Vous êtes sur la page 1sur 155

NFPA 20

Padrão para o
Instalação de
Bombas estacionárias
para
Incendeie Proteção
2003 edição
NFPA, 1 Batterymarch Park, PO Box 9101, Quincy, MA 02269-9101,
Uns Códigos Internacionais e Organização de Padrões
NFPA License Acordo
Este documento é registrado pela Associação de Proteção de Fogo Nacional (NFPA), 1 Batterymarch Park, Quincy,
o MA 02269-9101 E.U.A..
Todos os direitos reservados.
NFPA lhe concede uma licença como segue: O direito para carregar um arquivo eletrônico deste NFPA documenta
para armazenamento temporário em um computador
para propósitos de ver and/or que imprime uma cópia do documento de NFPA para uso individual. O arquivo
eletrônico nem a impressão de cópia dura
pode ser reproduzido de qualquer forma. Além, o arquivo eletrônico pode não ser distribuído em outro lugar em
cima de redes de computador ou caso contrário. O
impressão de cópia dura só pode ser usada pessoalmente ou pode ser distribuída a outros empregados para o uso
interno deles/delas dentro de sua organização.
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

NOTIFICAÇÕES IMPORTANTES E RETRATAÇÕES RELATIVO A DOCUMENTOS DE


NFPA
NOTIFICAÇÃO E RETRATAÇÃO DE RESPONSABILIDADE RELATIVO AO USO DE
DOCUMENTOS DE NFPA
NFPA codifica, padrões, práticas indicadas, e guias dos quais o documento conteve nisto são um,
é desenvolvido
por um consensos padrões desenvolvimento processo aprovado pelo Instituto de Padrões
Nacional americano.
Este processo reúne voluntários que representam pontos de vista variados e interesses para
alcançar consensos em chamas e
outros assuntos de segurança. Enquanto o NFPA administra o processo e estabelece regras para
promover justiça no desenvolvimento
de consensos, não testa independentemente, avalia, ou verifica a precisão de qualquer
informação ou o soundness
de qualquer julgamento contido em seus códigos e padrões.
O NFPA nega responsabilidade por qualquer dano pessoal, propriedade ou outros danos de
qualquer natureza tudo que, se
especial, indireto, conseqüente ou compensatório, sendo o resultado diretamente ou
indiretamente da publicação, uso de, ou confiança
neste documento. O NFPA também faz nenhuma fiança ou garantia sobre a precisão ou perfeição
de qualquer informação
publicado nisto.
Emitindo e fazendo este documento disponível, o NFPA não está empreendendo para fazer
profissional ou outros serviços
para ou em nome de qualquer pessoa ou entidade. Nem o NFPA está empreendendo para
executar qualquer dever devido por qualquer pessoa ou entidade
para outra pessoa. Qualquer um usando este documento deveriam confiar o dele ou o próprio
julgamento independente dela ou, como apropriado,
busque o conselho de um profissional competente determinando o exercício de cuidado razoável
em qualquer determinada circunstância.
O NFPA não tem nenhum poder, nem empreende, policiar ou obrigar complacência com os
conteúdos deste documento.
Nem o NFPA lista, certifique, teste ou inspeciona produtos, desígnios, ou instalações para
complacência com este documento.
Qualquer certificação ou outra declaração de complacência com as exigências deste documento
não serão atribuíveis para
o NFPA e é somente a responsabilidade do certificador ou fabricante da declaração.
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

NOTIFICAÇÕES ADICIONAIS E RETRATAÇÕES


Atualizando de Documentos de NFPA
Usuários de códigos de NFPA, padrões, práticas indicadas, e guias deveriam estar atentos que
estes documentos podem ser substituídos qualquer hora a pelo issuance de edições novas ou
podem ser
emendado de vez em quando pelo issuance de Emendas Interinas Tentativas. Funcionário
NFPA documentam a tempo a qualquer ponto consiste na edição atual do documento
junto com qualquer Emenda Interina Tentativa e qualquer Errata então em efeito. Em ordem para
determine se um determinado documento é a edição atual e se foi emendado
pelo issuance de Emendas Interinas Tentativas ou corrigiu pelo issuance de
Errata, consulte publicações de NFPA apropriadas como o Fogo Nacional Subscrição de Codes®
Conserte, visite o website de NFPA a www.nfpa.org, ou contate o NFPA ao endereço listado
debaixo de.
Interpretações de Documentos de NFPA
Uma declaração, escrito ou oral que não é processado conforme Seção 6 dos Regulamentos
Projetos de Comitê administrativos não serão considerados a posição oficial de NFPA
ou quaisquer de seus Comitês e não será considerado que são, nem seja confiado em como, um
Formal
Interpretação.
Patentes
O NFPA não leva nenhuma posição com respeito à validez de qualquer direito de patente
afirmado com relação a qualquer artigo que é mencionado dentro ou é o assunto de NFPA
códigos, padrões, práticas indicadas, e guias, e o NFPA nega responsabilidade para
a infração de qualquer patente que é o resultado do uso de ou confiança nestes documentos.
São aconselhados os usuários destes documentos expressamente que determinação da validez
de qualquer tal
direitos de patente, e o risco de infração de tal corrige, é completamente a própria
responsabilidade deles/delas.
NFPA adere a políticas aplicáveis do Instituto de Padrões Nacional americano com
respeite a patentes. Para informação adicional o NFPA contatam ao endereço listado abaixo.
Lei e Regulamentos
Usuários destes documentos deveriam consultar aplicável federal, declare, e leis locais e
regulamentos.
NFPA não faz, pela publicação de seus códigos, padrões, práticas indicadas,
e guias, pretenda urgir ação que não está conforme leis aplicáveis, e estes
podem não ser interpretados documentos como fazendo assim.
Direito autorais
Este documento é registrado pelo NFPA. É feito disponível para uma variedade larga de ambos
o público e usos privados. Estes incluem ambos uso, por referência, em leis e regulamentos, e
use em auto-regulação privada, padronização, e a promoção de práticas seguras e
métodos. Fazendo este documento disponível para uso e adoção através de autoridades públicas
e
usuários privados, o NFPA não renuncia a qualquer direito em direito autorais para este
documento.
Uso de documentos de NFPA para propósitos regulador deveria ser realizado por adoção
através de referência. O termo “adoção através de referência” meios o citando de título, edição,
e
informação publicando só. Qualquer apagamento, adições, e mudanças desejado o adotar
deveria ser notada autoridade separadamente no instrumento adotando. Para ajudar NFPA
dentro
seguindo os usos feitos de seus documentos, enquanto adotando autoridades são pedidos
notificar o
NFPA (Atenção: o Secretário, Conselho de Padrões) por escrito de tal uso. Para ajuda técnica
e perguntas relativo a adoção de documentos de NFPA, contato NFPA ao endereço
debaixo de.
Para Informação Adicional
Tudo questionam ou outras comunicações relativo a códigos de NFPA, padrões, indicado,
práticas, e guias e todos os pedidos para informação sobre procedimentos de NFPA que
governam seu
códigos e processo de desenvolvimento de padrões, inclusive informação sobre os
procedimentos para
Interpretações Formais pedindo, por propor Emendas Interinas Tentativas, e para
revisões propondo para documentos de NFPA durante ciclos de revisão regulares, deveria ser
enviado
Sede de NFPA, se dirigida à atenção do Secretário, Conselho de Padrões, NFPA,
1 Batterymarch Park, P.O. Caixa 9101, Quincy, MA 02269-9101.
Para mais informação sobre NFPA, visite o website de NFPA a www.nfpa.org.
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

© 2003 protegido por direitos autorais, Nacional Fogo Proteção Associação, todos os direitos
reservados
NFPA 20
Padrão para o
Instalação de Bombas Estacionárias para Proteção de Fogo
2003 edição
Esta edição de NFPA 20, Padrão para a Instalação de Bombas Estacionárias para Proteção de
Fogo, era
preparado em chamas pelo Comitê Técnico Bombas e agiu em por NFPAat seu MayAssociation
Reunião técnica segurou 18–21 de maio de 2003, em Dallas, o TX. Foi emitido pelo Conselho de
Padrões em
18 de julho de 2003, com uma data efetiva de 7 de agosto de 2003, e substitui edições todo
prévias.
Esta edição de NFPA 20 era aprovada como um Padrão Nacional americano no dia 18 de julho de
2003.
Origem e Desenvolvimento de NFPA 20
O primeiro Nacional Fogo Proteção Associação padrão para irrigador automáticos foi publicado
em 1896 e conteve parágrafos em vapor e bombas de fogo rotativas.
O Comitê em chamas Bombas estavam organizadas em 1899 com cinco sócios de segurador
associações. Hoje, a sociedade de comitê inclui as representantes de Segurador
Laboratórios dos Estados Unidos e Canadá, Seguro Conserta Escritórios, Fábrica Mútuo,
Segurador de Risco industriais, associações de comércio nacionais, governo de estado, criando
organizações,
e os indivíduos privados.
Bombas de fogo cedo eram só materiais secundários para irrigador, standpipes, e hidrante e
foi começado manualmente. Hoje, bombas de fogo grandemente aumentaram em número e em
aplicações
—muitos são a provisão de água principal ou única, e quase tudo são começados
automaticamente.
Bombas cedo normalmente levaram sucção através de elevador de materiais de água parados
ou correntes porque o
Nacional Padrão Vapor Fogo Bomba afamada e tipos rotativos vestiram aquele serviço.
Predomínio de
a bomba centrífuga resultada em provisão de cabeça positiva a cabo horizontal bombeia de
público
materiais de água e tanques de aboveground. Foram abaixadas bombas de turbine–type de cabo
posteriores, verticais
em poços ou em covas molhadas providas de lagoas ou outras fontes de belowground de água.
Gasolina máquina-dirigida bombas se aparecidas neste padrão em 1913 primeiro. De um estado
cedo
de insegurança relativa e de uso adicional só, máquinas de gasolina primeiro faísca-acendidas
e então dieseis de ignição de compressão desenvolveram bombas continuamente máquina-
dirigidas para um
coloque ao lado de unidades elétrico-dirigidas para confiança total.
Incendeie agora proteção pede para bombas maiores, pressões mais altas, e unidades mais
variadas um largo
gama de sistemas que protegem vida e propriedade. Hydraulically calculou e projetou irrigador
e sistemas de proteção de fogo especiais mudaram conceitos de provisão de água
completamente.
Como a formação deste Comitê, cada edição de NFPA 20 incorporou apropriado
providências para cobrir desenvolvimentos novos e omitiu providências obsoletas. NFPA
em ação em edições sucessivas foi entrada nos anos seguintes—1907, 1910-13, 1915,
1918-21, 1923-29, 1931-33, 1937, 1939, 1943, 1944, 1946-48, 1951, 1953, 1955, 1957, 1959-
72,
1974, 1976, 1978, 1980, 1983, 1987, 1990, 1993, 1996, e 1999.
A 1990 edição incluiu várias emendas com respeito a alguns dos componentes fundamentais
associado com bombas de fogo elétrico-dirigidas. Além, foram feitas emendas permitir o
documente para conformar mais de perto ao NFPA Manual de Estilo.
A 1993 edição incluiu revisões significantes a Capítulos 6 e 7 com respeito ao arranjo
da provisão de poder para bombas de fogo elétrico-dirigidas. Estas clarificações foram
pretendidas
proveja as exigências necessárias para fazer o sistema tão seguro quanto possível.
20–1
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A 1996 edição continuou as mudanças iniciadas na 1993 edição como Capítulos 6 e 7 que se
dirigiram elétrico
passeios e controladores, sofreu revisão significante. Foi somada informação nova também
considerando máquina-refrescante
providências, proteção de terremoto, e preventers de backflow. Capítulo 5 para o qual enviou
providências alto-sobe
edifícios, era afastado, como era limitações de capacidade em em-linha e bombas de fim-sucção.
Adicionalmente, providências considerando
ajustes de tubo de sucção foi atualizado.
A 1999 edição do padrão incluiu exigências para bombas de deslocamento positivas para névoa
de água e
sistemas de espuma. O título de documento foi revisado para refletir esta mudança, desde que a
1999 edição enviou exigências para
bombas diferente de centrífugo. Idioma de Enforceable foi somado, particularmente relativo a
proteção de equipamento.
Revisões para a 2003 edição incluem atualizando o documento à mais recente edição do
NFPAManual de Estilo. Providências
também foi somado para enviar o uso de motoristas de bomba de fogo que usam pressão de
velocidade variável que limita controle. Teste de aceitação
foram acrescentados critérios ao documento para substituição de componentes de caminho
críticos de uma instalação de bomba de fogo.
20–2 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Comitê técnico em chamas Bombas


John D. Jensen, Cadeira,
Despeça os Consultores de Proteção, ID [SE]
L Honesto. Moore, Secretário,
Moore Pump e Equipamento, Inc., MS [IM]
(Alt. para UM. Um. Dorini)
John R. Sino, DOE–Fluor Daniel Hanford norte-americano, Inc., WA [U]
Rep. E.U.A. Department of Energy
Harold D. Brandes, Jr., Cia. de Poder de duque, NC [U]
Rep. Edison Instituto Elétrico
Pat D. Brock, Oklahoma Estado Universidade, o OK [SE]
PHILLIP UM. Davis, companhias de seguros de Kemper, o IL [eu]
MANUEL J. DeLerno, S-P-D Inc., IL [M]
Rep. Illinois Fogo Prevenção Associação
David L. Dixon, Proteção de Fogo de Segurança, TN [IM]
Rep. Associação de Irrigador de Fogo nacional
ALAN UM. Dorini, Gulfstream Pump & Equipamento, FL [IM]
George W. Flach, GeorgeW. Consultor de Flach, Inc., LA [SE]
Paul F. Hart, GE Serviços de Proteção de Recurso Globais, IL [eu]
Bill M. Harvey, Harvey & Sócios, Inc., SC [IM]
Rep. Americano Fogo Irrigador Associação, Inc.,
Thomas W. Jaeger, Desafio-Babcock &Associates, Inc., VA [SE]
Hatem Ezzat Kheir, Kheir Group, o Egito [IM]
Timothy S. Killion, Companhia de Bomba Inigualável, EM [M]
John R. Kovacik, Laboratórios de Segurador o Inc., IL [RT]
R. T. Leicht, Estado de Delaware, DE [E]
Rep. Associação de Marechais de Fogo internacional
Stephen UM. Mezsick, Eli Lilly e Companhia, EM [U]
Rep. Conselho de Química americano
David S. Mowrer, HSB Controle de Perda Profissional, TN [eu]
Howard W. Empacotador, A Companhia de DuPont, DE [U]
Rep. NFPA Seção de Proteção de Fogo Industrial
Gayle Pennel, Schirmer Engineering Corporação, IL [eu]
MILOSH T. Puchovsky, Arup Fire, o MA [SE]
Tom Reser, Edwards Fabricando, OU [M]
Matthew Roy, Bem de Armstrong, Inc., Canadá [M]
R. Schneider, Joslyn Clark Controls, o SC [M]
Rep. Associação de Fabricantes Elétrica nacional
Hansford Stewart, ITT UM-C Sistemas de Bomba de Fogo, IL [M]
John Whitney, Clarke Detroit Diesel-Allison, OH [M]
Rep. Associação de Fabricantes de máquina
William E. Wilcox, FM Global, o MA [eu]
Rep. FM Global/FM Pesquisa
Substitutos
Phillip Brown, Associação de Irrigador de Fogo americana, Inc.,
TX [IM]
(Alt. para B. M. Harvey)
Hugh D. Castelos, Entergy Services, Inc., LA [U]
(Alt. para H. D. Brandes)
Tim Fernholtz, Bomba Sistema-inigualável Fluida Esterlina,
CA [M]
(Alt. para T. S. Killion)
David Fuller, Aprovações de FM, o RI [eu]
(Alt. para W. E. Wilcox)
Scott G. Grieb, Conceitos de Fogo, Inc., IL [EU]
(Alt. para PÁG. Um. Davis)
KENNETH E. Isman, Nacional Fogo Irrigador Associação,
NY [IM]
(Alt. para D. L. Dixon)
James J. Koral, Motores Gerais, o NY [U]
(Alt. para H. W. Empacotador)
Gary Lauer, ITT UM-C Sistemas de Bomba de Fogo, IL [M]
(Alt. para H. Stewart)
TERENCE UM. Tripulando, Tripulando Sistemas Elétricos, Inc.,
IL [IM]
(Alt. para M. J. DeLerno)
Emil W. Misichko, Laboratórios de Segurador o Inc., IL [RT]
(Alt. para J. R. Kovacik)
Michael R. Moran, Estado de Delaware, DE [E]
(Alt. para R. T. Leicht)
Jeffrey R. Roberts, GE Serviços de Proteção de Recurso Globais,
MS [EU]
(Alt. para PÁG. F. Hart)
Jeffrey L. Robinson, Westinghouse Savannah Rio Cia.,
SC [U]
(Alt. para J. R. Sino)
Arnold R. Sdano, Fairbanks Morse Pump, o KS [M]
(Votando Alt. para HI Rep.)
William F. Stelter, Mestre Sistemas de Controle, Inc., IL [M]
(Alt. para R. Schneider)
Steven L. Touchton, Edwards Fabricando, OU [M]
(Alt. para T. Reser)
Nonvoting
Edward D. LEEDY, NAPERVILLE, IL,
(O sócio Emeritus)
James W. Nolan, James W. Companhia de Nolan, IL,
(O sócio Emeritus)
DANA R. Haagensen, NFPA Pessoal Ligação,
Esta lista representa a sociedade que o Comitê foi votado no texto final desta edição na ocasião. Desde
aquele tempo,
mudanças na sociedade podem ter acontecido. Uma chave para classificações é achada à parte de trás do
documento.
NOTA: Sociedade em um comitê não deve dentro e de si mesmo constitua um endosso da Associação ou
qualquer documento desenvolvido pelo comitê em qual os saques de sócio.
Extensão de comitê: Este Comitê terá responsabilidade primária por documentos na seleção e
instalação de bombas estacionárias água abastecedora ou elementos aditivos especiais que incluem mas
não limitou para espumar
concentra para proteção de fogo privada, inclusive sucção transportando, válvulas e equipamento auxiliar,
elétrico
dirija e controle equipamento, e passeio de máquina de combustão interno e controla equipamento.
COMITÊ PESSOAL 20–3
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Conteúdos
Capítulo 1 Administração................................. 20– 6
1.1 extensão................................................ 20– 6
1.2 propósito.............................................. 20– 6
1.3 aplicação......................................... 20– 6
1.4 retroatividade........................................ 20– 6
1.5 Equivalency......................................... 20– 6
1.6 unidades................................................. 20– 6
Capítulo 2 Publicações de Referenced.................... 20– 7
2.1 geral.............................................. 20– 7
2.2 Publicações de NFPA................................ 20– 7
2.3 outras Publicações................................ 20– 7
Capítulo 3 Definições...................................... 20– 7
3.1 geral.............................................. 20– 7
3.2 Definições de NFPAOfficial....................... 20– 7
3.3 Definições gerais............................... 20– 7
Capítulo 4 Reservado........................................ 20–10
Capítulo 5 Exigências Gerais....................... 20–10
5.1 bombas............................................... 20–10
5.2 aprovação Requereu............................... 20–10
5.3 Operação de bomba.................................. 20–10
5.4 fogo Bomba Unidade Desempenho.................. 20–10
5.5 Teste de Loja certificado............................... 20–10
5.6 Materiais líquidos.................................... 20–11
5.7 bombas e Motoristas................................ 20–11
5.8 Capacidades de Bomba de Fogo centrífugas............. 20–11
5.9 Nameplate.......................................... 20–11
5.10 Medidas de pressão................................... 20–11
5.11 Válvula de Alívio de circulação.......................... 20–12
5.12 Proteção de equipamento........................... 20–12
5.13 tubo e Ajustes.................................. 20–12
5.14 Tubo de sucção e Ajustes....................... 20–13
5.15 Tubo de descarga e Ajustes.................... 20–14
5.16 Supervisão de válvula.................................. 20–14
5.17 proteção de Piar Contra Dano
Devido a Movimento................................. 20–14
5.18 Válvulas de alívio para Bombas Centrífugas.......... 20–14
5.19 água Fluxo Teste Dispositivos......................... 20–15
5.20 Confiança de Provisão de poder................... 20–15
5.21 Testes de loja.......................................... 20–15
5.22 Rotação de Cabo de bomba............................. 20–16
5.23 alarmes............................................... 20–16
5.24 Manutenção de pressão (Jóquei ou
Maquiagem) Bombas................................. 20–16
5.25 resumo de Bomba de Fogo Centrífuga
Dados.................................................. 20–16
5.26 Backflow Preventers e Válvulas de Cheque....... 20–17
5.27 Proteção de terremoto........................... 20–17
5.28 Sistemas de Bomba de Fogo empacotados................... 20–18
5.29 Teste de Aceitação de campo de Unidades de Bomba........ 20–18
Capítulo 6 Bombas Centrífugas............................ 20–18
6.1 geral.............................................. 20–18
6.2 fábrica e Desempenho de Campo................ 20–18
6.3 ajustes............................................... 20–18
6.4 fundação e Fixando......................... 20–18
6.5 conexão para o Motorista e Alinhamento........ 20–18
Capítulo 7 Cabo Vertical Bombas de Turbine–Type...... 20–18
7.1 geral.............................................. 20–18
7.2 Provisão de água....................................... 20–19
7.3 bomba................................................ 20–20
7.4 instalação......................................... 20–21
7.5 motorista................................................ 20–21
7.6 operação e Manutenção................... 20–21
Capítulo 8 Bombas de Deslocamento Positivas.............. 20–22
8.1 geral.............................................. 20–22
8.2 espuma Concentra e Bombas Aditivas..... 20–22
8.3 água Névoa Sistema Bombas....................... 20–22
8.4 ajustes............................................... 20–22
8.5 Motoristas de bomba...................................... 20–23
8.6 controladores......................................... 20–23
8.7 fundação e Fixando......................... 20–23
8.8 motorista Connection e Alinhamento............ 20–23
8.9 Dispositivos de Teste de fluxo.................................. 20–23
Capítulo 9 Passeio Elétrico para Bombas.................... 20–23
9.1 geral.............................................. 20–23
9.2 poder Source(s)................................... 20–23
9.3 Linhas de Provisão de poder............................... 20–24
9.4 Gota de voltagem....................................... 20–24
9.5 motores............................................... 20–25
9.6 em-local Sistemas de Gerador Auxiliares.......... 20–25
Capítulo 10 Elétrico-dirige os Controladores e
Acessórios.................................... 20–26
10.1 geral.............................................. 20–26
10.2 local............................................. 20–26
10.3 construção....................................... 20–26
10.4 componentes....................................... 20–27
10.5 que começam e Controla............................. 20–29
10.6 controladores Taxaram mais de 600 V......... 20–30
10.7 Controladores de Serviço limitados.................... 20–31
10.8 Transferência de poder para Poder Alternado
Proveja............................................... 20–31
10.9 controladores para Motores de Bomba de Elemento aditivo....... 20–33
Capítulo 11 Passeio de motor diesel......................... 20–33
11.1 geral.............................................. 20–33
11.2 máquinas.............................................. 20–33
11.3 bomba e Proteção de Máquina.................. 20–37
11.4 Provisão de combustível e Arranjo................. 20–37
11.5 máquina Esvazia.................................... 20–38
11.6 motorista System Operação........................ 20–38
20–4 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Capítulo 12 Controladores de Passeio de Máquina.................. 20–39


12.1 aplicação......................................... 20–39
12.2 local............................................. 20–39
12.3 construção....................................... 20–39
12.4 componentes....................................... 20–40
12.5 que começam e Controla............................. 20–40
12.6 Controladores de Máquina ar-começando................ 20–42
Capítulo 13 Passeio de Turbina de Vapor........................ 20–44
13.1 geral.............................................. 20–44
13.2 turbina.............................................. 20–44
13.3 instalação......................................... 20–45
Capítulo 14 Aceitação Testando, Desempenho,
e Manutenção............................ 20–45
14.1 Hydrostatic Tests e Corando................ 20–45
14.2 Aceitação de campo Testa........................... 20–45
14.3 manuais, Ferramentas Especiais, e Partes Excedentes..... 20–47
14.4 Inspeção periódica, Testando, e
Manutenção....................................... 20–47
14.5 Substituição de componente...................... 20–47
Anexe UM Material Explicativo........................... 20–47
Anexe Possíveis Causas de Dificuldades de Bomba para B......... 20–76
Anexe Referências Informador para C.................... 20–80
Índice............................................................. 20–81
CONTEÚDOS 20–5
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

NFPA 20
Padrão para o
Instalação de Bombas Estacionárias
para Proteção de Fogo
2003 edição
NOTA IMPORTANTE: Este documento de NFPA é trazido disponível
use sujeito a notificações importantes e retratações legais. Estas notificações
e retratações se aparecem em todas as publicações que contêm este documento
e pode ser achado debaixo do título “Notificações Importantes e Retratações
Documentos de NFPA interessando.” Eles também podem ser obtidos
em pedido de NFPA ou viu a www.nfpa.org/disclaimers.
NOTE: Um asterisco (*) seguindo o número ou carta
designando um parágrafo indica aquele material explicativo
no parágrafo pode ser achado em Anexo UM.
Mudanças diferente de editorial são indicados por um vertical
reja ao lado do parágrafo, mesa, ou figura em qual o
mudança aconteceu. Estas regras são incluídas como uma ajuda para o
usuário identificando mudanças da edição prévia. Onde
foram apagados um ou parágrafos mais completos, o apagamento
é indicado por uma bala (•) entre os parágrafos que
permaneça.
Areference em parênteses [] seguindo uma seção ou parágrafo
indica material que foi extraído de outro NFPA
documento. Como uma ajuda para o usuário, Anexe C lista o completo
título e edição da fonte documentam para ambos obrigatório
e extratos de nonmandatory. Mudanças editorial para extraiu
material consiste em revisar referências a uma divisão apropriada
neste documento ou a inclusão do número de documento
com o número de divisão quando a referência é o
documento original. Pedidos para interpretações ou revisões
de texto extraído será enviado ao comitê técnico responsável
para o documento de fonte.
Informações sobre publicações de referenced podem ser achadas dentro
Capítulo 2 e Anexa C.
Capítulo 1 Administração
1.1 * extensão.
1.1.1 que este padrão se trata da seleção e instalação
de bombas líquido abastecedor para proteção de fogo privada.
1.1.2 artigos considerados inclua materiais líquidos; sucção, descarregue,
e equipamento auxiliar; materiais de poder; elétrico
dirija e controle; passeio de motor diesel e controla; turbina a vapor
dirija e controle; e testes de aceitação e operação.
1.1.3 este padrão não cobre provisão líquida de sistema
capacidade e exigências de pressão, nem cobre exigências
para inspeção periódica, prova, e manutenção
de sistemas de bomba de fogo.
1.1.4 este padrão não cobre as exigências para instalação
telegrafando de unidades de bomba de fogo.
1.2 propósito. O propósito deste padrão é prover um razoável
grau de proteção para vida e propriedade de fogo
por exigências de instalação para bombas estacionárias para
incendeie proteção fundada em princípios de engenharia sãos, teste,
dados, e experiência de campo.
1.3 aplicação.
1.3.1 este padrão aplicará a único-fase centrífugo e
multistage bombeia do desígnio de cabo horizontal ou vertical
e deslocamento positivo bombeia do horizontal ou vertical
desígnio de cabo.
1.3.2 exigências são estabelecidas para o desígnio e instalação
de único-fase e multistage bombeia, motoristas de bomba,
e equipamento associado.
1.4 retroatividade. As providências deste padrão refletem uns consensos
do que é necessário prover um grau aceitável de
proteção dos perigos se dirigidos neste padrão ao
tempo que o padrão foi emitido.
1.4.1 a menos que caso contrário especificasse, as providências deste padrão
não aplique a instalações, equipamento, estruturas, ou
instalações que existiram ou eram aprovado para construção
ou instalação antes da data efetiva do padrão.
Onde especificou, as providências deste padrão serão
retroativo.
1.4.2 nesses casos onde a autoridade que tem jurisdição
determina que a situação existente apresenta um inaceitável
grau de risco, a autoridade que tem jurisdição será
permitido aplicar retroactively qualquer porção deste padrão
julgado apropriado.
1.4.3 que as exigências retroativas deste padrão serão
permitiu ser modificado se a aplicação deles/delas fosse claramente
não prático no julgamento da autoridade que tem jurisdição,
e só onde é claramente evidente que um razoável
grau de segurança é provido.
1.5 Equivalency. É pretendido que nada neste padrão que previne
o uso de sistemas, métodos, ou dispositivos de equivalente ou
qualidade superior, força, resistência de fogo, efetividade, durabilidade,
e segurança em cima desses prescritos por este padrão.
Serão submetidos 1.5.1 documentos técnicos à autoridade
jurisdição tendo para demonstrar equivalency.
1.5.2 o sistema, método, ou dispositivo serão aprovados para o
propósito pretendido pela autoridade que tem jurisdição.
1.6 unidades.
1.6.1 unidades métricas de medida neste padrão estão dentro
acordo com o sistema métrico modernizado conhecido como o
Sistema internacional de Unidades (SI).
1.6.2 litro e tranca neste padrão é fora de mas reconheceu
por SI.
São listadas 1.6.3 unidades em Mesa 1.6.3 com fatores de conversão.
1.6.4 conversão. O procedimento de conversão é multiplicar o
quantidade pelo fator de conversão e então redondo o resultado para um
número apropriado de dígitos significantes.
1.6.5 comércio Classifica segundo o tamanho. Onde indústria utiliza dimensões nominais
representar materiais, produtos, ou desempenho, dirija
não foram utilizadas conversões e foram destinadas tamanhos de comércio
foi incluído.
20–6 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Capítulo 2 Publicações de Referenced


2.1 geral. Os documentos ou reparte thereof listado nisto
capítulo é referenced dentro deste padrão e será considerado
parte das exigências deste documento.
2.2 Publicações de NFPA. Associação de Proteção de Fogo nacional,
1 Batterymarch Park, P.O. Caixa 9101, Quincy, MA 02269-9101.
NFPA13, Padrão para a Instalação de Sistemas de Irrigador, 2002
edição.
NFPA 24, Padrão para a Instalação de Serviço de Fogo Privado,
Mains e os Pertence deles/delas, 2002 edição.
NFPA 25, Padrão para a Inspeção, Prova, e Manutenção,
de Sistemas de Proteção de Fogo Água-baseados, 2002 edição.
NFPA 37, Padrão para a Instalação e Uso de Estacionário
Máquinas de combustão e Turbinas de Gás, 2002 edição.
NFPA 51B, Padrão para Prevenção de Fogo Durante Soldar, Cortando,
e Outro Trabalho Quente, 2003 edição.
NFPA 70, Code® Elétrico Nacional, 2002 edição.
NFPA 110, Padrão para Emergência e Sistemas de Poder de Auxiliador,
2002 edição.
NFPA 1963, Padrão para Conexões de bomba de incêndio, 2003 edição.
2.3 outras Publicações.
2.3.1 Publicação de AGMA. Americano Engrenagem Fabricantes Associação,
1500 Rua de rei, Apartamento 201, Alexandria, VA 22314-2730.
AGMA 390.03, Manual para Helicoidal e Mestre Gears, 1995.
2.3.2 Publicações de ANSI. Americano Instituto de Padrões Nacional,
Inc., 11 oeste 42ª Rua, Nova Iorque, NY 10036.
ANSI/IEEE C62.1, Padrão de IEEE para Silicone-carboneto de Gapped,
Onda Arresters para AC Poder Circuitos, 1989.
ANSI/IEEE C62.11, Padrão de IEEE para Onda de Metal-óxido Arresters
para Circuitos de Poder de Corrente Revezados (>1 kV), 1999.
ANSI/IEEE C62.41, IEEE Recommended Prática para Voltagens de Onda
em Baixo-voltagem AC Poder Circuitos, 1991.
2.3.3 Publicação de ASTM. Sociedade americana por Testar e
Materiais, 100 Barr Porto Passeio, Conshohocken Ocidental, PA,
19428-2959.
IEEE / ASTM SI10, Padrão para Uso do Sistema Internacional,
de Unidades (SI): O Sistema Métrico Moderno, 2003.
2.3.4 Publicações de HI. Hidráulicas Instituem, 1230 Keith Construindo,
Cleveland, OH 44115.
Hidráulicas Instituem Padrões para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando
Bombas, 14º ed., 1983.
HI 3.6, Testes de Bomba Rotativos, 1994.
2.3.5 Publicações de NEMA. Fabricantes Elétricos nacionais
Associação, 1300 N. 17ª Rua, Apartamento 1847, Rosslyn, VA 22209.
NEMA Controle Industrial e Padrões de Sistemas, ICS 2.2,
Manutenção de Controladores de Motor Depois de uma Condição de Falta, 1983.
NEMA MG-1, Motores e Geradores, 1998.
2.3.6 Publicações de UL. Laboratórios de segurador o Inc.,
333 Estrada de Pfingsten, Northbrook, IL 60062-2096.
ANSI/UL 508, Padrão para Equipamento de Controle Industrial, 1999.
Capítulo 3 Definições
3.1 geral. As definições contidas neste capítulo devem
aplique às condições usadas neste padrão. Onde condições não são
incluído, prática geral das condições aplicará.
3.2 NFPA Definições Oficiais.
3.2.1 * aprovado. Aceitável à autoridade que tem jurisdição.
3.2.2 * autoridade que Tem Jurisdição (AHJ). Uma organização,
escritório, ou individual responsável por obrigar as exigências
de um código ou padrão, ou por aprovar equipamento,
materiais, uma instalação, ou um procedimento.
3.2.3 * listou. Equipamento, materiais, ou serviços incluíram dentro um
lista publicada por uma organização que é aceitável à autoridade
jurisdição tendo e preocupado com avaliação de produtos
ou serviços dos que mantêm inspeção periódica de produção
equipamento listado ou materiais ou avaliação periódica de serviços,
e de quem listando estados que ou o equipamento, material, ou
serviço satisfaz para padrões designados apropriados ou foi
testado e achou satisfatório para um propósito especificado.
3.2.4 devem. Indica uma exigência obrigatória.
3.2.5 devem. Indica uma recomendação ou que que é
aconselhado mas não requereu.
3.2.6 padrão. Um documento, o texto principal de qual contém
só providências obrigatórias que usam a palavra “deva” indicar
exigências e que está em uma forma geralmente satisfatório para
referência obrigatória por outro standard ou código ou para adoção
em lei. Providências de Nonmandatory serão localizadas dentro um
apêndice ou anexo, nota de rodapé, ou nota de bom-impressão e não é
seja considerado uma parte das exigências de um padrão.
3.3 Definições gerais.
3.3.1 elemento aditivo. Um líquido como espuma concentra, emulsifiers,
e líquidos de supressão de vapor perigosos e espumando
agentes pretenderam ser injetados no fluxo de água a ou
sobre a pressão de água.
Mesa 1.6.3 Sistema de Unidades
Nome de Unidade
Unidade
Fator de Conversão de abreviação
metro m 1 ft = 0.3048 m
pés ft 1 m = 3.281 ft
milímetro mm 1 em. = 25.4 mm
avance lentamente dentro. 1 mm = 0.03937 em.
litro L 1 moça = 3.785 L
galão (o E.U.A.) a moça 1 L = 0.2642 moça
decímetro cúbico dm3 1 moça = 3.785 dm3
metro cúbico m3 1 ft3 = 0.0283 m3
pés cúbicos ft3 1 m3 = 35.31 ft3
pascal Pa 1 psi = 6894.757 Pa;
1 barra = 105 Pa
libras por
polegada quadrada
psi 1 Pa = 0.000145 psi;
1 barra = 14.5 psi
barra de barra 1 Pa = 10-5 barra;
1 psi = 0.0689 barra
Nota: Para conversões adicionais e informações, veja IEEE/ASTM
SI10, Padrão para Uso do Sistema Internacional de Unidades (SI): O Moderno
Sistema métrico.
DEFINIÇÕES 20–7
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

3.3.2 Aquifer. Uma formação subterrânea que contém suficiente


material permeável saturado para render quantidades significantes
de água.
3.3.3 Aquifer Desempenho Análise. Um teste projetou para determinar
a quantia de água subterrânea disponível em um determinado campo
e próprio espaçando bem para evitar interferência naquele campo. Basicamente,
resultados de teste provêem informação relativo a transmissibility
e coeficiente de armazenamento (volume disponível de água) do aquifer.
3.3.4 Interruptor de Transferência automático. Equipamento ego-suplente para
transferindo um ou mais conexões de condutor de carga de
uma fonte de poder para outro.
3.3.5 Circuito de filial. Os condutores de circuito entre o
dispositivo de overcurrent final que protege o circuito e a saída (
s). [70: artigo 100, Separe eu]
3.3.6 Material corrosão-resistente. Materiais como bronze,
cobre, monel, aço imaculado, ou outro corrosionresistant equivalente
materiais.
3.3.7 motor diesel. Uma máquina de combustão interna em qual
o combustível é acendido completamente pelo calor que é o resultado da compressão
do ar provido para combustão. A máquina de óleo-diesel,
que opera em óleo combustível injetado depois que compressão for praticamente
completado, normalmente é o tipo usado como um motorista de bomba de fogo.
3.3.8 Meios desconectando. Um dispositivo, ou grupo de dispositivos, ou
outros meios pelos quais podem ser desconectados os condutores de um circuito
da fonte deles/delas de provisão. [70: artigo 100, Separe eu]
3.3.9 Drawdown. A diferença vertical entre o bombear
nível de água e o nível de água estático.
3.3.10 falta Circuito de Controle Externo Tolerante. Esses controlam
circuitos que entram em and/or que deixa o fogo bomba controlador documento anexo,
o qual se quebrado, desconectado, ou shorted não vão
impeça para o controlador de começar o fogo bombeie e possa
cause o controlador para começar a bomba debaixo destas condições.
3.3.11 cevador. Todos os condutores de circuito entre o serviço
equipamento, a fonte de um sistema separadamente derivado, ou outro
provisão de poder e o dispositivo de overcurrent de filial-circuito final.
[70: artigo 100, Separe eu]
3.3.12 Controlador de Bomba de fogo. Um grupo de dispositivos para os que servem
governe, em alguns predeterminou maneira, o começando e parando
do motorista de bomba de fogo e monitorar e sinalizar o
estado e condição da unidade de bomba de fogo.
3.3.13 Unidade de Bomba de fogo. Uma unidade ajuntada que consiste em um fogo
bomba, motorista, controlador, e acessórios.
3.3.14 Cabo Conectando flexível. Um dispositivo que incorpora
duas juntas flexíveis e um elemento encaixando.
3.3.15 Junção flexível. Um dispositivo conectava o
cabos ou outros componentes torque-transmitindo de um
motorista para a bomba, e isso permite secundário angular e
misalignment paralelo como restringido pela bomba e
fabricantes juntando.
3.3.16 Sucção inundada. A condição onde fluxos de água
de uma fonte desabafada atmosférica para a bomba sem o
pressão comum à orla de inlet de bomba que derruba abaixo atmosférico
pressione com a bomba que opera às 150 por cento
de sua capacidade avaliada.
3.3.17 Groundwater. Aquela água da que está disponível um bem,
dirigido em água-agüentar estratos de subsurface (aquifer).
3.3.18 * cabeça. Aquantity expressava uma forma (ou combinação
de formas) do conteúdo de energia de água por peso de unidade
da água recorrida a qualquer dado arbitrário.
3.3.19 Máquina de Combustão interna. Qualquer máquina em qual o
trabalhando médio consiste nos produtos de combustão do
ar e combustível proveram. Esta combustão normalmente é efetuada dentro
o cilindro de funcionamento mas pode acontecer em uma câmara externa.
3.3.20 Interruptor isolando. Um interruptor pretendeu por isolar um
circuito elétrico de sua fonte de poder. Não tem nenhum interrompendo
taxando, e é pretendido que só é operado depois do circuito
foi aberto por alguns outros meios.
3.3.21 líquido. Com a finalidade deste líquido standard se refere
molhe, solução de espuma-água, espuma concentra, elementos aditivos de água,
ou outros líquidos para propósitos de proteção de fogo.
3.3.22 perda de Fase. A perda de um ou mais, mas não tudo,
fases do polyphase dão poder a fonte.
3.3.23 Interruptor de Transferência manual. Um interruptor operado por dirige
força de trabalho por transferir um ou mais conexões de condutor de carga
de uma fonte de poder para outro.
3.3.24 Freio de Bomba de máximo Horsepower. O máximo
horsepower de freio exigiram dirigir a bomba a velocidade avaliada.
O fabricante de bomba determina isto através de teste de loja abaixo
sucção esperada e condições de descarga. Condições de campo atuais
possa variar de condições de loja.
3.3.25 motor.
3.3.25.1 Dripproof Guarded Motor. Uma máquina de dripproof
de quem ventilando aberturas são cuidadosos em acordo
com a definição para motor de dripproof.
3.3.25.2 Motor de Dripproof. Um motor aberto em qual o ventilando
são construídas aberturas assim que operação próspera
não é interferido com quando derruba de líquido ou partículas sólidas
greve ou entra no documento anexo a qualquer ângulo de 0 a 15 graus
para baixo do vertical.
3.3.25.3 Motor de pó-ignição-prova. Um motor totalmente incluído
de quem documento anexo é projetado e é construído até certo ponto
isso excluirá ignitable chega de pó ou quantias que
possa afetar desempenho ou taxando e isso não permitirá
arcos, faíscas, ou calor geraram caso contrário ou liberaram dentro de
o documento anexo para causar ignição de acumulações exteriores ou
suspensões atmosféricas de um pó específico em ou na redondeza
do documento anexo.
3.3.25.4 Motor elétrico. Um motor que é classificado conforme
para proteção mecânica e métodos de esfriar.
3.3.25.5 Motor de Explosionproof. Um motor totalmente incluído
de quem documento anexo é projetado e construiu para resistir
uma explosão de um gás especificado ou vapor que poderiam acontecer
dentro disto e prevenir a ignição do gás especificado ou
vapor que cerca o motor por faíscas, flash, ou explosões
do gás especificado ou vapor dentro os que poderiam acontecer
a cobertura de motor.
3.3.25.6 Motor cuidadoso. Um motor aberto em qual tudo
aberturas que dão acesso direto para viver metal ou partes giratórias
(exclua superfícies giratórias lisas) está limitado em tamanho pelo
partes estruturais ou através de telas, se expandiram confusões, grilles,
metal, ou outro pretende prevenir contato acidental com
partes perigosas. Aberturas que dão acesso direto para tal ao vivo
ou partes giratórias não permitirão a passagem de um cilíndrico
vara 19 mm (0.75 em.) em diâmetro.
20–8 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

3.3.25.7 Motor aberto. Um motor tendo que ventila aberturas


aquela passagem de licença de ar refrescante externo em cima de e ao redor
os sinuoso do motor. Onde aplicado a aparato grande
sem qualificação, o termo designa um motor que tem nenhum
restrição para ventilação diferente de isso necessitou por mecânico
construção.
3.3.25.8 Motor Fã-esfriado totalmente Incluído. Um totalmente incluído
motor equipou para exterior que esfria por meio de
um fã ou integral de fãs com o motor mas externo para o
partes incluindo.
3.3.25.9 Motor totalmente Incluído. Um motor incluiu para para
previna a troca grátis de ar entre o interior e
o fora do caso mas não suficientemente incluído ser
termed hermético.
3.3.25.10 Motor de Nonventilated totalmente Incluso. Um totalmente incluído
motor que não é equipado por esfriar através de meios
externo às partes incluindo.
3.3.26 rede Cabeça de Sucção Positiva (NPSH) (hsv). A sucção total
encabece em metros (pés) de líquido absoluto, determinado a
o nozzle de sucção, e recorreu a dado, menos a pressão de vapor
do líquido em metros (pés) absoluto.
3.3.27 em-local Poder Produção Facilidade. Apower-produção
facilidade que está em local que é a provisão normal de elétrico
dê poder a para o local, e é esperado que isso constantemente esteja produzindo
poder.
3.3.28 em-local Gerador Auxiliar. Um gerador que está em local
e isso serve como uma provisão alternada de poder elétrico. It
difere de uma em-local poder produção facilidade nisso que é
não constantemente poder produtor.
3.3.29 Dispositivo pressão-regulando. Um dispositivo projetou para o
propósito de reduzir, regulando, controlando, ou restringindo água,
pressão. Exemplos incluem pressão-reduzindo válvulas, pressão,
controle válvulas, e pressão-restringindo dispositivos.
3.3.30 bomba.
3.3.30.1 Bomba aditiva. Uma bomba que é usada para injetar elementos aditivos
no fluxo de água.
3.3.30.2 podem Bombear. Um turbine–type de cabo vertical bombeiam dentro
uma lata (recipiente de sucção) para instalação em um oleoduto elevar
pressão de água.
3.3.30.3 Bomba centrífuga. Uma bomba em qual a pressão
é desenvolvido principalmente pela ação de força centrífuga.
3.3.30.4 Bomba de Sucção de fim. Um único sucção bomba tendo
seu nozzle de sucção no lado oposto da cobertura de
a caixa de recheio e tendo a face do nozzle de sucção
perpendicular ao eixo longitudinal do cabo.
3.3.30.5 Bomba de fogo. Uma bomba que é provedor de líquido
fluxo e pressão dedicaram para incendiar proteção.
3.3.30.6 espuma Concentra Bomba. Veja 3.3.30.1, Elemento aditivo,
Bomba.
3.3.30.7 Bomba de engrenagem. Uma bomba de deslocamento positiva caracterizou
pelo uso de dentes de engrenagem e cobertura deslocar líquido.
3.3.30.8 Bomba horizontal. Uma bomba com o cabo normalmente
em uma posição horizontal.
3.3.30.9 Dividir-caso horizontal Bomba. Uma bomba centrífuga
caracterizado por um alojamento que é fendido paralelo para o cabo.
3.3.30.10 Bomba de em-linha. Uma bomba centrífuga cujo passeio
unidade é apoiada pela bomba que tem sua sucção e descarga
orlas em aproximadamente o mesmo centerline.
3.3.30.11 pistão Bomba de Plunger. Um deslocamento positivo
bomba caracterizada pelo uso de um pistão ou plunger e
cilindro para deslocar líquido.
3.3.30.12 Bomba de Deslocamento positiva. Uma bomba que é
caracterizado por um método de fluxo produtor capturando
um volume específico de fluido por revolução de bomba e
reduzindo o fluido nulo por uns meios mecânicos para deslocar
o fluido bombeando.
3.3.30.13 Bomba de Lóbulo rotativa. Um deslocamento positivo
bomba caracterizada pelo uso de um lóbulo de rotor para levar fluido
entre o lóbulo nulo e a cobertura de bomba do inlet
para a saída.
3.3.30.14 Bomba de Cata-vento rotativa. Apositive deslocamento bomba
caracterizado pelo uso de um único rotor com cata-ventos que movem
com rotação de bomba criar um nulo e desloca líquido.
3.3.30.15 Lineshaft Turbina Bomba vertical. Um cabo vertical
bomba centrífuga com impulsor giratório ou impulsores e
com descarga do coaxial de elemento bombeando com o
cabo. O elemento bombeando está suspenso pelo condutor
sistema que inclui um sistema de shafting vertical usou
transmitir poder aos impulsores, o movedor sendo principal,
externo ao fluxo de fluxo.
3.3.31 Nível de Água bombeando. O nível, com respeito ao
bombeie, do corpo de água da qual leva sucção quando
a bomba está em operação. Medidas são feitas igual a
com o nível de água estático.
3.3.32 * serviço. Os condutores e equipamento por entregar
energia elétrica da utilidade de serviço para o sistema de instalação elétrica do
premissas serviram. [70: artigo 100, Separe eu]
3.3.33 * Equipamento de serviço. O equipamento necessário, normalmente,
consistindo em um breaker(s de circuito) ou switch(es) e fuse(s) e
os acessórios deles/delas, conectado ao fim de carga de condutores de serviço
para um edifício ou outra estrutura, ou um caso contrário designou
área, e pretendeu constituir o controle principal e prazo de
a provisão. [70: artigo 100, Separe eu]
3.3.34 Fator de serviço. Um multiplicador de um motor de ac que, quando
aplicado ao horsepower avaliado, indica um permissível
podem ser levados horsepower que carregam isso à voltagem avaliada,
freqüência, e temperatura. Por exemplo, o multiplicador
1.15 indicam que o motor é permitido ser sobrecarregado
1.15 vezes o horsepower avaliado.
3.3.35 sinal. Um indicador de estado.
3.3.36 velocidade.
3.3.36.1 Velocidade de máquina. A velocidade indicou na máquina
nameplate.
3.3.36.2 Velocidade de motor. A velocidade indicou no motor
nameplate.
3.3.36.3 Velocidade avaliada. A velocidade para qual a bomba de fogo
é listado e se aparece no nameplate de bomba de fogo.
3.3.37 Nível de Água estático. O nível, com respeito ao
bombeie, do corpo de água da qual leva sucção quando
a bomba não está em operação. Para turbine–type de cabo vertical
bombas, a distância para o nível de água é vertically medido
do centerline horizontal da cabeça de descarga ou baliza.
DEFINIÇÕES 20–9
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

3.3.38 Cabeça de Descarga de total (hd). A leitura de uma pressão


meça à descarga da bomba, convertida a metros,
(pés) de líquido, e recorreu a dado, mais a cabeça de velocidade,
ao ponto de anexo de medida.
3.3.39 * Cabeça total (H), Bombas Horizontais. A medida de
o aumento de trabalho, por quilograma (libra) de líquido, deu
para o líquido pela bomba, e então a diferença algébrica
entre a cabeça de descarga total e a sucção total
cabeça. Cabeça total, como determinado em teste onde elevador de sucção existe,
é a soma da cabeça de descarga total e elevador de sucção total.
Onde cabeça de sucção positiva existe, a cabeça total é o total
cabeça de descarga menos a cabeça de sucção total.
3.3.40 * Cabeça total (H), Bombas de Turbina Verticais. A distância
do nível de água bombeando para o centro da descarga
meça mais a cabeça de descarga total.
3.3.41 total Taxou Cabeça. A cabeça total desenvolveu a avaliado
capacidade e velocidade avaliada para um dividir-caso horizontal ou um
bomba de turbine–type de cabo vertical.
3.3.42 Cabeça de Sucção total (hs). Cabeça de sucção existe onde o
cabeça de sucção total está sobre pressão atmosférica. Sucção total
encabece, como determinado em teste, é a leitura de uma medida a
a sucção da bomba, converteu a metros (pés) de líquido,
e recorreu a dado, mais a cabeça de velocidade ao ponto de
meça anexo.
3.3.43 Elevador de Sucção total (hl). Elevador de sucção que existe onde o
cabeça de sucção total está debaixo de pressão atmosférica. Sucção total
erga, como determinado em teste, é a leitura de um manometer líquido a
o nozzle de sucção da bomba, converteu a metros (pés) de
líquido, e recorreu a dado, menos a cabeça de velocidade ao
ponto de anexo de medida.
3.3.44 válvula.
3.3.44.1 Válvula de entulho. Uma válvula automática instalou no
lado de descarga de uma bomba de deslocamento positiva para aliviar
pressione antes do motorista de bomba que alcança velocidade operacional.
3.3.44.2 baixa Sucção que Estrangula Válvula. Um piloto-operou
válvula instalada em descarga que transporta isso mantém positivo
pressione o sucção transportando, enquanto monitorando pressão
na sucção que pia por uma linha sentindo.
3.3.44.3 Válvula de Controle de pressão. Um pressurereducing piloto-operado
válvula projetou com a finalidade de reduzir o
a jusante pressão de água para um valor específico debaixo de ambos
fluindo (residual) e nonflowing (estático) condições.
3.3.44.4 Válvula pressão-reduzindo. Uma válvula projetou para o
propósito de reduzir o a jusante pressão de água debaixo de
ambos que fluem (residual) e nonflowing (estático) condições.
3.3.44.5 Válvula de alívio. Um dispositivo do que permite a diversão
líquido limitar pressão de excesso em um sistema.
3.3.44.6 Válvula de Unloader. Uma válvula que é projetada para aliviar
fluxo de excesso debaixo de capacidade de bomba a pressão de bomba de jogo.
3.3.45 Pressão de Velocidade variável que Limita Controle. Um controle de velocidade
sistema limitava a pressão de descarga total reduzindo
a velocidade de motorista de bomba de velocidade avaliada.
3.3.46 * Cabeça de velocidade (hv). A cabeça de velocidade é figurada de
a velocidade comum (v) obteve dividindo o fluxo dentro cúbico
metros por segundo (pés cúbicos por segundo) pela área atual
de tubo seção atravessada em metros quadrados (pés quadrados) e determinado
ao ponto da conexão de medida.
3.3.47 Cova molhada. Atimber, concreto, ou masonry documento anexo tendo
um inlet escondido manteve parcialmente enchido com água por um aberto
corpo de água como uma lagoa, lago, ou fluxo.
Capítulo 4 Reservado
Capítulo 5 Exigências Gerais
5.1 bombas.
5.1.1 este padrão aplicará a único-fase centrífugo e
multistage bombeia do desígnio de cabo horizontal ou vertical
e deslocamento positivo bombeia do horizontal ou vertical
desígnio de cabo.
5.1.2 outras Bombas.
5.1.2.1 bombas diferente de esses especificaram neste padrão e
tendo características de desígnio diferentes será permitido ser instalado
onde tais bombas são listadas por um laboratório de prova.
5.1.2.2 estas bombas serão limitadas a capacidades de menos que
1892 L/min (500 gpm).
5.2 * aprovação Requereu.
Serão selecionadas 5.2.1 bombas estacionárias baseado nas condições
debaixo de qual eles serão instalados e serão usados.
5.2.2 o fabricante de bomba ou seu representante autorizado
será dado informação completa relativo ao líquido e
características de provisão de poder.
5.2.3 um plano completo e dados detalhados que descrevem bomba,
motorista, controlador, provisão de poder, ajustes, sucção e descarga
conexões, e condições de provisão líquidas estarão preparadas
para aprovação.
5.2.4 cada bomba, motorista, controlando equipamento, poder,
provisão e arranjo, e provisão líquida será aprovada
pela autoridade que tem jurisdição para o específico
condições de campo encontraram.
5.3 Operação de bomba. No caso de operação de bomba de fogo,
pessoal qualificado responderá ao local de bomba de fogo para
determine que a bomba de fogo está operando dentro um satisfatório
maneira.
5.4 fogo Bomba Unidade Desempenho.
5.4.1 * a unidade de bomba de fogo, consistindo em uma bomba, motorista, e
controlador, executará conforme este padrão
como uma unidade inteira quando instalou ou quando componentes têm
sido substituído.
5.4.2 a unidade de bomba de fogo completa será aceitação de campo
testado para próprio desempenho conforme as providências
deste padrão. (Veja Seção 14.2.)
5.5 Teste de Loja certificado.
5.5.1 loja teste curvas exibição certificada capacidade de cabeça e
freie horsepower da bomba serão fornecidos pelo
fabricante para o comprador.
5.5.2 o comprador fornecerá os dados requeridos em 5.5.1
para a autoridade que tem jurisdição.
20–10 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

5.6 líquido Provê.


