Vous êtes sur la page 1sur 34

Matemática

Financeira

Introdução

Correção
Monetária
Matemática Financeira
Indexadores Semana 15: Correção monetária
Uso das
tabelas

Fórmula de
Fischer

Tabelas de Manuela Longoni de Castro


preços Wili Dal Zot
Referências Departamento de Matemática Pura e Aplicada
UFRGS

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Objetivos de estudo da Correção Monetária

Matemática
Financeira

A Correção Monetária, surgida em 1964 como parte do


Introdução
conjunto de medidas de combate à inflação do Plano de Ação
Correção
Monetária Econômica-PAEG, tinha por objetivo garantir o aumento do
Indexadores retorno real dos ativos. A ideia principal era a de que as
Uso das
tabelas
aplicações em tı́tulos do governo e os empréstimos dos bancos
Fórmula de
tivessem remunerações reais, isto é, retornos superiores à perda
Fischer do poder aquisitivo da moeda pela inflação. Na disciplina de
Tabelas de
preços
Matemática Financeira, o tópico referente à Correção
Referências Monetária tem por objetivo estudar como os ı́ndices que
medem a inflação permitem reajustar valores ao longo do
tempo, separando, no caso dos empréstimos, as taxas de
correção das taxas de juros reais.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Inflação
O que é

Matemática
Financeira

Introdução

Correção
Monetária

Indexadores
Conceito de inflação.
Uso das
tabelas
”Inflação é o aumento persistente de preços, que envolve o
Fórmula de
conjunto da economia, do qual resulta uma contı́nua perda do
Fischer poder aquisitivo da moeda.”(OSAKABE, in (Vian et al., 2005,
Tabelas de
preços
pp. 305)).
Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Inflação
O que é

Matemática
Financeira

Introdução

Correção
Monetária Caracterı́sticas da inflação 1
Indexadores
Crescimento generalizado dos preços.
Uso das
tabelas
A principal caracterı́stica da inflação é que praticamente todos
Fórmula de
Fischer os produtos e serviços tem seus preços aumentados. Assim, em
Tabelas de algumas situações de alta escassez de algum produto, o preço
preços

Referências
desse produto pode crescer significativamente embora isso não
caracterize inflação.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Inflação
O que é

Matemática
Financeira

Introdução

Correção Caracterı́sticas da inflação 2


Monetária

Indexadores Não sincronismo das alterações.


Uso das
tabelas Durante o processo inflacionário, os preços de alguns produtos
Fórmula de e serviços aumentam antes do que outros. Agentes econômicos
Fischer

Tabelas de
que detem monopólios ou oligopólios antecipam reajustes
preços enquanto que aqueles com contratos (proprietários de imóveis
Referências alugados, assalariados, aplicadores em fundos de renda fixa,
p.ex.) recebem reajustes dos preços a posteriori.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Inflação
O que é

Matemática
Financeira
Caracterı́sticas da inflação 3
Introdução Principais consequências da inflação que prejudicam o
Correção
Monetária
desempenho da economia.
Indexadores

Uso das O assincronismo no reajustamento dos preços tem como


tabelas
principal consequência um deslocamento de renda entre os
Fórmula de
Fischer agentes econômicos sem a correspondente
Tabelas de contraprestação; os mais fracos, em geral assalariados,
preços

Referências
tendem a perder renda ao longo do tempo.
A perda do poder aquisitivo da moeda faz com que
financiamentos ou aplicações de longo prazo acabem
trazendo prejuı́zos aos credores, inibindo o fluxo de
capitais para a economia.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Correção Monetária
Principais conceitos

Matemática
Financeira

Introdução
Conceito de Correção Monetária.
Correção ”A correção monetária é um instituto que visa preservar o valor
Monetária

