Vous êtes sur la page 1sur 11

Direitos de Aprendizagem

Conviver com outras crianças e adultos, em pequenos e grandes grupos, utilizando diferentes linguagens, ampliando o conhecimento de si e do outro, o respeito em relação à cultura
às diferenças entre as pessoas.

Brincar cotidianamente de diversas formas, em diferentes espaços e tempos, com diferentes parceiros (crianças e adultos), ampliando e diversificando seu acesso a produções cultur
seus conhecimentos, sua imaginação, sua criatividade, suas experiências emocionais, corporais, sensoriais, expressivas, cognitivas, sociais e relacionais.

Participar ativamente, com adultos e outras crianças, tanto do planejamento da gestão da escola e das atividades propostas pelo educador quanto da realização das atividades da vid
cotidiana, tais como a escolha das brincadeiras, dos materiais e dos ambientes, desenvolvendo diferentes linguagens e elaborando conhecimentos, decidindo e se posicionando.

Explorar movimentos, gestos, sons, formas, texturas, cores, palavras, emoções, transformações, relacionamentos, histórias, objetos, elementos da natureza, na escola e fora dela,
ampliando seus saberes sobre a cultura, em suas diversas modalidades: as artes, a escrita, a ciência e a tecnologia.

Expressar, como sujeito dialógico, criativo e sensível, suas necessidades, emoções, sentimentos, dúvidas, hipóteses, descobertas, opiniões, questionamentos, por meio de diferentes
linguagens.

Conhecer-se e construir sua identidade pessoal, social e cultural, constituindo uma imagem positiva de si e de seus grupos de pertencimento, nas diversas experiências de cuidados,
interações, brincadeiras e linguagens vivenciadas na instituição escolar e em seu contexto familiar e comunitário.
O EU, O OUTRO E O NÓS

Campo de experiências Faixas Etárias Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento

O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) (EI01EO01)


Perceber que suas ações têm efeitos nas outras crianças e nos adultos.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO01)


meses a 3 anos e 11 meses) Demonstrar atitudes de cuidado e solidariedade na interação com crianças e adultos.

Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO01)


O EU, O OUTRO E O NÓS e 11 meses) Demonstrar empatia pelos outros, percebendo que as pessoas têm diferentes sentimentos, necessidades e
maneiras de pensar e agir.

O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) (EI01EO02)


Perceber as possibilidades e os limites de seu corpo nas brincadeiras e interações das quais participa.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO02)


Agir de maneira independente, com confiança em suas capacidades, reconhecendo suas conquistas e
e 11 meses) limitações.

O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) (EI01EO03)


Interagir com crianças da mesma faixa etária e adultos ao explorar espaços, materiais, objetos, brinquedos.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO03)


meses a 3 anos e 11 meses) Compartilhar os objetos e os espaços com crianças da mesma faixa etária e adultos.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO03)


e 11 meses) Ampliar as relações interpessoais, desenvolvendo atitudes de participação e cooperação.

(EI01EO04)
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) Comunicar necessidades, desejos e emoções, utilizando gestos, balbucios, palavras.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO04)


meses a 3 anos e 11 meses) Comunicar-se com os colegas e os adultos, buscando compreendê-los e fazendo-se compreender.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO04)


e 11 meses) Comunicar suas ideias e sentimentos a pessoas e grupos diversos.

(EI01EO05)
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) Reconhecer seu corpo e expressar suas sensações em momentos de alimentação, higiene, brincadeira e
descanso.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO05)


meses a 3 anos e 11 meses) Perceber que as pessoas têm características físicas diferentes, respeitando essas diferenças.

(EI03EO05)
O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos Demonstrar valorização das características de seu corpo e respeitar as características dos outros (crianças e
e 11 meses) adultos) com os quais convive.

(EI01EO06)
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) Interagir com outras crianças da mesma faixa etária e adultos, adaptando-se ao convívio social.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO06)


meses a 3 anos e 11 meses) Respeitar regras básicas de convívio social nas interações e brincadeiras.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO06)


e 11 meses) Manifestar interesse e respeito por diferentes culturas e modos de vida.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO07)


meses a 3 anos e 11 meses) Resolver conflitos nas interações e brincadeiras, com a orientação de um adulto.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO07)


e 11 meses) Usar estratégias pautadas no respeito mútuo para lidar com conflitos nas interações com crianças e adultos.

O EU, O OUTRO E O NÓS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO02)