5.6.1 * confiança. A suficiência e confiança da água
fonte é de importância primária e será determinada completamente,
com mesada devida para sua confiança no futuro.
5.6.2 * fontes.
5.6.2.1 qualquer fonte de água que é adequado em qualidade, quantidade,
e será permitida pressão prover a provisão para um
bomba de fogo.
5.6.2.2 onde a provisão de água de um serviço público principal é
não adequado em qualidade, quantidade, ou pressão, uma alternativa
fonte de água será provida.
5.6.2.3 que a suficiência da provisão de água será determinada
e avaliou antes da especificação e instalação do
bomba de fogo.
5.6.3 nível. O nível de água mínimo de um bem ou cova molhada deve
seja determinado bombeando a não menos que 150 por cento do
bomba de fogo taxou capacidade.
5.6.4 * armazenou Provisão.
5.6.4.1 provisão de Astored será suficiente conhecer a demanda
colocado nisto para a duração esperada.
5.6.4.2 que um método seguro de encher a provisão será
contanto.
5.6.5 cabeça.
5.6.5.1 a cabeça disponível de uma provisão de água será figurado
em base de um fluxo de 150 por cento de capacidade avaliada de
a bomba de fogo.
5.6.5.2 que esta cabeça será como indicado por um teste de fluxo.
5.7 bombas e Motoristas.
5.7.1 * bombas de fogo serão dedicadas e serão listadas para proteção de fogo
serviço.
5.7.2 motoristas aceitáveis para bombas a uma única instalação são
motores elétricos, motores dieseis, turbinas a vapor, ou uma combinação
thereof.
5.7.3 com exceção de instalações feitas antes de adoção do
1974 edição deste padrão, dual-dirija unidades de bomba não devem
seja usado.
5.7.4 * Pressão de máximo para Bombas Centrífugas.
5.7.4.1 o shutoff de bomba líquido (batedeira) pressão mais o máximo
pressão de sucção estática, ajustada para elevação, não excederá
a pressão para a qual os componentes de sistemas são avaliados.
Não serão usadas 5.7.4.2 válvulas de alívio de pressão como uns meios para
satisfaça para as exigências de 5.7.4.1.
5.7.4.3 Pressão de Velocidade variável que Limita Controle.
5.7.4.3.1 pressão de velocidade variável que limita os motoristas de controle, como
definido neste padrão, é aceitável satisfazer para as exigências
de 5.7.4.1.
5.7.4.3.2 cem dez (110) por cento da pressão avaliada
da pressão de velocidade variável que limita controle, ajustou
para elevação, não excederá a pressão para qual o sistema
componentes são avaliados.
5.8 * Capacidades de Bomba de Fogo centrífugas.
5.8.1 uma bomba de fogo centrífuga para proteção de fogo será
selecionado para operar a menos que ou iguala a 150 por cento de
a capacidade avaliada.
5.8.2 * bombas de fogo centrífugas terão um das capacidades avaliadas
em L/min (gpm) identificou em Mesa 5.8.2 e será
taxado a pressões de rede de 2.7 barra (40 psi) ou mais.
5.8.3 bombas de fogo centrífugas com avaliações mais de 18,925 L/min
(5000 gpm) está sujeito a revisão individual por ou a autoridade
jurisdição tendo ou um laboratório listando.
5.9 Nameplate. Serão proporcionadas para bombas um nameplate.
5.10 pressão Mede.
5.10.1 descarga.
5.10.1.1 uma medida de pressão que não tem um dial menos de 89 mm
(3.5 em.) em diâmetro será conectado perto da descarga
lançando com um 6 mm nominal (0.25 em.) meça válvula.
5.10.1.2 o dial indicará pelo menos duas vezes pressão para
a pressão de funcionamento avaliada da bomba mas não menos que
13.8 barra (200 psi).
5.10.1.3 que a face do dial lerá em barra, libras por
honestamente avance lentamente, ou ambos com o padrão do fabricante
graduações.
5.10.2 * sucção.
5.10.2.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 5.10.2.4, uma
combinação
pressão e medida de vazio que não têm um dial menos que
89 mm (3.5 em.) em diâmetro será conectado à sucção
pie perto da bomba com um nominal 6mm(0.25 em.) meça válvula.
5.10.2.2 que a face do dial lerá em milímetros de mercúrio
(polegadas de mercúrio) ou barra (psi) para a gama de sucção.
5.10.2.3 a medida terá uma gama de pressão duas vezes o
pressão de sucção de máximo avaliada da bomba, mas não menos
que 6.9 barra (100 psi).
5.10.2.4 que as exigências de 5.10.2 não aplicarão para vertical
turbine–type de cabo bombeia sucção de tomada de um bem ou aberto
molhe cova.
Mesa 5.8.2 Capacidades de Bomba de Fogo Centrífugas
Gpm de L/min gpm de L/min
95 25 3,785 1,000
189 50 4,731 1,250
379 100 5,677 1,500
568 150 7,570 2,000
757 200 9,462 2,500
946 250 11,355 3,000
1,136 300 13,247 3,500
1,514 400 15,140 4,000
1,703 450 17,032 4,500
1,892 500 18,925 5,000
2,839 750
EXIGÊNCIAS 20–11 GERAIS
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

5.11 Válvula de Alívio de circulação.


5.11.1 Válvula de Alívio automática.
5.11.1.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 5.11.1.7, cada
pump(s) terá uma válvula de alívio automática listada para o fogo
serviço de bomba instalou e fixou debaixo da pressão de shutoff a
mínimo esperou pressão de sucção.
5.11.1.2 dos que a válvula será instalada no lado de descarga
a bomba antes da válvula de cheque de descarga.
5.11.1.3 a válvula proverá fluxo de água suficiente para
impeça para a bomba de aquecer demais ao operar com
nenhuma descarga.
Serão feitas 5.11.1.4 providências por descarga para um dreno.
5.11.1.5 válvulas de alívio de circulação não serão amarradas dentro com o
caixa empacotando ou drenos de beira de goteira.
5.11.1.6 tamanho mínimo da válvula de alívio automática terá
um tamanho nominal de 19 mm (0.75 em.) para bombas com um avaliado
capacidade que não excede 9462 L/min (2500 gpm) e tem um
tamanho nominal de 25 mm (1 em.) para bombas com uma capacidade avaliada
de 11,355 a 18,925 L/min (3000 a 5000 gpm).
5.11.1.7 que as exigências de 5.11.1 não aplicarão a enginedriven
bombas para qual máquina da que água refrescante é levada
a descarga de bomba.
5.11.2 combinação com Válvula de Alívio de Pressão. Onde uma pressão
válvula de alívio foi transportada atrás a sucção, uma circulação,
válvula de alívio será provida e o tamanho estará em acordo
com Seção 5.6.
5.12 * Proteção de equipamento.
5.12.1 * Exigências gerais. A bomba de fogo, motorista, e
controlador será protegido contra possível interrupção de
conserte por dano causado por explosão, fogo, inundação,
terremoto, roedores, insetos, ventania, gelando, vandalismo,
e outras condições adversas.
5.12.1.1 Unidades de Bomba de Fogo em recinto fechado. Unidades de bomba de fogo em
recinto fechado
será separado fisicamente ou será protegido através de construção fogo-avaliada
conforme Mesa 5.12.1.1.
5.12.1.2 Unidades de Bomba de Fogo ao ar livre.
5.12.1.2.1 unidades de bomba de fogo localizaram ao ar livre será localizado
pelo menos 15.3 m (50 ft) longe de qualquer expondo construindo.
Também serão exigidas 5.12.1.2.2 instalações ao ar livre ser
contanto com proteção contra possível interrupção em acordo
com 5.12.1.
5.12.1.3 Edifícios de Bomba de fogo ou Quartos com motores dieseis.
Edifícios de bomba de fogo ou quartos que incluem bomba de motor diesel
serão protegidos os motoristas e tanques de dia com um irrigador automático
sistema instalou conforme NFPA 13, Padrão para o
Instalação de Sistemas de Irrigador.
5.12.2 calor.
5.12.2.1 um aprovado ou listou fonte de calor será provida
por manter a temperatura de um quarto de bomba ou
casa de bomba onde requereu sobre 5°C (40°F).
5.12.2.2 para os que serão seguidas as exigências de 11.6.5
exigências de temperatura mais altas para combustão interna
máquinas.
5.12.3 Iluminação normal. Luz artificial será provida dentro um
quarto de bomba ou casa de bomba.
5.12.4 Iluminação de emergência.
5.12.4.1 emergência iluminando serão providos por fixo ou
luzes bateria-operadas portáteis, inclusive lanternas.
5.12.4.2 luzes de emergência não serão conectadas um
bateria máquina-começando.
5.12.5 ventilação. Provisão será constituída ventilação de um
quarto de bomba ou casa de bomba.
5.12.6 * drenagem.
Serão lançados 5.12.6.1 chãos para drenagem adequada de escapar
molhe longe de equipamento crítico como a bomba,
motorista, controlador, e assim sucessivamente.
5.12.6.2 o quarto de bomba ou casa de bomba será provida
com um dreno de chão que descarregará a um local congelação-livre.
5.12.7 guardas. Serão providos os guardas para junções flexíveis
e cabos conectando flexíveis para prevenir elementos giratórios de
dano causando para pessoal.
5.13 tubo e Ajustes.
5.13.1 * Tubo de aço.
5.13.1.1 tubo de aço será usado sobre chão com exceção de
conexão para sucção subterrânea e descarga de subterrâneo
transportando.
5.13.1.2 onde condições de água corrosivas existem, sucção de aço
tubo será galvanizado ou será pintado no lado de dentro antes de instalação
com uma pintura recomendada para superfícies submergidas.
Não serão usados 5.13.1.3 forros de bituminous grossos.
5.13.2 * unindo Método.
5.13.2.1 seções de aço transportar serão unidas por meio de
atarraxado, flanged juntas sulcadas mecânicas ou outro aprovado
ajustes.
5.13.2.2 ajustes de deslizar-tipo será permitido ser usado onde
instalado como requerido pelas 5.14.6 e onde o transportar é mecanicamente
afiançado para prevenir slippage.
5.13.3 concentram e Elemento aditivo Transportando.
5.13.3.1 espuma concentra ou elemento aditivo transportar serão um material
isso não corroerá neste serviço.
5.13.3.2 tubo galvanizado não será usado para espuma concentre
serviço.
5.13.4 * cortando e Soldando. Tocha-cortante ou soldando dentro o
casa de bomba será permitida como uns meios de modificar ou
Mesa 5.12.1.1 Proteção de Equipamento
Bomba
Room/House
Building(s)
Bomba expondo
Room/House
Requerido
Separação
Não sprinklered Não sprinklered 2 hora fogo-avaliado
Não sprinklered Completamente sprinklered ou
Completamente sprinklered Não sprinklered 15.3 m (50 ft)
Completamente sprinklered Completamente sprinklered
1 hora fogo-avaliado
ou
15.3 m (50 ft)
20–12 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

casa de bomba consertando que transporta quando é executado em acordo


com NFPA 51B, Padrão para Prevenção de Fogo Durante
Soldando, Cortando, e Outro Trabalho Quente.
5.14 Tubo de sucção e Ajustes.
5.14.1 * componentes.
5.14.1.1 que os componentes de sucção consistirão em todo o tubo,
válvulas, e ajustes da orla de sucção de bomba para a conexão
para o serviço de água público ou privado principal, armazenamento
abasteça, ou reservatório, e assim sucessivamente, isso alimenta água à bomba.
5.14.1.2 onde são instaladas bombas em série, a sucção
pie para o pump(s subseqüente) começará ao lado de sistema
da válvula de descarga da bomba prévia.
5.14.2 instalação. Tubo de sucção será instalado e será testado dentro
acordo com NFPA24, Padrão para a Instalação de Fogo Privado
Conserte Mains e os Pertence deles/delas.
5.14.3 Tamanho de sucção.
5.14.3.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 5.14.3.2, o
tamanho do tubo de sucção para uma única bomba ou da sucção
tubo de cabeçalho para bombas de múltiplo (operando junto) deva
seja tal que, com todas as bombas que operam às 150 por cento de
capacidade avaliada, a pressão de medida à sucção de bomba,
orlas serão 0 barra (0 psi) ou mais alto.
5.14.3.2 que as exigências de 5.14.3.1 não aplicarão onde
a provisão é um tanque de sucção com sua base a ou sobre o mesmo
elevação como a bomba onde a pressão de medida à bomba
orla de sucção será permitida derrubar a -0.2 barra (-3 psi).
5.14.3.3 o tubo de sucção será classificado segundo o tamanho tal que, com o
pump(s) operando a 150 por cento de capacidade avaliada, a velocidade,
naquela porção do tubo de sucção localizada dentro de 10 tubo
diâmetros não excedem rio acima da orla de sucção de bomba
4.57 m/sec (15 ft/sec).
5.14.3.4 que o tamanho daquela porção do tubo de sucção localizou
dentro de 10 diâmetros de tubo rio acima da orla de sucção de bomba
não seja nenhum menos que isso especificou em Seção 5.25.
5.14.4 * bombas com Estrada de contorno.
5.14.4.1 onde a provisão de sucção é de pressão suficiente para
seja de valor material sem a bomba, a bomba será
instalado com uma estrada de contorno. (Veja Figura A.5.14.4.)
5.14.4.2 o tamanho da estrada de contorno será pelo menos tão grande quanto o
tamanho de tubo requereu para tubo de descarga como especificado em Seção 5.25.
5.14.5 * válvulas.
5.14.5.1 um listou fora de parafuso e jugo (OS&Y) válvula de portão
será instalado no tubo de sucção.
5.14.5.2 nenhuma válvula diferente de uma válvula de OS&Y listada será instalada
no tubo de sucção dentro de 15.3 m (50 ft) da bomba
orla de sucção.
5.14.6 * instalação.
5.14.6.1 geral. Tubo de sucção será posto para evitar cuidadosamente
vazamentos de ar e bolsos de ar qualquer um de que podem afetar seriamente
a operação da bomba.
5.14.6.2 Proteção de geada.
5.14.6.2.1 tubo de sucção será instalado debaixo da linha de congelação
ou em coberturas de frostproof.
5.14.6.2.2 onde tubo entra em fluxos, lagoas, ou reservatórios,
será prestada atenção especial para prevenir ou gelando abaixo
chão ou debaixo de água.
5.14.6.3 cotovelos e Balizas.
5.14.6.3.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 5.14.6.3.2, cotovelos
e balizas com um avião de centerline paralelo para um horizontal
dividir-caso que cabo de bomba não será permitido. (Veja Figura A.5.14.6.)
5.14.6.3.2 para os que as exigências de 5.14.6.3.1 não aplicarão
cotovelos e balizas com um avião de centerline paralelo para um horizontal
dividir-caso cabo de bomba onde a distância entre as orlas
da entrada de sucção de bomba e o cotovelo e baliza é maior
que 10 vezes o diâmetro de tubo de sucção.
5.14.6.3.3 cotovelos com um avião de centerline perpendicular para
o dividir-caso horizontal que cabo de bomba será permitido a qualquer
local na entrada de sucção de bomba.
5.14.6.4 excêntrico Se afilou Redutor ou Increaser. Onde o
tubo de sucção e orla de sucção de bomba não são do mesmo tamanho,
eles serão conectados com um excêntrico se afilou redutor ou
increaser instalados de tal um modo sobre evitam bolsos de ar.
5.14.6.5 Alívio de tensão. Onde a bomba e sua provisão de sucção
está em fundações separadas com tubo interconectando rígido,
para o tubo será proporcionado alívio de tensão. (Veja Figura A.6.3.1.)
5.14.7 múltiplo Bombeia. Onde uns únicos materiais de tubo de sucção
mais de uma bomba, o plano de tubo de sucção ao
serão organizadas bombas de forma que cada bomba receberá seu
provisão proporcional.
5.14.8 * Blindagem de sucção.
5.14.8.1 onde a provisão de água é obtida de um aberto
fonte como uma lagoa ou cova molhada, a passagem de materiais que
possa entupir a bomba será obstruída.
5.14.8.2 telas de entrada dobro serão providas ao
entrada de sucção.
5.14.8.3 telas serão removíveis ou um em-situ limpando
será provido.
5.14.8.4 debaixo de nível de água de mínimo, estas telas terão
uma área líquida efetiva de abrir de 170 mm2 para cada 1 L/min
(1 in.2 para cada 1 gpm) a 150 por cento de capacidade de bomba avaliada.
Serão organizadas 5.14.8.5 telas assim que eles podem ser
limpado ou consertou sem perturbar o tubo de sucção.
5.14.8.6 telas de malha serão metais, cobre, monel, imaculado,
acere, ou outro material metálico corrosão-resistente equivalente
tela de arame de 12.7 mm (0.50 em.) malha de máximo e Não. 10
B&S medem.
5.14.8.7 onde telas de malha de painel planas são usadas, o arame,
será afiançado a uma armação de metal vertically corrediço à entrada
para a entrada.
5.14.8.8 onde as telas ficam situadas em uma fossa ou depressão,
eles serão equipados com um ancinho de escombros-levantamento.
5.14.8.9 o sistema será periodicamente teste bombeado, o
telas removeram para inspeção, e acumulou escombros
removido.
5.14.8.10 telas de abertura contínuas serão metais, cobre,
monel, aço imaculado, ou outro equivalente corrosão-resistente
material metálico de 3.2 mm (0.125 em.) abertura de máximo e
construção de arame de perfil.
EXIGÊNCIAS 20–13 GERAIS
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

5.14.8.11 tela terá 62.5 por cento área aberta pelo menos.
5.14.8.12 onde infestation de mexilhão de zebra está presente ou razoavelmente
se antecipado no local, as telas serão construídas
de um material com resistência demonstrada para mexilhão de zebra
anexo ou cobriu com um material com resistência demonstrada
para anexo de mexilhão de zebra a baixas velocidades.
5.14.8.13 a área global da tela será 1.6 vezes o
área de abertura de tela líquida. (Veja detalhes de tela em Figura A.7.2.2.2.)
5.14.9 * dispositivos Sucção Transportando. Nenhum dispositivo ou assembléia, a menos
que
identificado abaixo, isso parará, restringirá o começando, ou restringirá
a descarga de uma bomba de fogo ou motorista de bomba será
instalado o sucção transportando. Os dispositivos seguintes serão
permitiu na sucção que transporta onde para as exigências são satisfeitas:
(1) confira válvulas e dispositivos de prevenção de backflow e assembléias
será permitido onde requereu por outro NFPA
padrões ou a autoridade que têm jurisdição.
(2) onde a autoridade que tem jurisdição requer positivo
pressione ser mantido no sucção transportar, um pressuresensing,
enfileire para uma baixa sucção que estrangula válvula, especificamente,
listado para serviço de bomba de fogo, será permitido ser conectado
para o sucção transportar.
(3) serão permitidos instalar dispositivos satisfatórios dentro o
provisão de sucção que transporta ou armazenou água proveja e organizou
ativar um alarme se a pressão de sucção de bomba
ou água quedas niveladas debaixo de um mínimo predeterminado.
(4) serão permitidos instalar coadores de sucção dentro
a sucção que transporta onde requereu através de outras seções de
este padrão.
(5) outros dispositivos especificamente permitiram ou requeridos por isto
padrão será permitido.
5.14.10 * Prato de vórtice. Para pump(s) levando sucção de um
provisão de água armazenada, um prato de vórtice será instalado ao
entrada para o tubo de sucção. (Veja Figura A.6.3.1.)
5.15 Tubo de descarga e Ajustes.
5.15.1 que os componentes de descarga consistirão em tubo,
válvulas, e ajustes que estende da orla de descarga de bomba
para o lado de sistema da válvula de descarga.
5.15.2 que a avaliação de pressão dos componentes de descarga deve
seja adequado para o máximo que trabalha pressão mas não menos
que a avaliação do sistema de proteção de fogo.
5.15.3 * tubo de aço com orlas, juntas atarraxadas, ou mecânico
serão usadas juntas sulcadas sobre chão.
5.15.4 todo o tubo de descarga de bomba será hydrostatically testados
conforme NFPA 13, Padrão para a Instalação de
Sistemas de irrigador, e NFPA 24, Padrão para a Instalação de
Serviço de Fogo privado Mains e os Pertence deles/delas.
5.15.5 * o tamanho de tubo de descarga de bomba e ajustes não deve
seja menos que aquele determinado em Seção 5.25.
5.15.6 * uma válvula de cheque listada ou preventer de backflow serão
instalado na assembléia de descarga de bomba.
5.15.7 um indicando listado portão ou válvula de borboleta serão
instalado na proteção de fogo lado de sistema da bomba
válvula de cheque de descarga.
5.15.8 onde são instaladas bombas em série, uma válvula de borboleta
não será instalado entre bombas.
5.15.9 baixa Sucção que Estrangula Válvulas. Baixo sucção estrangulando
válvulas que são listadas para serviço de bomba de fogo e aquele é sucção
pressão sensível será permitido onde o autoridade tendo
jurisdição exige manter pressão positiva em
o sucção transportando. Onde exigido, o baixo sucção estrangulando
serão instaladas válvulas entre a bomba e a descarga
confira válvula.
5.15.10 nos que nenhum dispositivo pressão-regulando será instalado
o tubo de descarga exclui como permitido neste padrão.
5.16 * Supervisão de válvula.
5.16.1 supervisionado Aberto. Onde contanto, a válvula de sucção,
descarregue válvula, válvulas de estrada de contorno, e válvulas de isolamento no backflow
dispositivo de prevenção ou assembléia serão supervisionadas aberto
antes de um dos métodos seguintes:
(1) estação central, estação sinalizando proprietário, ou remoto,
serviço
(2) habitante que sinaliza serviço que causará o soando de um
sinal audível a um ponto constantemente assistido
(3) fechando válvulas abrem
(4) marcando de válvulas e aprovou semanário registrou inspeção
onde válvulas ficam situadas dentro de documentos anexos cercados abaixo o
controle do dono
5.16.2 supervisionado Fechado. As teste saída controle válvulas devem
seja supervisionado fechado.
5.17 * proteção de Piar Contra Dano devido a Movimento.
Uma liberação de não menos de 25 mm (1 em.) será provido
ao redor tubos que atravessam paredes ou chãos.
5.18 Válvulas de alívio para Bombas Centrífugas.
5.18.1 * geral.
5.18.1.1 onde uma bomba de fogo de motor diesel é instalada e
onde um total de 121 por cento do shutoff avaliado líquido (batedeira)
pressione mais o máximo pressão de sucção estática, ajustou
para elevação, excede a pressão para qual os componentes de sistemas
é avaliado, uma válvula de alívio de pressão será instalada.
5.18.1.2 * só serão usadas válvulas de alívio de pressão onde especificamente
permitido por este padrão.
5.18.1.3 onde uma pressão de velocidade variável que limita controle
motorista é instalado, uma válvula de alívio de pressão será instalada.
5.18.2 tamanho. O tamanho de válvula de alívio não será menos que isso
cedido Seção 5.25. (Também veja 5.18.7 e A.5.18.7 para condições
isso afeta tamanho.)
5.18.3 local. A válvula de alívio será localizada entre o
bomba e a bomba descarregam válvula de cheque e serão assim
prendeu que pode ser removido prontamente para consertos sem
perturbando o transportando.
5.18.4 tipo.
5.18.4.1 válvulas de alívio de pressão ou serão um springloaded listado
ou piloto-operou tipo de diafragma.
5.18.4.2 válvulas de alívio de pressão piloto-operadas onde prenderam
para turbina de cabo vertical bombeia, será organizado
previna aliviando de água a água pressiona menos que o
pressione alívio que fixa da válvula.
5.18.5 * descarga.
5.18.5.1 a válvula de alívio descarregará em um tubo aberto ou
em um cone ou funil afiançou à saída da válvula.
5.18.5.2 descarga de água da válvula de alívio será prontamente
visível ou facilmente detectable pelo operador de bomba.
5.18.5.3 que espirram de água no quarto de bomba será
evitado.
20–14 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

5.18.5.4 se um cone de fechado-tipo for usado, será provido com


meios para movimento detector de água pelo cone.
5.18.5.5 se a válvula de alívio é provida com meios para descobrir
movimento (fluxo) de água pela válvula, então cones ou funis
a sua saída não será requerido.
5.18.6 descarga Transportando.
5.18.6.1 que o alívio válvula descarga tubo não será de um tamanho
menos que aquele determinado em Seção 5.25.
5.18.6.2 se o tubo emprega mais de um cotovelo, o próximo
tamanho de tubo maior será usado.
5.18.6.3 alívio válvula descarga transportando que devolve água atrás para
a fonte de provisão, como um tanque de armazenamento de aboveground, será
corra independentemente e não seja combinado com a descarga
de outras válvulas de alívio.
5.18.7 * descarga para Fonte de Provisão. Onde a válvula de alívio é
piado atrás à fonte de provisão, a válvula de alívio e transportando
tenha capacidade suficiente para impedir para pressão de exceder
que para qual componentes de sistemas são avaliados.
5.18.8 * descarga para Reservatório de Sucção. Onde a provisão de
molhe à bomba é levado de um reservatório de sucção de limitado
capacidade, o tubo de dreno descarregará no reservatório a um
aponte como longe da sucção de bomba como é necessário prevenir o
bombeie de traçar ar introduzido pela descarga de tubo de dreno.
5.18.9 Válvula de Shutoff. Uma válvula de shutoff não será instalada dentro
a provisão de válvula de alívio ou descarga transportando.
5.19 água Fluxo Teste Dispositivos.
5.19.1 geral.
5.19.1.1 * uma instalação de bomba de fogo será organizada para permitir o
teste da bomba a suas condições avaliadas como também a sucção
proveja ao fluxo de máximo disponível da bomba de fogo.
5.19.1.2 * onde molha uso ou descarga não é permitida para
a duração do teste especificou em Capítulo 14, a saída deve
seja usado testar a bomba e provisão de sucção e determinar isso
o sistema está operando conforme o desígnio.
5.19.1.3 o fluxo continuará até o fluxo estabilizou.
(Veja 14.2.7.3.)
5.19.2 metros.
5.19.2.1 Dispositivos de prova.
5.19.2.1.1 * dispositivos de Metering ou nozzles fixo para prova de bomba
será listado.
5.19.2.1.2 dispositivos de Metering ou nozzles fixo serão capazes de
fluxo de água de não menos que 175 por cento de capacidade de bomba avaliada.
5.19.2.2 todos o metro serão classificados segundo o tamanho sistema transportando
como especificado
pelo metro o fabricante mas não menos que o metro
dispositivo classifica segundo o tamanho mostrado em Seção 5.25.
5.19.2.3 o metro de tamanho mínimo para uma determinada capacidade de bomba
será permitido ser usado onde o metro sistema transportando
não exceda 30.5 m (100 ft) comprimento equivalente.
5.19.2.3.1 onde metro sistema transportando excede 30.5 m (100 ft),
comprimento incluindo de tubo direto mais comprimento equivalente em ajustes,
elevação, e perda por metro, o próximo tamanho maior de
transportando serão usados para minimizar perda de fricção.
5.19.2.3.2 o elemento primário será satisfatório para aquele tubo
tamanho e avaliação de bomba.
5.19.2.3.3 o instrumento de estágio de leitura será classificado segundo o tamanho
para o
capacidade bomba-avaliada. (Veja Seção 5.25.)
5.19.3 Válvulas de mangueira.
5.19.3.1 * geral.
Serão listadas 5.19.3.1.1 válvulas de mangueira.
5.19.3.1.2 que o número e tamanho de válvulas de mangueira usaram para bomba
testar serão como especificado em Seção 5.25.
Serão montadas 5.19.3.1.3 válvulas de mangueira em um cabeçalho de válvula de
mangueira
e provê transportando será classificado segundo o tamanho de acordo com Seção 5.25.
5.19.3.2 Tipo de linha. Tipos de linha estarão em complacência
com um do seguinte:
(1) valve(s de mangueira) terá o padrão de NH externo
enfie para o tamanho de válvula especificado, como especificado dentro
NFPA 1963, Padrão para Conexões de bomba de incêndio.
(2) onde conexões de corpo de bombeiros locais não conformam
a NFPA 1963, designará a autoridade que tem jurisdição
as linhas a ser usadas.
5.19.3.3 local.
5.19.3.3.1 onde o cabeçalho de válvula de mangueira fica situado fora ou
a uma distância da bomba e há perigo de gelar, um
listado indicando borboleta ou válvula de portão e válvula de dreno ou bola
goteira será localizada no oleoduto ao cabeçalho de válvula de mangueira.
5.19.3.3.2 que a válvula requerida em 5.19.3.3.1 estará a um ponto
na linha perto da bomba. (Veja Figura A.6.3.1.)
5.19.3.4 Tamanho de tubo. O tamanho de tubo será conforme
um do seguinte dois métodos:
(1) onde o tubo entre o cabeçalho de válvula de mangueira e conexão
ao tubo de descarga de bomba é mais de 4.5 m (15 ft)
em comprimento, o próximo tamanho de tubo maior que requereu por
serão usados 5.19.3.1.3.
(2) este tubo é permitido ser classificado segundo o tamanho através de cálculos hidráulicos
baseado em um fluxo total de 150 por cento de capacidade de bomba avaliada,
inclusive o seguinte:
(um) Este cálculo incluirá perda de fricção para o total
comprimento de tubo mais comprimentos equivalentes de ajustes, controle
válvula, e válvulas de mangueira, mais perda de elevação, do
orla de descarga de bomba para as saídas de válvula de mangueira.
(b) A instalação será provada por um teste que flui o
água de máximo disponível.
5.20 Confiança de Provisão de poder.
5.20.1 Provisão elétrica.
Será dada 5.20.1.1 consideração cuidadosa em cada caso para o
confiança do sistema de provisão elétrico e o sistema de instalação elétrica.
5.20.1.2 consideração incluirá o possível efeito de fogo
em linhas de transmissão ou na propriedade ou juntando
edifícios que poderiam ameaçar a propriedade.
5.20.2 Provisão de vapor.
Será dada 5.20.2.1 consideração cuidadosa em cada caso para o
confiança da provisão a vapor e o sistema de provisão a vapor.
5.20.2.2 consideração incluirá o possível efeito de fogo
em transmissão que ou pia na propriedade ou juntando
edifícios que poderiam ameaçar a propriedade.
5.21 loja Testa.
5.21.1 geral. Cada bomba individual será testada ao
fábrica para prover dados de desempenho detalhados e demonstrar
sua complacência com especificações.
EXIGÊNCIAS 20–15 GERAIS
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

5.21.2 Testes de Preshipment.


5.21.2.1 antes de remessa da fábrica, cada bomba deve
seja hydrostatically testado pelo fabricante para um período de
não cronometre menos de 5 minutos.
5.21.2.2 a pressão de teste não será menos que um e
um-meio vezes a soma do shutoff da bomba encabeça vantagem seu
máximo cabeça de sucção permissível, mas em nenhum caso deva seja
menos de 17.24 barra (250 psi).
5.21.2.3 coberturas de bomba estarão essencialmente apertadas ao teste
pressão.
5.21.2.4 durante o teste, nenhum vazamento censurável acontecerá
a qualquer em comum.
5.21.2.5 no caso de turbine–type vertical bombeiam, ambos o
serão testadas arremesso de descarga e assembléia de tigela de bomba.
5.22 * Rotação de Cabo de bomba. Bombeie rotação de cabo será determinada
e corretamente especificou ao ordenar bombas de fogo
e equipamento que envolve aquela rotação.
5.23 * alarmes. Quando requereu por outras seções deste padrão,
alarmes chamarão atenção a condições impróprias no fogo
bombeie equipamento.
5.24 * Manutenção de pressão (Jóquei ou Maquiagem) Bombas.
5.24.1 bombas de manutenção de pressão terão taxado capacidades
não menos que qualquer taxa de vazamento normal.
5.24.2 as bombas terão pressão de descarga suficiente para
mantenha a proteção de fogo desejada pressão de sistema.
5.24.3 que uma válvula de cheque será instalada no tubo de descarga.
5.24.4 * indicando borboleta ou válvulas de portão serão instalados dentro
tal coloca como precisado fazer a bomba, confira válvula, e outro
ajustes misturado acessível para conserto.
5.24.5 * Pressão de excesso.
5.24.5.1 onde uma manutenção de pressão de centrífugo-tipo
bomba tem uma pressão de shutoff que excede a pressão de funcionamento
taxando do equipamento de proteção de fogo, ou onde um
cata-vento de turbina (periférico) tipo de bomba é usado, um alívio,
válvula classificada segundo o tamanho para prevenir overpressuring do sistema será
instalado na descarga de bomba para prevenir dano para o
incendeie sistema de proteção.
Não serão usados 5.24.5.2 cronômetros de período correntes onde cavalga
são utilizadas bombas que tem a capacidade de exceder o
trabalhando pressão dos sistemas de proteção de fogo.
5.24.6 como os que a bomba de fogo primária ou auxiliar não será usada
uma bomba de manutenção de pressão.
5.24.7 tubo de aço será usado para sucção e descarga que transportam em
bombas de jóquei que incluem sistemas pré-fabricados empacotados.
5.25 resumo de Dados de Bomba de Fogo Centrífugos. Os tamanhos indicaram
em Mesa 5.25(a) e Mesa 5.25(b) será usado como um
mínimo.
Mesa 5.25(a) Resumo de Dados de Bomba de Fogo Centrífugos (Métrico)
Avaliação de bomba
(L/min)
Tamanhos de Tubo mínimos (Nominal)
Suction1, 2,
(mm)
Discharge1
(mm)
Válvula de alívio
(mm)
Válvula de alívio
Descarga
(mm)
Metro
Dispositivo
(mm)
Número e
Tamanho de Mangueira
Válvulas (mm)
Cabeçalho de mangueira
Proveja (mm)
95 25 25 19 25 32 1 — 38 25
189 38 32 32 38 50 1 — 38 38
379 50 50 38 50 65 1 — 65 65
568 65 65 50 65 75 1 — 65 65
757 75 75 50 65 75 1 — 65 65
946 85 75 50 65 85 1 — 65 75
1,136 100 100 65 85 85 1 — 65 75
1,514 100 100 75 125 100 2 — 65 100
1,703 125 125 75 125 100 2 — 65 100
1,892 125 125 100 125 125 2 — 65 100
2,839 150 150 100 150 125 3 — 65 150
3,785 200 150 150 200 150 4 — 65 150
4,731 200 200 150 200 150 6 — 65 200
5,677 200 200 150 200 200 6 — 65 200
7,570 250 250 150 250 200 6 — 65 200
9,462 250 250 200 250 200 8 — 65 250
11,355 300 300 200 300 200 12 — 65 250
13,247 300 300 200 300 250 12 — 65 300
15,140 350 300 200 350 250 16 — 65 300
17,032 400 350 200 350 250 16 — 65 300
18,925 400 350 200 350 250 20—65 300
1Actual diâmetro de orla de bomba é permitido ser diferente de diâmetro de tubo.
2Applies só para aquela porção de tubo de sucção especificada em 5.14.3.4.
20–16 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

5.26 Backflow Preventers e Válvulas de Cheque.


5.26.1 válvulas de cheque e dispositivos de prevenção de backflow e assembléias
será listado para serviço de proteção de fogo.
5.26.2 Drenagem de Válvula de alívio.
5.26.2.1 onde o dispositivo de prevenção de backflow ou assembléia
corporações uma válvula de alívio, a válvula de alívio descarregará um
escoe apropriadamente classificado segundo o tamanho para o máximo se antecipou fluxo
da válvula de alívio.
5.26.2.2 uma abertura de ar será provida conforme o
as recomendações de fabricante.
5.26.2.3 descarga de água da válvula de alívio será prontamente
visível ou facilmente detectable.
5.26.2.4 desempenho das exigências precedendo será
documentado criando cálculos e testes.
5.26.3 onde situado no tubo de sucção da bomba,
confira válvulas e dispositivos de prevenção de backflow ou assembléias
será localizado um mínimo de 10 diâmetros de tubo do
bombeie orla de sucção.
5.26.4 avaliação.
5.26.4.1 onde a autoridade que tem jurisdição requer o
instalação de um dispositivo de prevenção de backflow ou assembléia em conexão
com a bomba, consideração especial será dada
a perda de pressão aumentada que é o resultado da instalação.
5.26.4.2 onde um dispositivo de prevenção de backflow é instalado, o
arranjo final proverá desempenho de bomba efetivo
com uma pressão de sucção mínima de 0 barra (0 psi) à medida
a 150 por cento de capacidade avaliada.
5.26.4.3 determinação de desempenho de bomba efetivo deve
seja documentado criando cálculos e testes.
5.27 Proteção de terremoto.
5.27.1 * a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 5.27.2 e onde
códigos locais requerem desígnio sísmico, a bomba de fogo, motorista, diesel,
tanque de gasolina (onde instalou), e o controlador de bomba de fogo será
prendido às fundações deles/delas com materiais capaz de resistir
movimento lateral de forças horizontais igual a um-meia o
peso do equipamento.
5.27.2 que as exigências de 5.27.1 não aplicarão onde o
autoridade que tem jurisdição requer fatores de força horizontais
diferente de 0.5, em tal caso NFPA13, Padrão para a Instalação de
Sistemas de irrigador, solicitará desígnio sísmico.
5.27.3 bombas com centros de gravidade altos, como em-linha vertical,
bombas, será montado à base deles/delas e será suportado acima o deles/delas
centro de gravidade conforme as exigências de 5.27.1 ou
5.27.2, qualquer que é aplicável.
5.27.4 onde o espelho de sistema também é uma parte da bomba de fogo
descarga transportando, uma junção de tubo flexível será instalada a
a base do espelho de sistema.
Mesa 5.25(b) Resumo de Dados de Bomba de Fogo Centrífugos (o E.U.A. Customary)
Avaliação de bomba
(gpm)
Tamanhos de Tubo mínimos (Nominal)
Suction1, 2,
(em.)
Discharge1
(em.)
Válvula de alívio
(em.)
Válvula de alívio
Descarga
(em.)
Metro Dispositivo
(em.)
Número e
Tamanho de Mangueira
Válvulas (em.)
Cabeçalho de mangueira
Proveja (em.)
25 1 1 3⁄4 1 11⁄4 1 — 11⁄2 1
50 11⁄2 11⁄4 11⁄4 11⁄2 2 1 — 11⁄2 11⁄2
100 2 2 11⁄2 2 21⁄2 1 — 21⁄2 21⁄2
150 21⁄2 21⁄2 2 21⁄2 3 1 — 21⁄2 21⁄2
200 3 3 2 21⁄2 3 1 — 21⁄2 21⁄2
250 31⁄2 3 2 21⁄2 31⁄2 1 — 21⁄2 3
300 4 4 21⁄2 31⁄2 31⁄2 1 — 21⁄2 3
400 4 4 3 5 4 2 — 21⁄2 4
450 5 5 3 5 4 2 — 21⁄2 4
500 5 5 3 5 5 2 — 21⁄2 4
750 6 6 4 6 5 3 — 21⁄2 6
1,000 8 6 4 8 6 4 — 21⁄2 6
1,250 8 8 6 8 6 6 — 21⁄2 8
1,500 8 8 6 8 8 6 — 21⁄2 8
2,000 10 10 6 10 8 6 — 21⁄2 8
2,500 10 10 6 10 8 8 — 21⁄2 10
3,000 12 12 8 12 8 12 — 21⁄2 10
3,500 12 12 8 12 10 12 — 21⁄2 12
4,000 14 12 8 14 10 16 — 21⁄2 12
4,500 16 14 8 14 10 16 — 21⁄2 12
5,000 16 14 8 14 10 20—21/2 12
1 diâmetro atual de orla de bomba é permitido ser diferente de diâmetro de tubo.
2 só aplicam àquela porção de tubo de sucção especificada em 5.14.3.4.
EXIGÊNCIAS 20–17 GERAIS
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

5.28 Sistemas de Bomba de Fogo empacotados.


Serão inspecionados 5.28.1 sucção e descarga transportando completamente,
inclusive verificação todos o flanged e conexões mecânicas
por fabricantes recomendações de ', depois da bomba,
casa ou desliza unidade é fixa em lugar na fundação permanente.
5.28.2 as unidades serão ancoradas corretamente e serão rebocadas dentro
acordo com Seção 6.4.
5.29 Teste de Aceitação de campo de Unidades de Bomba. Em conclusão
da instalação de bomba de fogo inteira, será um teste de aceitação
administrado conforme as providências deste padrão.
(Veja Capítulo 14.)
Capítulo 6 Bombas Centrífugas
6.1 geral.
6.1.1 * tipos.
6.1.1.1 bombas centrífugas serão da impulsora pendida
desígnio e o impulsor entre desígnio de portes.
6.1.1.2 o desígnio de impulsor pendido será íntimo
juntado ou separadamente juntou único - ou fim de dois-fase
sucção-tipo [veja Figura A.6.1.1(a) e Figura A.6.1.1(b)] ou
em-linha-tipo [veja Figura A.6.1.1(c) por Figura A.6.1.1(e)]
bombas.
6.1.1.3 o impulsor entre desígnio de portes será separadamente
único-fase juntado ou multistage axial (horizontal)
dividir-caso-tipo [veja Figura A.6.1.1(f)] ou radial (vertical) splitcase -
tipo [veja Figura A.6.1.1(g)] bombas.
6.1.2 * aplicação. Não serão usadas bombas centrífugas onde
um elevador de sucção estático é requerido.
6.2 * fábrica e Desempenho de Campo.
6.2.1 bombas não fornecerão menos que 150 por cento de avaliado
capacidade a não menos que 65 por cento de cabeça avaliada total.
6.2.2 a cabeça de shutoff não excederá 140 por cento de avaliado
vá a qualquer bomba de tipo. (Veja Figura A.6.2.)
6.3 ajustes.
6.3.1 * onde necessário, o ajustes seguinte para a bomba
será provido pelo fabricante de bomba ou um autorizou
representante:
(1) válvula de liberação de ar automática
(2) válvula de alívio de circulação
(3) medidas de pressão
6.3.2 onde necessário, o ajustes seguinte será provido:
(1) o excêntrico se afilou redutor a inlet de sucção
(2) válvula de mangueira múltiplo com válvulas de mangueira
(3) fluxo que mede dispositivo
(4) válvula de alívio e cone de descarga
(5) coador de oleoduto
6.3.3 Liberação de Ar automática.
6.3.3.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 6.3.3.2, bombas que
é automaticamente controlado será provido com um floatoperated listado
válvula de liberação de ar que tem um 12.7 mm nominal (0.50 em.)
diâmetro mínimo descarregou a atmosfera.
6.3.3.2 para os que as exigências de 6.3.3.1 não aplicarão penderam
bombas de impulsor-tipo com descarga de centerline de topo ou vertically
montado para desabafar o ar naturalmente.
6.3.4 Coador de oleoduto.
6.3.4.1 bombas que exigem para remoção do motorista remover
pedras ou escombros do impulsor de bomba terão um oleoduto
coador instalou na linha de sucção um mínimo de 10 tubo
diâmetros da orla de sucção.
6.3.4.2 o coador de oleoduto será lançado ou pesado fabricou
com telas removíveis metálicas corrosão-resistentes para
limpeza de licença de elemento de coador sem remover
motorista de bomba.
6.3.4.3 as telas de coador terão uma área grátis de pelo menos quatro
tempos a área das conexões de sucção, e as aberturas devem
seja classificado segundo o tamanho para restringir a passagem de um 7.9 mm (0.3125 em.)
esfera.
6.4 fundação e Fixando.
6.4.1 * pendeu impulsor e impulsor entre portes
serão montados bombas de desígnio e motorista em uma terra comum
prato básico rebocado.
6.4.2 bombas do fim de impulsor pendido juntaram em-linha
[veja Figura A.6.1.1(c)] será permitido ser montado em um
base prendeu à ascensão de bomba prato básico.
6.4.3 que o prato básico será prendido com firmeza a um sólido
fundação de tal um modo que própria bomba e cabo de motorista
alinhamento é assegurado.
6.4.4 * a fundação será suficientemente significativa a forma
um apoio permanente e rígido para o prato básico.
6.4.5 o prato básico, com bomba e motorista montados nisto,
será fixado nivelado na fundação.
6.5 * conexão para o Motorista e Alinhamento.
6.5.1 Tipo de junção.
6.5.1.1 a bomba e motorista em separadamente coupled–type
bombas serão conectadas por uma junção rígida, junção flexível,
ou cabo conectando flexível.
6.5.1.2 que todos os tipos de junção serão listados para este serviço.
6.5.2 bombas e motoristas em separadamente bombas de coupled–type
será alinhado conforme a junção e bomba
fabricantes especificações de ' e as Hidráulicas Instituem Padrões
para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando Bombas. (Veja A.6.5.)
Capítulo 7 Cabo Vertical Bombas de Turbine–Type
7.1 * geral.
7.1.1 * conveniência. Onde a provisão de água fica situada abaixo o
descarregue centerline de orla e a água provêem pressão é
insuficiente por adquirir a água à bomba de fogo, um vertical
bomba de turbine–type de cabo será usada.
7.1.2 características.
7.1.2.1 bombas não fornecerão menos que 150 por cento de avaliado
capacidade a uma cabeça total de não menos que 65 por cento do total
cabeça taxada.
7.1.2.2 a cabeça de shutoff total não excederá 140 por cento de
a cabeça avaliada total em bombas de turbina verticais. (Veja Figura A.6.2.)
20–18 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

7.2 Provisão de água.


7.2.1 fonte.
7.2.1.1 * a provisão de água será adequada, segura, e
aceitável à autoridade que tem jurisdição.
7.2.1.2 * a aceitação de um bem como uma fonte de provisão de água deva
seja dependente em desenvolvimento satisfatório do bem e
estabelecimento de características de aquifer satisfatórias.
7.2.2 Submersão de bomba.
7.2.2.1 * bem Instalações.
7.2.2.1.1 própria submersão das tigelas de bomba será provida
para operação segura da unidade de bomba de fogo. Submersão
do segundo impulsor do fundo da assembléia de tigela de bomba
não seja menos de 3.2 m (10 ft) debaixo da água bombeando
nivele a 150 por cento de capacidade avaliada. (Veja Figura A.7.2.2.1.)
7.2.2.1.2 a submersão será aumentada por 0.3 m (1 ft)
para cada 305 m (1000 ft) de elevação acima do nível do mar.
7.2.2.2 * Instalações de Cova molhadas.
7.2.2.2.1 prover submersão para preparar, a elevação,
do segundo impulsor do fundo da tigela de bomba
assembléia será tal que está debaixo do mais baixo bombear
nível de água ao ar livre corpo de água que provê a cova.
7.2.2.2.2 para bombas com capacidades avaliadas de 7570 L/min
(2000 gpm) ou maior, adicional submersão é requerida
previna a formação de vortices e prover rede exigida
cabeça de sucção positiva (NPSH) para prevenir excessivo
cavitation.
7.2.2.2.3 dos que a submersão exigida será obtida
o fabricante de bomba.
7.2.3 bem Construção.
7.2.3.1 será a responsabilidade da provisão de groundwater
contratante para executar a investigação de groundwater necessária
estabelecer a confiança da provisão, desenvolver um bem produzir
a provisão exigida, e executar todo o trabalho e instalar tudo
equipamento em um completo e maneira de workmanlike.
7.2.3.2 a bomba de turbine–type vertical é projetada para operar
em uma posição vertical com todas as partes em alinhamento correto.
7.2.3.3 apoiar as exigências de 7.2.3.1, o bem será
de amplo diâmetro e suficientemente examina para receber a bomba.
7.2.4 Formações não consolidadas (Areias e Pedregulhos).
7.2.4.1 todas as coberturas serão de aço de tal diâmetro e instalarão
para tais profundidades como a formação poderia justificar e como bem
conheça as condições.
7.2.4.2 coberturas internas e exteriores terão um mínimo
densidades de parede de 9.5 mm (0.375 em.).
7.2.4.3 diâmetro de cobertura interno não será menos de 51 mm
(2 em.) maior que as tigelas de bomba.
7.2.4.4 até os que a cobertura exterior estenderá aproximadamente
o topo da formação de água-porte.
7.2.4.5 a cobertura interna de menos diâmetro e o bem
tela estenderá longe como na formação como o waterbearing
estrato poderia justificar e como melhor conhece as condições.
7.2.4.6 o bem tela é uma parte vital da construção, e
será prestada atenção cuidadosa a sua seleção.
7.2.4.7 o bem tela será o mesmo diâmetro como o interno
cobertura e do próprio comprimento e por cento área aberta para prover
uma velocidade de entrada que não excede 46 mm/sec (0.15 ft/sec).
7.2.4.8 a tela será feita de uma corrosão - e acidresistant
material, como aço imaculado ou monel.
7.2.4.9 Monel será usado onde é antecipado que o cloreto
conteúdo do bem água excederá 1000 partes por milhões.
7.2.4.10 a tela terá força adequada para resistir o
forças externas que serão aplicadas depois que seja instalado e para
minimize a probabilidade de dano durante a instalação.
7.2.4.11 o fundo do bem tela será marcada corretamente
com um prato do mesmo material como a tela.
7.2.4.12 os lados da cobertura exterior serão marcados pelo
introdução de cimento limpo colocou debaixo de pressão do
assente ao topo.
Será permitido 7.2.4.13 cimento fixar para um mínimo de
são continuadas 48 horas antes de perfurar operações.
7.2.4.14 a área imediata que cerca o bem não esconda
menos de 152 mm (6 em.) será enchido com limpe e wellrounded
pedregulho.
7.2.4.15 que este pedregulho será de tal tamanho e qualidade como vai
crie um filtro de pedregulho para assegurar produção areia-livre e um baixo
velocidade de água deixando a formação e entrando o bem.
7.2.4.16 Poços tubulares.
7.2.4.16.1 poços para bombas de fogo que não excedem 1703 L/min
(450 gpm) desenvolveu em formações não consolidadas sem
um pacote de pedregulho artificial, como poços tubulares, será aceitável
fontes de provisão de água para fogo bombeiam não excedendo
1703 L/min (450 gpm).
7.2.4.16.2 poços tubulares obedecerão todas as exigências
de 7.2.3 e 7.2.4, menos complacência com 7.2.4.11,
por 7.2.4.15 não será requerido.
7.2.5 * consolidou Formações. Onde o perfurando penetra
formações não consolidadas sobre a pedra, cobertura de superfície deve
seja instalado, sentado em pedra sólida, e cimentou em lugar.
7.2.6 que desenvolvem um Bem.
7.2.6.1 que desenvolvem um novo bem e limpando isto de areia ou pedra
partículas (não exceder 5 ppm) será a responsabilidade de
o groundwater provêem o contratante.
Será executado 7.2.6.2 tal desenvolvimento com um teste
bomba e não uma bomba de fogo.
7.2.6.3 liberdade de areia será determinada quando o
bomba de teste é operada a 150 por cento de capacidade avaliada do
bomba de fogo para qual o bem está estando preparado.
7.2.7 * teste e Inspeção de Bem.
7.2.7.1 um teste para determinar a produção de água do bem
será feito.
7.2.7.2 uma água aceitável que mede dispositivo como um orifice,
um metro de venturi, ou um tubo de Pitot calibrado será usado.
7.2.7.3 dos que o teste será testemunhado por um representante
o cliente, contratante, e autoridade que têm jurisdição,
como exigido.
CABO VERTICAL TURBINE–TYPE PUMPS 20–19
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

7.2.7.4 o teste será pelo menos contínuo para um período de


8 horas a 150 por cento da capacidade avaliada da bomba de fogo
com leituras de intervalo de 15-minuto em cima do período do teste.
7.2.7.5 que o teste será avaliado com consideração dada
o efeito de outros poços na redondeza e qualquer possível sazonal
variação na mesa de água ao bem local.
7.2.7.6 dados de teste descreverão o nível de água estático e o
nível de água bombeando a 100 por cento e 150 por cento, respectivamente,
da capacidade avaliada da bomba de fogo para qual o bem
está estando preparado.
7.2.7.7 poços todo existentes dentro de um 305m(1000 ft) rádio do
incendeie bem será monitorado ao longo do período de teste.
7.3 bomba.
7.3.1 * Bomba de Turbina vertical Componente De cabeça.
7.3.1.1 a cabeça de bomba ou será o aboveground ou
belowground descarregam tipo.
7.3.1.2 a cabeça de bomba será projetada para apoiar o motorista,
bombeie, assembléia de coluna, assembléia de tigela, máximo abaixo empurrão,
e o óleo entuba noz de tensão ou recipiente empacotando.
7.3.2 coluna.
7.3.2.1 * a coluna de bomba não será fornecida em seções
excedendo um comprimento nominal de 3 m (10 ft), não será menos que
o peso especificou em Mesa 7.3.2.1(a) e Mesa 7.3.2.1(b), e
será conectado por junções de enfiar-manga ou orlas.
7.3.2.2 que os fins de cada seção de tubo enfiado serão
enfrentado paralelo e machined com linhas para permitir os fins
marrar para formar alinhamento preciso da coluna de bomba.
7.3.2.3 todas as faces de orla de coluna serão paralelas e machined
para rabbet ajustaram permitir alinhamento preciso.
7.3.2.4 onde o nível de água estático excede 15.3 m (50 ft)
debaixo de chão, serão usadas bombas de óleo-lubrificar-tipo. (Veja
Figura A.7.1.1.)
7.3.2.5 onde a bomba é do oillubricated de cabo de linha incluso
digite, o tubo cabo-incluindo será fornecido dentro
seções trocáveis não mais de 3 m (10 ft) em comprimento de
tubo extra-forte.
7.3.2.6 um oiler de alimento de visão automático serão providos em um
parêntese de ascensão satisfatório com conexão para o tubo de cabo
para bombas óleo-lubrificadas. (Veja Figura A.7.1.1.)
7.3.2.7 o shafting de linha de bomba serão classificados segundo o tamanho
velocidade tão crítica
seja 25 por cento acima e debaixo da velocidade operacional de
a bomba.
7.3.2.8 velocidade operacional incluirá todas as velocidades de shutoff para
o 150 ponto de por cento da bomba que varia em passeios de máquina.
7.3.2.9 velocidade operacional por variável velocidade pressão limitar
controle sistemas de passeio incluirão todas as velocidades de avaliado para
mínimo velocidade operacional.
7.3.3 Assembléia de tigela.
7.3.3.1 que a tigela de bomba será de ferro de elenco íntimo-granulado,
bronzeie, ou outro material satisfatório conforme o
análise química da água e experimenta na área.
7.3.3.2 impulsores serão do tipo incluso e serão de
bronze ou outro material satisfatório conforme o
análise química da água e experimenta na área.
7.3.4 Coador de sucção.
7.3.4.1 um elenco ou pesado fabricou, metal corrosão-resistente
cone ou coador de cesta-tipo serão prendidos à sucção
múltiplo da bomba.
7.3.4.2 o coador de sucção terá uma área grátis de pelo menos quatro
tempos a área das conexões de sucção, e as aberturas devem
seja classificado segundo o tamanho para restringir a passagem de um 12.7 mm (0.5 em.)
esfera.
7.3.4.3 para instalações em uma cova molhada, este coador de sucção será
requerido além da tela de entrada. (Veja Figura A.7.2.2.2.)
7.3.5 ajustes.
7.3.5.1 que o ajustes seguinte será requerido para anexo
para a bomba:
(1) válvula de liberação de ar automática como especificado em 7.3.5.2
(2) água detector nivelado como especificado em 7.3.5.3
(3) medida de pressão de descarga como especificado em 5.10.1
(4) válvula de alívio e cone de descarga onde requereram antes das 5.18.1
(5) cabeçalho de válvula de mangueira e válvulas de mangueira como especificado em 5.19.3 ou
dispositivos de metering como especificado em 5.19.2
7.3.5.2 Liberação de Ar automática.
7.3.5.2.1 um 38 mm nominal (1.5 em.) tamanho de tubo ou maior
válvula de liberação de ar automática será provida para desabafar ar
da coluna e a descarga encabeça ao o começar
da bomba.
7.3.5.2.2 que esta válvula também admitirá para ar à coluna dissipar
o vazio ao parar da bomba.
7.3.5.2.3 nos que esta válvula será localizada ao ponto mais alto
a linha de descarga entre a bomba de fogo e a descarga
confira válvula.
Mesa 7.3.2.1(a) Bomba Coluna Tubo Pesos (Métrico)
Tamanho nominal
(mm)
Fora de Diâmetro
(O.D.) (MM)
Peso por Unidade
Comprimento (Planície
Fins) (kg/m)
150 161 28.230
200 212 36.758
250 264 46.431
300 315 65.137
350 360 81.209
Mesa 7.3.2.1(b) Bomba Coluna Tubo Pesos
(O E.U.A. Customary)
Tamanho nominal
(em.)
Fora de Diâmetro
(O.D.) (em.)
Peso por Unidade
Comprimento (Planície
Fins) (lb/ft)
6 6.625 18.97
7 7.625 22.26
8 8.625 24.70
9 9.625 28.33
10 10.75 31.20
12 12.75 43.77
14 14.00 53.57
20–20 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

7.3.5.3 * água Detector Nivelado.


