Vous êtes sur la page 1sur 7

PSICOLOGIA/TRANSTORNOS DE PERSONALIDADE/CID-10 E DSM/TRANSTORNOS DO

NEURODESENVOLVIMENTO

MPE-BA - Analista Técnico – Psicólogo (FGV - 2017)

A mãe de Leo, 8 anos, foi chamada na escola. O menino recusa-se a fazer as tarefas, anda pela sala de
aula atrapalhando os colegas, afronta os professores e insultou a diretora ao ser punido com a perda do
recreio. Quando é surpreendido em alguma falta, Leo reage com raiva e culpa as outras crianças. A mãe
de Leo relatou que em casa ele resiste a limites e enfrenta sua autoridade.

De acordo com o CID – 10 e com o DSM-V, pode-se reconhecer no quadro apresentado por Leo
características do:

 A distúrbio desafiador e de oposição; CORRETA


 B transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade;
 C transtorno de Personalidade Antissocial;
 D distúrbio de Estresse Agudo;

A Psicopatologia refere-se ao estudo tanto dos estados mentais, quanto à manifestação de


comportamentos que podem indicar um estado “anormal”. Levando-se em consideração os
transtornos apresentados no DSM – 5 (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais),
relacione os Tipos de transtornos aos Critérios diagnósticos correspondentes, e assinale a
alternativa que apresenta corretamente essa relação.
Tipos de transtornos:

(I) Transtorno da Personalidade Paranoide.


(II) Transtorno da Personalidade Dependente.
(III)Transtorno da Personalidade Esquizóide.
(IV)Transtorno da Personalidade Histriônica.

Critérios diagnósticos:
(A) Desconforto em situações em que não é o centro das atenções.
(B) Tem dificuldades em tomar decisões cotidianas sem uma quantidade excessiva de conselhos e
reasseguramento de outros.
(C) Não deseja nem desfruta de relações íntimas, inclusive ser parte de uma família. Quase sempre opta
por atividades solitárias.
(D) Suspeita, sem embasamento suficiente, de estar sendo explorado, maltratado ou enganado por outros.

Assinale a alternativa correta

 A I-A; II-C; III-D; IV-B


 B I-D; II-B; III-C; IV-A CORRETA
 C I-C; II-D; III-B; IV-A
 D I-B; II-A; III-C; IV-D
 E I-A; II-B; III-C; IV-D
Carlos, estudante de jornalismo, procura o serviço de saúde mental da Universidade acompanhado por
dois colegas de turma. Na ocasião, relata que está prestes a se formar e não se sente preparado para tal.
Assim, vem mobilizando professores e colegas, que não estão sabendo lidar com a situação, pois ele
sempre foi um aluno brilhante. Ele chora nos corredores, comenta questões da sua história pessoal e deixa
todos mobilizados diante da sua condição. O quadro apresentado caracteriza um transtorno da
personalidade
 A dependente.
 B narcisista.
 C paranoide.
 D histriônica. CORRETA

O transtorno de personalidade antissocial é uma condição em que a pessoa tem pensamentos e atitudes
disfuncionais. Esse transtorno tem como principal característica
 A controlar meticulosamente manifestações de agressividade.
 B apresentar autoestima prejudicada.
 C preocupar-se excessivamente com sua própria segurança.
 D enganar e manipular as pessoas ao seu redor. CORRETA

Durante a adolescência, João começou a apresentar alguns comportamentos diferentes dos da maioria das
pessoas. Isso, de alguma forma, lhe trouxe problemas, dificuldades e sofrimentos. Ao iniciar o processo
terapêutico, foi diagnosticado que ele tinha transtorno de personalidade evitativa.

Considerando esse diagnóstico, assinale a opção que descreve as principais características de


personalidade de João.