meses a 3 anos e 11 meses) Demonstrar imagem positiva de si e confiança em sua capacidade para enfrentar dificuldades e desafios.
O EU, O OUTRO E O NÓS
MATERIAL SUPLEMENTAR PARA O REDATOR DE CURRÍCULO - NÃO FAZ PARTE DA BNCC
Ao formular objetivos de aprendizagem e desenvolvimento específicos para o
Campo de experiências Faixas Etárias Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento Os bebês, desde bem pequenos,
Abordagem têm iniciativas de de busca por interagir com os currículo, é desejável detalhar noções, habilidades, atitudes e/ou especificidades
As
adultoscriançase asbem pequenas
crianças. têmdas
As relações
experiências
interesse
de confiança pela interação aprendizagem
e segurança comsão seus pares e com
essenciais para
Sugestões para o currículo
locais para cada um dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento da BNCC.
adultos
motivar e, quanto
suas mais experiências
autoiniciativas de interação de interações
para, porpositivasmeio delas, tiverem,
explorar maior a
e aprender Para bebês, é possível, por exemplo, considerar objetivos específicos relacionados
oportunidade de que aprendam e valorizem
sobre o mundo à sua volta. Por meio de relações de confiança nas quais os(as) a convivência em grupo e o cuidado a brincadeiras simples com professores(as), como, por exemplo, envolver-se em
com as relações.respondem
professores(as) Nas situações de interação,
de forma positivaprincipalmente
às suas ações eem pares ouformas
diferentes em de Ao jogos simplesobjetivos
formular de dar ede receber,
aprendizagem lançar objetos ao chão e manifestar-se
e desenvolvimento específicosao pararecebê-
o
(EI01EO01) pequenos
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) expressão grupos, e comunicação, aprendem os como
bebês os seres humanos
começam a perceber agem que e tratam
são capazes uns aos de los de volta.
currículo, O currículo
é desejável pode considerar
detalhar noções, habilidades,objetivos específicos
atitudes e/ou relacionados
especificidades à
Perceber que suas ações têm efeitos nas outras crianças e nos adultos. outros e têm a oportunidade
conseguir reações específicas de demonstrar
a partir de suasatitudes ações, ede que cuidado
suas ações e solidariedade
têm efeitos locais participação
para cada em um contextos
dos objetivosde convívio social, como brincar
de aprendizagem ao lado de outras
e desenvolvimento da BNCC.
com seus colegas e professores(as). Nesse contexto,
nas outras pessoas. Nesse contexto, é importante que os bebês possam participar Para é importante que as crianças crianças, imitando oupequenas,
mostrandoésuas ações. Ao abordar as vivências dos bebês
as crianças bem possível construir objetivos específicos
bem pequenas tenham a oportunidade de
de situações nas quais são valorizados em suas iniciativas, acolhidos em suas construir vínculos profundos e estáveis em formular
suas conquistas emderelação à percepção
com professores(as), que lhes relacionados
Ao à percepção
objetivos dos sentimentos
aprendizagem edos efeitos de dos
necessidades
e desenvolvimento suas ações nas
colegas,
específicos outras
como,
para o por
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO01) expressões e manifestações degarantam
desejos econfiança necessidades, e segurança bem como e que sejam e
acolhidos pessoas, ocomeçar
exemplo,
currículo, écurrículo
desejável a local podenoções,
considerar
detalhar citar
o ponto exemplosde vista
habilidades, dedo situações
outro
atitudes aoque fazem
esperar
e/ou parte
sua vez de
especificidades parasua
O EU, O OUTRO E O NÓS responsivos
As
acariciados às suas
crianças pequenas,
por meiomanifestações
doquando
contato têm por
físico meio de atitudes
a oportunidade
positivo. cuidadosas
de vivenciar diversase respeitosas.
situações brincar
rotina para
ou abordar atitudes a seremou
meses a 3 anos e 11 meses) Demonstrar atitudes de cuidado e solidariedade na interação com crianças e adultos.
Também
de interação é importante
em que observam que construam e atentam vínculospara com outras crianças,
as expressões e formas pordemeio de locais
com determinado
cada um objeto,
dos objetivos dedesenvolvidas
pode tambémnessas
aprendizagem considerarsituações,
e desenvolvimento objetivoscomo específicos
da BNCC.
demonstrar
relacionados
Para as crianças interesse
a atitudes
pequenas, em deseguir
cuidado
é possívelalgumas
com onormas
construir em atividades
outro,objetivos
como, por exemplo,
específicos da rotina.chamar o(a) a
relacionados
brincadeiras e ações compartilhadas, nas quais têm a oportunidade de realizar
comunicação dos outros e para o efeito de suas ações sobre eles, aprendem a ser professor(a) ou outra criança quando um colega estiver triste. O currículo local
Os bebês
ações como aprendem por meio de seu corpo e sentidos e, pelas suas ações de formas de interações positivas e respeitosas, como, por exemplo, demonstrar
(EI03EO01) sensíveis aosdividir brinquedos,
sentimentos, desejos negociar enredos para
e necessidades dos ademais. brincadeira,Assim,atentarsão capazese Ao formular
pode, ainda, objetivos
abordar de
ideias eatitudes aprendizagem
a serem e desenvolvimento
desenvolvidas, como, específicos
por exemplo, para oque
Crianças pequenas (4 anos a 5 anos exploração,
apreciar
de demonstrarações descobrem
eempatia
gestos dos oe mundocolegas,
perceber à sua volta.
compartilhar
que as pessoas Ao serem têm convidados
ideias e emoções,
diferentes brincar um respeito
aoferecer
sentimentos, pelas gostos de seus colegas ou brincar com outras crianças
O EU, O OUTRO E O NÓS Demonstrar empatia pelos outros, percebendo que as pessoas têm diferentes sentimentos, necessidades e próximos currículo,
demonstrar
possuem é desejável
incômodo
diferentes detalhar
quandonoções,
habilidades suas açõeshabilidades,
e características. geram oO choro atitudes
currículo de e/ou
podeespecificidades
outra criança
considerar ou fazer
e 11 meses) brinquedoaao
necessidades outras
ecolega crianças
maneiras que de ou
está a interagir
triste,
pensar agir.com
eabraçar oelas
Nesse colega ou quando
contexto,com seus(as) professores(as),
está chateado,
é importante que
maneiras de pensar e agir. descobrem
brincar de
possam diferentes
esconder-se,
vivenciar formas
situações emdeque
de cuidar sedeexpressar
animais
sejam e se comunicar,
domésticos,
acolhidas, poremeio
de ouvir
respeitadas de seusem locais
evalorizadas
contar
carinho
objetivospara
quando cada um
específicosum colega
dos objetivos
relacionadosda salade àestá aprendizagem
triste. como, epor
empatia, desenvolvimento
exemplo, manifestar-se da BNCC.
Para
frente bebês
a , é possível
situações que construir
avalia como objetivos
injustas, específicos
bem como relacionados
compartilhar àsemoções
conquistas e
movimentos,
histórias,
suas expressões experimentando
observar aspectos do ambiente,
e comunicações, e ganhando
bem como destreza
colecionar em
em suasobjetos, suas
explorações habilidades
participar decorporais.
e descobertas.
Nesse contexto, é importante garantir aos bebês uma variedade de situações em de suas habilidades
sentimentos com de movimento
adultos ou crianças. emOcontextocurrículo delocal
exploração
pode, — porabordar
ainda, exemplo,
brincadeiras
Ao mesmo tempo, de roda, brincar
podem serde faz de conta,
convidadas dentre outras
e engajadas experiências
a reconhecer e reagirrealizadas
frente Ao segurar objetos
formular com
objetivos a de
mão, levando
aprendizagem à altura dos olhos
e desenvolvimento na busca pordecisões
específicos explorá-los.
para o O
(EI01EO02) que façam usocomunicações
de movimentos corporais diversos, dede forma ativa e por meio de atitudes a serem desenvolvidas, como, por exemplo, engajar-se em
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) acom diferentes
expressões, parceiros. e ações de seus colegas forma respeitosa e afetiva. currículo
coletivas, pode considerar objetivos específicos relacionados ao uso deincomodar
seu corpo
Perceber as possibilidades e os limites de seu corpo nas brincadeiras e interações das quais participa. sua própria iniciativa, conquistando gradativamente novos movimentos, como, por currículo, é desejável
aceitando a detalhar
escolha noções,
da maioria, habilidades,
ou começar atitudes
a percebere/ou especificidades
e se
na
com exploração
locais para cada
estereótipos dosum objetos,
dos objetivos
encontrados como, empor de exemplo, subireem
aprendizagem
livros. objetos volumosos
desenvolvimento ou
da BNCC.
exemplo,
As crianças virar-se
pequenas sozinho,aprendemlevantar por a cabeça
meio dequando suas ações deitado, sentar-se,
e interações e, mover-se
quando lançarasobjetos
engatinhando
têm a oportunidade ou rastejando, ficar emtomar
de ter iniciativa, pé com apoio até
decisões andar com
e resolver autonomia
problemas comou, Para criançasem determinada
pequenas, direção.
é possível O currículo
construir objetivoslocalespecíficos
pode, ainda, trazer
relacionados à
ainda, brincar diante doa espelho, observando osmaispróprios gestos ou eimitando exemplos
conquista
Ao formular deobjetivos
ações ou de brincadeiras
sua independência, aprendizagem exploratórias
como, epor exemplo, que são
desenvolvimento típicas
manifestar de sua para
iniciativa
específicos cultura,
nao
Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO02) autonomia, aprendem agir de forma cada vez independente com além dede
escolha abordar atitudes
brincadeiras e aatividades,
serem desenvolvidas
na seleção nessas
de situações,
materiais e na como,de
busca por
O EU, O OUTRO E O NÓS Agir de maneira independente, com confiança em suas capacidades, reconhecendo suas conquistas e Os bebês
outras crianças.
confiança aprendem
em suas Cada com todo o seu
uma dessas conquistas
capacidades.Nesse corpo
contexto,e seus sentidos,
oportuniza
é importante por
aos bebês meio
que asnovas de ações
crianças currículo, é desejável detalhar noções, habilidades,
formas exemplo, interessar-se por experimentar novos movimentos ao explorar objetos ou atitudes e/ou especificidades
e 11 meses) sobre
de explorar os objetos e brinquedos e da interação com outras crianças e adultos. Ao parcerias,
locais para considerando
cada um dos seu
objetivos interesse.de O currículo
aprendizagem pode
e considerar
desenvolvimento objetivos
da BNCC.
limitações. possam vivere situações
interagir com os objetos,
variadas, nas quais criançastenham e demais pessoas à de
a oportunidade suareconhecer
volta,
brinquedos conhecidos.
realizar
aprendendo
seus suas sobre
esforços ações de exploração
eles.
e conquistas, bem como de forma os derepetitiva
seus colegas, e cada emvez mais intencional,
situações individuais, Para específicos
