Vous êtes sur la page 1sur 19

MANUAL DO USUÁRIO DO CANAL PARCEIRO - SICTD – PROCESSO HABITACIONAL,

COMERCIAL E CONSIGNADO

SICTD – PROCESSO HABITACIONAL, COMERCIAL E CONSIGNADO

Manual do Usuário do Canal Parceiro

JUNHO/2017
Sumário
1 OBJETIVO ................................................................................................................................ 3
2 PÚBLICO ALVO ........................................................................................................................ 3
3 CADASTRAMENTO DE USUÁRIO ............................................................................................... 3
4 ACESSO AO SISTEMA ............................................................................................................... 3
5 DIGITALIZAÇÃO e TRANSMISSÃO DE DOCUMENTOS .................................................................. 3
5.1 CRITÉRIOS PARA A DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS ................................................................... 3
5.2 CLASSIFICAÇÃO DOS DOCUMENTOS .............................................................................................. 4
5.3 DIGITALIZAÇÃO DE NOVO LOTE .................................................................................................... 4
5.4 CONSULTA À SITUAÇÃO DOS LOTES DE IMAGENS ENVIADOS À CAIXA ........................................... 10
5.5 NOVA DIGITALIZAÇÃO DE LOTES REJEITADOS OU IMAGENS REJEITADAS....................................... 11
5.6 RETORNAR DOSSIÊS SUSPENSOS PARA A FILA DE TRATAMENTO ................................................... 14
6 ANEXO I – Classificação de documentos no SICTD- Habitação .................................................. 17
7 ANEXO II – Classificação de documentos no SICTD- Comercial e Consignado ............................ 18
8 COORDENAÇÃO GERAL .......................................................................................................... 19
1 OBJETIVO
1.1 Este documento tem por objetivo apresentar as principais funcionalidades do SICTD Internet
(https://digitalizar.caixa.gov.br/), sistema utilizado para a realização de upload e transmissão de imagens de
documentos que envolvem processo habitacional e comercial nas contratações originadas no Canal
Parceiro.

2 PÚBLICO ALVO
2.1 Usuários do Canal Parceiro responsáveis por processos habitacionais, abertura de contas, contratação
de produtos e digitalização de documentos relacionados.

3 CADASTRAMENTO DE USUÁRIO
3.1 O cadastramento de usuário deve ser solicitado à agência de vinculação. Dúvidas sobre o
cadastramento devem ser dirimidas junto à CERAT (0800 724 5555).

4 ACESSO AO SISTEMA
4.1 Para acessar o aplicativo, o usuário do Canal Parceiro deverá acessar a página
https://digitalizar.caixa.gov.br/ e preencher os campos matrícula e senha de acesso aos recursos
computacionais da CAIXA, já previamente cadastrados.

4.2 É necessário microcomputador de propriedade do Parceiro com acesso a Internet e, preferencialmente, o


Navegador de Internet Google Chrome instalado para acesso:

5 DIGITALIZAÇÃO E TRANSMISSÃO DE DOCUMENTOS

5.1 CRITÉRIOS PARA A DIGITALIZAÇÃO DE DOCUMENTOS


5.1.1 Os documentos a serem encaminhados à CAIXA devem ser digitalizados no formato JPEG, em escala
de cinza e com a resolução de 200dpi.
5.1.1.1 Dependendo do tamanho do arquivo, será necessária uma resolução maior ou menor que 200pdi.
5.1.2 Digitalizar preferencialmente os documentos originais para não comprometer a visualização e o
aproveitamento das imagens pela CAIXA.
5.1.3 Copias ilegíveis não devem ser digitalizadas.
5.1.4 Não pode ser digitalizado mais de um documento por página, tendo em vista que cada documento
possui a sua classificação específica a ser tratada na CAIXA.

Versão 3 Página 3 de 19 05/06/2017


5.1.5 Todos os documentos do cliente devem ser digitalizados e arquivados em uma pasta específica no
computador do usuário, para que as imagens sejam carregadas posteriormente no SICTD.