7.3.5.3.1 cada bem instalação será equipada com um satisfatório
água detector nivelado.
7.3.5.3.2 se uma linha de ar for usada, será metais, cobre, ou
série 300 aço imaculado.
Serão amarradas 7.3.5.3.3 linhas de ar a tubo de coluna a 3 m
(10 ft) intervalos.
7.4 * instalação.
7.4.1 Casa de bomba.
7.4.1.1 como os que a casa de bomba será de tal desígnio oferecerão
o menos obstrução para o controlar conveniente e içar
de partes de bomba verticais.
7.4.1.2 as exigências de Seções que 5.12 e 11.3 devem
também aplique.
7.4.2 Colocação ao ar livre.
7.4.2.1 se em casos especiais a autoridade que tem jurisdição
não requeira um quarto de bomba e a unidade é instalada ao ar livre,
o motorista será escondido ou será incluído e adequadamente
protegido contra se mexer.
7.4.2.2 a tela ou documento anexo requereu em 7.4.2.1 será facilmente
removível e terá provisão para amplo ventilação.
7.4.3 fundação.
7.4.3.1 impressões de dimensão certificadas serão obtidas do
fabricante.
7.4.3.2 a fundação para bombas verticais será substancialmente
construído para levar o peso inteiro da bomba e motorista mais o
peso da água conteve nisto.
Serão providos 7.4.3.3 parafusos de fundação a firmemente âncora
a bomba para a fundação.
7.4.3.4 a fundação será de área suficiente e
força que a carga por milímetro quadrado (polegada quadrada) em
concreto não excede padrões de desígnio.
7.4.3.5 para os que o topo da fundação será nivelado cuidadosamente
permita para a bomba pendurar livremente em cima de um bem cova em um shortcoupled
bomba.
7.4.3.6 em um bem bomba que a cabeça de bomba será posicionada
examine em cima do bem que não é necessariamente nível.
7.4.3.7 fossa ou Cova.
7.4.3.7.1 onde a bomba está montada em cima de uma fossa ou descaroça,
Serão permitidas usar Eu-vigas.
7.4.3.7.2 onde uma engrenagem de direito-ângulo é usada, o motorista será
instalado paralelo às vigas.
7.5 motorista.
7.5.1 método de Passeio.
7.5.1.1 que o motorista provido será construído assim que o
empurrão total da bomba da qual inclui o peso o
cabo, impulsores, e empurrão hidráulico, podem ser continuados um
porte de empurrão de ampla capacidade de forma que isto terá uma média
vida que taxa de 5 anos operação contínua.
7.5.1.2 que todos os motoristas serão construídos assim que ajuste axial
de impulsores podem ser feitos permitir própria instalação
e operação do equipamento.
7.5.1.3 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 7.5.1.4, a bomba
será dirigido por um oco-cabo vertical motor elétrico ou vertical
oco-cabo direito-ângulo engrenagem passeio com motor diesel ou
turbina a vapor.
7.5.1.4 que as exigências de 7.5.1.3 não aplicarão a diesel
máquinas e turbinas de vapor projetaram e listaram para vertical
instalação com turbine–type de cabo vertical bombeia que deve
seja permitido empregar cabos sólidos e não requererá um
passeio de engrenagem de direito-ângulo mas requererá uma catraca de nonreverse.
7.5.1.5 motores serão do tipo de oco-cabo vertical e
obedeça 9.5.1.7.
7.5.1.6 engrenagem Dirige.
7.5.1.6.1 engrenagem dirige e cabos conectando flexíveis serão
aceitável à autoridade que tem jurisdição.
7.5.1.6.2 passeios de engrenagem serão do tipo de oco-cabo vertical,
ajuste permitindo dos impulsores para própria instalação
e operação do equipamento.
7.5.1.6.3 que o passeio de engrenagem será equipado com um nonreverse
catraca.
7.5.1.6.4 todos os passeios de engrenagem serão listados e serão taxados pelo
fabricante
a uma carga igual ao horsepower de máximo e
empurrão da bomba para a qual o passeio de engrenagem é planejado.
7.5.1.6.5 passeios de engrenagem água-esfriados serão equipados com um visual
meios para determinar se circulação de água está acontecendo.
7.5.1.7 Cabos Conectando flexíveis.
7.5.1.7.1 para os que o cabo conectando flexível será listado
este serviço.
7.5.1.7.2 o ângulo operacional pelo conectar flexível
cabo não excederá os limites especificados pelo fabricante
para a velocidade e horsepower transmitiram.
7.5.2 controles. Os controladores para o motor, motor diesel,
ou turbina a vapor ou obedecerá especificações para
elétrico-dirija os controladores em Capítulo 10 ou máquina-dirija os controladores
em Capítulo 12.
7.5.3 motorista. Cada turbine–type de cabo vertical incendeiam bomba deve
tenha seu próprio motorista dedicado, e cada motorista tenha seu
próprio controlador dedicado.
7.6 operação e Manutenção.
7.6.1 operação.
7.6.1.1 * antes da unidade é começado pela primeira vez depois de instalação,
tudo campo-instalaram conexões elétricas e descarga
piando da bomba serão conferidos.
7.6.1.2 com a junção de passeio de topo removida, o cabo de passeio
será centrado na junção de passeio de topo para próprio alinhamento
e o motor será operado para assegurar momentaneamente que isto
gira na própria direção.
7.6.1.3 com a junção de passeio de topo reinstalada, os impulsores
será fixado para própria liberação de acordo com o
as instruções de fabricante.
7.6.1.4*With as precauções de 7.6.1.1 por 7.6.1.3 levados,
a bomba será começada e será permitida correr.
7.6.1.5 que a operação será observada para vibração enquanto
correndo, com limites de vibração de acordo com o Instituto de Hidráulicas,
Padrões para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando Bombas.
7.6.1.6 que o motorista será observado para própria operação.
CABO VERTICAL TURBINE–TYPE PUMPS 20–21
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

7.6.2 manutenção.
7.6.2.1 que as instruções do fabricante serão seguidas cuidadosamente
fazendo consertos e desmantelando e reajuntando
bombas.
7.6.2.2 quando poupa ou são ordenadas partes de substituição, o
número de série de bomba estampou no nameplate firmado
a cabeça de bomba será incluída para ter certeza o
são providas próprias partes.
7.6.2.3 amplo quarto de cabeça e tem acesso para remoção do
bomba será mantida.
Capítulo 8 Bombas de Deslocamento Positivas
8.1 * geral.
8.1.1 tipos. Bombas de deslocamento positivas serão como definido
em 3.3.30.12.
8.1.2 * conveniência.
8.1.2.1 que a bomba de displacement–type positiva será listada
para a aplicação planejada.
8.1.2.2 * os listando verificarão o desempenho característico
curvas para um determinado modelo de bomba.
8.1.3 aplicação.
8.1.3.1 bombas de deslocamento positivas são usadas para bombear
molhe, espuma concentra, ou elementos aditivos.
8.1.3.2 a viscosidade líquida afetará seleção de bomba.
8.1.4 bomba Marca.
8.1.4.1 o tipo de selo aceitável para deslocamento positivo
bombas ou serão mecânicas ou selo de lábio.
8.1.4.2 embalagem não será usada.
8.1.5 * Materiais de bomba. Materiais usaram em construção de bomba
será selecionado baseado no potencial de corrosão do ambiente,
fluidos usaram, e condições operacionais. (Veja 3.3.6 para
materiais corrosão-resistentes.)
8.1.6 Válvula de entulho.
8.1.6.1 que uma válvula de entulho será provida em toda a cabeça fechada
sistemas para permitir a bomba de deslocamento positiva para sangrar fora
pressão de excesso e alcança velocidade operacional antes de sujeitar
o motorista para carga cheia.
8.1.6.2 que a válvula de entulho só operará para a duração necessário
para a bomba de deslocamento positiva alcançar velocidade operacional.
8.1.6.3 Controle de Válvula de entulho.
8.1.6.3.1 Operação automática. Quando um eletricamente operou
válvula de entulho é usada, será controlado pelo positivo
controlador de bomba de deslocamento.
8.1.6.3.2 Operação manual. Meios serão providos ao
controlador para assegurar operação de válvula de entulho durante começo manual.
Serão listadas 8.1.6.4 válvulas de entulho.
8.1.6.5 descarga de válvula de entulho será permitida ser transportada
o tanque de provisão líquido, sucção de bomba, dreno, ou provisão líquida.
8.2 espuma Concentra e Bombas Aditivas.
8.2.1 elemento aditivo Bombeia. Bombas aditivas satisfarão para as exigências
para espuma concentram bombas.
8.2.2 * Cabeça de Sucção Positiva líquida. Cabeça de sucção positiva líquida
(NPSH) excederá o fabricante de bomba requereu
NPSH mais 1.52 m (5 ft) de líquido.
8.2.3 Materiais de selo. Materiais de selo serão compatíveis com
a espuma concentra ou elemento aditivo.
8.2.4 Corrida seca. Espuma concentra bombas serão capazes de
correndo seco durante 10 minutos sem dano.
8.2.5 * Taxas de Fluxo mínimas. Bombas terão espuma concentrar
taxas de fluxo para conhecer a máximo espuma fluxo demanda para
o serviço planejado deles/delas.
8.2.6 * Pressão de descarga. A pressão de descarga da bomba
exceda a pressão de água de máximo abaixo qualquer operacional
condicione ao ponto de espuma concentre injeção.
8.3 água Névoa Sistema Bombas.
8.3.1 * deslocamento positivo bombeia para água terá adequado
capacidades para conhecer o máximo demanda de sistema para
o serviço planejado deles/delas.
8.3.2 NPSH excederá o fabricante de bomba requereu
NPSH mais 1.52 m (5 ft) de líquido.
8.3.3 que o inlet pressionam à bomba não excederão a bomba
a pressão de inlet de máximo indicada de fabricante.
8.3.4 quando a produção de bomba tem o potencial para exceder o
exigências de fluxo de sistema, uns meios para aliviar o fluxo de excesso,
como uma válvula de unloader ou serão providos orifice.
8.3.5 onde a bomba é equipada com uma válvula de unloader, isto,
esteja além da válvula de alívio de segurança como esboçado em 8.4.2.
8.4 ajustes.
8.4.1 medidas. Uma medida de sucção combinação e uma descarga
medida de pressão será fornecida.
8.4.2 * Informação geral para Válvulas de Alívio.
8.4.2.1 que todas as bombas serão equipadas com um alívio de segurança listado
válvula capaz de aliviar 100 por cento da capacidade de bomba.
8.4.2.2 a válvula de alívio de pressão será fixada a ou debaixo do
mais baixa pressão avaliada de qualquer componente.
8.4.2.3 que a válvula de alívio será instalada na descarga de bomba
prevenir dano ao sistema de proteção de fogo.
8.4.3 * Válvulas de alívio para Espuma Concentram Bombas. Para espuma
concentre bombas, serão transportadas válvulas de alívio de segurança para devolver
a descarga de válvula para o concentre tanque de provisão.
8.4.4 * Válvulas de alívio para Bombas de Névoa de Água.
8.4.4.1 para deslocamento água névoa bombas positivas, segurança
válvulas de alívio descarregarão a um dreno ou para a provisão de água ou
bombeie sucção.
8.4.4.2 Ameans de aquecer demais prevenir será provido quando
a válvula de alívio é examinada para descarregar à sucção de bomba.
8.4.5 * Coador de sucção.
8.4.5.1 bombas serão equipadas com um removível e cleanable
coador de sucção instalou 10 diâmetros de tubo pelo menos de
o inlet de sucção de bomba.
8.4.5.2 sucção coador pressão gota será calculada
assegure aquele NPSH suficiente está disponível à bomba.
8.4.5.3 a área aberta líquida do coador será pelo menos quatro
tempos a área do sucção transportar.
20–22 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

8.4.5.4 tamanho de malha de coador será conforme o


bombeie a recomendação de fabricante.
8.4.6 Proteção de Provisão de água. Desígnio do sistema incluirá
proteção de água de potable provê e previne cruz
conexão ou contaminação.
8.5 Motoristas de bomba.
8.5.1 * o motorista será classificado segundo o tamanho para e será tido bastante
poder para
opere a bomba e dirija trem a todos os pontos de desígnio.
8.5.2 redução Engrena.
8.5.2.1 se uma engrenagem de redução é provida entre a motorista e
a bomba, será listado para o uso planejado. Redução
engrenagens satisfarão para as exigências de AGMA 390.03, Manual,
para Helicoidal e Mestre Gears.
8.5.2.2 engrenagens serão AGMA Class 7 ou melhor, e pinions
seja AGMA Class 8 ou melhor.
8.5.2.3 portes estarão em withAGMAstandards de acordo
e aplicado para uma vida de L10 de 15,000 horas.
8.5.3 Motoristas comuns.
8.5.3.1 um único motorista será permitido dirigir mais que
uma bomba de deslocamento positiva.
8.5.3.2 sistemas de bomba redundantes não serão permitidos
compartilhe um motorista comum.
8.6 * os controladores. Veja Capítulos 10 e 12 para exigências
para controladores.
8.7 fundação e Fixando.
8.7.1 a bomba e o motorista será montado em uma terra comum
prato básico rebocado.
8.7.2 que o prato básico será prendido com firmeza a um sólido
fundação de tal um modo que própria bomba e cabo de motorista
alinhamento será mantido.
8.7.3 a fundação proverá um apoio sólido para o
prato básico.
8.8 motorista Connection e Alinhamento.
8.8.1 a bomba e o motorista será conectado por um listou,
fechado juntado, junção flexível ou tipo de engrenagem cronometrando de cinto
junção de passeio.
8.8.2 a junção será selecionada para assegurar que é capaz
de transmitir o horsepower do motorista e faz
não exceda o máximo do fabricante recomendado
horsepower e velocidade operacional.
Serão alinhados 8.8.3 bombas e motoristas uma vez prato de base final
colocação está completa.
8.8.4 alinhamento estará conforme a junção
as especificações de fabricante.
8.8.5 o ângulo operacional para a junção flexível não deve
exceda as tolerâncias indicadas.
8.9 Dispositivos de Teste de fluxo.
8.9.1 que uma instalação de bomba de deslocamento positiva será organizada
permitir o teste da bomba a suas condições avaliadas como
bem como a provisão de sucção ao fluxo de máximo disponível de
a bomba.
8.9.2 elemento aditivo que bombeia sistemas será equipado com um fluxo
metro ou prato de orifice instalaram atrás em uma volta de teste ao elemento aditivo
proveja tanque.
Será equipada 8.9.3 água que bombeia sistemas com um flowmeter
ou prato de orifice instalou atrás em uma volta de teste à água
proveja, abasteça, inlet apóiam da bomba de água, ou escoar.
Capítulo 9 Passeio Elétrico para Bombas
9.1 geral.
9.1.1 este capítulo cobre o desempenho mínimo e
exigências testando das fontes e transmissão de elétrico
dê poder a a motores bombas de fogo motrizes.
9.1.2 também cobertos são as exigências de desempenho mínimas
de todo o equipamento de intermediário entre o source(s) e
a bomba, inclusive o motor(s) mas com exceção do fogo elétrico
bombeie o controlador, transfira interruptor, e acessórios (veja Capítulo 10).
9.1.3 equipamento todo elétrico e métodos de instalação devem
obedeça NFPA 70, Código Elétrico Nacional, Artigo 695, e
outros artigos aplicáveis.
9.2 poder Source(s).
9.2.1 geral.
Será provido 9.2.1.1 poder ao motor–driven elétrico
bomba de fogo antes de uma fonte segura ou dois ou mais aprovado independente
fontes tudo dos quais farão complacência com Seção 9.4
possível.
9.2.1.2 onde motores elétricos são usados e a altura do
estrutura está além da capacidade bombeando do corpo de bombeiros
aparato, uma segunda fonte conforme 9.2.4,
será provido.
9.2.2 serviço. Onde poder é provido por um serviço, será
localizado e organizou para minimizar a possibilidade de dano por
incendeie as premissas de dentro e expondo perigos.
9.2.3 * em-local Facilidade de Produção de Poder Elétrica. Onde
é provido poder ao pump(s de fogo) somente por um em-local elétrico
dê poder a facilidade de produção, tal facilidade será localizada
e protegeu para minimizar a possibilidade de dano através de fogo.
9.2.4 * outras Fontes. Para pump(s) dirigido por motor(s elétrico)
onde não pode ser obtido poder seguro de um do poder
fontes de 9.2.2 ou 9.2.3, um dos arranjos seguintes deve
seja provido:
(1) uma combinação aprovada de dois ou mais do poder
fontes em Seção 9.2
(2) um das fontes de poder aprovadas e um em-local
gerador auxiliar (veja 9.2.5.2)
(3) uma combinação aprovada de cevador que constituem dois ou
mais fontes de poder, mas só como permitido em 9.2.5.3
(4) uma combinação aprovada de um ou mais cevador em combinação
com um em-local gerador auxiliar, mas só como
permitido em 9.2.5.3
(5) um das fontes de poder aprovadas e um fogo redundante
bomba dirigida por um motor diesel que obedece Capítulo 11
(6) um das fontes de poder aprovadas e um fogo redundante
bomba dirigida por uma turbina a vapor que obedece Capítulo 13
9.2.5 Fontes de Poder múltiplas para Fogo de Motor–Driven Elétrico
Bombas.
9.2.5.1 arranjo de Fontes de Poder Múltiplas. Onde múltiplo
são providas fontes de energia elétrica, eles serão organizados
de forma que um fogo, fracasso estrutural, ou acidente operacional
isso interrompe uma fonte não causará uma interrupção do
outra fonte.
PASSEIO ELÉTRICO PARA BOMBEIA 20–23
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

9.2.5.2 em-local Gerador Auxiliar. Onde poder alternado é


provido por um gerador de em-local, o gerador será localizado
e protegeu conforme 9.2.2 e Seção 9.6.
9.2.5.3 Fontes de cevador.
9.2.5.3.1 que esta exigência aplicará a multibuilding
complexos de campus-estilo com bombas de fogo ao uma ou mais
edifícios.
9.2.5.3.2 onde fontes em 9.2.2 e 9.2.3 não são praticáveis,
com a aprovação da autoridade que tem jurisdição,
serão permitidas dois ou mais fontes de cevador como um poder
fonte ou como mais de uma fonte de poder onde tais cevador
é conectado ou derivou de serviços de utilidade separados.
9.2.5.3.3 o connection(s), overcurrent device(s protetor),
e desconectando meios para tais cevador satisfarão para as exigências
de 9.3.2.2.3.
9.2.5.4 Condutores de provisão. Proveja os condutores devem diretamente
conecte as fontes de poder a ou um fogo de combinação listado
bombeie o controlador e interruptor de transferência de poder ou para um desconectar
meios e overcurrent device(s protetor) se encontrando o
exigências de 9.3.2.2.3.
9.2.5.5 dois ou Fontes mais Alternadas. Onde o substituto
fonte consiste em dois ou mais fontes de poder e um do
fontes são um cevador dedicado derivado de um serviço de utilidade
separe disso usado pela fonte normal, o desconectando,
meios, overcurrent dispositivo protetor, e condutores
será instalado conforme NFPA 70.
9.3 * Linhas de Provisão de poder.
9.3.1 * os Condutores de circuito. Circuitos que alimentam pump(s de fogo) e
os acessórios deles/delas serão dedicados e serão protegidos para resistir possível
dano por fogo, fracasso estrutural, ou acidente operacional.
9.3.2 * Arranjo de Provisão de poder.
9.3.2.1 Conexão de Provisão de poder.
9.3.2.1.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 9.3.2.1.2, o
provisão de poder para a bomba de fogo não será desconectada quando
o poder de planta está desconectado.
9.3.2.1.2 que as exigências de 9.3.2.1.1 não aplicarão onde
a instalação é aprovada conforme 9.2.5.3; o
desconexão de poder de planta para as bombas de fogo será permitida
debaixo de circunstâncias que automaticamente asseguram o
disponibilidade continuada de uma provisão de poder alternada.
9.3.2.2 continuidade de Poder.
9.3.2.2.1 geral. Circuitos que provêem motor–driven elétrico
serão organizadas bombas de fogo para prevenir desconexão inadvertida,
como coberto em 9.3.2.2.2 ou 9.3.2.2.3.
9.3.2.2.2 * Conexão direta. Os condutores de provisão devem diretamente
conecte a fonte de poder a ou uma bomba de fogo listada
controlador ou listou o combinação fogo bomba controlador e
interruptor de transferência de poder.
9.3.2.2.3 Conexão supervisionada.
9.3.2.2.3.1 Asingle que desconectam meios e overcurrent associado
device(s protetor) será permitido ser instalado
entre uma fonte de poder remoto do quarto de bomba e um
do seguinte:
(1) controlador de bomba de fogo listado
(2) um fogo bomba transferência interruptor listado
(3) combinação fogo bomba controlador listado e poder
transfira interruptor
9.3.2.2.3.2 tudo que desconectam meios e overcurrent protetor
device(s) isso é sem igual às cargas de bomba de fogo deva
obedeça tudo das exigências em 9.3.2.2.3.2(A) por
9.3.2.2.3.2(E).
(Um) Overcurrent Dispositivo Seleção. O overcurrent protetor
device(s) será selecionado ou será fixado para levar a soma indefinidamente
do fechar-rotor atual do motor(s de bomba de fogo) e o
pressione motor(s de bomba de manutenção) e o cheio-carga atual
da bomba de fogo associada equipamento adicional quando
conectado a esta provisão de poder.
(B) Desconectando Meios. Os meios desconectando serão
como segue:
(1) identificou como sendo satisfatório para uso como equipamento de serviço
(2) Lockable na posição fechada
(3) localizou suficientemente remoto de outro edifício ou outro
fonte de bomba de fogo que desconecta meios que inadvertido
operação contemporânea seria improvável
(C) Desconecte Marcando. Os meios desconectando serão
marcado “Bomba de Fogo que Desconecta Meios.” As cartas devem
seja pelo menos 25 mm (1 em.) em altura, e eles serão visíveis
sem abrir portas de documento anexo ou coberturas.
(D) Controlador Marcando. Um anuncie será colocado adjacente para
o controlador de bomba de fogo que declara o local disto que desconecta
meios e o local da chave (se o desconectando
são fechados meios).
(E) Supervisão. Os meios desconectando serão supervisionados
na posição fechada antes de um dos métodos seguintes:
(1) estação central, estação proprietário, ou remota dispositivo notável
(2) habitante que sinaliza serviço que causará o soando de um
sinal audível em um local constantemente assistido
(3) prendendo os meios desconectando na posição fechada
(4) marcando de desconectar meios e aprovou semanário registrado
inspeções onde os meios desconectando são
localizado dentro de documentos anexos cercados ou em edifícios debaixo de
o controle do dono
9.3.2.2.3.3 para sistemas instalados debaixo das providências de 9.2.5.3
só, tais meios desconectando adicionais e overcurrent associado
device(s protetor) será permitido como exigido para
obedeça as providências de NFPA 70, Código Elétrico Nacional.
9.3.2.2.4 Coordenação de Circuito curta. Para sistemas instalados abaixo
as providências de 9.2.5.3 só, e onde mais que um
desconectando meios é provido por um único cevador, o overcurrent,
device(s de proteção) em cada desconectando meios
seja selectively coordenados com qualquer outro lado de provisão
overcurrent device(s protetor).
9.3.2.2.5 transformadores. Onde a voltagem de provisão é diferente
da voltagem de utilização do motor de bomba de fogo, um
transformador com meios desconectando primários e overcurrent
dispositivos protetores que satisfazem para as exigências de
9.3.2.2.3 e Artigo 695 de NFPA 70, Código Elétrico Nacional,
será instalado.
9.4 * Gota de voltagem.
9.4.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 9.4.2, a voltagem
aos términos de linha de controlador não derrubará mais que
15 por cento debaixo de normal (voltagem controlador-avaliada) debaixo de
condições motor-começando.
9.4.2 que as exigências de 9.4.1 não aplicarão a emergencyrun
começando mecânico. (Veja 10.5.3.2.)
20–24 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

9.4.3 a voltagem aos términos de motor não derrubará mais


que 5 por cento debaixo da voltagem que taxa do motor quando o
motor está operando a 115 por cento do cheio-carga avaliação atual
do motor.
9.5 motores.
9.5.1 geral.
9.5.1.1 que todos os motores obedecerão NEMA MG-1, Motores e
Geradores, será marcado como obedecendo NEMADesign B
padrões, e especificamente será listado para serviço de bomba de fogo.
(Veja Mesa 9.5.1.1.)
9.5.1.2 para os que as exigências de 9.5.1.1 não aplicarão
dirigir-atual, alto-voltagem (mais de 600 V), grande-horsepower
[mais de 373 kW (500 hp)], único-fase, universal-tipo, ou
ferida-rotor viaja de automóvel que será permitido ser usado
onde aprovado.
9.5.1.3 * os valores correspondentes de rotor fechado atual para
motores taxados a outras voltagens serão determinados multiplicando
os valores mostrados pela relação de 460 V para o avaliado
voltagem em Mesa 9.5.1.1.
9.5.1.4 cartas de código de motores para todas as outras voltagens devem
conforme com esses mostrados para 460 V em Mesa 9.5.1.1.
9.5.1.5 que todos os motores serão taxados para dever contínuo.
Serão coordenados 9.5.1.6 visitantes de motor–induced elétricos
com as providências de 10.4.3.3 prevenir nuisance que tropeça de
controlador de motor dispositivos protetores.
9.5.1.7 motores para Cabo Vertical Bombas de Turbine–Type.
9.5.1.7.1 motores para bombas de turbine–type de cabo verticais devem
seja dripproof, tipo de indução de esquilo-gaiola.
9.5.1.7.2 que o motor será equipado com um nonreverse
catraca.
9.5.2 corrente Limita.
9.5.2.1 a capacidade de motor em horsepower será tal que
o motor de máximo atual em qualquer fase debaixo de qualquer condição
de carga de bomba e desequilíbrio de voltagem não excederá o
corrente de cheio-carga motor-avaliada multiplicada pelo fator de serviço.
9.5.2.2 o fator de serviço de máximo ao qual um motor será
usado é 1.15.
9.5.2.3 conforme os que estes fatores de serviço serão
NEMA MG-1, Motores e Geradores.
9.5.2.4 geral-propósito (aberto e dripproof) motores, totalmente,
incluído fã-esfriado (TEFC) motores, e totalmente incluído
nonventilated (TENV) motores não terão um fator de serviço
maior que 1.15.
9.5.2.5 motores usaram a altitudes sobre 1000 m (3300 ft) deva
seja operado ou derated de acordo com NEMA MG-1, Motores e
Geradores, Separe 14.
9.5.3 que marcam.
9.5.3.1 marcando de términos de motor serão em acordo
com NEMA MG-1, Motores e Geradores, Separe 2.
9.5.3.2 um término de motor que conecta diagrama para múltiplo
conduza motores serão fornecidos pelo fabricante de motor.
9.6 em-local Sistemas de Gerador Auxiliares.
9.6.1 capacidade.
9.6.1.1 onde são usados sistemas de gerador de em-local para prover
dê poder a para incendiar motores de bomba para satisfazer para as exigências de 9.2.4,
elas serão de capacidade suficiente para permitir normal que começa e
correndo do motor(s) dirigindo o pump(s de fogo) enquanto provendo
todo o outro load(s simultaneamente operado).
9.6.1.2 uma torneira à frente do em-local gerador desconectar
não serão requeridos meios.
9.6.2 * Fontes de poder.
9.6.2.1 estas fontes de poder obedecerão Seção 6.4 e
satisfaça para as exigências de Nível 1, Digite 10, Classe sistemas de X
de NFPA 110, Padrão para Emergência e Sistemas de Poder de Auxiliador.
9.6.2.2 a capacidade de provisão de combustível será suficiente prover
8 horas de operação de bomba de fogo a 100 por cento da bomba avaliada
capacidade além da provisão requerida para outras demandas.
9.6.3 Sequencing. Sequencing automático das bombas de fogo
será permitido conforme 10.5.2.5.
9.6.4 transferência de Poder. Transfira de poder à bomba de fogo
controlador entre a provisão normal e uma provisão alternada
aconteça dentro do quarto de bomba.
9.6.5 Dispositivos protetores. Onde são instalados dispositivos protetores
nos em-local poder fonte circuitos ao gerador,
tais dispositivos permitirão pickup instantâneo da bomba cheia
carga de quarto.
Mesa 9.5.1.1 Horsepower e Fechou Motor de Corrente de Rotor
Designação para Desígnio de NEMA Motores de B
Taxado
Horsepower
Rotor fechado
Atual
Três-fase
460 V (UM)
Designação de motor
(NEC, Fechou
Rotor Indicando
Codifique Carta) “F” para
e Incluindo
5 46 J
71/2 64 H
10 81 H
15 116 G
20 145 G
25 183 G
30 217 G
40 290 G
50 362 G
60 435 G
75 543 G
100 725 G
125 908 G
150 1085 G
200 1450 G
250 1825 G
300 2200 G
350 2550 G
400 2900 G
450 3250 G
500 3625 G
PASSEIO ELÉTRICO PARA BOMBEIA 20–25
2003 edição

REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Capítulo 10 Elétrico-dirige os Controladores


e Acessórios
10.1 geral.
10.1.1 aplicação.
10.1.1.1 este capítulo cobre o desempenho mínimo e
exigências testando para os controladores e interruptores de transferência para
motores elétricos bombas de fogo motrizes.
10.1.1.2 dispositivos adicionais, inclusive alarme que monitora e
meios sinalizando, é incluído onde necessário assegurar o
desempenho mínimo do equipamento acima mencionado.
10.1.2 desempenho e Testando.
10.1.2.1 que listam. Todos os controladores e interruptores de transferência serão
especificamente listado para motor–driven elétrico incendeie serviço de bomba.
10.1.2.2 * marcando. O controlador e interruptor de transferência serão
satisfatório para o disponível dê curto circuito corrente aos términos de linha
do controlador e interruptor de transferência e será marcado
“Satisfatório para uso em um circuito capaz de não entregar mais
que ampères de ____ RMS simétrico a volts de ____ ac,” ou “____
ampères RMS simétrico a volts de ___ ac dão curto circuito corrente
taxando,” ou equivalente, onde os espaços em branco mostrados devem
tenha valores apropriados preenchidos para cada instalação.
10.1.2.3 Preshipment. Todos os controladores serão completamente ajuntados,
telegrafado, e testou pelo fabricante antes de remessa
da fábrica.
10.1.2.4 serviço Equipamento Listando. Todos os controladores e
transfira interruptores serão listados como “satisfatório para uso como serviço
equipamento” onde tão usado.
10.1.2.5 Marcando adicional.
10.1.2.5.1 todos os controladores serão marcados “Bomba de Fogo Elétrica
Controlador” e mostrará o nome do fabricante claramente,
designação identificando, pressão operacional avaliada, tipo de documento anexo,
designação, e completa avaliação elétrica.
10.1.2.5.2 onde bombas múltiplas servem áreas diferentes ou
porções da facilidade, um sinal apropriado será conspicuously
prendido a cada controlador que indica a área, divida em zonas, ou
porção do sistema servida por aquela bomba ou controlador de bomba.
10.1.2.6 Arranjos de serviço. Será a responsabilidade de
o fabricante de bomba ou seu representante designado para fazer
arranjos necessários para os serviços do representante de um fabricante
quando precisou para serviço e ajuste do equipamento
durante a instalação, prova, e períodos de garantia.
10.1.2.7 estado de Prontidão. O controlador estará dentro um completamente
estado funcional dentro de 10 segundos em aplicação de poder de ac.
10.2 local.
10.2.1 * serão localizados os controladores tão íntimo quanto é prático para o
motores eles controlam e estarão dentro de visão dos motores.
Serão localizados 10.2.2 controladores ou serão protegidos de forma que eles
não será prejudicado por água que escapa de bombas ou bomba
conexões.
10.2.3 partes atual-levando de controladores não serão menos
que 305 mm (12 em.) sobre o nível de chão.
10.2.4 liberações de funcionamento ao redor de controladores concordarão
com NFPA 70, Código Elétrico Nacional, Artigo 110.
10.3 construção.
10.3.1 equipamento. Todo o equipamento será satisfatório para uso dentro
locais sujeito a um grau moderado de umidade, como um
porão úmido.
10.3.2 ascensão. Todo o equipamento será montado dentro um significativo
maneira em um único noncombustible que apóia estrutura.
10.3.3 documentos anexos.
10.3.3.1 * a estrutura ou painel será montado com firmeza dentro,
como um mínimo, uma Associação de Fabricantes Elétrica Nacional
(NEMA) Tipo 2, enclosure(s de dripproof).
10.3.3.2 onde o equipamento fica situado fora, ou onde especial
ambientes existem, serão usados documentos anexos apropriadamente avaliados.
10.3.3.3 o enclosure(s) será fundamentado em acordo
com NFPA 70, Código Elétrico Nacional, Artigo 250.
10.3.4 conexões e Telegrafando.
10.3.4.1 todos o busbars e conexões serão prontamente acessíveis
para trabalho de manutenção depois de instalação do controlador.
10.3.4.2 que serão organizadas todos o busbars e conexões assim
aquela desconexão dos condutores de circuito externos não vai
seja requerido.
Serão feitas 10.3.4.3 providências dentro do controlador para
permita o uso de instrumentos de teste por medir toda a linha
voltagens e correntes sem desconectar qualquer condutor
dentro do controlador.
Serão providos 10.3.4.4 meios no exterior do controlador
ler todas as correntes de linha e todas as voltagens de linha dentro
±5 por cento de balança cheia.
10.3.4.5 Base de contínuo-dever.
10.3.4.5.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 10.3.4.5.2,
busbars e outros elementos de instalação elétrica do controlador serão
projetado em uma base de contínuo-dever.
10.3.4.5.2 para os que as exigências de 10.3.4.5.1 não aplicarão
condutores que só estão em um circuito durante o motor começar
período que será permitido ser projetado adequadamente.
10.3.4.6 que um controlador de bomba de fogo não será usado como uma junção
encaixote para prover outro equipamento.
10.3.4.7 condutores de provisão elétricos para manutenção de pressão
(jóquei ou maquiagem) pump(s) não será conectado ao fogo
bombeie o controlador.
10.3.5 proteção de Circuitos Auxiliares. Circuitos que são necessários
para própria operação do controlador não terá
overcurrent que dispositivos protetores conectaram neles.
10.3.6 * Operação externa. Tudo que trocam equipamento para
uso manual conectando ou desconectando, ou começando ou
parando, o motor será externamente operável.
10.3.7 Diagramas elétricos e Instruções.
10.3.7.1 um diagrama esquemático elétrico será provido e
permanentemente prendido para o dentro do documento anexo de controlador.
10.3.7.2 que todo o campo que telegrafa términos será marcado claramente
corresponder com o diagrama de conexão de campo forneceram.
10.3.7.3 * instruções completas que cobrem a operação do
o controlador será provido e conspicuously montaram em
o controlador.
20–26 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

10.3.8 que marcam.


10.3.8.1 cada dispositivo de controle de motor e cada interruptor e circuito
britador será marcado para indicar o nome claramente de
o fabricante, o identificando designado número, e o
avaliação elétrica em volts, horsepower, ampères, freqüência,
fases, e assim sucessivamente, como apropriado.
10.3.8.2 o markings serão localizados assim sobre seja visível depois
instalação.
10.4 componentes.
10.4.1 * Onda de voltagem Arrester.
10.4.1.1 a menos que as exigências de 10.4.1.3 ou 10.4.1.4 sejam
se encontrado, um arrester de onda de voltagem que obedece ANSI/IEEE
C62.1, Padrão de IEEE para Gapped Silicone-carboneto Onda Arresters para
AC Power Circuitos, ou C62.11, Padrão de IEEE para Onda de Metal-óxido,
Arresters para Circuitos de Poder de Corrente Revezados (>1 kV), será
instalado de cada fase para fundamente. (Veja 10.3.2.)
10.4.1.2 o arrester de onda serão taxados para suprimir voltagem
ondas sobre voltagem de linha.
10.4.1.3 que as exigências de 10.4.1.1 e 10.4.1.2 não devem
aplique a controladores taxados mais de 600 V. (Veja Seção 10.6.)
10.4.1.4 que as exigências de 10.4.1.1 e 10.4.1.2 não devem
aplique onde o controlador pode resistir sem dano um 10 kV
impulso conforme ANSI/IEEE C62.41, IEEE Recommended
Pratique para Voltagens de Onda em Baixo-voltagem AC Poder Circuitos.
10.4.2 Interruptor isolando.
10.4.2.1 geral.
10.4.2.1.1 o interruptor isolando será um motor manualmente operável
interruptor de circuito ou um caso moldado interruptor que tem um horsepower
taxando igual para ou maior que o horsepower de motor.
10.4.2.1.2 * um caso moldado interruptor que tem um ampère taxando
menos que 115 por cento do motor taxou cheio-carga atual e
também satisfatório por interromper o motor fechado corrente de rotor
será permitido.
10.4.2.1.3 que um caso moldado que isola interruptor será permitido
ter ego-protegendo instantâneo dão curto circuito overcurrent
proteção, contanto que este interruptor não tropece a menos que o
britador de circuito nas mesmas viagens de controlador.
10.4.2.2 externamente Operável. O interruptor isolando será
externamente operável.
10.4.2.3 * ampère Avaliação. O ampère que taxa do isolar
interruptor será pelo menos 115 por cento do cheio-carga atual
taxando do motor.
10.4.2.4 advertência.
10.4.2.4.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 10.4.2.4.2, o
advertência seguinte se aparecerá em ou imediatamente adjacente para
o interruptor isolando:
ADVERTINDO
NÃO ABRA OU FECHE ESTE INTERRUPTOR ENQUANTO
O BRITADOR DE CIRCUITO (DESCONECTANDO MEIOS)
ESTÁ EM POSIÇÃO FECHADA.
10.4.2.4.2 Rótulo de instrução. As exigências de 10.4.2.4.1
não aplique onde as exigências de 10.4.2.4.2.1 e
são conhecidos 10.4.2.4.2.2.
10.4.2.4.2.1 onde o interruptor isolando e o britador de circuito
é engrenado assim que o interruptor isolando nem não pode ser aberto
nem fechado enquanto o britador de circuito está fechado, o rótulo de advertência,
será permitido ser substituído com um rótulo de instrução que
dirige a ordem de operação.
10.4.2.4.2.2 este rótulo será permitido ser parte do
rótulo requerido pelas 10.3.7.3.
10.4.2.5 Manivela operacional.
10.4.2.5.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 10.4.2.5.2, o
interruptor isolando que manivela operacional será proporcionada uma fonte
trinco que será organizado assim que requer o uso do outro
dê para segurar o trinco libertado para permitir abertura ou
fechando do interruptor.
10.4.2.5.2 que as exigências de 10.4.2.5.1 não aplicarão
onde são engrenados o interruptor isolando e o britador de circuito assim
que o interruptor isolando nem não pode ser aberto nem
fechou enquanto o britador de circuito está fechado.
10.4.3 Britador de circuito (Desconectando Meios).
10.4.3.1 * geral.
10.4.3.1.1 o circuito de filial de motor será protegido por um
britador de circuito que será conectado diretamente ao lado de carga
do interruptor isolando e terá um poste para cada ungrounded
condutor de circuito.
10.4.3.1.2 onde o circuito de filial de motor é transferido
uma fonte alternada provida por um gerador de em-local e é
protegido por um dispositivo de overcurrent ao gerador (veja 9.6.5),
a proteção de overcurrent de rotor fechada dentro da bomba de fogo
controlador será permitido ser evitado quando aquele motor
circuito de filial está tão conectado.
10.4.3.2 Características mecânicas. O britador de circuito deve
tenha as características mecânicas seguintes:
(1) será externamente operável. (Veja 10.3.6.)
(2) tropeçará livre da manivela.
(3) Anameplate com a lenda “breaker—disconnecting de Circuito
meios” em cartas não menos de 10 mm (3/8 em.) alto deva
seja localizado no lado de fora do documento anexo de controlador adjacente
para os meios por operar o britador de circuito.
10.4.3.3 * Características elétricas.
10.4.3.3.1 o britador de circuito terá o seguinte elétrico
características:
(1) uma avaliação atual contínua não menos que 115 por cento de
o cheio-carga avaliado atual do motor
(2) Overcurrent-sentindo elementos do tipo de nonthermal
(3) instantâneo dê curto circuito proteção de overcurrent
(4)*An avaliação interrompendo adequada para prover a conveniência
taxando 10.1.2.2 do controlador
(5) capacidade de permitir normal e emergência que começam e
correndo do motor sem tropeçar (Veja 10.5.3.2.)
(6) uma colocação de viagem instantânea de não mais de 20 vezes
o cheio-carga atual
10.4.3.3.2 * limiters atual onde partes integrantes do circuito
britador, será permitido ser usado para obter o exigido
avaliação interrompendo, contanto todas as exigências seguintes
é conhecido:
(1) o britador aceitará limiters atual de só uma avaliação.
(2) o limiters atual segurarão 300 por cento de cheio-carga
motor atual para um mínimo de 30 minutos.
ELÉTRICO-DIRIJA OS CONTROLADORES E ACESSÓRIOS 20–27
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

(3) o limiters atual onde instalaram no britador devem


não aberto a corrente de rotor fechada.
(4) um jogo excedente de limiters atual de avaliação correta será
mantido prontamente disponível em um compartimento ou atormenta dentro o
documento anexo de controlador.
10.4.4 Rotor fechado Proteção de Overcurrent.
10.4.4.1 o único outro overcurrent dispositivo protetor que
será requerido e será permitido entre o interruptor isolando
e o fogo bombeia motor será localizado dentro da bomba de fogo
controlador e possuirá as características seguintes:
(1) para uma esquilo-gaiola ou motor de indução de ferida-rotor, o
dispositivo será como segue:
(um) Do tipo de tempo-demora que tem um tempo tropeçando entre
8 segundos e 20 segundos a corrente de rotor fechada
(b) Calibrou e fixou a um mínimo de 300 por cento de
cheio-carga de motor atual
(2) para um motor dirigir-atual, será o dispositivo como segue:
(um) Do tipo instantâneo
(b) Calibrou e fixou a um mínimo de 400 por cento de
cheio-carga de motor atual
(3)*There serão claramente meios visuais ou markings indicados
no dispositivo que foram feitas próprias colocações.
(4) será possível reajustar o dispositivo imediatamente para operação
depois de tropeçar, com as características tropeçando,
permanecendo inalterado depois disso.
(5) tropeçando serão realizados abrindo o circuito
britador que será do manual externo reajustou tipo.
10.4.4.2 onde o circuito de filial de motor é transferido um
fonte alternada provida por um gerador de em-local cujo capacidade
é 225 por cento ou menos da capacidade do motor de bomba de fogo e
é protegido por um dispositivo de overcurrent ao gerador (veja 9.6.5),
a proteção de overcurrent de rotor fechada dentro da bomba de fogo
controlador será permitido ser evitado quando aquele motor
circuito de filial está tão conectado.
10.4.5 motor Contactor.
10.4.5.1 geral. O contactor de motor serão horsepower
taxado e será do tipo magnético com um contato em cada
condutor de ungrounded.
10.4.5.2 Aceleração cronometrada.
10.4.5.2.1 para operação elétrica de controladores de reduzido-voltagem,
aceleração automática cronometrada do motor será
contanto.
10.4.5.2.2 que o período de aceleração de motor não excederá
10 segundos.
10.4.5.3 Resistor começando. Começando resistor serão projetados
permitir um 5-segundo que começa operação todo 80 segundos para um
período de não menos de 1 hora.
10.4.5.4 Reatores começando e Autotransformers.
10.4.5.4.1 reatores começando e autotransformers concordarão
com as exigências de ANSI/UL 508, Padrão para Industrial
Controle Equipamento, Mesa 92.1.
10.4.5.4.2 reatores começando e autotransformers em cima de
serão permitidos projetar 200 hp Separar 3 de
ANSI/UL 508, Padrão para Equipamento de Controle Industrial,
Mesa 92.1, em vez de Parte 4.
10.4.5.5 Rolo operacional. Para controladores de 600 V ou menos, o
rolo operacional para o contactor principal será provido diretamente
da voltagem de poder principal e não por um transformador.
10.4.5.6 sensor.
10.4.5.6.1 geral. Nenhum undervoltage, perda de fase, freqüência sensível,
ou outro sensor(s) será instalado que automaticamente ou
manualmente proiba atuação elétrica do contactor de motor.
10.4.5.6.2 * única Fase.
Serão permitidos 10.4.5.6.2.1 sensor prevenir um threephase
viaje de automóvel de começar debaixo de condição de único-fase.
10.4.5.6.2.2 tais sensor não causarão desconexão do
motor se está correndo na hora de ocorrência de único-fase.
Serão monitorados 10.4.5.6.2.3 tais sensor para prover um
alarme visível local no caso de mau funcionamento dos sensor.
10.4.6 * alarme e Dispositivos Notáveis em Controlador.
10.4.6.1 poder Indicador Visível Disponível.
10.4.6.1.1 um indicador visível monitorará a disponibilidade de
dê poder a em todas as fases aos términos de linha do contactor de motor.
10.4.6.1.2 se o indicador visível for um abajur de piloto, será
acessível para substituição.
10.4.6.1.3 quando é provido poder de poder múltiplo
fontes, monitorando de cada fonte de poder para perda de fase deve,
seja permitido eletricamente rio acima a qualquer ponto dos términos de linha
do contactor provido são monitoradas todas as fontes.
10.4.6.2 Reversão de fase.
10.4.6.2.1 reversão de fase da fonte de poder para qual o
enfileire términos do contactor de motor estão conectados será
indicado por um indicador visível.
10.4.6.2.2 quando é provido poder de poder múltiplo
fontes, monitorando de cada fonte de poder para reversão de fase deve,
seja permitido eletricamente rio acima a qualquer ponto dos términos de linha
do contactor, contanto todas as fontes são monitoradas.
10.4.7 * alarme e Dispositivos Notáveis Remoto de Controlador.
10.4.7.1 onde ao quarto de bomba não é assistido constantemente,
alarmes audíveis ou visíveis dados poder a um fonte excedendo
125 V será provido a um ponto de freqüência constante.
10.4.7.2 estes alarmes indicarão a informação dentro
10.4.7.2(A) por 10.4.7.2(D).
(Um) Bomba ou Corrida de Motor. O alarme moverá sempre que
o controlador operou em uma condição motor-corrente.
Este circuito de alarme será energizado por um separado seguro supervisionou
dê poder a fonte ou do poder de motor de bomba, reduzido para
não mais de 125 V.
(B) Perda de Fase.
(1) a perda de qualquer fase aos términos de linha do motor
serão monitorados contactor.
(2) todas as fases serão monitoradas. Tais monitorando descobrirão
perda de fase se o motor está correndo ou em repouso.
(3) quando é provido poder de fontes de poder de múltiplo,
monitorando de cada fonte de poder para perda de fase será
permitido eletricamente rio acima a qualquer ponto da linha
términos do contactor, contanto todas as fontes são
monitorado.
(C) Reversão de Fase. (Veja 10.4.6.2.) Este circuito de alarme será
energizado por uma fonte de poder supervisionada segura separada ou
do poder de motor de bomba, reduzido a não mais de 125 V.
20–28 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

(D) o Controlador Conectou para Alternar Fonte. Onde dois


são providas fontes de poder para satisfazer para as exigências de 9.2.4,
este circuito de alarme indicará sempre que a fonte alternada é
a fonte poder abastecedor para o controlador. Este circuito de alarme
será energizado por um poder seguro, supervisionado separado
fonte, reduzido a não mais de 125 V.
10.4.8 controlador Contatos de Alarme para Indicação Remota.
Serão equipados os controladores com contatos (aberto ou fechado)
operar circuitos para as condições em 10.4.7.2(A) por
10.4.7.2(C) e quando um controlador é equipado com uma transferência
troque conforme 10.4.7.2(D).
10.5 que começam e Controla.
10.5.1 * automático e Nonautomatic.
10.5.1.1 um controlador automático será ego-suplente começar,
corra, e proteja um motor.
10.5.1.2 um controlador automático será interruptor de pressão movido
ou interruptor de nonpressure moveu.
10.5.1.3 um controlador automático também será operável como um
controlador de nonautomatic.
10.5.1.4 pelos que um controlador de nonautomatic será movido
meios elétricos manualmente iniciados e por manualmente iniciou
meios mecânicos.
10.5.2 Controlador automático.
10.5.2.1 * Controle de Pressão de água.
10.5.2.1.1 Interruptores pressão-movidos.
10.5.2.1.1.1 a menos que as exigências de 10.5.2.1.1.2 sejam
se encontrado, lá será provido um interruptor tendo pressão-movido
independente alto - e baixo-calibrou ajustes como
parte do controlador.
10.5.2.1.1.2 que as exigências de 10.5.2.1.1.1 não aplicarão
em um controlador nonpressure-movido onde o pressureactuated
interruptor não será requerido.
10.5.2.1.2 não haverá nenhum snubber de pressão ou restritivo
orifice empregaram dentro do interruptor de pressão.
10.5.2.1.3 este interruptor será responsivo molhar pressão dentro
o sistema de proteção de fogo.
10.5.2.1.4 que o elemento pressão-sentindo do interruptor será
capaz de resistir uma pressão de onda momentânea de 27.6 barra
(400 psi) ou 133 por cento de controlador de bomba de fogo taxaram operando
pressione, qualquer que é mais alto, sem perder sua precisão.
10.5.2.1.5 provisão satisfatória será constituída aliviar
pressione ao interruptor pressão-movido para permitir prova de
a operação do controlador e a unidade bombeando. [Veja
Figura A.10.5.2.1(a) e Figura A.10.5.2.1(b).]
10.5.2.1.6 controle de pressão de água estará em acordo
com 10.5.2.1.6(A) por 10.5.2.1.6(H):
(Um) Para todas as instalações de bomba, inclusive bombas de jóquei, cada
controlador terá seu próprio indivíduo pressão-sentindo linha.
(B) A conexão de linha pressão-sentindo para cada bomba, incluindo
bombas de jóquei, será feito entre aquela bomba
válvula de cheque de descarga e válvula de controle de descarga, como segue:
(1) esta linha será metais, cobre, ou série 300 aço imaculado
tubo ou entuba, e o ajustes será de 15 mm (0.50 em.)
tamanho nominal.
(2) confira válvulas ou uniões de chão-face serão instaladas como
segue:
(um) haverá duas válvulas de cheque instaladas dentro o
linha pressão-sentindo pelo menos 1.52 m (5 ft) separadamente com um
2.4 mm nominal (0.09375 em.) buraco perfurou no aplaudidor
servir como umedecendo. [Veja Figura A.10.5.2.1(a) e
Figura A.10.5.2.1(b).]
(b) Onde a água está limpa, uniões de chão-face com
diafragmas incorrosívéis perfuraram com um nominal
2.4 mm (0.09375 em.) orifice serão permitidos dentro
lugar das válvulas de cheque.
(C) não haverá nenhuma válvula de shutoff na linha pressão-sentindo.
(D) atuação de interruptor de Pressão à baixa colocação de ajuste
inicie bomba que começa sucessão (se bomba já não é
em operação).
(E) * UMA pressão listada para a que dispositivo gravador será instalado
senso e registra a pressão em cada controlador de bomba de fogo
linha pressão-sentindo à contribuição para o controlador.
(F) O registrador será capaz de operar durante pelo menos 7 dias
sem ser reajustado ou rebobinou.
(G) O elemento pressão-sentindo do registrador será
capaz de resistir uma pressão de onda momentânea da
menos 27.6 barra (400 psi) ou 133 por cento de controlador de bomba de fogo
pressão operacional taxada, qualquer que é maior, sem perder,
sua precisão.
(H) Para pressão de velocidade de variável que limita controle, um 12.7 mm
(1/2 em.) tamanho nominal dentro de linha de pressão de diâmetro, incluindo
coador apropriado, será conectado entre a bomba
descarregue orla e a descarga conferem válvula.
10.5.2.2 Nonpressure Switch–Actuated o Controlador Automático.
10.5.2.2.1 switch–actuated de Nonpressure bomba de fogo automática
controladores começarão o controlador está começando sucessão
pela abertura automática de um contact(s remoto).
10.5.2.2.2 que o interruptor de pressão não será requerido.
10.5.2.2.3 não haverá nenhum meios capaz de parar o
motor de bomba de fogo exclui esses no controlador de bomba de fogo.
10.5.2.3 fogo Proteção Equipamento Controle.
10.5.2.3.1 onde a bomba provê controle de água especial
equipamento (válvulas de dilúvio, válvulas de tubo secas, etc.), será
permitido começar o motor antes dos pressão-moveram
switch(es) faria assim.
10.5.2.3.2 debaixo de tal condicionam o controlador será
equipado para começar o motor em operação da proteção de fogo
equipamento.
10.5.2.3.3 começando do motor serão iniciados pelo
abrindo da volta de circuito de controle que contém esta proteção de fogo
equipamento.
10.5.2.4 Controle Elétrico manual em Estação Remota. Onde
estações de controle adicionais por causar nonautomatic contínuo
operação da unidade bombeando, independente do
interruptor pressão-movido, é provido em locais remoto
do controlador, tais estações não serão operáveis a parada
o motor.
10.5.2.5 sucessão que Começa de Bombas.
10.5.2.5.1 o controlador para cada unidade de unidades de bomba múltiplas
incorpore um dispositivo de cronometragem seqüente para prevenir qualquer um
motorista de começar simultaneamente com qualquer outro motorista.
ELÉTRICO-DIRIJA OS CONTROLADORES E ACESSÓRIOS 20–29
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

10.5.2.5.2 cada bomba pressão de sucção abastecedora para outro


bomba será organizada para começar antes da bomba provê.
10.5.2.5.3 se exigências de água pedem mais que um
unidade bombeando para operar, as unidades começarão a intervalos de
5 a 10 segundos.
10.5.2.5.4 fracasso de um motorista principal para começar não prevenirá
unidades bombeando subseqüentes de começar.
10.5.2.6 Circuitos externos Conectaram a Controladores.
10.5.2.6.1 circuitos de controle externos fora dos que estendem o
quarto de bomba de fogo será organizado de forma que fracasso de qualquer
circuito externo (circuito aberto ou curto) não prevenirá
operação de pump(s) de todos outro interno ou externo
meios.
10.5.2.6.2 quebra, desconectando, shorting dos arames, ou
perda de poder para estes circuitos será permitida causar contínuo
correndo da bomba de fogo, mas não prevenirá o
controller(s) de começar o pump(s de fogo) devido a causas
diferente de estes circuitos externos.
10.5.2.6.3 todos os condutores de controle dentro do quarto de bomba de fogo
isso não é nenhuma falta tolerante como descrito será protegido
contra dano mecânico.
10.5.3 Controlador de Nonautomatic.
10.5.3.1 Controle Elétrico manual a Controlador.
10.5.3.1.1 haverá um interruptor manualmente operado no
controle painel assim organizou que, quando o motor é começado
manualmente, sua operação não pode ser afetada pelo pressureactuated
interruptor.
10.5.3.1.2 que o arranjo também proverá que a unidade
permaneça manualmente em operação até feche.
10.5.3.2 * emergência-corra Controle Mecânico a Controlador.
10.5.3.2.1 o controlador será equipado com um
emergência-corra manivela ou alavanca para as que operam mecanicamente
feche o motor-circuito que troca mecanismo.
10.5.3.2.1.1 esta manivela ou alavanca proverá para nonautomatic
operação corrente contínua do motor(s), independente
de qualquer circuito de controle elétrico, imã, ou equivalente
dispositivos e independente do controle pressão-ativado
interruptor.
10.5.3.2.1.2 meios serão incorporados mecanicamente para
trancando ou segurando a manivela ou alavanca para operação manual
na posição movida.
10.5.3.2.1.3 os trancar mecânicos não serão automáticos,
mas à opção do operador.
10.5.3.2.2 a manivela ou alavanca será organizada para se mudar
uma direção só do fora posição para a posição final.
10.5.3.2.3 o autor de motor devolverá automaticamente para o
fora posição no caso de o operador liberta a manivela de autor ou
alavanca em qualquer posição mas a posição corrente cheia.
10.5.4 métodos de Parar. Paralisação de empresas será realizada
pelos métodos em 10.5.4(A) e 10.5.4(B).
(Um) Manual. Operação de um pushbutton no lado de fora do
documento anexo de controlador que, no caso de controladores automáticos,
devolva o controlador à posição automática cheia.
(B) Paralisação de empresas Automática Depois de Começo Automático. Onde contanto,
paralisação de empresas automática depois de começo automático concordará
com o seguinte:
(1) a menos que as exigências de 10.5.4(B)(2) é conhecido, automático
paralisação de empresas só será permitida onde o controlador é
organizado para paralisação de empresas automática começando afinal de contas e correndo
causas voltaram a normal. Um período corrente
cronômetro fixado durante pelo menos 10 minutos tempo corrente será permitido
começar a operação inicial.
(2) as exigências de 10.5.4(B)(1) não aplicará e automático
paralisação de empresas não será permitida onde a bomba
constitui a provisão exclusiva de um irrigador de fogo ou standpipe
sistema ou onde a autoridade que tem jurisdição requereu
paralisação de empresas manual.
10.5.5 Pressão de Velocidade variável que Limita Controle. Variável
serão permitidos os velocidade fogo bomba controladores contanto que
o seguinte aplica:
(1) em fracasso da pressão de velocidade variável que limita controle,
a bomba opera a velocidade avaliada.
(2) a pressão de velocidade variável que limita controle é listada para
serviço de fogo.
10.6 controladores Taxaram mais de 600 V.
10.6.1 Equipamento de controle. Controladores taxaram mais de 600 V
obedeça as exigências de Capítulo 10, exclua como contanto
em 10.6.2 por 10.6.8.
10.6.2 providências por Testar.
10.6.2.1 que as providências de 10.3.4.3 e 10.3.4.4 não aplicarão.
10.6.2.2 um ammeter(s) será provido no controlador
com uns meios satisfatórios por ler a corrente em cada fase.
10.6.2.3 um voltmeter(s indicando), não derivando poder de
mais de 125 V de um transformer(s) conectado ao highvoltage
proveja, também será provido com uns meios satisfatórios para
lendo cada voltagem de fase.
10.6.3 que desconectam Debaixo de Carga.
Serão feitas 10.6.3.1 providências prevenir o isolando
troque de ser aberto debaixo de carga.
10.6.3.2 que um carga-fratura que desconecta meios será permitido
ser usado em vez do interruptor isolando se a conclusão de falta
e interrompendo avaliações igualam ou excedem as exigências de
a instalação.
10.6.4 Local de Interruptor pressão-movido. Precauções especiais
será levado localizando o interruptor pressão-movido pedido
em 10.5.2.1 impedir para qualquer vazamento de água de entrar em contato
com componentes de alto-voltagem.
10.6.5 Circuito de Controle de baixo-voltagem.
10.6.5.1 que o circuito de controle de baixo-voltagem será provido
da fonte de alto-voltagem por um transformador de stepdown (
s) protegeu através de fusíveis de alto-voltagem em cada linha primária.
10.6.5.2 que a provisão de poder de transformador será interrompida
quando o interruptor isolando é ao ar livre posição.
10.6.5.3 o secundário do transformador e circuição de controle
obedeça 10.3.5 caso contrário.
10.6.5.4 uma linha secundária será fundamentada a menos que tudo
controle e dispositivos de operador são avaliados para uso ao alto
(primário) voltagem.
20–30 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

10.6.6 alarme e Dispositivos Notáveis em Controlador.