bebês,relacionados
é possível construir à autoconfiança, como, por exemplo,
objetivos específicos relacionados ver aà siinteração
mesmo em
começam
de pequenos a compreender
grupos e também as características
coletivas. dos objetos com os quais interagem e a Ao como
contexto competente
formular de brincadeiras
objetivos e capaz
de — de poragir
aprendizagem por si epróprio
exemplo, participar ou reconhecer-se
desenvolvimento de brincadeiras
específicos como
simplesum com
para o
construir
As crianças conhecimentos
bem pequenassobre aprendemo mundo comà todo sua volta.o seuNesse corpocontexto,
e seus sentidos, é importante integrante
os(as)
por currículo, évalioso
professores(as),
desejável do grupo
comoao
detalhar qual pertence.
esconder
noções, achar;Oou
ehabilidades, currículo
pode
atitudes local
considerar
e/oupode, ainda,
objetivos
especificidades
(EI01EO03) abordar atitudes a serem desenvolvidas, como,
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) garantir
meio de aos
ações bebêssobre diversas
os situações
objetos e de exploração,
brinquedos e da com todo
interação com o seuoutrascorpo e
crianças e específicos
locais para relacionados
cada um dos ao
objetivosbrincardejunto, como,por
aprendizagem porexemplo,
e exemplo, perseverar
imitar da
desenvolvimento frente
BNCC. a
Interagir com crianças da mesma faixa etária e adultos ao explorar espaços, materiais, objetos, brinquedos. desafios ou a novas atividades oué aceitar desafios
sentidos,Ao
adultos. derealizar
diferentes objetos
variadas e brinquedos,
situações de exploraçõesengajando-os em diferentes
de diferentes objetosformas e professores(as)
Para as crianças ou
bem outras
pequenas,crianças em situações
possível construir deebrincadeira,
correr
objetivos riscos ao aprender.ações
encadeando
específicos
de explorar, investigar
brinquedos, começam ea de interagir
formar umacom imagem os demais,
mentalmostrandodesses materiais, o que jávivendo,conhecem relacionados
simples, comoà montar interação e derrubar
com outras uma torre decomo,
crianças, blocos por ouexemplo,
pegar umbuscar caminhão colegas e
sobre os objetos e imitando seus colegas
assim, suas primeiras experiências de representação criativa. No contato comou professores(as) ou, ainda, observando imitar seu
paraformular
Ao som:
iniciar uma “vrummm”.
brincadeira
objetivos O currículo
ou compartilhar
de aprendizagem local pode, ainda, trazer
brinquedos emespecíficos
e desenvolvimento exemplos
suas atividades de
para ode
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO03) As
outrascrianças
o ambiente criançaspequenas,
e percebendo
e com as aopessoas
terem
aromas, repetidas
em geral,oportunidades
texturas e sonoridades
têm a oportunidade de
nainteragir,
companhia
de variar de e outras currículo,
brincadeiras
explorações, que são típicas
investigações ou dede suafazcultura ou também
dehabilidades,
conta. O currículo abordar
pode atitudes
considerar a serem
O EU, O OUTRO E O NÓS é desejável detalhar noções, atitudes e/ou especificidades
compartilhando
crianças. suas experiências, e cooperandoaprendendo com seus colegas ou professores(as)
da imitação ou em situações desenvolvidas,
meses a 3 anos e 11 meses) Compartilhar os objetos e os espaços com crianças da mesma faixa etária e adultos. enriquecer
de grande grupo, Nesse pequeno grupo ou
por meio
pares, aprendem
de suas ações locais
objetivos cadacomo
paraespecíficos um dos interessar-se
relacionados
objetivos de poraprendizagem
ao mostrar brinquedos
estabelecimento aos(às) sociais,
de relações
e desenvolvimento professores(as)
da como,
BNCC.
sobre os objetos. contexto, é importante garantira às ampliar
crianças suas bemrelações
pequenas Ao por
Paraformular
e outras
exemplo,
as crianças objetivos
crianças,manter
pequenas, de aprendizagem
buscando
interações écontato. e desenvolvimento
que gradativamente
possível construir objetivos tenham específicos
uma maior
específicos para o
duração,
relacionados a
pessoais, desenvolvendo atitudes de cooperação
diversas situações de explorações, com materiais diversificados e em situações de atitudes e participação. Nesse contexto, é currículo,
uma maior é desejável detalhar noções, habilidades, atitudes e/ou especificidades
de intenção
participação, de continuidade
como, por exemplo, e uma maior complexidade
participar de brincadeiras de relações
de faznas de
importante que possam vivenciar situações
interação cuidadosas e estimulantes com outras crianças e professores(as). em que valorizem fazer coisas juntos, locais para
suas brincadeiras cada um dos
e jogos objetivos
de exploração. de aprendizagem
O currículo e desenvolvimento
local pode, ainda,papéis da
abordarBNCC.
Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO03) dividir brinquedos e materiais e ter objetivos comuns em atividades de pequenos conta, compartilhando propósitos comuns, representando diferentes e
O EU, O OUTRO E O NÓS Favorecer jogos de imitação, nessa faixa etária, promove experiências significativas convidando Para bebês,
atitudes a serem é possível
outros construir
desenvolvidas,
colegas para participar. objetivos
como, por O específicos
exemplo, relacionados
currículointeressar-se
pode considerar a formas
por brincar de
objetivos de
e 11 meses) Ampliar as relações interpessoais, desenvolvendo atitudes de participação e cooperação. ou
Desde grandesbem grupos
pequenos, e também
os bebês interajam
são
de comunicação e brincadeiras entre as crianças bem pequenas. sujeitoscom outras
sociais crianças
e buscam emo brincadeiras
contato e a de faz comunicação
faz formular —
de contarelacionados por
junto comde exemplo,
outras interessar-se
crianças, como, por
compartilhando comunicar-se com
brinquedos seu(ua)
e aideia
de conta, atividades dede culinária, de manipulação de porargila ou decrianças.
manutenção específicos
Ao
de professor(a) objetivos àaprendizagem
cooperação, por exemplo,
e desenvolvimento mudar de
específicos parae/ouo
interação com adultos confiança, e se interessam outras Na busca representação
materiais edecorrer
seus colegas
de atividades
nodesejável fazendo
da brincadeirasociais. uso de
considerandodiferentes os formas
interesses de comunicação,
eespecificidades
desejos de seus
uma horta, social,
do contato de reconto fazemcoletivo
uso dede história,estratégias
diferentes de construção paracom chamar sucata ou de epintura currículo,
atenção buscandoOécontato, detalhar
atenção noções,
e prolongamento habilidades, atitudes e/ou
colegas.
locais para currículo local
cada um objetivos pode,
dos objetivos ainda, abordardas
de aprendizagem
situações
atitudes de
a serem
e desenvolvimento
interação;
desenvolvidas, ou pode
da BNCC.
coletiva seus
realizar de um cartaz.e Além
desejos disso, podem,
necessidades. Nesseainda, contexto, participar de jogosque
é importante de regras
possame também considerar específicos relacionados às formas de expressão,
(EI01EO04) As crianças bem pequenas ouvem e compreendem a linguagem antes mesmo de como,
Para as por exemplo,
crianças bem esforçar-se
pequenas, por
é adaptar
possível seu comportamento
construir objetivos levando
específicos em
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) aprender relações
vivenciar a construir estratégias
vinculares de jogo, arrumar
de confiança a mesa para um
com professores(as) quealmoçoatendam com os como,
suas por exemplo,
consideração pontousar gestos decom seusa colegas
intençãooudebuscar conseguir algo, apontando o
Comunicar necessidades, desejos e emoções, utilizando gestos, balbucios, palavras. saberem
amigos e se
diferentes expressar
manter
formas ade por
organização
se palavras.
expressar de eseusQuando,
quepertences.
valorizemdesdesuas bebês, têm a oportunidade
iniciativas de comunicação de relacionados
quesentimentos àocomunicação
deseja, colocando
de vista
a mão não-verbal, como, por exemplo, corresponder
participar àde
expressão
viver interações de e emoções dena seusbarriga para
companheiros. manifestar que está com fome, ou
e expressão, porsociais
meio de nas umaquaisescutasão reconhecidas
e observação eatenta valorizadase comem ações suas iniciativas situações
apontar pessoasde brincadeira
e objetos buscando
como forma compartilhar
de mostrar enredos e cenários, O
reconhecimento. usar
currículo
de
Por expressão e comunicação,
meio de situações
responsivas, garantindo dea interaçãoaprimoram
confiança com suas estratégias
que professores(as)
precisam para seguir nosparaquais
emserem confiam, os
suas expressões
pode, ainda,faciais destacar paraquais
apoiar os seus
sinaisrelatos
que são decomuns
situações emvividas ou suacomo,
sua cultura, opinião por
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO04) compreendidas
bebês continuam
comunicações. e para
suas compreenderem
descobertas sobre os siinteresses
mesmos, e necessidades
percebendo-se dos
como um ser sobre
exemplo, uma história
comunicar o de escutada,
desejo bem como
de colo aoeestender expressar suas ideias,
os braços,específicos sentimentos
apontar o penico e
O EU, O OUTRO E O NÓS À medida quecontexto,
outros.Nesse evoluem éem suas capacidades
importante que possam de linguagem
vivenciarapoiados e de representação,
situações de interação as emoções
Ao formular porobjetivos
meio da dança, aprendizagem
daxixi,
música ou desenvolvimento para o
meses a 3 anos e 11 meses) Comunicar-se com os colegas e os adultos, buscando compreendê-los e fazendo-se compreender. individual,
crianças com necessidades
pequenas ganham e desejos
confiança e próprios.
maior Quando
independência e encorajados quando sente vontade de fazer além dedaabordar
arte. Oatitudes
currículoa pode serem considerar
que asprocesso
nesse engajem emdesenvolvimento,
de buscar formas cadacomeçamvez mais a eficazes
construir de
uma senas suas
comunicar,
imagem
formas
deseja
de currículo,
si é por objetivos
desenvolvidas
é desejável
específicos
nesses
detalhar
relacionados
contextos,
noções, habilidades,
à ampliação
como, por exemplo,
atitudes e/ou
do vocabulário com especificidades
foco nasna
comunicar
meio de suas ideias e sentimentos
expressões comsentido a pessoas
o corpo, e grupos diversos. Nesse contexto, locais paracom cada um dos e objetivos de aprendizagem esentir-se confiante
desenvolvimento da BNCC.
próprios
importante e aoportunizar
desenvolver um
diferentes dede
situações si suas
mesmos. produções
em que As
assituações
artísticas
crianças de ou musicais,
cuidado,
pequenas
interação
situações
sejam interações
Para
adultos
de comunicação
as crianças pequenas,
pares como,
eécuidados
possível
por
pessoaisexemplo,
construir comengajar-se
objetivos
em situações
o(a) professor(a)
específicos
de
