Vous êtes sur la page 1sur 9

UNIVERSIDADE DE PERNAMBUCO

PROGRAMA CIRANDA AUDITIVA

CURSO LIVRE DE LIBRAS CORAL DE LIBRAS

PLANO DE ENSINO DO CURSO LIVRE DE LIBRAS ANO LETIVO 2017

I – DADOS DE IDENTIFICAÇÃO

 CARGA HORÁRIA
 Carga Horária Curso Livre: 100h
 Carga Horária Coral: 60h

 DOCENTES
 Prof. Instrutor: Cosmo Adriano de Santana
 Profª. Instrutora: Juliana de Barros Lima Lins Silva

II – EMENTA

O Curso de Livre de Libras contempla o estudo do fenômeno linguístico, a Língua Brasileira de Sinais, a partir de uma perspectiva bilíngue, humana,
inclusiva e sua vinculação ao espaço educativo. Por meio de um olhar dialógico, o curso propõe uma inclusão no universo multifacetado da
diversidade humana e suas formas de expressão, privilegiando o exame de conceitos, teorias e abordagens com base nas teorias, práticas e legislação
em vigor que estruturam este campo do saber. De um modo amplo ocurso propõe a reflexão crítica sobre a relação entre surdo e ouvinte no âmbito
escolar, buscando referências nas teorias para a prática e convivência harmoniosa com o uso da Língua Brasileira de Sinais, através de dinâmicas
entre os sujeitos envolvidos na aquisição e enriquecimento do vocabulário visual gestual, experienciando uma nova forma de comunicação:
visuogestual, além de proporcionar aos cursistas nos processos de construção de uma consciência crítica cidadã e inclusiva, facilitando o
desenvolvimento de uma sociedade cada vez mais humana, harmoniosa, acessível e inclusiva em nosso cotidiano.
III – OBJETIVOS

O objetivo do curso Livre de Libras é oferecer uma abordagem introdutória sobre conceitos de acessibilidade, inclusão e Libras, com tematizações e
práticas inerentes a pessoa surda e ouvinte sinalizante e seu tratamento pedagógico, com vistas às suas aplicações no ambiente escolar. Objetiva-se
também oportunizar um espaço de reflexão sobre a formação e a evolução na aquisição do vocabulário e fluência, dando especial atenção às práticas
de apropriação dos mesmos, à leitura de imagens, às relações entre imagem e os sinais. Compreendendo as forças da legislação, as políticas que
atuam e oportunizam o desenvolvimento da sociedade na legitimação institucional e os confrontos diante do paradigma da inclusão.

IV – CONTEÚDOS

DISCIPLINA CONTEÚDO PROGRAMÁTICO CURSO LIVRE DE LIBRAS CH

 Os Dez mandamentos das Relações Humanas


I - Acessibilidade,  As seis dimensões da acessibilidade 16h
Inclusão, Legislação e  Lei Brasileira de Inclusão nº 13.146/15.
Estatuto da Pessoa com  Lei de Libras nº 10436/02 regulamentação Decreto 5626
deficiência.  Lei de Acessibilidade nº 10098/00 regulamentação Decreto 5296/02
 Lei municipal nº 5.131 de 05/09/2011 (Lei de Libras Caruaru-PE)
 Consentimento Livre e Esclarecido
 As 10 melhores técnicas de estudo
II - Metodologia do  Estudo parte todo 12h
Estudo.  Auto visualização e auto filmagem

 Introdução à Gramática – Vídeo INES


III – Libras I:  Regionalização e padronização da Libras. Conhecer os sinais da Libras para utilização de 12h
Introdução à gramática forma consciente em diferentes situações de comunicação
de Libras.  Conhecer os sinais regionais e do Brasil;
 Comunicação inicial com construção de frases simples em Libras e conforme as regras
gramaticais.
 Alfabeto Manual,
IV - Libras II.  Características da Datilologia 12h
 Técnica Associativa das Configurações
 Pares Mínimos
 Cores, vestuária
V - Libras III.  Expressões de Cortesia 16h
 Números, dias da semana, meses, noções de tempo,
 Informática

 Tipos e sinais dos verbos


VI – Libras IV.  Pronomes, adjetivos, advérbios; 16h
 Documentos, Relacionamentos e Família.