Indexadores
do dinheiro. Este mecanismo opera através da incidência do
Uso das
ı́ndice de desvalorização sobre o montante anterior, de maneira
tabelas sucessiva, mantendo-se, desta forma, o poder aquisitivo da
Fórmula de
Fischer
moeda.”(de Oliveira, 2001, pp. 198).
Tabelas de
preços A correção monetária foi criada no Brasil pela Lei 4.357, de
Referências 16/07/1964, a mesma lei que deu origem às Obrigações
Reajustáveis do Tesouro Nacional - ORTN, e que, segundo se
tem notı́cia, constituiu-se em uma experiência sem similar em
outros paı́ses.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Correção Monetária
Principais conceitos

Matemática
Financeira
Princı́pio da indexação.
Introdução A oficialização do instituto da correção monetária procurou
Correção
Monetária
garantir a neutralização do efeito da perda do poder de compra
Indexadores da moeda, causada pela inflação, através da atualização dos
Uso das valores monetários em função da variação de ı́ndices de preços.
tabelas
(de Faro and Lachtermacher, 2012, pp. 304).
Fórmula de
Fischer

Tabelas de
A Fundação Getulio Vargas é a instituição que publica a
preços maioria dos ı́ndices utilizados no Brasil. IBGE, FIPE e DIEESE
Referências
de São Paulo também são instituições importantes no cálculo
de ı́ndices de inflação.
O ı́ndice de maior tradição e abrangência de dados históricos é
o Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna da Fundação
Getulio Vargas (IGP-DI/FGV).
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Indexadores
Números Índices

Matemática
Financeira

Números Índices ou, simplesmente ı́ndices, correspondem a


Introdução
preços de conjuntos de bens, denominados cestos básicos. Os
Correção
Monetária ı́ndices diferem entre si pela escolha dos conjuntos de bens a
Indexadores terem seus preços acompanhados, pela periodicidade do
Uso das levantamento das informações e pelas caracterı́sticas do poder
tabelas
aquisitivo de seus consumidores.
Fórmula de
Fischer
O IGP-DI/FGV é um ı́ndice composto de outros três, levantado
Tabelas de
preços do primeiro dia até o último de cada mês:
Referências
IPA (ı́ndice de preços por atacado-peso 60%)
IPC (ı́ndice de preços ao consumidor-peso 30%)
INCC (ı́ndice nacional da construção civil-peso 10%)

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Indexadores
Indexação

Matemática
Financeira

Introdução

Correção
Monetária
A indexação, portanto, é a operação matemática que se utiliza
Indexadores
de ı́ndices de preços com o objetivo de atualizar os preços de
Uso das
tabelas bens ou ativos financeiros tendo em vista a desvalorização
Fórmula de monetária ocorrida. Assim, em termos econômicos, podemos
Fischer
considerar a indexação como sinônimo de correção, reajuste ou
Tabelas de
preços atualização monetária.
Referências

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira
Sendo os ı́ndices uma representação dos preços ao longo do
tempo, a indexação é a operação matemática que se utiliza
Introdução

Correção
desses referidos ı́ndices para atualizar os preços de bens ou
Monetária ativos financeiros tendo em vista a desvalorização monetária
Indexadores ocorrida no tempo.
Uso das
tabelas

