Vous êtes sur la page 1sur 5

MAR / 2010 NORMA DNIT 127/2010 - PAD

DNIT Emissão e revisão de documentos de projeto -


Padronização
MINISTÉRIO DOS TRANSPORTES
DEPARTAMENTO NACIONAL DE Autor: Diretoria de Planejamento e Pesquisa - DPP
INFRAESTRUTURA DE Processo: 50600.015.602/2009-17
TRANSPORTES
Aprovação pela Diretoria Colegiada DNIT na reunião de 16/03/2010.
DIRETORIA - GERAL
Resolução: nº ______, sessão nº ______.
DIRETORIA EXECUTIVA
DIRETORIA DE PLANEJAMENTO E Direitos autorais exclusivos do DNIT, sendo permitida reprodução parcial ou total, desde que
PESQUISA citada a fonte (DNIT), mantido o texto original e não acrescentado nenhum tipo de propaganda
INSTITUTO DE PESQUISAS comercial.
RODOVIÁRIAS
Nº total de
Rodovia Presidente Dutra, km 163 Palavras-chave:
páginas
Centro Rodoviário – Vigário Geral
Rio de Janeiro – RJ – CEP 21240-000 Desenho, documentos técnicos. 5
Tel./fax: (21) 3545-4600

utilizada na emissão e revisão de documentos técnicos


Resumo
de engenharia em geral no DNIT.
Este documento fixa as condições exigíveis para a
Está formatada de acordo com a Norma DNIT 001/2009
emissão e revisão de documentos de projetos de
– PRO.
engenharia em geral.
1 Objetivo
Abstract

Esta Norma fixa as condições exigíveis para a


This document sets the requirements for issuing and
emissão e revisão de documentos técnicos de projeto
reviewing documents for engineering design in general.
em geral, para uso interno e externo ao DNIT.

Sumário
Esta Norma não se aplica às rotinas gerenciais
relacionadas com atividades de controle (de execução),
Prefácio.................................................................... 1
distribuição e arquivamento de documentos de projeto,
1 Objetivo ............................................................ 1 que devem estar de acordo com os procedimentos
específicos.
2 Referências normativas ..................................... 2
As prescrições desta Norma se aplicam aos trabalhos
3 Definições ......................................................... 2 realizados a partir da data de sua edição.

4 Condições gerais .............................................. 2 Esta Norma contém Requisitos Técnicos e Práticas


Recomendadas.
5 Condições específicas ...................................... 3
2 Referências normativas
Índice geral................................................................... 5
Os documentos relacionados a seguir são indispensáveis
Prefácio à aplicação desta Norma. Para referências datadas,
aplicam-se somente as edições citadas. Para referências
Esta Norma foi preparada pela Diretoria de Planejamento
não datadas, aplicam-se as edições mais recentes do
e Pesquisa – DPP e formatada pelo Instituto de
referido documento (incluindo emendas).
Pesquisas Rodoviárias – IPR/DIREX para servir como
documento base, visando estabelecer a sistemática a ser
NORMA DNIT 127/2010-PAD 2

a) Brasil. Departamento Nacional de Infraestrutura emitidos em meio eletrônico, de acordo com os padrões
de Transportes. DNIT 001/2009 – PRO - estabelecidos na Norma DNIT 125/2010 – PAD -
Elaboração e apresentação de normas do DNIT. Elaboração de desenhos para apresentação de projetos
Rio de Janeiro: IPR, 2009. e para documentos técnicos em geral - Padronização

b) ______. DNIT125 /2010 – PAD - Elaboração de 4.1.3 Projetos existentes e revisões