5.2 CLASSIFICAÇÃO DOS DOCUMENTOS


5.2.1 A correta classificação das imagens é importante para garantir a celeridade e a conformidade do
processo. Exemplo: não classificar DAMP como MO 29300 e vice-versa.
5.2.2 Todos os produtos comerciais solicitados pelos proponentes e vendedores são classificados como
proposta comercial, ou seja, proposta de conta corrente, cheque especial, cartão de crédito e poupança dos
proponentes e vendedores estão englobadas nesse item.
5.2.3 Documentos de um mesmo tipo que possuem mais de uma página devem ser digitalizados na ordem,
ex: ficha cadastro, matrícula do imóvel, etc.
5.2.4 Digitalizar apenas os documentos que tenham classificação disponível no SICTD, conforme listagem
definida no ANEXO I – Classificação de documentos no SICTD- Habitação e no ANEXO II – Classificação de
documentos no SICTD- Comercial e Consignado

Toda documentação relativa ao processo habitacional e comercial deve ser


digitalizada no mesmo lote.

A documentação relativa ao processo comercial do vendedor é digitalizada


no mesmo lote do processo habitacional.

A documentação pode ser toda digitalizada de uma única vez e os


documentos classificados após a digitalização, antes do envio.

5.3 DIGITALIZAÇÃO DE NOVO LOTE


5.3.1 Após a realização de Login no sistema o usuário do Canal Parceiro deve clicar na opção “Captura de
Dossiê” para fazer a inclusão de um “Novo Lote”, conforme tela a seguir:

Versão 3 Página 4 de 19 05/06/2017


5.3.2 Selecionar o tipo de processo a ser transmitido.
Dossiê CCA- Comercial e Consignado - para transmissão de processos com propostas comerciais e/ ou
consignado, SEM proposta habitacional vinculada no SICAQ
Dossiê CCA – habitacional – para transmissão de processos com propostas habitacionais e comerciais
do proponente e vendedor do imóvel

5.3.3 Em seguida, o usuário deve preencher as informações referentes ao processo a ser digitalizado e, após
o preenchimento de todos os campos, clicar em selecionar documentos.
5.3.3.1 Na digitalização de processos Dossiê CCA – Comercial e Consignado, é solicitado também o
preenchimento obrigatório do Número do Protocolo Cadastro no SICAQ. O SICTD não permite digitalização
de lote com os mesmos dados de lotes Pendentes, Aprovados ou Rejeitados.
5.3.3.2 Na digitalização de processos Dossiê CCA - Habitacional, deve ser selecionado se o dossiê possui
propostas comerciais transmitidas em conjunto. Esse campo deve ser preenchido.

Versão 3 Página 5 de 19 05/06/2017


5.3.4 Considerando que todos os documentos do cliente foram devidamente digitalizados anteriormente e
foram arquivados em uma pasta específica no computador do usuário, basta ao usuário após acionar o botão
“Adicionar Imagens...” localizar as imagens referentes ao cliente em questão e carregá-las no SICTD Internet.
5.3.4.1 É possível selecionar e carregar imagem por imagem ou efetuar a seleção de múltiplas imagens e
carregá-las ao mesmo tempo clicando em “Adicionar Imagens” para posterior classificação.
5.3.5 Clicar em “Adicionar Imagens...” para capturar os documentos:

5.3.5.1 Caso se trate de captura de uma imagem, selecionar o tipo de documento a ser carregado e clicar em
Upload.
5.3.5.2 Caso se trate de captura de várias imagens, clicar em Upload, sem necessidade de selecionar o tipo
de documento nesse momento.

