Vous êtes sur la page 1sur 7

Perfil das Bancas - 2018

Prof. Fernando Pestana

PERFIL DA VUNESP

1) Interpretação: a banca trabalha com textos dissertativos e narrativos, em sua


maioria crônicas, artigos de opinião e quadrinhos. O nível delas é fácil e representa
no máximo 30% da prova.

2) Regras básicas de acentuação gráfica e de ortografia (cai pouco); capítulos 2 e 3


da minha gramática.

3) Denotação e conotação, sinônimos, antônimos, homônimos, parônimos, fatos da


língua culta (uso dos porquês, mal x mau, mais x mau, acerca de x há cerca de x
cerca de, há x a...); capítulo 4 da minha gramática.

4) Pronomes pessoais, demonstrativos e relativos são os que mais caem; capítulo


11 da minha gramática.

5) Sobre verbo, estude conjugação verbal (principalmente os verbos a seguir e


seus derivados: pôr, vir, ter, ver) e emprego de tempos e modos verbais; capítulo
12 da minha gramática.

6) Preposição (valores semânticos) e Conjunção (estude tudo!); capítulos 14 e 15


da minha gramática.

7) Pontuação (casos básicos de vírgula, principalmente); capítulo 27 da minha


gramática.

8) Concordância verbal e nominal (estude os casos mais comuns); capítulo 28 da


minha gramática.

10) Regência (estude os principais verbos); capítulo 29 da minha gramática.

11) Crase (casos básicos, inclusive os proibitivos); capítulo 30 da minha gramática.

12) Coesão (estude coesão referencial (uso de pronomes para retomada de termos,
principalmente) e sequencial (uso de conjunções e seus valores semânticos,
principalmente)); capítulo 35 da minha gramática.

PERFIL DA CESGRANRIO

O que estudar?

1) Regras básicas de acentuação gráfica e de ortografia (emprego de letras);


capítulos 2 e 3 da minha gramática.
2) Denotação e conotação, sinônimos, homônimos e parônimos; capítulo 4 da
minha gramática.
3) Identificação de certas classes gramaticais, principalmente o adjetivo e o
substantivo (estude também processo de substantivação (derivação imprópria));
capítulos 7 e 8 da minha gramática.
4) Pronomes pessoais, demonstrativos e relativos são os que mais caem; capítulo
11 da minha gramática.
5) Sobre verbo, estude conjugação verbal (principalmente os verbos a seguir e
seus derivados: pôr, vir, ter, ver), estude voz verbal, particípio duplo; capítulo 12
da minha gramática.
6) Conjunção (estude tudo!); capítulo 15 da minha gramática.
7) Sintaxe básica dos períodos simples e composto (não cai muito, mas é bom
saber identificar, principalmente, as mais comuns funções sintáticas do período
simples); capítulos 19-24 da minha gramática.
8) Pontuação (casos básicos de vírgula, principalmente); capítulo 27 da minha
gramática.
9) Concordância (estude os casos mais comuns); capítulo 28 da minha gramática.
10) Regência (estude os principais verbos); capítulo 29 da minha gramática.
11) Crase (casos básicos); capítulo 30 da minha gramática.
12) Vale a pena estudar as funções do “que” (conjunção integrante e pronome
relativo, principalmente) e do “se” (partícula apassivadora e partícula de
indeterminação do sujeito, principalmente); capítulo 31 da minha gramática.
13) Coesão (estude coesão referencial (uso de pronomes para retomada de termos,
principalmente) e sequencial (uso de conjunções e seus valores semânticos,
principalmente)); capítulo 35 da minha gramática.
14) As questões de interpretação são normalmente tranquilas e poucas (30%) em
comparação com as de gramática (70%); capítulo 34 da minha gramática.

PERFIL DA FGV

1) Os textos da FGV têm que perfil?

Normalmente são “artigos de opinião”, “crônicas” “charges”, “quadrinhos”, portanto


domine as características desses gêneros textuais!!!

2) Quais são os assuntos encontrados nas provas da FGV?

1º lugar disparado: Questão de interpretação de texto e/ou análise textual


(textualidade)
2º lugar: Questão de semântica (sentido de vocábulos)
3º lugar: Questão de coesão (normalmente conjunções e termos anafóricos,
catafóricos ou dêiticos)
4º lugar: Questão de paráfrase (reescritura com mudança de sentido e/ou correção
gramatical)
5º lugar: Questão de verbo (emprego de tempos e modos, voz verbal e
conjugação)
6º lugar: Questão de tipologia textual e/ou gêneros textuais
7º lugar: Questão de sintaxe (normalmente diferença entre CN e ADN ou orações
subordinadas)
8º lugar: Questão híbrida (trabalham-se assuntos diversos)
9º lugar: Questão de reconhecimento, emprego e/ou colocação de classes
gramaticais
10º lugar: Questão de estrutura e/ou processo de formação de palavras
11º lugar: Questão de registro linguístico (linguagem)
12º lugar: Questão de pontuação
13º lugar: Questão de concordância
14º lugar: Questão de regência e crase
15º lugar: Questão de ortografia e/ou acentuação
16º lugar: Questão de palavra “que”

3) Qual é o nível das questões?

