Vous êtes sur la page 1sur 4

OSG 5525/07

Exercício de Revisão
História
8ª Série do Ens. Fundamental – 3ª Etapa

1. Até a segunda metade do século XIX, a península Itálica e o território da atual Alemanha estiveram divididos
entre vários Estados independentes. Nessas regiões, então, iniciou-se um processo de centralização política.
Sobre o processo de unificação nesses países, ASSINALE SOMENTE A ALTERNATIVA CORRETA NO ITEM
QUE SEGUE ABAIXO: (1,0 ponto)
• O Zollverein foi importante no processo de unificação da Alemanha porque:
a) criou um sistema de taxas alfandegárias internas, enriquecendo a burguesia.
b) permitiu o início de um desenvolvimento econômico, com o nascimento de um complexo industrial.
c) atraiu a aristocracia prussiana, que passou a integrar a Confederação Germânica.
d) possibilitou a união dos estados do Sul na luta contra a França.
e) gerou condições para que surgissem áreas de influência necessárias à expansão imperialista.

2. A expansão norte-americana deu-se, basicamente, pela expropriação das terras indígenas, pela compra de
territórios de outros países, pela anexação de territórios através da diplomacia e pela guerra. Em meados do
século XIX, os EUA iniciaram uma guerra civil que marcaria profundamente sua história, a Guerra de
Secessão. Sobre tal fato histórico, assinale (V) para as alternativas verdadeiras e (F) para as falsas: (1,0 ponto)
a) ( ) A guerra teve como uma de suas conseqüências a deterioração geral da situação dos negros,
que passaram a ser fortemente discriminados tanto no norte como no sul.
b) ( ) Mesmo com o fim da escravidão, os brancos mais radicais criaram uma organização terrorista, a
Ku - Klux - Klan, que tinha como finalidade "eliminar os negros dos EUA".
c) ( ) A guerra gerou profundos ressentimentos entre os americanos e o grande prejuízo financeiro,
além de milhares de mortos.
d) ( ) Para reverter os rumos da guerra, Lincoln aboliu a escravidão, mas a atitude não impediu que os
nortistas fossem derrotados no conflito.
e) ( ) Os estados do Norte eram contra o protecionismo alfandegário porque queriam facilidades para
vender seus produtos no exterior e importar os manufaturados de que necessitavam.

3. Em 1892, a Associação Internacional dos Trabalhadores decidiu que o dia 1º de maio seria comemorado
mundialmente todos os anos como o Dia Internacional do Trabalhador, ou seja, um dia de luta dos
trabalhadores por seus direitos. Sobre as doutrinas sociais que concerne no fato mencionado, ASSINALE
SOMENTE A ALTERNATIVA CORRETA NO ITEM QUE SEGUE ABAIXO: (1,0 ponto)
• "A evolução da sociedade européia no século XIX propicia o surgimento de doutrinas socialistas que, ao
conceberem um novo tipo de economia e sociedade, entraram em choque com o individualismo, liberalismo e
capitalismo. Engels e Marx, entre outros, são os principais proponentes do assim chamado socialismo científico".
Faz parte do ideário socialista científico, a
a) indústria e o comércio, assim como a competição comercial, serem livres.
b) proeminência da agricultura sobre o comércio e a indústria.
c) eliminação da propriedade privada dos meios de produção.
d) prioridade para um sistema de governo parlamentarista.

4. No que concerne à ideologia imperialista praticada em meados do século XIX, assinale a coluna II de acordo
com a I: (1,0 ponto)
Coluna I
( 1 ) Etnocentrismo
( 2 ) Darwinismo social
( 3 ) Bolsa de valores
( 4 ) Cartéis
( 5 ) Monopólio
Coluna II
( ) Exploração exclusiva de negócio ou empresa, em virtude de privilégio, isto é, em vez da livre
concorrência entre pequenas empresas, o mercado passaria a ser dominado por grandes empresas.
( ) Acordo entre as grandes empresas para dividir o mercado, determinando os preços, a qualidade do
produto e até descartando um concorrente menor.
( ) É uma instituição tipicamente capitalista. É uma espécie de grande mercado onde se compram e
vendem as ações das empresas.
( ) Essa ideologia prega que, os mais capazes (mais esforçados e mais talentosos) se destacam, ficam
ricos e poderosos, e os menos capazes ocupam posições sociais inferiores. Desse modo, a sociedade
evoluiria, porque os mais fortes eliminariam os mais fracos.
( ) Baseia-se na falsa idéia de que existem povos culturalmente superiores e povos culturalmente inferiores.

