Vous êtes sur la page 1sur 5

Protocolo Clínico para Restauração com Cimento de Ionômero de Vidro

1- Profilaxia com pasta profilática


2- Isolamento relativo do campo operatório
3- Remoção da dentina cariada inicialmente com colher de dentina. Caso necessário será utilizada broca
esférica Carbide em baixa rotação
4- Irrigação da cavidade com jato de agua ou bolinha de algodão úmida, seguida de secagem da
cavidade com auxílio de bolinha de algodão
5- Condicionamento da Cavidade com Ácido Poliacrilico com auxílio do microbrush
6- Lavagem da cavidade com jato de ar ou bolinhas de algodão (três bolinhas). A quarta bolinha
permanece úmida dentro da cavidade.
7- Manipulação do Cimento de Ionômero de Vidro (proporção 1:1 de pó e liquido)
8- Inserção do CIV na cavidade com espátula de inserção número 1.
9- Aguardar até o CIV adquirir consistência borrachoide
10- Proteger com Vaselina ou Verniz
11- Retirar excessos
12- Checar oclusão e realizar ajustes, se necessário.

Proteção do complexo dentinho-pulpar


 Cavidade Rasa e média  sistema adesivo
 Cavidade profunda  CIV para forramento e sistema adesivo
 Cavidade muito profunda sem exposição  cimento de hidróxido de cálcio, CIV para forramento e sistema
adesivo
 Cavidade muito profunda com exposição pulpar  lavagem com água dical, pasta de hidróxido cálcio, cimento
de hidróxido de cálcio + CIV para forramento e sistema adesivo