Difícil: 30%
Médio: 40%
Fácil: 30%

> Obviamente esta análise varia, pois depende do grau de conhecimento de cada
candidato.

4) A FGV tende a seguir a linha gramatical de que gramático(s)?

Pelo que pude perceber em minhas pesquisas, a FGV trabalha conceitos gramaticais
praticamente unânimes entre os gramáticos.

5) A FGV é infalível na formulação de suas questões?

Não. Já encontrei muitas questões mal formuladas e passíveis de anulação, durante


minhas pesquisas, mas raramente a banca anula alguma.

6) O que estudar para as provas da FGV?

Se eu fosse você, estudaria estes assuntos com muuuuuuita vontade:

• Interpretação de texto e/ou análise textual (textualidade) - capítulo 34 da minha


gramática;
• Coesão (normalmente conjunções e termos anafóricos, catafóricos ou dêiticos) –
capítulos 11, 15 e 35 da minha gramática;
• Sintaxe (normalmente diferença entre CN e ADN ou orações subordinadas) -
capítulos 19 a 24 da minha gramática;
• Tipologia textual e/ou gêneros textuais (crônicas e artigos de opinião) - capítulo
34 da minha gramática;
• Pontuação (vírgula) - capítulo 27 da minha gramática;
• Reescritura (manutenção de sentido) - capítulo 37 da minha gramática;
• Verbo (emprego de tempos e modos) - capítulo 12 da minha gramática;
• Semântica (sentido de vocábulos) - capítulo 4 da minha gramática.

PERFIL DA FCC

1) Compreensão e interpretação de textos

A maioria dos textos são dissertativo-argumentativos ou narrativos (crônicas), por


isso é importante saber todas as características desses tipos/gêneros textuais.
Cerca de 40% da prova trabalha interpretação, muitas vezes de nível pesado. Por
isso recomendo que faça as de gramática, primeiro, para não perder tempo lendo
texto e refletindo/interpretando. Veja o capítulo 34 da minha gramática.

2) Ortografia

Normalmente a banca trabalha em cima de algumas expressões que geram


dificuldade na escrita (por que, por quê, porque, porquê; senão, se não; há, a; a
cerca de, há cerca de, acerca de...). Não é novidade para ninguém que ela gosta de
trabalhar o emprego de certas letras (x/ch, s/ss/z/ç...). Veja o capítulo 3 da minha
gramática.

3) Acentuação

É preciso saber todas as regras de acentuação, mas cai pouco nas provas desta
banca. Não chore! Veja o capítulo 2 da minha gramática.

4) Flexão nominal e verbal


A banca trabalha em cima do plural de substantivos e adjetivos compostos e em
cima da conjugação verbal de alguns verbos, como: ser, ir, haver, reaver, pôr (e
derivados), vir (e derivados), ver, fazer, caber, valer, sortir, surtir, requerer,
precaver, verbos terminados em -iar e –ear. Veja os capítulos 7, 8 e 12 da minha
gramática.

5) Pronomes: emprego, colocação e formas de tratamento

É preciso saber bem como usar os pronomes pessoas oblíquos átonos no lugar de
substantivos e a colocação deles. Correndo por fora, é preciso saber o uso dos
pronomes relativos, principalmente o "que" e o "cujo". Veja o capítulo 11 da minha
gramática.

6) Emprego de tempos e modos verbais, vozes verbais e correspondência entre


tempos simples e compostos.

A banca trabalha muito a identificação dos tempos e modos verbais (o pretérito


imperfeito do indicativo é o queridinho da banca). Além disso, sugiro que estude
"correlação verbal"! Quanto a vozes verbais, é preciso saber fazer a transposição de
voz ativa para passiva, e vice-versa, e a transposição de voz passiva analítica para
passiva sintética, e vice-versa. Vale dizer que a correspondência entre tempos
simples e compostos também ajuda. Veja o capítulo 12 da minha gramática.

7) Sintaxe da oração e do período

É importante saber identificar os principais termos sintáticos (essenciais,


integrantes e acessórios) e estudar predicação/transitividade verbal. Veja os
capítulos 19 a 21 da minha gramática.

8) Pontuação

É preciso conhecer as principais regras de vírgula, ponto e vírgula, dois-pontos,


travessão e parênteses. Veja o capítulo 27 da minha gramática.

9) Concordância nominal e verbal

Não caem todos os casos de concordância, só os mais conhecidos. Trabalha-se


muito a inversão do sujeito, a partícula apassivadora, sujeitos oracionais, a
concordância com o antecedente do pronome relativo e os casos de dupla
concordância. Não se esqueça de estudar a concordância do verbo ser e dos
adjetivos. Veja o capítulo 28 da minha gramática.

10) Regência nominal e verbal

É galho fraco na FCC, mas é preciso entender o conceito de regência para acertar
as questões de crase e as questões de complemento verbal, que são frequentes.
Veja o capítulo 29 da minha gramática.

11) Emprego do sinal indicativo de crase

É preciso dominar o conceito básico de crase e as regras mais básicas. Veja o


capítulo 30 da minha gramática.

12) Redação (Reconhecimento de frases corretas e incorretas)

A banca coloca cinco frases para você analisar gramaticalmente (nessa brincadeira,
é preciso dominar todos os tópicos gramaticais já mencionados acima). Qual está
certa e qual está errada? Esse é o objetivo desse tipo de questão (normalmente são
as duas últimas da prova). Veja o capítulo 37 da minha gramática.

13) Questões-híbridas

Em concursos "pesados", a banca gosta de trabalhar questões que apresentam


assuntos gramaticais diferentes a cada alternativa. Por exemplo, na letra A, ela
cobra coesão; na B, pontuação; na C, concordância; na D, verbo; na E, crase. Veja
o capítulo 38 da minha gramática.

PERFIL DO CESPE/UnB

A maioria das provas de língua portuguesa elaboradas pela banca Cespe/UnB


apresentam cerca de 50% de questões de gramática, portanto é muito importante
dominar esse assunto.

Muitos pensam que é necessário saber tudo de gramática, mas isso não é verdade.
No entanto, é necessário dominar os tópicos gramaticais que aparecem
frequentemente.

Os assuntos mais recorrentes são estes (relativos à gramática, e não à redação


oficial — trata-se de um manual facilmente baixado na internet, por ser de domínio
público):

1) coesão referencial e sequencial


2) ortografia
3) acentuação gráfica
4) semântica
5) pronome
6) verbo
7) sintaxe
8) pontuação
9) concordância
10) regência e crase
11) partículas “que” e “se”
12) reescritura e correção gramatical

Muitos pensam que esses tópicos gramaticais devem ser estudados na íntegra, mas
isso também não é verdade. Há vários subtópicos a cada tópico. Por isso, para que
o estudo fique bem focado, o que se deve estudar é isto (se você tiver minha
gramática, vai ser melhor ainda):

1) é preciso estudar como os substantivos, pronomes pessoais, possessivos,


demonstrativos e relativos estabelecem a coesão referencial; já a coesão sequencial
é estabelecida por meio de preposições e conjunções (ter em mente todas as
conjunções é megaimportante!!!)... veja o capítulo 35 da minha gramática;

2) é preciso estudar aquelas expressões que geram dificuldades na grafia: "por


que, porque, por quê, porquê"; "cerca de, a cerca de, há cerca de"; "mal, mau";
"há, a"?... veja o capítulo 4 da minha gramática;

3) é preciso estudar as regras das paroxítonas, das proparoxítonas e dos hiatos


tônicos, principalmente... veja o capítulo 2 da minha gramática;
4) é preciso ter em mente os conceitos de denotação, conotação e sinonímia... veja
o capítulo 4 da minha gramática;

5) é preciso estudar o emprego dos pronomes relativos, pronomes pessoais


oblíquos e a colocação desses pronomes... veja o capítulo 11 da minha gramática;

6) é preciso estudar o emprego dos tempos e modos verbais, correlação verbal,


transposição de voz verbal, locução verbal/tempo composto... veja o capítulo 12 da
minha gramática;

7) é preciso saber identificar os termos essenciais, integrantes e acessórios da


oração, além das orações coordenadas e subordinadas... veja os capítulos 19-24 da
minha gramática;

8) é preciso conhecer as regras básicas de vírgula, ponto e vírgula, travessões,


parênteses e dois-pontos... veja o capítulo 27 da minha gramática;

9) é preciso conhecer as regras básicas de concordância verbal e de concordância


nominal... veja o capítulo 28 da minha gramática;

10) é preciso apenas entender o conceito de regência, pois quase não se trabalham
as regências específicas dos verbos; é preciso conhecer as regras básicas de
crase... veja os capítulos 29 e 30 da minha gramática;

11) é preciso dominar o uso de “que” como conjunção integrante e pronome


relativo, e o uso de “se” como partícula apassivadora e partícula de indeterminação
do sujeito, principalmente... veja o capítulo 31 da minha gramática;

12) em uma questão, a banca cobra do candidato o conhecimento de várias regras


gramaticais: ortografia, acentuação, pontuação, concordância, regência, crase,
colocação pronominal... veja os capítulos 36 a 38 da minha gramática.

PERFIL DA ESAF

Assuntos gramaticais frequentes:

· Interpretação de texto (30% da prova, no máximo) - capítulo 34 da minha


gramática;
· Questão de coesão referencial ou sequencial - capítulos 11, 15 e 35 da minha
gramática;
· Questão de ordenação textual - capítulo 35 da minha gramática;
· Questão só de concordância - capítulo 28 da minha gramática;
· Questão só de regência e crase - capítulos 29 e 30 da minha gramática;
· Questão só de pontuação - capítulo 27 da minha gramática;
· Questão só de paráfrase (reescritura com correção gramatical) - capítulos 36 e 37
da minha gramática;
· Questão só de verbo - capítulo 12 da minha gramática;
· Questão só de semântica - capítulo 4 da minha gramática;
· Questão híbrida*
· Questão de reconhecimento de frases corretas e incorretas* - capítulos 36 e 38 da
minha gramática;
· Questão de continuidade textual com coerência (com ou sem preenchimento de
lacunas)* - capítulo 35 da minha gramática;
* Tais questões tratam destes assuntos, distribuídos pelas alternativas (em forma
de assertiva, de texto ou de frase), em que se julga a (in)correção gramatical:
emprego de tempos e modos verbais, transposição de voz verbal, correlação
verbal, conjugação verbal, ortografia, acentuação, coesão sequencial e referencial
(conjunções, preposições, pronomes pessoais, demonstrativos e relativos, elipse),
funções do "se", regência, crase, pontuação, transformação de oração reduzida
para desenvolvida e vice-versa, colocação pronominal, semântica e concordância.

Regras/conceitos frequentes em cada assunto gramatical:

· Questão de interpretação de texto: basta ler o texto com calma e atenção, as


respostas são encontradas facilmente no próprio texto
· Questão híbrida: os assuntos mais cobrados neste tipo de questão estão no
asterisco acima (em uma opção, a banca cobra vários conceitos gramaticais)
· Questão de coesão referencial ou sequencial: é preciso perceber o valor coesivo
dos pronomes pessoais, demonstrativos e relativos e conhecer o valor semântico
das conjunções e preposições (normalmente adversativas, conclusivas, explicativas,
causais, condicionais, concessivas e temporais)
· Questão de reconhecimento de frases corretas e incorretas: os assuntos mais
cobrados neste tipo de questão estão no asterisco acima.
· Questão de continuidade textual com coerência (com ou sem preenchimento de
lacunas): os assuntos mais cobrados neste tipo
de questão estão no asterisco acima.
· Questão de ordenação textual: é preciso perceber a relação entre as partes que
compõem sequencialmente o texto, por isso dominar o uso coesivo de pronomes
demonstrativos, palavras sinônimas e conjunções é muito importante.
· Questão só de concordância: verbo concordando com sujeito posposto, verbo
concordando com sujeito separado por expressão intercalada, verbo concordando
com antecedente do pronome relativo "que", verbo concordando com sujeito
oracional, verbo acompanhado de partícula apassivadora.
· Questão só de regência e crase: conhecimentos básicos.
· Questão só de pontuação: é preciso saber as regras de vírgula, ponto e vírgula e
travessão.
· Questão só de paráfrase (reescritura com correção gramatical): trabalham-se
expressões sinônimas.
· Questão só de verbo: é preciso saber emprego de tempos e modos verbais
(principalmente a correspondência entre tempos simples e compostos),
transposição de voz verbal, correlação verbal básica, flexão verbal.
· Questão só de semântica: uso de palavras sinônimas.

>>> Conheça mais os meus trabalhos, clicando nos links sublinhados:

I- Livro "A Gramática para Concursos Públicos" (com desconto):


http://goo.gl/DLxsFY
II- Livro "As Dúvidas de Português mais Comuns em Concursos" (com desconto):
http://goo.gl/gdmpRj
III- Aplicativo de regência verbal: http://goo.gl/GRuqOx
IV- Canal no Youtube: http://goo.gl/3y5NpR
V- Grupo de estudos: http://goo.gl/G6xY8x
VI- Página no Facebook: http://goo.gl/zwDD9g
VII- Cursos de português em PDF (Estratégia Concursos): http://goo.gl/4yGN8m
VIII- Cursos de português em videoaulas (EuVouPassar): http://goo.gl/1NWezy