Vous êtes sur la page 1sur 9

UNIFG

ENGENHARIA CIVIL

LUIS HENRIQUE DE CARVALHO SOARES


MAGDA REIJANE DA VEIGA MONTALVÃO
MARCOVANE PEREIRA MONTALVÂO

RELATORIO DA AULA PRÁTICA – ENSAIO DE COMPACTAÇÂO DE PROCTOR


DETERMINAÇÂO DA UMIDADE OTIMA E ENERGIA DE COMPACTAÇÂO

Guanambi – BA
2018
LUIS HENRIQUE DE CARVALHO SOARES
MAGDA REIJANE DA VEIGA MONTALVÃO
MARCOVANE PEREIRA MONTALVÂO

RELATORIO DA AULA PRÁTICA - ENSAIO DE COMPACTAÇÂO DE PROCTOR


DETERMINAÇÂO DA UMIDADE OTIMA E ENERGIA DE COMPACTAÇÂO

Relatório apresentado ao curso de


Engenharia Civil da Unifg, como um dos
pré-requisitos para avaliação da disciplina
Mecânica dos Solos I.

Professora: Naiara de Lima Silva.

Guanambi – BA
2018
1 INTRODUCAO

O presente trabalho tem como função ressaltar acerca do o ensaio de


compactação de proctor modificado. Onde o solo é homogeneizado com agua
destilada e compactado em camadas com repetidos golpes de soquetes dentro de um
cilindro de volume de determinado.
É importante destacar a importância deste para o meio educacional bem como
para a construção civil, pois a execução correta de um ensaio eleva a qualidade geral
do produto, testemunhando a observância de parâmetros que induzem a melhoria de
propriedades destes, resultando na qualidade total dos recursos que forem
trabalhados em laboratórios.
Tendo em mente que em obras civis onde se encontram estruturas de solos
soltos como taludes rodoviários, barragens de terra e terraplanagem é de extrema
importância serem compactados para que aumente o peso especifico do solo e sua
resistência. Com isto comprova-se a relevância do ensaio de compactação de proctor
e determinação da umidade ótima, para estes fins.
Destaca-se também que os custos dos ensaios são considerados um tipo de
investimento feito pela empresa, reduzindo muitas vezes os riscos de patologias além
de garantir a segurança de obras.
METODOLOGIA

Realizou-se no dia 07/05/2018 no campus de engenharia civil da UNIFG ensaio


de compactação de solo de uma amostrada de 6Kg coletadas nos perímetros do
campus para ensaio de compactação. A equipe ficou responsável sobre a amostra 2
com o intuito de determinar a umidade ótima do solo para que se tenha maior
eficiência no procedimento de compactação na obra. Assim auxiliando os educandos
na teoria e principalmente na correlação entre pratica e teórica.

Materiais Utilizados

Para execução do ensaio foi utilizado os seguintes materiais:


 Colher de Pedreiro.
 Amostra de solos passada na peneira #4.
 Peneira #4.
 Soquete 4,5Kg.
 Agua destilada.
 Graduador de agua.
 Régua biselada.
 Balança.
 Cilindro de proctor.
 Base.
 Gabarito.

Figura 1:Cilindro de Proctor.


Figura 2: Graduador de água.

Figura 3: Soquete.

Procedimentos utilizados

Em princípio ao realizar o ensaio de compactação passou a amostra de 6Kg


solo através da peneira #4 para retirada de pedregulhos. Com isso foi adicionado
240ml de agua destilada a amostra e com auxílio da colher de pedreiro se fez a
homogeneização da mesma.
Figura 4: Adição de água e homogeneização da amostra.

Após a amostra ser homogeneizada é colocada em camadas no cilindro de


proctor. Foi realizado 5 camadas e com o soquete aplicou-se uma energia cinética
através do levantamento e liberação do peso dentro do soquete compactando as
camadas, foram feitos 18 golpes na primeira camada, 16 golpes na segunda e 14 na
terceira e 12 na quarta e quinta camada, fazendo movimentos circulares na amostra
para a sua compactação em toda área do cilindro.

Após a compactação das 5 camadas é retirado o colarinho do cilindro e com a


régua biselada é retirada o excesso da amostra que passa sobre o cilindro, com isso
é pesado a amostra úmida mais cilindro.

RESULTADOS

Massa Massa Massa Massa


Vol. de Massa Vol. do Massa
(Solo Solo especifica especifica
Amostra água Cilindro Cilindro de água w (%)
úmido + Umido umida seca
(ml) (kg) (cm3) (Kg)
Cilindro) (Kg) (Kg/cm³) (Kg/cm³)
1 120 9.222 5.114 2333 4.108 0,12 1,761 2 1,726
2 240 9.859 5.141 2322 4.718 0,24 2,03 4 1,954
3 360 10.139 5.114 2333 5.025 0,36 2,15 6 2,032
4 480 10.232 5.141 2322 5.091 0,48 2,19 8 2,030
5 600 9.957 5.141 2322 4.816 0,6 2,07 10 1,886
Curva de Compactação
2.3

2.2

2.1

1.9

1.8

1.7
0 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11

Podemos obter a umidade ótima através da curva de compactação onde


temos W(otm) = 7,7% e o especifico seco máxima é

2,19 𝐾𝑔
𝜌𝑑 = = 2,04
1 + 0,077 𝑐𝑚³

𝑃×𝐻×𝑛×𝑁
𝐸𝑐 =
𝑉

Energia de compactação para 18 golpes.

4,5 × 45,7 × 5 × 18 𝐾𝐽
𝐸𝑐 = = 940,57 ⁄
2322 𝑚³

CONCLUSÂO

A partir da curva de compactação obtemos o valores da umidade ótima que é


7,8% e massa especifica seca máxima que é 2,04 Kg/m³ também com a curva e
valores típicos de umidades podemos deduzir que o solo é arenoso bem graduado.
Podemos perceber a importância do ensaio de compactação de Proctor pois é fácil
de realizar e rápido além de obter resultados importantes para obras que envolvem
compactação .
REFERÊNCIAS

DAS, BRAJA M. Fundamentos de Engenharia Geotécnica. São Paulo, 2007.

PINTO, CARLOS DE SOUZA. Curso Básico de mecânica dos solos 3ª edição.


São Paulo, Oficina de texto, 2006.

CAPUTO, HOMERO PINTO. Mecânica dos solos e suas aplicações


fundamentos 6ª edição. Rio de Janeiro, LTC, 1988.