Vous êtes sur la page 1sur 29

DINÂMICA CLIMÁTICA

Objetivo da aula: Entender porque os climas são diferentes em


distintos pontos da superfície terrestre

Ex: Efeito estufa; furacões,


PROCESSOS precipitações, tempestades, ondas de
ATMOSFÉRICOS calor, chegada de frente fria, etc.

Comportamento dos
ELEMENTOS DO TEMPO
•Temperatura do ar
•Umidade do ar -precipitação
Natureza do solo
•Pressão atmosférica - ventos Distância do mar

Vegetação Latitude
Prof. Fabiano Magdaleno
Correntes Marinhas Altitude

FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA 1


POR QUE ESTUDAR CLIMATOLOGIA?

Agricultura Importância socioeconômica Enchentes

Abastecimento de energia e água


Bolsa de Valores
Modo de vida da sociedade

CLIMA “Variável”
Classificação - características da
atmosfera observadas continuamente
durante um longo período
≠ Condição momentânea da atmosfera
(temperatura, umidade e pressão)

Comportamento médio da atmosfera


“Constância relativa” – representa uma
generalização
TEMPO
Conclusão: A forma como o tempo atmosférico varia ao
longo do ano é a base para as classificações climáticas 2
ELEMENTOS DO TEMPO
Qualidades físicas da atmosfera que são quantificáveis
Temperatura do ar Quantidade de calor retido na atmosfera.
Amplitude térmica é a diferença entre a temperatura máxima e mínima (diária,
mensal, anual).

Umidade do ar Quantidade de vapor d’água contido no ar.


A umidade relativa é medida em porcentagem, referindo-se a quantidade máxima
de vapor que a massa de ar poderia conter.
A precipitação é a caída de água, em forma líquida ou sólida, procedente das
nuvens. Normalmente é medida em mm.
Para ocorrer a chuva: 1º -elevação do ar com umidade; 2º -resfriamento da massa de
ar na alta atmosfera; 3º -contração do ar resfriado; 4º -condensação do vapor d’água.
Tipos de chuva: Convectiva, Frontal ou Orográfica.

Pressão atmosférica Peso que uma coluna de ar exerce sobre a superfície.


As diferenças de pressão produzem os ventos que circulam das zonas de Alta
Pressão (AP) para as de Baixa Pressão (BP).
3
Os ventos são deslocamentos horizontais de ar - podem ser planetários ou locais.
4
5
Circulação atmosférica

6
7
8
FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA

1) LATITUDE Distância em relação a Linha do Equador

1ª relação

Causa: A forma arredondada da Terra faz com que mais próximo aos pólos os raios
solares incidam mais inclinados sobre a superfície, gerando menor aquecimento.
FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA

1) LATITUDE Distância em relação a Linha do Equador

2ª relação

Causa: O ar mais quente é mais leve (em locais com a mesma altitude), exercendo
menor pressão sobre a superfície terrestre.

Ventos planetários Ventos locais


Alísios - Sopram dos Trópicos em direção a ZCIT (Equador)
Contra-Alísios – Correntes de ar que circulam na alta atmosfera no sentido
oposto aos Alísios e descem nas áreas próximas aos Trópicos
Conclusão: os desertos do Saara e Australiana são cortados pelos trópicos e estão em áreas
de alta pressão atmosférica (anticiclones) que recebem o ar descendente vindo do Equador
(os ventos Contra-Alísios)
BP AP

O solo se esquenta duas vezes


mais rápido que a água

AP BP

O solo se esfria duas vezes


mais rápido que a água 16
As Monções
AP

BP

BP

AP
FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA

1) LATITUDE Distância em relação a Linha do Equador

3ª relação Latitude

Pluviosidade total
Causa: Nas áreas de menor latitude a temperatura média é maior, sendo maior também
a evapotranspiração.
FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA

2) ALTITUDE Distância em relação ao nível do mar

1ª relação
Altitude

Temperatura média
Causa: À medida que subimos, o ar vai se tornando mais rarefeito (com menor
quantidade de moléculas) e, consequentemente, absorve menor calor emanado da
superfície terrestre.
FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA

2) ALTITUDE Distância em relação ao nível do mar

2ª relação
Altitude

Pressão atmosférica
Causa: O ar mais rarefeito pesa menos, exercendo menor pressão sobre a superfície
terrestre.

3ª relação
Altitude

Nebulosidade
Causa: O ar mais frio possui menor capacidade de conter vapor d’água, estando sempre
mais próximo da saturação (apesar de muitas vezes possuir pouca umidade total).
FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA
3) MARITIMIDADE E
CONTINENTALIDADE Distância do mar

1ª relação
Maritimidade

Amplitude térmica
OU

Continentalidade

Amplitude térmica
Causa: As áreas mais próximas a grandes corpos d’água têm maior quantidade de vapor
d’água na atmosfera. O vapor d’água possui a propriedade de retenção de calor emanado
pela superfície terrestre. Assim, nas áreas com mais vapor d’água na atmosfera, as
diferenças diárias e anuais de temperatura tendem a ser menores.
B A
Continente Mar
Dia: 35°C Dia: 35°C
Noite: 10°C Noite: 20°C
Amplitude diária: 25ºC Amplitude diária: 15°C

Calor emanado pela superfície


Vapor d’água
Calor retido pelo vapor d’água
Raio solar
Calor perdido pela atmosfera
FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA
4) CORRENTES Massas de água que migram ao longo dos oceanos,
MARÍTIMAS devido as diferenças de salinidade e temperatura
da água e à ação dos ventos e da rotação da Terra

Efeito global Redistribuição do calor pela superfície terrestre


Efeito local Alteração da temperatura e da umidade da atmosfera

Correntes quentes: Vão do Equador em direção as latitudes mais elevadas. Aquecem as águas
superficiais e levam calor e umidade para a atmosfera local.
Correntes frias: Vão dos polos para as latitudes mais baixas. Diminuem a temperatura do ar e
tornam a atmosfera local mais seca.

Obs: O encontro de correntes frias e quentes aumenta a disponibilidade de plâncton, o que


atrai cardumes (fenômeno da Ressurgência) .
Principais correntes marítimas e suas influências no clima

Correntes Área de Influência Efeitos

Humboldt Pacífico Sul Formação do deserto de


Atacama (Peru e Chile)
Benguela Sudoeste africano Formação do deserto de
Kalarari
Gulf Stream Norte da Europa Evita o congelamento do
mar do norte
Califórnia Am. do Norte (porção Formação do deserto da
do Pacífico) Califórnia
FATORES GEOGRÁFICOS DO CLIMA
5) VEGETAÇÃO

Efeitos locais Diminuição a insolação da superfície (devido às áreas sombras)


reduz a temperatura média da atmosfera

Aumento da umidade do ar devido a transpiração dos vegetais

6) NATUREZA DO SOLO Tipos de superfície

Diferentes tipos de superfície refletem diferentes porcentagens da luz solar incidente


(possuem albedos ou índices de reflexão diferentes)