Vous êtes sur la page 1sur 1

Matéria de Sociologia 12º Ano

Novos campos de investigação

Sociologias especializadas:
Sociologias especializadas são os ramos da Sociologia cujo objeto de estudo é uma
área específica da ação social estudada com maior profundidade.
Da Família Urbana

Da Politica Do Lazer

Do Trabalho Do Desvio

Sociologias
Da Educação especializadas Da Exclusão

Da Religião Da Discriminação

Rural Do Quotidiano

Antropológica Da Comunidade

Da Comunicação Industrial
A Sociologia Antropológica estuda as correlações que existem entre o fator
antropológico e as sociedades humanas, como por exemplo, a influência dos grupos étnicos
numa sociedade.
A Sociologia Politica estuda a organização política dos diversos tipos de sociedade, as
funções do Estado e as inter-relações entre Estado, Direito, Politica e Economia, como por
exemplo, as falhas sociais que permitem a fraude eleitoral.
A Sociologia da Família estuda a origem e a função da família, as suas formas distintas
e as relações entre os diversos membros, como por exemplo, os tipos de sucessão.
A Sociologia da Comunidade estuda a organização, os problemas sociais das
comunidades e a diferenciação do espaço sociológicos, como por exemplo, a vizinhança.
A Sociologia da Comunicação estuda a comunicação entre os seres humanos e os
comportamentos sociais em relação aos meios de comunicação, como por exemplo, o papel
dos meios de comunicação de massa na formação da opinião pública.
A Sociologia do Trabalho estuda o conteúdo dos papéis profissionais e as expectativas
a eles associadas em diferentes organizações de trabalho, como por exemplo, a motivação
para o trabalho.
A Sociologia do Lazer estuda o tecnicismo e a automação que amplificam o tempo
livre, como por exemplo, a rotina das pessoas durante o fim-de-semana.
As sociologias especializadas englobam realidades sociais muito complexas e, por isso,
é necessário fazer uma divisão de forma a tornar mais fácil a leitura inicial do fenómeno.
Assim, a complexidade dos fenómenos sociais exige o recurso à interdisciplinaridade, ou seja,
exige o recurso a diferentes disciplinas científicas, de forma a conseguir-se uma compreensão
completa do fenómeno em estudo.

Ana Pinto