que escuta,
relacionados
seja por
envolvendo meio de suas
osincentivadas
momentos de representações
alimentação, ao brincar,
higiene, ou mesmo
sono ou repouso por meio da
são observa por
e responde tempos aos maiores,
seus fazer
interesses perguntas
e necessidades. para apoiar suas descobertas
Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO04) convidadas
linguagem verbal e ou escrita, a se comunicar
compreendendo com independência,
seus colegas a fazer
e ossiprofessores(as)coisas por si ao
Ao reconhecimento
formular objetivos e expressão
de aprendizagem de emoções em si
desenvolvimento
e se sobre o mundo à sua volta, além de descrever situações ou fatos vividos utilizando mesmas, como,
específicos por exemplo,
para o
O EU, O OUTRO E O NÓS privilegiadas
mesmas, bem para
como apoiar
a os bebês
iniciar uma nas suas descobertas
atividade e persistir por sobre
si própriase sobre nas as formas
ações e identificar emoções ou regulá-las conforme as ações que realizam, ou pode
e 11 meses) Comunicar suas ideias e sentimentos a pessoas e grupos diversos. fazendo compreender. currículo, é desejável detalhar noções, habilidades,
palavras novas e frases cada vez mais complexas. O currículo local pode, ainda, atitudes e/ou especificidades
de expressão
interações de suas necessidades
necessárias para seu sucesso. e desejos. Nesse contexto,
É importante que suasé diferentes
importanteformas que os locais
também considerar
bebês possam construir relações destacar paraqual cada um objetivos
dos objetivos
o vocabulário específicos
típico de
de aprendizagemrelacionados
sua comunidade ao reconhecimento
e desenvolvimento
que elas costumam e
da fazer
BNCC.
de comunicação, seja pelo corpo,de pela vínculos
música, profundos
pela narrativa, e estáveispela com arte os(as)
ou mesmo Para expressão
bebês, deé emoções
possível nos
construir outros, como,
objetivos por
uso ou exemplificar situações de brincadeiras de faz de conta que incentivem ade exemplo,
específicos expressar
relacionados eà reconhecer
expressão
professores(as)
pela linguagem everbal que estes(as)
possam ser sejam responsivos,
valorizadas por meio de
e incentivadas, uma escuta
evitando a ideia e de suas diferentes emoções e sentimentos em sie— mesmos e nos outros. O currículo
(EI01EO05) observação deatenta, aos seus interesses evalorizada
necessidades, e às crianças
suas Ao emoções
formular
comunicação no cuidado
objetivos
entre as de de si mesmos
aprendizagem
crianças. por exemplo,
desenvolvimento expressar
específicos paralocal
desconforto o ao
Por
que meio
a linguagem experiências
verbal devepositivas
ser a mais de interação com naoutras
escola comodiferentes
forma deformas currículo,
e adultos, pode, ainda, abordar
trocado,atitudes
ao estaranoções, serem desenvolvidas, como, e/ou porpodeexemplo,
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) Reconhecer seu corpo e expressar suas sensações em momentos de alimentação, higiene, brincadeira e de expressar-se
permeadas
expressão epor e comunicar-se.
relações
comunicação vinculares É importante
das crianças. profundas,favorecer estáveis esituações respeitosas, em as que os bebês necessitar
crianças expressar
éserdesejável
raiva
detalhar com fome ou sono. atitudes
habilidades, O currículo considerar
especificidades
descanso. possam fazer coisas
objetivos
locais cadasem
paraespecíficos um incomodar
relacionados
dos objetivos os decolegas
à realização e tentando
aprendizagem de ações regular
simples
e desenvolvimentosuano emoção.
cuidado de si
da BNCC.
bem pequenas têm apor si, experimentando
oportunidade de aprender sabores, sobre percebendo os cheiros dos
as suas características mesmo,
Para as como,
crianças por
bem exemplo,
pequenas, participar
é possível com pequenas
construir ações
objetivos nas situações
específicos de troca
alimentos
físicas e escolhendo
e a perceber o que querem
semelhanças comer, em
e diferenças participando
relação aosjunto seuscom colegasoutrasou de fraldas (segurando sua fralda) edede alimentação, tentando alimentar-se
As crianças
crianças
outras de pequenas
pessoas refeições
próximas. aprendem
gostosas Nesse a valorizaréde
e cheirosas,
contexto, suas características
descanso
importante diário
que possam eme aambiente
respeitar
viver as dos Ao
relacionados
formular ao reconhecimento
objetivos de aprendizagem suas ecaracterísticas,
desenvolvimento como, por exemplo,
específicos parapor o si
outros porde meio de diversas situações emcorpoquebanho podem se expressar decomformas mesmo. Oéprogressivamente
identificar currículo
desejávellocal pode, ainda, características
algumas abordar atitudes a serem
físicas e/oudesenvolvidas,
suas, reconhecendo
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO05) aconchegante
situações e silencioso,
explorações dede seumomentos
próprio de e de refrescante
relações e participando
e trocas seus dos currículo,
como,para
diferençaspor exemplo,
com
detalhar
demonstrar
noções,
prazer
habilidades,
na participação
atitudes
e adaptação
especificidades
a rotinas
O EU, O OUTRO E O NÓS meses a 3 anos e 11 meses) Perceber que as pessoas têm características físicas diferentes, respeitando essas diferenças. variadas,
momentos
colegas e observar
de cuidado
professores(as) as expressões
em um eambiente
assumindo ações derico
pequenas seus decolegas,
ações, como,descobrir
interações poreexemplo, seussegurar
descobertas gostos
pelas ea locais cadaas um dedosseus colegas.
objetivos deO aprendizagem
currículo podeeconsiderar
desenvolvimento objetivos da BNCC.
preferências, bem como perceber que esticando
possuem interesses e características relacionadas
específicos à sua
relacionados alimentação,
aoérespeito sono,frentedescanso e higiene.específicos
às diferenças, como, por exemplo,
mamadeira,
crianças sobre segurar
si mesmas,sua fralda, ajudar
suas características os braços
físicas, seus gostos ou as pernas ao se e Para
e preferências as crianças pequenas, possível construir objetivos relacionados à
semelhantes
vestir,
de seusrealizar
colegas ealgumas
diferentes
em um ações de seus
clima companheiros,
de cuidado
respeito de si mesmos
e confiança, apreciando a descoberta
e de satisfação
favorecendo quede assuasdessa Ao
crianças brincar de fazobjetivos
identificação
formular de conta
das deassumindo
características
aprendizagem de diferentes
seu corpo, papéis
como, epor
e desenvolvimento imitando
exemplo, ações
específicos epara seus
perceber o
diversidade. Nesse contexto, é importante que as crianças pequenas possam comportamentos
atributos corporais, deexpressando-os
seus colegas, expandindo
dehabilidades,
diferentes suas formas
formas de expressão
e contribuindo e a
para
(EI03EO05) necessidades
pequenas
Por meio das e desejos
valorizem
diversas em situações
e oportunidades
respeitem suascomode colocar
particularidades
interação o casaco
positivas ao sentir
e diferenças
que os em
bebêsfrio,
relação
têm aos currículo,
solicitar
com representação.
é desejável
Oum
detalhar
currículo local
noções,
pode, ainda, abordar
atitudes
atitudes
e/ou especificidades
a serem
Crianças pequenas (4 anos a 5 anos envolver-se
água aocriançassentiremcontexto
situações
sede, deaconchego
brincadeiras aocompartilhadas, em brincadeiras a comem locais construção
para cada de sua imagem
dos objetivos corporal. de O currículo
aprendizagem pode considerar
e desenvolvimento objetivos da BNCC.
O EU, O OUTRO E O NÓS outros.
Demonstrar valorização das características de seu corpo e respeitar as características dos outros (crianças e outras Nesse e combuscar é desejável
seus(uas) também
professores(as), sentir
que sono
comoque
elas se etc.,
possam sempre
preocupam apoiar com
parceiros
emdeestabelecer desenvolvidas, como, por exemplo, interessar-se por pontos
relacionar-sefortes,com
e 11 meses)
adultos) com os quais convive.
música,
segurança
dificuldade,
vínculos
dança,
desem
profundos
mímica,
estar acolhidodramatização,
discriminá-los
e estáveis pelo(a)
comporeles, bem
professor(a),
suas características
garantindo
atividades
que a responde
.
segurança
diversas
e valoriza
de que
expressão
suas
necessitam
específicos
Para bebês,relacionados
é possível ao
construir reconhecimento
objetivos de seus
específicos relacionados suaoutras
àcomo, por
relação
einiciativas.
representação, preparar uma exposição de objetos relativos às atividades e crianças
exemplo,
com respeitando
pessoas reconhecer
próximas. suasPorformas
gradativamente
exemplo, diferentes de agir.
suas habilidades,
sorrir para expressando-as
o(a) professor(a), buscando e usando-
para suas explorações
profissões dos familiares e descobertas
e dos adultos sobre o mundo
da unidade deque os cerca,
Educação aprendem
Infantil, realizar a as em suas brincadeiras
participar contato,
Ao formular mostrarobjetivos deeaprendizagem
preferência nasem atividades
ser acolhido eindividuais,
por pessoas
desenvolvimento de pequenos
conhecidas
específicos ou grandes
ou acalmar-
para o
com
As maioreautonomia
crianças
colaborar em
bem pequenas ações situações
têm de aescovar de convivência
oportunidade os dentes, em
colocar
de descobrir
contato sapatoscomou
e se apropriar
colegas, em
o agasalho,
das grupos.
se quando O écurrículo
acolhido local
por pode,noções,
seu(ua) ainda, abordar
professor(a) deatitudes
referência. a seremOe/ou desenvolvidas,
currículo pode
(EI01EO06) dupla,
pentear trio, pequeno
os cabelos, ou grande
servir-se grupo,
sozinha nas valorizando
refeições, eutilizar
descobrindo talheres diferentes
adequados, formas currículo,
como,para
desejável
por exemplo,
detalhar
apreciar positivamente
habilidades,
seu gênero
atitudes
e respeitar
especificidades
o outro em
O EU, O OUTRO E O NÓS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) Interagir com outras crianças da mesma faixa etária e adultos, adaptando-se ao convívio social. regras
de estar básicas
com osde convívio
outros. social
Nesse conforme
contexto, podem
é importante vivenciar
que os diversas
bebêsecom situações
tenham de considerar
locais objetivos
cada um específicos
dos objetivos relacionados
de aprendizagem à sua relação
e com
desenvolvimento as outras da crianças,
BNCC.
As
lavarcrianças
interaçãoas mãos em pequenas
antes
cenários das aprendem
de refeições
brincadeiras aerespeitar
depois
e deasusar
atividades diferentes
tinta ouculturas
compartilhadas. brincar modos
Nesse terradeouvida Para diferentes
como, as por situações
exemplo,
crianças bem ou identificar
buscar
pequenas, colegas o ecomrespeitar
currículo quem podeasgosta
diferenças
de
construir reconhecidas
brincar ou
objetivos entre as
comunicar-se
específicos
diversas
ao mesmo oportunidades
tempo emo que deconhecem
