Vous êtes sur la page 1sur 4

Prova 2 –Qualidade na Construção Civil

Prof. Paulo Roberto May


Data: _27/06/2018

Aluno(a):
Instruções e Observações:
1 – A interpretação da prova faz parte da avaliação.
2 – Não é permitido ausentar-se da sala durante a realização da avaliação, é permitida a realização da prova por alunos que cheguem até quando o
primeiro aluno concluir a prova e sair da sala.
2–Nãoé permitido o uso de celulares, microcomputadores e calculadoras programáveis durante a prova.
3 – Somente será permitido consulta a apostila e materiais relacionados à disciplina.
5 –Caso tenha alguma dúvida quanto ao enunciado da questão, levante sua mão e aguarde em silêncio pelo professor.
6 – A cola será penalizada com nota zero.

1. Escolha uma empresa de construção civil, pode ser onde trabalha ou trabalhou, descreva os
programas ou métodos de qualidade que a mesma utiliza ou aplica, e relacione com que foi
estudado em nossa disciplina.

R: Fui surpreendido com a disciplina do prezado professor, pois trabalho no setor de obras na
atual empresa, e que adotamos todos os métodos e programas que o professor nos apresentou, pois
gerenciamos a obra do contorno viário de Florianópolis e como somos contratantes, é feito vários
controles para verificar a eficiência de nossa contratada. E analisando a versão da apostila final,
no item 4.1, onde cita 7 das principais ferramentas da qualidade, vou elencar os programas que é
utilizado na empresa atual na qual eu trabalho:

1- Folha de verificação: esta ferramenta utilizamos para controlar os serviços de terraplenagem


em específico a execução de aterro de nossa contratada, que com essa ferramenta conseguimos
pontuar as frentes atacadas, e etapas como: lançamento, tratamento e compactação. Pontos
positivos dessa ferramenta, é que consegue-se rastrear os pontos de ineficiência da contratada,
como: tempo e período prolongado no apenas no tratamento, pois para o serviço de aterro, espera-
se como resultado a compactação do mesmo. Abaixo segue folha de verificação modelo, lembrando
que a folha é alimentada com informações apontadas nos Relatório de Diário de Obra RDO's.
LEGENDA: LA Lançamento de areia
L Lançou LC Lançou e Compactou L LT TC LET LA
T Tratou TC Tratou e Compactou
C Compactou LS Lançou Saibro T LTC LS LEC
LT Lançou e Tratou LE Lançou e Espalhou
LTC lançou, tratou, compactou LET Lançou, Espalhou e Tratou C LC LE LTS
Todo o NC (exceto regiões de corte)
MÊS agosto-17
TRECHO ESTACA 01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
PLUVIOMETRIA (mm) 0,0 0,5 42,0 0,5 0,0 0,0 0,0 11,0 1,0 0,0 19,0 2,0 9,0 3,0 0,0 0,0 0,0 1,0 0,0 29,5 0,0 1,0 5,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 0,0 3,5

192+830 ltc ltc ltc ltc lts lts lts lts t le


192+840 ltc ltc ltc ltc lts lts lts lts t t t t le
192+860 ltc ltc ltc ltc lts lts lts t t t t le
192+880 ltc ltc ltc lts lts lts t t t t le
192+900 ltc ltc ltc t t t t le
192+920 ltc ltc ltc t t t t t t
192+940 ltc ltc ltc t t t t t t
192+960 ltc ltc ltc t t t t t t
192+980 ltc ltc ltc t t t t t t
193+000 ltc ltc ltc ltc ltc lt t t t t t t t
193+020 ltc ltc ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+040 ltc ltc ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+060 ltc ltc ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+080 ltc ltc ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+100 ltc ltc ltc lt t t t t t t
TR-35
193+120 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+140 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+160 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+180 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+200 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+220 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+240 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+260 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+280 ltc ltc ltc lt t t t t t t
193+300 ltc ltc ltc lt lt t t t t t t
193+320 ltc lt t t t t
193+340 ltc lt t t t t
193+360 ltc lt t t t t
193+380 ltc lt t t t t
193+400 ltc lt t t t t
2- Gráfico de Pareto, utilizamos para os controle financeiros do contrato.