5. Depois da independência, a América Latina manteve muitas características da colonização: o predomínio dos
latifundiários, a economia voltada para a exportação e os interesses econômicos de povos dominantes. Sobre os
fatos decorrentes na América do século XIX, assinale (V) para os itens verdadeiros e (F) para os falsos: (1,0 ponto)
a) ( ) Na América Latina, o sistema eleitoral era censitário. Os pobres estavam proibidos de votar. Para
piorar, em muitos países nem mesmo havia eleições.
b) ( ) O melhor exemplo do domínio imperialista dos EUA sobre Cuba foi a Emenda Platt.
c) ( ) Quando os EUA invadiam outros países, derrubavam governos, matavam pessoas e exigiam
vantagens econômicas, muitos norte-americanos acreditavam que isso era o Destino Manifesto,
isto é, impor seus valores ao mundo inteiro.
d) ( ) A famosa política do Big Stick era o lema dos estados do Norte durante a Guerra de Secessão,
durante a qual os escravos foram libertados, como forma de enfraquecer as forças do Sul.
e) ( ) Ao estabelecer seu imperialismo sobre os países da América Latina, os EUA buscavam preservar
a identidade cultural dos dominados, sem explorá-los economicamente e ajudando-os com
empréstimos.

6. Leia com atenção o texto abaixo:


A sociedade global
As pessoas se alimentam, se vestem, moram, se comunicam, se divertem, por meio de bens de serviços
mundiais, utilizando mercadorias produzidas pelo capitalismo mundial, globalizado.
Suponhamos que você vá com seus amigos comer Big Mac e tomar Coca-Cola no McDonald's. Em seguida,
assiste a um filme de Steven Spielberg e volta para casa num ônibus da marca Mercedes.
Ao chegar em casa, liga seu aparelho de TV Phillips para ver o videoclipe de Michael Jackson e, em seguida,
deve ouvir um CD do grupo Simply Red, gravado pela BMG Ariola Discos em seu equipamento Aiwa.
Veja quantas empresas transnacionais estiveram presentes nesse seu curto programa de algumas horas.
Adap. PRAXEDES et alii. O Mercosul. São Paulo: Ática, 1997.

• Relacione o texto acima às conseqüências do neocolonialismo praticado pelas potências européias durante
o século XIX nos continentes africano e asiático. (1,0 ponto)

OSG 5525/07
2
7. Leia com atenção os quadrinhos abaixo:

Fonte: Toda Mafalda

• Relacione os quadrinhos acima às idéias defendidas pelos pensadores socialistas quanto ao movimento
social dos trabalhadores em meados do século XIX. (1,0 ponto)

8. Os Estados Unidos propunham, na Ásia, a política de "portas abertas", isto é, todas as potências deveriam
ter os mesmos direitos de exploração comercial e financeira. Na América Latina, porém, seguiram a política
"a América para os americanos". O que isso significava? (1,0 ponto)

9. Atualmente, a China desponta como uma das grandes potências do século XXI. Todavia, até meados do
século XIX, era um país em grande parte isolado do restante do mundo e que, apesar de apresentar uma
economia enfraquecida, resistia à voracidade dos interesses ocidentais. Nesse contexto histórico, podemos
inserir a Guerra do Ópio. Quais foram os objetivos dessa guerra? Quais as conseqüências para os países
envolvidos? (1,0 ponto)

OSG 5525/07
3
10. ÁFRICA DO SUL

FALTA ÁGUA PARA 10 MILHÕES; BRANCOS TÊM 750 MIL PISCINAS

• Ao refletir sobre o fato mencionado, explique o que significa APARTHEID. (1,0 ponto)

Obs.: Ver questão-desafio na página seguinte


QUESTÃO-DESAFIO

A questão só terá validade se respondida corretamente (todos os itens) e sem rasuras:

Fale macio e use um porrete, dizia o presidente norte-americano Theodore Roosevelt para justificar a
política externa dos Estados Unidos. A respeito da política conhecida como Big Stick, assinale (V) para as
alternativas verdadeiras e (F) para as falsas:
a) ( ) Significou uma medida pragmática dos norte-americanos logo após a independência, buscando
superar o isolamento diplomático, ao mesmo tempo que combatia o exército britânico.
b) ( ) Diz respeito à política norte-americana com relação à América Latina durante a Guerra Fria, quando
deu apoio político e militar a diversas ditaduras militares, visando impedir o estabelecimento de
regimes comunistas semelhantes ao de Cuba.
c) ( ) Foi uma continuidade do expansionismo interno, marcado pela Marcha para o Oeste e pela Guerra
de Secessão, que implicou nas seguidas intervenções militares norte-americanas que transformaram
o Caribe em sua área de influência.
d) ( ) Foi a orientação dada pelo serviço secreto norte-americano a seus agentes infiltrados na União
Soviética e nos países da chamada Cortina de Ferro no Leste Europeu.

Nunes/Rev.: Mar

OSG 5525/07
4