brincadeiras e situações, sempre emcaracterísticas
um contexto de
areia.
contexto,
segurança,incentivar
confiança einteresse
afetividade queque ase crianças
valorizam bemsuas próprias
pequenas têm em estar e
junto características
com
relacionados àsfemininas
seus companheiros normas simples e masculinas.
imitando degestos,
convivência, palavras e ações.
como, O currículo
por exemplo, local pode,
começar a
compreendem
com seus ou pares, como estas contribuem egaranta
marcam condições
jogossua cultura, de interações
criando um positivas
valor ainda, trazer exemplos de hábitos de convívio específico emde sua cultura, de além de
em pares
positivo frente emàsoportunizando
grupos
diferenças maiores. situações
detrios Também
gênero,
de
etniaé importante
eduplas,
colaborativos,
que sejam
crençasereligiosas.
atividades
valorizados em seguir, de forma gradativa, regras simples de convívio momentos
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO06) simples em pequenos grupos, ou mesmo situações Nesse em que contexto, Ao formular
abordar
e outros de alimentação,
atitudesobjetivos
cuidadoa serem de aprendizagem
com desenvolvidas
a saúde e brincadeiras. enessas
desenvolvimento
situações,
O currículo específicos
como, pode para o
porconsiderar
exemplo,
O EU, O OUTRO E O NÓS meses a 3 anos e 11 meses) Respeitar regras básicas de convívio social nas interações e brincadeiras. ésuas conquistas
importante
precisam quee as
compartilhar
esforços
crianças
objetos
depequenas
relações
ou
com
brinquedos,
seus
vivenciem pares,
favorece
professores(as)
cotidianamente
o desenvolvimento um ambiente do currículo,
mostrar
objetivos é desejável
interesse
específicos pelas detalhar
ações
relacionados e noções,
expressões
à habilidades,
participação de seus em atitudes
colegas
diferentes oue/outer especificidades
prazer
situações, emcomo,
adultos da aceitação
respeito escola. ao outro, reconhecendo e valorizando como positivas as
convívio esocial positivo entre as crianças. É imporante também que possam locais
interagir
por para
exemplo,com cadaos um dos de
companheiros
participar objetivos emde
diferentes aprendizagem
situações
manifestações eculturais
de brincadeira, desenvolvimento
buscando
de seu grupo, da BNCC.
como
diferenças
participar de identificadas.
situações em Terque a oportunidade
cantem, respeitando de conhecer sua vez outros grupose de
de cantar crianças
ouvindo os Para as
decrianças
compartilhar
festa pequenas,
significados
aniversário, ritos ou é outras
comuns. possível construir
festas objetivos
tradicionais, específicoserelacionados
respeitando valorizando
ou
As mesmo outros
crianças
companheiros, grupos sociais,
bemepequenas,
decidam com osseja
ao participarem
colegaspessoalmente
o tema de ou
de situações uma porde outro
interações
história ameio de todos
com
ser por outras Ao ao reconhecimento
formular
ações objetivos
e comportamentos dede pessoas
aprendizagem
típicos. deOsua comunidade,
currículoe desenvolvimento
local pode, como, ao reconhecer
específicos
ainda, exemplificar para pessoas
o
quais
Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO06) comunicação,
crianças, acabam ajuda se para que
envolvendo se interessem
em situações e respeitem
de conflitos as dediferentes
relações culturas
que, e
muitas que fazem
currículo,
dramatizada, usando esclarecimentos, justificativas e argumentos que são muito são os ritos, festas ou celebrações típicas de sua cultura, além de abordar atitudes é parte de
desejável sua comunidade
detalhar noções, próxima,
habilidades, conversaratitudescom elas
e/ou sobre o que
especificidades
O EU, O OUTRO E O NÓS e 11 meses) Manifestar interesse e respeito por diferentes culturas e modos de vida. modos de
vezes,
ligadosgeramaosvida, bem
sentimentos
seus comode
sentimentos. ouvir e recontar
frustração. Nessahistórias dos povos
faixa etária, estão indígenas,
mais centradas locais fazem.
a serem Odesenvolvidas,
para currículo
cada umpode considerar
doscomo,
objetivos por de objetivos
aprendizagem
exemplo, específicos
ter prazer emrelacionados
participar deaoda
e desenvolvimento BNCC.
eventos
africanos,
em si mesmas, asiáticos,pensam europeus,
de umadeforma diferentes regiões do
mais concreta Brasil adquirindo
e estão e de outrosapaíses da Para conhecimento
as crianças debemoutros
tradicionais de seu território. grupos
pequenas, sociais,
é possível como, por
construir exemplo,
objetivos interessar-se
específicos por
América, localizar,
conquista do autocontrole.em um mapa, com apoio
A regulação de suas do(a) professor(a),
emoções sua cidade,
é importante paraaldeia conhecer e seàrelacionar
que as relacionados busca de apoio com crianças para resolver e pessoas de outros
conflitos gruposcomo,
relacionais, sociais, porseja por
ou assentamento,
crianças possam vivenciar e o localsituações
do Brasil concretas
no mapa mundial, de conflitos pesquisar
sociais.em casa suas
Nessas meio de situações
exemplo, procurar presenciais,
o(a) professor(a) seja por paraoutrosajudarmeios de comunicação.
a resolver conflitos nasO currículo
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO07) As crianças pequenas, por meio dasna diversas situações
O EU, O OUTRO E O NÓS meses a 3 anos e 11 meses) Resolver conflitos nas interações e brincadeiras, com a orientação de um adulto.
tradições
vivências, familiares,
elas devemdeser modoapoiadasa reconhecer resolução elementosdessesde da interações
sua identidade
conflitos, que cultural, Ao
de forma local pode, ainda,
brincadeiras
formular trazer
e interações
objetivos deexemplos
com outras
aprendizagem de crianças.
pessoas que fazem parte
O currículo
e desenvolvimento pode de sua comunidade,
considerar
específicos para o
vivenciampelo(a)
estabelecer
positiva, em seu
relações cotidiano
entre o emodo
professor(a), das situações
que asdeajuda de conflitosgradativamente,
vida acaracterístico
aprender, relacionais
de seu grupo geradas
social por
e o de currículo,
a resolvê- como o padeiro,
objetivos específicos
é o fazendeiro,
desejável relacionados
detalhar onoções,
pescador
ao controle etc. de suas
habilidades, emoções
atitudes e/ou em situações de
especificidades
essas
outros
los. interações,
Nessegrupos,
contexto, aprendem,
conhecer costumes
é importante gradativamente,
e brincadeiras
cuidar a criar
das situações de eoutrasfazer uso dedeestratégias
épocas
cotidianas econflitos
de outras conflitos,
pautadas noque locais paracomo,cada porum dos exemplo,
objetivos aceitar ajuda e conseguir
de aprendizagem acalmar-se comda
e desenvolvimento o apoio
BNCC.
civilizações
relacionais e respeito
explorar
as criançasmútuo
brincadeiras,
bem para resolução
tipos devivem,
pequenas dos conflitos,
alimentação
aceitando epor
de meio de estratégias
organização
e respeitando social
a Ao
Paraformular
do(a) professor(a)
as crianças objetivos de aprendizagem
ao vivenciar
pequenas, um conflito
é possível e desenvolvimento
construir relacional.
objetivos específicos
O currículo
específicos local para oainda,
pode,
relacionados a
Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03EO07) pacíficas e do
característicos
situação e, ao diálogo.
depequenas
mesmo Nesseculturas.
diferentes
tempo, contexto,
ajudando-as garantir que as crianças
a reconhecer, expressar pequenas vivam
eexplorações.
conversar currículo, é desejável
abordar atitudes
habilidades a serem
para resolver detalhar noções,
desenvolvidas,
problemas habilidades,
como, por
relacionais, como,atitudes
exemplo, e/ou especificidades
interessar-se
por exemplo, usar por
O EU, O OUTRO E O NÓS As crianças
diferentes bem
situações de aprendem
interação e que por meio
possam de suasiniciativa
tomar interações na ebusca por
e 11 meses) sobre
Usar estratégias pautadas no respeito mútuo para lidar com conflitos nas interações com crianças e adultos. resolver
Ao seus sentimentos,
vivenciarem variadas apoiando-as
situaçõesque de na criação de estratégias
interação, para a resoluçãode diferentes locais para
tentar resolver cada um dos
os conflitos
estratégias objetivos
simples relacionais de
para resolver aprendizagem
com o(a) e desenvolvimento
professor(a)
conflitos ou utilizar emestratégias
situações deda BNCC.
pacíficas
os problemas
dos conflitos. relacionais aparecem,nas de quais
formatêm cadaa vez oportunidade
mais Para as crianças
brincadeira.
ao tentar resolver bem pequenas,
conflitos com outrasé possível construir
crianças, objetivos
buscando específicosa posição
compreender
decidir o que explorar
independente, contribui e como
para que resolver
percebam pequenos problemas, vão,
as necessidades aos poucos,
dos outros e
desenvolvendo um parasentido de autoconfiança. relacionados à imagem positiva de si, como,
e o sentimento do outro. O currículo local pode, ainda, abordar atitudes a serem por exemplo, reconhecer sua imagem
busquem soluções resolver seus conflitosAssim, de forma vãoque se reconhecendo
satisfaça a todas como as corporal no espelho
desenvolvidas, como,oupor brincando
exemplo,deusar luz estratégias
e sombra, manifestando
para resolver seus prazer em brincar
conflitos
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02EO02) alguém
criançasque é capazna
envolvidas desituação,
fazer coisas e para por que si mesmo
possam e sentindo
também orgulho discutir em em grupo
suas
desenvolvimento de sua autonomia com
seu corpo
relacionais por meio de
considerando gestos que
soluções e movimentos
satisfaçam ou apontar
a ambas as partes
partes.do seu corpo e
O EU, O OUTRO E O NÓS meses a 3 anos e 11 meses) Demonstrar imagem positiva de si e confiança em sua capacidade para enfrentar dificuldades e desafios. conquistas,
situações-problema o que também ou formas é importante
de planejar paraumoevento. mostrar a correspondência destas em seus colegas. O currículo pode considerar
e independência. Nesse contexto, é importante oportunizar às crianças bem
objetivos específicos relacionados à autoconfiança, como, por exemplo,
pequenas diversas situações de exploração e interação nas quais tenham a demonstrar satisfação com suas características e possibilidades corporais e na
oportunidade de iniciar suas ações, tomar decisões, fazer escolhas e resolver conquista de objetivos simples. O currículo local pode, ainda, abordar atitudes a
problemas em um ambiente seguro e estimulante, com professores(as) que
valorizam e apoiam suas iniciativas e preferências. serem desenvolvidas, como, por exemplo, interessar-se por cuidar da imagem de si
mesmo por meio da sua apresentação pessoal, de seus pertences e da
manifestação de gostos e preferências por brincadeiras e atividades.
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS

Campo de experiências Faixas Etárias Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento

(EI03CG01)
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos
e 11 meses) Criar com o corpo formas diversificadas de expressão de sentimentos, sensações e emoções, tanto nas
situações do cotidiano quanto em brincadeiras, dança, teatro, música.

(EI02CG05)
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 Desenvolver progressivamente as habilidades manuais, adquirindo controle para desenhar, pintar, rasgar,
meses a 3 anos e 11 meses)
folhear, entre outros.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02CG01)


meses a 3 anos e 11 meses) Apropriar-se de gestos e movimentos de sua cultura no cuidado de si e nos jogos e brincadeiras.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) (EI01CG01)


Movimentar as partes do corpo para exprimir corporalmente emoções, necessidades e desejos.

(EI01CG02)
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) Experimentar as possibilidades corporais nas brincadeiras e interações em ambientes acolhedores e
desafiantes.

Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02CG02)


CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Deslocar seu corpo no espaço, orientando-se por noções como em frente, atrás, no alto, embaixo, dentro,
meses a 3 anos e 11 meses)
fora etc., ao se envolver em brincadeiras e atividades de diferentes naturezas.

(EI03CG02)
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos
e 11 meses) Demonstrar controle e adequação do uso de seu corpo em brincadeiras e jogos, escuta e reconto de
histórias, atividades artísticas, entre outras possibilidades.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) (EI01CG03)


Imitar gestos e movimentos de outras crianças, adultos e animais.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03CG04)


e 11 meses) Adotar hábitos de autocuidado relacionados a higiene, alimentação, conforto e aparência.

Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02CG03)


CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Explorar formas de deslocamento no espaço (pular, saltar, dançar), combinando movimentos e seguindo
meses a 3 anos e 11 meses) orientações.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03CG03)


e 11 meses) Criar movimentos, gestos, olhares e mímicas em brincadeiras, jogos e atividades artísticas como dança,
teatro e música.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) (EI01CG04)


Participar do cuidado do seu corpo e da promoção do seu bem-estar.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02CG04)


meses a 3 anos e 11 meses) Demonstrar progressiva independência no cuidado do seu corpo.

(EI01CG05)
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) Utilizar os movimentos de preensão, encaixe e lançamento, ampliando suas possibilidades de manuseio de
diferentes materiais e objetos.

CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03CG05)