desenhos para apresentação de projetos e para
Os documentos de projeto existentes ou suas
documentos técnicos em geral – Padronização.
revisões devem, preferencialmente, ser emitidos em
Brasília, DF: DPP, 2010.
meio eletrônico. Fica, entretanto, a critério do responsável
c) ______. DNIT 126/2010 – PAD – Codificação de pelo projeto a adoção de outras formas de elaboração
documentos técnicos de engenharia - de documentos como, por exemplo, papel opaco, papel
Padronização. Brasília, DF: DPP, 2010. vegetal, papel vegetal fosco (“manteiga”), filme poliéster,
entre outros. Neste caso, estas cópias devem estar
3 Definições
claramente identificadas como “Documento Original”,
Para os propósitos desta Norma são adotadas as através de um carimbo. [Pratica Recomendada]
definições indicadas nas subseções 3.1 a 3.4.
4.2 Identificação das revisões
3.1 Documentos originais
4.2.1 As revisões devem ser identificadas por letras
Documentos de projeto usados como fonte de cópias, maiúsculas, segundo a seqüência alfabética, não
tendo seus campos de identificação devidamente sendo utilizadas as letras “I” e “O” (utilizam-se as letras
preenchidos e elaborados em conformidade com a K, Y e W). As letras são apostas nos campos próprios
subseção 4.1.3. conforme a Norma DNIT 125/2010 – PAD - Elaboração
de desenhos para apresentação de projetos e para
3.2 Emissão “Original”
documentos técnicos em geral - Padronização

Primeira emissão de qualquer documento de projeto.


4.2.2 Após a revisão “Z” seguem-se as revisões:

3.3 Revisões
a) AA, AB, … AZ;

Demais emissões dos documentos de projeto incorporando


b) BA, BB, … BZ;
modificações.
c) CA, … XY, … ZZ;
3.4 Revisão “Como Construído” (“As Built”)
d) AAA, AAB, … AAZ.
Revisão em documento de projeto incorporando
informações de modificações realizadas na fase de 4.3 Execução de revisões
construção, montagem, condicionamento e operação
4.3.1 Qualquer modificação em uma página ou folha
assistida.
de um documento de projeto, como por exemplo:
4 Condições gerais Memorial Descritivo, Relatório, Parecer Técnico,
Memória de Cálculo, Lista Geral de Documentos,
4.1 Emissão “Original”
Laudo, Especificação Técnica, que tenham uma única

4.1.1 A emissão original é considerada “revisão zero” página para indicação de aprovação, caracteriza uma

(rev. 0) e assim indicada no campo próprio, conforme a revisão de todo o documento, não se permitindo

Norma DNIT 125/2010 – PAD - Elaboração de desenhos seqüências independentes de revisão de cada página.

para apresentação de projetos e para documentos Esta determinação não se aplica a documentos que

técnicos em geral – Padronização. tenham local próprio para a emissão de revisões em


cada “folha” (Desenhos). Neste caso, os documentos
4.1.2 Projetos novos devem indicar na capa, a revisão de cada folha do

Os documentos e formulários de projeto devem ser documento.


NORMA DNIT 127/2010-PAD 3

4.3.2 O motivo da revisão do documento deve ser preferencialmente, ser feita pelo responsável original do
descrito sucintamente no local indicado, conforme a projeto. Caso isto não seja possível, as revisões devem
Norma DNIT 125/2010 – PAD - Elaboração de desenhos conter a descrição das modificações e a identificação do
para apresentação de projetos e para documentos responsável pela revisão, ou, no caso de projetistas
técnicos em geral – Padronização , devendo ser evitadas contratadas, sigla da projetista e nome do responsável
expressões do tipo “Revisão Geral” e “Onde Indicado”. técnico.
Quando a descrição for inviável por sua extensão ou
4.4 Revisão de documentos de acordo com as
complexidade, deve ser indicada a região do documento
fases de evolução do projeto
onde foi feita a revisão. Exemplo:
4.4.1 Documentos do projeto de engenharia básica
“Revisão nos campos BH e CH”.
podem ser substituídos, ao longo da fase de projeto
Nota: executivo, por documentos emitidos pela projetista
contratada, passando a representar a condição mais
Em documentos que não tenham espaço para
atual. Os documentos de engenharia básica não são
“Descrição” no campo destinado à emissão da
cancelados, pois caracterizam uma fase anterior. [Prática
revisão, pode ser utilizado o recurso objeto da
Recomendada]
subseção 4.3.5.
5. Condições específicas - documentos refeitos,
4.3.3 Quando o espaço destinado à descrição das
cancelados, substituídos e renumerados
revisões tiver sido totalmente ocupado, é permitido, a
critério do emitente ou revisor do documento, apagar as 5.1 O ato de modificar, cancelar, substituir ou
primeiras descrições das revisões para lançamento das renumerar documentos é considerado revisão. A
novas. Devem ser deixadas, entretanto, pelo menos, as modificação no tipo de finalidade específica de uma
3 últimas descrições das revisões registradas no emissão (exemplo: de “Para Comentários” para
desenho, mais a emissão original do documento (rev. “Aprovado”) também caracteriza uma revisão do
0). documento.