Fórmula de
Revistas especializadas na publicação dos ı́ndices, tais como a
Fischer Revista de Conjuntura Econômica, da Fundação Getulio
Tabelas de
preços
Vargas, divulgam os ı́ndices de preços mais importantes. Nos
Referências próximos slides veremos exemplos de como é feita a leitura e o
uso dessas tabelas.
Ao final dessa apresentação encontram-se tabelas de ı́ndices
(IGP-DI e IGP-M, ambos da Fundação Getulio Vargas) que
serão utilizados para resolver os exemplos ilustrativos dos
conteúdos. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira
Exemplo 1- Calcular a taxa de variação do preço do kg de cebola, no mês de
janeiro de 2013, sabendo-se que no dia 31/12/2012 o preço do kg era de R$ 2,50
Introdução e no dia 31/01/2013 passou para R$ 2,75.
Correção Dados:
Monetária
P0 = 2, 50
Indexadores P1 = 2, 75
Uso das ivariacao = ?
tabelas Solução:
Fórmula de
A taxa de variação, na comparação entre dois valores, é dada pela diferença dos
Fischer dois valores dividido pelo valor inicial:
ivariacao = P1P−P0 = P 1
P0
− 1 = 2,75
2,5
− 1 = 0, 10 · · · = 0, 10 . . . x100% = 10% . . .
Tabelas de 0
preços Resposta: 10,00% a.m.
Referências
Você deve observar que os ı́ndices de preços comportam-se semelhantemente ao
preço do kg de cebola do exemplo acima. Logo podemos escrever a fórmula
genérica da taxa de variação da inflação, a partir da comparação de dois ı́ndices
de preços, I0 e I1 , por:
I1
icm = −1
I0

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira
Exemplo 2- A taxa de inflação em um mês pode ser calculada
Introdução
de forma bastante simples confrontando dois ı́ndices de preços.
Correção A taxa de inflação pelo IGP-DI/FGV do mês de maio de 2012 é
Monetária

Indexadores
dada por
Uso das
Imai12 479, 019
tabelas mai12
icm = −1=( − 1) ∗ 100% = 0, 91345 . . . %
Fórmula de Iabr 12 474, 683
Fischer

Tabelas de
preços
Esse valor confere com o apresentado na tabela do IGP-DI, ao
Referências
final da apresentação, na coluna variação percentual mensal. É
como se o ı́ndice de abril correspondesse ao preço do último dia
do mês de abril, assim como o ı́ndice de maio ao último dia do
mês de maio. Confrontando os dois ı́ndices teremos a taxa de
inflação do mês de maio.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira

Exemplo 3- Calcular a taxa de inflação mensal ocorrida em


Introdução
agosto de 2013, pelo IGP-DI/FGV.
Correção
Monetária

Indexadores

Uso das Iago13 515, 688


tabelas
ago13
icm = −1=( − 1) ∗ 100% = 0, 46 . . . %
Fórmula de
Ijul13 513, 313
Fischer

Tabelas de
preços Você pode
 utilizar
 o recurso financeiro:
Referências
clear fin END
 

515.688 FV 
513.313 CHS PV 

 1 n 
i ⇒ 0,46268066 . . .

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira

Exemplo 4- Calcular a taxa de inflação acumulada no ano,


Introdução
pelo IGP-DI/FGV, até o mês de julho de 2013 inclusive.
Correção
Monetária
Ijul13 513, 313
Indexadores
jan−jul13
icm = −1=( − 1) ∗ 100% = 1, 9929145 . . . %
Idez12 503, 283
Uso das
tabelas

Fórmula de  utilizar
Você pode  o recurso financeiro:
Fischer clear fin END
 
Tabelas de 513.313 FV 
preços 503.283 PV 

Referências  1 n 
i ⇒ 1,9929145. . .
Você confrontou o ı́ndice do mês de jul/13 com o de dez/12 uma vez que esse
último representa o último dia de 2012, logo o inı́cio de 2013. O valor encontrado
consta na coluna variação % no ano da tabela do IGP-DI, ao final da
apresentação.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira
Observações:
Introdução
Os ı́ndices publicados são mensais;
Correção
Monetária Em geral os ı́ndices são considerados como se referissem
Indexadores ao último dia do mês, mas nem sempre essa regra é
Uso das
tabelas
respeitada
Fórmula de Nos casos em que as datas referenciam apenas o mês,
Fischer
considera-se como se fosse o último dia do mês
Tabelas de
preços Você deve notar que calcular a inflação de um
Referências
determinado perı́odo não pode ser feito pelo simples
somatório das inflações mensais; deve isso ao fato que as
taxas de inflação mensais são cumulativas como se fosse
juros compostos

