Vous êtes sur la page 1sur 9

PROCEDIMENTO OPERACIONAL

POP LAB UGQ - 016


PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

1. Introdução
Os diversos equipamentos do SPCML e os reagentes e insumos utilizados apresentam
uma faixa de temperatura apropriada para utilização. Variações além dessa faixa
comprometem a qualidade do serviço prestado. Além disso, as amostras biológicas devem
ser conservadas em temperatura ambiente, refrigeradas ou congeladas, dependendo do
exame a ser realizado. Garantir a manutenção das temperaturas apropriadas para cada
teste é fundamental para a qualidade dos mesmos.
A umidade também é registrada nos almoxarifados internos (área técnica e coleta).

2. Objetivo
 Esse procedimento operacional padrão foi elaborado pelo setor da qualidade e tem
como produto final o controle da temperatura ambiente e de equipamentos.

3. Campos de aplicação
 Todos os setores do SPCML.

4. Referências normativas
 Resolução nº 302, de 13 de outubro de 2005: Dispõe sobre Regulamento Técnico para
funcionamento de Laboratórios Clínicos.

5. Responsabilidade / competência
 A responsabilidade de implementar e acompanhar o registro das temperaturas e
umidade é dos Coordenadores de Seção.
6. Definições
 Termômetro: instrumento de medição de temperatura.
 Termohigrômetro: instrumento de medição de temperatura e umidade ambiente.

ASSINATURA E CARIMBO 1
PROCEDIMENTO OPERACIONAL
POP LAB UGQ - 016
PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

 Termômetro de máxima e mínima: termômetro que registra as variações das


temperaturas ocorridas em um ambiente e em um período de tempo pré-estabelecido.
Ele fornece três informações: a temperatura mínima, a temperatura máxima e a
temperatura do momento.

7. Conteúdo do padrão
7.1 Recursos necessários
 Termômetro de máxima e mínima (Digital)
 Termo higrômetro
 Medidores de temperatura dos equipamentos
 Planilha para Registro do Controle da Temperatura e umidade
 Caneta

7.2 Principais passos


 Como utilizar o termômetro de máxima e mínima:

1. Digital
i. Temperatura do momento: verificar no visor superior (para medições externas) e
no visor inferior (para medições internas);
ii. Temperatura máxima: quando pressionado o botão máx/min, o visor mostrará a
temperatura máxima;
iii. Temperatura mínima: quando pressionado novamente o botão máx/min, o visor
mostrará a temperatura mínima;
iv. Registrar as faixas de umidade conforme é feito para temperaturas;
v. Após a leitura e registro da temperatura, “zerar” o termômetro.

ASSINATURA E CARIMBO 2
PROCEDIMENTO OPERACIONAL
POP LAB UGQ - 016
PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

A temperatura do ambiente e dos equipamentos deve ser averiguada e registrada em planilha


própria (anexo 1), como se segue:

Ambiente: medir e registrar as temperaturas máxima, mínima e do momento nas áreas do


SPCML onde a manutenção contínua da temperatura for necessária. Faixa de uso: 18 a 22ºC.

Almoxarifado da coleta e da área técnica: medir e registrar as temperaturas máxima, mínima e


do momento. Faixa de uso: 18 a 22ºC. Além disso, utilizando o termo-higrômetro, medir a
umidade do ar e registrar. Faixa de uso: entre 20 e 90%.

Estufas: fazer a leitura da temperatura no momento. Faixa de uso: variável conforme a


necessidade (ver em cada equipamento).

Refrigeradores e congeladores/freezers: Usar de forma que a haste não toque qualquer


superfície metálica ou em gelo. O ar deve circular livremente em torno da haste do termômetro.
Fazer a leitura das temperaturas mínima, máxima e do momento. Faixas de uso: 2 a 8ºC e -15 a
– 25ºC, respectivamente.

