Vous êtes sur la page 1sur 2

UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL

Profª Ani Carla Marchesan

CITAÇÕES NO TEXTO ACADÊMICO COMO MECANISMO DE INTERTEXTUALIDADE


ABNT NBR 10520 (2002)

1 CITAÇÃO: “menção de uma informação extraída de outra fonte” (ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE


NORMAS TÉCNICAS, 2002, p.1). Há três formas de citação: citação direta (curta e longa), citação
indireta/paráfrase e citação de citação.

Regra básica:
Sobrenome (ano, página): _________________________________________________________________
(SOBRENOME, ano, página): _____________________________________________________________

1.1 Citação direta curta (até 3 linhas): ______________________________________________________


_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

1.2 Citação direta longa (mais de 3 linhas): __________________________________________________


_______________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

De acordo com Maingueneau (2002, p. 73-74, grifo do autor),

A distinção entre o oral e o escrito é a categoria midiológica mais antiga e mais solidamente ancorada
na cultura. Mas essa distinção não é tão simples quanto poderíamos pensar; ao utilizá-la, misturamos,
na realidade, oposições situadas em planos distintos.
[…] o oral se transmite por ondas sonoras e o gráfico, por signos inscritos em um suporte sólido.

Porém, como o próprio autor afirma, essa distinção entre o oral e o escrito é muito genérica, porque
“[...] ela não considera, em particular, a diferença entre textos escritos à mão e textos impressos.”
(MAINGUENEAU, 2002, p. 74, grifo nosso).

Algumas regras gerais para as citações diretas:

a) Supressões: _________;
b) Interpolações, acréscimos ou comentários: __________;
c) Erro: ________;
d) Grifo e tradução.

“A produção do conhecimento [científico] [...] [é] uma construção coletiva [...], um processo continuado
de busca, no qual cada nova investigação se insere, complementando ou contestando contribuições
anteriormente dadss [sic] ao estudo do tema.” (ALVES-MAZZOTI, 2006, p.27, grifo nosso).

“O trabalho desenvolvido por pesquisadores universitários e professores é amplamente reconhecido como


necessário para a criação e formação do conhecimento, bem como para a busca de soluções para os
problemas cotidianos da sociedade.”1 (QUINTELLA et al., 2009, p.1285, tradução nossa).

1
“The work developed by university researchers and lecturers is widely recognized as necessary for the creation and formation of
knowledge, as well as for the search of solutions to the daily problems of society.” (QUINTELLA et al, 2009, p.1285)
1.3 Citação indireta (paráfrase): __________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________

Maingueneau (2002) afirma que a diferenciação entre oral e escrito é antiga e fortemente vinculada à
cultura. No entanto, o autor lembra que essa diferenciação não é tão evidente como pode parecer.

1.4 Citação de citação (apud): _____________________________________________________________


_______________________________________________________________________________________

Vinícius de Moraes (1975, p.4 apud SQUARISI, 2003, p.15) afirma que “Uma frase longa [...] não é nada
mais que duas curtas.”

Sistema de chamadas: autor-data:


CITAÇÕES REFERÊNCIAS
Entre parênteses Fora dos parênteses Nas referências
SILVA, J. da. Título. Chapecó: Ed. da
1 autor (SILVA, 2011, p.11) Silva (2011, p.11)
UFFS, 2011.
SILVA, J. da; MATOS, C. Título.
2 autores (SILVA; MATOS, 2011, p.8) Silva e Matos (2011, p.8)
Chapecó: Ed. da UFFS, 2011.
(SILVA; MATOS; COSTA, 2011, Silva, Matos e Costa (2011, SILVA, J. da; MATOS, C.; COSTA, P.
3 autores
p.9) p.9) Título. Chapecó: Ed. da UFFS, 2011.
Mais de 3 SILVA, J. da et al. Título. Chapecó:
(SILVA et al., 2011, p.2) Silva et al. (2011, p.2)
autores Ed. da UFFS, 2011.
UNIVERSIDADE FEDERAL DA
Autor (UNIVERSIDADE FERAL DA Universidade Federal da
FRONTEIRA SUL. Título. Chapecó:
entidade FRONTEIRA SUL, 2011, p.4) Fronteira Sul (2011, p.4)
Ed. da UFFS, 2011.
ANTEPROJETO de mestrado.
(ANTEPROJETO..., 2011, p.3)
Sem Chapecó: Ed. da UFFS, 2011.
autor _______
explícito O ANTEPROJETO de mestrado.
(O ANTEPROJETO ... 2012, p.5)
Chapecó: Ed. da UFFS, 2012.

CITAÇÕES
Entre parênteses Fora dos parênteses
Dois autores com o mesmo sobrenome e data. (item (BORGES, A.; 2010, p.1) Antônio Borges (2010, p.1)
6.1.2 da norma) (BORGES, O.; 2010, p.4) Otávio Borges (2010, p.4)
Diversos documentos (=textos) de um mesmo autor
(SANTOS, 1994a) Santos (1994a)
publicados no mesmo ano.
(SANTOS, 1994b) Santos (1994b)
Citação indireta (item 6.1.3 da norma)
Documentos (textos) de um mesmo autor, publicados
(SANTOS, 1994, 2010, 2016)
em anos diferentes e mencionados simultaneamente. Santos (1994, 2010, 2016)
Em ordem cronológica
Citação indireta (item 6.1.4 da norma)
Diversos documentos (=textos) de diferentes autores (ANTUNES, 2000; SOARES; Antunes (2000), Soares e
mencionados simultaneamente. PEREIRA, 2009; TAVARES, Pereira (2009) e Tavares
Citação indireta (item 6.1.5) 2014) (2014)