10.6.6.1 especificações para controladores taxados mais de 600 V
difira desses em 10.4.6.
10.6.6.2 um indicador visível será provido para indicar isso
poder está disponível.
10.6.6.3 a provisão atual para o indicador visível virá
do secundário do transformador de circuito de controle por
resistor, se achou necessário, ou de um stepdown de pequeno-capacidade
transformador que reduzirá o transformador de controle secundário
voltagem para isso requerido para o indicador visível.
10.6.6.4 se o indicador visível for um abajur de piloto, será
acessível para substituição.
10.6.7 proteção de Pessoal de Voltagem Alta. Necessário
serão feitas providências, enquanto incluindo tal engrena como poder
seja precisado, proteger pessoal de contato acidental com
voltagem alta.
10.6.8 Meios desconectando. Um contactor em combinação com
atual-limitando fusíveis de circuito de motor serão permitidos ser usados
em vez do britador de circuito (desconectando meios) exigido em
10.4.3.1.1 se todas as exigências seguintes são conhecidos:
(1) atual-limitando fusíveis de circuito de motor serão montados dentro o
documento anexo entre o interruptor isolando e o contactor
e interromperá o dê curto circuito corrente disponível ao
términos de contribuição de controlador.
(2) estes fusíveis terão uma avaliação interrompendo adequada para
proveja a conveniência que taxa (veja 10.1.2.2) do controlador.
(3) os fusíveis atual-limitando serão classificados segundo o tamanho para segurar 600 por cento
do cheio-carga avaliação atual do motor para pelo menos
100 segundos.
(4) um jogo excedente de fusíveis da avaliação correta será mantido
prontamente disponível em um compartimento ou atormenta dentro do controlador
documento anexo.
10.6.9 Rotor fechado Proteção de Overcurrent.
10.6.9.1 tropeçando do dispositivo de overcurrent de rotor fechado requereram
antes das 10.4.4 será permitido ser realizado por
abrindo o contactor de motor enrolam circuit(s) derrubar fora o
contactor.
Serão providos 10.6.9.2 meios para restabelecer o controlador para
operação normal por um dispositivo manualmente reajustou externo.
10.6.10 Controle Mecânico emergência-corrido a Controlador.
10.6.10.1 o controlador obedecerá 10.5.3.2.1 e
10.5.3.2.2 a não ser que os trancar mecânicos podem ser automáticos.
10.6.10.2 onde o contactor é trancado dentro, o rotor fechado,
proteção de overcurrent de 10.4.4 não será requerida.
10.7 * os Controladores de Serviço limitados.
10.7.1 limitações. Controladores de serviço limitados que consistem de
controladores automáticos para por-o-linha que começa de squirrelcage
motores de 30 hp ou menos, 600 V ou menos, será permitido
ser instalado onde tal uso é aceitável à autoridade
jurisdição tendo.
10.7.2 exigências. As providências de Seções 10.1
por 10.5 aplicará, a menos que especificamente se dirigisse dentro
10.7.2.1 por 10.7.2.4.
10.7.2.1 em vez de 10.4.3.3.1(2) e 10.4.4, o rotor fechado,
será permitida alcançar proteção de overcurrent por
usando um tempo nonadjustable circuito britador inverso que tem um
avaliação standard entre 150 por cento e 250 por cento do
cheio-carga de motor atual.
10.7.2.2 cada controlador será marcado “Serviço Limitado
Controlador” e mostrará o nome do fabricante claramente,
a designação identificando, e o completo elétrico
taxando. (Veja 10.4.2.1.)
10.7.2.3 o controlador terá um dê curto circuito avaliação atual
não menos que 10,000 UM.
10.7.2.4 o isolando manualmente operado interruptor especificou dentro
não serão requeridos 10.4.2.
10.8 * Transferência de poder para Provisão de Poder de Substituto.
10.8.1 geral.
10.8.1.1 onde requereu pela autoridade que tem jurisdição
ou satisfazer para as exigências de 9.2.4 onde um em-local elétrico
dispositivo de transferência de poder é usado para seleção de fonte de poder,
tal interruptor obedecerá as providências de Seção 10.8 como
bem como Seções 10.1, 10.2, e 10.3 e 10.4.1.
Não serão usados 10.8.1.2 interruptores de transferência manuais para transferir
dê poder a entre a provisão normal e a provisão alternada
para o controlador de bomba de fogo.
10.8.1.3 nenhum device(s remoto) será instalado que prevenirá
operação automática do interruptor de transferência.
10.8.2 * o Controlador de Bomba de fogo e Arranjos de Interruptor de Transferência.
10.8.2.1 arranjo eu (Listou Bomba de Fogo de Combinação
O controlador e Interruptor de Transferência de Poder).
10.8.2.1.1 Poder auto-suficiente que Troca Assembléia. Onde
o interruptor de transferência de poder consiste em um poder auto-suficiente
assembléia trocando, tal assembléia será morada em um barriered
compartimento do controlador de bomba de fogo ou em um separado
documento anexo prendeu ao controlador e marcado “Bomba de Fogo
Interruptor de Transferência de poder.”
10.8.2.1.2 Interruptor isolando.
10.8.2.1.2.1 um interruptor isolando, obedecendo 10.4.2, situado,
dentro do poder transferência interruptor documento anexo ou compartimento
será provido à frente dos términos de contribuição alternados
do interruptor de transferência.
10.8.2.1.2.2 que as exigências do interruptor isolando serão
conforme 10.8.2.1.2.2(A) por 10.8.2.1.2.2(C).
(Um) O interruptor isolando será supervisionado para indicar quando
está aberto.
(B) Supervisão operará um sinal audível e visível em
o controller/automatic de bomba de fogo transferem combinação de interruptor
e licença que monitora a um ponto remoto onde requereu.
(C) O interruptor isolando será satisfatório para o disponível
dê curto circuito corrente da fonte alternada.
10.8.2.1.3 Fonte alternada—Segunda Fonte de Poder de Utilidade.
Onde a fonte alternada é provida por uma segunda utilidade
dê poder a fonte, o transferência interruptor emergência lado será provido
com um interruptor de isolamento que obedece 10.4.2 e um
britador de circuito que obedece 10.4.3 e 10.4.4.
10.8.2.1.4 onde a fonte alternada é provida antes de um ou
mais transferem interruptores que podem isoladamente rio acima ou em combinação
alimente utilidade ou em-local geraram poder ao controlador de bomba de fogo,
o controlador será equipado com o lado alternado
o britador de circuito e interruptor isolando conforme 10.8.2.1.3.
ELÉTRICO-DIRIJA OS CONTROLADORES E ACESSÓRIOS 20–31
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

10.8.2.1.5 onde a fonte alternada é provida por um gerador


de quem capacidade excede 225 por cento do motor de bomba de fogo
cheio-carga taxado atual, o controlador será equipado com o
britador de circuito lateral alternado e interruptor isolando em acordo
com 10.8.2.1.3.
10.8.2.1.6 Cautionary Marcando. O controlador de bomba de fogo e
transfira interruptor (veja 10.8.2.1) deva cada tenha um cautionary marcando
indicar que o interruptor de isolamento para o controlador e
o interruptor de transferência é aberto antes de consertar o controlador,
transfira interruptor, ou motor.
10.8.2.2 arranjo II (Individualmente Listou Bomba de Fogo
O controlador e Interruptor de Transferência de Poder). O seguinte deve
seja provido:
(1) um fogo bomba controlador poder transferência interruptor concordando
com Seções 9.6 e 10.8 e um controlador de bomba de fogo.
(2) um interruptor isolando, ou serviço desconecta onde exigido,
à frente dos términos de contribuição normais do interruptor de transferência.
(3) a transferência interruptor overcurrent proteção será selecionada
ou fixou para levar a corrente de rotor fechada indefinidamente
do motor de bomba de fogo onde a fonte alternada é provida
por uma segunda utilidade.
(4) um interruptor isolando à frente da contribuição de fonte alternada
términos do interruptor de transferência conhecerão o seguinte
exigências:
(um) O interruptor isolando será lockable dentro o em posição.
(b) UM anuncie será instalado externamente no isolar
interruptor que declara “Bomba de Fogo que Isola Interruptor.” As cartas
seja pelo menos 25 mm (1 em.) em altura.
(c) Aplacard será colocado adjacente ao controlador de bomba de fogo
declarando o local do interruptor isolando e
o local da chave (se o interruptor isolando é fechado).
(d) O interruptor isolando será supervisionado para indicar
quando não está fechado antes de um dos métodos seguintes:
i. Estação central, estação proprietário, ou remota,
serviço notável
ii. Habitante que sinaliza serviço que causará o
soando de um sinal audível a um constantemente
ponto assistido
iii. Fechando o interruptor isolando fechado
iv. Marcando de isolar interruptores e aprovado
semanário registrou inspeções onde isolando
interruptores ficam situados dentro de documentos anexos cercados ou
em edifícios debaixo do controle do dono
(e) Esta supervisão operará um audível e visível
sinalize no interruptor de transferência e licença monitorar
a um ponto remoto onde requereu.
10.8.2.3 Interruptor de transferência. Cada bomba de fogo terá seu próprio
dedicado transfira switch(es) onde um switch(es de transferência) é
requerido.
10.8.3 poder Transferência Interruptor Exigências.
10.8.3.1 que listam. O interruptor de transferência de poder especificamente será
listado para serviço de bomba de fogo.
10.8.3.2 conveniência. O interruptor de transferência de poder será satisfatório
para o disponível dê curto circuito correntes à transferência
interruptor términos de contribuição normais e alternados.
10.8.3.3 Operaram eletricamente e Mecanicamente Seguraram. O
interruptor de transferência de poder será operado eletricamente e mecanicamente
segurado.
10.8.3.4 Horsepower ou Ampère Avaliação.
10.8.3.4.1 onde avaliado em horsepower, a transferência de poder
interruptor terá um horsepower que taxa igual pelo menos para o
horsepower de motor.
10.8.3.4.2 onde avaliado em ampères, o interruptor de transferência de poder
tenha um ampère que não taxa menos que 115 por cento do
cheio-carga de motor atual e também satisfatório por trocar o motor
corrente de rotor fechada.
10.8.3.5 Meios manuais de Operação.
10.8.3.5.1 Ameans para manual seguro (nonelectrical) operação
do interruptor de transferência de poder será provido.
10.8.3.5.2 que estes meios manuais não serão exigidos ser
externamente operável.
10.8.3.6 Dispositivos Undervoltage-sentindo. A menos que as exigências
de 10.8.3.6.5 é conhecido, as exigências de 10.8.3.6.1
por 10.8.3.6.4 aplicará.
10.8.3.6.1 que para o interruptor de transferência de poder será proporcionado
dispositivos undervoltage-sentindo para monitorar todas as linhas de ungrounded
da fonte de poder normal.
10.8.3.6.2 onde a voltagem em qualquer fase aos términos de carga
do britador de circuito dentro das fogo bomba controlador quedas
debaixo de 85 por cento de voltagem motor-avaliada, a transferência de poder
interruptor iniciará começando automaticamente do gerador auxiliar,
se contanto e não correndo, e transferência iniciada para
a fonte alternada.
10.8.3.6.3 onde a voltagem em todas as fases da fonte normal
lucros para dentro de limites aceitáveis, deve o controlador de bomba de fogo
seja permitido ser retransferred à fonte normal.
10.8.3.6.4 reversão de fase do poder de fonte normal (veja
10.4.6.2) causará uma deficiência de força de fonte normal simulada
ao sentir reversão de fase.
10.8.3.6.5 as exigências de 10.8.3.6.1 por 10.8.3.6.4
não aplique onde o interruptor de transferência de poder é eletricamente
rio acima do fogo bomba controlador circuito britador, e voltagem
será permitido ser sentido à contribuição ao poder
transfira interruptor em vez de aos términos de carga da bomba de fogo
britador de circuito de controlador.
10.8.3.7 voltagem - e Freqüência-sentindo Dispositivos. A menos que o
são satisfeitas para exigências de 10.8.3.7.3, as exigências de
10.8.3.7.1 e 10.8.3.7.2 aplicarão.
10.8.3.7.1 voltagem - e freqüência-sentindo dispositivos serão
contanto monitorar um condutor de ungrounded pelo menos de
a fonte de poder alternada.
10.8.3.7.2 transferência para a fonte alternada será inibida
até lá é voltagem adequada e freqüência para servir o fogo
carga de bomba.
10.8.3.7.3 onde a fonte alternada é provida antes de um segundo
fonte de poder de utilidade, as exigências de 10.8.3.7.1 e
10.8.3.7.2 não aplicarão, e undervoltage-sentindo dispositivos
monitore todos os condutores de ungrounded em vez de um
dispositivo freqüência-sentindo.
10.8.3.8 Indicadores visíveis. Serão providos dois indicadores visíveis
indicar a fonte de poder externamente para qual o fogo
controlador de bomba está conectado.
20–32 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

10.8.3.9 Retransfer.
Serão providos 10.8.3.9.1 meios para demorar retransfer de
a fonte de poder alternada para a fonte normal até o normal
fonte é estabilizada.
10.8.3.9.2 que esta demora de tempo será evitada automaticamente se
a fonte alternada falha.
10.8.3.10 Correntes de em-pressa. Serão providos meios para prevenir
mais alto que correntes de em-pressa normais ao transferir
o motor de bomba de fogo de uma fonte para o outro.
10.8.3.11 Proteção de Overcurrent. O interruptor de transferência de poder
não tenha circuito curto integrante ou proteção de overcurrent.
10.8.3.12 Exigências adicionais. O seguinte será
contanto:
(1) Adevice para demorar começando do gerador de fonte alternado para
previna nuisance que começa no caso de mergulhos momentâneos
e interrupções da fonte normal
(2) uma volta de circuito para o gerador de fonte alternado por meio de que
a abertura ou fechando do circuito começarão o
gerador de fonte alternado (quando comandou pelo
interruptor de transferência de poder) (Veja 10.8.3.6.)
(3) uns meios para prevenir enviando do sinal por começar de
o gerador de fonte alternado quando comandou pelo
interruptor de transferência de poder, se o interruptor de isolamento no substituto
lado de fonte do interruptor de transferência está aberto
10.8.3.13 Interruptor de Teste momentâneo. Um interruptor de teste momentâneo,
externamente operável, será provido no documento anexo que
simule um fracasso de fonte de poder normal.
10.8.3.14 Indicação remota. Contatos abertos ou fechados auxiliares
mecanicamente operado pelo fogo bomba poder transferência interruptor
mecanismo será provido para indicação remota que o fogo
controlador de bomba foi transferido à fonte alternada.
10.9 controladores para Motores de Bomba de Elemento aditivo.
10.9.1 Equipamento de controle. Controladores para motores de bomba de elemento aditivo
obedeça as exigências de Seções 10.1
por 10.5 ou Seção 10.7 (e Seção 10.8, onde exigido)
a menos que especificamente se dirigisse em 10.9.2 por 10.9.5.
10.9.2 Começando automático. Em vez dos pressão-moveram
interruptor descreveu em 10.5.2.1, começar automáticos serão capazes
de ser realizado pela abertura automática de um
volta de circuito fechada que contém este equipamento de proteção de fogo.
10.9.3 métodos de Parar.
10.9.3.1 paralisação de empresas manual será provida.
10.9.3.2 paralisação de empresas automática não será permitida.
10.9.4 Lockout.
10.9.4.1 onde exigido, o controlador conterá um lockout
característica onde usou em uma aplicação de dever-auxiliador.
10.9.4.2 onde proveu, este lockout serão indicados por um
indicador visível e providências para annunciating a condição
em um local remoto.
10.9.5 que marcam. O controlador será marcado “Elemento aditivo
Bombeie o Controlador.”
Capítulo 11 Passeio de motor diesel
11.1 geral.
11.1.1 aplicações. Instalações de motor diesel estarão dentro
complacência com este capítulo.
11.1.2 * Tipo de máquina.
11.1.2.1 motores dieseis para passeio de bomba de fogo serão do
tipo de ignição de compressão.
11.1.2.2 máquinas de combustão internas faísca-acendidas não devem
seja usado.
11.2 máquinas.
11.2.1 que listam. Serão listadas máquinas para serviço de bomba de fogo.
11.2.2 Avaliações de máquina.
11.2.2.1 máquinas terão um nameplate que indica os listaram
avaliação de poder disponível dirigir a bomba.
11.2.2.2 * serão taxadas máquinas a Sociedade standard de Automóvel
Engenheiros (SAE) condições de 752.1 mm Hg (29.61 em. Hg)
barômetro e 25°C (77°F) inlet arejam temperatura [aproximadamente
91.4 m (300 ft) acima do nível do mar] pelo laboratório de prova.
11.2.2.3 máquinas serão aceitáveis para avaliações de horsepower
listado pelo laboratório de prova para condições de SAE standards.
11.2.2.4 * uma dedução de 3 por cento de avaliação de horsepower de máquina
a condições de SAE standards será constituído motores dieseis
para cada 300 m (1000 ft) de altitude sobre 91 m (300 ft).
11.2.2.5 * uma dedução de 1 por cento de horsepower de máquina
taxando como corrigido a condições de SAE standards será feito
para motores dieseis para todo 5.6°C (10°F) sobre 25°C (77°F)
temperatura ambiente.
11.2.2.6 onde engrenagem de direito-ângulo dirige (veja 11.2.3.2) é usado
entre a bomba de turbina vertical e seu motorista, o horsepower
exigência da bomba será aumentada para permitir para
dê poder a perda no passeio de engrenagem.
11.2.2.7 depois de obedecer as exigências de 11.2.2.1
por 11.2.2.6, máquinas terão uma 4-hora horsepower mínimo
taxando igual para ou maior que o horsepower de freio
exigido dirigir a bomba a sua velocidade avaliada debaixo de qualquer condição
de carga de bomba.
11.2.3 Conexão de máquina para Bombear.
11.2.3.1 Cabo horizontal Bombeia.
Serão conectadas 11.2.3.1.1 máquinas a cabo horizontal
bombas por meio de uma junção flexível ou conectar flexível
cabo listou para este serviço.
11.2.3.1.2 para os que a junção flexível será prendida diretamente
o adaptador de flywheel de máquina ou cabo de toco. (Veja Seção 6.5.)
11.2.3.2 Cabo vertical Bombas de Turbine–Type.
11.2.3.2.1 a menos que sejam satisfeitas para as exigências de 11.2.3.2.2, máquinas
será conectado a bombas de cabo verticais por meio de um
passeio de engrenagem de direito-ângulo com um cabo conectando flexível listado
isso prevenirá tensão imprópria na máquina ou engrenagem
passeio. (Veja Seção 7.5.)
11.2.3.2.2 para os que as exigências de 11.2.3.2.1 não aplicarão
motores dieseis e turbinas de vapor projetaram e listaram para vertical
instalação com turbine–type de cabo vertical bombeia que
será permitido empregar cabos sólidos e não requererá
um passeio de direito-ângulo mas requererá uma catraca de nonreverse.
11.2.4 Instrumentation e Controle.
11.2.4.1 governador.
Serão proporcionadas para 11.2.4.1.1 máquinas um governador capaz
de regular velocidade de máquina dentro de uma gama de 10 por cento entre
shutoff e condição de carga de máximo da bomba.
MOTOR DIESEL PASSEIO 20–33
2003 edição


REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

11.2.4.1.2 o governador será campo ajustável e fixo e


afiançado para manter velocidade de bomba avaliada a carga de bomba de máximo.
11.2.4.2 Pressão de Velocidade variável que Limita Controle.
11.2.4.2.1 pressão que limita sistemas de controle usou em motores dieseis
para passeio de bomba de fogo será listado para serviço de bomba de fogo e
seja capaz de limitar a pressão de produção de bomba a 110 por cento
de cabeça avaliada total (pressão) reduzindo velocidade de bomba.
11.2.4.2.2 pressão que limita sistemas de controle não substituirá
o governador de máquina como definido em 11.2.4.1.
11.2.4.2.3 no caso de um fracasso do pressão limitar
controle sistema, a máquina será completamente funcional com o
governador definiu em 11.2.4.1.
11.2.4.3 Overspeed Paralisação de empresas Dispositivo.
Serão proporcionadas para 11.2.4.3.1 máquinas uma paralisação de empresas de
overspeed
dispositivo.
11.2.4.3.2 será organizado para fechar abaixo a máquina a um
faça andar depressa 20 por cento aproximadamente sobre velocidade de máquina avaliada
e ser reajustado manualmente.
11.2.4.3.3 Ameans será provido para indicar um overspeed
sinal de dificuldade para o controlador de máquina automático tal que o
controlador não pode ser reajustado até o dispositivo de paralisação de empresas de overspeed
seja reajustado manualmente a posição operacional normal.
11.2.4.4 tacômetro.
11.2.4.4.1 um tacômetro será provido para indicar revoluções
por minuto da máquina, inclusive zero, a toda hora.
11.2.4.4.2 que o tacômetro será que o totalizing digitam, ou um
metro de hora será provido para registrar tempo total de máquina
operação.
Serão permitidos 11.2.4.4.3 tacômetros com exibição digital
ser em branco quando a máquina não é corrente.
11.2.4.5 Medida de Pressão de óleo. Máquinas serão providas com
uma medida de pressão de óleo para indicar lubrificando pressão de óleo.
11.2.4.6 Medida de temperatura. Máquinas serão providas com
uma medida de temperatura para indicar temperatura de coolant de máquina
a toda hora.
11.2.4.7 Painel de instrumento. Todos os instrumentos de máquina serão
colocado em um painel satisfatório afiançado à máquina a um satisfatório
ponto.
11.2.4.8 * Controlador automático que Telegrafa em Fábrica. Tudo que conectam
serão arreados arames para controladores automáticos ou flexibly
incluso, montado na máquina, e conectado em um
caixa de junção de máquina para términos numerou para corresponder
com términos numerados no controlador.
11.2.4.9 * Instalação elétrica de Controle automática no Campo. Interconnections
entre o controlador automático e junção de máquina
caixa que usa arame encalhado classificado segundo o tamanho em um continuousduty será
feita
base.
11.2.4.10 * Bateria principal Contactors. O contactors de bateria principal
corrente abastecedora para o motor começando será capaz de
operação mecânica manual para energizar o motor começando
no caso de controla fracasso de circuito.
11.2.4.11 sinal para Máquina que Corre e Terminação de Manivela.
11.2.4.11.1 máquinas serão providas com um velocidade-sensível
troque para sinalizar máquina que corre e terminação de manivela.
Será levado 11.2.4.11.2 poder para este sinal de uma fonte
diferente de o gerador de máquina ou alternador.
11.2.4.12 Elementos de instalação elétrica.
11.2.4.12.1 toda a instalação elétrica na máquina, incluindo começando circuição,
será classificado segundo o tamanho em uma base de contínuo-dever.
11.2.4.12.2 cabos de bateria serão classificados segundo o tamanho conforme
as recomendações do fabricante de máquina que consideram o
comprimento de cabo requereu para o local de bateria específico.
11.2.4.13 * Controle de Administração de Combustível eletrônico.
11.2.4.13.1 substituto Módulo de Controle Eletrônico. Máquinas
aquela corporação um módulo de controle eletrônico (ECM) realizar
e controla o processo de injeção de combustível terá um
ECM alternado permanentemente montado e telegrafou assim a máquina
possa produzir sua produção de poder avaliada cheia no caso de um fracasso
do ECM primário.
11.2.4.13.2 Proteção de voltagem. Ambos ECMs será protegido
de espigas de voltagem passageiras e corrente de dc inversa.
11.2.4.13.3 ECM Seletor Interruptor. A transição do primário
ECM para o ECM alternado será realizado manualmente
com um único interruptor que tem nenhum fora posição.
11.2.4.13.4 supervisão. Um indicador visual será provido
no painel de instrumento de máquina e um sinal de supervisory deve
seja provido ao controlador quando o ECM seletor interruptor é
posicionado ao ECM alternado.
11.2.4.13.5 * Produção de poder. O ECM não deve, por qualquer razão,
intencionalmente cause uma redução na habilidade da máquina para produzir
produção de poder taxada.
11.2.4.13.6 sensor. Qualquer sensor necessário para a função de
o ECM que afeta a habilidade da máquina para produzir seu avaliado
produção de poder terá um sensor redundante que operará
automaticamente no caso de um fracasso do sensor primário.
11.2.4.13.7 Supervisão de injeção de combustível. Um supervisory comum
sinal será provido ao controlador no caso de
qualquer um do seguinte:
(1) fracasso de injeção de combustível
(2) baixa pressão de combustível
11.2.5 Métodos começando.
11.2.5.1 Dispositivos começando. Máquinas serão equipadas com um
dispositivo começando seguro, e acelerará a produção avaliada
acelere dentro de 20 segundos.
11.2.5.2 Começando elétrico. Onde começar elétrico é usado, o
dispositivo começando elétrico levará atual de um armazenamento
battery(ies).
11.2.5.2.1 número e Capacidade de Baterias.
11.2.5.2.1.1 que cada máquina será proporcionada dois armazenamento
unidades de bateria.
11.2.5.2.1.2 às 4.5°C (40°F), cada unidade de bateria terá
duas vezes a capacidade suficiente manter a velocidade acionando
recomendado pelo fabricante de máquina por um
Ciclo de tentar-para-começo de 3-minuto que é seis ciclos sucessivos
de 15 segundos de acionar e 15 segundos de resto.
11.2.5.2.2 bateria.
11.2.5.2.2.1 baterias de conduzir-ácido serão fornecidas dentro um seco
condição de carga de pólvora com eletrólito líquido em um recipiente separado.
20–34 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

11.2.5.2.2.2 eletrólito será somado a máquina na ocasião


seja posto em serviço e a bateria é determinada uma carga de pólvora de condicionamento.
11.2.5.2.2.3 baterias de níquel-cádmio serão permitidas
seja instalado em vez de baterias de conduzir-ácido providas que eles se encontram
as exigências do fabricante de máquina.
Serão permitidos 11.2.5.2.2.4 outros tipos de baterias ser
instalado conforme as exigências do fabricante.
11.2.5.2.3 * bateria Recarregando.
11.2.5.2.3.1 dois meios por recarregar baterias de armazenamento devem
seja provido.
11.2.5.2.3.2 um método será o gerador ou alternador
fornecido com a máquina.
11.2.5.2.3.3 o outro método será um automaticamente controlado
corcel que leva poder de uma corrente revezada
dê poder a fonte.
11.2.5.2.3.4 se uma fonte de poder atual revezada não é
disponível ou não está seguro, outro carregando método, além,
para o gerador ou alternador forneceu com a máquina,
será provido.
11.2.5.2.4 Corcéis de bateria. As exigências para bateria
corcéis serão como segue:
(1) especificamente serão listados corcéis para serviço de bomba de fogo.
(2) o retificador será um tipo de semicondutor.
(3) o corcel para uma bateria de conduzir-ácido será um tipo que automaticamente
reduz a taxa carregando a menos de 500 MA
quando a bateria alcança uma condição de carga de pólvora cheia.
(4) o corcel de bateria a sua voltagem avaliada será capaz
de entregar energia em uma bateria completamente descarregada dentro
tal uma maneira que não danificará a bateria.
(5) o corcel de bateria restabelecerá à bateria 100 por cento
da capacidade de reserva da bateria ou avaliação de ampère-hora
dentro de 24 horas.
(6) o corcel será marcado com a capacidade de reserva ou
ampère-hora que taxa da bateria de capacidade maior que isto
possa recarregar conforme 11.2.5.2.4(4).
(7) um amperímetro com uma precisão de ±5 por cento do normal
carregando taxa serão fornecidos para indicar a operação
do corcel.
(8) o corcel será projetado tal que não será danificado
ou sopro funde durante o ciclo acionando da máquina
quando operou por um controlador automático ou manual.
(9) o corcel carregará automaticamente ao máximo
taxa sempre que requereu pelo estado de carga de pólvora da bateria.
(10) o corcel de bateria será organizado para indicar perda de
produção atual no lado de carga da corrente direta
(dc) overcurrent dispositivo protetor onde não conectou
por um painel de controle. [Veja 12.4.1.3(6).]
11.2.5.2.5 * Local de bateria.
11.2.5.2.5.1 baterias de armazenamento serão prateleira apoiada acima
o chão, afiançado contra deslocamento, e situado onde
elas não estarão sujeito a temperatura excessiva, vibração,
dano mecânico, ou inundando com água.
11.2.5.2.5.2 baterias de armazenamento serão prontamente acessíveis para
consertando.
11.2.5.2.6 Local de Parte atual-levando. Atual-levando
partes não serão menos que 305mm(12 dentro.) sobre o nível de chão.
11.2.5.3 Começando hidráulico.
11.2.5.3.1 geral.
11.2.5.3.1.1 onde começar hidráulico é usado, os acumuladores,
e outros acessórios serão cabinetized ou tão vigiado
que eles não estão sujeito a dano mecânico.
11.2.5.3.1.2 que o gabinete será instalado como perto da máquina
como prático para prevenir gota de pressão séria entre o
máquina e o gabinete.
11.2.5.3.1.3 o motor diesel como instalado será sem
ajuda começando a não ser que um thermostatically controlou elétrico
molhe aquecedor de jaqueta será empregado.
11.2.5.3.1.4 o diesel como instalado será capaz de levar
sua carga avaliada cheia dentro de 20 segundos depois de acionar é iniciada com
o ar de entrada, quarto temperatura ambiente, e tudo que começam equipamento
a 0°C (32°F).
11.2.5.3.2 condições. Meios começando hidráulicos concordarão
com as condições seguintes:
(1) o dispositivo acionando hidráulico será um auto-suficiente
sistema que proverá as forças acionando exigidas e
máquina que começa revoluções por minuto (rpm) como indicado
pelo fabricante de máquina.
(2) eletricamente operou meios proverão automaticamente
e mantém a pressão hidráulica armazenada dentro o
limites de pressão predeterminados.
(3) os meios de manter automaticamente o hidráulico
sistema dentro dos limites de pressão predeterminados será
energizado do ônibus principal e o ônibus de emergência final
se a pessoa é provido.
(4) serão providos meios para recarregar manualmente o hidráulico
sistema.
(5) a capacidade do sistema acionando hidráulico proverá
não menos que seis ciclos acionando. Cada que aciona
cycle—the primeiro três ser automático do sinalizar
fonte—proverá o número necessário de revoluções
ao rpm exigido permitir o motor diesel para
satisfaça para as exigências de levar sua carga avaliada cheia
dentro de 20 segundos depois de acionar é iniciado com entrada
areje, quarto temperatura ambiente, e acionando hidráulico
sistema a 0°C (32°F).
(6) a capacidade do sistema acionando hidráulico suficiente para
três começos debaixo de condições descritas em 11.2.5.3.2(5) deva
seja segurado em reserva e organizou de forma que a operação de um
único controle antes de uma a pessoa permitirá a capacidade de reserva
ser empregado.
(7) todos os controles para paralisação de empresas de máquina no caso de baixa máquina
lube, overspeed, e temperatura de jaqueta de água alta serão
12Vor 24Vdc fonte para acomodar controles providos em
máquina. No caso de tal fracasso, o acionando hidráulico,
sistema proverá um engrene para prevenir a máquina de
recranking. O engrene será reajustado manualmente para automático
começando quando fracasso de máquina é corrigido.
11.2.5.4 ar Começando.
11.2.5.4.1 Exigências existentes. Além das exigências
de Seção 11.1 por 11.2.4.7, 11.2.5.1, 11.2.6,
por 11.6.2, 11.6.4, e 11.6.5, as exigências de
11.2.5.4 aplicarão.
11.2.5.4.2 Controlador Connections automática em Fábrica.
11.2.5.4.2.1 todos os condutores para controladores automáticos serão
arreado ou flexibly incluíram, montado na máquina, e
MOTOR DIESEL PASSEIO 20–35
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

conectado em uma caixa de junção de máquina a términos numerados


corresponder com términos numerados no controlador.
11.2.5.4.2.2 estas exigências assegurarão conexão pronta
no campo entre os dois jogos de términos.
11.2.5.4.3 sinal para Máquina que Corre e Terminação de Manivela.
11.2.5.4.3.1 máquinas serão providas com um velocidade-sensível
troque para sinalizar corrida e terminação de manivela.
Será levado 11.2.5.4.3.2 poder para este sinal de uma fonte
diferente de o compressor de máquina.
11.2.5.4.4 * ar que Começa Provisão.
11.2.5.4.4.1 para os que o recipiente de provisão de ar será classificado segundo o
tamanho
180 segundos de acionar contínuo sem recarregar.
11.2.5.4.4.2 haverá um separado, adequadamente dado poder a automático
areje compressor ou meios de obter ar de alguns
outro sistema, independente do compressor dirigido pelo
máquina de bomba de fogo.
11.2.5.4.4.3 serviço de supervisory satisfatório será mantido
indicar condições de pressão de ar altas e baixas.
11.2.5.4.4.4 condutor de estrada de contorno com uma válvula manual ou interruptor
será instalado para aplicação direta de ar do recipiente de ar
para o autor de máquina no caso de controla fracasso de circuito.
11.2.6 máquina Esfriando.
11.2.6.1 a máquina que sistema refrescante será incluído como parte
da assembléia de máquina e será um do seguinte
tipos de fechado-circuito:
(1) um tipo de exchanger de calor que inclui uma bomba circulante
dirigido pela máquina, um exchanger de calor, e uma máquina
temperatura de jaqueta que regula dispositivo
(2) um tipo de radiador que inclui uma bomba circulante dirigido por
a máquina, um radiador, um máquina jaqueta temperatura regulando,
dispositivo, e um fã máquina-dirigido por prover positivo
movimento de ar pelo radiador
11.2.6.2 Coolant e Aberturas de Abastecimento.
11.2.6.2.1 para os que uma abertura será provida no circuito
enchendo o sistema, conferindo coolant nivelam, e somando maquiagem
coolant quando exigido.
11.2.6.2.2 que o coolant obedecerão a recomendação
do fabricante de máquina.
11.2.6.3 * calor Exchanger Água Provisão Instalação.
11.2.6.3.1 calor Exchanger Água Provisão.
11.2.6.3.1.1 a provisão de água refrescante para um exchanger de calor–
sistema de tipo será da descarga da bomba se
antes da bomba descarga cheque válvula.
Serão usados 11.2.6.3.1.2 transportando rígidos enfiados para isto
conexão.
11.2.6.3.1.3 a conexão de tubo na direção de fluxo
inclua uma válvula de shutoff manual indicando, um aprovado
coador de corar-tipo além do que pode ser uma parte
do regulador de pressão, um regulador de pressão, um automático
válvula, e um segundo que indica válvula de shutoff manual ou um
fonte-carregado confira válvula.
11.2.6.3.1.4 que uma medida de pressão será instalada o esfriando
sistema de provisão de água no lado de máquina da última válvula manual.
11.2.6.3.2 Válvula de Shutoff Manual indicando. O indicando
válvulas de shutoff manuais terão etiquetando permanente com
mínimo 12 mm (1/2 em.) texto que indica o seguinte:
(1) para a válvula no exchanger de calor molhe provisão,
“Normal/Open” para a posição aberta normal quando
o controlador está na posição automática e “Precaução:
Nonautomatic/Closed” para a emergência ou
posição manual
(2) para a válvula no exchanger de calor molhe estrada de contorno de provisão,
“Normal/Closed” para a posição fechada normal quando
o controlador está na posição automática e
“Emergency/Open” para operação manual ou quando o
máquina está aquecendo demais
11.2.6.3.3 Regulador de pressão.
11.2.6.3.3.1 o regulador de pressão será de tal tamanho e
tipo que é capaz de e ajustou por passar aproximadamente
120 por cento da água refrescante requereram quando o
máquina está operando a horsepower de freio de máximo e quando
o regulador é provido com água à pressão do
bomba quando está bombeando a 150 por cento de sua capacidade avaliada.
11.2.6.3.3.2 que o fluxo de água refrescante requerido será fixado
baseado no máximo água refrescante ambiente.
11.2.6.3.4 Válvula automática. Uma válvula automática listou para fogo
serviço de proteção permitirá fluxo de água refrescante para o
máquina quando está correndo.
11.2.6.3.4.1 energia para operar a válvula automática virá
do motorista de diesel ou suas baterias e não virá de
o edifício.
11.2.6.3.4.2 que a válvula automática normalmente será fechada.
11.2.6.3.4.3 a válvula automática não é requerida em um vertical
turbine–type de cabo bombeiam ou qualquer outra bomba quando há nenhum
pressione na descarga quando a bomba for inativa.
11.2.6.4 * calor Exchanger Água Provisão Estrada de contorno.
11.2.6.4.1 que uma linha de estrada de contorno de tubo rígida enfiada será instalada
ao redor do exchanger de calor molhe provisão.
11.2.6.4.2 a conexão de tubo na direção de fluxo deve
inclua uma válvula de shutoff manual indicando, um aprovado
coador de corar-tipo além do que pode ser uma parte
do regulador de pressão, um regulador de pressão, e um indicando
válvula de shutoff manual ou uma válvula de cheque fonte-carregada.
11.2.6.5 Medida de pressão. Uma medida de pressão será instalada dentro
o sistema de provisão de água refrescante no lado de máquina do último
válvula no exchanger de calor molha provisão e provisão de estrada de contorno.
11.2.6.6 calor Exchanger Saída Desperdício.
11.2.6.6.1 que uma saída será provida para a linha de wastewater
do exchanger de calor, e a linha de descarga não será
menos de um tamanho maior que a linha de inlet.
11.2.6.6.2 a linha de saída será tão curta quanto prático, deva
proveja descarga em um cone de desperdício aberto visível, e tenha
nenhuma válvula nisto.
11.2.6.6.3 que era permitido descarregar para um reservatório de sucção
contanto um indicador de fluxo visual e indicador de temperatura
é instalado.
11.2.6.6.4 quando o saída transportar desperdício é mais longo que 4.8 m
(15 ft) and/or suas descargas de saída são mais de 1.2 m (4 ft)
mais alto que o exchanger de calor, o tamanho de tubo será aumentado
por pelo menos um tamanho.
20–36 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

11.2.6.7 radiadores.
11.2.6.7.1 geral.
11.2.6.7.1.1 o calor do circuito primário de um radiador
será dissipado movimento via aérea pelo radiador criado
por um fã incluído com, e dirigido por, a máquina.
11.2.6.7.1.2 o radiador será projetado para limitar máximo
máquina temperatura operacional com uma temperatura de ar de inlet de
49°C (120°F) ao ar de combustão inlet mais limpo.
11.2.6.7.1.3 o radiador incluirá o encanamento para o
máquina e uma orla no ar lado de descarga para a conexão
de um tubo flexível do lado de descarga para a descarga
areje ventilador.
11.2.6.7.2 fã.
11.2.6.7.2.1 o fã empurrará o ar pelo radiador para
seja esvaziado do quarto pelo ventilador de descarga de ar.
11.2.6.7.2.2 assegurar corrente de ar adequada pelo quarto
e o radiador, o radiador pacote refrescante será capaz
de uma 13 coluna de água de mm (0.5 em. molhe coluna)
restrição criada pela combinação da provisão de ar e
os ventiladores de descarga.
11.2.6.7.2.3 esta restrição externa será além do
radiador, guarda de fã, e outras obstruções de componente de máquina.
11.2.6.7.2.4 que o fã será vigiado para proteção de pessoal.
11.3 * bomba e Proteção de Máquina.
11.3.1 Drenagem de Quarto de bomba. O chão ou se aparece ao redor o
serão lançadas bomba e máquina para drenagem adequada de
água escapando longe de equipamento crítico, como bomba,
máquina, controlador, tanque de gasolina, e assim sucessivamente.
11.3.2 * ventilação.
Será provido 11.3.2.1 ventilação para o seguinte
funções:
(1) controlar a temperatura de máximo a 49°C (120°F) a
o ar de combustão inlet mais limpo com máquina que corre a
carga taxada
(2) prover ar para combustão de máquina
(3) remover qualquer vapor perigoso
(4) prover e esvaziar ar como necessário para radiador que esfria de
a máquina quando exigido
11.3.2.2 o ventilação que serão coordenados componentes de sistemas
com a operação de máquina.
11.3.2.3 * Ventilador de Provisão de ar.
11.3.2.3.1 para os que o ventilador de provisão de ar será considerado
inclua qualquer coisa no ar proveja caminho para o quarto.
11.3.2.3.2 o caminho de provisão de ar total para o quarto de bomba deve
não restrinja o fluxo do ar mais de 5.1mmwater coluna
(0.2 em. molhe coluna).
11.3.2.4 * Ventilador de Descarga de ar.
11.3.2.4.1 para os que o ventilador de descarga de ar será considerado
inclua qualquer coisa no ar caminho de descarga do quarto.
11.3.2.4.2 que o ventilador de descarga de ar permitirá suficiente
areje para encerrar o quarto de bomba para satisfazer 11.3.2.
11.3.2.4.3 Máquinas radiador-esfriadas.
11.3.2.4.3.1 para máquinas radiador-esfriadas, a descarga de radiador
seja ao ar livre até certo ponto ducted que isso prevenirá
recirculation.
11.3.2.4.3.2 o tubo será prendido ao radiador por um
seção flexível.
11.3.2.4.3.3 o caminho de descarga de ar para máquinas radiador-esfriadas
não restrinja o fluxo de ar mais que 7.6 mm molham coluna
(0.3 em. molhe coluna).
11.3.2.4.3.4 um tubo de recirculation é aceitável para tempo frio
operação contanto que para as exigências seguintes sejam satisfeitas:
(1) a corrente de ar de recirculation será regulada por um thermostatically
abafador controlado.
(2) o abafador de controle cercará completamente em um modo de fracasso.
(3) o ar de recirculated será ducted para prevenir recirculation direto
para o radiador.
(4) o tubo de recirculation não causará a temperatura
ao ar de combustão inlet mais limpo para subir sobre 49°C
(120°F).
11.4 Provisão de combustível e Arranjo.
11.4.1 Revisão de plano. Antes de qualquer sistema de combustível ser instalado, planos
esteja preparado e submeta ao autoridade ter
jurisdição para acordo em conveniência do sistema para
condições prevalecentes.
11.4.2 guardas. Guarda ou protegendo tubo serão providos
para todas as linhas de combustível expostas.
11.4.3 * Capacidade de tanque de gasolina.
11.4.3.1 tank(s de provisão de combustível) terá uma capacidade pelo menos
iguale a 5.07 L por kW (1 moça por hp), mais 5 volume de por cento
para expansão e 5 volume de por cento para fossa.
Poderiam ser requeridos 11.4.3.2 tanques de grande-capacidade e serão
determinado predominando condições, como ciclo de refil e
aquecimento de combustível devido a recirculation, e será sujeito a especial
condições em cada caso.
11.4.3.3 o tanque de provisão de combustível e combustível será reservado
exclusivamente para o motor diesel de bomba de fogo.
11.4.4 múltiplo Bombeia. Haverá uma linha de combustível separada e
tanque de provisão de combustível separado para cada máquina.
11.4.5 * Local de Provisão de combustível.
11.4.5.1 diesel combustível provisão tanques serão localizados acima
fundamente conforme ordenações municipais ou outras
e conforme exigências do autoridade ter
jurisdição e não será enterrado.
11.4.5.2 a provisão de combustível de máquina (sucção) conexão deve
seja localizado no tanque de forma que 5 por cento do tanque volume
não provê um volume de fossa utilizável pela máquina.
11.4.5.3 que a provisão de combustível será localizada em um lado do tanque
ao nível do 5 volume de fossa de por cento.
11.4.5.4 serão localizados o inlet para a linha de provisão de combustível assim
que sua abertura é nenhum mais baixo que o nível do combustível de máquina
transfira bomba.
11.4.5.5 a bomba de combustível do fabricante de máquina cabeça estática
não serão excedidos limites de pressão quando o nível de combustível em
o tanque está a um máximo.
MOTOR DIESEL PASSEIO 20–37
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

11.4.5.6 de acordo com os que a linha de retorno de combustível será instalada


a recomendação do fabricante de máquina. Em zonas onde
temperaturas frias [0°C (32°F)] poderia ser encontrado,
os tanques de gasolina serão localizados no quarto de bomba.
11.4.5.7 meios diferente de tubos de visão por indicar contínuo
da quantia de combustível em cada tanque de armazenamento será provido.
11.4.5.8 cada tanque terá abastecimento satisfatório, dreno, e abertura
conexões.
11.4.6 * combustível Transportando.
11.4.6.1 mangueira flexível reforçada chama-resistente listou para
este serviço com conexões enfiadas será provido ao
máquina para conexão para abastecer sistema transportando.
Não serão galvanizados 11.4.6.2 combustível transportando aço ou cobre.
11.4.6.3 não haverá nenhuma válvula de shutoff na linha de retorno de combustível
para o tanque.
11.4.7 * Tipo de combustível.
11.4.7.1 que o tipo e grau de combustível de diesel serão como especificado
pelo fabricante de máquina.
11.4.7.2 que o grau de combustível será indicado na máquina
nameplate requereram em 11.2.2.1.
11.4.7.3 que o grau de óleo combustível será indicado no combustível
abasteça por cartas nas que são um mínimo de 152mm(6.) em altura
e em cor contrastante para o tanque.
11.4.7.4 combustíveis residuais, forno de aquecimento doméstico lubrifica, e
não serão usados óleos de lubrificação escoados.
11.4.8 Válvula de Solenóide de combustível. Onde uma válvula de solenóide elétrica é
controle a provisão de combustível de máquina, será capaz de
operação mecânica manual ou de ser manualmente evitado
no caso de um fracasso de circuito de controle.
11.5 máquina Esvazia.
11.5.1 independente Esvazie. Cada máquina de bomba terá um
independente esvazie sistema.
11.5.2 esvaziam Local de Descarga.
11.5.2.1 esvaziam da máquina será transportado a uma caixa forte
aponte fora do quarto de bomba e organizou para excluir água.
11.5.2.2 esvaziam não serão descarregados gases onde eles vão
afete as pessoas ou se arrisque edifícios.
11.5.3 * tubo de escape.
11.5.3.1 conexão de Aflexible com uma seção de aço imaculado,
sem costura ou soldou corrugated (não engrenou), não menos
que 305 mm (12 em.) em comprimento será feito entre o
máquina esvazia saída e tubo de escape.
11.5.3.2 o tubo de escape não será qualquer menor em diâmetro
que a máquina esvazia saída e será tão curto quanto possível.
11.5.3.3 que o tubo de escape será coberto com hightemperature
insulation ou caso contrário vigiou para proteger
pessoal de dano.
11.5.3.4 o tubo de escape e silenciador, se usado, será satisfatório
para o uso pretendido, e o esvazie atrás pressão deve
não exceda as recomendações do fabricante de máquina.
Serão instalados 11.5.3.5 tubos de escape com liberações da
menos 229 mm (9 em.) para materiais combustíveis.
11.5.3.6 tubos de escape que atravessam combustível diretamente
serão vigiados telhados ao ponto de passagem por ventilou
dedais de metal que não estendem menos de 229 mm (9 em.) sobre
e 229 mm (9 em.) debaixo de construção de telhado e é pelo menos
152 mm (6 em.) maior em diâmetro que o tubo de escape.
11.5.3.7 tubos de escape que atravessam combustível diretamente
serão vigiadas paredes ou partições ao ponto de passagem por
um dos métodos seguintes:
(1) metal não ventilou dedais menos de 305 mm (12 em.)
maior em diâmetro que o tubo de escape
(2) metal ou dedais de barro queimados embutiram obra de alvenaria ou outro
materiais aprovados que não provêem menos de 203 mm (8 em.)
de insulation entre o dedal e material de construção
11.5.3.8 esvaziam sistemas terminarão fora da estrutura
a um ponto onde gases quentes, faíscas, ou produtos de combustão
descarregue a um local seguro. [37:8.2.3.1]
11.5.3.9 esvaziam não serão dirigidas terminações de sistema
para material de combustível ou estruturas, ou em atmosferas
gases inflamáveis contendo, vapores inflamáveis, ou
pós combustíveis. [37:8.2.3.2]
11.5.3.10 esvaziam sistemas equipados com silenciadores faísca-interessantes
será permitido terminar em Divisão 2 locais como
definido em Artigo 500 de NFPA 70, Código Elétrico Nacional.
[37:8.2.3.3]
11.5.4 esvaziam Múltiplo. Esvazie manifolds e turbochargers
incorpore providências para evitar perigo ao operador
ou para material inflamável adjacente à máquina.
11.6 * motorista System Operação.
11.6.1 Corrida semanal.
Serão começadas 11.6.1.1 máquinas nenhum menos que uma vez por semana
e corre para nenhum menos que 30 minutos atinjam corrida normal
temperatura.
11.6.1.2 máquinas correrão suavemente a velocidade avaliada, com exceção de
máquinas se dirigiram em 11.6.1.3.
11.6.1.3 máquinas equiparam com variável velocidade pressão limitar
será permitido controle correr a velocidades reduzidas proveu
pressão de fábrica-jogo é mantida e eles correm suavemente.
11.6.2 * Desempenho de sistema. Serão mantidas máquinas limpe, seque,
e bem lubrificou para assegurar desempenho adequado.
11.6.3 Manutenção de bateria.
Serão mantidas 11.6.3.1 baterias de armazenamento carregado a toda hora.
Freqüentemente serão testadas 11.6.3.2 baterias de armazenamento para determinar
a condição das celas de bateria e a quantia de
carregue na bateria.
Será usada 11.6.3.3 água só destilada em celas de bateria.
Serão mantidos 11.6.3.4 pratos de bateria submergido a toda hora.
11.6.3.5 que a característica automática de um corcel de bateria não deve
seja um substituto para própria manutenção de bateria e corcel.
11.6.3.6 inspeção periódica de bateria e corcel deve
seja feito.
11.6.3.7 que esta inspeção determinará que o corcel é
operando corretamente, o nível de água na bateria está correto,
e a bateria está segurando sua própria carga de pólvora.
20–38 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

11.6.4 * Manutenção de Provisão de combustível.


11.6.4.1 que os tanques de armazenamento de combustível serão mantidos tão cheio
quanto possível
a toda hora, mas nunca menos que 50 por cento de tanque capacidade.
11.6.4.2 que os tanques sempre serão enchidos por meios que vão
assegure remoção de toda a água e material estrangeiro.
11.6.5 * Manutenção de temperatura.
11.6.5.1 a temperatura do quarto de bomba, casa de bomba,
ou área onde são instaladas máquinas nunca será menos que o
mínimo recomendado pelo fabricante de máquina.
11.6.5.2 para os que um máquina jaqueta água aquecedor será provido
mantenha 49°C (120°F).
11.6.5.3 as recomendações do fabricante de máquina para
serão seguidos aquecedores de óleo.
11.6.6 emergência Começando e Parando.
11.6.6.1 a sucessão para emergência operação manual, organizou
em um passo por passo maneira, será postado no fogo
bombeie máquina.
11.6.6.2 será a responsabilidade do fabricante de máquina
listar qualquer instrução específica que pertence à operação de
este equipamento durante a operação de emergência.
Capítulo 12 Controladores de Passeio de Máquina
12.1 aplicação.
12.1.1 este capítulo provê exigências para desempenho mínimo
de controladores de motor diesel de automatic/nonautomatic
para engine–driven de diesel incendeiam bombas.
12.1.2 dispositivos adicionais, como alarme monitorando e sinalizando,
meios, é incluído onde necessário assegurar mínimo
desempenho do equipamento acima mencionado.
12.1.3 geral.
12.1.3.1 que todos os controladores especificamente serão listados para diesel
engine–driven incendeiam serviço de bomba.
12.1.3.2 todos os controladores serão completamente ajuntados,
telegrafado, e testou pelo fabricante antes de remessa
da fábrica.
12.1.3.3 Markings.
12.1.3.3.1 todos os controladores serão marcados “Fogo de motor diesel
Bombeie o Controlador” e mostrará o nome do fabricante claramente,
a designação identificando, pressão operacional avaliada,
designação de tipo de documento anexo, e completa avaliação elétrica.
12.1.3.3.2 onde serviço de bombas múltiplo áreas diferentes ou
são providas porções da facilidade, um sinal apropriado deve
seja conspicuously prendido a cada controlador que indica o
área, zona, ou porção do sistema servidas por aquela bomba ou
bombeie o controlador.
12.1.4 será a responsabilidade do fabricante de bomba
ou seu representante designado para fazer arranjos necessários
para os serviços do representante de um fabricante de controlador,
onde precisou, para serviços e ajuste do equipamento
durante a instalação, prova, e períodos de garantia.
12.2 local.
12.2.1 * serão localizados os controladores tão íntimo quanto é prático para o
máquinas eles controlam e estarão dentro de visão das máquinas.
Serão localizados 12.2.2 controladores assim ou assim protegeu isso
eles não serão prejudicados por água que escapa de bombas ou
bombeie conexões.
12.2.3 corrente que leva partes de controladores não será menos
que 305 mm (12 em.) sobre o nível de chão.
12.2.4 liberações de funcionamento ao redor de controladores concordarão
com NFPA 70, Código Elétrico Nacional, Artigo 110.
12.3 construção.
12.3.1 equipamento.
12.3.1.1 * todo o equipamento será satisfatório para uso em locais
sujeito a um grau moderado de umidade, como uma umidade,
porão.
12.3.1.2 confiança de operação não será afetada adversamente
por acumulações de pó normais.
12.3.2 ascensão. Todo o equipamento não montou na máquina
será montado de uma maneira significativa em um único noncombustible
estrutura apoiando.
12.3.3 documentos anexos.
12.3.3.1 * montando.
12.3.3.1.1 a estrutura ou painel será montado com firmeza
em, como um mínimo, um Tipo de NEMA 2 enclosure(s de dripproof).
12.3.3.1.2 onde o equipamento fica situado fora ou especial
ambientes existem, serão usados documentos anexos apropriadamente avaliados.
12.3.3.2 que fundamentam. Os documentos anexos serão fundamentados em acordo
com NFPA 70, Código Elétrico Nacional, Artigo 250.
12.3.4 Gabinete fechado. Todos os interruptores exigiram manter o controlador
na posição automática estará dentro de gabinetes fechados
painéis de copo de fratura tendo.
12.3.5 conexões e Telegrafando.
12.3.5.1 Instalação elétrica de campo.
12.3.5.1.1 toda a instalação elétrica entre o controlador e o diesel
máquina será encalhada e de tamanho levar o carregando ou
controle correntes como requerido pelo fabricante de controlador.
12.3.5.1.2 tal instalação elétrica será protegida contra mecânico
dano.
As especificações de 12.3.5.1.3 fabricante de controlador para distância
e tamanho de arame será seguido.
12.3.5.2 Elementos de instalação elétrica. Elementos telegrafando do controlador
será projetado em uma base de contínuo-dever.
12.3.5.3 conexões.
12.3.5.3.1 que um motor diesel fogo bomba controlador não será
usado como uma caixa de junção para prover outro equipamento.
12.3.5.3.2 condutores de provisão elétricos para manutenção de pressão
(jóquei ou maquiagem) pump(s) não será conectado
o motor diesel fogo bomba controlador.
Serão permitidos 12.3.5.3.3 motor diesel fogo bomba controladores
prover dc de and/or de ac essencial e necessário dão poder a
opere abafadores de quarto de bomba e aquecedores de óleo de máquina e
outro equipamento de máquina exigido associado só quando contanto
com términos de campo dedicados fábrica-equipados e
proteção de overcurrent.
PASSEIO DE MÁQUINA CONTROLADORES 20–39
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

12.3.6 Diagramas elétricos e Instruções.


12.3.6.1 um diagrama de conexão de campo será provido e
permanentemente prendido para o dentro do documento anexo.
12.3.6.2 que os términos de conexão de campo serão marcados claramente
corresponder com o diagrama de conexão de campo forneceram.
12.3.6.3 para conexões de máquina externas, a conexão de campo
serão numerados términos comumente entre o controlador
e os términos de máquina.
12.3.7 que marcam.
12.3.7.1 que cada componente operacional do controlador será
claramente marcado com o símbolo de identificação no que se aparece
o diagrama esquemático elétrico.
12.3.7.2 que o markings serão localizados para ser visível depois
instalação.
12.3.8 * instruções. Instruções completas que cobrem a operação
do controlador será provido e conspicuously
montado no controlador.
12.4 componentes.
12.4.1 alarme e Dispositivos Notáveis em Controlador.
12.4.1.1 alarmes de indicador todo visíveis serão claramente visíveis.
12.4.1.2 * indicação visível será provida para indicar isso
o controlador está na posição automática. Se o indicador visível
é um abajur de piloto, será acessível para substituição.
12.4.1.3 separam indicadores visíveis e uma terra comum audível
alarme capaz de ser ouvido enquanto a máquina está correndo e
operável em todas as posições do interruptor principal menos o fora
posição será provida para indicar dificuldade imediatamente
causado pelas condições seguintes:
(1) extremamente baixa pressão de óleo no sistema de lubrificação.
O controlador proverá meios para testar a posição
dos contatos de interruptor de pressão sem causar
alarmes de dificuldade.
(2) máquina jaqueta coolant temperatura alta.
(3) fracasso de máquina para começar automaticamente.
(4) paralisação de empresas de overspeed.
(5) fracasso de bateria ou bateria perdida. Cada controlador será
contanto com um indicador visível separado para cada bateria.
(6) fracasso de corcel de bateria. Cada controlador será provido
com um indicador visível separado para corcel de bateria
fracasso e não requererá o alarme audível para bateria
fracasso de corcel.
(7) baixo ar ou pressão hidráulica. Onde areja ou hidráulico
começando é provido (veja 11.2.5 e 11.2.5.4), cada pressão
tanque proverá ao controlador separe visível
indicadores para indicar baixa pressão.
(8) overpressure de sistema, para máquinas equipadas com pressão,
controles limitando, mover a 115 por cento de total taxaram
cabeça (pressão).
(9) ECMselector trocam em alternateECMposition (para máquinas
com controles de ECM só).
(10) mau funcionamento de injeção de combustível (para máquinas com ECM só).
(11) baixo nível de combustível. Alarme a terceiro tanque capacidade.
12.4.1.4 nenhum alarme audível que silencia interruptor, diferente de o
controlador interruptor principal, será permitido para os alarmes requeridos
em 12.4.1.3.
12.4.2 alarme e Dispositivos Notáveis Remoto de Controlador.
12.4.2.1 onde ao quarto de bomba não é assistido constantemente,
alarmes audíveis ou visíveis dados poder a por uma fonte diferente de o
máquina começando baterias e não excedendo 125 V será
contanto a um ponto de freqüência constante.
12.4.2.2 estes alarmes indicarão o seguinte:
(1) a máquina está correndo (sinal separado).
(2) o controlador interruptor principal foi virado o fora ou
posição manual (sinal separado).
(3)*Trouble no controlador ou máquina (separe ou comum
sinais). (Veja 12.4.1.3.)
12.4.3 controlador Contatos de Alarme para Indicação Remota. Controladores
será equipado com contatos abertos ou fechados para operar
circuitos para as condições cobertas em 12.4.2.
12.4.4 * Registrador de pressão.
12.4.4.1 uma pressão listada que dispositivo gravador será instalado
sentir e registrar a pressão em cada controlador de bomba de fogo
linha pressão-sentindo à contribuição para o controlador.
12.4.4.2 o registrador será capaz de operar para a
menos 7 dias sem ser reajustado ou rebobinou.
12.4.4.3 que o elemento pressão-sentindo do registrador deve
seja capaz de resistir uma pressão de onda momentânea da
menos 27.6 barra (400 psi) ou 133 por cento de controlador de bomba de fogo
pressão operacional taxada, qualquer que é mais alto, sem perder,
sua precisão.
12.4.4.4 a pressão dispositivo gravador será primaveral
fira mecanicamente ou dirigido por meios elétricos seguros.
12.4.4.5 a pressão que dispositivo gravador não será somente
dependente em corrente revezada (ac) energia elétrica como seu
fonte de poder primária.
12.4.4.6 em perda de energia elétrica de ac, os elétrico-dirigidos
registrador será capaz de pelo menos 24 horas de operação.
12.4.4.7 em um controlador non-pressão-movido, a pressão
registrador não será requerido.
12.4.5 Voltmeter. Um voltmeter com uma precisão de ±5 por cento
será provido para cada banco de bateria para indicar a voltagem
durante acionar.
12.5 * começando e Controla.
12.5.1 automático e Nonautomatic.
12.5.1.1 um controlador automático também será operável como um
controlador de nonautomatic.
12.5.1.2 que a fonte primária do controlador de poder não deve
seja energia elétrica de ac.
12.5.2 Operação automática de Controlador.
12.5.2.1 Controle de Pressão de água.
12.5.2.1.1 * pressão-moveu Interruptor.
12.5.2.1.1.1 a menos que as exigências de 12.5.2.1.1.2 sejam
se encontrado, lá será provido um interruptor tendo pressão-movido
independente alto - e baixo-calibrou ajustes como
parte do controlador.
12.5.2.1.1.2 que as exigências de 12.5.2.1.1.1 não aplicarão
para um controlador non-pressão-movido onde o pressureactuated
interruptor não será requerido.
12.5.2.1.2 não haverá nenhum snubber de pressão ou restritivo
orifice empregaram dentro do interruptor de pressão.
20–40 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