Materiais utilizados
Algodão, bolinhas de algodão, Pinça Miller, Cabo de bisturi e lâmina 12, Carpule, Anestésico, Sonda
exploradora, Espelho, Pinça Clinica, Fio dental, brocas carbides, Brocas esféricas, Tiras de Poliéster,
Microbrush, Tiras de lixa, papel carbono, Espátula de inserção nº 1, Placa de vidro, Espátula 24,
Hollemback, Vaselina
Restauração Classe I em Resina Composta
1- Profilaxia com pasta profilática
2- Seleção de cor
3- Checar Oclusão
4- Isolamento absoluto do campo operatório
5- Remoção da Dentina Cariada com broca Carbide em baixa Rotação
6- Lavagem com jato de água
7- Proteção do dente vizinho para realização do Condicionamento com Ácido Fosfórico a 37%
8- Condicionamento do preparo cavitário com Ácido Fosfórico 37% por 30s em esmalte e 15s em
dentina. Estender 1 - 2mm além da cavidade.
9- Lavagem abundante com jato de água pelo mesmo tempo de condicionamento ou o dobro do mesmo.
10- Secagem do esmalte com jato abundante de ar. A dentina será secada com auxílio de bolinhas de
papel absorvente.
11- Aplicação da Clorexidina 2% + remoção de excessos
12- Primer + Sistema Adesivo (primeira camada, seguida de suave jato de ar para que o adesivo seja
disperso em toda cavidade e para que ocorra a evaporação dos solventes contidos no adesivo +
segunda camada, seguindo o mesmo protocolo)
13- Remoção dos excessos do adesivo com auxílio do microbrush
14- Fotopolimerização por 15s
15- Inserção da Resina Composta de Dentina (Técnica Incremental) + Fotopolimerização de 15s
16- Inserção da Resina Composta de esmalte (Técnica Incremental) + Fotopolimerização de 15s
17- Polimerização Final 15s
18- Acabamento com auxílio de discos de lixa e brocas, se necessário
19- Checar oclusão e ajuste oclusal, se necessário.
Proteção do complexo dentinho-pulpar
 Cavidade Rasa e média  sistema adesivo
 Cavidade profunda  CIV para forramento e sistema adesivo
 Cavidade muito profunda sem exposição  cimento de hidróxido de cálcio, CIV para forramento e sistema
adesivo
 Cavidade muito profunda com exposição pulpar  lavagem com água dical, pasta de hidróxido cálcio, cimento
de hidróxido de cálcio + CIV para forramento e sistema adesivo
Acabamento e polimento
 Acabamento: brocas F e FF para acabamento inicial se necessário
 Taças de silicone abrasivas para polimento (ordem decrescente de granulação  amarela, branca
 Sempre lavar com jato de água na troca das borrachas
 Disco de lixa e feltro (maior granulação para de menor granulação)
Materiais utilizados
Lençol de borracha, Pinça Palmer, Perfurador de lençol de borracha, Espátula suprafil,
Pinça Miller, Cabo de bisturi e lâmina 12, Carpule, Anestésico, Pincel, Sonda exploradora,
Espelho, Pinça Clinica, Recortador de margem, Grampos, Tesoura, Marcador permanente, Fio
dental, Brocas carbides, Brocas esféricas, Tiras de Poliéster, Microbrush, Bolinha de papel
absorvente, Discos de lixa, Tiras de lixa, borrachas abrasivas, brocas FF e F, papel carbono, Placa
de vidro, Espátula 24, casulo para Resina
Restauração Classe II em Resina composta
1- Profilaxia com pasta profilática
2- Seleção de cor
3- Checar Oclusão
4- Isolamento absoluto do campo operatório
5- Remoção da Dentina Cariada com broca Carbide em baixa Rotação. Lembrando de proteger o
dente vizinho com matriz metálica e cunha de madeira.
6- Lavagem com jato de água.
7- Proteção do dente vizinho para realização do Condicionamento com Ácido Fosfórico a 37%
8- Condicionamento do preparo cavitário com Ácido Fosfórico 37% por 30s em esmalte e 15s em
dentina. Estender 1 - 2mm além da cavidade.
9- Lavagem abundante com jato de água pelo mesmo tempo de condicionamento ou o dobro do
mesmo.
10- Secagem do esmalte com jato abundante de ar. A dentina será secada com auxílio de bolinhas de
papel absorvente.
11- Aplicação da Clorexidina 2% + remoção de excessos
12- Primer + Sistema Adesivo (primeira camada, seguida de suave jato de ar para que o adesivo seja
disperso em toda cavidade e para que ocorra a evaporação dos solventes contidos no adesivo +
segunda camada, seguindo o mesmo protocolo)
13- Remoção dos excessos do adesivo com auxílio do microbrush
14- Fotopolimerização 15s
Nessa classe será utilizada cunha de madeira e matriz metálica para confecção da parede proximal,
conferindo sua inclinação. A mesma será adaptada
15- Inserção da Resina Composta de Esmalte – Será construída primeiramente a parede proximal,
tornando a Classe II em Classe I
16- Remoção do Sistema Matriz/Anel/Cunha
17- Inserção da Resina Composta de Dentina (Técnica Incremental) + Fotopolimerização de 15s
18- Inserção da Resina Composta de Esmalte (Técnica Incremental) + Fotopolimerização de 15s
19- Polimerização Final 15s
20- Acabamento com auxílio de discos de lixa e brocas, se necessário
21- Checar oclusão e ajuste oclusal, se necessário.
Proteção do complexo dentinho-pulpar
 Cavidade Rasa e média  sistema adesivo
 Cavidade profunda  CIV para forramento e sistema adesivo
 Cavidade muito profunda sem exposição  cimento de hidróxido de cálcio, CIV para forramento e sistema
adesivo
 Cavidade muito profunda com exposição pulpar  lavagem com água dical, pasta de hidróxido cálcio, cimento
de hidróxido de cálcio + CIV para forramento e sistema adesivo
Materiais utilizados
Lençol de borracha, Pinça Palmer, Perfurador de lençol de borracha, Espátula suprafil, Pinça Miller,
Cabo de bisturi e lâmina 12, Carpule, Anestésico, Pincel, Sonda exploradora, Espelho, Pinça Clinica,
Recortador de margem, Grampos, Tesoura, Marcador permanente, Fio dental, Brocas carbides, Brocas
esféricas, Tiras de Poliéster, Microbrush, Bolinha de papel absorvente, Discos de lixa, Tiras de lixa, borrachas
abrasivas, brocas FF e F, papel carbono, Cunha de madeira, matriz metálica, Fita veda rosca, Placa de
vidro, Espátula 24, casulo para Resina
