Vous êtes sur la page 1sur 2

INSTRUMENTO DE DISTRATO AO CONTRATO DE

ARRENDAMENTO AGRÍCOLA

Pelo presente instrumento, de uma lado ESPÓLIO DE LAURO MARTINS RIBAS,


neste ato representado por MARIA SCHERNOSK RIBAS, brasileira, viúva, do lar,
portadora da Carteira de Identidade n.º 1.592.401-Pr., CPF 974.507.319-91, a seguir
denominados ARRENDADORES e, de outro lado LEONI SANTOS DA CRUZ e
EDIL DE FATIMA TAQUES DA CRUZ, brasileiros, casados entre si, ele agricultor,
portador da Carteira de Identidade nº 814.098, CPF 081.230.639-20, ela do lar, a
seguir denominados ARRENDATÁRIOS, tem entre si, certo e ajustado o presente
distrato ao Contrato de Arrendamento Agrícola firmado em 18 de julho de 1998, nos
termos do artigo 1.093 do Código Civil, de acordo com as cláusulas e condições a
seguir estipuladas:

CLÁUSULA PRIMEIRA.
Por este instrumento e na melhor forma de direito resolvem de comum acordo distratar
o contrato supra mencionado, haja visto que os ARRENDATÁRIOS não tem mais
interesses na continuidade do Contrato.

CLÁUSULA SEGUNDA.
Em razão do distrato ora pactuado os ARRENDATÁRIOS, neste ato devolvem, aos
ARRENDANTES a área objeto do Contrato ora resilido, podendo os
ARRENDANTES, de imediato entrar na posse da mesma.

CLÁUSULA TERCEIRA.
Os ARRENDANTES dispensam os ARRENDATÁRIOS do pagamento da multa
prevista na Cláusula 16ª do Contrato ora distratado, ficando, entretanto os
ARRENDATÁRIOS responsáveis até a presente data, pelos encargos referentes a
atividade desenvolvida na área arrendada, inclusive eventuais autuações impostas
pelas autoridade em razão do uso da terra.

CLÁUSULA QUARTA.
Por força do ora pactuado os ARRENDATÁRIOS e os ARRENDANTES, dão-se
mútua e reciproca quitação uma à outra, para nada mais reclamar a qualquer tempo a
que título for, com relação ao objeto do contrato ora distratado.

CLÁUSULA QUINTA.
As partes elegem o foro da Comarca de Palmas, Estado do Paraná, para a solução de
qualquer dúvidas ou pendências resultantes deste.

E por estarem certas e ajustadas, firmam a presente distrato de Contrato de


Arrendamento Agrícola, datado de 18 de julho de 1998, em 02 (duas) vias de igual
teor e forma, obrigando-se por si e sucessores, na presença de 02 (duas) testemunhas
abaixo identificadas.

Palmas 30 de setembro de 2002.

..........................................................
Espólio de LAURO MARTINS RIBAS
MARIA SCHERNOSKI RIBAS

................................................. .............................................
Leoni Santos da Cruz Edil de Fatima Taques da Cruz
Arrendatário Esposa do Arrendatário

................................................... .................................................
Testemunha Testemunha
RG RG
CPF CPF

Centres d'intérêt liés