 Corpo humano e Saúde


VII – Libras V.  Ambientes de casa e Ambiente escolar 16h
 Alimentos, Profissões, Meios de comunicação Meios de transporte.
 Animais domésticos, da floresta, Natureza Lugares.

CARGA HORÁRIA TOTAL 100h

V – METODOLOGIA

 TÉCNICAS
 Aulas expositivo-dialogadas e práticas.
 Tripé de Aprendizagem: demonstração, simulação e ação.
 Exercícios práticos com abordagem de leitura e apreciação de imagens com a DVSA – Técnica da Descrição Visual Sinalizada Aplicada:
macro-micro-macro aplicado.
 Exercícios práticos de experimentação dialógica em Libras
 Seminários para apresentação de temas em Libras.
 Projeção de filmes, documentários e outras mídias audiovisuais.
 RECURSOS
 Quadro Branco;
 Computador notebook;
 Projetor multimídia (Data Show) para projeção de arquivos Power Point;
 Papel A4;
 Impressora em preto e branco;
 Apostila e outros materiais bibliográficos apresentados durante o transcorrer das disciplinas;
 Espelho.

VI – CRONOGRAMA DE ATIVIDADES

CONTEÚDO
DATA

FEVEREIRO E MARÇO - I - Acessibilidade, Inclusão, Legislação e Estatuto da Pessoa com Deficiência.


21/02  Apresentação do Curso; Diretrizes; Papel do Cursista, Papel do Instrutor e Os Dez mandamentos das Relações
Humanas.
07/03  Lei de Acessibilidade nº 10098/00 regulamentação Decreto 5296/02 e As seis dimensões da acessibilidade

14/03  Lei Brasileira de Inclusão nº 13.146/15.


21/03  Lei de Libras nº 10436/02 regulamentação Decreto 5626 Lei municipal nº 5.131 de 05/09/2011 (Lei de Libras
Caruaru-PE)
28/03  Avaliação da Disciplina I: Exercício avaliativo pesquisado
ABRIL - II - Metodologia do Estudo.
04/04  As 10 melhores técnicas de estudo
11/04  Estudo TODO- PARTE-TODO
18/04  Auto visualização e auto filmagem
25/04  Avaliação da Disciplina II: Exercício avaliativo pesquisado
MAIO – III - Libras I: Introdução à gramática de Libras.
02/05  Introdução à Gramática – Vídeo INES
09/05  Regionalização e padronização da Libras. Conhecer os sinais da Libras para utilização de forma consciente em
diferentes situações de comunicação .
16/05  Conhecer os sinais regionais e do Brasil;
23/05  Comunicação inicial com construção de frases simples em Libras e conforme as regras gramaticais

30/05  Avaliação da Disciplina III: Prova escrita e prática

JUNHO - IV - Libras II
 Alfabeto Manual e Características da Datilologia
06/06
13/06  Técnica Associativa das Configurações
20/06  Pares Mínimos
27/06  Avaliação da Disciplina IV: Prova escrita e prática
AGOSTO - V - Libras III.
01/08  Cores, vestuária
08/08  Expressões de Cortesia
15/08  Números, dias da semana, meses, noções de tempo,
22/08  Informática
29/08  Avaliação da Disciplina IV: Prova escrita e prática
SETEMBRO - VI – Libras IV
05/09  Tipos e sinais dos verbos
12/09  Pronomes, adjetivos, advérbios;
19/09  Documentos, Relacionamentos e Família.
26/09  Avaliação da Disciplina VI: Prova escrita e prática
OUTUBRO - VII – Libras V.
03/10  Corpo humano e Saúde
10/10  Ambientes de casa e Ambiente escolar
1710  Alimentos, Profissões, Meios de comunicação Meios de transporte.
24/10  Animais domésticos, da floresta, Natureza Lugares.
31/10  Avaliação da Disciplina VII: Prova escrita e prática

