Vous êtes sur la page 1sur 10

Saúde Mental

Uma avaliação individual por escrito, valendo 10.


Seminário temático em grupo, valendo 10.
Avaliação final, valendo 6.
Participação, reconstrução de raciocínio, valendo 4.

GULJOR; ALVES, O cuidado em Saúde Mental


NEVES, C.A.B. et al. Teoria e práticas psicológicas em instituições públicas: uma
abordagem transdisciplinar da clínica. Cad. Subjet., v.1, n.1, p.176-86, 1993.
Por uma concepção e prática clínica culturalmente sensível para com a loucura.
ESCRITOS MILITANTES.

1) Apresentação do curso e Posicionamento da psicologia em relação à Saúde mental


(07/08/2018 - 07/08/2018)
Posicionamento da psicologia em relação ao problema da saúde e da doença mental.
Normal, anormal e patológico. As muitas faces da loucura.

Texto complementar: O múltiplo nascimento da psicologia. Em: Ferreira A.; Jacó-Vilela,


A.; Portugal, F. (Org.) História da psicologia: rumos e percursos. Rio de Janeiro: Nau Ed.

2) Desrazão e Loucura: traços da história no presente (09/08/2018 - 09/08/2018)


BIRMAN, J. Loucura, singularidade, subjetividade. In: Conselho Federal de Psicologia.
Loucura, ética e política: escritos militantes. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

Complementar: PRADO, G. A. S.. Revisitando a História da loucura: experiência trágica,


exclusão, captura e tutela. Estudos Contemporâneos da Subjetividade, v. 6, p. 223-238,
2016.

3) Saúde mental, territórios e fronteiras. Uma instituição para loucos, doentes e sãos.
(14/08/2018 - 14/08/2018)
Cap. 1 e 2 de AMARANTE, P. Saúde Mental e Atenção Psicossocial. RJ: Editora Fiocruz,
2007.

Complementar: Desviat, M (1999). A institucionalização da loucura. In. ____ Reforma


psiquiátrica. RJ: FioCruz.

4) As diversas representações da loucura e seu processo de institucionalização


(16/08/2018 - 16/08/2018)
AMARANTE, P. O paradigma psiquiátrico. In:_____. O homem e a serpente: outras
histórias para a loucura e a psiquiatria (pp. 37-64). Rio de Janeiro: Fiocruz, 1996.

Complementar: Desviat, M (1999). Os primeiros movimentos da reforma psiquiátrica (I).


In. ____ Reforma psiquiátrica. RJ: FioCruz.

5) Revisitando paradigmas do Saber Psiquiátrico (21/08/2018 - 21/08/2018)


Revisitando paradigmas do Saber Psiquiátrico Cap. 1 de AMARANTE, P. Loucos pela
vida: a trajetória da reforma psiquiátrica no Brasil. (30 p.)

6) Das Psiquiatrias reformadas às Rupturas com a Psiquiatria. (23/08/2018 -


23/08/2018)
Das Psiquiatrias reformadas às Rupturas com a Psiquiatria Cap. 3 de AMARANTE, P.
Saúde Mental e Atenção Psicossocial. RJ: Editora Fiocruz, 2007.

7) Prevenção, preservação e progresso em SM (28/08/2018 - 28/08/2018)


Contribuição EUA: Reorganização da medicina + Modelo Caplan da Psiquiatria
comunitária preventivista
LANCETTI, A. Prevenção, preservação e progresso em SM – SL1

8) Psicoterapia institucional e Análise institucional: introdução (30/08/2018 -


30/08/2018)
GUATTARI, F. Psicanálise e transversalidade. Introdução à Psicoterapia Institucional.

9) Psicoterapia institucional e Análise institucional (04/09/2018 - 04/09/2018)


ALTOÉ, S. Histórias de interseção entre Psicoterapia institucional e Análise institucional.
SL8

10) Reforma psiquiátrica, cidadania e cidade (06/09/2018 - 06/09/2018)


BAPTISTA, L. A. A reforma psiquiátrica e a presença na cidade. A cidade dos sábios.