12.5.2.1.3 este interruptor será responsivo molhar pressão dentro


o sistema de proteção de fogo.
12.5.2.1.4 que o elemento pressão-sentindo do interruptor será
capaz de uma pressão de onda momentânea de 27.6 barra (400 psi) ou
133 por cento de controlador de bomba de fogo taxaram pressão operacional,
qualquer que é mais alto, sem perder sua precisão.
12.5.2.1.5 provisão satisfatória será constituída aliviar
pressione ao interruptor pressão-movido para permitir prova de
a operação do controlador e a unidade bombeando. [Veja
Figura A.10.5.2.1(a) e Figura A.10.5.2.1(b).]
12.5.2.1.6 controle de pressão de água será como segue:
(Um) Para todas as instalações de bomba, inclusive bombas de jóquei, cada
controlador terá seu próprio indivíduo pressão-sentindo linha.
(B) A conexão de linha pressão-sentindo para cada bomba, incluindo
bombas de jóquei, será feito entre aquela bomba
válvula de cheque de descarga e válvula de controle de descarga.
(1) esta linha será metais, cobre, ou série 300 aço imaculado
tubo ou entuba, e ajustes de 15 mm (0.50 em.) tamanho nominal.
(2) confira válvulas ou uniões de chão-face estarão em acordo
com o seguinte:
(um) haverá duas válvulas de cheque instaladas na pressão
linha sentindo pelo menos 1.52 m (5 ft) separadamente com um
2.4 mm nominal (0.09375 em.) buraco perfurou dentro o
aplaudidor para servir como um abafador. [Veja Figura A.10.5.2.1(a)
e Figura A.10.5.2.1(b).]
(b) Onde a água está limpa, uniões de chão-face com
diafragmas incorrosívéis perfuraram com um nominal
2.4 mm (0.09375 em.) orifices serão permitidos dentro
lugar das válvulas de cheque.
(3) não haverá nenhuma válvula de shutoff na linha pressão-sentindo.
(4) atuação de interruptor de pressão à baixa colocação de ajuste
inicie a bomba que começa sucessão se a bomba for
não já em operação.
(5) para pressão de velocidade de variável que limita controle, um 12.7 mm
(1/2 em.) tamanho nominal dentro de linha de pressão de diâmetro, incluindo
coador apropriado, será conectado entre
a orla de descarga de bomba e a descarga conferem válvula.
12.5.2.2 fogo Proteção Equipamento Controle.
12.5.2.2.1 onde a bomba provê controle de água especial
equipamento (por exemplo, deluge valves, dry-pipe valves), the engine shall
seja começado antes do switch(es pressão-movido) faria assim.
12.5.2.2.2 debaixo de tal condicionam, o controlador será
equipado para começar a máquina em operação do fogo
equipamento de proteção.
12.5.2.3 Controle Elétrico manual em Estação Remota. Onde
estações de controle adicionais por causar nonautomatic contínuo
operação da unidade bombeando, independente do
interruptor pressão-movido, é provido em locais remoto
do controlador, tais estações não serão operáveis a parada
a máquina.
12.5.2.4 sucessão que Começa de Bombas.
12.5.2.4.1 o controlador para cada unidade de unidades de bomba múltiplas
incorpore um dispositivo de cronometragem seqüente para prevenir qualquer um
motorista de começar simultaneamente com qualquer outro motorista.
12.5.2.4.2 cada bomba pressão de sucção abastecedora para outro
bomba será organizada para começar antes da bomba provê.
12.5.2.4.3 se exigências de água pedem mais que um
unidade bombeando para operar, as unidades começarão a intervalos de
5 a 10 segundos.
12.5.2.4.4 fracasso de um motorista principal para começar não prevenirá
motoristas subseqüentes de começar.
12.5.2.5 Circuitos externos Conectaram a Controladores.
12.5.2.5.1 com bombear unidades que operam isoladamente ou em paralelo,
os condutores de controle entrando ou deixando o controlador de bomba de fogo
e estendendo fora do quarto de bomba de fogo serão assim
organizado sobre previna fracasso para começar devido a falta.
12.5.2.5.2 quebra, desconectando, shorting dos arames, ou
perda de poder para estes circuitos será permitida causar contínuo
correndo da bomba de fogo mas não prevenirá o
controller(s) de começar o pump(s de fogo) devido a causas
diferente de estes circuitos externos.
12.5.2.5.3 todos os condutores de controle dentro da bomba de fogo
quarto que não é nenhuma falta tolerante será protegido contra
dano mecânico.
12.5.2.6 Provisão de sola Bombeia.
12.5.2.6.1 paralisação de empresas será realizada através de manual ou
meios automáticos.
12.5.2.6.2 paralisação de empresas automática não será permitida onde
a bomba constitui a fonte exclusiva de provisão de um irrigador de fogo
ou sistema de standpipe ou onde a autoridade que tem jurisdição
requereu paralisação de empresas manual.
12.5.2.7 Cronômetro de Programa semanal.
12.5.2.7.1 assegurar operação segura da máquina
e seu controlador, o equipamento de controlador será organizado
começar automaticamente e correr a máquina pelo menos para
30 minutos uma vez por semana.
Serão permitidos 12.5.2.7.2 meios dentro do controlador
terminar o teste semanal provido um mínimo manualmente
de 30 minutos expirou.
12.5.2.7.3 um dreno de válvula de solenóide na linha de controle de pressão
seja os meios iniciando.
12.5.2.7.4 desempenho deste cronômetro de programa semanal será
registrado como uma indicação de gota de pressão no registrador de pressão.
(Veja 12.4.4.)
12.5.2.7.5 em um controlador non-pressão-movido, o semanário
teste será permitido ser iniciado através de meios diferente de um
válvula de solenóide.
12.5.3 Operação de Nonautomatic de Controlador.
12.5.3.1 Controle manual a Controlador.
12.5.3.1.1 haverá um interruptor manualmente operado no
painel de controlador.
12.5.3.1.2 que este interruptor será organizado assim que operação de
a máquina, quando manualmente começou, não pode ser afetado pelo
interruptor pressão-movido.
12.5.3.1.3 que o arranjo também proverá que a unidade
permaneça manualmente em operação até feche.
12.5.3.1.4 fracasso de quaisquer dos circuitos automáticos não deve
afete a operação manual.
PASSEIO DE MÁQUINA CONTROLADORES 20–41
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

12.5.3.2 Prova manual de Operação Automática. O controlador


será organizado para começar a máquina manualmente abrindo
o dreno de válvula de solenóide quando assim iniciou pelo operador.
12.5.4 Arranjo de Equipamento começando. As exigências
por começar arranjo de equipamento será como segue:
(1) duas unidades de bateria de armazenamento, cada que obedece as exigências
de 11.2.5.2, será provido e assim organizou
aquele manual e começar automáticos da máquina podem ser
realizado com qualquer unidade de bateria.
(2) a corrente começando será fornecida através de primeiro a pessoa bateria
e então o outro em operações sucessivas do autor.
(3) a comutação de bateria será feita automaticamente, exclua
para começo manual.
(4) no evento que a máquina não começa depois de conclusão
de seu ciclo de tentar-para-começo, parará o controlador
acionando todo mais adiante e opera um indicador visível e
alarme audível no controlador.
(5) o ciclo de tentar-para-começo será fixado e consistirá
de seis períodos de manivela de aproximadamente 15-segunda duração
separado por cinco períodos de resto de aproximadamente 15-segundo
duração.
(6) no evento aquele bateria é inoperante ou perdida, o
controle fechará dentro na unidade de bateria restante durante
a sucessão acionando.
12.5.5 métodos de Parar.
12.5.5.1 Paralisação de empresas Elétrica manual. Paralisação de empresas manual deve
seja realizado por qualquer um do seguinte:
(1) operação do interruptor principal dentro do controlador
(2) operação de um botão de parada no lado de fora do controlador
documento anexo
(um) O botão de parada causará paralisação de empresas de máquina
pelos circuitos automáticos só se tudo que começam
foram devolvidas causas a normal.
(b) O controlador devolverá então para o cheio automático
posição.
12.5.5.2 * Paralisação de empresas automática Depois de Começo Automático. As
exigências
para paralisação de empresas automática depois que começo automático deva
seja como segue:
(1) se o controlador é fixo para cima para paralisação de empresas de máquina automática,
o controlador só fechará afinal de contas a máquina
causas começando voltaram a normal e um 30-minuto
tempo de corrida mínimo decorreu.
(2) quando o máquina overspeed paralisação de empresas dispositivo opera,
o controlador removerá poder da corrida de máquina
dispositivos, previna acionando mais adiante, energize o overspeed
alarme, e feche manualmente fora até reajuste.
(3) Resetting do circuito de overspeed será requerido ao
máquina e através de resetting o controlador interruptor principal para o
fora posição.
(4) a máquina não fechará automaticamente abaixo em alto
molhe temperatura ou baixa pressão de óleo quando qualquer automático
começando ou causa corrente existe. Se nenhum outro começando ou
causa corrente existe durante teste de máquina, a máquina deve
feche automaticamente em temperatura de água alta ou
baixa pressão de óleo. Se depois que paralisação de empresas que uma causa começando
acontece,
o controlador reiniciará a máquina e anulará o
temperatura de água alta e baixas paralisações de empresas de óleo para o
resto do período de teste.
(5) o controlador não será capaz de ser reajustado até
o máquina overspeed paralisação de empresas dispositivo é reajustado manualmente.
12.5.6 Controle de emergência. Circuitos de controle automáticos, o
fracasso de qual poderia prevenir máquina começando e correndo,
seja completamente evitado durante começo manual e corrida.
12.6 Controladores de Máquina ar-começando.
12.6.1 Exigências existentes. Além das exigências
em 12.1.1, 12.1.2, 12.1.3.1, 12.1.4 por 12.3.4, 12.3.8,
12.5.1 por 12.5.2.1.6(2), 12.5.2.4, 12.5.2.7, e 12.5.5.2
por 12.5.6, aplicarão as exigências em Seção 12.6.
12.6.2 assembléia e Testando. Todos os controladores serão completamente
ajuntado e testou pelo fabricante antes
remessa da fábrica.
12.6.3 que marcam.
12.6.3.1 todos os controladores serão marcados “Fogo de motor diesel
Bombeie o Controlador” e mostrará o nome do fabricante claramente,
a designação identificando, e a avaliação completa.
12.6.3.2 onde serviço de bombas múltiplo áreas diferentes ou
são providas porções da facilidade, um sinal apropriado deve
seja conspicuously prendido a cada controlador que indica o
área, zona, ou porção do sistema servidas por aquela bomba ou
bombeie o controlador.
12.6.4 conexões.
12.6.4.1 Conexões de campo.
12.6.4.1.1 todos os condutores do controlador para a máquina
caixa de junção e qualquer outro campo telegrafando exigido terão
corrente adequada que leva capacidade.
12.6.4.1.2 tais condutores serão protegidos contra mecânico
dano.
As especificações de 12.6.4.1.3 fabricante de controlador para distância
e tamanho de condutor será seguido.
12.6.4.2 condutor Elements. Elementos de condutor do controlador
será projetado para operar em uma base de contínuo-dever.
12.6.5 Diagramas de circuito e Instruções.
12.6.5.1 diagrama de Acircuit será provido e permanentemente
prendido o dentro do documento anexo que mostra circuição exata
para o controlador, incluindo identificando números de indivíduo
componentes.
12.6.5.2 que todos os términos de circuito serão claramente e comumente
marcado e numerou para corresponder com o diagrama de circuito
fornecido.
12.6.5.3 para conexões de máquina externas, a conexão
serão numeradas tiras comumente.
12.6.6 que marcam.
12.6.6.1 que cada componente operacional do controlador será
marcado claramente com um referenced de número identificando para o
diagrama de circuito.
12.6.6.2 que o markings serão localizados para ser visível depois
instalação.
12.6.7 alarme e Dispositivos Notáveis em Controlador.
12.6.7.1 um indicator(s visível) será provido para indicar
que o controlador está na posição automática.
12.6.7.2 o indicador visível será acessível para substituição.
20–42 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

12.6.7.3 separam indicadores visíveis e uma terra comum audível


alarme será provido para indicar dificuldade causada pelo seguinte
condições:
(1) extremamente baixa pressão de óleo no sistema de lubrificação. O controlador
proveja meios para testar a posição do
contatos de interruptor de pressão sem causar alarmes de dificuldade.
(2) máquina jaqueta coolant temperatura alta.
(3) fracasso de máquina para começar automaticamente.
(4) paralisação de empresas de overspeed.
(5) baixa pressão de ar. O recipiente de provisão de ar será provido
com um indicador visível separado indicar baixa pressão de ar.
(6) baixo nível de combustível. Alarme a terceiro tanque capacidade.
12.6.7.4 nenhum alarme audível que silencia interruptor ou válvula, outro,
que o controlador interruptor principal ou válvula, será permitido para
os alarmes em 12.6.7.3.
12.6.7.5 Alarmes adicionais.
12.6.7.5.1 onde alarmes audíveis para as condições listadas dentro
A.5.23 estão incorporados com os alarmes de máquina especificados dentro
12.6.7.3, um interruptor silenciando ou válvula para o A.5.23 audível
serão providos alarmes ao controlador.
12.6.7.5.2 o circuito será organizado de forma que o audível
alarme será ativado se o interruptor silenciando ou válvula está dentro o
posição silenciosa quando as condições supervisionadas são normais.
12.6.8 alarmes para Indicação Remota. Controladores serão
equipado para operar circuitos para indicação remota das condições
coberto em 12.4.1.3 e 12.4.2.2.
12.6.9 * Registrador de pressão.
12.6.9.1 uma pressão listada que dispositivo gravador será instalado
sentir e registrar a pressão em cada controlador de bomba de fogo
linha pressão-sentindo à contribuição para o controlador.
12.6.9.2 o registrador será capaz de operar para a
menos 7 dias sem ser reajustado ou rebobinou.
12.6.9.3 que o elemento pressão-sentindo do registrador deve
seja capaz de resistir uma pressão de onda momentânea da
menos 27.6 barra (400 psi) ou 133 por cento de controlador de bomba de fogo
pressão operacional taxada, qualquer que é maior, sem perder,
sua precisão.
12.6.9.4 o dispositivo pressão-gravador será primaveral
fira mecanicamente ou dirigido por meios elétricos seguros.
12.6.9.5 que o dispositivo pressão-gravador não será somente
dependente em energia elétrica de ac.
12.6.9.6 em perda de energia elétrica de ac, os elétrico-dirigidos
registrador será capaz de pelo menos 24 horas de operação.
12.6.9.7 em um controlador non-pressão-movido, a pressão
registrador não será requerido.
12.6.10 fogo Proteção Equipamento Controle.
12.6.10.1 onde a bomba provê controle de água especial
equipamento (por exemplo, deluge valves, dry-pipe valves), the engine
será começado antes da válvula pressão-movida ou interruptor
faça assim.
12.6.10.2 debaixo de tal condicionam o controlador será
equipado para começar a máquina em operação da proteção de fogo
equipamento.
12.6.11 Controle manual em Estação Remota.
12.6.11.1 estações de controle adicionais por causar nonautomatic,
operação contínua da unidade bombeando, independente do
válvula de controle pressão-movida ou troca, poderia ser provido a
locais remoto do controlador.
12.6.11.2 tais estações não serão operáveis parar a unidade
exclua pela operação estabelecida do período corrente
circuito de cronômetro quando o controlador é organizado para paralisação de empresas
automática.
(Veja 12.5.5.2.)
12.6.12 Circuitos externos Conectaram a Controladores.
12.6.12.1 com bombear unidades que operam isoladamente ou em paralelo,
os condutores de controle entrando ou deixando o controlador de bomba de fogo
isso estende fora do quarto de bomba de fogo será organizado
para prevenir fracasso para começar devido a falta.
12.6.12.2 quebra, desconectando, shorting de arames, ou perda de
dê poder a a estes circuitos será permitido causar contínuo
correndo da bomba de fogo mas não prevenirá o controller(s)
de começar o pump(s de fogo) devido a causas diferente de estes
circuitos externos.
12.6.12.3 todos os condutores de controle dentro do quarto de bomba de fogo
isso não é nenhuma falta tolerante será protegido contra mecânico
dano.
12.6.12.4 quando um motorista de diesel é usado junto com um
bomba de deslocamento positiva, o controlador de diesel proverá um
circuito e cronômetro para ativar e então fechar a válvula de entulho depois
começo de máquina é acabado.
12.6.13 Provisão de sola Bombeia.
12.6.13.1 para irrigador ou sistemas de standpipe onde um automaticamente
controlado bombeando unidade constitui a provisão exclusiva,
o controlador será organizado para paralisação de empresas manual.
12.6.13.2 paralisação de empresas manual também será provida onde
requerido pela autoridade que tem jurisdição.
12.6.14 Controle manual a Controlador.
12.6.14.1 haverá uma válvula manualmente operada ou interruptor
no painel de controlador.
12.6.14.2 esta válvula ou interruptor será organizado assim que operação
da máquina, quando manualmente começou, não pode ser afetado
pelo interruptor pressão-movido.
12.6.14.3 que o arranjo também proverá que a unidade
permaneça manualmente em operação até feche.
12.6.15 Arranjo de Equipamento começando. As exigências
por começar arranjo de equipamento será como segue:
(1) o recipiente de provisão de ar, obedecendo as exigências,
de 11.2.5.4.4, será provido e assim organizou
aquele manual e começar automáticos da máquina podem ser
realizado.
(2) no evento que a máquina não começa depois de conclusão
de seu ciclo de tentar-para-começo, deve o controlador
deixe de acionar todo mais adiante e opere o audível e
alarmes visíveis.
(3) o ciclo de tentar-para-começo será fixado e consistirá
de um período de manivela de um aproximadamente 90-segundo
duração.
12.6.16 Paralisação de empresas manual. Paralisação de empresas manual será realizada
por qualquer um do seguinte:
(1) operação de uma válvula de parada ou acende o painel de controlador
(2) operação de uma válvula de parada ou interruptor no lado de fora do
documento anexo de controlador
PASSEIO DE MÁQUINA CONTROLADORES 20–43
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

12.6.16.1 a válvula de parada causará paralisação de empresas de máquina por


os circuitos automáticos foram devolvidos só depois de começar causas
para normal.
12.6.16.2 que esta ação devolverá para o controlador para cheio automático
posição.
Capítulo 13 Passeio de Turbina de Vapor
13.1 geral.
13.1.1 aceitabilidade.
13.1.1.1 turbinas de vapor de poder adequado são aceitáveis
movedores principais para bombas de fogo motrizes. Confiança das turbinas
terá sido provou no trabalho comercial.
13.1.1.2 a turbina a vapor será conectada diretamente para o
bomba de fogo.
13.1.2 Capacidade de turbina.
13.1.2.1 para pressões de caldeira a vapor que não excedem 8.3 barra
(120 psi), a turbina será capaz de condução a bomba a
sua velocidade avaliada e carga de bomba de máximo com uma pressão como
baixo como 5.5 barra (80 psi) ao regulador de pressão de turbina ao esvaziar
contra atmosférico atrás pressão com a válvula de mão aberto.
13.1.2.2 para pressões de caldeira a vapor que excedem 8.3 barra (120 psi),
onde vapor é mantido continuamente, uma pressão 70 por cento de
a pressão de caldeira habitual acontecerá da 5.5 barra
(80 psi) pressão requereu em 13.1.2.1.
13.1.2.3 ordenando turbinas para bombas de fogo estacionárias, o comprador
especifique o avaliado e cargas de bomba de máximo a avaliado
acelere, a velocidade avaliada, a pressão de caldeira, a pressão a vapor a
o regulador de pressão de turbina (se possível), e o superheat a vapor.
13.1.3 * Consumo a vapor.
Será dada 13.1.3.1 consideração principal à seleção
de uma turbina que tem um consumo a vapor total proporcional
com a provisão a vapor disponível.
13.1.3.2 onde turbinas de multistage são usadas, eles serão assim
projetou que a bomba pode ser trazida até velocidade sem um
warmup cronometram exigência.
13.2 turbina.
13.2.1 cobertura e Outras Partes.
13.2.1.1 * a cobertura será projetada para permitir acesso com
o menos possível remoção de partes ou transportando.
13.2.1.2 válvula de Asafety será conectada diretamente à turbina
cobertura para aliviar pressão de vapor alta na cobertura.
13.2.1.3 Válvula de Regulador de pressão principal.
13.2.1.3.1 a válvula de regulador de pressão principal será localizada dentro um
horizontal
corra de tubo conectado diretamente à turbina.
13.2.1.3.2 haverá uma perna de água no lado de provisão do
estrangule válvula.
13.2.1.3.3 que esta perna será conectada a uma armadilha a vapor satisfatória
escoar todo o condensate automaticamente do linha prover
cozinhe em vapor à turbina.
13.2.1.3.4 vapor e esvazia serão equipadas câmaras
com drenos de condensate satisfatórios.
13.2.1.3.5 onde a turbina é automaticamente controlada,
estes drenos descarregarão por armadilhas adequadas.
13.2.1.3.6 além, se o tubo de escape descarrega vertically,
haverá um dreno aberto ao cotovelo de fundo.
13.2.1.3.7 este dreno não será valved mas descarregará
um local seguro.
13.2.1.4 a câmara de nozzle, corpo de governador-válvula, pressão,
regulador, e outras partes pelas quais passagens a vapor serão
feito de um metal capaz resistir as temperaturas de máximo
envolvido.
13.2.2 Governador de velocidade.
13.2.2.1 que a turbina a vapor será equipada com uma velocidade
governador fixou para manter velocidade avaliada a carga de bomba de máximo.
13.2.2.2 o governador será capaz de manter, nada,
cargas, a velocidade avaliada dentro de uma gama total de aproximadamente
8 por cento de nenhuma carga de turbina para carga de turbina cheio-avaliada, por
qualquer um dos métodos seguintes:
(1) com pressão de vapor normal e com válvula de mão fechada
(2) com pressões de vapor até 5.5 barra (80 psi) [ou até
70 por cento de pressão cheia onde isto está mais de 8.3 barra
(120 psi)] e com válvula de mão aberto
13.2.2.3 enquanto a turbina está correndo a carga de bomba avaliada, o
governador de velocidade será capaz de ajuste afiançar
velocidades de aproximadamente 5 por cento sobre e 5 por cento debaixo de
a velocidade avaliada da bomba.
Serão providos lá também 13.2.2.4 um independente
emergência dispositivo administrativo.
13.2.2.5 a emergência independente que dispositivo administrativo deve
seja organizado para fechar fora a provisão a vapor a uma velocidade de turbina
aproximadamente 20 por cento mais alto que a velocidade de bomba avaliada.
13.2.3 medida e Conexões de Medida.
13.2.3.1 nos que uma medida de pressão a vapor listada será provida
o lado de entrada do governador de velocidade.
13.2.3.2 um 6 mm (0.25 em.) torneira de tubo para uma conexão de medida
será provido na câmara de nozzle da turbina.
13.2.3.3 a medida não indicará pressões menos que um
e um-meio vezes a pressão de caldeira, e em nenhum caso menos que
16.5 barra (240 psi).
13.2.3.4 a medida será marcada “Vapor.”
13.2.4 rotor.
13.2.4.1 que o rotor da turbina será de material satisfatório.
13.2.4.2 a primeira unidade de um desígnio de rotor será tipo testado dentro
a loja do fabricante a 40 por cento sobre velocidade avaliada.
13.2.4.3 que todas as unidades subseqüentes do mesmo desígnio serão
testado às 25 por cento sobre velocidade avaliada.
13.2.5 cabo.
13.2.5.1 que o cabo da turbina será de aço de alto-grau,
como aço de carbono de aberto-forno ou aço de níquel.
13.2.5.2 onde a bomba e turbina são ajuntadas como independente
unidades, uma junção flexível será provida entre
as duas unidades.
13.2.5.3 onde um rotor pendido é usado, o cabo para o
unidade combinada estará em um pedaço com só dois portes.
20–44 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

13.2.5.4 a velocidade crítica do cabo será bem anterior o


velocidade mais alta da turbina de forma que a turbina operará a
tudo aceleram até 120 por cento de velocidade avaliada sem censurável
vibração.
13.2.6 portes.
13.2.6.1 Portes de manga. Turbinas que têm portes de manga
tenha conchas de porte de dividir-tipo e bonés.
13.2.6.2 rolamento de esferas.
13.2.6.2.1 turbinas que têm rolamento de esferas serão aceitáveis
depois que eles estabelecessem um registro satisfatório no comercial
campo.
Serão providos 13.2.6.2.2 meios para dar indicação visível
do nível de óleo.
13.3 * instalação. Detalhes de provisão a vapor, esvazie, e caldeira
alimento será planejado prover confiança cuidadosamente e efetivo
operação de uma bomba de fogo de turbine–driven a vapor.
Capítulo 14 Aceitação Testando, Desempenho,
e Manutenção
14.1 Hydrostatic Tests e Corando.
14.1.1 que coram.
Não serão corados 14.1.1.1 sucção transportando a uma taxa de fluxo menos
que indicou em Mesa 14.1.1.1(a) e Mesa 14.1.1.1(b) ou a
o hydraulically calcularam taxa de demanda de água do sistema,
qualquer que é maior.
14.1.1.2 corando acontecerão antes de teste de hydrostatic.
14.1.2 Teste de Hydrostatic.
14.1.2.1 sucção e descarga transportar serão hydrostatically
testado a não menos de 13.8 barra (200 psi) pressão, ou em 3.4 barra
(50 psi) mais da pressão de máximo ser mantido
no sistema, qualquer que é maior.
14.1.2.2 que a pressão requerida em 14.1.2.1 será mantida
durante 2 horas.
14.1.3 * o contratante instalando fornecerá um certificado para
corando e hydrostatic testam antes do começo da bomba de fogo
teste de aceitação de campo.
14.2 Testes de Aceitação de campo.
14.2.1 o fabricante de bomba, o fabricante de máquina,
(quando proveu), o fabricante de controlador, e a transferência
troque o fabricante (quando proveu) ou o deles/delas fábrica-autorizou
representantes estarão presentes para o teste de aceitação de campo. (Veja
Seção 5.4.)
14.2.2 * serão notificadas todas as autoridades que têm jurisdição
sobre o tempo e lugar do teste de aceitação de campo.
14.2.3 instalação elétrica todo elétrica para o motor(s de bomba de fogo), incluindo
controle (bombas múltiplas) interwiring, provisão de poder normal,
provisão de poder alternada onde proveu, e bomba de jóquei,
será completado e será conferido pelo contratante elétrico
antes do startup inicial e teste de aceitação.
14.2.4 * Curva de Bomba certificada.
14.2.4.1 uma cópia do teste de bomba certificado do fabricante
curva característica estará disponível para comparação do
resultados do teste de aceitação de campo.
14.2.4.2 a bomba de fogo como instalado igualará o desempenho
como indicado na característica de teste de loja certificada do fabricante
encurve dentro da precisão limita do equipamento de teste.
14.2.5 a bomba de fogo executará a mínimo, avaliado, e
cume carrega sem aquecer demais censurável de qualquer componente.
14.2.6 vibrações da assembléia de bomba de fogo não serão de
uma magnitude para autorizar dano potencial a qualquer bomba de fogo
componente.
14.2.7 * campo Aceitação Teste Procedimentos.
14.2.7.1 * Equipamento de teste. Equipamento de teste será provido
determinar pressões de bomba líquidas, taxa de fluxo pelo
bomba, volts e ampères para bombas de motor–driven elétricas,
e velocidade.
14.2.7.2 fluxo Testa.
14.2.7.2.1 * o mínimo, avaliado, e cume carrega do fogo
bomba será determinada controlando a quantidade de água
descarregado por dispositivos de teste aprovados.
14.2.7.2.2 se materiais de sucção disponíveis não permitem o fluir
de 150 por cento de capacidade de bomba avaliada, deve a bomba de fogo
seja operado a máximo descarga permissível para determinar seu
aceitação. Isto reduziu capacidade não constituirá um inaceitável
teste.
14.2.7.2.3 o fluxo de bomba para bombas de deslocamento positivas
será testado e será determinado para se encontrar o especificado avaliado
critérios de desempenho onde só um ponto de desempenho é requerido
estabelecer aceitabilidade de bomba de deslocamento positiva.
Mesa 14.1.1.1(a) Taxas de Fluxo para Bombas Estacionárias
Unidades métricas Unidades Habituais norte-americanas
Tamanho de tubo
(mm)
Taxa de fluxo
(L/min)
Tamanho de tubo
(em.)
Taxa de fluxo
gpm
100 2,233 4 590
125 3,482 5 920
150 5,148 6 1,360
200 8,895 8 2,350
250 13,891 10 3,670
300 20,023 12 5,290
Mesa 14.1.1.1(b) Taxas de Rubor para Deslocamento Positivo
Bombas
Unidades métricas Unidades Habituais norte-americanas
Tamanho de tubo
(mm)
Fluxo
(L/min)
Tamanho de tubo
(em.)
Fluxo
(gpm)
40 378.5 11⁄2 100
50 945.25 2 250
80 1514.0 3 400
100 1703.25 4 450
150 1892.5 6 500
ACEITAÇÃO TESTANDO, DESEMPENHO, E MANUTENÇÃO 20–45
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

14.2.7.3 * Procedimento de medida.


14.2.7.3.1 a quantidade de água que descarrega do fogo
assembléia de bomba será determinada e será estabilizada.
14.2.7.3.2 imediatamente depois disso, as condições operacionais
da bomba de fogo e motorista será medido.
14.2.7.3.3 Deslocamento positivo Bombeia.
14.2.7.3.3.1 o teste de fluxo de bomba para deslocamento positivo
serão realizadas bombas usando um metro de fluxo ou orifice
prato instalou atrás em uma volta de teste ao tanque de provisão, lado de inlet,
de uma bomba de água de deslocamento positiva ou escoar.
14.2.7.3.3.2 o flowmeter que lê ou descarrega pressão
será registrado e estará conforme a bomba
os dados de desempenho de fluxo de fabricante.
14.2.7.3.3.3 se pratos de orifice forem usados, o orifice classificam segundo o
tamanho e correspondendo
pressão de descarga ser mantido no rio acima
lado do prato de orifice será feito disponível para o
autoridade que tem jurisdição.
14.2.7.3.3.4 taxas de fluxo serão como especificado enquanto operando a
a pressão de desígnio de sistema. Serão executados testes em acordo
com HI 3.6, Testes de Bomba Rotativos.
14.2.7.3.3.5 bombas de deslocamento positivas pretenderam bombear
serão permitidas testar líquidos diferente de água com
água; porém, o desempenho de bomba será afetado, e
os cálculos de fabricante serão providos exibição a diferença
em viscosidade entre água e o líquido de sistema.
14.2.7.3.4 para motores elétricos que operam a voltagem avaliada e
freqüência, o ampère demanda em cada fase não excederá
o produto do ampère de cheio-carga que taxa tempos o permissível
fator de serviço como timbrado no nameplate de motor.
14.2.7.3.5 para motores elétricos que operam debaixo de voltagem variada,
o produto da voltagem atual e demanda de corrente em
cada fase não excederá o produto da voltagem avaliada
e cheio-carga avaliado tempos atuais o fator de serviço permissível.
14.2.7.3.6 a voltagem ao motor não variará mais que
5 por cento debaixo de ou 10 por cento sobre avaliado (nameplate) voltagem
durante o teste. (Veja Seção 9.4.)
14.2.7.3.7 Unidades máquina-dirigidas.
14.2.7.3.7.1 unidades máquina-dirigidas não mostrarão sinais de sobrecarga
ou tensão.
14.2.7.3.7.2 o governador de tais unidades será fixado ao
tempo do teste para regular a velocidade de máquina corretamente a avaliado
velocidade de bomba. (Veja 11.2.4.1.)
14.2.7.3.7.3 máquinas equiparam com uma pressão de velocidade variável
limitando controle terão o dispositivo de controle pressão-limitando
nonfunctioning quando o ajuste de campo de governador em
11.2.4.1 são fixos e afiançados.
14.2.7.3.8 a turbina a vapor manterá sua velocidade dentro
os limites especificaram em 13.2.2.
14.2.7.3.9 sem os que a assembléia de passeio de engrenagem operará
barulho censurável excessivo, vibração, ou aquecimento.
14.2.7.4 Teste de Começo de cargas. A unidade de bomba de fogo será começada
e dominou até velocidade avaliada sem interrupção o
condições de uma descarga igual a carga de cume.
14.2.7.5 * Teste de Reversão de fase. Para motores elétricos, deve um teste
seja executado para assegurar que não há uma reversão de fase
condicione na configuração de provisão de poder normal ou
da provisão de poder alternada (onde contanto).
14.2.8 controlador Teste de Aceitação.
14.2.8.1 * serão testados os controladores de bomba de fogo em acordo
com o procedimento de teste indicado do fabricante.
14.2.8.2 como um mínimo, nenhum menos que seis automático e seis
serão executadas operações manuais durante a aceitação
teste.
14.2.8.3 dos que um motorista de bomba de fogo será operado para um período
pelo menos 5 minutos em velocidade máxima durante cada das operações
requerido em 14.2.7.
14.2.8.4 que um motorista de máquina não será exigido correr para
5 minutos em velocidade máxima entre começos sucessivos até o cumulativo
tempo acionando de começos sucessivos alcança 45 segundos.
14.2.8.5 a sucessão de operação automática do controlador
comece a bomba de tudo proveu começando características.
14.2.8.6 esta sucessão incluirá interruptores de pressão ou
sinais começando remotos.
Serão divididos 14.2.8.7 testes de controladores máquina-dirigidos
entre ambos jogos de baterias.
14.2.8.8 a seleção, tamanho, e colocação de todo o overcurrent protetor
dispositivos, inclusive fogo bomba controlador circuito britador,
será confirmado para estar conforme este padrão.
14.2.8.9 que a bomba de fogo será começada uma vez de cada
serviço de poder e corre para um mínimo de 5 minutos.
PRECAUÇÃO: operação de emergência Manual será realizada
por uma atuação manual da manivela de emergência para o
posição completamente trancada em um movimento contínuo. A manivela deve
seja trancado para a duração desta corrida de teste.
14.2.9 Provisão de Poder de substituto.
14.2.9.1 em instalações com uma fonte alternada de poder
e um interruptor de transferência automático, perda de fonte primária deve
seja simulado e transferência acontecerá enquanto a bomba estiver operando
a carga de cume.
14.2.9.2 transferência de normal para alternar fonte e retransfer
de substituto para fonte normal abertura não causará de
dispositivos de proteção de overcurrent em qualquer linha.
14.2.9.3 pelo menos a metade das operações manuais e automáticas
de 14.2.8.2 será executado com a bomba de fogo conectada
para a fonte alternada.
14.2.9.4 se a fonte de poder alternada é um jogo de gerador requerido
antes das 9.2.4, aceitação de instalação estará em acordo
com NFPA110, Padrão para Emergência e Sistemas de Poder de Auxiliador.
14.2.10 Governador de emergência.
14.2.10.1 válvula de governador de emergência para vapor será operada
demonstrar desempenho satisfatório da assembléia.
14.2.10.2 mão tropeçar serão aceitáveis.
14.2.11 Condições simuladas. Alarme local e remoto
serão simuladas condições para demonstrar satisfatório
operação.
14.2.12 Duração de teste. A bomba de fogo ou espuma concentram
bomba estará em operação para não menos que 1 hora tempo total
durante todos os testes precedentes.
20–46 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

14.2.13 * Administração de Combustível eletrônica (ECM). Para máquinas com


administração de combustível eletrônica (ECM) controle sistemas, uma função,
teste de ambos o ECM primário e alternado será administrado.
14.3 manuais, Ferramentas Especiais, e Partes Excedentes.
14.3.1 que um mínimo da pessoa fixou de manuais de instrução para tudo
serão providos componentes principais do sistema de bomba de fogo
pelo fabricante de cada componente principal.
14.3.2 o manual conterá o seguinte:
(1) uma explicação detalhada da operação do componente
(2) instruções para manutenção rotineira
(3) instruções detalhadas relativo a consertos
(4) lista de partes e identificação de partes
(5) desenhos elétricos esquemáticos de controlador, transfira interruptor,
e painéis de alarme
14.3.3 que qualquer ferramenta especial e dispositivos testando requereram para
rotina
manutenção estará disponível para inspeção pela autoridade
jurisdição tendo na hora do teste de aceitação de campo.
Será dada 14.3.4 consideração a prover partes excedentes
para artigos críticos não prontamente disponível.
14.4 Inspeção periódica, Prova, e Manutenção. Fogo
serão inspecionadas bombas, serão testadas, e serão mantidas em acordo
com NFPA 25, Padrão para a Inspeção, Testando, e
Manutenção de Sistemas de Proteção de Fogo Água-baseados.
14.5 Substituição de componente.
14.5.1 Deslocamento positivo Bombeia.
14.5.1.1 sempre que um componente de caminho crítico em um positivo
bomba de fogo de deslocamento é substituída, como definido em 14.5.2.4, um
teste de campo da bomba será executado.
14.5.1.2 se componentes que não afetam desempenho são
substituído, só então como cabos, estará um teste funcional
exigido assegurar própria instalação e reassembly.
14.5.1.3 se são substituídos componentes que afetam desempenho,
como rotores, plungers, e assim sucessivamente, então um retest será
administrado pelo fabricante de bomba ou representante designado,
ou as pessoas qualificadas aceitável ao autoridade ter
jurisdição.
14.5.1.4 campo Resultados de Retest.
14.5.1.4.1 os resultados de retest de campo serão comparados o
desempenho de bomba original como indicado pelo original
curva de teste fábrica-certificada, sempre que está disponível.
14.5.1.4.2 os resultados de retest de campo se encontrarão ou excederão o
características de desempenho como indicado no nameplate de bomba,
e os resultados estarão dentro dos limites de precisão de campo
testando como declarado em outro lugar neste padrão.
14.5.2 Bombas centrífugas.
14.5.2.1 sempre que um componente de caminho crítico em um pedaço de
equipamento de bomba centrífugo é substituído, é mudado, ou é modificado,
um retest de field/on-local serão executados.
14.5.2.2 a substituição de componentes em bombas de fogo, fogo
bombeie os controladores, e os motoristas serão executados através de factoryauthorized
representantes ou pessoas qualificadas aceitável para
a autoridade que tem jurisdição.
14.5.2.3 substituição Separa.
14.5.2.3.1 partes de substituição serão contanto que mantivesse
o listando para o componente de bomba de fogo sempre que possível.
14.5.2.3.2 se não é possível manter o listando de um componente
ou se o componente não fosse listado originalmente para fogo
uso de proteção, as partes de substituição se encontrarão ou excederão
a qualidade do ser de partes substituiu.
14.5.2.4 componentes de caminho críticos incluem o seguinte
características do equipamento de bomba:
(1) bombas de fogo:
(um) Impulsor, cobertura,
(b) passeios de Engrenagem
(2) os controladores de bomba de fogo (elétrico ou diesel): substituição total
(3) motor elétrico, turbinas a vapor, ou motoristas de motor diesel:
(um) substituição de motor Elétrica
(b) substituição de turbina A vapor ou reconstrói
(c) regulador A vapor ou versão aperfeiçoada de fonte
(d) substituição de Máquina ou máquina reconstroem
14.5.2.5 sempre que substituição, ou muda, ou modificação
para um componente de caminho crítico é executado em uma bomba de fogo,
motorista, ou controlador, como descrito em 14.5.2.4, um retest será
administrado pelo fabricante de bomba, representante fábrica-autorizado,
ou as pessoas qualificadas aceitável à autoridade
jurisdição tendo.
14.5.2.6 campo Retests.
14.5.2.6.1 os resultados de retest de campo serão comparados o
desempenho de bomba original como indicado pelo original
curva de teste fábrica-certificada, sempre que está disponível.
14.5.2.6.2 os resultados de retest de campo se encontrarão ou excederão o
características de desempenho como indicado no nameplate de bomba,
e eles estarão dentro dos limites de precisão de prova de campo
como declarado em outro lugar neste padrão.
Anexe UM Material Explicativo
Anexe UM não é uma parte das exigências deste NFPA documente
mas só é incluído para propósitos informador. Este anexo contém
material explicativo, numerado para corresponder com o texto aplicável,
parágrafos.
A.1.1 Para mais informação, veja NFPA 25, Padrão para o
Inspeção, Prova, e Manutenção de Proteção de Fogo Água-baseada
Sistemas, e NFPA 70, Código Elétrico Nacional, Artigo 695.
A.3.2.1 Approved. A Associação de Proteção de Fogo Nacional
não aprove, inspecione, ou certifique qualquer instalação, procedimentos,
equipamento, ou materiais; nem aprova ou avalia
laboratórios testando. Determinando a aceitabilidade de
instalações, procedimentos, equipamento, ou materiais, a autoridade,
tendo jurisdição poder fundar aceitação em complacência
com NFPA ou outros padrões apropriados. Na ausência de
tais padrões, autoridade dita pode requerer evidência de próprio
instalação, procedimento, ou uso. A autoridade que tem jurisdição
também possa recorrer ao listings ou etiquetando práticas de um
organização que está preocupado com avaliações de produto e é
assim em uma posição determinar complacência com apropriado
padrões para a produção atual de artigos listados.
Autoridade de A.3.2.2 que Tem Jurisdição (AHJ). A frase “autoridade
jurisdição tendo,” ou sua sigla AHJ, é usado em NFPA
documentos de uma maneira larga, desde jurisdições e aprovação,
agências variam, como faz as responsabilidades deles/delas. Onde segurança pública é
primário, a autoridade que tem jurisdição pode ser um federal, declare,
departamento regional local, ou outro ou indivíduo como um fogo
ANEXE UNS 20–47
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

chefe; o marechal de fogo; chefe de uma agência de prevenção de fogo, departamento de


trabalho,
ou departamento de saúde; construindo o funcionário; o inspetor elétrico;
ou outros que têm autoridade estatutária. Para propósitos de seguro,
um departamento de inspeção de seguro, taxando agência, ou
outro representante de companhia de seguros pode ser a autoridade
jurisdição tendo. Em muitas circunstâncias, o dono de propriedade
ou o dele ou o agente designado dela assume o papel da autoridade
jurisdição tendo; a instalações de governo, o comandando
oficial ou funcionário departamental podem ser os autoridade tendo
jurisdição.
A.3.2.3 Listed. Os meios por identificar equipamento listado podem
varie para cada organização interessada com avaliação de produto; alguns
organizações não reconhecem equipamento como listado a menos que também seja
etiquetado. A autoridade que tem jurisdição deveria utilizar o sistema
empregado pela organização listando para identificar um produto listado.
A.3.3.18 Head. A unidade por medir cabeça é o metro
(pé). A relação entre uma pressão expressada em barra
(libras por polegada de quadrado) e uma pressão expressou em metros
(pés) de cabeça é expressado pelas fórmulas seguintes:
Encabece em metros
Pressione em barra
0.098 gravidade específica
I de cabeça

pés de n
Pressione em psi
0.433 gravidade específica

Em termos de metro-quilogramas (pé-libras) de energia por
quilograma (libra) de água, todas as quantidades de cabeça têm as dimensões
de metros (pés) de água. Todas as leituras de pressão são
convertido em metros (pés) do ser de água bombeado. (Veja
Figura A.3.3.18.)
A.3.3.32 Service. Para mais informação, veja NFPA 70, Nacional,
Código elétrico, Artigo 100.
A.3.3.33 Service Equipamento. Para mais informação, veja
NFPA 70, Código Elétrico Nacional, Artigo 100.
A.3.3.39 Total Cabeça (H), Bombas Horizontais. Veja Figura
A.3.3.39. (Figura não mostra os vários tipos de bombas
aplicável.)
A.3.3.40 Total Cabeça (H), Bombas de Turbina Verticais. Veja Figura
A.3.3.40.
A.3.3.46 Velocidade Cabeça (hv). Cabeça de velocidade é expressada pelo
fórmula seguinte:
h
v
g v?
2
2
onde:
v = velocidade no tubo em metros por segundo (pés
por segundo)
g = a aceleração devido a gravidade que é
9.807 m/sec2 (32.17 ft/sec2) a nível de mar e
45 latitude de graus
A.5.2 por causa da natureza sem igual de unidades de bomba de fogo, o
aprovação deveria ser obtida antes da assembléia de qualquer específico
componente.
A.5.4.1 que UMA única entidade deveria ser designada como tendo unidade
responsabilidade para a bomba, motorista, controlador, transfere interruptor
equipamento, e acessórios. Responsabilidade de unidade significa a responsabilidade
responder e solucionar qualquer e todo o problemas considerando
a própria instalação, compatibilidade, desempenho,
e aceitação do equipamento. Responsabilidade de unidade deve
não seja interpretado para significar compra de todos os componentes de um
único provedor.
Bombeie centerline de cabo
e elevação de dado
Bomba de dobrar-sucção horizontal
Bombeie centerline
CL Primeiro-fase voluta
Elevação de dado
Bomba de dobrar-sucção vertical
Notas:
1. Para todos os tipos de bombas de cabo horizontais (único-fase
bomba de dobrar-sucção mostrada). Dado é mesmo para multistage,
único - (fim) ANSI-tipo de sucção ou qualquer bomba com um horizontal
cabo.
2. Para todos os tipos de bombas de cabo verticais (único-fase vertical
bomba de dobrar-sucção mostrada). Dado é mesmo para único - (fim)
sucção, em-linha, ou qualquer bomba com um cabo vertical.
FIGURA A.3.3.18 Dado Elevação de Dois Bomba Estacionária
Desígnios.
Dado
hv (descarga)
(velocidade
H encabeçam)
(cabeça total)
hv (sucção) (cabeça de velocidade)
Nível de água
equivalente para
medida de sucção
lendo
Sucção
medida
Descarga
medida
Nota: Instalação com cabeça de sucção sobre pressão atmosférica mostrada.
hd
(total
descarga
cabeça)
Nível de água
equivalente para
descarga
leitura de medida
hs
(total
sucção
cabeça)
FIGURA A.3.3.39 Total Cabeça de todos os Tipos de Estacionário (Não
Turbine–Type vertical) Bombas de Fogo.
20–48 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.5.6.1 Para capacidade de provisão de água e exigências de pressão,


veja os documentos seguintes:
(1) NFPA 13, Padrão para a Instalação de Sistemas de Irrigador,
(2) NFPA 14, Padrão para a Instalação de Standpipe e Mangueira,
Sistemas
(3) NFPA15, Spray de forWater Standard Fixou Sistemas para Proteção de Fogo
(4) NFPA 16, Padrão para a Instalação de Irrigador de Espuma-água,
e Sistemas de Spray de Espuma-água
(5) NFPA 24, Padrão para a Instalação de Serviço de Fogo Privado,
Mains e os Pertence deles/delas
A.5.6.2 Onde a provisão de sucção é de uma água de fábrica-uso
sistema, operação de bomba a 150 por cento de capacidade avaliada deve
não crie processo perigoso transtorna devido a baixa pressão de água.
A.5.6.4 Water fontes que contêm sal ou outros materiais danoso
para os sistemas de proteção de fogo deveria ser evitado.
A.5.7.1 Esta seção não impede o uso de bombas dentro
o público e materiais de água privados que provêem água para doméstico,
processe, e propósitos de proteção de fogo. Tais bombas não são nenhum fogo
bombas e não é esperado que conheça tudo das exigências de
NFPA20. São permitidas tais bombas para proteção de fogo se eles forem
considerado seguro pela análise designada em 5.7.1.
A.5.7.4 é prática de desígnio pobre a overdesign a bomba de fogo
e motorista e então conta com a válvula de alívio de pressão para abrir
e alivia o excesso pressure.Apressure alívio válvula não é um
método aceitável de reduzir pressão de sistema debaixo de normal
condições operacionais e não deveria ser usado como tal.
A.5.8 O desempenho da bomba quando aplicado a capacidades
em cima de 140 por cento de capacidade avaliada pode ser adversamente
afetado pelas condições de sucção. Aplicação da bomba
a capacidades não está menos que 90 por cento da capacidade avaliada
recomendado.
A seleção e aplicação da bomba de fogo não deveriam ser
confundido com bomba condições operacionais. Com própria sucção
condições, a bomba pode operar a qualquer ponto em sua característica
encurve de shutoff a 150 por cento de sua capacidade avaliada.
A.5.8.2 Em países que utilizam o sistema métrico, lá não faça
pareça ser unificados avaliações de fluxo para capacidades de bomba;
então, uma conversão métrica macia é utilizada.
A.5.10.2 Para proteção contra dano de overpressure,
onde desejou, um protetor de medida deveria ser instalado.
A.5.12 que consideração Especial precisa ser dada para incendiar bomba
instalações instalaram debaixo de grau. Luz, calor, drenagem, e
ventilação é vários das variáveis que precisam ser enviado.
Alguns locais ou instalações podem não requerer um
casa de bomba. Onde um quarto de bomba ou casa de bomba é requerida,
deveria ser de amplo tamanho e situado permitir curto e
corretamente organizado transportando. Os sucção transportando deveriam receber
primeiro consideração. A casa de bomba deveria ser preferivelmente um
edifício destacado de construção de noncombustible. Um onestory
quarto de bomba com um telhado combustível, separou ou
bem corte de um um-história construir adjacente, é aceitável
se sprinklered. Onde um edifício destacado não é possível, o
quarto de bomba deveria ser localizado e deveria ser construído para proteger
a unidade de bomba e controles de chãos cadentes ou maquinaria
e de fogo que poderia afugentar o operador de bomba ou
danifique a unidade de bomba ou controles. Tenha acesso para o quarto de bomba
deveria ser provido de fora do edifício. Onde o uso
de tijolo ou reforçou concreto não é possível, ripa de metal e
gesso é recomendado para a construção da bomba
quarto. O quarto de bomba ou casa de bomba não deveriam ser usadas para
propósitos de armazenamento. Bombas de turbine–type de cabo verticais poderiam necessitar
um painel removível no telhado de casa de bomba para permitir
a bomba a ser removida para inspeção ou conserto. Próprio
liberações para equipamento deveriam ser providas como indicado
pelos desenhos do fabricante.
A.5.12.1 UMA bomba de fogo que é inoperante por qualquer razão a qualquer
tempo constitui um prejuízo ao sistema de proteção de fogo.
Deveria ser devolvido para consertar sem demora.
Chuva e intenso calor do sol são condições adversas
para equipamento não instalado em um documento anexo completamente protetor.
A um mínimo, instalou equipamento ao ar livre deveria ser
protegido por um telhado ou coberta.
A.5.12.6 Pump quartos e casas de bomba deveriam estar secas e
livre de condensate. Realizar um ambiente seco, calor,
possa ser necessário.
A.5.13.1 que O exterior de aboveground aço transportar deveria ser
mantido pintado.
São preferidas Orlas de A.5.13.2 soldadas para transportar.
A.5.13.4 Quando soldando é executado na sucção de bomba ou
descarga que pia com a bomba em lugar, o chão de soldadura,
deva estar no mesmo lado da bomba como a soldadura.
A.5.14.1 que O exterior de aço sucção transportar deveria ser mantido
pintado.
Ferro enterrado ou tubo de aço deveriam ser enfileirados e deveriam ser cobertos ou
protegido contra corrosão em conformance com AWWA
C104, Cimento-morteiro que Enfileira para Elenco-ferro e Tubo de Flexível-ferro,
e Ajustes para Água, ou padrões equivalentes.
A.5.14.4 As notas seguintes aplicam para Figurar A.5.14.4:
(1) uma bomba de jóquei normalmente é requerida com automaticamente controlado
bombas.
(2) se testando instalações será provido, também veja Figura
A.5.19.1.2(a) e Figura A.5.19.1.2(b).
(3) também pressão-sentindo linhas precisam ser instalados em acordo
com 10.5.2.1 ou 12.5.2.1. Veja Figura A.10.5.2.1(a)
e Figura A.10.5.2.1(b).
hd (cabeça de descarga total)
hv (descarga) (cabeça de velocidade)
Descarga
medida
H
(cabeça total)
Dado
Nível de chão
Drawdown
Nível de água estático
h (distância vertical, dado para
nível de água bombeando)
Nível de água bombeando
Nível de água
equivalente para
medida de sucção
lendo
FIGURA A.3.3.40 Total Cabeça de Fogo de Turbine–Type Vertical
Bombas.
ANEXE UNS 20–49
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.5.14.5 Onde a provisão de sucção é de mains de água de público,


a válvula de portão deveria ser localizada até onde é prático do
orla de sucção na bomba. Onde vem de uma água armazenada
recipiente, a válvula de portão deveria ser localizada à saída do
recipiente. Uma válvula de borboleta no lado de sucção da bomba pode
crie turbulência que adversamente afeta o desempenho de bomba
e pode aumentar a possibilidade de bloqueio do tubo.
A.5.14.6 See Figura A.5.14.6. (Veja Padrões de Instituto de Hidráulicas
para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando Bombas para adicional
informação.)
A.5.14.8 Ao selecionar material de tela, consideração,
deveria ser dado a prevenção de infringir as regras de crescimento aquático.
Antifouling é melhor realizado com bronze ou arame de cobre.
A.5.14.9 O termo dispositivo como usado neste subseção é pretendido
inclua, mas não seja limitado, dispositivos que sentem pressão de sucção,
e então restringe ou pára a descarga de bomba de fogo. Devido ao
pressione perdas e o potencial para interrupção do fluxo para
os sistemas de proteção de fogo, o uso de dispositivos de prevenção de backflow,
está desanimado fogo bomba transportando. Porém, onde exigido
a colocação de tal um dispositivo no lado de descarga do
bomba é assegurar características de fluxo aceitáveis à bomba
sucção. É mais eficiente perder a pressão depois da bomba
impulsionou isto, em lugar de antes de a bomba impulsionasse isto.
Onde o preventer de backflow está no lado de descarga do
bomba e uma bomba de jóquei é instalada, a descarga de bomba de jóquei
e sentindo linhas precisam ser localizados de forma que um cruz-conexão é
não criado pela bomba de jóquei.
A.5.14.10 Para mais informação, veja o Instituto de Hidráulicas
Padrões para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando Bombas.
São preferidas Orlas de A.5.15.3 soldadas ao tubo.
A.5.15.5 O tamanho de tubo de descarga deveria ser tal que, com o
pump(s) operando a 150 por cento de capacidade avaliada, a velocidade,
no tubo de descarga não excede 6.2 m/sec (20 ft/sec).
A.5.15.6 que sistemas de proteção de fogo Grandes às vezes experimentam
martelo de água severo causado por backflow quando o automático
controle fecha a bomba de fogo. Onde condições podem ser
esperado causar martelo de água censurável, um antiwater listado -
válvula de cheque de martelo deveria ser instalada na descarga
linha da bomba de fogo. Bombas automaticamente controladas em alto
edifícios poderiam dar dificuldade de martelo de água como a bomba
está fechando.
Onde um preventer de backflow é substituído para a descarga
confira válvula, um preventer de backflow adicional poderiam ser necessários
na estrada de contorno que pia para prevenir backflow pela estrada de contorno.
Onde um preventer de backflow é substituído para a descarga
confira válvula, a conexão para a linha sentindo é permitida
esteja entre a última válvula de cheque e a última válvula de controle se o
pressão-sentindo conexão de linha podem ser feitos sem alterar
a válvula de backflow ou violando seu listando. Este método pode
às vezes seja feito somando uma conexão pelo teste
aporte na válvula de backflow. Nesta situação, o controle de descarga
válvula não é necessária, desde a última válvula de controle no
preventer de backflow serve esta função.
Onde um preventer de backflow é substituído para a descarga
confira válvula e a conexão da linha sentindo não podem ser
feito dentro do preventer de backflow, a linha sentindo deve
seja conectado entre o preventer de backflow e a bomba
válvula de controle de descarga. Nesta situação, o preventer de backflow
não possa substituir para a válvula de controle de descarga porque
a linha sentindo deve poder ser isolado.
A.5.16 Isolamento válvulas e válvulas de controle são consideradas
seja idêntico quando usado junto com uma prevenção de backflow
assembléia.
A.5.17 Pipe que quebra causada por movimento grandemente pode ser
se diminuído e, em muitos casos, preveniu aumentando flexibilidade
entre partes principais do transportar. Uma parte do transportar
nunca deveria acontecer rigidly e outro livre mover, sem
providências por aliviar a tensão. Flexibilidade pode ser provida
pelo uso de junções flexíveis a pontos críticos e por
liberações permitindo a paredes e chãos. Sucção de bomba de fogo e
deveriam ser tratados tubos de descarga igual a espelhos de irrigador
para qualquer porção está dentro de um edifício. (Veja NFPA 13.)
F
J
J
Cabeçalho só usou
por testar
Para
sistema
De
provisão
De
provisão
Para
sistema
Cabeçalho usou como um
hidrante ou por testar
Bomba de fogo
Bomba de jóquei
OS&Y portão válvula
ou indicando borboleta
válvula
OS&Y portão válvula
Cabeçalho de mangueira
Confira válvula
FIGURA A.5.14.4 Diagrama Esquemático de Arranjos Sugeridos
para uma Bomba de Fogo com uma Estrada de contorno, Levando Sucção de
Mains público.
VISTA DE CIMA
VISÃO DE ELEVAÇÃO
Direito
VISÃO DE ELEVAÇÃO
Erradamente
VISTA DE CIMA
x > 10? ?diam.
x = ?10? ?diam.
Sucção
tubo
Sucção
tubo
FIGURA A.5.14.6 Right e Sucções de Bomba de Injustiça.
20–50 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Deveriam ser empacotados buracos por bomba quarto fogo paredes