4.3.4 Todas as alterações devem ser claramente 5.2 O documento cancelado deve ter, somente, a
assinaladas no documento. Nos desenhos, as primeira folha emitida, excluindo-se as demais. O
indicações de revisão devem ser colocadas o mais documento cancelado deve conter na descrição da
próximo possível do local (ou dos locais) do desenho revisão, a palavra “Cancelado” seguida da justificativa
onde foi feita a respectiva revisão. A retirada das do cancelamento ou outras informações pertinentes.
indicações das revisões anteriores deve ser decidida pelo Para identificar a situação do documento deve ser aposto
responsável pelo projeto. transversalmente, na área útil da página, a faixa contendo
a palavra “CANCELADO”, em letras do tamanho 48.
4.3.5 Para os documentos que não tenham espaço
para indicação do motivo da revisão, as partes revisadas 5.3 Para a substituição de documento procede-se do
devem ser assinaladas em destaque, devidamente seguinte modo:
identificadas. Estes destaques também podem ser feitos
a) O documento substituído é cancelado,
por meio de “amebas” ou “nuvens”.
figurando-se como descrição sucinta: -
4.3.6 Informações a serem suprimidas, se desejável, “Cancelado. Substituído pelo documento nº…”;
podem ser riscadas ou circundadas e hachuradas, em
b) O documento substituinte pode ser um
lugar de apagadas, a fim de se destacar o que foi
documento existente, novo ou revisado,
suprimido. [Prática Recomendada]
constando, no campo de notas gerais: - “Este
4.3.7 Toda e qualquer revisão de documentos deve documento substitui o documento nº... ..”;
sempre preservar a responsabilidade técnica dos
c) Quando o documento substituinte for existente e
emitentes. Para tanto, a execução de revisões deve,
não requerer alteração do seu conteúdo, não é
NORMA DNIT 127/2010-PAD 4

necessária a emissão de uma revisão para validá- deve ser feita quando considerada
lo. imprescindível, tendo em vista que no
desenvolvimento do projeto, são várias as
5.4 Em caso de haver necessidade de alterar a
referências inter-documentais (documentos de
numeração de documento, um novo documento deve
projeto, contratos).
ser emitido na sua revisão zero, seguindo os demais
requisitos desta Norma e em particular, a subseção 5.3. 5.5 Nos procedimentos objetos das subseções 5.2 a
5.4, quando o projetista responsável não é o projetista
Nota:
original, proceder também como determinado na subseção
A renumeração de documento de projeto só 4.3.7.

_________________/Índice geral
NORMA DNIT 127/2010-PAD 5

Índice geral

Abstract ............................... 1 Projetos existentes e

Condições específicas 5.............................. 3 Revisões 4.1.3 ....................... 2

Condições gerais 4 ............................. 2 Projetos novos 4.1.2 ....................... 2

Definições 3.............................. 2 Referências normativas 2 ............................ 2

Documentos originais 3.1 ......................... 2 Resumo ............................... 1

Emissão “Original” 3.2 .......................... 2 Revisão “Como Construído”

Emissão “Original” 4.1 .......................... 2 (“As Built”) 3.4 .......................... 2

Execução de revisões 4.3........................... 2 Revisão de documentos de

Identificação das revisões 4.2 ............................. 2 acordo com as fases de

Índice geral ............................... 5 evolução do projeto 4.4 .......................... 3

Objetivo 1 ............................. 1 Revisões 3.3 .......................... 2

Prefácio ............................... 1 Sumário ............................... 1

_______________