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira
Exemplo 5- Um imóvel foi adquirido em junho de 2012 pelo
valor de R$ 150.000,00. Seu proprietário deseja vendê-lo pelo
Introdução

Correção
valor de compra atualizado monetariamente para o mês de
Monetária agosto de 2013, pela variação do IGP-DI/FGV. Calcular o valor
Indexadores de venda do imóvel.
Uso das Dados:
tabelas
Valorhistorico =150.000,00
Fórmula de Valoratualizado =?
Fischer igp−di
Datacompra =jun12 ⇒ icompra =482,311
igp−di
Tabelas de
preços
Datavenda =ago13 ⇒ ivenda =515,688

Referências
Solução:
Valoratualizado = Valorhistorico .(1 + icm )
jul12−ago13 I
icm = Iago13
jun12
− 1=( 515,688
482,311 − 1) ∗ 100%=6,92022. . . %
Valoratualizado = 150.000.(1 + 0, 0692022)=160.380,335510. . .
Resposta: R$ 160.380,34
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira

Uma outra forma de resolver o problema é:


Introdução Valoratualizado = Valorhistorico .(1 + icm )
jul12−ago13 I
Correção
icm = ( Iago13 − 1)
jun12
Monetária I
Valoratualizado = Valorhistorico .(1 + ( Iago13 − 1))
jun12
Indexadores I
Valoratualizado = Valorhistorico . Iago13
Uso das jun12
tabelas Valorhistorico
Valoratualizado = Ijun12
.Iago13
Fórmula de 150.000
Fischer
Valoratualizado = 482,311
.515, 688=160.380,335510. . .
Resposta: R$ 160.380,34
Tabelas de
preços Usando a calculadora:
Referências
 RPN ALG

150000 ENTER  150000 ÷
  
482.311 ÷ 482.311 ×
   
513.313 × 513.313 = 
 
⇒ 160.380,335510 . . . ⇒ 160.380,335510 . . .

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira

Introdução Sobre o exemplo você deve observar que:


Correção
Monetária
Considera-se o dia 31 de junho de 2012 como a data da
Indexadores
compra
Uso das Logo a correção monetária abrange integralmente o
tabelas
perı́odo que vai do mês de julho/2012 a ago/2013,
Fórmula de
Fischer incluindo os meses das extremidades;
Tabelas de
preços Dividir o valor histórico pelo ı́ndice da data da compra e
Referências após multiplicar pelo ı́ndice do mês da venda é uma
operação relativamente simples e muito utilizada na
prática (ver em Zot, 2008, pp. 162-172)

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática
Financeira
Exemplo 6- Calcular as taxas de inflação, anual e média mensal, ocorridas no ano
de 2010, pelo IGP-M/FGV.

Introdução

Correção Idez2010 1083, 6227


Monetária
jan2010−dez2010
icm =( − 1) = ( − 1) ∗ 100% = 11, 32201 . . . %a.a.
Idez2009 973, 4128
Indexadores
Idez2010 1 1083, 6227 1
Uso das 2010
īcm =( ) 12 − 1 = (( ) 12 − 1) ∗ 100% = 0, 897813 . . . %a.m.
tabelas Idez2009 973, 4128
Fórmula de
Fischer
Você pode utilizar o recurso financeiro:
Tabelas de taxa% taxa% taxa% taxa%
preços
anual anual média mensal média mensal
Referências
  FIN  RPN   FIN  RPN
clear fin END
  1083.6227ENTER   clear fin END
  1083.6227ENTER 

1083.6227 FV 
 
973.4128 ÷ 1083.6227 973.4128 ÷
   FV
  x 
   
973.4128 1 -  973.4128 CHS  12
CHS
   1/x y 
   
PV 1 n 100 ×
   PV 12 n  1 - 

i ⇒ 11,32201. . . ⇒ 11,32201. . . i ⇒ 0,897813. . . 100 ×
 
. . . . . . . . . . . . . . . ⇒ 0,897813.
. . . .. . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
. . . .
. . . .
Uso das tabelas
Como calcular a taxa de inflação ocorrida através da leitura dos ı́ndices

Matemática Exemplo 7- Calcular as taxas de inflação, acumulada trimestral e média mensal,


Financeira
ocorridas no terceiro trimestre de 2012, pelo IGP-DI/FGV.