com lã mineral ou outro material satisfatório segurados em lugar por
transporte colarinhos em cada lateral da parede. Transcurso de tubos por
paredes de fundação ou paredes de cova em chão deveriam ter liberação
destas paredes, mas buracos deveriam ser watertight. Espaço
ao redor transcurso de tubos por paredes de quarto de bomba ou bomba
podem ser enchidos chãos de casa de mastic de asfalto.
A.5.18.1 que A pressão é exigida ser avaliada às 121 por cento
do shutoff avaliado líquido pressiona porque a pressão é
proporcional ao quadrado da velocidade que a bomba é
virado. Um governador de motor diesel é exigido ser capaz de
limitando a velocidade de máquina de máximo a 110 por cento, criando um
pressão de 121 por cento. Desde o único tempo que uma pressão
válvula de alívio é requerida pelo padrão a ser instalado é onde
o motor diesel está virando mais rapidamente que normal, e desde então isto
é um evento relativamente raro, é permitido para a descarga de
a válvula de alívio de pressão a ser transportada atrás ao lado de sucção de
a bomba.
A.5.18.1.2 Em situações onde a pressão de sistema exigida
está perto da avaliação de pressão dos componentes de sistemas e
a pressão de provisão de água varia significativamente com o passar do tempo, isto
possa ser necessário usar um tanque entre a provisão de água
e a bomba sucção controle válvula, em vez de uma conexão direta,
para o água provisão transportar, eliminar overpressurization de sistema.
A.5.18.5 que O cone de válvula de alívio deveria ser transportado a um ponto
onde água pode ser descarregada livremente, preferivelmente fora do
construindo. Se o alívio válvula descarga tubo é conectado um
debaixo da terra escoe, cuidado deveria ser tomado que nenhum dreno a vapor
entre se aproxime bastante para trabalhar atrás durante o cone e em
o quarto de bomba.
A.5.18.7 Onde as descargas de válvula de alívio atrás para a fonte
de provisão, as capacidades de pressão de parte de trás e limitações do
válvula ser usado deveria ser determinada. Poderia ser necessário
aumentar o tamanho da válvula de alívio e transportando acima o
mínimo para obter capacidade de alívio adequada devido a atrás pressão
restrição.
A.5.18.8 Quando descarga entra no reservatório debaixo de mínimo
nível de água, não há provável ser um problema de ar. If
entra em cima do topo do reservatório, o problema de ar é
reduzido estendendo a descarga para debaixo do normal
nível de água.
A.5.19.1.1 para o que Os dois objetivos de fazer um teste de bomba são
tenha certeza que a própria bomba ainda está funcionando corretamente e
ter certeza que a provisão de água ainda pode entregar o correto
quantia de água para a bomba à pressão correta. Alguns
arranjos de equipamento de teste não permitem a provisão de água
ser testado. Toda instalação de bomba de fogo precisa ter a
menos um arranjo de equipamento de teste onde a provisão de água
pode ser testado. Inspeção, prova, e padrões de manutenção
(NFPA 25) exija correr o teste de bomba pelo menos uma vez
todo três anos usando um método que testa a provisão de água
habilidade para prover água à bomba.
Podem ser providas Saídas de A.5.19.1.2 pelo uso de padrão
teste cabeçalhos, jarda hidrante, hidrante de parede, ou standpipe
válvulas de mangueira.
As notas seguintes aplicam para Figurar A.5.19.1.2(a) e
Figura A.5.19.1.2(b):
(1) distância como recomendado pelo metro o fabricante.
(2) não distancie menos de 5 diâmetros de tubo de sucção para
topo ou conexão de sucção de fundo. Não distancie menos
que 10 diâmetros de tubo de sucção para conexão lateral
(não recomendou).
(3) liberação de ar automática se formas serenas um inverteu “U,”
ar apanhando.
(4) o sistema de proteção de fogo deveria ter saídas disponível
testar a bomba de fogo e sucção provisão transportando. (Veja
A.5.19.3.1.)
(5) o metro de volta fechado arranjo testará só rede
bombeie desempenho. Não testa a condição do
provisão de sucção, válvulas, transportando, e assim sucessivamente.
(6) deveriam ser organizados retorno transportando assim que nenhum ar pode ser
apanhado isso terminaria eventualmente para cima no olho do
bombeie impulsor.
(7) turbulência na água que entra na bomba deveria ser
evitado eliminar cavitation que reduziria
descarga de bomba e danifica o impulsor de bomba. Para
esta razão, conexão lateral não é recomendada.
(8) recirculation prolongado podem causar calor prejudicial
formação, a menos que um pouco de água esteja perdida.
(9) Flowmeter deveria ser instalado de acordo com fabricante
instruções.
(10) também pressão-sentindo linhas precisam ser instalados em acordo
com 10.5.2.1. [Veja Figura A.10.5.2.1(a) e
Figura A.10.5.2.1(b).]
A.5.19.2.1.1 dispositivos de Metering deveriam descarregar para escoar.
No caso de uma provisão de água limitada, deve a descarga
esteja de volta à fonte de água (por exemplo, suction tank, small pond). Se
esta descarga entra na fonte debaixo de nível de água de mínimo, isto,
não é provável criar um problema de ar para a sucção de bomba. Se isto
entra em cima do topo da fonte, o problema de ar está reduzido
estendendo a descarga para debaixo do nível de água normal.
Veja Nota 1 Ver Nota 1
M
FP
FP
FP
MJ
FP
Estrada de contorno (se
de valor)
Veja
Note 5
Escoar ou
água de bomba
fonte
De provisão
De provisão
De provisão
De provisão
Cabeçalho de mangueira
(se precisou para
mangueira flui)
Para sistema
Para sistema
Para sistema
Para sistema
Para sistema
Flowmeter
Bomba de fogo
Bomba de jóquei
Confira válvula
Cabeçalho de mangueira
Portão de OS&Y
válvula ou indicando
válvula de borboleta
OS&Y
válvula de portão
J
FIGURA A.5.19.1.2(a) Preferiu Arranjo por Medir
Fogo Bomba Água Fluxo com Metro para Bombas de Múltiplo e
Água Supplies.Water é permitido descarregar a um dreno ou para
a fogo bomba água fonte.
ANEXE UNS 20–51
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.5.19.3.1 As válvulas de mangueira deveriam ser prendidas a um cabeçalho ou


múltiplo e conectado transportando satisfatório para a descarga de bomba
transportando. O ponto de conexão deveria ser entre o
válvula de cheque de descarga e a válvula de portão de descarga. Mangueira
deveriam ser localizadas válvulas para evitar qualquer possível dano de água para
o motorista de bomba ou controlador, e eles deveriam estar fora o
quarto de bomba ou casa de bomba. Se há outro adequado
instalações de prova de bomba, o cabeçalho de válvula de mangueira pode ser omitido
quando sua função principal é prover um método de bomba e
prova de provisão de sucção. Onde o cabeçalho de mangueira também serve como
o equivalente de uma jarda hidrante, esta omissão não deveria reduzir
o número de válvulas de mangueira para menos que dois.
São designadas Bombas de A.5.22 como tendo da mão direita, ou à direita
(CW), rotação ou à esquerda, ou à esquerda (CCW),
rotação. São providos motores dieseis comumente e são providos
com à direita rotação.
Bombeie rotação de cabo pode ser determinada como segue:
(1) Rotação de Cabo de Bomba horizontal. A rotação de um horizontal
bomba pode ser determinada se levantando ao fim de motorista
e enfrentando a bomba. [Veja Figura A.5.22(a).] Se o topo de
o cabo revolve à direita da esquerda, a rotação é
destro, ou à direita (CW). Se o topo do cabo
revolve de direito a esquerda, a rotação é canhota, ou
à esquerda (CCW).
(2) Rotação de Cabo de Bomba vertical. A rotação de um vertical
bomba pode ser determinada olhando abaixo no topo de
a bomba. Se o ponto do cabo diretamente oposto revolve
de partiu para corrigir, a rotação é destra, ou
à direita (CW). [Veja Figura A.5.22(b).] Se o ponto do
cabo diretamente oposto revolve de direito a esquerda, a rotação,
é canhoto, ou à esquerda (CCW).
M
FP
Cabeçalho de mangueira
Veja
Note 4
Metro regulador de pressão Vê Nota 1
válvula
De
provisão
Corpo de bombeiros
conexão
(veja NFPA 13
e NFPA 14)
Veja Nota 2
Para
sistema
Estrada de contorno (se de valor)
MJ
FP
Flowmeter
Fogo
bomba
Jóquei
bomba
Cheque
válvula
Mangueira
cabeçalho
Portão de OS&Y
válvula ou
indicando
válvula de borboleta
OS&Y
válvula de portão
Corpo de bombeiros
conexão
J
Veja
Note 3
Veja Nota 1
Metro controle
válvula
FIGURA A.5.19.1.2(b) Arranjo Típico por Medir
Fogo PumpWater Flow com Metro. Descarregue do flowmeter
é recirculated à fogo bomba sucção linha.
Sucção
Descarga
Sucção
Diesel
máquinas
disponível em
esta rotação
Alguns
dieseis
disponível em
esta rotação
a nenhum extra
custo
À esquerda rotação
quando viu de
fim de motorista
À direita rotação
quando viu de
fim de motorista
FIGURA A.5.22(a) Rotação de Cabo de Bomba Horizontal.
À direita rotação
Descarga de sucção
Seção UM-UM
VISÃO DE TOPO
UM UM
VISÃO LATERAL
FIGURA A.5.22(b) Rotação de Cabo de Bomba Vertical.
20–52 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.5.23 além dessas condições que requerem sinais de alarme


para os controladores de bomba e máquinas, há outras condições
para qual tal alarma poderia ser recomendado, enquanto dependendo
em condições locais. Alguns deste supervisory alarmam condições
é como segue:
(1) baixa temperatura de quarto de bomba
(2) descarga de válvula de alívio
(3) Flowmeter partiu em, enquanto evitando a bomba
(4) nível de água em provisão de sucção debaixo de normal
(5) nível de água em provisão de sucção próxima depleção
(6) provisão de combustível de diesel debaixo de normal
(7) pressão a vapor debaixo de normal
Tais alarmes adicionais podem ser incorporados no
alarmes de dificuldade já proveram no controlador, ou eles podem
seja independente.
A.5.24 Pressure manutenção (jóquei ou maquiagem) bombas
deveria ser usado onde é desejável manter um uniforme ou
pressão relativamente alta no sistema de proteção de fogo. Um jóquei
bomba deveria ser classificada segundo o tamanho para compor a taxa de vazamento
permissível
dentro de 10 minutos ou 3.8 L/min (1 gpm), qualquer que é maior.
Uma bomba de água doméstica em um dual-propósito água provisão sistema
possa funcionar como uns meios de manter pressão.
A.5.24.4 See Figura A.5.24.4.
A.5.24.5 que UMA centrífugo-tipo pressão manutenção bomba é
preferível.
As notas seguintes aplicam a uma pressão de centrífugo-tipo
bomba de manutenção:
(1) uma bomba de jóquei normalmente é requerida com automaticamente controlado
bombas.
(2) sucção de bomba de jóquei pode vir do tanque provisão de recheio
linha. Esta situação permitiria pressão alta para ser
mantido até mesmo no sistema de proteção de fogo quando o
proveja tanque está vazio para consertos.
(3) também pressão-sentindo linhas precisam ser instalados em acordo
com 10.5.2.1. [Veja Figura A.10.5.2.1(a) e Figura
A.10.5.2.1(b).]
A.5.27.1 NFPA 13, Padrão para a Instalação de Sistemas de Irrigador,
contém orientação específica para desígnio sísmico de proteção de fogo
sistemas. Mesas estão disponíveis determinar o parente
força de muitos materiais tonificantes comuns e prendedores.
A.6.1.1 See Figura A.6.1.1(a) por Figura A.6.1.1(h).
F
De tanque ou
tanque linha de abastecimento
Mangueira
cabeçalho
Confira válvula
OS&Y
válvula de portão
OS&Y portão válvula
ou indicando borboleta
válvula
J
F Fire bomba J Jockey bomba
FIGURA A.5.24.4 Jóquei Bomba Instalação com Bomba de Fogo.
14
40
69
26
71 6 73 32 1 2
32 chave, impulsor,
40 Deflector
69 Lockwasher
71 adaptador
73 Gasket
1 cobertura
2 impulsor
6 cabo
14 manga, cabo,
26 parafuso, impulsor,
FIGURA A.6.1.1(a) Pendeu Impulsor—Fim Juntou
Única Fase—Sucção de Fim.
ANEXE UNS 20–53
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

9
63
40 29
18
22
6
49
69 37 67 62 78 21 19 16
51
17
14
13
38
32
8 27 11
25
8
28
26
2
1
1 cobertura
2 impulsor
6 cabo, bomba,
8 anel, impulsor,
9 cobertura, sucção,
11 cobertura, recheio-caixa,
13 embalagem
14 manga, cabo,
16 porte, inboard,
17 glândula
18 porte, externo,
19 armação
21 navio de linha regular, armação,
22 Locknut, agüentando,
25 anel, cobertura de sucção,
26 parafuso, impulsor,
27 anel, recheio-caixa,
cobertura
28 Gasket
29 anel, lanterna,
32 chave, impulsor,
37 cobertura, agüentando, externo,
38 Gasket, manga de cabo,
40 Deflector
49 selo, agüentando cobertura,
externo
51 retentor, graxa,
62 lançador (óleo ou graxa)
63 Busing, recheio-caixa,
67 Shim, navio de linha regular de armação,
69 Lockwasher
78 mais espacial, agüentando
FIGURA A.6.1.1(b) Pendeu Impeller—Separately Coupled Único Stage—Frame
Mounted.
20–54 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

40
14
17
11
73
2
71
13
1
1 cobertura
2 impulsor
11 cobertura, câmara de selo,
13 embalagem
14 manga, cabo,
17 glândula, empacotando,
40 Deflector
71 adaptador
73 Gasket, cobertura,
FIGURA A.6.1.1(c) Pendeu Impulsor—Fim Juntou
Única Fase—Em-linha (Mostrando Selo e Empacotando).
86
70
81
66
32
27
2
1
11
89
6
46
11
73
25 24 8
1 cobertura
2 impulsor
6 cabo, bomba,
7 anel, cobertura,
8 anel, impulsor,
11 cobertura, câmara de selo,
24 noz, impulsor,
27 anel, cobertura de recheio-caixa,
32 chave, impulsor,
46 chave, juntando,
66 noz, cabo ajustando,
70 junção, cabo,
73 Gasket
81 pedestal, motorista,
86 anel, empurre, divisão
89 selo
117 Bushing, pressão,
reduzindo
FIGURA A.6.1.1(d) Pendeu Impulsor—Separadamente
Única Fase juntada—Em-linha—Junção Rígida.
ANEXE UNS 20–55
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

73
2
1
40
47
81
49
44
88
42 33
18
99
6
16
14
17
89
11
1 cobertura
2 impulsor
6 cabo, bomba,
11 cobertura, câmara de selo,
14 manga, cabo,
16 porte, inboard,
17 glândula
18 porte, externo,
33 boné, agüentando, externo,
40 Deflector
42 junção meio, motorista,
44 junção meio, bomba,
47 selo, agüentando cobertura, inboard,
49 selo, agüentando cobertura, externo,
73 Gasket
81 pedestal, motorista,
88 mais espacial, juntando
89 selo
99 alojamento, agüentando,
FIGURA A.6.1.1(e) Pendeu Impulsor—Separadamente
Única Fase juntada—Em-linha—Junção Flexível.
33 37 65 80 1B 7 8 14 20 35 16 6
22 18 40 1A 2 32 40 31
1A Cobertura, abaixe meio
1B Cobertura, superior meio
2 impulsor
6 cabo
7 anel, cobertura,
8 anel, impulsor,
14 manga, cabo,
16 porte, inboard,
18 porte, externo,
20 noz, manga de cabo,
22 Locknut
31 alojamento, agüentando inboard,
32 chave, impulsor,
33 alojamento, agüentando externo,
35 cobertura, agüentando inboard,
37 cobertura, agüentando externo,
40 Deflector
65 selo, mecânico estacionário
elemento
80 selo, elemento giratório mecânico,
FIGURA A.6.1.1(f) Impulsor Entre Bearings—Separately
Juntado—Única Fase —Axial (Horizontal) Caso Fendido.
20–56 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

37 18B 18A 40 8 16 6 50
22 33 60 11 20 14 1 2 7 32 40 60 31 40
33 alojamento, agüentando, externo,
37 cobertura, agüentando, externo,
40 Deflector
50 Locknut, juntando,
60 anel, óleo,
1 cobertura
2 impulsor
6 cabo
7 anel, cobertura,
8 anel, impulsor,
11 cobertura, recheio-caixa,
14 manga, cabo,
16 porte, inboard, manga,
18A Porte, externo, manga
18B Porte, externo, bola
20 noz, manga de cabo,
22 Locknut, agüentando,
31 alojamento, agüentando, inboard,
32 chave, impulsor,
FIGURA A.6.1.1(g) Impulsor Entre Bearings—Separately Coupled—Single Stage—Radial
(Vertical) Caso Fendido.
ANEXE UNS 20–57
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.6.1.2 A bomba centrífuga é vestida para impulsionar particularmente


a pressão de uma provisão pública ou privada ou bombear de um
tanque de armazenamento onde há uma cabeça estática positiva.
A.6.2 Listed bombas podem ter curva de capacidade de cabeça diferente
formas para uma determinada avaliação. Figura A.6.2 ilustra o extremes
da curva amolda provável. Shutoff encabeçam percorrerá de um
mínimo de 101 por cento para um máximo de 140 por cento de
cabeça taxada. A 150 por cento de capacidade avaliada, variará cabeça
de um mínimo de 65 por cento para um máximo de só debaixo de
cabeça taxada. Bombeie os fabricantes podem prover curvas esperadas
para as bombas listadas deles/delas.
A.6.3.1 See Figura A.6.3.1.
A.6.4.1 são usadas junções Flexíveis para compensar para temperatura
mudanças e permitir movimento de fim do conectado
cabos sem interferir entre si.
A.6.4.4 UMA fundação significativa é importante mantendo
alinhamento. A fundação deveria ser feita preferivelmente de reforçado
concreto.
Cinético
Efeito especial
Impulsor pendeu ou
entre portes
Impulsor de fluxo axial (hélice)
tipo de voluta (horizontal ou vertical)
Regenerativo
turbina
Centrífugo
Tipo de turbina
Impulsor entre
portes
Impulsor pendido
Separadamente juntado,
único e dois fase
Fim juntou,
único e dois fase
Separadamente juntado,
única fase
Separadamente juntado,
multistage
Tipo vertical, único,
e multistage
Molhe voluta de cova
Axial (horizontal) caso fendido
Radial (vertical) caso fendido
Profundamente bem turbina
(inclusive submersibles)
Barril ou pode bombear
Colocação curta ou
fim juntou
Impulsor de fluxo axial (hélice)
ou tipo de fluxo misturado (horizontal
ou vertical)
Única fase
Dois fase
Reversível centrífugo
Axial (horizontal) caso fendido
Radial (vertical) caso fendido
Cobertura giratória (Pitot)
Armação montou
Centerline apóiam
Armação montou
Em-linha
Em-linha
Termine sucção (incluindo
submersibles)
Não mostrado
Figura A.6.1.1(a)
*
Figura A.6.1.1(c)
Figuras A.6.1.1(d) e (e)
Figura A.6.1.1(b)
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Figura A.6.1.1(f)
Figura A.6.1.1(g)
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Não mostrado
Nota: bombas Cinéticas podem ser classificadas através de tais métodos como impulsor ou configuração
de cobertura, aplicação de fim de
a bomba, velocidade específica, ou configuração mecânica. O método usado neste quadro é
principalmente baseado
em configuração mecânica.
*Includes fluxo radial, misturado, e desígnios de fluxo axiais.
FIGURA A.6.1.1(h) Tipos de Bombas Estacionárias.
0
0 50 100 150 200
Taxado
capacidade
Cabeça total taxada
“Apartamento” curva de capacidade de cabeça
Curva de capacidade de cabeça com
forma mais íngreme permissível
Shutoff
150
100
50
140
65
Por cento de cabeça total avaliada
Por cento de capacidade avaliada
FIGURA A.6.2 Bomba Características Curvas.
20–58 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.6.5 Se fossem transportados a bomba e motorista da fábrica


com ambas as máquinas montadas em um prato básico comum, eles,
estava exatamente alinhado antes de remessa. Todos os pratos de base são
então, flexível até certo ponto e não deveria ser confiado
em manter o alinhamento de fábrica. Realignment é necessário
depois que a unidade completa fosse nivelada na fundação
e novamente depois do reboque fixou e parafusos de fundação
foi apertado. O alinhamento deveria ser conferido depois
a unidade transportou e rechecked periodicamente. Facilitar preciso
alinhamento de campo, a maioria dos fabricantes ou não faz
tarugo as bombas ou motoristas nos pratos básicos antes de remessa
ou, no máximo, tarugo a bomba só.
Depois da bomba e unidade de motorista foi colocada no
fundação, a junção que deveriam ser desconectados meio. O
juntando não deveriam ser reconectados até as operações de alinhamento
foi completado.
O propósito da junção flexível é compensar para
temperatura muda e permitir movimento de fim do
cabos sem interferência entre si enquanto transmitindo
dê poder a do motorista à bomba.
As duas formas de misalignment entre o cabo de bomba
e o cabo de motorista é como segue:
(1) Misalignment angular. Cabos com machados concêntrico mas não
paralelo
(2) Misalignment paralelo. Cabos com machados paralelo mas não
concêntrico
As faces da junção dentro as que deveriam ser espaçados meio
as recomendações do fabricante e distante bastante separadamente
de forma que eles não pode golpear um ao outro quando o rotor de motorista for
movido duro em cima de para a bomba. Mesada devida deveria ser
trazido uso dos portes de empurrão. As ferramentas necessárias para
um cheque aproximado do alinhamento de uma junção flexível
é uma extremidade direta e uma medida de vela ou um jogo de medidas de tentáculo.
Um cheque para alinhamento angular é feito inserindo o
medida de vela ou tentáculos a quatro pontos entre a junção
faces e comparando a distância entre as faces às quatro
pontos espaçaram a 90–degree intervalos ao redor da junção. [Veja
Figura A.6.5(a).] A unidade estará em alinhamento angular quando
o espetáculo de medidas que as faces de junção são o mesmo
distancie separadamente a todos os pontos.
Acheck para alinhamento paralelo é feito colocando uma reta
afie por ambas as beiras de junção ao topo, assente, e ambos
lados. [Veja Figura A.6.5(b).] A unidade estará em alinhamento paralelo
quando a extremidade direta descansa uniformemente na beira de junção
a todas as posições.
14
10
11
18 12
9
8
7
5
13
18
19
16
17
15
3
2
4
6
1
1 Aboveground sucção tanque
2 cotovelo de entrada e aço quadrado
vórtice chapeou com dimensões a
menos duas vezes o diâmetro do
tubo de sucção. Distancie acima o
fundo de tanque é um-meia o
diâmetro do tubo de sucção com
mínimo de 6 em. (152 mm).
3 tubo de sucção
4 cobertura de Frostproof
5 junções flexíveis para alívio de tensão
6 OS&Y portão válvula (veja 5.14.5 e
A.5.14.5)
7 redutor excêntrico
8 medida de sucção
9 dividir-caso horizontal bomba de fogo
10 liberação de ar automática
11 medida de descarga
12 baliza de descarga reduzindo
13 válvula de cheque de descarga
14 válvula de alívio (se preciso for)
15 tubo de provisão para proteção de fogo
sistema
16 válvula de dreno ou goteira de bola
17 válvula de mangueira múltiplo com
válvulas de mangueira
18 tubo apóia
19 portão indicando ou indicando
válvula de borboleta
FIGURA A.6.3.1 Dividir-caso Horizontal Instalação de Bomba de Fogo
com Água Proveja Debaixo de uma Cabeça Positiva.
FIGURA A.6.5(a) Conferindo Alinhamento Angular. (Cortesia de
Hidráulicas Instituem Padrões para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando
Bombas.)
FIGURA A.6.5(b) Conferindo Alinhamento Paralelo. (Cortesia de
Hidráulicas Instituem Padrões para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando
Bombas.)
ANEXE UNS 20–59
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Mesada pode ser necessária para mudanças de temperatura e


por juntar meio isso não é do mesmo fora de diâmetro.
Deveria ser tomado cuidado para ter a extremidade direta paralelo para o
machados dos cabos.
Misalignment angular e paralelo são corrigidos através de meios
de shims debaixo do motor que monta pés. Depois de cada mudança, isto
é necessário a recheck o alinhamento da junção meio.
Ajuste em uma direção já pode perturbar ajustes
feito em outra direção. Não deveria ser necessário ajustar
o shims debaixo da bomba.
A quantia permissível de misalignment variará com
o tipo de bomba, motorista, e fabricante de junção,
modele, e tamanho.
O melhor método por pôr a junção meio em final
alinhamento preciso está pelo uso de um indicador de dial.
Quando o alinhamento está correto, os parafusos de fundação,
deveria ser apertado uniformemente mas não muito firmemente. A unidade pode
então seja rebocado à fundação. O prato básico deveria ser
completamente enchido com reboque, e é desejável rebocar o
pedaços niveladores, shims, ou cunhas em lugar. Parafusos de fundação
não deveria ser apertado completamente até o reboque é endurecido, normalmente
aproximadamente 48 horas depois de verter.
Depois do reboque fixou e os parafusos de fundação foram
corretamente apertado, a unidade deveria ser conferida para paralelo
e alinhamento angular, e, se medidas necessárias, corretivo
levado. Depois do piar da unidade esteve conectado, o
alinhamento deveria ser conferido novamente.
A direção de rotação de motorista deveria ser conferida
faça certo que emparelha isso da bomba. O correspondendo
direção de rotação da bomba é indicada por um
seta de direção na cobertura de bomba.
A junção que podem ser reconectados meio então. Com o
bombeie preparado corretamente, a unidade deveria ser operada então abaixo
condições operacionais normais até que temperaturas estabilizaram.
Deveria ser fechado então e imediatamente deveria ser conferido
novamente para alinhamento da junção. Todo o alinhamento confere
deveria ser feito com a junção meio desconectado e
novamente depois que eles sejam reconectados.
Depois que a unidade estivesse em operação durante aproximadamente 10 horas
ou 3 meses, a junção que deveriam ser dados meio para um final,
cheque para misalignment causado por tubo ou temperatura
tensões. Se o alinhamento é ambos bomba correta e motorista
deva ser dowelled ao prato básico. Local de tarugo é mesmo
importante e as instruções do fabricante deveriam ser
seguido, especialmente se a unidade é sujeitada a temperatura
mudanças.
A unidade deveria ser conferida periodicamente para alinhamento. If
a unidade não fica em linha depois de ser instalado corretamente, o
seguir são possíveis causas:
(1) resolvendo, temperando, ou pulando da fundação e
tubo puxa torcendo ou trocando a máquina
(2) usando dos portes
(3) pulando do prato básico através de calor de um adjacente
tubo a vapor ou de uma turbina a vapor
(4) trocando da estrutura de edifício devido a variável carregar
ou outras causas
(5) a unidade e fundação é nova, e o alinhamento
possa precisar ser reajustado ligeiramente de vez em quando.
A.7.1 que operação Satisfatória de bombas de turbine–type verticais é
dependente a uma extensão grande em instalação cuidadosa e correta
da unidade; então, é recomendado que isto trabalhe
seja feito debaixo da direção de representante da bomba
fabricante.
A.7.1.1 que A bomba de turbine–-tipo de cabo vertical é particularmente
satisfatório para serviço de bomba de fogo onde a fonte de água é
localizado debaixo de chão e onde seria difícil para
instale qualquer outro tipo de bomba debaixo da água mínima
nível. Foi projetado originalmente para instalação dentro perfurou
poços mas é permitido ser usado para erguer água de lagos,
fluxos, pântanos abertos, e outras fontes de subsurface. Ambos
incluso-linha-cabo óleo-lubrificado e água-lubrificou
bombas de aberto-linha-cabo são usadas. (Veja Figura A.7.1.1.) Alguns
departamentos de saúde contestam ao uso de óleo-lubrificou
bombas; deveriam ser consultadas tais autoridades antes de proceder
com desígnio óleo-lubrificado.
A.7.2.1.1 Stored que água provê de reservatório ou tanques prover
covas molhadas são preferíveis. Lagos, fluxos, e groundwater
materiais são aceitáveis onde espetáculos de investigação que eles
pode ser esperado que proveja uma provisão satisfatória e segura.
Óleo-lubrificado,
lineshaft incluso bombeiam,
debaixo da terra descarregue,
coluna de flanged e tigelas
Água-lubrificado,
lineshaft aberto bombeiam,
descarga de superfície,
coluna enfiada e tigelas
FIGURA A.7.1.1 Water-Lubricated e Óleo-lubrificou Cabo
Bombas.
20–60 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.7.2.1.2 A autoridade que tem jurisdição pode requerer um


análise de desempenho de aquifer. A história da mesa de água
deveria ser investigado cuidadosamente. O número de poços já
em uso na área e o número provável que podem ser em uso
deveria ser considerado em relação ao total de água
disponível para propósitos de proteção de fogo.
A.7.2.2.1 See Figura A.7.2.2.1.
A.7.2.2.2 As velocidades no canal de aproximação ou entrada
tubo não deveria exceder aproximadamente 0.7 m/sec (2 ft/sec),
e a velocidade na cova molhada não deveria exceder aproximadamente
0.3 m/sec (1 ft/sec). (Veja Figura A.7.2.2.2.)
A aproximação ideal é diretamente uma vinda de canal direta para
a bomba. Voltas e obstruções são prejudiciais porque
eles podem causar correntes de remoinho e podem tender a iniciar fundo-descaroçou
vortices. A quantia de submersão para operação próspera
grandemente dependa das aproximações da entrada e o
tamanho da bomba.
Os Padrões de Instituto de Hidráulicas para Centrífugo, Rotativo e
Reciprocando Bombas recomenda dimensões de fossa para fluxos
11,355 L/min (3000 gpm) e maior. O desígnio de fossas para
bombas com capacidades de descarga menos de 11,355 L/min
(3000 gpm) deveria ser guiado pelos mesmos princípios gerais
mostrado nos Padrões de Instituto de Hidráulicas para Centrífugo, Rotativo
e Reciprocando Bombas.
A.7.2.5 Onde poços levam a provisão deles/delas de formações consolidadas
como pedra, as especificações para o bem deveria ser decidido
em pela autoridade que tem jurisdição depois de consulta
com consultor de groundwater reconhecido na área.
A.7.2.7 Antes de a bomba permanente ser ordenada, a água
do bem deveria ser analisado para corrosiveness, enquanto incluindo
tais artigos como pH, sais como cloreto, e prejudicial
gases como gás carbônico (CO2) ou sulfide de hidrogênio
(H2S). Se a água for corrosiva, as bombas deveriam ser construídas
de um material corrosão-resistente satisfatório ou coberto
com camadas protetoras especiais conforme o
fabricantes recomendações de '.
A.7.3.1 See Figura A.7.3.1.
A.7.3.2.1 Em países que utilizam o sistema métrico, lá faça
não pareça ser unificados avaliações de fluxo para capacidades de bomba;
então, uma conversão métrica macia é utilizada.
A.7.3.5.3 Water que descoberta nivelada que usa o método de linha de ar é
como segue:
(1) um método satisfatório de determinar o nível de água
envolve o uso de uma linha de ar de tubo pequeno ou entubando de
comprimento vertical conhecido, uma pressão ou medida de profundidade, e
uma bicicleta ordinária ou bomba automóvel instalaram como
mostrado em Figura A.7.3.5.3. O tubo de linha de ar deveria ser
de comprimento conhecido e estende além do mais baixo antecipado
nível de água no bem, assegurar mais seguro
meça leituras, e deveria ser instalado corretamente. An
medida de pressão de ar é usada para indicar a pressão dentro
a linha de ar. (Veja Figura A.7.3.5.3.)
(2) o tubo de linha de ar é abaixado no bem, uma baliza é colocada
na linha sobre o chão, e uma medida de pressão é
atarraxado em uma conexão. A outra conexão é
provido com uma válvula de bicicleta ordinária para qual uma bicicleta
bomba é fixa. Todas as juntas deveriam ser feitas cuidadosamente
e deveria ser hermético obter informação correta.
Quando ar está forçado na linha por meio da bicicleta
bombeie, os aumentos de pressão de medida até toda a água
foi expelido. Quando este ponto é alcançado, o
leitura de medida fica constante. O máximo manteve
pressão de ar registrada pela medida é equivalente
para aquele necessário apoiar uma coluna de água do
mesma altura como isso forçado fora da linha de ar. O
comprimento desta coluna de água é igual à quantia de
linha de ar submergiu.
Válvulas de mangueira
preferivelmente
localizado
fora de
Escoe válvula
ou goteira de bola
Descarga
válvula de portão
Descarregue baliza
Nível de água estático antes de bombear
Nível de água bombeando às 150 por cento
de capacidade de bomba avaliada
Escoe abaixo
Sucção de cesta
coador
(substituto
coador cônico)
Nozzle de sucção
Tigela de bomba
assembléia
Tubo de coluna
Descarga
cabeça
Buraco
cabo
elétrico
motor
Medida de descarga
Mangueira conexão portão válvula
Descarga
cheque
válvula
Liberação de ar
válvula
Válvula de alívio
Mínimo
submersão
3.2 m (10 ft)
Nota: A distância entre o fundo do coador e o fundo
da cova molhada deveria ser um-meia do diâmetro de tigela de bomba mas não menos
que 305 mm (12 em.).
FIGURA A.7.2.2.1 Cabo Vertical Turbine–Type Bomba Instalação
em um Bem.
Água alta
Telas
Mais baixo de pé
nível de água
Coador
Jarda sistema
Painel removível
Tela elevou
Prateleira
Fundo
de reservatório
FIGURA A.7.2.2.2 Cabo Vertical Turbine–Type Bomba Instalação
em uma Cova Molhada.
ANEXE UNS 20–61
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

(3) deduzindo esta pressão convertida a metros (pés)


(pressão em barra × 10.3 = pressão em metros, e pressão
em psi × 2.31 = pressão em pés) do conhecido
comprimento da linha de ar dará a quantia de
submersão.
Exemplo: O cálculo seguinte servirá clarificar
Figura A.7.3.5.3.
Assuma um comprimento (L) de 15.2 m (50 ft).
A leitura de medida de pressão antes de começar o fogo
bomba (p1) = 0.68 barra (10 psi). Então UM = 0.68 × 10.3 = 7.0 m
(10 × 2.31 = 23.1 FT). Então, o nível de água no bem
antes de começar a bomba estaria B = L - ?A = 15.2 m - ?7 m
= 8.2 M (B = L - ?A = 50 FT - ?23.1 FT = 26.9 FT).
A leitura de medida de pressão quando bomba está correndo
(p2) = 0.55 barra (8 psi). Então C = 0.55 × 10.3 = 5.6 m (8 × 2.31
= 18.5 ft). Então, o nível de água no bem quando o
bomba está correndo seria D = L - ?C = 15.2 m - ?5.6 m = 9.6 m
(D = L - ?C = 50 FT - ?18.5 FT = 31.5 FT).
O drawdown podem ser determinados por qualquer do seguinte
métodos:
(1) D - ?B = 9.6 M - ?8.2 M = 1.4 M (31.5 FT - ?26.9 FT = 4.6 FT)
(2) UM - ?C = 7.0 M - ?5.6 M = 1.4 M (23.1 FT - ?18.5 FT = 4.6 FT)
(3) p1 - ?p2 = 0.68 - ?0.55 = 0.13 barra = 0.13 × 10.3 = 1.4 m
(10 - ?8 = 2 PSI = 2 × 2.31 = 4.6 FT)
A.7.4 que Vários métodos de instalar uma bomba vertical podem ser
seguiu, enquanto dependendo no local do bem e instalações
disponível. Desde que a maioria da unidade é subterrâneo, extremo
deveria ser usado cuidado em assembléia e instalação, completamente,
conferindo o trabalho como progride. O seguinte simples
método é o mais comum:
(1) construa um tripé ou derrick portátil e use dois jogos de
braçadeiras instalando em cima do aberto bem ou casa de bomba. Depois de
o derrick está em lugar, o alinhamento deveria ser conferido
cuidadosamente com o bem ou cova molhada para evitar qualquer dificuldade quando
fixando a bomba.
(2) prenda o jogo de braçadeiras à sucção transporte em qual o
coador já foi colocado e foi abaixado o tubo em
o bem até as braçadeiras descanse em um bloco ao lado do bem
cobertura ou na fundação de bomba.
(3) prenda as braçadeiras à assembléia de fase de bomba, traga o
assembléia em cima do bem, e instala fases de bomba à sucção
transporte, até que cada pedaço foi instalado em acordo
com as instruções do fabricante.
A.7.6.1.1 que A colocação dos impulsores deveria ser empreendida
só por representante do fabricante de bomba. Impróprio
fixando causarão perda de fricção excessiva devido à fricção de
6
9
10
Serviço
chão
Coluna
tubo
Tigela de bomba
assembléia
Fossa
Coador
9
3
1
5
4
8
7
10
Transporte
desperdício
Para sistema
Instalação com
válvula de alívio
2
Descarga
baliza
Cabeça
Cabo oco
motor elétrico (mostrado);
engrenagem de direito-ângulo para
passeio de máquina (não mostrado)
1
Acesso
manhole
Topo
chão
Cone ou
funil
1 liberação de ar automática
2 medida de descarga
3 baliza de descarga reduzindo
4 válvula de cheque de descarga
5 válvula de alívio (se preciso for)
6 tubo de descarga
7 válvula de dreno ou goteira de bola
8 válvula de mangueira múltiplo com válvulas de mangueira
9 tubo apóia
10 portão indicando ou indicando borboleta
válvula
3
14
Instalação
sem válvula de alívio
FIGURA A.7.3.1 Belowground Descarga Arranjo.
C
A
D
B
Medida de pressão
Bomba de ar
Drawdown
L*
Aproximadamente 50 mm (2 em.) sobre
orla de coador para manter claro de
fluxo de água em bomba
*Must seja conhecido.
FIGURA A.7.3.5.3 Ar Linha Método de Determinar Profundidade de
Nível de água.
20–62 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

impulsores em selos de bomba que resultam em um aumento em poder


demanda. Se os impulsores são ajustados muito alto, haverá um
perda em capacidade, e capacidade completa é vital para serviço de bomba de fogo. O
tampe noz de cabo deveria ser fechada ou deveria ser fixada depois de própria colocação.
A.7.6.1.4 Pumping para o que são conferidas unidades na fábrica
suavidade de desempenho e deveria operar satisfatoriamente
no trabalho. Se vibração excessiva está presente, as condições seguintes,
poderia estar causando a dificuldade:
(1) bomba curvada ou cabo de coluna
(2) impulsores não corretamente fixado dentro das tigelas de bomba
(3) bombeie não se mantendo livremente o bem
(4) tensão transmitiu pelo descarga transportar
Temperatura de motor excessiva geralmente é causada ou por
uma baixa voltagem mantida do serviço elétrico ou por impróprio
fixando de impulsores dentro das tigelas de bomba.
A.8.1 Todas as exigências em Capítulo 5 poderiam não aplicar para
bombas de deslocamento positivas.
A.8.1.2 atenção Especial para o inlet de bomba tamanho sereno e
comprimento deveria ser notado.
A.8.1.2.2 Este material descreve uma característica de bomba de amostra
curva e dá um exemplo de métodos de seleção de bomba.
Curvas de desempenho características deveriam estar em acordo
com HI 3.6, Testes de Bomba Rotativos.
Exemplo: Um engenheiro está projetando uma proteção de fogo de espuma-água
sistema. Foi determinado, depois de aplicação de
fatores de segurança apropriados que as necessidades de sistema uma espuma
concentre bomba capaz de 45 gpm ao sistema de máximo
pressão de 230 psi. Usando a curva de desempenho (veja
Figura A.8.1.2.2) para modelo de bomba “XYZ-987,” esta bomba é
selecionado para a aplicação. Primeiro, ache 230 psi no horizontal
eixo etiquetou “pressão de Diferencial,” então proceda
vertically para a curva de fluxo para 45 gpm. É notável que isto
bomba particular produz 46 gpm a um motor standard
velocidade designou “rpm-2.” Esta bomba é um ajuste excelente para
a aplicação. Logo, proceda à curva de poder para o
mesma velocidade de rpm-2 a 230 psi e achado que requer
13.1 hp para dirigir a bomba. Um motor elétrico será usado
para esta aplicação, assim um 15 hp viajam de automóvel a rpm-2 é o primeiro
motor disponível que taxa sobre esta exigência mínima.
A.8.1.5 bombas de deslocamento Positivas são dependente de tolerância.
Corrosão pode afetar desempenho de bomba e função.
(Veja HI 3.5, Padrão para Bombas Rotativas para Nomenclatura, Projete,
Aplicação e Operação.)
A.8.2.2 taxas de fluxo Específicas deveriam ser determinadas pelo
padrão de NFPA aplicável. Viscose concentra e elementos aditivos
tenha perda de fricção de tubo significante do tanque de provisão
para a sucção de bomba.
A.8.2.5 Generally, capacidade de bomba é calculada multiplicando
o fluxo de água de máximo pela porcentagem de concentração
desejado. Para aquele produto é somado uns 10 por cento “em cima de demanda”
assegurar aquela capacidade de bomba adequada está disponível debaixo de tudo
condições.
A.8.2.6 Generally, concentre pressão de descarga de bomba é
exigido ser acrescentado à pressão de água de máximo ao
ponto de injeção mais 2 barra (25 psi).
A.8.3.1 não é a intenção deste padrão para proibir o uso
de bombas estacionárias para sistemas de névoa de água.
A.8.4.2 bombas de deslocamento Positivas são capazes de exceder depressa
a máximo desígnio descarga pressão deles/delas se operou
contra um sistema de descarga fechado. Outras formas de dispositivos protetores
(por exemplo, automatic shutdowns, rupture discs) are considered a
parte do sistema bombeando e geralmente está além da extensão
da provisão do fabricante de bomba. Estes componentes devem
seja projetado seguramente em e proveu pelo desenhista de sistema
and/or pelo usuário. (Veja Figura A.8.4.2 para plano esquemático proposto de
bombeie exigências.)
A.8.4.3 Só o retorno para fonte e estilos externos deve
seja usado quando a linha de saída pode ser fechada para mais que alguns
minutos. Operação de uma bomba com uma válvula de alívio integrante e
uma linha de saída fechada causará aquecendo demais da bomba e um
descarga espumosa de fluido depois que a linha de saída seja reabrida.
A.8.4.4 Backpressure no lado de descarga da pressão
válvula de alívio deveria ser considerada. (Veja Figura A.8.4.4 para propôs
plano esquemático de exigência de bomba.)
Coador de A.8.4.5 recomendou que tamanho de malha seja baseado no
tolerâncias de bomba internas. (Veja Figura A.8.4.5 para padrão
tamanhos de malha.)
A.8.5.1 pelo que são dirigidas bombas de deslocamento Positivas tipicamente
motores elétricos, máquinas de combustão internas, ou motores de água.
A.8.6 que Estes controladores podem incorporar pretende permitir
descarga automática ou alívio de pressão ao começar o
bombeie o motorista.
Horsepower de motor (hp) exigido
14
kW requereram
12
10
8
6
4
2
0
0 25 50 75 100 125 150 175 200 225 250 275 300
rpm-1
rpm-2
rpm-3
rpm-4
Pressão de diferencial (psi)
Capacidade (gpm)
L/min
125
100
75
50
(46 gpm)
(13.1 hp)
20
18
16
14
12
10
8
6
4
2
0
70
65
60
55
50
45
40
35
30
25
10
20
15
150
175
200
225
250
Companhia de Bomba de exemplo
Modelo de bomba: XYZ-987
UL listou para gama de capacidade de 20 gpm a 60 gpm *
rpm-4
rpm-3
rpm-2
rpm-1
*Conforms para exigências de Capítulo 8 em espuma de deslocamento positiva
concentre e bombas aditivas.
FIGURA Exemplo de A.8.1.2.2 de Bomba de Deslocamento Positiva
Seleção.
ANEXE UNS 20–63
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.9.2.3 Um em-local que facilidade de produção de poder elétrica localizou


nas premissas servidas pela bomba de fogo é considerado um aceitável
facilidade se está em uma casa de poder separada ou cortou
dos edifícios principais. Pode ser usado como um dos dois
fontes de provisão atual. Onde duas fontes são usadas com
interruptores de transferência de poder, veja NFPA 70, Código Elétrico Nacional,
Artigo 695.
A.9.2.4 UMA fonte de poder segura possui a seguinte
características:
(1) rompimentos de poder infreqüentes de ambiental ou
manmade condiciona
Espumar
sistema
Tanque de espuma
Método aceitável para devolver fluxo de válvula de alívio
Espuma fluxo teste volta
Aviste copo
OS&Y sucção isolamento
válvula de portão
Coador de sucção
10 mínimo de diâmetros de tubo
Bombeie porto de sucção
Pressione válvula de alívio
Transporte baliza
Porto de descarga de bomba
Confira válvula
OS&Y descarregam
válvula de portão de isolamento
Teste válvula de isolamento
Orifice chapeou dispositivo de teste
89 mm (3?/2 em. ) medida de descarga
89 mm (3?/2 em.)
sucção combinação
medida
FIGURA A.8.4.2 Bomba de Espuma Típica que Transporta e Ajustes.
Molhar
sistema de névoa
Método aceitável para devolver fluxo de válvula de alívio
Volta de teste de fluxo
Aviste copo
*
*
OS&Y sucção isolamento
válvula de portão
Coador de sucção
10 mínimo de diâmetros de tubo
89 mm (3?/2 em.) combinação
medida de sucção
*Acceptable para
examine para escoar,
bombeie sucção,
ou provisão
Bombeie porto de sucção
Pressione válvula de alívio
Transporte baliza
Porto de descarga de bomba
Confira válvula
OS&Y descarregam
válvula de portão de isolamento
Teste válvula de isolamento
Orifice chapeou dispositivo de teste
89 mm (3?/2 em.)
medida de descarga
De
provisão
FIGURA A.8.4.4 Água Névoa Sistema Bomba Típica que Transporta e Ajustes.
Malha
Abrindo (em.)
Abrindo (?)
20
0.034
860
40
0.015
380
60
0.0092
230
80
0.007
190
100
0.0055
140
FIGURA A.8.4.5 Padrão Malha Tamanhos.
20–64 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

(2) Aseparate consertam conexão ou conexão à provisão


lado do serviço desconecta
(3) serviço e condutores de cevador ou enterraram abaixo
50 mm (2 em.) de concreto ou encaixou em 50 mm (2 em.) of
concreto ou amura dentro de um edifício
Métodos típicos de derrotar poder da fonte para o motor
é mostrado em Figura A.9.3.2. Outras configurações também são
aceitável. A determinação da confiança de um serviço é esquerda
até a discrição da autoridade que tem jurisdição.
A.9.3 Onde arrisca envolveu é grande e interrupção de fogo
serviço de bomba afetaria proteção, pelo menos dois, seriamente
circuitos separados do plant(s de poder) para o quarto de bomba
deveria ser provido. Os circuitos deveriam ser corridos por separe
rotas ou de tal uma maneira que fracasso de mais que um ao
mesmo tempo seria só uma possibilidade remota.
Um circuito completamente subterrâneo da estação geradora
para o quarto de bomba é recomendado fortemente e deve
seja obtido onde praticável. Onde tal construção é
não disponível, um em cima circuito é permitido, mas aquela parte de
o circuito adjacente à planta servida pela bomba de fogo ou para
expondo plantas deveriam ser corridos com referência especial para danificar
no caso de fogo. Onde o quarto de bomba é parte de, ou em fim
proximidade para, a planta que a bomba é projetada para proteger,
os arames deveriam ser subterrâneos para um pouco de distância do
quarto de bomba.
A.9.3.1 Debaixo de condições de fogo de premissa, serviço e cevador
conexões são suscetíveis a fracasso de se desmoronar estrutural
e outros sócios dentro da premissa como também fracasso
de fogo. Debaixo de condições de fogo geradas por overcurrent
dentro destes conserte e condutores de cevador, as características,
de 9.3.1 minimize a possibilidade de expansão de fogo.
Métodos típicos de derrotar poder da fonte para o
motor é mostrado em Figura A.9.3.2. Outras configurações são
também aceitável.
A.9.3.2 See Figura A.9.3.2.
A.9.3.2.2.2 Onde o poder alternado é de um gerador de em-local,
a necessidade de equipamento de serviço alternada não seja localizada dentro
o quarto de bomba de fogo.
O comitê considerou o arranjo potencial de
poder de bomba de fogo provendo do lado secundário do
transformador que provê outras cargas elétricas da facilidade.
O comitê reconhece que é possível prover o
poder de bomba de fogo à frente de outras cargas de planta e proteger o
fogo bomba poder circuito por própria coordenação elétrica.
Porém, o comitê está preocupado que, enquanto respondendo
a uma emergência, bombeiros poderiam buscar desconectar elétrico
dê poder a à facilidade abrindo o transformador primário
desconecte, o qual neste caso isolaria poder ao fogo
bombeie como bem. Além, o comitê está preocupado que
a coordenação elétrica projetada pode ser chegada a um acordo por
continuamente cargas elétricas adicionais para a facilidade dão poder a distribuição
sistema. Então, se serviço elétrico é provido o
facilidade a voltagem mais alto que voltagem de utilização, o comitê
tatos que um transformador separado para prover poder para o
bomba de fogo é apropriada.
A.9.4 Normally, condutor classificar segundo o tamanho é baseado em seções
apropriadas
de NFPA70, Código Elétrico Nacional, Artigo 430, exclui maior
poderiam ser exigidos tamanhos satisfazer para as exigências de NFPA 70,
Seção 695.7 (NFPA20, Seção 9.4). Transformador classificar segundo o tamanho é ser
conforme NFPA 70, Seção 695.5(a), exclua maior
poderiam ser exigidos tamanhos mínimos satisfazer para as exigências de
NFPA 70, Seção 695.7 (NFPA 20, Seção 9.4).
A.9.5.1.3 As correntes de rotor fechadas para 460 motores de V são aproximadamente
seis vezes o cheio-carga atual.
A.9.6.2 Onde um gerador é instalado para prover poder para
cargas além de um ou mais fogo bombeiam motoristas, o combustível,
provisão deveria ser classificada segundo o tamanho para prover combustível adequado para
tudo conectou
cargas para a duração desejada. As cargas conectadas
possa incluir tal carrega como emergência iluminando, signage de saída,
e elevadores.
A.10.1.2.2 A frase satisfatório para meios de uso que o controlador
e transfere interruptor foi protótipo testado e demonstrou
por estes testes o deles/delas dê curto circuito withstandability e interrompendo
capacidade à magnitude declarada de dê curto circuito corrente
e voltagem disponível aos términos de linha deles/delas. (Veja ANSI/UL 509,
Padrão para Segurança Equipamento de Controle Industrial, e ANSI/UL 1008,
Padrão para Segurança Interruptores de Transferência Automáticos.)
Um dê curto circuito estudo deveria ser feito estabelecer o
disponível dê curto circuito corrente ao controlador em acordo
com IEEE 141, Distribuição de energia elétrica para Industrial
Plantas; IEEE 241, Sistemas Elétricos para Edifícios Comerciais; ou
outros métodos aceitáveis.
Depois do controlador e interruptor de transferência foi sujeitado
para uma corrente de falta alta, eles podem não ser satisfatórios para
mais adiante use sem inspeção ou conserto. (Veja NEMA ICS 2.2,
Manutenção de Controladores de Motor Depois de uma Condição de Falta.)
Arranjo UM Arranjo B
Conserte em fogo
motor de bomba
utilização
voltagem
Conserte os condutores
(veja NFPA 70, Artigo 230)
Conserte os condutores
(veja NFPA 70, Artigo 230)
Conserte a diferente de
motor de bomba de fogo
voltagem de utilização
Incendiar
bomba
auxiliar
cargas
(opcional)
Fogo
bomba
controlador
Para outro
interruptores de serviço
e cargas de planta
Incendiar bomba auxiliar
cargas (opcional)
Proteção de Overcurrent
por NFPA 70,
Seções 240.3(a)
e 695.5
Conexão
por NFPA 70,
Seção
450.3(a)(3)
Fogo
bomba
controlador
MM
Podem ser usados britadores de *Circuit ou interruptores de fusible.
*Service
equipamento
(veja 9.3.2.2.5)
M Motor
*
*
FIGURA A.9.3.2 Arranjos de Provisão de Poder Típicos de
Fonte para Viajar de automóvel.
ANEXE UNS 20–65
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.10.2.1 Se o controlador deve ser localizado fora da bomba


se aloje, uma abertura vítrea deveria ser provida na bomba
parede de quarto para observação do motor e bombeia durante começar.
A pressão controle tubo linha deveria ser protegida
contra gelar e dano mecânico.
A.10.3.3.1 Para mais informação, veja NEMA 250, Documentos anexos,
para Equipamento Elétrico.
A.10.3.6 Para mais informação, veja NFPA 70, Nacional Elétrico
Código.
A.10.3.7.3 Pump os operadores deveriam estar familiarizados com instruções
contanto para controladores e deveria observar tudo em detalhes
as recomendações deles/delas.
Operação de A.10.4.1 do arrester de onda não deveria causar
o interruptor isolando ou o britador de circuito para abrir. Arresters
em ANSI/IEEE C62.11, Padrão de IEEE para Metal-óxido
Onda Arresters para AC Poder Circuitos, normalmente é zinco-óxido
sem aberturas.
A.10.4.2.1.2 Para mais informação, veja NFPA 70, Nacional,
Código elétrico.
A.10.4.2.3 Para mais informação, veja NFPA 70, Nacional Elétrico
Código.
A.10.4.3.1 Para mais informação, veja NFPA 70, Nacional Elétrico
Codifique, Artigo 100.
Deveria ser prestada Atenção de A.10.4.3.3 ao tipo de serviço
fundamentando para estabelecer britador de circuito que interrompe avaliação
baseado em fundamentar tipo empregado.
A.10.4.3.3.1(4) A avaliação interrompendo pode ser menos que o
conveniência que taxa onde outros dispositivos dentro do controlador ajudam
no processo atual-interrompendo.
A.10.4.3.3.2 limiters Atual estão derretendo dispositivos de ligação-tipo
que, onde usado como uma parte integrante de um britador de circuito, limite
a corrente durante um circuito curto para dentro do interromper
capacidade do britador de circuito.
A.10.4.4.1(3) é recomendado que o overcurrent de rotor fechado
dispositivo não seja reajustado mais de dois tempos sucessivos se
tropeçado devido a uma condição de rotor fechada sem inspecionar primeiro
o motor para aquecimento excessivo e aliviar ou eliminar o
causa que impede para o motor de atingir própria velocidade.
A.10.4.5.6.2 O alarme deveria incorporar indicação visível local
e contatos para indicação remota. O alarme pode ser
incorporado como parte do poder indicação disponível e perda
de alarme de fase [veja 10.4.6.1 e 10.4.7.2(B)].
A.10.4.6 O abajur de piloto para alarme e serviço notável deve
tenha voltagem operacional menos que a voltagem avaliada do abajur
assegurar vida operacional muito tempo. Quando necessário, um resistor satisfatório
ou transformador potencial deveria ser usado para reduzir a voltagem
por operar o abajur.
A.10.4.7 Onde condições incomuns existem por meio de que bombeia operação
não é certo, um “falhar-para-opere” alarme é recomendado.
Para supervisionar a fonte de poder para o alarme
circuito, o controlador pode ser organizado para começar em fracasso de
o poder de circuito de alarme supervisionado.
A.10.5.1 que As definições seguintes são derivadas de NFPA70,
Código Elétrico nacional:
(1) automático. Ego-suplente, operando por seu próprio mecanismo quando
movido por um pouco de influência impessoal, como, por exemplo, um
mude em força atual, pressão, temperatura, ou mecânico
configuração.
(2) Nonautomatic. Ação que requer intervenção para seu controle.
Como aplicado a um controlador elétrico, nonautomatic
controle necessariamente não insinua um controlador manual,
mas só aquela intervenção pessoal é necessária.
Instalação de A.10.5.2.1 da linha pressão-sentindo entre
a válvula de cheque de descarga e a válvula de controle é necessária para
facilite isolamento do controlador de bomba de jóquei (e sentindo
linha) para manutenção sem ter que escoar o sistema inteiro.
[Veja Figura A.10.5.2.1(a) e Figura A.10.5.2.1(b).]
Não indicando menos de 5 ft 0 dentro.
controle válvula
Conecte um
chefe batido
ou outro
satisfatório
saída entre
o indicando
controle válvula
e confere válvula
? /2 em. válvulas de globo
Se pulsação de água causa operação irregular do
interruptor de pressão ou o registrador, uma câmara de ar de supplemental,
ou de abafador de pulsação poderia ser precisado
? /4 em. tomada
? /2 em. válvulas de globo
Sucção
Válvulas de cheque de bronze com
? /32 em. orifice em aplaudidor
Não menos que? /2 em. metais transportam
com ajustes de metal ou equivalente
Controle painel
Pressão
interruptor
UM B
Teste conexão a UM ou B
? /4 em. tomada
Notas:
1. Válvula de dreno de solenóide usada para bombas de fogo máquina-dirigidas pode ser a UM, B,
ou dentro de documento anexo de controlador.
2. Se água está limpa, uniões de chão-face com diafragmas incorrosívéis,
perfurado para? /32 em. podem ser usados orifices em lugar das válvulas de cheque.
3. Para unidades de SI, 1 em. = 25.4 mm; 1 ft = 0.3048 m.
FIGURA A.10.5.2.1(a) Conexão Serena para Cada Automático
Interruptor de pressão (para Bomba de Fogo e Bombas de Jóquei).
Nota: Confira válvulas ou uniões de chão-face que obedecem 10.5.2.1.
Jóquei
bomba
controlador
Fogo
proteção
sistema
Veja Nota
Veja Nota
Água
provisão
Fogo
bomba
controlador
Jóquei
bomba
Fogo
bomba
Mínimo
1.5 m (5 ft)
Mínimo
1.5 m (5 ft)
FIGURA A.10.5.2.1(b) Conexão Serena para Pressão -
Linha sentindo.
20–66 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.10.5.2.1.6(E) O registrador de pressão deveria ser capaz para