3- Diagrama de Causa e Efeito, muito utilizado nas reuniões de planejamento quinzenal (RPQ),
onde conseguimos contabilizar os seis (06) M, o método, mão de obra, matéria prima, máquinas,
meio ambiente e medida, esse controle é feito diárimante, e feito um "brainstorming" semanalmente
em especial na sexta-feira.

4- Diagrama de correlação ou de dispersão, é utilizado no controle pluviométrico da obra, onde é


apresentado semanalmente no gráfico de avanço físico da obra e mensalmente informado para o
consórcio. Ferramenta muito importante onde consegue-se interpretar se a contratada foi
prejudicada pelo fator clima - tempo ou se confirma a ineficiência da mesma.

5- Carta de controle, é utilizado para controle de situação de ofícios e também para controle de
metas. Porém é muito importante para a apresentação mensal de um relatório que é encaminhado
para o Órgão fiscalizador, neste caso a ANTT.

6- Ciclo PDCA, como somos contratante, fiscalizamos, e por isso trabalhamos em cima do PDCA
da contratada.

7- Método 5W 2H, não trabalho diretamente com o método, no entanto, vejo meus superiores antes
de tomar qualquer decisão, utilizar o método.

8- Métodos de priorização, 6 sigmas, 5S, os gerenciamentos de rotinas, todos são utilizados.

2. Escolha um processo, ou atividade, na área da construção civil e faça o planejamento desta


atividade de acordo com o Método PDCA para planejamento. Assuma que algo saiu de forma
não conforme (resultou em um problema) e complete o ciclo do PDCA.

R: 1- Planejamento: Aterro compactado do trecho TR 35 (192+830 até 193+200), com data de


início 01.08.17 e término 01.09.17;

2- Execução: A execução será feita com a utilização dos equipamentos: três (02) rolos
compactador "pata", uma (01) grade de disco, uma (01) motoniveladora, uma (01) escavadeira
hidráulica, e dez (10) caminhões basculantes;

3- Verificação: Comparando os relatórios de campo e fotográficos, assim como também os


apontamentos de diários de obra, constata-se a ineficiência da contratada na produção, devido ao
longo período apenas tratando o material conforme é demonstrado a imagem da "questão 1", um
dos motivos para o tratamento do material é a umidade do mesmo, porém no período supracitado
acima houve apenas dois dias de chuva isolados e com volumes abaixo da média histórica e não
justificou o tratamento do material conforme relatório de laboratório por parte da equipe de
qualidade e também devido a falta de recursos.

4- Atuação corretiva: Como as metas não foram alcançadas e o planejamento está em atraso
conforme o cronograma, se faz necessário o replanejamento utilizando o método PDCA, segue
abaixo algumas sugestões por parte da contratante:

P- planejar: acrescentar o efetivo de mão de obra e equipamentos;

D- executar: Treinamento da equipe de frente do trabalho para aproveitar o fator clima tempo
favorável e assim trabalhando em turnos extras, outro ponto importante é utilizar rolos
compactadores que aumentem a produtividade, tipo os CT300, porque os utilizados são inferiores;

C- verificar: aproveitar os dias favoráveis para a compactação de aterro, conforme os relatórios


de campo da equipe de qualidade;
A- agir me função dos resultados: ter estratégia para aplicar o planejado, e adotar medidas
corretivas em cima da verificação dos resultados.

3. Apresente um exemplo na construção civil de um problema. Utilizando o “Método 5W2H


para análise de problema (pág. 63)” faça a análise deste problema.

R: what (o que) o problema é: Fundação

who (quem) esta envolvido: equipe de projeto

where (onde) o problema acontece: falha na fundação / sondagem

when (quando) ele ocorre, desde quando: Junho/2017 - Agosto/2017

how (como) surgiu o problema: falha nas sondagens do solo local

how much (quanto) custa ter este problema: novas sondagens (contratação de equipe) novo
projeto, retrabalho, tempo de trabalho e espera para alteração de projeto, replanejamento.

why (porque) ocorre o problema, causas: incapacidade técnica (sondagens), projeto, definição de
sondagem.