ASSINATURA E CARIMBO 3
PROCEDIMENTO OPERACIONAL
POP LAB UGQ - 016
PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

Banho Maria: Fazer a leitura da temperatura antes do uso, registrar em planilha própria.

Faixa de uso: variável conforme a necessidade (ver em cada equipamento).

7.3 Cuidados especiais


 Em caso de temperatura ou umidade fora da faixa recomendada para uso, o profissional
que verificar a inadequação deverá comunicar à sua Coordenadora ou ou substituto,
para que uma ação corretiva deverá ser tomada.
 Calibração: todos os termômetros e termo higrômetros em uso devem ter etiqueta com
registro da última data de calibração. Esses equipamentos devem ser calibrados
anualmente.
 A limpeza dos freezers e geladeiras deve ser realizada mensalmente e quando houver
derramamento de material.

8. Siglas
 Não se aplica.

9. Indicadores
 Não se aplica.

10. Gerenciamento de riscos

ASSINATURA E CARIMBO 4
PROCEDIMENTO OPERACIONAL
POP LAB UGQ - 016
PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

Falhas
Categoria de potenciais Ações de Ações frente ao
Evento
risco geradoras de prevenção evento
riscos
Assistencial Desatenção Não registrar ou Treinamento Registrar ou
registrar refazer o registro
incorretamente a
temperatura e
umidade

11. Referências
 www.incoterm.com.br
 Instrução de uso de termômetro de máxima e mínima.
 Assistência Farmacêutica na Atenção Básica –Instruções Técnicas para sua
organização. MS – SCTIE – DAFIE- Brasília – 2006.

12. Anexos
 Anexo 01: Planilhas de controle de temperaturas e umidade: 01, 02, 03 e 04

ASSINATURA E CARIMBO 5
PROCEDIMENTO OPERACIONAL
POP LAB UGQ - 016
PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

HGIP - DELAB/UGQ
CONTROLE DE TEMPERATURA 01
DIA HORA RESPONSÁVEL T .MÍNIMA( ºC ) T . MÁXIMA( ºC ) T . ATUAL( ºC ) OBS LOCALIZAÇÃO/DATA

1 SETOR:........................................

2
MÊS / ANO:.................................
3
CLASSIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO
4
BANHO - MARIA
5
BLOCO DE AQUECIMENTO
6
ESTUFA BACTERIOLÓGICA
7
ESTUFA DE SECAGEM
8
FREEZER/CÂMARA
9
GELADEIRA
10
OUTROS: ................................
11

12
IDENTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO
13

14 Nº REGISTRO: ..........................

15
IDENTIFICAÇÃO DO TERMÔMETRO
16

17 Nº REGISTRO:............................

18
19 ESPECIFICAÇÕES

20
TEMP. MÍNIMA............................
21
TEMP. MÁXIMA..........................
22
LEGENDA
23

24 A - MANUTENÇÃO

25 B - DESCONGELAMENTO

26 C - LIMPEZA

27 D - OUTROS: ...................................

28 E - OUTROS: ...................................

29
30

31
Anexo POP LAB UGQ - 016

ASSINATURA E CARIMBO 6
PROCEDIMENTO OPERACIONAL
POP LAB UGQ - 016
PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

HGIP - LABORATÓRIO
02
CONTROLE DE TEMPERATURA
DIA HORA RESPONSÁVEL T . ATUAL( ºC ) OBS LOCALIZAÇÃO/DATA

1
SETOR:........................................
2
MÊS / ANO:................................
3
4 CLASSIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO

5 BANHO - MARIA

6 BLOCO DE AQUECIMENTO

7 ESTUFA BACTERIOLÓGICA

8 ESTUFA DE SECAGEM

9 FREEZER/CÂMARA

10 GELADEIRA

11 OUTROS: ................................
....................

12
13 IDENTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO

14 Nº REGISTRO: ..........................
15
16 IDENTIFICAÇÃO DO TERMÔMETRO

17 Nº REGISTRO:............................
18
19 ESPECIFICAÇÕES

20 TEMP. MÍNIMA............................
21
TEMP. MÁXIMA..........................
22
23 LEGENDA

24 A - MANUTENÇÃO

25 B - DESCONGELAMENTO

26 C - LIMPEZA

27 D - OUTROS: ...................................

28 E - OUTROS: ...................................

29
30
31
Anexo POP LAB UGQ - 016

ASSINATURA E CARIMBO 7
PROCEDIMENTO OPERACIONAL
POP LAB UGQ - 016
PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

HGIP / GETHOSP - LABORATÓRIO -


CONTROLE DE TEMPERATURA - Caixa de Transporte 03
Laboratório: ___________________________
HORÁRIO HORÁRIO TEMPERATURA NOME DO RESPONSÁVEL
DIA LOCALIZAÇÃO/DATA
DE SAÍDA DE CHEGADA DA CAIXA (ºC) TRANSPORTADOR PELA LEITURA

1
SETOR:........................................
2
MÊS / ANO:................................
3
4 CLASSIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO

5 BANHO - MARIA

6 CAIXA DE TRANSPORTE

7 ESTUFA BACTERIOLÓGICA

8 ESTUFA DE SECAGEM

9 FREEZER/CÂMARA

10 GELADEIRA

11 OUTROS: ................................
....................

12
13 IDENTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO

14 Nº REGISTRO: ..........................

15
16 IDENTIFICAÇÃO DO TERMÔMETRO

17 Nº REGISTRO:............................

18
19 ESPECIFICAÇÕES

20
TEMP. MÍNIMA............................

21 TEMP. MÁXIMA..........................

22
23 LEGENDA

24 A -MANUTENÇÃO

25 B -DESCONGELAMENTO

26 C -LIMPEZA

27 D -OUTROS: ...................................

28 E -OUTROS: ...................................

29
30
31
Anexo POP LAB UGQ - 016

ASSINATURA E CARIMBO 8
PROCEDIMENTO OPERACIONAL
POP LAB UGQ - 016
PADRÃO

TÍTULO: CONTROLE DE TEMPERATURA

I - CONTROLE HISTÓRICO

Nº HISTÓRICO
REVISÃO DATA ELABORAÇÃO VERIFICAÇÃO APROVAÇÃO
PÁGINAS ALTERAÇÃO

Emissão Vânia Abadia Shinfay Maximilian Ana Marina Campas


00 18/05/2017 09
inicial Soares Lino Liu de Faria

HGIP - DELAB/UGQ
CONTROLE DE TEMPERATURA 04
DIA HORA RESPONSÁVEL T/UM MÍN( ºC/% )T/UM MÁX( ºC/% )T/UMI ATUAL( ºC/% ) OBS LOCALIZAÇÃO/DATA

1 SETOR:........................................

2
MÊS / ANO:.................................
3
CLASSIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO
4
BANHO - MARIA
5
BLOCO DE AQUECIMENTO
6
ESTUFA BACTERIOLÓGICA
7
ESTUFA DE SECAGEM
8
FREEZER/CÂMARA
9
GELADEIRA
10
OUTROS: ................................
11

12
IDENTIFICAÇÃO DO EQUIPAMENTO
13

14 Nº REGISTRO: ..........................

15
IDENTIFICAÇÃO DO TERMÔMETRO
16

17 Nº REGISTRO:............................

18
19 ESPECIFICAÇÕES

UMIDADE.....................................
20
UMID. MÍNIMA............................
21
UMID. MÁXIMA..........................
22
TEMP. MÍNIMA............................
23
TEMP. MÁXIMA..........................
24
LEGENDA
25
26 A - MANUTENÇÃO

27 B - DESCONGELAMENTO

28 C - LIMPEZA

29 D - OUTROS: ...................................

30 E - OUTROS: ...................................

31
Anexo POP LAB UGQ - 016

ASSINATURA E CARIMBO 9