Vous êtes sur la page 1sur 5
25 DE NOVEMBRO DE 2015 Vivendo como Rico - Dormindo como um Milionário Então você
25 DE NOVEMBRO DE 2015 Vivendo como Rico - Dormindo como um Milionário Então você

25 DE NOVEMBRO DE 2015

Vivendo como Rico - Dormindo como um Milionário

Então você quer viver como os ricos? Veio ao lugar certo. Passei anos pensando sobre este assunto e tenho certeza de que é possível viver tão bem quanto um milionário sem gastar tanto dinheiro.

Vou começar a nossa investigação por uma atividade que não é muito associada à riqueza. Estou falando das seis ou oito horas que você gasta todas as noites na cama.

Pode parecer meio louco começar esta série falando sobre dormir, mas, depois de trabalhar, essa talvez seja a forma mais importante de investir seu tempo.

Ter uma noite maravilhosa de sono é algo que todos nós desejamos. E por uma boa razão: estudos comprovam que pessoas que dormem bem são mais saudáveis, mais felizes e até mesmo mais ricas do que aquelas que passam a noite virando na cama de um lado para o outro.

Então minha pergunta é: "Se o dinheiro não fosse uma objeção, o que você faria para ter o melhor sono possível?"

Algo que certamente faria é comprar um excelente colchão. Com um bilhão de dólares de patrimônio, poderia comprar o melhor colchão do mundo.

Outra atitude seria arrumar ótimos travesseiros e lençóis, os melhores que o dinheiro pode comprar.

E, claro, há várias outras coisas que poderia fazer

estimulantes antes de dormir, praticar meditação e assim por diante. Mas não falaremos sobre isso neste ensaio. Vivendo como Rico se

dedica a coisas que o dinheiro pode comprar.

como ficar longe de

1

Portanto, este é o assunto de hoje: como descobrir os melhores colchões, lençóis e travesseiros que o dinheiro pode comprar.

A Descoberta da Qualidade

Somente quem já dormiu num ótimo colchão consegue perceber a diferença que isso faz. Passei os primeiros 40 anos da minha vida com colchões comuns. Pensava que era normal ficar virando na cama de um lado para o outro. Como eu estava enganado.

Cerca de 20 anos atrás, K e eu passamos algumas noites no The Benjamin, um hotel de luxo no centro de Manhattan. Nosso quarto tinha decoração caprichada, mas meio pequeno. Seu tamanho impedia que ficássemos muito tempo lá dentro durante o dia. Mas o colchão em que dormíamos era nitidamente melhor do que qualquer outro que eu já havia experimentado. Dormimos na primeira noite como bebês e repetimos a dose na noite seguinte.

Ficamos tão impressionados com o colchão (e também com as roupas de cama) que perguntamos ao gerente se ele sabia de que tipo eram. Ele não apenas sabia, como me entregou um folheto sobre eles. Ficou evidente que nós não fomos os únicos hóspedes a fazer essa pergunta.

Era o início de uma tendência de "supercamas" a que os hotéis de luxo estavam aderindo na época. Hoje, você pode encontrar os colchões e as roupas de cama em hotéis pelo mundo todo.

Para mim, aquilo tinha sido uma revelação. Eu nunca havia pensado um segundo sequer sobre o assunto. E não imaginava que dormia mal por causa da minha ignorância. Jamais podia conceber o quão melhor é dormir quando temos um colchão de alta qualidade sob lençóis de primeira.

A propósito, nós compramos aquele colchão do The Benjamin e dormimos de forma confortável sobre ele até cerca de um ou dois anos atrás. Parece que ele começou a perder apoio nas laterais. Ainda era confortável, mas eu estava começando a me remexer na cama bem mais do que o usual. Achava que o problema era eu, mas um amigo

RISCOS DE UM SONO RUIM

Na primavera de 2012, o American Journal of Human Biology mostrou que dormir mal aumenta o risco de ganhar peso e de desenvolver diabetes. Como se não bastasse, também aumenta o risco de pressão alta e de doenças cardíacas. Os últimos estudos estão fazendo a ligação entre a falta de sono e a perda de memória ao final da vida. E um outro estudo ainda diz que pessoas que dormem menos são mais propensas a morrer mais cedo.

2

que trabalha com colchões me disse que estava na hora de comprar um novo.

Esta foi uma feliz coincidência para os membros do Wealth Builders Club porque, enquanto escrevia este ensaio, K e eu estávamos ocupados experimentando todos os tipos de camas, (colchões, travesseiros, lençóis e capas de colchão, tão populares hoje em dia).

Compre pela Qualidade, Não pelo Preço!

Qualidade importa. E quando se trata de colchões, qualidade significa conforto, apoio e durabilidade. O colchão deve ser confortável. No momento em que você se esticar sobre ele, deve se sentir como se estivesse no paraíso. Também deve ser projetado para lhe dar apoio adequado na coluna, assim você acordará como um rei. E, além disso, ele tem que ser durável. Deve ser feito para aguentar pelo menos 10 anos sem perder o apoio.

Vou explicar mais sobre isso num minuto. Agora, quero falar de um aspecto mais geral. Muitos aspirantes à riqueza fazem uma ideia muito errada do que significa viver como rico. Quando pensam em ganhar na loteria, eles logo imaginam mansões em Palm Beach, limusines Rolls-Royce e relógios Rolex.

Eles fantasiam esses objetos porque se tratam de símbolos de riqueza bem estabelecidos e difundidos. Aí acreditam que possuir tais símbolos irá lhes dar a sensação de estar ricos. Na verdade, não há relação alguma entre possuir objetos de prestígio e desfrutar a riqueza.

Ter muito dinheiro vai lhe dar a opção de comprar as coisas mais caras. Mas elas não são necessariamente as de mais qualidade. Na verdade, com raridade o são.

Isso vale para colchões. Você talvez não acredite (eu me surpreendi quando pesquisei o assunto pela primeira vez), mas é possível gastar até US$ 60 mil em um colchão! Os membros da família real sueca se recusam a dormir em qualquer coisa que não seja um colchão Hastens. Com sua estrutura artesanal fixa com estacas de madeira e molas amarradas à mão, o Hastens é vendido por no mínimo US$ 59 mil.

NÃO SE TRATA APENAS DO COLCHÃO…

Como acabei de mencionar, ter uma ótima experiência ao dormir não depende apenas do colchão. Depende da qualidade da mola (se você preferir molas) e do estofamento, que vem sendo usado nos melhores colchões da atualidade. Especialistas do sono ainda consideram as molas o que há de mais moderno em conforto e durabilidade.

3

Mas, se pesquisar tudo que está disponível, vai descobrir que é possível comprar os melhores colchões do mundo por apenas uma fração desse preço.

Em outras palavras, alguém de mente rica sempre compra pela qualidade. Já quem possui mente pobre compra pelo preço.

Fizemos a Pesquisa para Você

Nosso objetivo para este ensaio do Vivendo como Rico é descobrir o conjunto de cama de melhor qualidade no mundo. Pedi à profissional Suzanne Mulligan Born para pesquisar o mercado de roupas de cama e descobrir o que há de melhor em conforto, apoio e durabilidade.

O que descobrimos é que o mercado de dormir

mudou bastante nos últimos 20 anos. Apesar de as camas mais caras do mundo ainda serem fabricadas de forma muito semelhante ao que eram 100 anos atrás, há novos tipos de colchões (látex, híbridos etc) que devem ser considerados hoje.

Por isso, é meio complicado definir a qualidade. Apoio e durabilidade podem ser medidos pela ciência, mas o conforto depende do gosto do indivíduo. Além disso, existem três tipos distintos de colchões: de molas, espuma de "memória" e látex orgânico.

Um Último Segredo

NÃO SE DEIXE ENGANAR

Gastar demais é agir como rico, e não viver como um. Essa atitude pode transformá-lo numa pessoa que não dorme bem em nenhum colchão, porque está sempre sob pressão para manter a máscara – um estilo de vida cheio de aparências e nenhuma substância. Como resultado, você vai continuar sendo enganado para comprar bens comercializados como "artigos de luxo", projetados para que você "se sinta rico" gastando dinheiro em excesso.

Permita-me dar uma dica importante sobre a compra do colchão perfeito: nunca pague o preço de varejo!

As margens comerciais nos colchões são enormes. Algumas das marcas mais conhecidas vendem seus produtos mais populares com margens de lucro de até 500%! Obviamente, trata-se de um preço absurdo, que somente alguém muito ingênuo seria capaz de pagar.

É comum os colchões serem vendidos em promoção com descontos de

20 a 50%. Portanto, quando decidir por um, não se esqueça de exigir

desconto.

4

Comprar colchões é uma questão de ir ao lugar certo e negociar o preço justo. Siga nossas instruções, e você vai dormir como um milionário por muito menos do que deve ter pago pelo colchão em que está dormindo agora.

Ao sucesso,

Mark

pelo colchão em que está dormindo agora. Ao sucesso, Mark (*) A reprodução indevida, não autorizada,

(*) A reprodução indevida, não autorizada, deste relatório ou de qualquer parte dele sujeitará o infrator a multa de até 3 mil vezes o valor do relatório, à apreensão das cópias ilegais, à responsabilidade reparatória civil e persecução criminal, nos termos dos artigos 102 e seguintes da Lei 9.610/98

5