VII– AVALIAÇÃO

 Avaliação Diagnóstica:
Será realizada a partir da participação em todos os momentos, a avaliação diagnóstica busca identificar um quadro geral de possibilidades de
desenvolvimento do cursista no curso livre de Libras.
 Avaliação Formativa:
Será desenvolvida ao logo do semestre a partir da análise do progresso na prática e aquisição de vocabulário e fluência frente aos conteúdos
propostos, visando adequar conteúdos, realocar interesses, articular saberes e possibilitar o mapeamento das condições de assimilação dos objetivos
traçados no plano do curso.
 Avaliação Somativa:
Será levado em consideração o percurso desenvolvido pelo cursista ao longo do curso, sua participação, suas iniciativas, seu envolvimento nos
trabalhos propostos, sua efetiva assimilação dos conteúdos e sua dimensão crítica sobre os temas discutidos e aferidos nos exercícios escritos em sala
e provas escritas e práticas.
 Avaliação comportamental:
Para facilitar o relacionamento entre o instrutor e o cursista, também dirimir dúvidas de como o aluno será avaliado.
1- Relacionamento e comunicação interpessoal, sendo que é de bom termo e de boa educação: Desligar o celular ou deixar no modo vibra-
call, caso necessário. Não assobiar. Não utilizar fone de ouvido. Conversas paralelas, quando o professor está explicando um assunto ou
colocando matéria na lousa ou em data show. Pedir licença para entrar ou sair da sala de aula. Mexer com alguém que está fora da sala de
aula. Fazer lição ou outro assunto não pertinente à aula em andamento. Palavras de baixo calão (Palavrões). Bocejos em alto som e sem
colocar a mão na boca. Utilizar camisa da escola, para segurança de todos.
2- Participação nos trabalhos e atividades.
3- Pontualidade nos horários de entrada e saída e nas entregas das atividades/trabalhos.
4- Organização.
5- Liderança.
6- Frequência 75% no mínimo.
7- Interesse.
8- Atitudes e respeito com os colegas
9- Habilidade motora
10- Zelo com os matérias e equipamentos da escola/aluno.
11- Perguntas.
12- Ser filmado e fotografado sem esconder o rosto.
 Avaliação do Coral de Libras
Será levado em consideração os 11 critérios da avaliação comportamental mais os seguintes pontos:
 Harmonia e sintonia;
 Uso correto dos cinco parâmetros.
 Alteridade .

 MÉDIAS E FÓRMULAS

 MÉDIA MENSAL

P=participação
C=comportamento
AD= avaliação da disciplina
MM= MÉDIA MENSAL

 FÓMULA:

P+C+AD=MM/3 - EX.: 10+10+10:3=10,0.


Portanto Média Mensal 10,0.

 MÉDIA FINAL

MM=Média Mensal
MF= Média Final
NPC
Somam-se todas as MMs e divide por 8.
 FÓRMULA:

MM I + MM II + MM III + MM IV + MM V + MM VI + MM VII +NPC /8=MF


EX.: 10,0 +10,0 +10,0 +10,0 +10,0 +10,0 +10,0 + 10,0: 8 = 10,0
Portanto a Média Final é 10,0

 OBSERVAÇÕES:

 Para fins de aprovação e certificação:

Média mensal mínima igual 7,0


Média final mínima igual a 7,0

 Avaliação Paralela:

Não haverá avaliação paralela com o mesmo instrumento avaliativo. O mesmo deverá ser feito um exercício por auto filmagem sento de
conteúdos práticos ou uma redação caso seja um conteúdo teórico.

 INSTRUMENTO DE AVALIAÇÃO
 Observação
 Exercício Escrito com Consulta
 Prova Escrita LP/Libras
 Prova Prática Libras/LP
VIII - CERTIFICAÇÃO
Mediante a aprovação com média final igual ou superior a 7,0, o cursista receberá um certificado com CH igual a 160h pela participação do Curso
Livre de Libras e do Coral de Libras . Emitido pela Secretaria de Educação, Esportes, Juventude, Ciências e Tecnologia, Programa Ciranda Auditiva
e site Visão Inclusiva, válido em todo território nacional. O mesmo obterá a assinatura do secretário e da secretária executiva de educação e os
Instrutores responsáveis pela formação.
IX – REFERÊNCIAS