Introdução
Iset2012 500, 314
Correção
Monetária
jul2012−set2012
icm =( − 1) = ( − 1) ∗ 100% = 3, 7326538271 . . . %a.t.
Ijun2012 482, 311
Indexadores
Iset2012 1 500, 314 1
Uso das 3trimestre2012
īcm =( ) 3 −1 = (( ) 3 −1)∗100% = 1, 229054080 . . . %a.m.
tabelas Ijun2012 482, 311
Fórmula de
Fischer
Você pode utilizar o recurso financeiro:
Tabelas de taxa% taxa% taxa% taxa%
preços
trimestral trimestral média mensal média mensal
Referências
  FIN  RPN   FIN  RPN
   
clear fin END 500.314 ENTER
  clear fin END
  500.314ENTER 

500.314 FV  482.311 ÷ 500.314 FV  482.311 ÷
      x 
482.311 CHS  1 -  482.311 CHS  3
     1/x y 
   
PV 1 n 100 ×
   PV 3 n  1 - 

i ⇒ 3,7326538. . . ⇒ 3,7326538. . . i ⇒ 1,229054. . . 100 ×
 
. . . . . . . . . . . . . . .⇒ 1,229054.
. . . .. . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
. . . . . . ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira

Exemplo 8- O proprietário de um imóvel adquirido em maio de 2009, pelo valor


Introdução de R$ 270.000,00, deseja vendê-lo em fevereiro de 2013, 20% acima do valor
atualizado monetariamente pelo IGP-M/FGV. Calcular o valor de venda do
Correção
Monetária imóvel.
Indexadores Dados:
ireal = 20%
Uso das
tabelas
Valorvenda =? Valorhistorico =270.000,00
igp−m
Datacompra =mai09 ⇒ icompra =979,1034
Fórmula de igp−m
Fischer Datavenda =fev13 ⇒ ivenda =1235,5777
Tabelas de
preços
Solução:
Valorvenda =Valoratualizado .(1 + ireal )
Referências Valoratualizado = Valorhistorico .(1 + icm )
Valorvenda =Valorhistorico .(1 + icm ).(1 + ireal )
jun09−fev 13
icm = IIfev 13 − 1=( 1235,5777
979,1034
− 1) ∗ 100%=26,19481. . . %
mai09
Valorvenda = 270.000.(1 + 0, 2619481).(1 ˙ + 0, 20)=408.871,19256. . .
Resposta: R$ 408.871,19

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira

”A taxa aparente (chamada nominal nas transações financeiras e comerciais) é


Introdução aquela que vigora nas operações correntes. A taxa real é calculada depois de
Correção serem expurgados os efeitos inflacionários.”(Samanez, 2002, pp. 67)
Monetária
As taxas aparente e real se relacionam pela Fórmula de Fischer(*):
Indexadores

Uso das (1 + iaparente ) = (1 + icm ).(1 + ireal )


tabelas
No exemplo anterior temos:
Fórmula de ˙
Fischer (1 + iaparente ) = (1 + icm ).(1 + ireal ) = (1 + 0, 2619481).(1 + 0, 20) =
(1 + 0, 51433775 . . . )
Tabelas de
preços
Valorvenda = Valorhistorico .(1 + iaparente ) =
Valorvenda = 270.000.(1 + 0, 51433775 . . . ) = 408.871, 19256 . . .
Referências

(*) Fórmula ou Efeito de Fischer é atribuı́da ao economista e estatı́stico


americano Irving Fischer, considerado um dos fundadores da corrente
macroeconomica denominada monetarista.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira

Introdução
Em geral, a Fórmula de Fischer
Correção
((1 + iaparente ) = (1 + icm ).(1 + ireal )) é aplicada em duas
Monetária situações:
Indexadores

Uso das quando desejamos calcular uma taxa aparente a partir do


tabelas
conhecimento da taxa de inflação ou correção monetária
Fórmula de
Fischer (icm ) e da taxa real de juros (ireal ):
Tabelas de iaparente = (1 + icm ).(1 + ireal ) − 1
preços

Referências
quando se quer conhecer a taxa real de uma operação
financeira conhecidas as taxas aparente e de inflação:
(1+iaparente )
ireal = (1+i cm )
−1

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira
Os contratos de operações de empréstimos, no que diz respeito
Introdução
à correção monetária, são classificados em dois tipos:
Correção
Monetária
com correção monetária pré-fixada: aqueles em que não
Indexadores
há menção explı́cita de critério de correção; a correção
Uso das monetária é estimada a priori; atualmente a maioria das
tabelas
operações de empréstimos de curto prazo (até um ano)
Fórmula de
Fischer são pré-fixadas;
Tabelas de
preços
com correção monetária pós-fixada: aqueles em que os
Referências
saldos são atualizados monetariamente, a posteriori
(de Lima Puccini, 2009, pp. 253), através de algum ı́ndice
de preços identificado no contrato; os valores em reais
somente são conhecidos após a publicação do respectivo
ı́ndice de cada data.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira

Introdução Exemplo 9- Na década de 1970, a poupança rendia 0,5% a.m. sobre o saldo
Correção
corrigido pelo IGP-DI. Sabendo-se que, num determinado mês a taxa de inflação
Monetária medida pelo IGP-DI foi de 10%, calcular a taxa de remuneração da poupança
naquele mês.
Indexadores

Uso das
Dados:
tabelas ireal = 0, 5%
icm = 10%
Fórmula de
Fischer iaparente =?
Tabelas de Solução:
preços
iaparente = (1 + icm ).(1 + ireal ) − 1
Referências iaparente = (1 + 0, 10).(1 + 0, 005) − 1 = 0, 1055 · · · = 10, 55 . . . %
Resposta: 10,55% a.m.
Você deve observar que, para o público em geral, a remuneração ou os
rendimentos, em geral se referem a taxas aparentes.

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira Exemplo 10- Na década de 90, antes do Plano Real lançado pelo Governo Itamar,
uma aplicação financeira de $ 1.000,00 se converteu, após um ano, em $
3.000,00. Sabendo-se que a taxa de inflação média mensal foi de 11% a.m.
Introdução
calcule a taxa real mensal de juros da referida aplicação.
Correção
Monetária Dados:
P=1.000
Indexadores
S=3.000
Uso das n=12m
tabelas
ireal =?%a.m.
Fórmula de icm = 11%a.m.
Fischer

