Vous êtes sur la page 1sur 1

Programas de gestão de carreiras precisam ser revistos, Towers Watson, 2014.

O texto, publicado em janeiro de 2015, disserta sobre um estudo realizado pela empresa de
consultoria Towers Watson Global Workforce Study realizada entre abril e junho de 2014 que
constatou que os programas atuais de gestão de carreiras das empresas são majoritariamente
ineficientes e precisam ser revistos.

Durante o texto são apresentados dados coletados na pesquisa que contou com a participações
de 1.637 empresas de diversos ramos em todo o mundo e mais de 32 mil empregados. Esses
dados nos mostram que os caminhos para um empregado desenvolver sua carreira e galgar
cargos mais elevados dentro de sua empresa, geralmente, não são bem definidos. Melhorias
ainda são necessárias. Além disso, os gestores ainda precisam se capacitarem mais para colocar
em prática de maneira eficiente os programas de gestão de carreiras já existentes. Muitas
empresas assumem que seus gerentes não são tão eficazes nesse quesito. Há ainda espaço para
a implementação de diversas novas tecnologias que ajudariam nesse processo.

Outro ponto que podemos ainda destacar no texto é o fato de a pesquisa ter trazido à tona uma
situação bastante peculiar; de que a maioria das empresas nem mesmo sabem se seus
programas de gestão de carreira são eficientes. O texto nos traz o dado de que apenas 31% das
empresas fazem um monitoramento de seus programas.

No texto, profissionais da própria empresa realizadora da pesquisa falam sobre o tema. Glaucy
Bocci, diretora de Gestão de Talentos da Towers Watson, destaca que o segundo principal
motivo para os colaboradores saírem de suas empresas é a falta de oportunidade de
crescimento, perdendo apenas para a saída devido descontentamento com as remunerações. A
diretora salienta também que a tarefa de gerir a carreira dos colaboradores não é apenas do RH.
Raphael Freire, consultor da mesma empresa defende a necessidade de inovar na gestão de
pessoas para que haja a criação de novas oportunidades.

Pode-se perceber que a pesquisa nos traz um panorama bem interessante sobre a atual
conjuntura do desenvolvimento de carreiras. Ter esse conhecimento sobre a situação nos ajuda,
como profissionais de gestão de RH, a entender que é crucial para toda empresa se dedicar no
desenvolvimento de um programa de gestão de carreiras eficiente e que há sempre espaços
para melhorias para impedir o turnover. Uma pesquisa como essa lança luz sobre a necessidade
da capacitação de gestores para que se crie na empresa uma cultura de trabalhar sempre para
o desenvolvimento de seus profissionais.

Este texto é útil para todos os profissionais de RH e gestores de empresas que desejam contribuir
proativamente para a crescimento de suas organizações e para o desenvolvimento de seus
recursos humanos: os profissionais.

Centres d'intérêt liés