Versão 3 Página 6 de 19 05/06/2017


5.3.5.3 Cabe ao usuário fazer a classificação individual de cada documento do cliente conforme regra vigente
para contratação do produto selecionado.
5.3.6 O usuário procede à classificação das imagens clicando na caixa de seleção localizada acima de cada
miniatura, definindo o tipo de documento de acordo com a sua natureza e finalidade:

5.3.7 O usuário também deve proceder à edição e ajuste das imagens do lote, rotacionando as imagens para
deixá-las na posição correta de visualização e leitura do texto.
5.3.8 Deixar a seta do mouse sobre a imagem digitalizada para conferir se está legível e se corresponde à
classificação correta:

5.3.8.1 Caso alguma imagem seja carregada por engano para o Lote de um determinado cliente ou esteja
ilegível, o usuário pode remover a imagem do lote antes de transmiti-lo por meio do botão “Remover”
indicado na tela abaixo:
Versão 3 Página 7 de 19 05/06/2017
5.3.9 Após o carregamento das imagens, verificar os erros apontados. Algumas imagens excedem ou não
atingem o limite preestabelecido (arquivos entre 0,1MB e 0,7MB). Nas imagens em que aparecer a tela de
erro abaixo, clicar em ok para remover o arquivo não aceito:

5.3.9.1 Redigitalizar o documento, alterando a resolução para que atinja o limite aceito.
5.3.9.2 Carregar novamente somente as páginas rejeitadas, não sendo necessário alterar a ordem no
sistema, apenas marcando a correta classificação da página digitalizada:

Versão 3 Página 8 de 19 05/06/2017


5.3.10 Terminado o processo de incluir todas as imagens do lote, conferir se todas as páginas do dossiê
foram carregadas para o sistema, clicar em Enviar Dossiê e Salvar:

5.3.11 A próxima tela será a de confirmação do envio:

Versão 3 Página 9 de 19 05/06/2017


Digitalizar apenas os documentos que tenham classificação no
SICTD (ANEXO I)

Os demais documentos descritos no ANEXO V do MO 43000


deverão ser anexados ao dossiê físico, conforme enquadramento
de cada processo habitacional.

O dossiê físico deve ser entregue na agência com TODA


documentação exigida para assinatura do contrato.

5.4 CONSULTA À SITUAÇÃO DOS LOTES DE IMAGENS ENVIADOS À CAIXA


5.4.1 Após carregar e enviar as imagens de documentos de clientes à CAIXA o usuário do Canal Parceiro
pode acompanhar e verificar a situação das imagens em tratamento na CAIXA, por meio da opção “Pesquisa”
na tela inicial do sistema, conforme abaixo:

Versão 3 Página 10 de 19 05/06/2017


5.4.2 Os status apresentados para as imagens podem ser os seguintes:

 Excluído – situação de página excluída pelo sistema;


 Pendente – lote enviado e disponibilizado para tratamento na Fila única das unidades habilitadas a
tratar o processo;
 Aprovada – imagem já aprovada pela unidade da CAIXA responsável pelo tratamento;
 Documento Rejeitado – imagem rejeitada individualmente após análise da unidade da CAIXA
responsável pelo tratamento;
 Lote Rejeitado – imagens rejeitadas por meio da rejeição total do lote após análise da unidade da
CAIXA responsável pelo tratamento.
 Suspenso- situação em que toda a documentação digitalizada está correta, mas há outras
pendências apontadas no parecer emitido que inviabilizam aprovação imediata do lote.
 Exportado – status atribuído a uma página quando o lote foi aprovado e a rotina de exportação do
lote foi concluída com sucesso;

Não efetuar nova digitalização até que o lote seja aprovado,


rejeitado ou excluído. A nova digitalização substitui o lote anterior
e é inserida no final da fila.

Aguardar o parecer de conformidade antes de fazer qualquer


alteração no lote.

5.4.3 Caso o lote apresente o status pendente, aprovado, rejeitado ou suspenso, aguardar o parecer de
conformidade que será recebido no e-mail cadastrado no sistema.

5.5 NOVA DIGITALIZAÇÃO DE LOTES REJEITADOS OU IMAGENS REJEITADAS


5.5.1 Quando verificada inconformidade no dossiê que dependa de nova digitalização, a unidade da CAIXA
responsável pelo tratamento rejeita o lote ou a imagem inconforme para correção e redigitalização pelo CCA.
5.5.2 Há dois tipos de rejeição:
5.5.2.1 Rejeição Coletiva:
 Por digitalização de lote ilegível ou indevida. O lote deve ser totalmente redigitalizado com as
devidas correções.
 Por ausência de documentação. Recuperar o lote e inserir o(s) documento(s) para novo envio.