Tabelas de Solução:
(1+iaparente )
preços ireal = (1+i )
−1
cm
Referências 1 1
iaparente = ( PS ) n − 1 = ( 3000
1000
) 12 − 1 = 0, 09587 . . .
(1+0,09587... )
ireal = (1+0,11)
− 1 = −0, 012727 · · · = −1, 2727 . . . %
Resposta: -1,27% a.m.
Em épocas de alta inflação é muito frequente se encontrar situações como o do
exemplo onde a taxa real foi negativa, ou seja, a pessoa que aplicou durante um
ano, recebe um montante com menor poder de compra que o principal investido.
O exemplo é tirado de um caso real. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira Exemplo 11- O dono de uma loja de vestuário que financia seus clientes pelo
crédito direto ao consumidor solicita que você forneça um coeficiente para
Introdução
calcular anuidades com 3 prestações postecipadas. É exigência do lojista uma
remuneração real de 0,5% ao mês. Conside a taxa de inflação média de 1% ao
Correção mês.
Monetária
Dados:
Indexadores
P=1 (as anuidades obtidas a partir do principal igual a R$ 1,00 são utilizadas
Uso das como coeficientes (cf. tópico de Anuidades)
tabelas
n =3 p.m.post.
Fórmula de ireal = 0, 5%(0, 005)a.m.
Fischer icm =1% (0,01) a.m.
Tabelas de
preços Solução:
i .(1+iaparente )n
Referências R = P. aparente
(1+iaparente )n −1
observe que a taxa para anuidades, utilizada na primeira área, não levava em
conta a inflação nela embutida; por isso ela está sendo agora considerada taxa
aparente.
iaparente = (1 + icm ).(1 + ireal ) − 1 = (1 + 0, 01).(1 + 0, 005) − 1 = 0, 01505000 . . .
0,01505....(1+0,01505... )3
R = 1. (1+0,01505... )3 −1 = 0, 3434166 . . .
Resposta: 0,3434
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira

Usando a calculadora:
Introdução  RPN FIN
Correção 1.01 ENTER 
1.005 ×
 
Monetária

Indexadores 1 - 
Uso das
iaparente ⇒ 0,01505000. . .
100 ×
tabelas
 
Fórmula de iaparente ⇒ 1,505000.
 ..%  
1.01505 ENTER
   clear fin END 
Fischer

3 n y x 1 PV 
 
Tabelas de
preços 
.01505 × 3 n 
Referências    
1.01505 ENTER
    1.505  i 
3 n y x PMT CHS 
  
1 -  ÷ Coeficiente ⇒ 0,3434166. . .
 
Coeficiente ⇒ 0,3434166. . .

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira Exemplo 12- Um empresário descontou duplicatas no valor de R$ 45.000,00, 60
dias antes do vencimento, a uma taxa de desconto bancário simples de 5% ao
mês. Sabendo que a taxa média de inflação é de 2,3% ao mês calcule a taxa
Introdução implı́cita real mensal de juros (taxa efetiva real) da operação.
Correção
Monetária
Dados:
S=45.000
Indexadores
n =60d=2m
Uso das d=5% (0,05) a.m.
tabelas icm =2,3% (0,023) a.m.
Fórmula de
Fischer Solução:
(1+iaparente )
Tabelas de ireal = (1+i )
−1
cm
preços 1
iaparente = iefetiva = ( PS ) n − 1
Referências
Observe que, nas operações de desconto, a taxa efetiva ou implı́cita de juros, no
tópico de descontos, é uma taxa aparente, uma vez que engloba a inflação.
P = S.(1 − d.n) = 45.000x(1 − 0, 05x2) = 40.500
1 1
iaparente = ( PS ) n − 1 = ( 45.000
40.500
) 2 − 1 = 0, 0540925534 . . .
(1+i ) (1+0,0540925534... )
ireal = (1+iaparente
−1= −1=
cm ) (1+0,023)
ireal = 0, 0303935028 · · · = 0, 0303935028 . . . x100% = 3, 03935028 . . . %
Resposta: 3,04% a.m. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Fórmula de Fischer
Taxas aparente, de correção monetária e real

Matemática
Financeira
Usando a calculadora:
 RPN FIN
Introdução 45000 ENTER 
Correção
Monetária
1ENTER 
 ENTER
.05
  
Indexadores 2 × - ×
   
Uso das P ⇒ 40.500,0000.
 .. 
tabelas
45000 ENTER  clear
 fin 
Fórmula de

40500 ÷ 40500 PV 
Fischer     
2 1/x y x 45000 CHS FV 
Tabelas de     
preços 1 -  2 n i 
Referências iaparente ⇒ 0,0540925534.
 .. iaparente ⇒ 5,40925534. . . %
1.0540925534 ENTER
 
1.023 ÷
 
1 - 
100 ×
 
ireal ⇒ 3,03935028 . . . %

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Tabela 1 - IGP-DI/FGV: dez-2011 a ago-2013

Matemática Ano Mês Índice Var. % a.m. Var.% no ano Var.% em 12 m


Financeira 2011 dez 465,586 -0,16 5,00 5,00
2012 jan 466,979 0,30 0,30 4,29
fev 467,308 0,07 0,37 3,38
Introdução
mar 469,910 0,56 0,93 3,32
Correção abr 474,683 1,02 1,95 3,86
Monetária
mai 479,019 0,91 2,89 4,80
Indexadores jun 482,311 0,69 3,59 5,66
Uso das jul 489,621 1,52 5,16 7,31
tabelas ago 495,949 1,29 6,52 8,04
Fórmula de
set 500,314 0,88 7,46 8,17
Fischer out 498,739 -0,31 7,12 7,41
nov 499,989 0,25 7,39 7,22
Tabelas de
preços dez 503,283 0,66 8,10 8,10
2013 jan 504,830 0,31 0,31 8,11
Referências
fev 505,832 0,20 0,51 8,24
mar 507,375 0,31 0,81 7,97
abr 507,087 -0,06 0,76 6,83
mai 508,715 0,32 1,08 6,20
jun 512,598 0,76 1,85 6,28
jul 513,313 0,14 1,99 4,84
ago 515,688 0,46 2,46 3,98
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
Fonte: Revista Conjuntura Econômica, vol.67, no. 10, outubro 2013.
. . . . . . . . . . . . . . .
. . . . . . . . . . . . . . . .. .. .. .. ..
Tabela 2 - IGP-M/FGV: jan-2009 a out-2013
Contratos de aluguéis, reajustes de energia elétrica, etc.

Matemática
Financeira

Introdução Mês 2009 2010 2011 2012 2013


Correção
jan 986,0130 979,5453 1092,1834 1141,7102 1232,0049
Monetária fev 988,5767 991,1039 1103,1052 1141,0252 1235,5777
mar 981,2612 1000,4203 1109,9445 1145,9316 1238,1724
Indexadores
abr 979,7893 1008,1235 1114,9392 1155,6720 1240,0296
Uso das mai 979,1034 1020,1202 1119,7334 1167,4599 1240,0296
tabelas
jun 978,1243 1028,7912 1117,7179 1175,1651 1249,3299
Fórmula de jul 973,9183 1030,3344 1116,3767 1190,9123 1252,5781
Fischer
ago 970,4123 1038,2680 1121,2887 1207,9424 1254,4570
Tabelas de set 974,4880 1050,2081 1128,5771 1219,6594 1273,2738
preços
out 974,9753 1060,8152 1134,5586 1219,9033 1284,2240
Referências nov 975,9503 1076,1970 1140,2313 1219,5374
dez 973,4128 1083,6227 1138,8631 1227,8302
Fonte: Site do Portal Brasil: http://www.portalbrasil.net/igpm.htm

. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..
Referências I

Matemática
Financeira

de Faro, C. and G. Lachtermacher (2012). Introdução à


Introdução matemática financeira. Saraiva.
Correção
Monetária de Lima Puccini, A. (2009). Matemática financeira: objetiva e
Indexadores aplicada. (8a. ed.). Saraiva.
Uso das de Oliveira, C. M. (2001). Limite constitucional dos juros
tabelas
bancários. LZN Editora.
Fórmula de
Fischer Samanez, C. P. (2002). Matemática financeira: aplicações à
Tabelas de
preços
análise de investimentos. (3a. ed.). Prentice Hall.
Referências Vian, C., A. Pellegrino, and C. de Paiva (2005). Economia :
fundamentos e práticas aplicados à realidade brasileira.
Alı́nea.
Zot, W. D. (2008). Matemática financeira (5a. ed.). Porto
Alegre: Editora da UFRGS.
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . .
.. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. .. ..