Coordenar suas habilidades manuais no atendimento adequado a seus interesses e necessidades em
e 11 meses) situações diversas.
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Ao formular objetivos de aprendizagem e desenvolvimento específicos para o
MATERIAL
Para que as crianças SUPLEMENTAR pequenas PARApossam O REDATOR
criar formas DEdiversificadas
CURRÍCULOde - NÃO FAZ PARTE
expressão, DA BNCC
é currículo, é desejável detalhar noções, habilidades, atitudes e/ou especificidades
importante que tenham oportunidades de expressar-se de diferentes formas, seja locais para cada um dos objetivos de aprendizagem e desenvolvimento da BNCC.
Para as crianças
pelo teatro, pelabem dança, pequenas,
música o movimento
ou suas brincadeiras, físico ebem as habilidades
como de manuais suas
conhecer têm Para as crianças pequenas, é possível construir objetivos específicos relacionados
Campo de experiências Faixas Etárias Objetivos de aprendizagem e desenvolvimento um papel muito Abordagem
importante nodas apoio experiências
às suas aprendizagens.de aprendizagem Sugestões para o currículo
características físicas, seus gostos, interesses, suas sensações Quando e frustrações. elas às ações de expressões de seus sentimentos, sensações e emoções. Por exemplo,
conseguem
Conhecer controlar
e aceitar suas seus movimentoscorporais,
características e manipular materiais de diferentes
expressando-as de diferentes tipos, representar-se em situações de brincadeiras ou teatro, apresentando suas
Ao formular objetivos de aprendizagem e desenvolvimento específicos para o
tamanhos
formas, é uma e pesos, importantecomeçam a se sentir
conquista paramais confiantesde
a construção emsua suas explorações
imagem corporal e características
currículo, corporais,
é desejável seus interesses,
detalhar sentimentos,
noções, habilidades, sensações
atitudes ou emoções ou
e/ou especificidades
buscam novas práticas e descobertas. Aprender a medir sua força, adequar os
Crianças pequenas (4 anos a 5 anos (EI03CG01) positiva. Nesse contexto, é importante que as crianças pequenas possam participar Ao
movimentos de
reconhecer
locais para cada
formular algumas um dos
objetivos dedesuas fortalezas,
objetivos
aprendizagem como
de aprendizagem noções,
e desenvolvimento habilidades
e desenvolvimento
específicos ou atitudes, o e
da BNCC.
para
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Criar com o corpo formas diversificadas de expressão de sentimentos, sensações e emoções, tanto nas As
de crianças
situações, bem emseuspequenas
pares dedos e exercitar
se
ou pequenos interessam sequências
grupos, pelos nas e padrões
adultos
quais e outras
possam dese movimentos
crianças
expressar comde são
as conseguir
Para
currículo, éusá-las
as crianças desejávelbemem pequenas,
suas
detalhar atividades diárias.
que começam
noções, habilidades,O acurrículo
realizar
atitudes pode
novos e/ouconsiderar
movimentos
especificidadesobjetivos
na
e 11 meses) desafios importantes nesse
situações do cotidiano quanto em brincadeiras, dança, teatro, música. quais
formasconvivem
diversificadas, e aprendem, como,momento em exemplo,
por diferentes de suas vidas. Nesse
situações
expressar-se contexto,
decorporalmente
interação, poré importante
meio da específicos
medida
locais paraemcadarelacionados
que progridem
um dos objetivosà habilidade
nas suas de criar com
dehabilidades
aprendizagem oecorpo
manuais, éformas
possível
desenvolvimento deconstruir
expressar
da BNCC.
que as
observação crianças e bem
imitação pequenas
de seus possam
gestos
distinguindo emoções e sentimentos, em si mesmo e nos seus colegas, em e vivenciar
movimentos. situaçõesGarantir relativas
situações ao e tempo seus as sentimentos, sensações e emoções, como, por exemplo, expressar seuserem
mundo
objetivos
Para específicos
crianças bem relacionados
pequenas, às habilidades
é possível construir manuais
objetivos importantes
específicos de
desenvolvimento
para que as crianças de suas
possam habilidades
observar
situações cotidianas, em imagens observadas ou em narrações escutadas. É manuais,
umas às como,
outras, por exemplo,
explorar que:
conjuntamente possam interno por meio da representação
(EI02CG05) montar
gestos e um brinquedo,
movimentos e pegar
ensinar objetos
umas e
às manuseá-los
outras em com
situações certos cuidados,
significativas por
contribui
conquistadas.
relacionados àPor exemplo,
ampliação noçõesde
decoordenar seus sentimentos,
o movimento
e habilidades das mãos
a partir fantasias paraou
da observação emoções,
segurar o gizou
e do
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 desejável também que brinquem de andar como robôs, como zumbis, como expressar
de cera, com
contato e comunicar
canetas,novos lápis
gestosesuas e características
fazer suas marcasda
movimentos porsuameio
gráficas; de diferentes
mudar
cultura. Por a página
exemplo, movimentos.
livro ou O
doconversar
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Desenvolver progressivamente as habilidades manuais, adquirindo controle para desenhar, pintar, rasgar, exemplo,
para
gatinhos que ou umcomo
ampliem origami seus deconhecimentos
maria-mole, papel que dentre exige e suavidade
outrassuasformas,habilidades noe toque,
quenas possammateriais criarpegajosos
explorações e
histórias e com
currículo local pode,
meses a 3 anos e 11 meses) explorar materiais
professores(as) deeainda,
construção
outras destacar ações
e brinquedos
crianças sobre típicas de de
o cuidado sua
encaixe e acultura
de local,
diferentes
atenção no uso além de
tamanhos
dos
folhear, entre outros. etc.; possam
descobertas
narrativas participar
que fazem de
, dramatizando-as sobre práticas osnas
si mesmas,
com quais
colegas, nastenham
relaçõesoportunidade
apropriando-se com o outro mundo aoa Ao
edeo aprimorar
de diferentes
formular
eabordar atitudes
objetivos
a serem
de aprendizagem
desenvolvidas,
e desenvolvimento
comopara aceitar
específicos para o
coordenação visio-motora fina, utilizando movimento debem preensão com pinça formatos;
diferentes
currículo, começar
éespaços
desejável daadetalhar
usar
escola, a tesoura
noções,simples
observar e imitar
habilidades, gestos ee movimentos
recortar;
atitudes valorizar
e/ou suas
adaptar atípicos
formados
especificidades como
seubebês
Os redor.buscam,
gestualidades Nesse contexto,
desde cedo,
expressivas. é importante
contato que
com as crianças
adultos e outras pequenas
crianças formaem
devivenciem a locais
características
segura instrumentos
profissionais
para da
cada corporais,
escola
um gráficos
dos e expressando-se
de sua
objetivos(pincel grosso,
comunidade
de de fino,
aprendizagem diferentes
próxima, pincel
e formas
de rolinho,
cantar
desenvolvimento e construindo
canções gizimitando
de
dacera, uma
BNCC. giz
os
diferentes
situações
se comunicarem situações
em queepossam de usoacolher
criarem umde objetos,
sentido as formas como
de delápis,
expressão
pertencimento pincel,aumas caneta
um grupo.das ououtras,
jogos
Conforme de as imagem positiva de si mesmo.
pastelosetc.)
gestos
Para ou
bebês, paraé conseguir
seguir ritmos
possível diferentes
diferentes
construir de marcasespecíficos
músicas
objetivos gráficas.
com O relacionados
movimentoscurrículocorporais.localaopode, O ainda,
conteúdo
Crianças bem pequenas (1 ano e 7 (EI02CG01) encaixe comsuas
valorizando
experiências peças
que diferençaspequenas;
vivem ou, ainda,
e apoiando
no contato com suas possam carregar
investigações
professores(as) objetos,
e descobertas
e pares, têm controlando
a sobre as e trazer objetivos específicos relacionados aos objetos, brinquedos ou jogos de sua
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS equilibrando-os currículo
a ser pode
expresso —considerar
por exemplo,a complexidade
expressar, dos
por gestos
meio do e movimentos
corpo, de seus — por
gestos e
meses a 3 anos e 11 meses) Apropriar-se de gestos e movimentos de sua cultura no cuidado de si e nos jogos e brincadeiras. diferentes
oportunidade deenquanto
linguagens, aprimorar sobre estão em
os objetos,
suas formas ação, dealém
os materiais, de construir,
expressão, o fazendo
repertóriocom uso auxílio
cultural
de seu do(a)
de
corposua e cultura local, além de abordar atitudes a serem desenvolvidas, como interessar-se
exemplo,
movimentos, apreciar,
desconfortoexplorar e valorizar
quando está a escuta
com a de
fralda diferentes
suja, estilos
ansiedade, de música,
medo, afeição
Os bebês
comunidade
conseguindo experimentam
professor(a), ebrinquedos de outras suas
comunicar o mundo
comemoções,
culturas. sucatas, pelos
É importante,seus
enecessidades sentidos,
casas outambém, castelos usandocompossam
que
e desejos. movimentos
areia, tocos
Experiências de de Ao formular objetivos de aprendizagem e desenvolvimento específicos para o
participar por conhecer
dança e outrasnovos objetos
expressões dae cultura
seus usos oudofunções
corporal ou criar ou novos
amanter seu interesse
movimentos a e gestose
simples
madeiraem
situações
positivas ede
de suas
outros explorações.
materiais,
brincadeiras
comunicação de
são São
brincar
fazmuitodemuitas
de
conta, as
cantar,
importantes conquistas