5.5.2.2 Rejeição de documento individual. O documento pode ser rejeitado por: estar ilegível,
preenchimento incorreto, inválido, etc. Substituir os documentos rejeitados pelos documentos corrigidos.
5.5.3 O parceiro deve verificar no parecer emitido os apontamentos feitos pela área responsável pela
verificação para subsidiar as ações de correção.
5.5.4 Para correção da inconformidade da imagem ou do lote, clicar em Pesquisa no SICTD e informar um
dos campos:

Versão 3 Página 11 de 19 05/06/2017


5.5.4.1 Selecionar o arquivo a ser alterado, clicando em qualquer campo:

5.5.4.2 A regularização também pode ser feita selecionando o lote listado na página inicial do SICTD, no
campo Pendências.
5.5.4.3 Para os casos de rejeição total do lote, clicar em Recapturar Lote:

Versão 3 Página 12 de 19 05/06/2017


5.5.4.4 Para os casos de rejeição parcial do lote, clicar em Recapturar Imagem ou Excluir Página:

5.5.4.5 Alterar o (s) documento (s) de acordo com o parecer de conformidade e clicar em Enviar:

Versão 3 Página 13 de 19 05/06/2017


Caso o parceiro tente capturar o lote rejeitado como um novo dossiê, o
SICTD apresentará mensagem de erro. Deve-se localizar o lote na aba
Pesquisa e recapturar o dossiê ou as imagens rejeitadas para que o lote
retorne para a fila.

Caso o parceiro deseje regularizar o dossiê comercial após a emissão de


parecer CONFORME para o produto habitacional, o parceiro deve
reenviar o Cadastro no SICAQ sem alteração de dados, para que retorne
à situação de Não Verificado e deve transmitir os documentos na opção
Dossiê CCA- Comercial e Consignado. A demanda será tratada em fila
única.

O correspondente acessa o cadastro (que já está salvo), não altera


nenhuma informação. Ao final do cadastro clica em concluir cadastro,
confirma. É gerado novo número de protocolo mesmo que nenhum dado
seja alterado. Esse novo cadastro (com novo protocolo) deve ser
impresso, assinado e enviado novamente via SICTD.

No caso em que o produto comercial é poupança isolada de vendedor


habitacional, o parecer conforme habitacional mais a proposta do SIOPI
que mostra que o cliente é o vendedor devem ser enviados juntamente
com o dossiê comercial.

5.6 RETORNAR DOSSIÊS SUSPENSOS PARA A FILA DE TRATAMENTO


5.6.1 Quando há pendências apontadas no parecer cuja correção não envolve a alteração de algum
documento digitalizado, o lote é Suspenso pelas unidades responsáveis pelo tratamento. Neste caso, o
parceiro deve fazer a alteração necessária no sistema (por exemplo, SIOPI, CAIXA AQUI) e retornar o lote
para a fila após as correções, sem necessidade de nova digitalização e classificação.
5.6.2 Clicar em Pesquisa no SICTD e informar um dos campos:

Versão 3 Página 14 de 19 05/06/2017


5.6.2.1 Selecionar o arquivo, clicando em qualquer campo, para retorno à fila:

5.6.2.2 Clicar no botão “Retornar para Fila de Tratamento”:

Versão 3 Página 15 de 19 05/06/2017


Versão 3 Página 16 de 19 05/06/2017
6 ANEXO I – CLASSIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS NO SICTD- HABITAÇÃO

Compõe arquivo
Documento
MCMV FGTS PROCOTISTA SBPE
MO43047- Formulário de Apresentação de Propostas x x x x