Restauração Classe III em Resina composta
1- Profilaxia com pasta profilática
2- Seleção de cor
3- Checar Oclusão
4- Isolamento absoluto do campo operatório
5- Remoção da Dentina Cariada com broca Carbide em baixa Rotação. Lembrando de proteger o dente vizinho
com matriz metálica e cunha de madeira.
6- Lavagem com jato de água
7- Proteção do dente vizinho para realização do Condicionamento com Ácido Fosfórico a 37%
8- Condicionamento do preparo cavitário com Ácido Fosfórico 37% por 30s em esmalte e 15s em dentina.
Estender 1 - 2mm além da cavidade.
9- Lavagem abundante com jato de água pelo mesmo tempo de condicionamento ou o dobro do mesmo.
10- Secagem do esmalte com jato abundante de ar. A dentina será secada com auxílio de bolinhas de papel
absorvente.
11- Aplicação da Clorexidina 2% + remoção de excessos
12- Primer + Sistema Adesivo (primeira camada, seguida de suave jato de ar para que o adesivo seja disperso em
toda cavidade e para que ocorra a evaporação dos solventes contidos no adesivo + segunda camada, seguindo o
mesmo protocolo)
13- Remoção dos excessos do adesivo com auxílio do microbrush
14- Fotopolimerização 15s
15- Inserção da Resina Composta de Dentina + Fotopolimerização 15s (Técnica Incremental)
16- Inserção da Resina Composta de esmalte + Fotopolimerização 15s (Técnica Incremental)
17- Polimerização Final 15s
18- Acabamento com auxílio de discos de lixa e brocas, se necessário
19- Checar oclusão e ajuste oclusal, se necessário.
Acabamento e polimento
 Acabamento: brocas F e FF para acabamento inicial se necessário
 Tiras de lixa para acabamento
 Taças de silicone abrasivas para polimento (ordem decrescente de granulação  amarela, branca
 Sempre lavar com jato de água na troca das borrachas
 Disco de lixa e feltro (maior granulação para de menor granulação)
Proteção do complexo dentinho-pulpar
 Cavidade Rasa e média  sistema adesivo
 Cavidade profunda  CIV para forramento e sistema adesivo
 Cavidade muito profunda sem exposição  cimento de hidróxido de cálcio, CIV para forramento e sistema
adesivo
 Cavidade muito profunda com exposição pulpar  lavagem com água dical, pasta de hidróxido cálcio, cimento
de hidróxido de cálcio + CIV para forramento e sistema adesivo
Materiais utilizados
Lençol de borracha, Pinça Palmer, Perfurador de lençol de borracha, Espátula suprafil, Pinça Miller,
Cabo de bisturi e lâmina 12, Carpule, Anestésico, Pincel, Sonda exploradora, Espelho, Pinça Clinica,
Recortador de margem, Grampos, Tesoura, Marcador permanente, Fio dental, Brocas carbides, Brocas
esféricas, Tiras de Poliéster, Microbrush, Bolinha de papel absorvente, Discos de lixa, Tiras de lixa, borrachas
abrasivas, brocas FF e F, papel carbono, Cunha de madeira, Matriz metálica, Fita veda rosca, Placa de
vidro, Espátula 24, casulo para Resina
Restauração Classe V em Resina composta
1- Profilaxia com pasta profilática
2- Seleção de cor
3- Checar Oclusão
4- Isolamento absoluto do campo operatório
5- Remoção da Dentina Cariada com broca Carbide em baixa Rotação. Lembrando de proteger o dente vizinho
com matriz metálica e cunha de madeira se necessário
6- Confecção do Bisel com broca ponta de lápis (apenas por vestibular).
7- Lavagem com jato de água
8- Proteção do dente vizinho para realização do Condicionamento com Ácido Fosfórico a 37%
9- Condicionamento do preparo cavitário com Ácido Fosfórico 37% por 30s em esmalte e 15s em dentina.
Estender 1 - 2mm além da cavidade.
10- Lavagem abundante com jato de água pelo mesmo tempo de condicionamento ou o dobro do mesmo.
11- Secagem do esmalte com jato abundante de ar. A dentina será secada com auxílio de bolinhas de papel
absorvente.
12- Aplicação da Clorexidina 2% + remoção de excessos
13- Primer + Sistema Adesivo (primeira camada, seguida de suave jato de ar para que o adesivo seja disperso em
toda cavidade e para que ocorra a evaporação dos solventes contidos no adesivo + segunda camada, seguindo o
mesmo protocolo)
14- Remoção dos excessos do adesivo com auxílio do microbrush
15- Fotopolimerização 15s
16- Confecção da parede palatina com auxilio da tira de poliéster com Resina de esmalte + Fotopoliperização
17- Inserção da Resina Composta de Dentina + Fotopolimerização 15s (Técnica Incremental)
18- Inserção da Resina Composta de esmalte + Fotopolimerização 15s (Técnica Incremental)
19- Polimerização Final 15s
20- Acabamento com auxílio de discos de lixa e brocas, se necessário
21- Checar oclusão e ajuste oclusal, se necessário.
22- Acabamento: brocas F e FF para acabamento inicial se necessário
23- Tiras de lixa para acabamento
24- Taças de silicone abrasivas para polimento (ordem decrescente de granulação  amarela, branca
25- Sempre lavar com jato de água na troca das borrachas
26- Disco de lixa e feltro (maior granulação para de menor granulação)

 Cavidade Rasa e média  sistema adesivo


 Cavidade profunda  CIV para forramento e sistema adesivo
 Cavidade muito profunda sem exposição  cimento de hidróxido de cálcio, CIV para
forramento e sistema adesivo
 Cavidade muito profunda com exposição pulpar  lavagem com água dical, pasta de hidróxido cálcio, cimento
de hidróxido de cálcio + CIV para forramento e sistema adesivo
Materiais utilizados
Lençol de borracha, Pinça Palmer, Perfurador de lençol de borracha, Espátula suprafil, Pinça Miller,
Cabo de bisturi e lâmina 12, Carpule, Anestésico, Pincel, Sonda exploradora, Espelho, Pinça Clinica,
Recortador de margem, Grampos, Tesoura, Marcador permanente, Fio dental, Brocas carbides, Brocas
esféricas, Tiras de Poliéster, Microbrush, Bolinha de papel absorvente, Discos de lixa, Tiras de lixa, borrachas
abrasivas, brocas FF e F, papel carbono, Cunha de madeira, Matriz metálica, Fita veda rosca, Placa de
vidro, Espátula 24, casulo para Resina

Centres d'intérêt liés