11) A instituição inventada (11/09/2018 - 11/09/2018)


NICÁCIO, F. Da instituição negada à instituição inventada - SL1

12) Estratégias e caminhos para a Saúde Mental e a Atenção Psicossocial no Brasil


(13/09/2018 - 13/09/2018)
Cap. 4, 5 e Considerações Finais de AMARANTE, P. Saúde Mental e Atenção
Psicossocial. RJ: Editora Fiocruz, 2007.

13) Primeira Avaliação (18/09/2018 - 18/09/2018)

14) Desafios e atualidade da Reforma Psiquiátrica no Brasil (20/09/2018 -


20/09/2018)
Textos: O movimento antimanicomial no Brasil.
BEZERRA JR. Desafios da Reforma Psiquiátrica no Brasil. PHISIS.

15) Estratégia e modo psicossocial (25/09/2018 - 25/09/2018)


COSTA-ROSA, A. O modo psicossocial: um paradigma das práticas substitutivas ao
modo asilar. In: AMARANTE, P., (org.) Ensaios: subjetividade, saúde mental, sociedade.
Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2000.
YASUI, S.; COSTA-ROSA, A. A Estratégia Atenção Psicossocial: desafio na prática dos
novos dispositivos de Saúde Mental. Saúde em Debate. Rio de Janeiro, v. 32, p. 27-37,
2008.

16) A Psicologia e o Sistema Único de Saúde: interfaces e possibilidades (27/09/2018


- 27/09/2018)
BENEVIDES, R. A Psicologia e o Sistema Único de Saúde: quais interfaces?
GRIGOLO, T. A ética da atenção psicossocial: fundamentos e possibilidades. In:
Conselho Federal de Psicologia. Loucura, ética e política: escritos militantes. São Paulo:
Casa do Psicólogo, 2003.

17) Atuação em Psicologia na SM: Desinstitucionalização e Reabilitação (02/10/2018


- 02/10/2018)
ROTELLI, F.; LEONARDIS O. de; MAURI, D. Desinstitucionalização, uma outra via.
In: NICÁCIO, F. (Org.): Desinstitucionalização. 2ª Ed. São Paulo: Hucitec, 2001. p. 17-
59
SARACENO, B. Reabilitação psicossocial: uma estratégia para a passagem do milênio.
In: PITTA, A. (Org.). Reabilitação psicossocial no Brasil. São Paulo: Hucitec, 1996. p.
13-18.

18) Atuação em Psicologia na SM: Reabilitação psicossocial, clínica e processo


(04/10/2018 - 04/10/2018)
GOLDBERG, J. Reabilitação como processo - Caps. In: PITTA, A. (Org.). Rea-bilitação
Psicossocial no Brasil. São Paulo: Hucitec, 2001.
BEZERRA JR. A clínica e a Reabilitação psicossocial. In: PITTA, A. (Org.).
Rea-bilitação Psicossocial no Brasil. São Paulo: Hucitec, 2001.

19) Empowerment e cidadania em SM (09/10/2018 - 09/10/2018)


VASCONCELOS, E.M. Reinvenção da cidadania, empowerment no Campo da Saúde
Mental e Estratégia Política no Movimento de Usuários. In: AMARANTE, P. (Org.).
Ensaios: subjetividade, saúde mental e sociedade. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2000. p. 169-
194.

20) Clínica ampliada em saúde mental (11/10/2018 - 11/10/2018)


ESTELLITA-LINS, C., OLIVEIRA, V. M., & COUTINHO, M. F. (2009). Clínica
ampliada em saúde mental: cuidar e suposição de saber no acompanhamento terapêutico.
Ciência saúde coletiva. Rio de Janeiro, v. 14, n. 1, p. 195-204, fev.
O termo acompanhante terapêutico denomina profissionais envolvidos em práticas
clínicas fora do setting tradicional do consultório e clínicas psiquiátricas, em cuidados
domiciliares, embora alguns o situem entre modalidades psicoterápicas.
21) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial:
MATRICIAMENTO EM SAÚDE MENTAL NA ATENÇÃO BÁSICA/
CUIDADO E ATENÇÃO FAMILIAR (16/10/2018 - 16/10/2018)

22) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial:


ACOLHIMENTO E CUIDADO TERRITORIAL/CLÍNICA DO
ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO (18/10/2018 - 18/10/2018)

23) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: PROJETO


TERAPÊUTICO SINGULAR (23/10/2018 - 23/10/2018)

24) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: OFICINA


TERAPÊUTICA (25/10/2018 - 25/10/2018)

25) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: ATENÇÃO


À POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA (30/10/2018 - 30/10/2018)

26) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: ATENÇÃO


À CRISE EM SAÚDE MENTAL (01/11/2018 - 01/11/2018)

27) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: REDUÇÃO


DE DANOS E CLÍNICA AD (06/11/2018 - 06/11/2018)

28) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: RACISMO E


SAÚDE MENTAL INDÍGENA (08/11/2018 - 08/11/2018)

29) Revisão e dúvidas (04/12/2018 - 04/12/2018)

30) Avaliação final (06/12/2018 - 06/12/2018)


1) Apresentação do curso
Posicionamento da psicologia em relação ao problema da saúde e da doença mental.
Normal, anormal e patológico.
As muitas faces da loucura.

2) Desrazão e Loucura: traços da história no presente


BIRMAN, J. Loucura, singularidade, subjetividade. In: Conselho Federal de Psicologia.
Loucura, ética e política: escritos militantes. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003.

Complementar: PRADO, G. A. S.. Revisitando a História da loucura: experiência trágica,


exclusão, captura e tutela. Estudos Contemporâneos da Subjetividade, v. 6, p. 223-238,
2016.

3) Saúde mental, territórios e fronteiras. Uma instituição para loucos, doentes e sãos.
Cap. 1 e 2 de AMARANTE, P. Saúde Mental e Atenção Psicossocial. RJ: Editora Fiocruz,
2007.
Complementar: Desviat, M (1999). A institucionalização da loucura. In. ____ Reforma
psiquiátrica. RJ: FioCruz.

4) 16-08 As diversas representações da loucura e seu processo de institucionalização


AMARANTE, P. O paradigma psiquiátrico. In:_____. O homem e a serpente: outras
histórias para a loucura e a psiquiatria (pp. 37-64). Rio de Janeiro: Fiocruz, 1996.
Complementar: Desviat, M (1999). Os primeiros movimentos da reforma psiquiátrica (I).
In. ____ Reforma psiquiátrica. RJ: FioCruz.
5) 21-08 Revisitando paradigmas do Saber Psiquiátrico
Revisitando paradigmas do Saber Psiquiátrico Cap. 1 de AMARANTE, P. Loucos pela
vida: a trajetória da reforma psiquiátrica no Brasil. (30 p.)

6) 23-08 Das Psiquiatrias reformadas às Rupturas com a Psiquiatria.


Das Psiquiatrias reformadas às Rupturas com a Psiquiatria Cap. 3 de AMARANTE, P.
Saúde Mental e Atenção Psicossocial. RJ: Editora Fiocruz, 2007.

7) 28-08 Prevenção, preservação e progresso em SM


Contribuição EUA: Reorganização da medicina + Modelo Caplan da Psiquiatria
comunitária preventivista
LANCETTI, A. Prevenção, preservação e progresso em SM – SL1

8) 30-08 Psicoterapia institucional e Análise institucional: introdução


Contribuição da França
GUATTARI, F. Psicanálise e transversalidade. Introdução à Psicoterapia Institucional.

9) 04-09 Psicoterapia institucional e Análise institucional


Contribuição da França
ALTOÉ, S. Histórias de interseção entre Psicoterapia institucional e Análise institucional.
SL8

10) Reforma psiquiátrica, cidadania e cidade


BAPTISTA, L. A. A reforma psiquiátrica e a presença na cidade. A cidade dos sábios.

11) A instituição inventada


NICÁCIO, F. Da instituição negada à instituição inventada - SL1

12) Estratégias e caminhos para a Saúde Mental e a Atenção Psicossocial no Brasil


Cap. 4, 5 e Considerações Finais de AMARANTE, P. Saúde Mental e Atenção
Psicossocial. RJ: Editora Fiocruz, 2007.

13) Primeira Avaliação


14) 20-09 Desafios e atualidade da Reforma Psiquiátrica no Brasil
O movimento antimanicomial no Brasil.
BEZERRA JR. Desafios da Reforma Psiquiátrica no Brasil. PHISIS.