registre uma pressão pelo menos 150 por cento da descarga de bomba
pressione debaixo de condições de nenhum-fluxo. Um alto-elevação construindo,
esta exigência pode exceder 27.6 barra (400 psi). Esta pressão
registrador deveria ser legível sem abrir a bomba de fogo
documento anexo de controlador. Esta exigência não designa um
dispositivo gravador separado para cada controlador. Um único multichannel
dispositivo gravador pode servir sensor múltiplos.
A.10.5.3.2 A emergência-corrida que controle mecânico provê
meios para externamente, fechando o contactor de motor manualmente
por-o-linha para começar e correr o motor de bomba de fogo. É planejado
para uso de emergência quando operação de electric/magnetic normal
do contactor não é possível.
Quando tão usado em controladores projetados para reduzido-voltagem
começando, a 15 por cento voltagem gota limitação em Seção 9.4,
não é aplicável.
A.10.7 que A autoridade que tem jurisdição pode permitir para o uso
de controlador de limitado-serviço para situações especiais onde tal
uso é aceitável a autoridade dita.
A.10.8 o controlador de bomba de fogo Típico e arranjos de interruptor de
transferência
é mostrado em Figura A.10.8. Outras configurações
também possa ser aceitável.
A.10.8.2 O compartmentalization ou separação é prevenir
propagação de uma falta em um compartimento para a fonte
no outro compartimento.
A.11.1.2 que O motor diesel de ignição de compressão tem provou
ser o mais seguro das máquinas de combustão internas
para bombas de fogo motrizes.
A.11.2.2.2 Para mais informação, veja SAE J-1349, Máquina,
Código de Teste de poder—Ignição de Faísca e Máquina de Compressão.
A.11.2.2.4 See Figura A.11.2.2.4.
A.11.2.2.5 Pump que elevação de temperatura de quarto deveria ser considerada
ao determinar o máximo temperatura ambiente
especificado. (Veja Figura A.11.2.2.5.)
A.11.2.4.8 UMA couraça no documento anexo assegurará instalação elétrica pronta
no campo entre os dois jogos de términos.
Deveriam ser feitas Terminações de A.11.2.4.9 para usando separado
conectores de compressão de anel-tipo para poste-tipo terminal
blocos. Sela-tipo blocos terminais deveriam ter o arame
tirado com aproximadamente 1.6mm(1/16 dentro.) de exibição de arame nua depois de
inserção no sela para assegurar que nenhum insulation está abaixo
o sela. Deveriam ser arrastados arames para assegurar tensão adequada
da terminação.
A.11.2.4.10 operação mecânica Manual da bateria principal
contactor evitarão tudo da instalação elétrica de circuito de controle
dentro do controlador.
A.11.2.4.13 Traditionally, máquinas foram construídas com mecânico
dispositivos para controlar a injeção de combustível na combustão
câmara. Obedecer exigências para reduzido
esvazie emissões, muitos fabricantes de máquina incorporaram
eletrônica para controlar o processo de injeção de combustível, assim,
alavancas eliminando e acoplamentos. Muitos do mecanicamente
já não são fabricadas máquinas controladas.
Para outro
gerador
cargas
Transferência
interruptor
NE
Podem ser usados britadores de *Circuit ou interruptores de fusible.
Veja
10.8.2.2
Veja
9.3.2
Veja 9.6.5
Normal
fonte
Substituto
fonte
M Motor Gerador de G
Perda de fase /
fase
reversão
monitorando
ponto
M
Normal
fonte
G
NE
Veja
10.8.2.1
Veja
10.8.2.1.2
M
Emergência de E Normal de N
Substituto
fonte
ARRANJO EU ARRANJO II
*
*
*
FIGURA A.10.8 o Controlador de Bomba de Fogo Típico e Transferência
Troque Arranjos.
1.02
1.00
0.98
0.96
0.94
0.92
0.90
0.88
0.86
0.84
0.82
0.80
0.78
0.76
0.74
0.72
0.70
0.68
(0) (2,000) (4,000) (6,000) (8,000) (10,000)
Elevação acima do nível do mar, m (ft)
Derate fatoram (a CA)
Nota: A equação de correção é como segue:
Horsepower de máquina corrigido = (a CA + o CT–1)? ?listed máquina horsepower
onde:
CA = derate fatoram para elevação
CT = derate fatoram para temperatura
(300 ft)
91.4 m
0 610 1,219 1,829 2,438 3,048
FIGURA Elevação de A.11.2.2.4 Curva de Derate.
ANEXE UNS 20–67
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.11.2.4.13.5 ECMs pode ser projetado por fabricantes de máquina


monitorar vários aspectos de desempenho de máquina. A
condição de máquina acentuada (como temperatura de água refrescante alta)
normalmente é monitorado pelo ECM e é construído em
o ECM controlam lógica para reduzir a produção de horsepower de
a máquina, provendo uma proteção assim para a máquina. Tal
não são permitidas proteções de máquina para ECMs em bomba de fogo
aplicações de máquina.
A.11.2.5.2.3 corcel de Asingle do que automaticamente alterna
uma bateria para outro pode ser usada em duas instalações de bateria.
Local de A.11.2.5.2.5 ao lado de e nivela com a máquina é
recomendado para minimizar comprimento de dianteira de bateria para autor.
A.11.2.5.4.4 manutenção Automática de pressão de ar é preferível.
A.11.2.6.3 See Figura A.11.2.6.3. Água proveu por esfriar
o exchanger de calor às vezes é circulado diretamente por
água-jacketed esvazie manifolds and/or máquina aftercoolers
além do exchangers de calor.
A.11.2.6.4 Onde pode ser esperado que a provisão de água contenha
materiais estrangeiros, como fatias de madeira, folhas, lint, e assim
adiante, os coadores requeridos em 11.2.6.3 deveriam estar da casa geminada
tipo de filtro. Cada filtro (limpe) elemento deveria ser de suficiente
capacidade filtrando para permitir fluxo de água cheio durante uma 3 hora
período. Além, um filtro dúplex do mesmo tamanho deveria ser
instalado na linha de estrada de contorno. (Veja Figura A.11.2.6.3.)
A.11.3 A bomba máquina-dirigida pode ser localizada com um
pump(s de fogo elétrico-dirigido) em uma casa de bomba ou quarto de bomba
isso deveria ser cortado completamente da estrutura principal através de noncombustible
construção. A casa de bomba de fogo ou bomba
quarto pode conter facilidade bombeia equipamento de and/or como determinado
pela autoridade que tem jurisdição.
Nota: A equação de correção é como segue:
Horsepower de máquina corrigido = (a CA + o CT–1)? ?listed máquina horsepower
onde:
CA = derate fatoram para elevação
CT = derate fatoram para temperatura
1.00
0.99
0.98
0.97
0.96
0.95
0.94
0.93
0.92
0.91
0.90
0.89
0.88
(75) (95) (115) (135) (155) (175) (195)
Derate fatoram (o CT)
Temperatura de ar ambiente a inlet de máquina, ?C (?F)
(65) (85) (105) (125) (145) (165) (185) (205)
18.3 23.9 29.4 35 40.6 46.1 51.7 57.2 62.8 68.3 73.9 79.4 85.0 90.6 96.1
25?C
(77?F)
FIGURA Temperatura de A.11.2.2.5 Curva de Derate.
Calor
exchanger
Cru
água
linha
Indicando
manual
válvula
União
Pressão
medida
Indicando
manual
válvula
Máquina
bloco
Circulando
sistema
Enchendo
conexão
Dreno
Coolant
bomba
União
Automático
válvula
Pressão
regulador
Coador
Fogo
Bomba de bomba de fogo
descarga
União
Indicando
manual
válvulas
União
Coador
Pressão
regulador
FIGURA A.11.2.6.3 Linha de Água Refrescante com Estrada de contorno.
20–68 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.11.3.2 Para ventilação de quarto ótimo, o ventilador de provisão de ar


e descarga de ar deveria ser localizada em paredes opostas.
Ao calcular a temperatura de máximo da bomba
se aloje, o calor radiado da máquina, o calor radiado
do tubo de escape, e todo o outro calor-contribuindo
deveriam ser consideradas fontes.
Se o quarto de bomba será ventilado por um ventilador de poder,
confiança da fonte de poder durante um fogo deveria ser considerada.
Se a fonte de poder é incerta, a elevação de temperatura,
cálculo deveria assumir o ventilador não é operável.
Ar consumido pela máquina para combustão deveria ser considerado
como parte do ar muda no quarto.
Quartos de bomba com máquinas de exchanger–cooled de calor vão
tipicamente requeira mais ar muda que consumo de ar de máquina
proveja. Controlar a elevação de temperatura de
o quarto, fluxo de ar adicional pelo quarto normalmente é
requerido. [Veja Figura A.11.3.2(a).]
Quartos de bomba com máquinas radiador-esfriadas poderiam ter suficiente
mudanças de ar devido à descarga de radiador e máquina
consumo. [Veja Figura A.11.3.2(b).]
A.11.3.2.3 Quando motor-operou abafadores são no ar usados
proveja caminho, eles deveriam ser primaverais operado à posição aberta
e viajou de automóvel fechado. Abafadores motor-operados deveriam ser
sinalizado para abrir quando ou antes de a máquina começasse a acionar
começar.
O máximo ar fluxo restrição limite para a provisão de ar
ventilador é necessário ser compatível com máquinas listadas para
assegure fluxo de ar adequado por esfriar e combustão. Isto
restrição incluirá louvers, tela de pássaro, abafadores, tipicamente
tubo, ou qualquer coisa provê caminho no ar entre a bomba
quarto e o ao ar livre.
São recomendados abafadores motor-operados para o calor
máquinas de exchanger–cooled para aumentar circulação de transmissão.
São recomendados abafadores gravidade-operados para uso com
máquinas radiador-esfriadas para simplificar a coordenação deles/delas com
o fluxo de ar do fã.
A.11.3.2.4 Quando motor-operou abafadores são no ar usados
descarregue caminho, eles deveriam ser primaverais operado o aberto
posicione, viajou de automóvel fechado, e sinalizou para abrir quando ou antes de
a máquina começa a acionar para começar.
Ventos prevalecentes podem trabalhar contra o ventilador de descarga de ar.
Então, os ventos deveriam ser considerados ao determinar
o local para o ventilador de descarga de ar. (Veja Figura A.11.3.2.4
para o desígnio de parede de vento indicado.)
Para máquinas de exchanger–cooled de calor, um ventilador de descarga de ar
com abafadores motor-dirigidos projetados para circulação de transmissão
é preferido em vez de um ventilador de poder. Este arranjo
exija para o tamanho do ventilador ser maior, mas não é
dependente em uma fonte de poder durante a que poderia não estar disponível
a operação de bomba.
Para máquinas radiador-esfriadas, são abafadores gravidade-operados
recomendado. Louvers e motor-operou abafadores não são
recomendado devido à restrição para arejar fluxo eles criam
e o ar pressiona eles têm que operar contra.
O máximo ar fluxo restrição limite para a descarga de ar
ventilador é necessário ser compatível com máquinas listadas assegurar
ar fluxo esfriando adequado.
Provisão de ar
ventilador
Abafadores
Abafadores
Ar
descarga
ventilador
FIGURA A.11.3.2(a) Sistema de Ventilação Típico para um Calor
Exchanger–Cooled Diesel-Driven Bomba.
Injustiça certa
Se uma curva no ducting não pode ser
evitado, deveria ser radiused e
deva incluir cata-ventos de torneamento para
previna turbulência e
restrição de fluxo.
Esta configuração não deveria ser
usado; turbulência não permitirá
fluxo de ar adequado.
Provisão de ar
ventilador
Abafadores
Abafadores
Flexível
seção
Thermostatically
abafador controlado
Tempo frio
tubo de recirculation
Descarga
tubo
Ar
descarga
ventilador
FIGURA A.11.3.2(b) Sistema de Ventilação Típico para um
Bomba Diesel-dirigida radiador-esfriada.
3X
Altura de X
ou largura,
qualquer que
é maior
X
2
Parede
largura = 2X
Localize em
centre com
saída
FIGURA A.11.3.2.4 Parede de Vento Típica.
ANEXE UNS 20–69
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.11.4.3 A quantidade 5.07 L por kW (1 moça por hp) é equivalente


para 0.634 L por kW (1 quartilho por hp) por hora durante 8 horas.
Onde reabastecimento pronto de provisão de combustível é improvável, uma reserva,
provisão deveria ser provida junto com instalações para transferência
para os tanques principais.
A.11.4.5 Diesel combustível armazenamento abastece preferivelmente deveria ser
localizado
dentro do quarto de bomba ou casa de bomba, se permitiu por
regulamentos locais. Encha e linhas de abertura em tal caso devam ser
estendido a ao ar livre. O tubo de abastecimento pode ser usado para um aferição
bem onde prático.
A.11.4.6 NFPA 31, Padrão para a Instalação de Óleo-ardente
Equipamento, pode ser usado como um guia por diesel combustível transportar.
Figura que A.11.4.6 mostra para um sistema de combustível de motor diesel sugerido.
A.11.4.7 O ponto de aguaceiro e ponto de nuvem deveria ser pelo menos
5.6°C (10°F) debaixo da mais baixa temperatura de combustível esperada. (Veja
5.12.2 e 11.4.5.)
A.11.5.3 que UMA diretriz conservadora é que, se o esvazie sistema
excede 4.5m(15 ft) em comprimento, deveria ser aumentado o tamanho de tubo
um tamanho de tubo maior que a máquina esvazia tamanho de saída para cada
1.5 m (5 ft) em comprimento somado.
A.11.6 máquinas de combustão Internas necessariamente encarnam mudança
partes de tal desígnio e em tal número que as máquinas
não possa dar serviço seguro a menos que determinado cuidado diligente. O
o livro de instrução de fabricante cuidado que cobre e operação
deva estar prontamente disponível, e os operadores de bomba devam ser
familiar com seus conteúdos. Todas suas providências deveriam ser observados
em detalhes.
A.11.6.2 See NFPA 25, Padrão para a Inspeção, que Testa, e
Manutenção de Sistemas de Proteção de Fogo Água-baseados, para próprio
manutenção de engine(s), baterias, provisão de combustível, e ambiental
condições.
A.11.6.4 sistemas Ativos que são somados para abastecer permanentemente
tanques por remover água e particulates do combustível pode ser
aceitável, contanto o seguinte aplica:
(1) todas as conexões são feitas diretamente ao tanque e não são
interconectado com a máquina ou seu combustível provê e retorno
transportando de qualquer forma.
(2) há nenhuma válvula ou outros dispositivos acrescentados à máquina
ou seu combustível provê e retorno que transporta de qualquer forma.
A.11.6.5 Própria temperatura de máquina quando a máquina não é
correndo podem ser mantidos pela circulação de quente
molhe pela jaqueta ou por aquecer de água de máquina
através de elementos elétricos. Como regra geral, aquecedores de água e óleo
são requeridos aquecedores para motores dieseis debaixo de 21°C (70°F).
Os benefícios a ser ganhos são como segue:
(1) começando rapidamente (máquinas de bomba de fogo podem ter que levar cheio
carga assim que começasse)
(2) uso de máquina reduzido
(3) dreno reduzido em baterias
(4) diluição de óleo reduzida
(5) carbono reduzido deposita, de forma que a máquina é muito mais
provável começar toda vez
A.12.2.1 Se o controlador deve ser localizado fora da bomba
se aloje, uma abertura vítrea deveria ser provida no quarto de bomba
parede para observação do motor e bombeia durante começar. O
oleoduto de controle de pressão deveria ser protegido contra gelar
e dano mecânico.
A.12.3.1.1 Em áreas afetadas por umidade excessiva, lata de calor,
seja útil reduzindo a umidade.
Montado em
máquina por
fabricante
Instalado
localmente
Abasteça return3
(Bomba de retorno de combustível
possa ser necessário para
algumas máquinas.)
Cheque
válvula
Flexível
Encha boné, fora de [1.6 mm (? /16 em.)
malha tela de arame removível]
5% volume
para expansão
Tanque de armazenamento
(preferivelmente dentro de
quarto de bomba)
Profundidade deste retorno de combustível
linha é opcional, conforme,
para fabricante de máquina
especificações
5% volume para fossa
Lance 6.4 mm (? /4 em.) por ft
25.4 mm (1 em.) escoe válvula quando
não sujeito a gelar
25.4 mm (1 em.) tomada de dreno quando
sujeito a gelar
Valve,2 de galo manual
fechado aberto ou
estação central supervisionou
Centerline de bomba de combustível
Protection3 de linha de combustível
(onde precisou)
Flexível
Secundário
filter1
Primário
filtro
Máquina
Provisão de combustível
bomba
Injector
Condensate
dreno
Abertura de tempo escondida
Condensate escoam
1Secondary filtro atrás de ou antes de bomba de combustível de máquina, de acordo com as especificações de fabricante de
máquina.
Pode ser devolvido 2Excess combustível para abastecer proveja sucção de bomba, se recomendou por fabricante de máquina.
3Size combustível que pia de acordo com as especificações de fabricante de máquina.
3.05 m
(10 ft)
mínimo
305 mm
(12 em.)
FIGURA A.11.4.6 Combustível Sistema para Diesel Engine–Driven Fogo Bomba.
20–70 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

A.12.3.3.1 Para mais informação, veja NEMA 250, Documentos anexos,


para Equipamento Elétrico.
A.12.3.8 Pump os operadores deveriam estar familiarizados com instruções
contanto para controladores e deveria observar em detalhes todos seu
recomendações.
A.12.4.1.2 que é recomendado que o abajur de piloto para alarme
e serviço notável tem voltagem operacional menos que o avaliado
voltagem do abajur para assegurar vida operacional muito tempo. Quando necessário,
um resistor satisfatório deveria ser usado para reduzir a voltagem
por operar o abajur.
A.12.4.2.2(3) Os sinais de dificuldade seguintes deveriam ser monitorados
remotamente do controlador:
(1) uma lata notável comum seja usada para a dificuldade seguinte
indicações: os artigos em 12.4.1.3(1) por 12.4.1.3(5)
e perda de produção de corcel de bateria no lado de carga de
o overcurrent de dc dispositivo protetor.
(2) se há nenhum outro modo para supervisionar perda de poder, o
controlador pode ser equipado com um circuito de deficiência de força,
que deveria ser tempo demorou para começar a máquina em
perda de produção atual do corcel de bateria.
A.12.4.4 O registrador de pressão deveria poder registrar uma pressão
pelo menos 150 por cento da pressão de descarga de bomba debaixo de
condições de nenhum-fluxo. Um alto-elevação construindo, pode esta exigência
exceda 27.6 barra (400 psi). Esta exigência não designa um
dispositivo gravador separado para cada multichannel de controller.Asingle
dispositivo gravador pode servir sensor múltiplos.
A.12.5 que As definições seguintes são derivadas de NFPA 70,
Código Elétrico nacional:
(1) automático. Ego-suplente, operando por seu próprio mecanismo
quando moveu por um pouco de influência impessoal (por exemplo, a change
em força atual, pressão, temperatura, ou mecânico
configuração).
(2) Nonautomatic. A ação incluída requer intervenção pessoal
para seu controle. Como aplicado a um controlador elétrico,
controle de nonautomatic necessariamente não insinua um manual
controlador, mas só aquela intervenção pessoal é necessária.
A.12.5.2.1.1 See FigureA.12.5.2.1.1(a) e FigureA.12.5.2.1.1(b).
A.12.5.5.2 que paralisação de empresas Manual de bombas de fogo é preferida.
Automático
paralisação de empresas de bomba de fogo pode acontecer durante um fogo atual
condição quando relativamente sinal de condições de baixo-fluxo o controlador
aquelas exigências de pressão estiveram satisfeitas.
A.12.6.9 O registrador de pressão deveria poder registrar um
pressione 150 por cento da pressão de descarga de bomba pelo menos
debaixo de condições de nenhum-fluxo. Um alto-elevação construindo, isto
exigência pode exceder 27.6 barra (400 psi). Esta exigência
não designe um dispositivo gravador separado para
cada controlador. Um único multichannel que dispositivo gravador pode
sirva sensor múltiplos.
A.13.1.3 Único-fase turbinas de confiança de máximo e
simplicidade é recomendada onde a provisão a vapor disponível
permita.
A.13.2.1.1 que A cobertura pode ser de ferro de elenco.
Algumas aplicações podem requerer uma bomba de fogo turbina-dirigida
começar automaticamente mas não exigir para a turbina ser em
controle de pressão depois de começar. Em tais casos, um satisfatório
rápido-abrindo manual reajustado válvula instalada em uma estrada de contorno do
linha de cevador a vapor ao redor de uma válvula de controle manual pode ser usada.
Onde a aplicação exige para a unidade de bomba começar automaticamente
e depois de começar continuam operar por meio de
um sinal de pressão, o uso de uma pressão de piloto-tipo satisfatória,
válvula de controle é recomendada. Esta válvula deveria ser localizada dentro
a estrada de contorno ao redor da válvula de controle manual no vapor
linha de cevador. A turbina governador controle válvula, quando fixou a
aproximadamente 5 por cento sobre a velocidade de cheio-carga normal de
a bomba debaixo de controle automático, agiria como um preemergency
controle.
No jogo de arranjos adiante nos dois parágrafos precedendo,
a válvula automática deveria ser localizada na estrada de contorno
ao redor da válvula de controle manual que normalmente seria
detido a posição fechada. No caso de fracasso do automático
válvula, esta válvula manual poderia ser aberta, enquanto permitindo o
Não indicando menos de 5 ft 0 dentro.
controle válvula
Conecte um
chefe batido
ou outro
satisfatório
saída entre
o indicando
controle válvula
e confere válvula
? /2 em. válvulas de globo
Se pulsação de água causa operação irregular do
interruptor de pressão ou o registrador, uma câmara de ar de supplemental,
ou de abafador de pulsação poderia ser precisado
? /4 em. tomada
? /2 em. válvulas de globo
Sucção
Válvulas de cheque de bronze com
? /32 em. orifice em aplaudidor
Não menos que? /2 em. metais transportam
com ajustes de metal ou equivalente
Controle painel
Pressão
interruptor
UM B
Teste conexão a UM ou B
? /4 em. tomada
Notas:
1. Válvula de dreno de solenóide usada para bombas de fogo máquina-dirigidas pode ser a UM, B,
ou dentro de documento anexo de controlador.
2. Se água está limpa, uniões de chão-face com diafragmas incorrosívéis,
perfurado para? /32 em. podem ser usados orifices em lugar das válvulas de cheque.
3. Para unidades de SI, 1 em. = 25.4 mm; 1 ft = 0.3048 m.
FIGURA A.12.5.2.1.1(a) Conexão Serena para Cada Automático
Interruptor de pressão (para Bomba de Fogo e Bombas de Jóquei).
Nota: Confira válvulas ou uniões de chão-face que obedecem 10.5.2.1.
Jóquei
bomba
controlador
Fogo
proteção
sistema
Veja Nota
Veja Nota
Água
provisão
Fogo
bomba
controlador
Jóquei
bomba
Fogo
bomba
Mínimo
1.5 m (5 ft)
Mínimo
1.5 m (5 ft)
FIGURA A.12.5.2.1.1(b) Conexão Serena para Pressão -
Linha sentindo.
ANEXE UNS 20–71
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

turbina para vir acelerar e seja controlado pela turbina


valve(s de controle de governador).
O uso de um regulador de pressão suplente direto que opera em
o valve(s de controle) de uma turbina a vapor não é recomendado.
A.13.3 que As informações seguintes deveriam ser levadas em conta
ao planejar uma provisão a vapor, esvazie, e caldeira
alimente para um turbine–driven a vapor incendeie bomba.
A provisão a vapor para a bomba de fogo deveria ser preferivelmente
uma linha independente das caldeiras. Deveria ser corrido para
não ser responsável danificar no caso de fogo em qualquer parte do
propriedade. As outras linhas a vapor das caldeiras deveriam ser
controlado por válvulas localizadas no quarto de caldeira. Em uma emergência,
vapor pode ser fechado prontamente fora destas linhas, enquanto partindo
a provisão a vapor completamente disponível para a bomba de fogo. Coadores
em linhas de vapor para turbinas é recomendado.
O regulador de pressão a vapor à bomba deveria fechar contra o
pressão a vapor. Deveria ser preferivelmente do padrão de globo
com um disco sólido. Porém, se a válvula usada tem um removível
anel de composição, o disco deveria ser de bronze e o anel
feito de material suficientemente duro e durável, e assim conteve
coloque satisfatoriamente no disco sobre conheça condições de serviço severas.
Válvulas de portão são indesejáveis para este serviço porque eles
não pode ser feito leaktight prontamente, como é possível com o globo
tipo de válvula. Os vapor transportando deveriam ser organizados assim e
apanhou que os tubos podem ser mantidos livre de vapor condensado.
Em geral, uma válvula pressão-reduzindo não deveria ser colocada
no tubo a vapor que provê a bomba de fogo. Não há nenhuma dificuldade
em turbinas artificiosas para vapor de alto-pressão moderno,
e isto dá a unidade mais simples e mais segura. A
pressão-reduzindo válvula introduz uma possível obstrução dentro
a linha a vapor no caso de é desarranjado. Em a maioria dos casos, o
turbinas podem ser protegidas fazendo a válvula de segurança requerida
antes de 13.2.1.2 de tal tamanho que a pressão na cobertura não vai
exceda 1.7 barra (25 psi). Esta válvula deveria ser transportada fora de
o quarto de bomba e, se possível, para algum ponto onde a descarga
poderia ser visto pelo criado de bomba. Onde um
pressão-reduzindo válvula é usado, os pontos seguintes deveriam ser
cuidadosamente considerado:
(1) pressão-reduzindo Válvula.
(um) A válvula pressão-reduzindo não deveria conter um
caixa enchendo ou um pistão que trabalham em um cilindro.
(b) A válvula pressão-reduzindo deveria ser provida com
uma estrada de contorno que contém uma válvula de globo a ser aberta no caso de
de uma emergência. A estrada de contorno e válvulas de parada devem
seja um tamanho de tubo menor que a válvula reduzindo, e
eles deveriam ser localizados para ser prontamente acessível.
Esta estrada de contorno deveria ser organizada para prevenir a acumulação
de condensate sobre a válvula reduzindo.
(c) A válvula pressão-reduzindo deveria ser menor que
o tubo a vapor requerido pelas especificações para o
turbina.
(2) tubo de escape. O tubo de escape deveria correr diretamente para o
atmosfera e não deveria conter válvulas de qualquer tipo. It
não deveria ser conectado com qualquer condensador, aquecedor, ou
outro sistema de tubo de escape.
(3) Alimento de Caldeira de emergência. Um método conveniente de assegurar um
proveja de vapor para a unidade de bomba de fogo, no caso de o habitual
faltas de alimento de caldeira, é prover uma conexão de emergência
da descarga da bomba de fogo. Esta conexão
deva ter uma válvula controlando à bomba de fogo e também,
se desejou, uma válvula adicional localizou no quarto de caldeira.
Uma válvula de cheque também deveria ser localizada nesta conexão,
preferivelmente no quarto de caldeira. Esta conexão de emergência
deva ser aproximadamente 2 dentro. (51 mm) em diâmetro.
Este método não deveria ser usado quando houver qualquer perigo de
contaminando uma provisão de água de potable. Em situações onde o fogo
bomba está controlando sal ou água salgada, também pode ser indesejável
fazer esta emergência caldeira alimento conexão. Em tais situações,
um esforço deveria ser feito afiançar algum outro secundário
provisão de alimento de caldeira que sempre estará disponível.
A.14.1.3 See Figura A.14.1.3 para uma amostra de um contratante
material e certificado de teste para mains de serviço de fogo privado.
A.14.2.2 além, representantes do contratante instalando
e o dono deveria estar presente.
A.14.2.4 Se um fogo bomba submittal pacote completo está disponível,
deveria prover para comparação do equipamento especificada.
Tal um pacote deveria incluir uma cópia aprovada do fogo
quarto de bomba desenhos de arranjo gerais, inclusive o elétrico
plano, o plano da bomba e fonte de água, o plano,
da drenagem de quarto de bomba detalha, o plano de fundação de bomba,
e o plano mecânico para calor e ventilação.
A.14.2.7 que A operação de bomba de fogo é como segue:
(1) motor-dirigido Bomba. Começar uma bomba motor-dirigida, o seguinte,
deveriam ser dados passos na ordem seguinte:
(um) Veja aquela bomba é completamente preparada.
(b) Fim que isola interruptor e então o britador de circuito íntimo.
(c) o controlador Automático começará bomba se demanda de sistema
não está satisfeito (por exemplo, pressure low, deluge
tropeçado).
(d) Para operação manual, ative interruptor, pushbutton,
ou manivela de começo manual. Circuito britador tropeçando
mecanismo deveria ser fixado de forma que isto não operará
quando atual em circuito é excessivamente grande.
(2) Bomba a vapor. Uma turbina a vapor que dirige uma bomba de fogo
sempre deveria ser mantido esquentado até licença operação imediata
a velocidade cheio-avaliada. O começando automático de
a turbina não deveria ser dependente em qualquer manual
operação de válvula ou período de operação de baixo-velocidade. Se o
válvula de segurança popular na cobertura sopra, vapor deveria ser
feche fora e o tubo de escape examinou para um possível
válvula fechada ou uma porção entupida de transportar. Vapor
são proporcionadas para turbinas os governadores para manter velocidade
a um ponto predeterminado, com algum ajuste para
velocidades mais altas ou mais baixas. Velocidades desejadas debaixo disto
gama pode ser obtida estrangulando o regulador de pressão principal
válvula.
(3) diesel Bomba de Engine–Driven. Começar um engine–driven de diesel
bombeie, o operador deveria estar anteriormente familiarizado com o
operação deste tipo de equipamento. A instrução reserva
emitido pela máquina e o fabricante de controle deveria ser
estudado a este fim. As baterias de armazenamento sempre deveriam ser
mantido em ordem boa para assegurar operação pronta, satisfatória
deste equipamento (i.e., confira nível de eletrólito e
gravidade específica, inspecione cabo condiciona, corrosão, etc.).
(4) Colocações de Bomba de fogo. O sistema de bomba de fogo, quando começou por
gota de pressão, deveria ser organizado como segue:
(um) O jóquei bomba parada ponto deveria igualar o
pressão de batedeira de bomba mais a provisão estática mínima
pressão.
(b) O jóquei bomba começo ponto deveria ser pelo menos 0.68 barra
(10 psi) menos que o jóquei bomba parada ponto.
(c) O fogo bomba começo ponto deveria ser 0.34 barra (5 psi) menos
que o jóquei bomba começo ponto. Use 0.68 barra (10 psi)
incrementos para cada bomba adicional.
20–72 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

O Material de contratante e Certificado de Teste para Serviço de


Fogo Privado Mains
LOCAL
NOME DE PROPRIEDADE
ENDEREÇO DE PROPRIEDADE
DATA
PLANOS
CONCORDADO APROVANDO AUTORIDADES (NOMES)
ENDEREÇO
INSTALAÇÃO CONFORMA A PLANOS ACEITADOS
EQUIPAMENTO USADO É APROVADO
SE NÃO, DIVERGÊNCIAS ESTATAIS
SIM NÃO
SIM
PROCEDIMENTO Em conclusão de trabalho, inspeção e testes serão feitos pelo representante do contratante e
serão testemunhados por um
o representante de dono. Todos os defeitos serão corrigidos e sistema partiu finalmente em serviço antes do
pessoal de contratante deixe o trabalho.
Um certificado será preenchido e será assinado por ambos os representantes. Cópias estarão preparadas para
aprovar autoridades, donos, e
contratante. É de nenhuma maneira compreendido o assinatura do representante do dono preconceitos qualquer
reivindicação contra contratante para material defeituoso, pobre
artesanato, ou fracasso para obedecer aprovando as exigências de autoridade ou ordenações locais.
NÃO
TEM A PESSOA EM CARGA DE PÓLVORA DE EQUIPAMENTO DE FOGO SIDO INSTRUÍDO COMO
PARA LOCAL DE VÁLVULAS DE CONTROLE E CUIDADO E MANUTENÇÃO
DESTE EQUIPAMENTO NOVO?
SE NÃO, EXPLIQUE
SIM NÃO
INSTRUÇÕES
TENHA CÓPIAS DE INSTRUÇÕES APROPRIADAS E CUIDADO E
QUADROS DE MANUTENÇÃO PARTIDOS EM PREMISSAS?
SE NÃO, EXPLIQUE
SIM NÃO
EDIFÍCIOS DE MATERIAIS
TIPOS DE TUBO E JUNTA DE TIPO DE CLASSE
TESTE
DESCRIÇÃO
CORANDO: Fluxo a taxa exigida até que água está clara como indicado por nenhuma coleção de material
estrangeiro em aniagem ensaca a
saídas como hidrante e sopro-offs. Não core a fluxos menos de 390 GPM (1476 L/min) para 4-polegada tubo, 610
GPM,
(2309 L/min) para 5-polegada tubo, 880 GPM (3331 L/min) para 6-polegada tubo, 1560 GPM (5905 L/min) para 8-
polegada tubo, 2440 GPM,
(9235 L/min) para 10-polegada tubo, e 3520 GPM (13323 L/min) para 12-polegada tubo. Quando provisão não pode
produzir estipulado
taxas de fluxo, obtenha máximo disponível.
HYDROSTATIC: serão feitos testes de Hydrostatic a não menos de 200 psi (13.8 barras) para duas horas ou 50 psi
(3.4 barras)
sobre pressão estática mais de 150 psi (10.3 barras) durante duas horas.
VAZAMENTO: tubo Novo se deitado com juntas de gasketed de borracha deve, se o artesanato for satisfatório,
tenha pequeno ou nenhum vazamento a
as juntas. A quantia de vazamento nas juntas não excederá 2 qts. por hr. (1.89 L/h) por 100 juntas independente de
tubo
diâmetro. A quantia de vazamento permissível especificada acima pode ser aumentada através de 1 oz de fl por
dentro. diâmetro de válvula por hr. (30
mm/h de mL/25) para cada metal se sentou válvula que isola a seção de teste. Se são testados hidrante de barril
secos com a válvula principal
abra, assim os hidrante estão debaixo de pressão, um 5 oz adicional por minuto (150 mL/min) é permitido
vazamento por cada
hidrante.
TUBOS E
JUNTAS
TUBO CONFORMA
AJUSTES CONFORMA
SE NÃO, EXPLIQUE
PADRÃO
PADRÃO
SIM NÃO
SIM NÃO
JUNTAS ENTERRADAS QUE PRECISAM DE ANCORADOURO SEGURARAM,
AMARRADO, OU BLOQUEOU CONFORME
SE NÃO, EXPLIQUE
PADRÃO
SIM NÃO
TRANSPORTANDO NOVOS CORARAM DE ACORDO COM SIM NÃO
POR (COMPANHIA)
SE NÃO, EXPLIQUE
COMO CORANDO FLUXO FOI OBTIDO POR QUE ABERTURA DE TIPO
TANQUE DE ÁGUA DE PÚBLICO CORANDO OU RESERVATÓRIO FOGO BOMBA HIDRANTE ALVO TUBO ABERTO
TESTES
CONDUZIR-INS COROU DE ACORDO COM PADRÃO SIM NÃO
SE NÃO, EXPLIQUE
COMO CORANDO FLUXO FOI OBTIDO POR QUE ABERTURA DE TIPO
TANQUE DE ÁGUA PÚBLICO OU BOMBA DE FOGO DE RESERVATÓRIO Y CONN. PARA ORLA
& SPIGOT
TUBO ABERTO
PADRÃO
POR (COMPANHIA)
© Copyright Nacional Fogo Proteção Associação (NFPA 20, 1 de 2)
FIGURA A.14.1.3 Sample do Material de Contratante e Certificado de Teste para
Serviço de Fogo Privado Mains.
ANEXE UNS 20–73
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

(d) Onde são providos tempos de corrida mínimos, a bomba vai


continue operando depois de atingir estas pressões. O
pressões terminal não deveriam exceder a avaliação de pressão de
o sistema.
(e) Onde o diferencial operacional de interruptores de pressão
não permita estas colocações, as colocações deveriam ser
tão íntimo quanto equipamento permitirá. As colocações devem
seja estabelecido por pressões observadas em medidas de teste.
(f) Exemplos de colocações de bomba de fogo seguem (para unidades de SI,
1 psi = 0.0689 barra):
i. Bomba: 1000 gpm, 100 psi bombeiam com batedeira
pressão de 115 psi
ii. Provisão de sucção: 50 psi de cidade—mínimo
estático; 60 psi de cidade—estática de máximo
iii. Parada de bomba de jóquei = 115 psi + 50 psi = 165 psi
iv. Começo de bomba de jóquei = 165 psi - ?10 psi = 155 psi
v. Parada de bomba de fogo = 115 psi + 50 psi = 165 psi
vi. Começo de bomba de fogo = 155 psi - ?5 psi = 150 psi
vii. Fogo bomba máximo batedeira = 115 psi + 60 psi =
175 psi
(g) Onde mínimo-corre são providos cronômetros, as bombas
continue operando a pressão de batedeira além o
pare colocação. As pressões terminal não deveriam exceder
a avaliação de pressão dos componentes de sistemas.
(5) Registrador automático. O desempenho de todas as bombas de fogo
deveria ser indicado automaticamente em um registrador de pressão
prover um registro de operação de bomba e ajuda dentro
incendeie investigação de perda.
A.14.2.7.1 pelo que O equipamento de teste ou deveria ser fornecido
a autoridade que tem jurisdição ou o contratante instalando
ou o fabricante de bomba, dependendo do prevalecer,
arranjos fizeram entre as festas acima mencionado. O
equipamento deveria incluir, mas não necessariamente seja limitado,
o seguinte:
(1) equipamento para Uso com Cabeçalho de Válvula de Teste. 15 m (50 ft) comprimentos,
63.5 mm (21/2 em.) mangueira forrada, e Laboratórios de Segurador '
nozzles de tubo de jogo como precisado fluir volume exigido de
água. Porém, onde testa metro é provido estes não podem
seja precisado.
(2) Instrumentation. Os instrumentos de teste seguintes deveriam ser
de qualidade alta, preciso, e em conserto bom:
(um) Braçadeira-em volt/ammeter
(b) medidas de Teste
(c) Tacômetro
(d) Pitot entubam com medida (para uso com mangueira e nozzle)
HYDROSTATIC
TESTE
HYDROSTATICALLY TESTED SERENO TODO NOVO EM JUNTAS ENTERRADAS COBERTAS
PSI POR HORAS SIM NÃO
VAZAMENTO
TESTE
TOTAL DE VAZAMENTO MEDIU
GALÕES HORAS
VAZAMENTO PERMISSÍVEL (ENTERROU)
GALÕES HORAS
HIDRANTE
NÚMERO INSTALOU TIPO E FAZ TUDO OPERAR SATISFATORIAMENTE
SIM NÃO
CONTROLE
VÁLVULAS
VÁLVULAS DE CONTROLE DE ÁGUA PARTIRAM LARGO ABERTO
SE NÃO, RAZÃO ESTATAL
SIM NÃO
MANGUEIRA ENFIA DE CONEXÕES DE CORPO DE BOMBEIROS E HIDRANTE
TROCÁVEL COM ESSES DE CORPO DE BOMBEIROS QUE RESPONDE ALARME
SIM NÃO
OBSERVAÇÕES
DATA PARTIU EM SERVIÇO
ASSINATURAS
NOME DE INSTALAR O CONTRATANTE
TESTES TESTEMUNHADOS POR
PARA DONO DE PROPRIEDADE (ASSINOU) DATA DE TÍTULO
POR INSTALAR O CONTRATANTE (ASSINOU) DATA DE TÍTULO
EXPLICAÇÃO ADICIONAL E NOTAS
COMENTÁRIOS ADICIONAIS:
NENHUM VAZAMENTO PERMITIU JUNTAS VISÍVEIS
NENHUM VAZAMENTO PERMITIU JUNTAS VISÍVEIS
© Copyright Nacional Fogo Proteção Associação (NFPA 20, 2 de 2)
FIGURA A.14.1.3 Continued
20–74 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

(3) Calibração de Instrumentation. Todos o instrumentation de teste devem


seja calibrado por uma prova aprovada e facilidade de calibração
dentro dos 12 meses antes do teste. Calibração
documentação deveria estar disponível para revisão pela autoridade
jurisdição tendo.
Uma maioria do equipamento de teste usou para aceitação e anuário
testando nunca foi calibrado. Este equipamento pode ter
erros de 15 a 30 por cento em leituras. O uso de uncalibrated
teste equipamento pode conduzir a inaccurately informou resultados de teste.
Enquanto é desejável alcançar uma verdadeira condição de batedeira (não
fluxo) durante o teste para comparação para o fabricante certificou
teste de bomba curva característica, pode não ser possível em tudo
circunstâncias. Bombas com válvulas de alívio de circulação descarregarão
uma quantia pequena de água, até mesmo quando nenhuma água está fluindo no
incendeie sistema de proteção. A descarga pequena pela circulação
válvula de alívio não deveria ser fechada fora durante o teste desde que é
necessário impedir a bomba aquecer demais. Para bombas com
válvulas de alívio de circulação, a condição de fluxo mínima no teste é
esperado ser a situação onde nenhuma água está fluindo ao fogo
sistema de proteção, mas um fluxo pequeno está presente pela circulação
válvula de alívio. Durante um teste em uma bomba com um alívio de pressão
válvula, a válvula de alívio de pressão não deveria abrir porque estes
são instaladas válvulas puramente como uma precaução de segurança para prevenir
overpressurization
durante condições de overspeed.
Condições de Overspeed não deveriam estar presentes durante o
teste, assim a válvula de alívio de pressão não deveria abrir. Quando pressiona
são instaladas válvulas de alívio em sistemas para aliviar pressão
debaixo de condições operacionais normais, e se uma verdadeira condição de batedeira
é desejado durante o teste de aceitação, a descarga de sistema,
válvula pode ser fechada e a válvula de alívio de pressão pode ser
ajustado para eliminar o fluxo. As leituras de pressão podem ser
rapidamente notado e a válvula de alívio de pressão ajustou novamente para
permita fluxo e alívio de pressão. Depois deste teste de um-tempo, um
referência que pode ser notada pressão líquida com a válvula de alívio aberto
de forma que a válvula de alívio pode permanecer aberto durante subseqüente
testes anuais com a comparação atrás para o resíduo de referência
pressão líquida em lugar de a curva do fabricante.
A.14.2.7.2.1 Onde um cabeçalho de válvula de mangueira é usado, deveria ser
localizado onde um limitado [aproximadamente 30m(100 ft)] quantia
de mangueira é usado para descarregar molhe seguramente.
Onde um metro de teste de fluxo é usado em uma volta fechada de acordo com
as instruções de fabricante, saídas adicionais como hidrante,
válvulas de mangueira, e assim sucessivamente, deveria estar disponível determinar o
precisão do dispositivo de metering.
A.14.2.7.3 que O procedimento de teste é como segue:
(1) faça um cheque visual da unidade. Se mangueira e nozzles são
usado, vê que eles são amarrados com firmeza. Veja que o
válvulas de mangueira estão fechadas. Se um metro de teste é usado, a válvula em
o lado de descarga do metro deveria ser fechado.
(2) começo a bomba.
(3) parcialmente abra uma ou duas válvulas de mangueira, ou ligeiramente abra o
metro válvula de descarga.
(4) confira a operação geral da unidade. Relógio para vibração,
vazamentos (óleo ou água), barulhos incomuns, e operação geral.
Ajuste glândulas de embalagem.
(5) meça descarga de água. Os passos para fazer assim é como segue:
(um) Onde um cabeçalho de válvula de teste é usado, regule a descarga
por meio das válvulas de mangueira e uma seleção do nozzle
gorjetas. Será notado que o tubo de jogo tem um removível
gorjeta. Esta gorjeta tem um 28.6 mm (11/8 em.) nozzle, e quando
a gorjeta é afastada, o tubo de jogo tem uns 44.4mm(13/4 dentro.)
nozzle. Válvulas de mangueira deveriam ser fechadas fora antes de remover
ou vestindo o 28.6 mm (11/8 em.) gorjeta.
(b) Onde um metro de teste é usado, regule a descarga
válvula para alcançar várias leituras de fluxo.
(c) pontos de teste Importantes estão às 150 por cento taxado capacidade,
capacidade avaliada, e shutoff. Pontos de intermediário podem ser
levado se desejou ajudar desenvolva a curva de desempenho.
(6) registro os dados seguintes a cada ponto de teste [veja Figura
A.14.2.7.3]:
(um) rpm de Bomba
(b) pressão de Sucção
(c) pressão de Descarga
(d) Número e tamanho de nozzles de mangueira, pitot pressionam para
cada nozzle, e L/min total (gpm); para metro de teste,
simplesmente um registro de L/min (gpm)
(e) Ampères (cada fase)
(f) Volts (fase para fase)
(7) cálculo de resultados de teste é como segue:
(um) Velocidade Avaliada. Determine aquela bomba está operando a
rpm avaliado.
(b) Capacidade. Para cabeçalho de válvula de mangueira, usando um fluxo de fogo
mesa, determine o L/min (gpm) para cada nozzle
a cada leitura de Pitot. Por exemplo, 1.1 barra (16 psi)
Pitot pressionam com 44.4 mm (13/4 em.) nozzle indica
1378 L/min (364 gpm). Some o gpm para cada
linha de mangueira para determinar volume total. Para metro de teste,
o L/min total (gpm) é diretamente erudito.
(c) Cabeça Total para Bomba Horizontal. Cabeça total é a soma
do seguinte:
i. Pressão medida pela medida de descarga a
orla de descarga de bomba
ii. Velocidade diferença de cabeça, descarga de bomba, e
bombeie sucção
iii. Meça correções de elevação para bombear centerline
(mais ou menos)
iv. Pressão medida por medida de sucção a bomba
orla de sucção—valor negativo quando pressiona
está sobre zero
(d) Cabeça Total para Bomba Vertical. Cabeça total é a soma de
o seguinte:
i. Pressão medida pela medida de descarga a
orla de descarga de bomba
ii. Cabeça de velocidade à descarga
iii. Distancie ao nível de água de provisão
iv. Descarga medida elevação correção para centerline
de descarga
(e) Contribuição Elétrica. Voltagem e ampères são diretamente eruditos
do volt/ammeter. Esta leitura é comparada
os motor nameplate cheio-carga ampères. O único
cálculo geral é determinar os ampères de máximo
permitido devido ao fator de serviço de motor. No
caso de 1.15 fator de serviço, os ampères de máximo são
aproximadamente 1.15 vezes de motor de tempos, porque
não são consideradas mudanças em fator de poder e eficiência.
Se os ampères de máximo registrassem no teste
não exceda esta figura, o motor e bomba vão
seja julgado satisfatório. É muito importante a medida
voltagem e ampères com precisão em cada fase
se os ampères de máximo anotassem no teste deveria exceder
os ampères de máximo calculados. Esta medida
é importante porque uma provisão de poder pobre
com baixa voltagem um ampère alto causará leitura.
Esta condição só pode ser corrigida através de melhoria
na provisão de poder. Não há nada que lata
seja feito ao motor ou a bomba.
ANEXE UNS 20–75
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

(f) Correção para Velocidade Avaliada. Para propósitos de plotting, o


capacidade, cabeça, e poder deveriam ser corrigidas de
o teste avalia a velocidade de teste à velocidade avaliada do
bomba. As correções são feitas como segue.
Capacidade:
Q
N
N
Q2
2
1

1




onde:
Q 1 = capacidade a velocidade de teste em L/min (gpm)
Q 2 = capacidade a velocidade avaliada em L/min (gpm)
N 1 = velocidade de teste em rpm
N 2 = velocidade avaliada em rpm
Cabeça:
H
N
N
H2
2
1
2

1




onde:
H 1 = cabeça a velocidade de teste em m (ft)
H 2 = cabeça a velocidade avaliada em m (ft)
Horsepower:
hp
N
N
hp 2
2
1
3

1




onde:
hp 1 = kW (horsepower) a velocidade de teste
hp 2 = kW (horsepower) a velocidade avaliada
(g) Conclusão. O passo final no cálculo de teste geralmente é
um enredo de pontos de teste. Uma curva de cabeça-capacidade é
plotted, e uma curva de ampère-capacidade é plotted. A
estude destas curvas mostrará o quadro de desempenho
da bomba como foi testado.
A.14.2.7.5 UM teste simulado do dispositivo de reversão de fase é um
método de teste aceitável.
A.14.2.8.1 que Todos os começos de controlador requereram para testes descritos
dentro
14.2.7 por 14.2.10 deveriam provir respectivamente a este número
de testes.
A.14.2.13 para verificar a operação do ECM alternado,
com o motor parado, mova o ECM seletor interruptor para
a posição de ECM alternada. Repositioning disto deve
cause um alarme no controlador de bomba de fogo. Comece a máquina;
normalmente deveria operar com todas as funções. Feche
máquina abaixo, troque atrás ao ECM primário, e reinicie
a máquina brevemente verificar aquela rodovia correta foi
realizado.
Verificar a operação do sensor redundante, com o
máquina correndo, desconecte os arames do sensor primário.
Não deveria haver nenhuma mudança na operação de máquina. Reconecte
os arames para o sensor. Logo, desconecte os arames
do sensor redundante. Não deveria haver nenhuma mudança dentro o
operação de máquina. Reconecte os arames ao sensor. Repetição
este processo para sensor todo primários e redundantes nas máquinas.
Nota: Se desejou, o desconectando e reconectando de
podem ser feitos arames para os sensor enquanto a máquina não é corrente,
começando a máquina então depois de cada desconexão e
reconexão dos arames para verificar operação de máquina.
Anexe Possíveis Causas de Dificuldades de Bomba para B
Este anexo não é uma parte das exigências deste NFPAdocument
mas só é incluído para propósitos informador.
B.1 Causes de Dificuldades de Bomba. Este apêndice contém um parcial
guie por localizar bomba aborrece e as possíveis causas deles/delas
(veja Figura B.1). Também contém uma lista parcial de remédios sugeridos.
(Para outra informação sobre este assunto, veja Instituto de Hidráulicas
Padrões para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando Bombas.)
As causas listadas aqui são além de possível mecânico
quebra que seria óbvio em inspeção visual. No caso de
aborreça, é sugerido que essas dificuldades que podem ser conferidas
facilmente deveria ser corrigido primeiro ou deveria ser eliminado como possibilidades.
B.1.1 Air Puxado em Conexão de Sucção Por Leak(s).
Ar puxado em linha de sucção por causas de vazamentos uma bomba para
perca sucção ou não mantenha sua pressão de descarga. Descubra
tubo de sucção e localiza e conserta leak(s).
B.1.2 Sucção Conexão Obstruiu. Examine entrada de sucção,
esconda, e tubo de sucção e remove obstrução. Conserto
ou provê telas para prevenir retorno. (Veja 5.14.8.)
B.1.3 Air Bolso em Tubo de Sucção. Causa de bolsos de ar uma redução
em entrega e pressão semelhante a um tubo entupido. Descubra
tubo de sucção e rearranja para eliminar bolso. (Veja 5.14.6.)
B.1.4 Well Se desmoronou ou Misalignment Sério. Consulte um seguro
companhia bem perfurando e o bomba fabricante considerando
consertos recomendados.
B.1.5 Stuffing Caixa Muito Apertado ou Empacotando Improperly Installed,
Usado, Defeituoso, Muito Apertado, ou de Tipo Incorreto. Solte glândula
parafusos de balanço e remove glândula de caixa de recheio meio. Substitua
empacotando.
B.1.6 Water Selo ou Pia para Marcar Entupido. Solte glândula
parafuso de balanço e remove glândula de caixa de recheio meio junto com o
selo de água toca e empacotando. Limpe a passagem de água para e no
anel de selo de água. Substitua anel de selo de água, enquanto empacotando glândula, e
empacotando
conforme as instruções de fabricante.
B.1.7 Air Vazamento em Bomba Por Encher Caixas. Mesmo como
a possível causa em B.1.6.
Impulsor de B.1.8 Obstruiu. Não mostre em qualquer um instrumento,
mas pressões caem rapidamente quando uma tentativa é feita
puxe uma quantia grande de água.
Para dividir-caso horizontal bombas, remova maiúscula de
bomba e remove obstrução de impulsor. Conserte ou proveja
telas em entrada de sucção para prevenir retorno.
Para turbine–type de cabo vertical bombeia, erga fora tubo de coluna
(veja Figura A.7.2.2.1 e Figura A.7.2.2.2) e tigelas de bomba de
molhe cova ou bem e desmonta tigela de bomba para remover obstrução
de impulsor.
Para íntimo-juntou, bombas de em-linha verticais, erga motor em cima
puxar-fora desígnio e remove obstrução de impulsor.
B.1.9 Anéis Cansativos Usados. Remova maiúscula e suplemento
medida de tentáculo entre caso anel cansativo e impulsor usando
anel. Liberação quando novo é 0.0075 dentro. (0.19 mm). Liberações
de mais que 0.015 em. (0.38 mm) é excessivo.
Impulsor de B.1.10 Danificou. Faça consertos secundários ou devolva
fabricante para substituição. Se defeito não é muito sério, ordem,
impulsor novo e uso danificaram um até que substituição chega.
B.1.11 Wrong Impulsor de Diâmetro. Substitua com impulsor de
próprio diâmetro.
20–76 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

180
160
140
120
100
80
60
40
20
180
160
140
120
100
80
60
40
20
0 10 20 30 40 50 60 70 80 90 100 110 120 130 140 150 160 170 180
Por cento taxou capacidade
Pressione ?lb/in2?
Ampères
Pressão de descarga de enredo e curvas de cabeça líquidas para bomba de cabo horizontal. Para bomba de cabo vertical, enredo
descarga pressão curva. Para bomba elétrico-dirigida, ampère de enredo curva também.
105 (9-77) CRIANDO IMPRIMIRAM EM O E.U.A.
Leituras marcaram??? ?in sucção coluna cabeças estão sobre atmosfera, esses marcaram (-? elevadores de ?are.
Para bombas de cabo verticais omitem pressão de sucção e leituras de cabeça líquidas.
VELOCIDADE
RPM
DESCARGA
PRESSÃO
PSI
SUCÇÃO
PRESSÃO
PSI
CABEÇA LÍQUIDA
PSI NÃO. TAMANHO
PITOT
PRESSÃO
FLUXOS
GALÕES
POR MINUTO
POR CENTO DE
TAXADO
CAPACIDADE
VOLTS AMPÈRES
PRESSÃO A VAPOR
ESTRANGULE TÓRAX
psi
psi
BOMBA DE JÓQUEI
SIM
NÃO
EM
FORA
psi de psi
SIM NÃO
COMEÇO APROVADO
MODELO OU TIPO
PARADA
MANUAL
AUTO
GOTA DE IMPRENSA
FLUXO DE ÁGUA
MANUAL
AUTO
GASOLINA INDEPENDENTE
MÁQUINA
GÁS
MÁQUINA
VAPOR
TURBINA
VOLT AVALIADO ELÉTRICO. VOLT OPERACIONAL. F.L AVALIADO. AMPÈRES DE AMPÈRES ÀS 150%
MOTOR
DIESEL
MÁQUINA
FABRICANTE
IMPRENSA. GOVERNADOR
EMBUTIDO
MOTORISTA
CONTROLADOR
SE
VERTICAL
TIPO
PUM
CABO
HORIZONTAL VERTICAL
FABRICANTE APROVOU
SIM NÃO
LOJA OU CONSECUTIVO NÃO.
GPM RATED AVALIADO CABEÇA-FT. (PSI) SUCÇÃO DE RPM AVALIADA DE TANQUE TANQUE DE TAMANHO ALTURA
MODELO OU TIPO
CONFERIDO COM
PLACO
TESTADO POR
ÍNDICE NENHUM.
ESTADO
FABRICANTE
MODELO OU TIPO
APROVADO
SIM NÃO
LOJA OU CONSECUTIVO NÃO. MODELO OU TIPO TAXARAM H.P.
DESEMPENHO
LISO ÁSPERO
LOJA OU CONSECUTIVO NÃO.
RIGHTANGLE
ENGRENAGEM
PASSEIO
ESTÁTICO
BOMBEANDO
FT
FT
VERTICAL
DIST. DISCH.
MEÇA
ÁGUA
NÍVEL
FABRICANTE
LOJA OU CONSECUTIVO NÃO.
FASE CICLOS SERVIÇO FATOR
APROVADO
SIM
NÃO
RPM AVALIADO
ASSUNTO
CIDADE
ENDEREÇO
PROPRIEDADE DE
BOMBEIE DADOS de TESTE de ACEITAÇÃO Recorrem a P & P F(A)–512.12 & DS 3–7N
DIST. ESCRITÓRIO
DATA
CÓDIGO
TURBINA
IMPRENSA A VAPOR
FIGURA A.14.2.7.3 Bomba Aceitação Teste Dados. (Cortesia de Fábrica Pesquisa Mútua
Corp.)
ANEXE B 20–77
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