de dançar,
utilizando para como dos
que bebês
dereferência
osdesenhar,
bebês nesse enredos,
ganhem escrever, etc.
demomento É possível,
currículo,
também, considerar, além conteúdo ser expresso,
de
de suajogarvida em relação àdo descoberta dedesocial;
novos movimentos de seu corpo edo partir deéapresentações
aperseverança
manifestação desejável
nos
de suas jogos detalhar
deartísticas
expressões noções,
encaixe habilidades,
noeassistidas.
equilíbrio
contato Ofrente
com atitudes
currículo
o(a) aos
professor(a) e/ou
desafios
local pode, especificidades
encontrados.
ouainda,
outras
(EI01CG01)
cenários
confiança
Crianças futebol,
eepersonagens
bem aceitação
pequenasde jogar nas bola
seuao
suas
apropriam-se formascesto,
entorno comboliche,
explorar
interesse esconde-esconde,
interessar-se
e descobrir
doao espaço poras àensinar
sua mapa
relações volta, ena
jogos o deem Ao
seja locais para
formular
destacar
crianças —oscada um dos
objetivos
objetos,
por exemplo, deobjetivos
aprendizagem
materiais,
perceber de
expressõesaprendizagem
e desenvolvimento
o desconforto culturais ecolega
desenvolvimento
docorporais, eespecíficos
oferecer da BNCC.
para
danças, acolhimento
músicas o e
relação
tesouro, àdessas
brincar conquistas
de estátua comou de aosdescoberta do mundo seu redor. Nesse
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses)
Movimentar as partes do corpo para exprimir corporalmente emoções, necessidades e desejos.
mundo
sua cultura
sala
contexto,
sua
oué
familiar
no volta.
espaço
importante
e aprender
Nesse contexto,
externo,
promover aoser jogos malabarista
arélivre.
situações
deGostam
importanteseus
interessantes
dedecirco,
colegas;
que brincar dentre
os relatar
bebês
que ao outros
práticas
tenham
lado
mobilizem umas de cuidado
a das Para os bebês,
currículo,
brincadeiras
pelo toque, sãosão
é desejável
que
começar muitos
adetalhar
típicas osde
perceber desafios
noções,
suaque ehabilidades,
região,
suas conquistas,
de sua
emoções, principalmente
atitudes
cultura,
necessidadese em
e/ou especificidades
apontar e as seu têm
desejos
personagens
de si em
experiências casa que
e escutar
quanto a criança usoconhece
com
aopelos atenção
do corpo, da
osde escuta
formaede
relatos dos
que histórias.
colegas;
possam imitar,
agir paranas situações
exprimir de locais
suas primeiro
outras e se
automotivação
brincadeira,
interessam
gestos e a curiosidade
e movimentos
objetos,
do porbebê pessoas
aprendidos nas da ações
explorações.
com
ao seu
os colegas Nessas redor.
ou
Brincar
explorações, aoosseu efeito nosano
para
aprendizagens cadadea um
outros, vida.
serem dosOconquistadas
participarcurrículo
objetivos pode
de situações construir
de aprendizagem
pelas crianças.
coletivas objetivos
deePor
danças específicos
desenvolvimento
exemplo, ou outras imitar relacionados
da BNCC.
e criar
formas da
emoções,
lado,
bebês mostrando
utilizam
necessidades desafios, e desejos
diferentes meio
formas de interação.
ocupar Além
o espaço eprofessores(as)
disso, se édeslocar
importante nele, Paraàs suas
cultura possibilidades
as corporal.
movimentos crianças bem
na dança corporais,
pequenas,
O currículoa partir como
doque
local rolar,
começam
contato
pode, com
ainda, levantar
a ampliar
diferentes
destacar o corposeu
gêneros
situações ao estar
sentido dedeitado
musicais, espaço
de relevância no—
imitar ea
em
que situações
suas relações deseu corpo
conversa,
com para
os(as) se comunicar,
cuidados
professores(as)ou jogos; se expressar
incorporar
garantam e descobrir
a algumas
construção dea sivínculos
práticas mesmos
de chão, sentar com ou semsua autonomia, engatinhar ou sedeslocamentos
arrastar pelo
(EI01CG02) chamando
eprofundos
o mundo deeao
atençãoseu redor, de como como, seus pares fazem, são ações que apoiam desuas interessar-se
movimentos
porformular
exemplo, por
dos explorar
artistas
expressar nonovas
uso do
angústiadescobertas
barro
frente e paraà em seus
a modelagem,
despedida brincar
dosespecíficos
pais, seuespaço,
de ele,oué a ao
porpescar
desagrado
cuidado
explorações sieestáveis.
voltadas
descobertas para
Para sobre épor
vestir-se
isso, o
exemplo,
espaço. teraoprofessores(as)
e alimentar-se,
relevante Nesse
imitar além
contexto,
movimentos
deésituações
responsivos,
importante
outros
de descanso
que que Ao
pode
possíveltambém objetivos
construir
partir da observação construir deobjetivos
objetivos
dos
aprendizagem
específicos
pescadores, específicos desenvolvimento
relacionados
relacionados
fazendo relações à exploração
entre a ações
a pares que
situação mais para o do
realizam
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS Bebês (zero a 1 ano e 6 meses) Experimentar as possibilidades corporais nas brincadeiras e interações em ambientes acolhedores e bebês
e higiene
observam ou pessoal.
professores(as)
e escutam nas situações
atentamente suas de jogos e brincadeiras,
diferentes formas dede segurar
sesituações
comunicar objetos
e de se espaço.pegarem
currículo, seu brinquedo
é desejável em
detalhar uma situação
noções, de exploração
habilidades, atitudes entre e/ou ou vivida
sua e o
especificidades
crianças bem pequenas tenham oportunidade de participar de coordenadas
enredo,
felicidade Por ao de
exemplo,
cenários seus movimentos
localizar
e personagens
realizar umaobjetivos um
atividade em e um
brinquedo
situaçãomaior
gostade e domínio
buscá-lo,
faz de destes
reconhecer
conta. — por exemplo,
onde se
desafiantes. com
As as mãos
crianças
expressar, que e oscompreendem
epequenas pés,aprendem
passar objetos que o de
a aprimorarcorpoumado mão
suas bebê para
habilidades
é um outra, chutar
doscorporais
principais bola, a andar brincar
emeios locais para
com cada um
o próprio dos corpo, deque
envolver-se aprendizagem
em
muito
brincadeiras eou, ainda, exemplificar
desenvolvimento
ao de cobrir
quais
da BNCC.
efazendo
descobrir
deslocamento
segurando-se de seu
nos corpo noarrastar-se
mobiliários, espaço de diversas formas. Por exemplo, virar o corpo encontram gêneros de seus
danças pertences
ou expressões pessoais, explorar
culturais o espaço
corporais típicas seu de redor
sua cultura as o
adequar
pelos quais
explorando seus osmovimentos
ele se expressa
diferentes às
desafiossuasoferecidos
e significa suasem
intenções busca
na
vivências.
pelo medida de brinquedos,
espaçoem com quemaioros(as) autonomia e movimentos Para
rosto as
criançasoucrianças
alguma
apreciamcomo pequenas,
outra
saltar,
nessa parte édo possível
correr,
faixa corpo, construir
—eficar
se arrastar,
etária por em
brincar
exemplo,
objetivos
pé com com ouespecíficos
os
participar sem
colegas autonomia,
de derelacionados
situações andare
esconder
com a intenção
professores(as) de apoiam
as pegar um brinquedo,
a pensar sobrepegar, amassar,
a consequência empilhar,
de saltitar, montar,
seus movimentos
(EI02CG02) presteza
encaixar, por meio de movimentos como andar, decorrer, saltar, pularpesos, parae achar às
comsituações
cada
coletivasbrinquedos
de
que
vezdança
mais implicam
destreza,
edeobjetos
frevo,
ono controle
subir pequenos
espaço, a adequação
bem
comcomo degraus do
o boi experimentar
uso dodescer.
etc.e depois
corpo.
novasO Por exemplo,
currículo
explorações
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS
Crianças bem pequenas (1 ano e 7
Deslocar seu corpo no espaço, orientando-se por noções como em frente, atrás, no alto, embaixo, dentro, comportamentos
baixo, subir,
mover,
escalar,
lançar
frente longe,
às suas
arrastar-se,
chutar objetos
experiências
pendurar-se,
diferentes
explorações
balançar-se,
formas,
equilibrar-se
cores,
e descobertas. etc, Nesse adaptarlocal pode,seus movimentos
ainda, trazer àsbrincadeira
exemplos situaçõesde proporcionadas
brincadeiras que nas
são brincadeiras
tradicionais decoletivas,
sua
meses a 3 anos e 11 meses) texturas, tamanhos
contexto, éem importante etc.proporcionar
Ainda, brincam com água,
práticas às com com terra,
crianças pequenas,areia, palhaem pequenos e outros de pequenos grupos ou duplas, participar de conversas em pequenos grupos do
a partir de diferentes perspectivas, olhando pela janela, em cima da mesa ou
fora etc., ao se envolver em brincadeiras e atividades de diferentes naturezas. brincando
Os bebêstrios, têm pares,
um trios ounatural
interesse pequenos por em grupos,
outras crianças, jogos que envolvam
adultos e por animais. cultura e que do
escorregador envolvem
parqueoetc. corpo do adulto
O currículo e o corpo
pode considerar da criançaobjetivos como brinquedos e
específicos
elementos
grupos, naturais,
pares ebrincam de
individualmente, procurar e que
achar objetos
possam escondidos,
testar diferentes deformas
esconder- de relacionados
escutando seus colegas e deesperando a dos
sua vez de
marcações
Promover
se e seremesituações visuais no queambiente (amarelinha, por exemplo) deouespaços
por meio de também considerar
à resolução as especificidades
problemas espaços
simples nafalar ou adequar
externos
exploração dado seus como,
instituição
espaço, ou
controlar
brincadeiras
encontrados,
adequar
de encontrar o usoincentivem
dedochutar
seu corpo,
“tesouros”
seu econtato,
bola
ou
de entrar
como,