Ficha Cadastro x x x x

MO33205 x x x x

Documento de identificação proponente/ participante x x x x

Comprovante de Renda/Rendimentos x x x x

Proposta de adesão com DPS x

DPS - Declaração Pessoal de Saúde x

Autorização/ aceitação da seguradora x

Pesquisa CONRES Procurador do comprador x x x x

Declaração de Imposto de Renda PF x x x x

Comprovante da inexistência de propriedade de imóvel x x x x

Pesquisa CADMUT x x x x

Pesquisa SIACI x x x x

MO29300- Enquadramento x x x

DAMP Eletrônico- Utilização de FGTS x x x x

Extrato da conta vinculada de FGTS x

Comprovação do Fator Social x x

Documento de identificação vendedor PF x x x x

Documento de identificação interveniente anuente PF x x x x

Comprovante de estado civil e regime de bens vendedor PF* x x x x

Pesquisa Cadastral vendedor PF cônjuge/companheiro x x x x

Pesquisa Cadastral proprietários anteriores x x x x

Pesquisa CONRES vendedor PF cônjuge e companheiro x x x x

Pesquisa CONRES responsável técnico x x x x

Pesquisa CONRES vendedor PF procurador x x x x

Documento constitutivo PJ x x x x
Certidão Simplificada da Junta Comercial ou Ficha de Breve Relato X X X x
Documento de identificação representante legal PJ x x x x

Pesquisa Cadastral vendedor PJ x x x x

Pesquisa CONRES vendedor PJ x x x x

Pesquisa CONRES vendedor PJ procurador x x x x

Autorização da agência - Parecer jurídico x x x x

Autorização da agência - restrição CONRES/ Pesquisa cadastral x x x x

Versão 3 Página 17 de 19 05/06/2017


CRF- Certidão de regularidade do FGTS x x x x

Lei autorizativa para operação com vendedor/doador ente público x


Certidão/diploma do TRE, atestando eleição do representante do Poder
x
Público
Termo de Posse do representante do Poder Público x

Documento de identificação representante do Poder Público x

CRP – Certidão de Regularidade Previdenciária do Ente do Poder Público x

Matrícula do Imóvel x x x x

Declaração da Prefeitura/ IPTU/ Alvará de Construção x x x x

Habite-se x x x x

Declaração do vendedor acerca da utilização do FGTS no imóvel x x x x

CREA ou CAU responsável técnico da obra x x x x

Declaração do vendedor com informação dos herdeiros/cônjuges x x x x


Declaração de consentimento e respectiva anuência dos
x x x x
descendentes/cônjuges
Proposta comercial x x x x

Comprovante de residência proponente e/ou 2º proponente x x x x

Pesquisa Cadastral proponente e/ou 2º proponente x x x x

MO 43005 - CAPA DE INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES x x x x

MO38135 x x x x

Termo de solidariedade x x x x

Documento de margem consignável x x x x


CE de autorização do gestor do produto/canal x x x x
* O pacto antenupcial, se houver, deve ser classificado como Comprovante de estado civil e regime de bens
vendedor PF.

7 ANEXO II – CLASSIFICAÇÃO DE DOCUMENTOS NO SICTD- COMERCIAL E CONSIGNADO


Compõe Arquivo
Documento
CONSIGNADO COMERCIAL
Comprovante de Endereço X X
Comprovante de Identidade X X
Comprovante de Renda/Rendimentos X X
CPF Cadastro de Pessoas Físicas X X
Documento de Margem Consignável X
Ficha Cadastro X X

MO43005 - Capa de Informações Complementares X X

MO43047- Formulário de Apresentação de Propostas X X


Parecer Conformidade Processo Habitacional X
Pesquisa Cadastral X X
Proposta Comercial X X
Proposta do SIOPI X

Versão 3 Página 18 de 19 05/06/2017


8 COORDENAÇÃO GERAL

Coordenação Geral

Gerência Nacional de Padrões para Processos Bancários: GEBAN


Endereço: SAUS QUADRA 3, BL E, 13º andar, MZ III

Versão 3 Página 19 de 19 05/06/2017