B.1.12 Cabeça de Rede Atual Abaixa que Avaliado. Confira impulsor


diâmetro e número e bomba número modelo para ter certeza
curva de cabeça correta está sendo usada.
Cobertura de B.1.13 Gasket Defective, Permitindo Vazamento Interno,
(Único-fase e Multistage Pumps). Substitua gasket defeituoso.
Fabricante de cheque está puxando para ver se gasket é requerido.
B.1.14 Pressure que Medida Está em cima de Cobertura de Bomba. Lugar
medidas em local correto. (Veja Figura A.6.3.1.)
B.1.15 Ajuste de Impulsor Incorreto (Turbina de Cabo Vertical–
Bomba de tipo Só). Ajuste impulsores de acordo com fabricante
instruções.
Impulsores de B.1.16 Fecharam. Para turbine–type de cabo vertical
bombas, aumento e mais baixos impulsores o topo cabo ajustando
noz. Se este ajuste não tiver êxito, siga o fabricante
instruções.
Para dividir-caso horizontal bombas, remova maiúscula e
localize e elimine obstrução.
Bomba de B.1.17 Está Congelada. Proveja calor no quarto de bomba. Desmonte
bomba e remove gelo como necessário. Examine partes
cuidadosamente para dano.
B.1.18 Pump que Cabo ou Manga de Cabo Marcaram, Curvado, ou Usado.
Substitua cabo ou manga de cabo.
B.1.19 Pump não Preparou. Se uma bomba é operada sem água
em sua cobertura, os anéis cansativos são prováveis agarrar. O primeiro
advertir é uma mudança em lance do som do motorista. Feche
abaixo a bomba.
Bomba de fogo
Dificuldades
Excessivo
vazamento a
caixa enchendo
Bomba ou motorista
aquece demais
Bombeie unidade
não comece
Nenhuma água
descarga
Bomba é ruidosa
ou vibra
Muito
poder requereu
Descarga
pressão
não constante
para mesmo gpm
Bomba perde
sucção depois de
começando
Insuficiente
descarga de água
Descarga
pressão
muito baixo para gpm
descarga
Sucção Bomba Motorista and/or
Bombeie o Motorista
Ar puxado em conexão de sucção por leak(s)
Conexão de sucção obstruiu
Bolso de ar em tubo de sucção
Bem se desmoronado ou misalignment sério
Caixa enchendo muito apertado ou empacotando improperly instalado,
tipo usado, defeituoso, muito apertado, ou incorreto
Selo de água ou pia para marcar entupido
Vazamento de ar em bomba por encher caixas
Impulsor obstruiu
Anéis cansativos usados
Impulsor danificou
Impulsor de diâmetro errado
Cabeça de rede atual abaixa que avaliado
Gasket de cobertura defeituoso, permitindo vazamento interno
(único-fase e multistage bombeia)
Medida de pressão está em cima de cobertura de bomba
Ajuste de impulsor incorreto (cabo vertical
bomba de turbina-tipo só)
Impulsores fecharam
Bomba está congelada
Bombeie cabo ou manga de cabo marcadas, curvado, ou usado,
Bomba não preparou
Improperly de anel de selo localizaram enchendo caixa, enquanto prevenindo
molhe de entrar em espaço para formar selo
Excesso que agüenta fricção devido a falta de lubrificação, use,
sujeira, enferrujando, fracasso, ou instalação imprópria
Fitas de elemento giratórias contra elemento estacionário
Bomba e misaligned de motorista
Fundação não rígido
Sistema máquina-refrescante obstruiu
Motorista defeituoso
Falta de lubrificação
Acelere muito baixo
Direção errada de rotação
Acelere muito alto
Voltagem de motor taxada diferente de voltagem de linha
Circuito elétrico defeituoso, sistema de combustível entupido,
tubo a vapor obstruído, ou bateria 32 31 30 29 28 27 26 25 24 23 22 21 20 19 18 17 16 15 14 13 12 11 10 9 morta
8
7
6
5
4
3
2
1
FIGURA B.1 Possíveis Causas de Dificuldades de Bomba de Fogo.
20–78 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Para turbine–type de cabo vertical bombeia, confira nível de água para


determine se tigelas de bomba têm própria submersão.
B.1.20 Seal Anel Improperly Located Enchendo Caixa, Prevenindo
Molhe de Entrar em Espaço para Formar Selo. Solte
parafuso de balanço de glândula e remove glândula de caixa de recheio meio junto
com o água-selo toque e empacotando. Substitua, enquanto pondo selo
toque em próprio local.
Excesso de B.1.21 que Agüenta Fricção devido a Falta de Lubrificação,
Use, Sujeira, Enferrujando, Fracasso, ou Instalação Imprópria. Remova
portes e limpa, lubrifique, ou substitua como necessário.
B.1.22 Elemento Giratório que Liga Contra Elemento Estacionário.
Confira liberações e lubrificação e substitua ou conserte o
parte defeituosa.
B.1.23 Pump e Motorista Misaligned. Cabo que escapa centro
por causa de portes usados ou misalignment. Alinhe bomba e
motorista de acordo com as instruções de fabricante. Substitua portes
de acordo com as instruções de fabricante. (Veja Seção 6.5.)
Fundação de B.1.24 Não Rígido. Aperte fundação tranca ou
substitua fundação se necessário. (Veja Seção 6.4.)
Máquina de B.1.25 que Sistema Refrescante Obstruiu. Aqueça exchanger
ou sistemas de água refrescantes bomba muito pequena ou refrescante defeituoso.
Remova termostatos. Estrada de contorno aberta ao redor de válvula de regulador e
coador. Confira operação de válvula de regulador. Confira coador.
Limpe e conserto se necessário. Desconecte seções de esfriar
sistema para localizar e remover possível obstrução. Ajuste máquina
água refrescante cinto de bomba circulante para obter próprio
acelere sem ligar. Lubrifique portes desta bomba.
Se ainda aquecendo demais acontece a cargas até 150 por cento de
capacidade avaliada, bomba de contato ou fabricante de máquina de forma que
podem ser dados passos necessários para eliminar aquecendo demais.
B.1.26 o Motorista Defeituoso. Confira motor elétrico, combustão interna,
máquina, ou turbina a vapor, conforme fabricante,
instruções, localizar razão para fracasso para começar.
B.1.27 Lack de Lubrificação. Se partes agarraram, substitua estragado
partes e provê própria lubrificação. Se não, bomba de parada
e provê própria lubrificação.
B.1.28 Speed Muito Baixo. Para passeio de motor elétrico, confira que
velocidade de motor taxada corresponde a velocidade avaliada de bomba, voltagem,
está correto, e começando equipamento está operando corretamente.
Baixa freqüência e baixa voltagem na provisão de energia elétrica
impeça para um motor de correr a velocidade avaliada. Baixa voltagem pode
esteja devido a cargas excessivas e capacidade de cevador inadequada ou
(com plantas geradoras privadas) baixa voltagem de gerador. O
voltagem de gerador de plantas geradoras privadas pode ser corrigida
mudando a excitação de campo. Quando baixa voltagem é
das outras causas mencionadas, poderia ser necessário para
transformador de mudança bate ou capacidade de cevador de aumento.
Baixa freqüência normalmente acontece com um gerar privado
planta e deveria ser corrigido à fonte. Baixa lata de velocidade
resulte em motores de esquilo-gaiola-tipo de tipo mais velhos se fixações de
cobre tranca para terminar anéis fique solto. O remédio é soldar
ou solda estas juntas.
Para passeio de turbina a vapor, cheque que válvulas em provisão a vapor
tubo é largo aberto; caldeira pressão a vapor é adequada; vapor
pressão é adequada à turbina; coador na provisão a vapor
tubo não é tampado; tubo de provisão a vapor é de tamanho adequado;
condensate é afastado de tubo de provisão de vapor, armadilha, e turbina;
não são tampados nozzles de turbina; e fixando de velocidade
e o governador de emergência está correto.
Para passeio de máquina de combustão interno, cheque que colocação de
governador de velocidade está correto; regulador de pressão de mão é aberto largo; e
não há nenhum defeito mecânico como aderir válvulas, enquanto cronometrando
fora, ou tomadas de faísca infringiram as regras, e assim sucessivamente. Estes problemas
podem
requeira os serviços de um mecânico treinado.
B.1.29 Wrong Direção de Rotação. Exemplos de um impulsor
virar para trás são raros mas são claramente reconhecível pelo
deficiência extrema de bomba direção de delivery.Wrong de rotação
pode ser determinado comparando a direção em qual
a junção flexível está virando com a seta direcional em
a cobertura de bomba.
Com um polyphase passeio de motor elétrico, dois arames devem ser
invertido; com um motorista de dc, devem estar as conexões de armação
invertido com respeito às conexões de campo. Onde dois
fontes de corrente elétrica estão disponíveis, a direção de rotação,
produzido por cada deveria ser conferido.
B.1.30 Speed Muito Alto. Veja aquela bomba - e motorista-avaliado
velocidade corresponde. Substitua motor elétrico com um de correto
velocidade taxada. Governadores fixos de motoristas para velocidade correta. Freqüência
em estações geradoras privadas poderia ser muito alto.
B.1.31 Rated Voltagem de Motor Diferente de Voltagem de Linha. Para
exemplo, um 220 V ou 440 V viajam de automóvel em 208 V ou 416 linha de V.
Obtenha motor de voltagem avaliada correta ou motor de tamanho maior.
(Veja Seção 9.4.)
B.1.32 Circuito Elétrico Defeituoso, Sistema de Combustível Entupido, Entupido,
Tubo a vapor, ou Bateria Morta. Se registre para fratura
interruptor aberto telegrafando, britador de circuito desligado, ou bateria morta. If
britador de circuito em controlador tropeça por nenhuma razão aparente,
faça óleo seguro está em panelas de colisão conforme fabricante
especificações. Faça tubo de combustível seguro está claro, coadores,
está limpo, e controla válvulas estão abertas em sistema de combustível para
máquina de combustão interna. Tenha certeza todas as válvulas estão abertas
e coador está limpo em linha de vapor para turbina.
Advertência de B.2. Capítulos 9 e 10 incluem exigências elétricas
isso desencoraja a instalação de desconecte meios dentro
a provisão de poder para motor–driven elétrico incendeia bombas. Isto
é pretendido que exigência assegura a disponibilidade de poder para
o fogo bombeia. Quando equipamento conectou a esses circuitos
é consertado ou manteve, o empregado pode ter exposição incomum
para perigos elétricos e outros. Pode ser necessário para
requeira práticas de trabalho seguras especiais e proteções especiais, pessoal,
roupa protetora, ou ambos.
Manutenção de B.3 de Controladores de Bomba de Fogo Depois de uma Falta
Condição.
Introdução de B.3.1. Em um fogo bomba motor circuito que foi
corretamente instalado, coordenou, e em serviço antes do
falta, tropeçando do britador de circuito ou o interruptor isolando,
indica uma condição de falta mais de sobrecarga operacional.
É recomendado que os procedimentos gerais seguintes
seja observado através de pessoal qualificado na inspeção e conserto
do controlador envolvido na falta. Estes procedimentos
não é pretendido que cobre outros elementos do circuito, como
telegrafando e viaja de automóvel que também pode requerer atenção.
B.3.2 Caution. Todas as inspeções e testes serão feitos em controladores
isso é de-energizado à linha terminal, desconectado,
trancado por fora, e etiquetou de forma que contato acidental não pode ser
feito com partes ao vivo e de forma que todos os procedimentos de segurança de planta será
observado.
Documento anexo de B.3.2.1. Onde dano significativo para o documento anexo,
como deformação, deslocamento de partes, ou queimando
aconteceu, substitua o controlador inteiro.
ANEXE B 20–79
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

O B.3.2.2 Circuito Britador e Interruptor Isolando. Examine o documento anexo


interior, britador de circuito, e isolando interruptor para evidência
de possível dano. Se evidência de dano não é aparente, o
o britador de circuito e interruptor isolando podem continuar sendo usados depois
fechando a porta.
Se há qualquer indicação que o britador de circuito abriu
vários dê curto circuito faltas, ou se sinais de possível deterioração
se apareça dentro de ou o documento anexo, britador de circuito, ou isolando
interruptor (por exemplo, deposits on surface, surface discoloration, insulation
rachando, ou operação de pino de madeira incomum), substitua os componentes.
Verifique que a manivela operacional externa é capaz de abertura
e fechando o britador de circuito e interruptor isolando. Se a manivela
não opera o dispositivo, isto também indicaria a necessidade para
ajuste ou substituição.
Términos de B.3.2.3 e Condutores Internos. Onde há
indicações de dano formando arco, aquecendo demais, ou ambos, como discoloration,
e derretendo de insulation, substitua as partes estragadas.
B.3.2.4 CONTACTOR. Substitua contatos exibição calor dano,
deslocamento de metal, ou perda de mesada de uso adequada de
os contatos. Substitua o contato pula onde aplicável. If
deterioração estende além dos contatos, como ligar dentro,
os guias ou evidência de dano de insulation, substitua o estragado
partes ou o contactor inteiro.
B.3.2.5 Return para Consertar. Antes de devolver o controlador para
conserte, confira para a tensão de conexões elétricas e para
a ausência de circuitos curtos, faltas de chão, e corrente de vazamento.
Íntimo e afiança o documento anexo antes do circuito de controlador
britador e isolando interruptor são energizados. Siga procedimentos operacionais
no controlador trazer isto em condição auxiliar.
Anexe Referências Informador para C
C.1 Referenced Publicações. Os documentos seguintes ou
thereof de porções são referenced dentro deste padrão para informador
propósitos só e não é assim parte das exigências
deste documento a menos que também listasse em Capítulo 2.
C.1.1 NFPA Publicações. Associação de Proteção de Fogo nacional,
1 Batterymarch Park, P.O. Caixa 9101, Quincy, MA 02269-9101.
NFPA13, Padrão para a Instalação de Sistemas de Irrigador, 2002
edição.
NFPA 14, Padrão para a Instalação de Standpipe e Mangueira,
Sistemas, 2003 edição.
NFPA 15, Padrão para Spray de Água Fixou Sistemas para Proteção de Fogo,
2001 edição.
NFPA 16, Padrão para a Instalação de Irrigador de Espuma-água,
e Sistemas de Spray de Espuma-água, 2003 edição.
NFPA 24, Padrão para a Instalação de Serviço de Fogo Privado,
Mains e os Pertence deles/delas, 2002 edição.
NFPA 25, Padrão para a Inspeção, Prova, e Manutenção,
de Sistemas de Proteção de Fogo Água-baseados, 2002 edição.
NFPA 31, Padrão para a Instalação de Equipamento Óleo-ardente,
2001 edição.
NFPA 70, Code® Elétrico Nacional, 2002 edição.
C.1.2 Outras Publicações.
C.1.2.1 ANSI Publicação. Americano Instituto de Padrões Nacional,
Inc., 11 oeste 42ª Rua, Nova Iorque, NY 10036.
ANSI/IEEE C62.11, Padrão de IEEE para Onda de Metal-óxido Arresters
para AC Poder Circuitos, 1987.
C.1.2.2 ANSI/UL Publicações. Laboratórios de segurador
Inc., 333 Estrada de Pfingsten, Northbrook, IL 60062-2096.
ANSI/UL 509, Padrão para Segurança Equipamento de Controle Industrial,
1989.
ANSI/UL 1008, Padrão para Segurança Transferência Automática
Interruptores, 1989.
C.1.2.3 AWWA Publicação. Americano Água Trabalhos Associação,
6666 Avenida de Quincy ocidental, Denver, CO 80235.
AWWA C104, Cimento-morteiro que Enfileira para Elenco-ferro e Flexível -
Tubo férreo e Ajustes para Água, 1990.
C.1.2.4 HI Publicações. Hidráulicas Instituem, 1230 Keith Construindo,
Cleveland, OH 44115.
Hidráulicas Instituem Padrões para Centrífugo, Rotativo e Reciprocando
Bombas, 14º ed., 1983.
HI 3.5, Padrão para Bombas Rotativas para Nomenclatura, Projete,
Aplicação e Operação, 1994.
HI 3.6, Testes de Bomba Rotativos, 1994.
C.1.2.5 IEEE Publicações. Instituto de Elétrico e Eletrônica
Engenheiros, 445 Pista de Enxadas, P.O. Caixa 1331, Piscataway,
NJ 08855-1331.
IEEE 141, Distribuição de energia elétrica para Plantas Industriais, 1986.
IEEE 241, Sistemas Elétricos para Edifícios Comerciais, 1990.
C.1.2.6 NEMA Publicações. Fabricantes Elétricos nacionais
Associação, 1300 N. 17ª Rua, Apartamento 1847, Rosslyn, VA 22209.
NEMA Controle Industrial e Padrões de Sistemas, ICS 2.2,
Manutenção de Controladores de Motor Depois de uma Condição de Falta, 1983.
NEMA 250, Documentos anexos para Equipamento Elétrico, 1991.
NEMA MG 1, Motores e Geradores, 1993.
C.1.2.7 SAE Publicação. Sociedade de Engenheiros Automóvel,
400 Passeio de comunidade, Warrendale, PA 15096.
SAE J-1349, Teste de Poder de Máquina Ignição de Code—Spark e Compressão
Máquina, 1990.
C.2 Referências Informador. Os documentos seguintes ou
só são listados thereof de porções aqui como recursos informador.
Elas não são uma parte das exigências deste documento.
C.2.1 NEMA Publicação. Fabricantes Elétricos nacionais
Associação, 1300 N. 17ª Rua, Apartamento 1847, Rosslyn, VA,
22209, http://www.nema.org.
NEMAICS 14, Guia de Aplicação para Controladores de Bomba de Fogo Elétricos,
2001.
Referências de C.3 para Extratos. Os documentos seguintes são
listado aqui para prover informação de referência, inclusive título,
e edição, para extratos dados ao longo deste padrão como,
indicado por uma referência em parênteses [] seguindo uma seção ou
parágrafo. Estes documentos não são uma parte das exigências
deste documento a menos que também listasse em Capítulo 2 para
outras razões.
NFPA 37, Padrão para a Instalação e Uso de Estacionário
Máquinas de combustão e Turbinas de Gás, 2002 edição.
NFPA 70, Code® Elétrico Nacional, 2002 edição.
20–80 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Índice
© 2003 Nacional Fogo Proteção Associação. Todos os direitos reservados.
O direito autorais neste índice está separado e distinto do direito autorais no documento que indexa. O
licenciamento abastece fixado adiante para o
documento não é aplicável a este índice. Este índice pode não ser reproduzido em todo ou em parte por
qualquer meios sem o expresso escrito
permissão de NFPA.
-AAdditive
(definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.1
Bombas aditivas. . . 8.1.3.1, 8.2, 8.9.2, A.8.2; também veja Espuma concentrar
bombas
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.1
Motores, controladores para. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.9
Areje leaks/pockets. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.1, B.1.3, B.1.7,
Ajustes de liberação de ar, automático. . . . . . 6.3.1(1), 6.3.3, 7.3.5.1(1), 7.3.5.2
Ar começando. . . . . . . . . . 11.2.5.4, 12.4.1.3(7), 12.6, A.11.2.5.4.4, A.12.6.9,
Alarmes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.23, A.5.23,
Contatos para controladores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4.8, 12.4.3
Dispositivos em controladores. . . . . . . . . . . . . . . 10.1.1.2, 10.4.6, 10.6.6, 12.1.2,
12.4.1, 12.6.7, A.10.4.6, A.12.4.1.2,
Dispositivos remoto de controladores. . . . . . . . . . 10.4.7, 10.8.3.14, 12.4.2,
12.4.3, 12.6.8, A.10.4.7, A.12.4.2.2(3)
Testes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.11
Aplicação de padrão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.3
Approved/approval
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.2.1, A.3.2.1,
Exigências. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.2, A.5.2,
Aquifer (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.2
Aquifer desempenho análise. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.7.2.1.2
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.3
Autoridade que tem jurisdição
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.2.2, A.3.2.2,
Combustível revisão de plano de sistema. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.4.1
Ajustes de liberação de ar automático. . . . . . . .see Air libertam ajustes, automático,
Interruptor de transferência automático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.1.3
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.4
-BBackflow
preventers. . . . . . . . . . 5.14.9(1), 5.15.6, 5.16.1, 5.26, A.5.14.9,
A.5.15.6
Baterias, armazenamento. . . . . . . . . . . . . . . 11.2.5.2, 12.5.4, 14.2.8.7, A.11.2.5.2.3,
A.11.2.5.2.5
Alarmes, fracasso. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.4.1.3(5), 12.4.1.3(6)
Local. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.5.2.5, A.11.2.5.2.5,
Manutenção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.6.3, B.1.32,
Recarregando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.5.2.3, A.11.2.5.2.3,
Voltmeter. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.4.5
Corcéis de bateria. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.5.2.4, 12.4.1.3(6)
Contactors de bateria, principal. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.10, A.11.2.4.10,
Faça rolar assembléia, bombas de turbina de cabo verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.3
Circuito de filial (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.5
Válvulas de borboleta. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.15.7, 5.15.8, 5.24.4, A.5.24.4,
Linha de estrada de contorno. . . 5.14.4, 11.2.6.4, A.5.14.4, A.11.2.6.4, A.13.2.1.1, B.1.25,
Evite válvulas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.16.1
-CCan
bomba (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.2
Capacidade, bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.8, 6.2.1, A.5.8, A.14.2.7.3,
Bombas centrífugas
Capacidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.8, 6.2.1, A.5.8, A.14.2.7.3,
Substituição de componente. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.5.2
Conexão para o motorista e alinhamento. . . . . . . . . . . . . 6.5, A.6.5, B.1.23,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.3
Termine sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.1.2
Fábrica e desempenho de campo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.2, A.6.2,
Em-linha. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.1.2
Pressão de máximo para. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.7.4, A.5.7.4,
Bombas de manutenção de pressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.24.5.1, A.5.24.5,
Válvulas de alívio. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.18, A.5.18,
Provisão exclusiva. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5.2.6, 12.6.13
Tipos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.1, A.6.1.1,
Confira válvulas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.9(1), 5.15.6, 5.24.3, 5.24.4,
5.26, 10.5.2.1.6(2), 12.5.2.1.6(2), A.5.15.6, A.5.24.4,
Britadores de circuito. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Disconnecting meios
Condutores de circuito. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.3.1, A.9.3.1, B.3.2.3,
Válvulas de alívio de circulação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Alívio válvulas
Colunas, bombas de turbina de cabo verticais. . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.2, A.7.3.2.1,
Controladores, bomba de fogo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Fire os controladores de bomba
Controle válvulas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Portão válvulas
Coolant, máquina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.6.2
Material corrosão-resistente (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.6
Junções, flexível. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see junções Flexíveis
Local de parte atual-levando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.5.2.6
Cortando e soldando, tocha. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.13.4, A.5.13.4,
-DDefinitions
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Rachadura. 3
Detectores, nível de água. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Water nível
Motores dieseis. . . . . . 5.7.2, rachadura. 11; também veja Máquina dirigir os controladores
Aplicações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.1.1
Conexão para bombear. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.3
Esfriando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.6, A.11.2.6.3, A.11.2.6.4, B.1.25,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.7
Emergência começando e parando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.6.6
Esvazie. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.5, A.11.5.3,
Edifícios de bomba de fogo ou quartos com. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.1.3
Provisão de combustível e arranjo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.4, A.11.4,
Instrumentation e controle. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4, A.11.2.4,
Listando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.1
Operação e manutenção. . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.6, A.11.6, A.14.2.7,
Proteção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.3, A.11.3,
Avaliações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.2, A.11.2.2,
Redundante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.4(5)
Métodos começando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.5, 11.6.6, A.11.2.5, A.14.2.7,
Testes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.7, A.14.2.7,
Tipo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.1.2, A.11.1.2,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . 7.5.1.3, 7.5.1.4, 7.5.2
Descarregue cones. . . . . . 5.18.5.1, 5.18.5.4, 6.3.2(4), 7.3.5.1(4), A.5.18.5
Tubo de descarga e ajustes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.2.3, 5.15, A.5.15,
De válvulas de entulho. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.6.5
Bombas de manutenção de pressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.24.7
De válvulas de alívio. . . . . 5.18.5 a 5.18.9, A.5.18.5, A.5.18.7, A.5.18.8,
Válvulas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.15.6 a 5.15.9, 5.16.1, 5.24.3, 5.24.4,
5.24.5.1, A.5.15.6, A.5.24.4,
Medidas de pressão de descarga. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.10.1, 8.4.1
Meios desconectando
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.8
Elétrico-dirija os controladores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4.3, 10.6.3, 10.6.8,
A.10.4.3.1, A.10.4.3.3, B.2, B.3.1, B.3.2.2,
Motoristas elétricos. . 9.2.5.4, 9.2.5.5, 9.3.2.1, 9.3.2.2.3, A.9.3.2.2.2, B.2,
Drenagem
Bombeie room/house. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.6, 11.3.1, A.5.12.6,
Névoa de água bombas de sistema. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.4.4.1
Drawdown (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.9
Dripproof viaja de automóvel. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.1.7.1, 9.5.2.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.2
Vigiado (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.1
INDEXE 20–81
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Motoristas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.2.3, 5.2.4, 5.4.1, 5.7, A.5.4.1,


A.5.7.1, A.5.7.4, B.1.23, B.1.26; também veja motores dieseis;
Motoristas elétricos; turbinas A vapor
Proteção de terremoto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.27.1, A.5.27.1,
Bombas de deslocamento positivas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.5, 8.8, A.8.5.1,
Bombeie conexão e alinhamento. . . . . . . . . . . . . . . . . 6.5, A.6.5, B.1.23,
Velocidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28, B.1.30,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.5, 7.6.1.6
Dual-dirija unidades de bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.7.3
Esvazie válvulas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.6
Controle. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.6.3
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.1
Motor de pó-ignição-prova (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.3
-EEarthquake
proteção. . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.1, 5.27, A.5.12.1, A.5.27.1,
Excêntrico se afilou redutor ou increaser. . . . . . . . . . . . . . 5.14.6.4, 6.3.2(1)
Motoristas elétricos. . . . 5.7.2, 9.5, rachadura. 9, A.9.5.1.3; também veja Elétrico-dirija
controladores
Limites atuais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.2
Operação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.14.2.7
Teste de reversão de fase. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.7.5, A.14.2.7.5,
Dê poder a fontes e provisão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Power provisão
Problemas de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.26, B.1.28 para B.1.30,
Velocidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28, B.1.30,
Testes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.4.3, 14.2.7, A.14.2.7,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . 7.5.1.3, 7.5.1.5, 7.5.2
Gota de voltagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.4, A.9.4,
Elétrico-dirija os controladores. . . . . . . . . . . . Rachadura. 10; também veja os motoristas Elétricos
Motores de bomba aditivos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.9
Aplicação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.1
Automático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5.1, 10.5.2, 10.9.2, A.10.5.1,
Componentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4, A.10.4.1,
Conexões e telegrafando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.4
Circuitos auxiliares, proteção de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.5
Base de contínuo-dever. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.4.5
Construção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3, A.10.3.3.1,
Emergência-corra controle. . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5.3.2, 10.6.10, A.10.5.3.2,
Operações externas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.6, 10.5.2.6, A.10.3.6,
Instrução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.7, A.10.3.7.3,
Serviço limitado. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.7, A.10.7,
Listando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.2.1, 10.1.2.4
Local. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.2, A.10.2.1,
Circuito de controle de baixo-voltagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.6.5
Nonautomatic. . . . . . . . . 10.5.1, 10.5.2.4, 10.5.3, A.10.5.1, A.10.5.3.2,
Transferência de poder para provisão de poder de substituto. . . . . . . . . . . . . 10.8, A.10.8,
Taxado mais de 600 Volts. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.6
Conserte arranjos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.2.6
Começando e controla. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5, A.10.5.1,
Estado de prontidão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.2.7
Métodos parando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5.4, 10.9.3
Começando elétrico, motor diesel. . . . . 11.2.5.2, A.11.2.5.2.3, A.11.2.5.2.5,
Provisão elétrica. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Power provisão
Controle de administração de combustível eletrônico. . . . . . . . . . . . 11.2.4.13, 12.4.1.3(9),
12.4.1.3(10), 14.2.13, A.11.2.4.13, A.14.2.13,
Controle de emergência para controladores de passeio de máquina. . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5.6
Governadores de emergência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.2.4, 13.2.2.5, 14.2.10
Iluminação de emergência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.4
Emergência-corra controle mecânico. . . . . . 10.5.3.2, 10.6.10, A.10.5.3.2,
Documentos anexos, bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Pump rooms/houses
Documentos anexos para controladores. . . . . . . . . . 10.3.3, 12.3.3, A.12.3.3.1, B.3.2.1,
Bombas de sucção de fim. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.1.2, figo. A.6.1.1(a)
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.4
Controladores de passeio de máquina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Rachadura. 12
Ar começando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.5.4, 12.6, A.11.2.5.4.4, A.12.6.9,
Aplicação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.1
Automático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5.1, 12.5.2, A.12.5, A.12.5.2.1.1,
Instalação elétrica de em-fábrica. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.8, 11.2.5.4.2, A.11.2.4.8,
Instalação elétrica de em-campo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.9, A.11.2.4.9,
Componentes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.4, A.12.4,
Conexões e telegrafando. . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.8, 11.2.4.9, 11.2.5.4.2,
12.3.5, A.11.2.4.8, A.11.2.4.9,
Construção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.3, A.12.3,
Diagramas elétricos e instruções. . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.3.6, 12.3.8,
12.6.5, A.12.3.8,
Operações externas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.3.6.3, 12.5.2.5, 12.6.12
Local. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.2, A.12.2.1,
Gabinete fechado para interruptores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.3.4
Nonautomatic. . . . . 12.5.1, 12.5.2.3, 12.5.3, 12.6.11, 12.6.14, A.12.5,
Começando e controla. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5, 12.6.15, A.12.5,
Métodos parando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5.5, 12.6.16, A.12.5.5.2,
Testes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5.3.2, 14.2.8.7
Máquinas
Diesel. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Motores dieseis de .see
Combustão interna. . . . . . . . . . . . . . .see máquinas de combustão Internas
Equivalency para padrão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.5
Esvazie sistema, máquina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.5, A.11.5.3,
Explosionproof viajam de automóvel (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.5
-FFan -
motor esfriado, totalmente incluído. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.2.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.8
Falta circuito de controle externo tolerante. . . . . . 10.5.2.6, 12.5.2.5, 12.6.12
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.10
Cevador
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.11
Capacidade inadequada. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28
Testes de aceitação de campo. . . . . . . . . . . 5.4.2, 5.29, 14.2, 14.3.3, 14.5, A.14.2,
Incendeie controle de equipamento de proteção. . . . . . . . . 10.5.2.3, 12.5.2.2, 12.6.10
Controladores de bomba de fogo. . . . 5.2.3, 5.2.4, 5.4.1, 8.6, A.5.4.1, A.8.6; também veja
Elétrico-dirija os controladores; os controladores de passeio de Máquina
Teste de aceitação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.8, A.14.2.8.1,
Motores de bomba aditivos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.9
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.12
Proteção de terremoto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.27.1, A.5.27.1,
Conexão de provisão de poder elétrica. . . . . . . . . . . . . . . 9.2.5.4, 9.3.2.2.2,
9.3.2.2.3.1(1), 9.3.2.2.3.2(D), 9.6.4, A.9.3.2.2.2,
Manutenção, depois de condição de falta. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.3
Bomba de deslocamento positiva. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.6.3
Proteção de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.1, A.5.12.1,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.5.2, 7.5.3
Gota de voltagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.4, A.9.4,
Bombas de fogo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see também Bombeia
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.5
Operações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Operações de .see
Sistemas empacotados. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.28
Redundante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.4, A.9.2.4,
Resumo de dados. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Mesa 5.25
Unidades de bomba de fogo
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.13
Dual-dirija. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.7.3
Testes de aceitação de campo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.29
Local e proteção
Unidades interiores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.1.1
Unidades ao ar livre. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.1.2
Desempenho. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.4, 14.2.7.4, A.5.4.1,
Ajustes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.2.3, 5.13, 6.3, A.5.13,
Descarga. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.15, A.5.15,
Manutenção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.13
Bombas de deslocamento positivas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.4, A.8.4,
Sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14, A.5.14,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.5, A.7.3.5.3,
Cabos conectando flexíveis. . . . . . . . . . 6.5.1, 11.2.3.1.1, 11.2.3.2.1, A.6.5,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.14
Guardas para. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.7
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.5.1.6.1, 7.5.1.7
Junções flexíveis. . . . . . . . . . . . . . . . . 6.5.1, figo. A.6.1.1(E), A.6.4.1, A.6.5,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.15
Conexão de bomba de motor diesel. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.3.1
Proteção de terremoto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.27.4
Guardas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.7
Bombas de deslocamento positivas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.8
Sucção inundada (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.16
Dispositivo fluxo-medindo. . . . . . . . . . . . . 6.3.2(3), 14.2.7.3.3.1, 14.2.7.3.3.2
20–82 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Testes de fluxo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Tests


Espuma concentra bombas. . . 8.1.3.1, 8.2, 8.4.3, 14.2.12, A.8.2, A.8.4.3,;
também veja bombas Aditivas
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.6
Fundações. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.4, A.6.4.1, A.6.4.4, B.1.24,
Bombas de deslocamento positivas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.7
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.4.3
Dispositivos freqüência-sentindo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.3.7
Provisão de combustível. . . . . . . . . 11.4, A.11.4; também veja administração de combustível Eletrônica
controle
Proteção de terremoto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.27.1, A.5.27.1,
Local. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.4.5, A.11.4.5,
Manutenção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.6.4, A.11.6.4,
Sistema obstruído. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.32
-GGate
válvulas. . . . . . . . . . . 5.14.5, 5.15.7, 5.24.4, A.5.14.5, A.5.24.4, A.13.3,
Passeios de engrenagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.5.1.6, 11.2.3.2.1, 14.2.7.3.9
Bomba de engrenagem (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.7
Gerador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Em-local de .see gerador auxiliar
Governadores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.30
Motor diesel. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.1, 14.2.7.3.7.2, 14.2.7.3.7.3
Emergência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.2.4, 13.2.2.5, 14.2.10
Acelere, turbina a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.2, 14.2.7.3.8
Fundamentando
Documentos anexos de controlador de passeio elétricos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.3.3
Controladores de passeio de máquina. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.3.3.2
Groundwater (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.17
Motores vigiados
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.6
Dripproof (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.1
Guardas para linhas de combustível. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.4.2
-HHead
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.5.1, 6.2.2; também veja cabeça de sucção positiva Líquida;
Cabeça total (H)
Disponível de provisão de água. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.5
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.18, A.3.3.18,
Cabeça líquida abaixa que avaliado. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.12
Estático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.6.1.2
Bomba de turbina vertical componente de cabeça. . . . . . . . . . . . . . 7.3.1, A.7.3.1,
Aqueça exchangers. . . . . . . . . . . . 11.2.6.1(1), 11.2.6.3, 11.2.6.4, A.11.2.6.3,
A.11.2.6.4, A.11.3.2.3, A.11.3.2.4, B.1.25,
Bombas horizontais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.1.1
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.8
Conexão de passeio de motor diesel. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.3.1
Instalação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Figo. A.6.3.1
Dividir-caso. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.1.3, figo. A.6.1.1(f), Figo. A.6.3.1
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.9
Tubo de sucção e ajustes. . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.6.3.1 a 5.14.6.3.3
Cabeça total (H) (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.39, A.3.39,
Válvulas de mangueira. . . . . . 5.19.3, 6.3.2(2), 7.3.5.1(5), A.5.19.3.1, A.14.2.7.2.1,
Começando hidráulico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.5.3, 12.4.1.3(7)
-IImpellers
Impulsor entre desígnio de portes. . . 6.1.1.3, 6.4.1, A.6.1.1, A.6.1.4,
Desígnio de impulsor pendido. . . . . . . . . . . . . 6.1.1.2, 6.4.1, 6.4.2, A.6.1.1,
A.6.4.1
Problemas. . . . . . . . . . . . B.1.8, B.1.10 para B.1.12, B.1.15, B.1.16, B.1.29,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . 7.3.3.2, 7.5.1.1, 7.5.1.2,
7.5.1.6.2, 7.6.1.3, A.7.6.1.1,
Borboleta indicando ou válvulas de portão. . . . . 5.15.7, 5.15.8, 5.24.4, A.5.24.4,
Bombas de em-linha. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.1.2, figos. A.6.1.1(c) para (e)
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.10
Correntes de em-pressa. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.3.10
Painel de instrumento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.7
Máquinas de combustão internas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.1.2.2, B.1.26,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.19
Quarto de bomba ou mora, aqueça para. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.2.2
Velocidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28
Interruptores isolando. . . . . . . . . . . . . 10.4.2, 10.8.2.1.2 a 10.8.2.1.6, 10.8.2.2,
A.10.4.2.1.2, A.10.4.2.3, B.3.1, B.3.2.2,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.20
Válvulas de isolamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.16.1
-JJockey
bombas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Pressure bombas de manutenção
-LLighting
Artificial. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.3
Emergência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.4
Líquido (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.21
Materiais líquidos. . . . . . . . . . . . . 5.2.3, 5.2.4, 5.6, A.5.6; também veja nível de Água
Cabeça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.5, A.6.1.2,
Aqueça exchanger. . . . . . . . . . . . 11.2.6.3, 11.2.6.4, A.11.2.6.3, A.11.2.6.4,
Potable molham, proteção de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.4.6
Bombas, preparando de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.19
Confiança. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.1, A.5.6.1,
Fontes. . . . . . . . . . . . 5.6.2, 7.2.1, A.5.6.2, A.7.1.1, A.7.2.1.1, A.7.2.1.2,
Descarregue. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.18.7, A.5.18.7,
Provisão armazenada. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.4, A.5.6.4,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . 7.1.1, 7.2, A.7.1.1, A.7.2,
B.1.19
Listado
Os controladores e interruptores de transferência. . . . . . . 10.1.2.1, 10.1.2.4, 12.1.3.1
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.2.3, A.3.2.3,
Esvazie válvulas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.6.4
Máquinas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.1
Bombas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.1.2.1, 5.7.1, A.5.7.1,
Proteção de overcurrent de rotor fechada. . . . 10.4.4, 10.6.9, A.10.4.4.1(3)
Lockout, motores de bomba aditivos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.9.4
Perda de fase. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4.7.2(B)
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.22
Baixa sucção que estrangula válvulas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.9(2), 5.15.9
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.2
Lubrificação, bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.21, B.1.27,
-MMaintenance
Baterias, armazenamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.6.3, B.1.32,
Controladores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.3
Motores dieseis. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.6, A.11.6,
Ajustes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.13
Provisão de combustível. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.6.4, A.11.6.4,
Bombas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.6.2, 14.4
Selos de água. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.6
Válvula de regulador de pressão principal, turbina a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
13.2.1.3
Bombas de maquiagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Pressure bombas de manutenção
Múltiplo, esvazie. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.5.4
Manuais, instrução. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.3.1, 14.3.2
Interruptores de transferência manuais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.1.2, 10.8.3.5
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.23
Marcando
Controladores de motor de bomba aditivos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.9.5
Meios desconectando. . . . . . . . . . . . . . . . . 9.3.2.2.3.2(B), 9.3.2.2.3.2(C)
Elétrico-dirija os controladores. . . . . . . . . . 10.1.2.2, 10.1.2.5, 10.3.8, 10.9.5,
A.10.1.2.2
Motoristas elétricos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.3
Controladores de passeio de máquina. . . . . . . . . . . . . 12.1.3.3, 12.3.7, 12.6.3, 12.6.6
Interruptores de transferência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.2.2, A.10.1.2.2,
Máximo bomba freio horsepower. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.5.1
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.24
Medida, unidades de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.6
Metros. . . . . 5.19.2, 8.9.2, 8.9.3, 14.2.7.3.3.1, 14.2.7.3.3.2, A.5.19.2.1.1,
Contactors de motor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4.5, A.10.4.5.6.2, B.3.2.4,
Motores
Dripproof. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see motores de Dripproof
Pó-ignição-prova (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.3
Elétrico (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.4
INDEXE 20–83
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Explosionproof (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.5


Vigiado (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.6
Aberto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.2.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.7
Velocidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Speed
Totalmente incluído. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Totally incluiu motores
Multistage bombeia. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.1.1, 6.1.1.2, 6.1.1.3
-NNameplates,
em bombas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.9
Cabeça de sucção positiva líquida (NPSH) (hsv). . . . . . . . . 7.2.2.2.2, 8.2.2, 8.3.2
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.26
Catracas de Nonreverse. . . . . . . . . . . . 7.5.1.4, 7.5.1.6.3, 9.5.1.7.2, 11.2.3.2.2
Nonventilated viajam de automóvel, totalmente incluído. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.2.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.10
-OOil
medida de pressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.5
Em-local poder produção facilidade. . . . . . . . . 9.2.3, A.9.2.3; também veja Poder
provisão
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.27
Em-local gerador auxiliar. . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.4, 9.2.5.2, 9.6, 10.8.3.6.2,
10.8.3.12, A.9.2.4, A.9.6.2; também veja Poder prover,
Fontes de poder alternadas
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.28
Motores abertos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.2.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.7
Operações
Controladores, operações externas. . . . . . . . . . 10.3.6, 10.5.2.6, 12.3.6.3,
12.5.2.5, 12.6.12, A.10.3.6,
Motores dieseis. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.6, A.11.6,
Bombas. . . . . . . . . . . . . . . 5.3, 7.6.1, 14.2.7, A.7.6.1.1, A.7.6.1.4, A.14.2.7,
Colocação ao ar livre, bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . 7.4.2
Fora de parafuso e válvulas de portão de jugo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Portão válvulas
Proteção de Overcurrent. . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.5.4, 9.2.5.5, 9.3.2.2.3, 10.3.5,
10.8.2.2(3), 10.8.3.11, 14.2.8.8; veja também Desconectando
meios
Interruptor isolando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4.2.1.3
Rotor fechado. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4.4, 10.6.9, A.10.4.4.1(3)
Overspeed paralisação de empresas dispositivo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.3
-PPackaged
sistemas de bomba de fogo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.28
Reversão de fase. . . . . . . . . . . . . . . 10.4.6.2, 10.4.7.2(C), 14.2.7.5, A.14.2.7.5,
Tubo. . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.13, A.5.13; também veja tubo de Descarga e ajustes;
Tubo de sucção e ajustes
Esvazie. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.5.3, A.11.5.3,
Corando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.1, A.14.1.3,
Combustível. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.4.6, A.11.4.6,
Dados de tamanho de tubo mínimos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Mesa 5.25
Problemas, causas de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.1 para B.1.3, B.1.6
Tubo protegendo para linha de combustível. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.4.2
Proteção contra dano devido a movimento. . . . . . . . . 5.17, A.5.17,
Coadores de oleoduto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.3.2(5), 6.3.4
Plunger de pistão bombeiam (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.11
Bombas de deslocamento positivas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.1.1, rachadura. 8
Aplicação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.3
Substituição de componente. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.5.1
Conexão para o motorista e alinhamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.8
Controladores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.6, A.8.6,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.12
Motoristas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.5, 8.8, A.8.5.1,
Ajustes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.4, A.8.4,
Testes de fluxo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.9, 14.2.7.3.3
Espuma concentra e bombas aditivas. . . . . . . . . . . . . 8.2, 8.4.3, 8.9.2,
A.8.2, A.8.4.3,
Fundação e fixando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.7
Materiais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.5, A.8.1.5,
Selos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.4, 8.2.3
Conveniência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.2, A.8.1.2,
Tipos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.1
Névoa de água bombas de sistema. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.3, A.8.3.1,
Provisão de poder. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.2.3, 5.2.4, 5.20,
Fontes de poder alternadas. . . 9.2.4, 10.4.7.2(D), 10.8, 14.2.9, A.9.2.4,
A.10.8; também veja Em-local gerador auxiliar
Interruptor de teste momentâneo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.3.13
Proteção de Overcurrent. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.3.11
Retransfer de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.3.9
Passeio elétrico para bombas. . . . 5.20.1, 9.2, 9.3, A.9.2.3, A.9.2.4, A.9.3,
B.1.28, B.1.30,
Fontes de poder alternadas. . Subhead de .see: fontes de poder Alternadas
Fontes de poder múltiplas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.5
Em-local poder produção facilidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.3, A.9.2.3,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.27
Serviço-provido. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.2
Proveja os condutores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.5.4
Provisão a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Steam provisão
Testes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.3.13, 14.2.8.9, 14.2.9, A.14.2.7.3,
Válvulas de controle de pressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.13.2.1.1
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.3
Medidas de pressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.10, 6.3.1(3), A.5.10.2, B.1.14,
Óleo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.5
Bombas de deslocamento positivas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.4.1
Vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.3
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.5.1(3)
Bombas de manutenção de pressão. . . . . . . . . . . . . . 5.24, 10.5.2.1.6, 12.5.2.1.6,
A.5.14.9, A.5.24,
Pressione registradores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.4.4, 12.6.9, A.12.4.4, A.12.6.9,
Válvulas pressão-reduzindo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.13.3
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.4
Dispositivos pressão-regulando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.15.10, A.13.2.1.1,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.29
Pressione válvulas de alívio. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Alívio válvulas
Proteção
De equipamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12, 11.3, A.5.12, A.11.3,
De pessoal. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.6.7, B.2,
De transportar. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.17, A.5.17,
Dispositivos protetores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see também proteção de Overcurrent
Circuitos auxiliares. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.5
Controlador. . . . . . . . . 10.4.2 a 10.4.4, 10.6.9, A.10.4.2.1.2, A.10.4.2.3,
Overspeed paralisação de empresas dispositivo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.3
Horsepower de freio de bomba, máximo (definição). . . . . . . . . . . . . . . 3.3.24
Nível de água bombeando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.3, A.7.1.1,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.31
Bombeie os fabricantes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.2.6, 12.1.4, 14.2.1
Bombeie rooms/houses. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12, A.5.12,
Drenagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.6, 11.3.1, A.5.12.6,
Iluminando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.3, 5.12.4
Temperatura de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.2, 11.6.5, A.11.6.5, B.1.17,
Tocha cortando ou soldando dentro. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.13.4, A.5.13.4,
Ventilação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.5, 11.3.2, A.11.3.2,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.4.1
Bombas
Elemento aditivo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Elemento aditivo bombas
Evite, com. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.4, 11.2.6.4, A.5.14.4, A.11.2.6.4,
Possa (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.2
Centrífugo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see bombas Centrífugas
Termine sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see End bombas de sucção
Fogo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Fire bombas
Espuma concentra. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Foam concentram bombas
Engrenagem (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.7
Horizontal. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see bombas Horizontais
Em-linha. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Em-linha bombas
Listado. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.1.2.1, 5.7.1, A.5.7.1,
Lubrificação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.21, B.1.27,
Múltiplo. . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.3.1, 5.14.7, 11.4.4, 12.1.3.3.2, 12.6.3.2
Sucessão que começa de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5.2.5, 12.5.2.4
Multistage. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.1.1, 6.1.1.2, 6.1.1.3
Plunger de pistão (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.11
Deslocamento positivo. . . . . . . . . . . . . .see bombas de deslocamento Positivas
Pressione manutenção. . . . . . . . . . . .see Pressure bombas de manutenção
Preparando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.19
20–84 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Problemas, causas de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Anexe B


Lóbulo rotativo (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.13
Cata-vento rotativo (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.14
Único-fase. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.1.1, 6.1.1.2, 6.1.1.3, A.6.1.1,
Velocidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.30
Turbina de lineshaft vertical. . . . . .see bombas de turbina de lineshaft Verticais
Bombeie rotação de cabo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.22, A.5.22, B.1.18,
Propósito de padrão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.2
-RRadiators
. . . . . . 11.2.6.7, 11.3.2.1(4), 11.3.2.4.3, A.11.3.2.3, A.11.3.2.4,
Referências. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Rachadura. 2, anexe C
Válvulas de alívio. . . 5.7.4.2, 5.18, 5.24.5.1, 6.3.1, 6.3.2(4), A.5.7.4, A.5.18,
A.14.2.7.1
Válvulas de alívio de circulação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.3.1(2), A.14.2.7.1
Automático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.11.1
Combinação com válvula de alívio de pressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.11.2
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.5
Drenagem, dispositivo de prevenção de backflow. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.26.2
Bombas de deslocamento positivas. . . . . 8.4.2 a 8.4.4, A.8.4.2 para A.8.4.4,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.5.1(4)
Estação remota, controle manual a. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5.2.3, 12.6.11
Retroatividade de padrão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.4
Bomba de lóbulo rotativa (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.13
Bomba de cata-vento rotativa (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.14
-SScope
de padrão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.1, A.1.1,
Telas
Tubo de sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.8, 7.3.4.3, A.5.14.8,
Bem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.4.5 a 7.2.4.11
Selos
Bombas de deslocamento positivas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.1.4, 8.2.3
Improperly de anéis localizaram enchendo caixa. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.20
Selos de água, manutenção de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.6
Sucessão que começa de bombas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5.2.5, 12.5.2.4
Serviço (fonte de poder). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.2
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.32, A.3.3.32,
Conserte equipamento (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.33, A.3.3.33,
Fator de serviço (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.34
Rotação de cabo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Pump rotação de cabo
Cabos, conectando flexível. . . . . . . . . . . . . .see cabos conectando Flexíveis
Deva (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.2.4
Testes de loja. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.5, 5.21, 14.2.4.2
Circuitos curtos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.3.2.2.4
Deva (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.2.5
Válvula de Shutoff. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.18.9, 11.2.6.4.2
Dispositivos de Signals/signal
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.35
Elétrico-dirija os controladores. . . . . . . . . . . . 10.1.1.2, 10.4.6, 10.4.7, 10.6.6,
10.8.3.8, 10.8.3.14, 14.2.8.6, A.10.4.6, A.10.4.7,
Controladores de passeio de máquina. . . . . . 12.1.2, 12.4.1, 12.4.2, 12.6.7, 12.6.8,
14.2.8.6, A.12.4.1.2, A.12.4.2.2(3)
Máquina que corre e terminação de manivela. . . . . . . 11.2.4.11, 11.2.5.4.3
Indicador de reversão de fase. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4.6.2, 10.4.7.2(C)
Indicadores visíveis. . . . . . . . . . . . 10.4.6.1, 10.4.7.1, 10.6.6.2 a 10.6.6.4,
10.8.3.8, 12.4.1, A.12.4.1.2,
Bombas de único-fase. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.1.1, 6.1.1.2, 6.1.1.3, A.6.1.1,
Unidades de SI. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.6
Partes de objeto de reserva. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.3.4, 14.5.2.3
Velocidade. . . . . . . . . . . . . . . . .see também pressão de velocidade Variável que limita controle
Máquina
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.36.1
Máquina de combustão interna. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28
Overspeed paralisação de empresas dispositivo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.3
Motor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28, B.1.30,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.36.2
Taxado. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.14.2.7.3
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.36.3
Turbina a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28
Faça andar depressa governador, turbina a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.2, 14.2.7.3.8
Dividir-caso bombas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see bombas Horizontais
Sistemas de irrigador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.12.1.3
Padrão (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.2.6
Nível de água estático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.2, A.6.1.2,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.37
Provisão a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.20.2, 13.1.3.1, 13.3, A.13.3,
Turbinas a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.7.2, rachadura. 13, B.1.26,
Aceitabilidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.1.1
Portes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.6
Capacidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.1.2
Cobertura e outras partes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.1, A.13.2.1.1,
Medida e conexões de medida. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.3
Instalação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.3, A.13.3,
Tubo obstruído. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.32
Redundante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.2.4(6)
Rotor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.4
Cabo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.5
Velocidade. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28
Faça andar depressa o governador. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.2, 14.2.7.3.8
Consumo a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.1.3, A.13.1.3,
Testes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.7, 14.2.10.1, A.14.2.7,
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . . . . . . 7.5.1.3, 7.5.1.4, 7.5.2
Baterias de armazenamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Baterias de .see,
armazenamento,
Coadores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see também coadores de Sucção
Máquina sistema refrescante. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.25
Oleoduto. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.3.2(5), 6.3.4
Sucção, bombas de turbina de cabo verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.4
Turbina linhas a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.13.3
Caixas enchendo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.5, B.1.7, B.1.20,
Sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see também Enredam cabeça de sucção positiva
Elevador de sucção estático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.2, A.6.1.2,
Cabeça de sucção total (hs) (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.42
Elevador de sucção total (hl) (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.43
Tubo de sucção e ajustes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.2.3, 5.14, A.5.14,
Dispositivos em. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.9, A.5.14.9,
Bombas de manutenção de pressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.24.7
Problemas, causas de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.1 para B.1.3
Válvulas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.16.1
Medidas de pressão de sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.10.2, 8.4.1, A.5.10.2,
Reservatório de sucção, descarregue. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.18.8, A.5.18.8,
Blindagem de sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.8, A.5.14.8,
Coadores de sucção
Bombas de deslocamento positivas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.4.5, A.8.4.5,
Bombas de turbina de cabo verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.4
Fossa, bombas de turbine–type de cabo verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.4.3.7
Interruptores. . . . . . . . . . . . . . . . . . .see que também Isola interruptores; Transfira interruptores
Gabinetes fechados para. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.3.4
-TTachometer
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.4
Tanques, provisão de combustível. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.27.1, 11.4.3, A.5.27.1, A.11.4.3,
Medida de temperatura. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.4.6
Testes. . . . . . . . . . . .see também aceitação de Campo testa; Água fluxo teste dispositivos
Aquifer desempenho análise. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.7.2.1.2
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.3
Substituição de componente. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.5
Controladores
Aceitação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.8, A.14.2.8.1,
Elétrico-dirija os controladores, providências de teste dentro. . . . . . . . . 10.3.4.3
Controladores de passeio de máquina, prova manual de. . . . . . . . . . . . . 12.5.3.2
Taxado mais de 600 Volts. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.6.2
Duração. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.12
Fluxo. . . . . . . . . . . . . . . . 8.9, 14.2.7.2, 14.2.7.3.1, 14.2.7.3.3, A.14.2.7.2.1,
Hydrostatic. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.1, A.14.1.3,
Dispositivos de Metering ou nozzles fixo para. . . . . . . . . 5.19.2.1, 8.9.2, 8.9.3,
A.15.19.2.1.1
Interruptor de teste momentâneo, fonte de poder alternada. . . . . . . . . . . 10.8.3.13
Periódico. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.4
Loja. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.5, 5.21, 14.2.4.2
Tubo de sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.2
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . 7.6.1, A.7.6.1.1, A.7.6.1.4,
Lineshaft turbina bomba poços verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.7, A.7.2.7,
INDEXE 20–85
2003 edição
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­

Cronômetro, programa semanal. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5.2.7


Ferramentas, especial. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.3.3
Cabeça de descarga total (hd) (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.38
Cabeça total (H). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.14.2.7.3
Bombas horizontais (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.39, A.3.3.39,
Bombas de turbina verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.1.2
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.40, A.3.3.40,
Motores totalmente incluídos
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.9
Fã-esfriado. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.2.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.8
Nonventilated. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.5.2.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.25.10
Cabeça taxada total (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.41
Cabeça de sucção total (hs) (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.42
Elevador de sucção total (hl) (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.43
Tamanhos de comércio. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.6.5
Interruptores de transferência. . . . . . . . 9.1.2, 9.2.5.4, 9.3.2.2.2, 9.3.2.2.3.1, 10.1.1.1,
10.8, A.5.4.1, A.9.3.2.2.2, A.10.8,
Automático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see interruptores de transferência Automáticos
Listando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.2.1, 10.1.2.4
Manual. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Manual transferência interruptores
Marcando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.2.2, A.10.1.2.2,
Nonpressure-movido. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.5.2.2
Pressão-movido. . . . 10.5.2.1, 10.6.4, 12.5.2.1, 14.2.8.6, A.10.5.2.1,
A.12.5.2.1.1
Conserte arranjos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.1.2.6
Transformadores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.3.2.2.5, A.9.3.2.2.2,
Troubleshooting. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . Anexe B
Turbina bombeia, lineshaft vertical. . . . . . . . .see turbina de lineshaft Vertical
bombas
Turbinas, vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Steam turbinas
-UUndervoltage -
dispositivos sentindo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.3.6
Unidades, bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Fire unidades de bomba
Unidades de medida. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1.6
Válvulas de Unloader. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.3.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.6
-VValves
. . . . . . . .see também válvulas de Borboleta; Confira válvulas; Esvazie válvulas; Portão
válvulas; válvulas de Mangueira; válvulas de Alívio
Estrada de contorno. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.16.1
Tubo de descarga. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.15.6 a 5.15.9, A.5.15.6,
Governador de emergência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.10
Abasteça solenóide. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.4.8, 12.5.3.2
Isolamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.16.1
Baixo sucção estrangulando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.15.9
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.2
Regulador de pressão principal, turbina a vapor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 13.2.1.3
Controle de pressão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.13.2.1.1
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.3
Pressão reduzindo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.13.3
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.4
Shutoff. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.18.9, 11.2.6.4.2
Supervisão de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.16, A.5.16,
Unloader. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.3.4
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.44.6
Pressão de velocidade variável que limita controle. . . . . 5.7.4.3, 5.18.1.3, 10.5.5,
11.2.4.2, 14.2.7.3.7.3
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.45
Cabeça de velocidade (hv) (definição). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.46, A.3.3.46,
Ventilação de room/house de bomba. . . . . . . . . . . . . . 5.12.5, 11.3.2, A.11.3.2,
Motores de cabo ocos verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.5.1.5, 7.5.1.6.2
Bombas de em-linha verticais. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.27.3
Bombas de turbina de lineshaft verticais. . . . . . . . . 5.1.1, rachadura. 7; também veja Poços,
bombas de turbina de cabo verticais
Faça rolar assembléia. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.3
Características. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.1.2
Coluna. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.2, A.7.3.2.1,
Formações consolidadas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.5, A.7.2.5,
Controladores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.5.2, 7.5.3
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.30.15
Motoristas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.5, 7.6.1.6, 9.5.1.7, 11.2.3.2
Ajustes. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.5, A.7.3.5.3,
Cabeça. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.1, A.7.3.1,
Cabeça total (H). . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.1.2
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.40, A.3.3.40,
Instalação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.4, A.7.1, A.7.4,
Manutenção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.6.2
Tipo óleo-lubrificado. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.2.4 a 7.3.2.6, A.7.1.1,
Operação. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.6.1, A.7.6.1.1, A.7.6.1.4,
Casa de bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.5.12
Submersão. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.2, A.7.2.2.1, A.7.2.2.2,
Coador de sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.4
Conveniência. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . A.7.1.1
Formações não consolidadas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.4
Provisão de água. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.1.1, 7.2, A.7.2, B.1.19,
Vibração, bomba. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.6.1.5, 14.2.6
Voltagem
Baixo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.28
Voltagem de motor taxada diferente de voltagem de linha. . . . . . . . . . . . . B.1.31
Gota de voltagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 9.4, A.9.4,
Dispositivos voltagem-sentindo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.8.3.7
Arresters de onda de voltagem. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.4.1, A.10.4.1,
Voltmeter. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.4.5, A.14.2.7.3,
Prato de vórtice. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.14.10, A.5.14.10,
-WWaste
saída, exchanger de calor. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 11.2.6.6
Água fluxo teste dispositivos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.19, A.5.19,
Nível de água
Detectores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.5.1(2), 7.3.5.3, A.7.3.5.3,
Bombeando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.3, B.1.19,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.31
Estático. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 6.1.2, A.6.1.2,
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.37
Bem ou cova molhada. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.3
Névoa de água bombas de sistema. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 8.3, 8.4.4, A.8.3.1, A.8.4.4,
Controle de pressão de água. . . . . . . . . . . 10.5.2.1, 10.6.4, 12.5.2.1, A.10.5.2.1,
A.12.5.2.1.1
Materiais de água. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .see Líquido materiais
Anéis cansativos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.9, B.1.19,
Cronômetro de programa semanal. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 12.5.2.7
Soldando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.13.4, A.5.13.4,
Poços, bombas de turbina de cabo verticais,
Construção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.3
Desenvolvendo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.6
Instalações. . . . . . . . . . . 7.2.2.1, figo. A.7.1.1, A.7.2.2.1, Figo. A.7.2.2.1,
Figo. A.7.2.2.2
Problemas, causas de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.4
Telas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.4.5 a 7.2.4.11
Teste e inspeção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.7, A.7.2.7,
Poços tubulares. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.4.16
Em formações não consolidadas. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.2.4
Nível de água. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.3
Molhe covas
Definição. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 3.3.47
Instalação de bombas de turbina de cabo verticais. . . . . . . . . 7.2.2.2, 7.4.3.7,
A.7.2.1.1, A.7.2.2.2,
Exigência de coador de sucção. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 7.3.4.3
Nível de água. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.6.3
Telegrafando. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 5.20.1.1; veja também Desconectando meios
Elétrico-dirija os controladores. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 10.3.4
Controladores de passeio de máquina. . . . . . . 11.2.4.8, 11.2.4.9, 11.2.4.12, 12.3.5,
12.6.4, A.11.2.4.8, A.11.2.4.9,
Testes de aceitação de campo. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 14.2.3
Problemas de. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . B.1.31, B.1.32,
20–86 INSTALAÇÃO DE BOMBAS ESTACIONÁRIAS PARA PROTEÇÃO DE FOGO
2003 edição 03 04 05 06 07 6 5 4 3 2 1 Cou/W
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­
REGISTRE 2003; Nacional Fogo Proteção Associação
Documento provido por IHS Licensee=Fluor Corp/2110503106, Usuário =, 09/26/2003
11:44:19 MDT Questions ou comentários sobre esta mensagem: por favor chame o Documento
Grupo de política às 1-800-451-1584.
­­`,,,`,,``,,``````````,````,``­`­`,,`,,`,`,,`­­­