15) Estratégia e modo psicossocial


COSTA-ROSA, A. O modo psicossocial: um paradigma das práticas substitutivas ao
modo asilar. In: AMARANTE, P., (org.) Ensaios: subjetividade, saúde mental, sociedade.
Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ, 2000.
YASUI, S.; COSTA-ROSA, A. A Estratégia Atenção Psicossocial: desafio na prática dos
novos dispositivos de Saúde Mental. Saúde em Debate. Rio de Janeiro, v. 32, p. 27-37,
2008.

16) A Psicologia e o Sistema Único de Saúde: interfaces e possibilidades


BENEVIDES, R. A Psicologia e o Sistema Único de Saúde: quais interfaces?
GRIGOLO, T. A ética da atenção psicossocial: fundamentos e possibilidades. In:
Conselho Federal de Psicologia. Loucura, ética e política: escritos militantes. São Paulo:
Casa do Psicólogo, 2003.

17) Atuação em Psicologia na SM: Desinstitucionalização e Reabilitação


ROTELLI, F.; LEONARDIS O. de; MAURI, D. Desinstitucionalização, uma outra via.
In: NICÁCIO, F. (Org.): Desinstitucionalização. 2ª Ed. São Paulo: Hucitec, 2001. p. 17-
59
SARACENO, B. Reabilitação psicossocial: uma estratégia para a passagem do milênio.
In: PITTA, A. (Org.). Reabilitação psicossocial no Brasil. São Paulo: Hucitec, 1996. p.
13-18.

18) Atuação em Psicologia na SM: Reabilitação psicossocial, clínica e processo


GOLDBERG, J. Reabilitação como processo - Caps. In: PITTA, A. (Org.). Reabilitação
Psicossocial no Brasil. São Paulo: Hucitec, 2001.
BEZERRA JR. A clínica e a Reabilitação psicossocial. In: PITTA, A. (Org.). Reabilitação
Psicossocial no Brasil. São Paulo: Hucitec, 2001.

19) Empowerment e cidadania em SM


VASCONCELOS, E.M. Reinvenção da cidadania, empowerment no Campo da Saúde
Mental e Estratégia Política no Movimento de Usuários. In: AMARANTE, P. (Org.).
Ensaios: subjetividade, saúde mental e sociedade. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2000. p. 169-
194.

20) Clínica ampliada em saúde mental:


ESTELLITA-LINS, C., OLIVEIRA, V. M., & COUTINHO, M. F. (2009). Clínica
ampliada em saúde mental: cuidar e suposição de saber no acompanhamento terapêutico.
Ciência saúde coletiva. Rio de Janeiro, v. 14, n. 1, p. 195-204, fev.
O termo acompanhante terapêutico denomina profissionais envolvidos em práticas
clínicas fora do setting tradicional do consultório e clínicas psiquiátricas, em cuidados
domiciliares, embora alguns o situem entre modalidades psicoterápicas.

21) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial:


MATRICIAMENTO EM SAÚDE MENTAL NA ATENÇÃO BÁSICA/
CUIDADO E ATENÇÃO FAMILIAR

22) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial:


ACOLHIMENTO E CUIDADO TERRITORIAL/CLÍNICA DO
ACOMPANHAMENTO TERAPÊUTICO
23) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: PROJETO
TERAPÊUTICO SINGULAR
24) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: OFICINA
TERAPÊUTICA
25) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: ATENÇÃO À
POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA
26) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: ATENÇÃO À
CRISE EM SAÚDE MENTAL
27) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: REDUÇÃO
DE DANOS E CLÍNICA AD
28) Seminário sobre as ferramentas de trabalho na Clínica Psicossocial: RACISMO E
SAÚDE MENTAL INDÍGENA
LOBOSQUE, A. M. Experiências da loucura. Rio de Janeiro: Garamond, 2001.

1) A psicologia e os dispositivos em saúde mental: desinstitucionalizando as práticas


psi
LANCETTI, A. Fontes da Clínica Peripatética + Práxis terapêutica.

Szasz, T. A fabricação da loucura: um estudo comparativo entre a inquisição e o


movimento da saúde mental. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

TEMAS: