Vous êtes sur la page 1sur 2

João 17 mim e eu em ti, também sejam eles em nós;

para que o mundo creia que tu me enviaste.


¹ Tendo Jesus falado estas coisas, levantou 22 Eu lhes tenho transmitido a glória que me
os olhos ao céu e disse: Pai, é chegada a tens dado, para que sejam um, como nós o
hora; glorifica a teu Filho, para que o Filho te somos; 23 eu neles, e tu em mim, a fim de
glorifique a ti, 2 assim como lhe conferiste que sejam aperfeiçoados na unidade, para
autoridade sobre toda a carne, a fim de que que o mundo conheça que tu me enviaste e
ele conceda a vida eterna a todos os que lhe os amaste, como também amaste a mim. 24
deste. 3 E a vida eterna é esta: que te Pai, a minha vontade é que onde eu estou,
conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a estejam também comigo os que me deste,
Jesus Cristo, a quem enviaste. 4 Eu te para que vejam a minha glória que me
glorifiquei na terra, consumando a obra que conferiste, porque me amaste antes da
me confiaste para fazer; 5 e, agora, glorifica- fundação do mundo. 25 Pai justo, o mundo
me, ó Pai, contigo mesmo, com a glória que não te conheceu; eu, porém, te conheci, e
eu tive junto de ti, antes que houvesse também estes compreenderam que tu me
mundo. 6 Manifestei o teu nome aos enviaste. 26 Eu lhes fiz conhecer o teu nome
homens que me deste do mundo. Eram e ainda o farei conhecer, a fim de que o amor
teus, tu mos confiaste, e eles têm guardado com que me amaste esteja neles, e eu neles
a tua palavra. 7 Agora, eles reconhecem que esteja.
todas as coisas que me tens dado provêm
de ti; 8 porque eu lhes tenho transmitido as Mateus 6
palavras que me deste, e eles as
5 E, quando orardes, não sereis como os
receberam, e verdadeiramente conheceram
que saí de ti, e creram que tu me enviaste. hipócritas; porque gostam de orar em pé nas
9 É por eles que eu rogo; não rogo pelo sinagogas e nos cantos das praças, para
mundo, mas por aqueles que me deste, serem vistos dos homens. Em verdade vos
porque são teus; 10 ora, todas as minhas digo que eles já receberam a recompensa.
6 Tu, porém, quando orares, entra no teu
coisas são tuas, e as tuas coisas são
minhas; e, neles, eu sou glorificado. 11 Já quarto e, fechada a porta, orarás a teu Pai,
não estou no mundo, mas eles continuam no que está em secreto; e teu Pai, que vê em
mundo, ao passo que eu vou para junto de secreto, te recompensará. 7 E, orando, não
ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que useis de vãs repetições, como os gentios;
me deste, para que eles sejam um, assim porque presumem que pelo seu muito falar
como nós. 12 Quando eu estava com eles, serão ouvidos. 8 Não vos assemelheis, pois,
guardava-os no teu nome, que me deste, e a eles; porque Deus, o vosso Pai, sabe o de
protegi-os, e nenhum deles se perdeu, que tendes necessidade, antes que lho
exceto o filho da perdição, para que se peçais. 9 Portanto, vós orareis assim: Pai
cumprisse a Escritura. 13 Mas, agora, vou nosso, que estás nos céus, santificado seja
para junto de ti e isto falo no mundo para que o teu nome; 10 venha o teu reino; faça-se a
eles tenham o meu gozo completo em si tua vontade, assim na terra como no céu; 11
mesmos. 14 Eu lhes tenho dado a tua o pão nosso de cada dia dá-nos hoje; 12 e
palavra, e o mundo os odiou, porque eles perdoa-nos as nossas dívidas, assim como
não são do mundo, como também eu não nós temos perdoado aos nossos devedores;
13 e não nos deixes cair em tentação; mas
sou. 15 Não peço que os tires do mundo, e
sim que os guardes do mal. 16 Eles não são livra-nos do mal pois teu é o reino, o poder
do mundo, como também eu não sou. 17 e a glória para sempre. Amém! 14 Porque, se
Santifica-os na verdade; a tua palavra é a perdoardes aos homens as suas ofensas,
verdade. 18 Assim como tu me enviaste ao também vosso Pai celeste vos perdoará; 15
mundo, também eu os enviei ao mundo. 19 se, porém, não perdoardes aos homens as
E a favor deles eu me santifico a mim suas ofensas, tampouco vosso Pai vos
mesmo, para que eles também sejam perdoará as vossas ofensas.
santificados na verdade. 20 Não rogo
Lucas 10
somente por estes, mas também por
38Indo eles de caminho, entrou Jesus num
aqueles que vierem a crer em mim, por
intermédio da sua palavra; 21 a fim de que povoado. E certa mulher, chamada Marta,
todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em hospedou-o na sua casa. 39 Tinha ela uma
irmã, chamada Maria, e esta quedava-se Romanos 8
assentada aos pés do Senhor a ouvir-lhe os 26
ensinamentos. 40 Marta agitava-se de um Também o Espírito, semelhantemente,
lado para outro, ocupada em muitos nos assiste em nossa fraqueza; porque não
serviços. Então, se aproximou de Jesus e sabemos orar como convém, mas o mesmo
disse: Senhor, não te importas de que minha Espírito intercede por nós sobremaneira,
irmã tenha deixado que eu fique a servir com gemidos inexprimíveis. 27 E aquele que
sozinha? Ordena-lhe, pois, que venha sonda os corações sabe qual é a mente do
ajudar-me. 41 Respondeu-lhe o Senhor: Espírito, porque segundo a vontade de Deus
Marta! Marta! Andas inquieta e te preocupas é que ele intercede pelos santos.
com muitas coisas. 42 Entretanto, pouco é Marcos 14
necessário ou mesmo uma só coisa; Maria,
36E dizia: Aba, Pai, tudo te é possível; passa
pois, escolheu a boa parte, e esta não lhe
será tirada. de mim este cálice; contudo, não seja o que
eu quero, e sim o que tu queres.
Lucas 11
Gálatas 4
¹ De uma feita, estava Jesus orando em
6 E, porque vós sois filhos, enviou Deus ao
certo lugar; quando terminou, um dos seus
discípulos lhe pediu: Senhor, ensina-nos a nosso coração o Espírito de seu Filho, que
orar como também João ensinou aos seus clama: Aba, Pai!
discípulos. 2 Então, ele os ensinou: Quando
orardes, dizei: Pai, santificado seja o teu
nome; venha o teu reino; 3 o pão nosso DEUS, COSMOS E CONHECIMENTO
cotidiano dá-nos de dia em dia; 4 perdoa-
nos os nossos pecados, pois também nós Gênesis 1-3
perdoamos a todo o que nos deve; e não
João 1.1-14
nos deixes cair em tentação. 5 Disse-lhes
ainda Jesus: Qual dentre vós, tendo um Atos 14. 17; 17. 23-31
amigo, e este for procurá-lo à meia-noite e
lhe disser: Amigo, empresta-me três pães, 6 Romanos 1.18-20; 11.36
pois um meu amigo, chegando de viagem,
Colossenses 1.15-22
procurou-me, e eu nada tenho que lhe
oferecer. 7 E o outro lhe responda lá de
dentro, dizendo: Não me importunes; a porta
já está fechada, e os meus filhos comigo
também já estão deitados. Não posso
levantar-me para tos dar; 8 digo-vos que, se
não se levantar para dar-lhos por ser seu
amigo, todavia, o fará por causa da
importunação e lhe dará tudo o de que tiver
necessidade. 9 Por isso, vos digo: Pedi, e
dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e
abrir-se-vos-á. 10 Pois todo o que pede
recebe; o que busca encontra; e a quem
bate, abrir-se-lhe-á. 11 Qual dentre vós é o
pai que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará
uma pedra? Ou se pedir um peixe, lhe dará
em lugar de peixe uma cobra? 12 Ou, se lhe
pedir um ovo lhe dará um escorpião? 13 Ora,
se vós, que sois maus, sabeis dar boas
dádivas aos vossos filhos, quanto mais o Pai
celestial dará o Espírito Santo àqueles que
lho pedirem?

Centres d'intérêt liés