTO 61.
FOTOS R.T.I.
FOTO 01

Indicar posição
da chave para
ligar e para
desligar

FOTO 02
FOTO 03

FOTO 04
FOTO 05

FOTO 06
FOTOS 07 E 08

FOTO 09
FOTO 10

FOTO 11
FOTO 12

FOTO 13
FOTO 14

FOTO 15
FOTO 16

FOTO 17
FOTOS 18 E 19
FOTO 20

FOTO 21
FOTO 22

FOTO 23
FOTO 24

FOTO 25
FOTO 26

FOTO 27
FOTO 28

FOTO 29
FOTO 30

FOTO 31
FOTO 32

FOTO 33
FOTO 34

FOTO 35
FOTO 36

FOTO 37
FOTO 38

FOTO 39
FOTO 40

FOTO 41
Tomada sem identificação de tensão

FOTO 42

FOTO 43
FOTO 44

FOTO 45
FOTO 46

FOTO 47
FOTO 48

FOTO 49
FOTO 50

FOTO 51
Sem identificação dos botões de
liga e desliga

FOTO 52

FOTO 53
FOTO 54

FOTO 55
FOTO 56

FOTO 57
FOTO 58

FOTO 59
FOTO 60

FOTO 61
A.R.T.

82 (16) 3632-2990 www.digivolt.com.br