4. Escolha uma atividade, na área da construção civil, explique como a mesma deve ser
executada e faça o fluxograma da mesma (de acordo com o que foi definido na Fase 2 do
Gerenciamento da Rotina).

R:Processo de compra de concreto para Obra de Arte Especiais.

5. Explique o que é o Programa 5S. Apresente um exemplo de aplicação do Programa 5S a


uma empresa de construção civil, relacionando o exemplo com os conceitos apresentados na
apostila.
R: O programa 5S ou Cinco Sensos é uma ferramenta de extrema eficácia para a gestão de
qualidade e gerenciamento, não apenas de obras e projetos, mais também para o crescimento do
ser humano. O 5S foi introduzido no Japão por KAORU ISHIKAWA na década de 50, destinado a
combater as causas das perdas, desperdícios e a desorganização nas entidades japonesas, nos anos
que se seguiram ao fim da segunda grande guerra, posteriormente, sua prática se estendeu a
empresas com a percepção da possibilidade de mudança e conscientização das pessoas, o
programa visa aperfeiçoar aspectos como organização, limpeza e padronização, o 5S visa alcançar
a melhoria contínua e a qualidade total, normalmente é implementado como um plano estratégico
para que alguns aspectos fundamentais da empresa comecem a apresentar melhorias. O 5S vem da
junção de cinco palavras japonesas que começam com S:
* Seiri: Senso de utilização/seção/descarte, tornando o ambiente de trabalho mais útil e menos
poluído, visualmente e espacialmente;
* Seiton: Senso de organização/ordenação/arrumação/ordem, continuação do Seiri, porém o
conceito é simplificar a partir da organização espacial;
* Seisou: Senso de limpeza/asseio, consiste na investigação minuciosa de trabalho em busca das
rotinas que geram sujeira ou imperfeições;
* Seiketsu:Senso de padronização/saúde/bem estar/higiene, consiste na manutenção do Seiri, do
Seiton e do Seisou, e assim gerando melhorias constantes para o ambiente de trabalho;
* Shitsuke: Senso de autodisciplina/ordem mantida, quando os cincos processos estão em
execução, ou seja em perfeita execução, contudo a disciplina é a chave do programa 5S.

Exemplo de aplicação do 5S na construção civil, no canteiro de obras, aprendemos na disciplina


de "tecnologia da construção civil" a projetar um canteiro de obra a com logística eficaz, e com
tudo organizado e com excelente movimentação de carga e descarga, abaixo uma listagem sobre a
logística de um canteiro de obra:

a) Orientação de possíveis entradas de serviço em função do projeto e da área


disponível para implantação do canteiro de obras, (Portões ou uso das vias);
b) Disposição de baias;
c) Disposição de área para elevação;
d) Disposição de telheiros (Carpintaria, formas, armaduras, almoxarifado);
e) Em função do primeiro estudo indicar portaria;
f) Indicar área de escritório;
g) Reavaliar entradas de serviço(Em função dos telheiros);
h) Indicar padrões de entradas (CELESC e etc..);
i) Depósitos para descartes – próx ao acesso de entrada;
j) Áreas de vivência - calcular;
k) Indicar locais para entrega de concreto;
l) Indicar local para lavagem dos caminhões – tanque de água; e
m) Indicar posição de recebimento do corta e dobra.
Outros pontos importantes antes da implantação do canteiro de obras é:
a) Reconhecimento do terreno;
b) Limpeza do terreno;
c) Métodos e procedimentos para a locação da obra; e
d) Procedimentos para a movimentação de terra e equipamentos (corte e aterro).
Com tudo trará para a obra segurança, qualidade, produtividade e eficiência na execução dos
serviços, impedindo a ociosidade de equipamentos e mão-de-obra, diminuição de tempo nos
deslocamentos, racionalização e organização das atividades e do uso dos espaços, impedindo
também operações repetitivas em locais diferentes, minimiza as interferências (dando
continuidades), garante a segurança dos trabalhadores e do entorno da obra.

Centres d'intérêt liés