 A percepção de si mesmo como inadequado, inibição social e forte preocupação quanto à possibilidade de
ser mal avaliado ou rejeitado pelas pessoas; CORRETA
 B provocação intencional de lesões no corpo ou falsificação de sinais que simulem doenças, sem que haja
qualquer ganho aparente como conseqüência;

 C preferência por atividades solitárias, desinteresse por relações pessoais íntimas, pouco ou nenhum
interesse em relações sexuais e aparente indiferença a elogios e críticas;

 D sentimento de vazio, esforços claros para evitar o abandono imaginário ou real, ameaças recorrentes de
suicídio e episódios de irritabilidade e de ansiedade;

 E forte desconfiança, crença de que as pessoas podem estar mal intencionadas com ele na vida social ou
afetiva, percepção de intenção ameaçadora onde não há.

O paciente A. sente-se muito ansioso só de pensar em interação social. Não considera elogios e reage
excessivamente às críticas, o que alimenta uma sensação recorrente de inadequação. Ele encara tudo pelo
lado pessoal; supõe que seus vizinhos não o cumprimentam por ser uma pessoa muito incômoda, de
difícil convivência. O cenário descrito indica a presença de um transtorno de personalidade
 A lábil.
 esquiva. CORRETA
 C recorrente.
 D dependente
 E borderline.

O indivíduo que apresenta Transtorno de Personalidade Narcisista tende a ser


 A um indivíduo com alta autoestima e que necessita chamar a atenção, por isso é comum ele expor sua
vida em redes sociais.
 incapaz de ser empático. A ausência desse afeto produz a falta de sensibilidade aos desejos e
necessidades dos outros. CORRETA

 C geralmente indivíduo que necessita tirar vantagem de outras pessoas, sem deixar de ser empático com
elas.

 D na maior parte do tempo, um indivíduo com muitas preocupações irreais cujo principal traço é a
desconfiança. Geralmente esses traços tendem a desaparecer em no máximo 2 anos.

 E indivíduo que necessita chamar atenção e sente-se desvalorizado quando isso não ocorre, na maioria
das vezes, são sexualmente provocativos para conseguir a atenção dos outros.

Sobre os quadros de Transtorno de Personalidade Boderline, pode-se referir:


 Apresentam padrão difuso de instabilidade das relações interpessoais, da autoimagem e dos afetos. A
percepção de uma separação ou rejeição eminente pode levar a mudanças profundas na autoimagem.
CORRETA

 B Os quadros de Transtorno de Personalidade Boderline em geral são intensos, mas duram poucos dias.

 C Os indivíduos com Transtorno de Personalidade Boderline são muito dependentes de outras pessoas e
apresentam dificuldade de tomar decisões cotidianas sem uma quantidade excessiva de conselhos.

 D Geralmente são indivíduos pouco empáticos e que demanda atenção excessiva. Apresentam predomínio
e constância do sentimento de menos valia, mas sem risco de autodestruição.

 E São indivíduos que apresentam um padrão difuso de desconsideração e violação dos direitos das outras
pessoas.

Na visão de Donald W. Winnicott (2012), as falhas ambientais terão consequências distintas, dependendo
do momento em que ocorrerem e da reação do ambiente diante de seu impacto na criança. Segundo esse
autor, se o ego não tiver maturidade suficiente para reconhecer que a origem do problema é externa, e não
interna, a criança desenvolverá

 A uma atitude paranoide, pautada pela desconfiança de que o ambiente não possa vir a suprir as suas
necessidades.

 B uma doença psicótica, pois a ausência de defesas frente à deficiência ambiental leva a uma suspensão
do processo de desenvolvimento. CORRETA

 C um quadro depressivo, marcado pela ambivalência em relação à figura materna e, por extensão, ao
ambiente.

 D um transtorno narcisista, com a consequente pouca disponibilidade para o estabelecimento de relações


objetais.

 E uma estrutura fronteiriça, que oscila entre momentos de força egoica razoável e momentos de força
egoica precária.
Baseando-se em Lemgruber (1997) e no CID-10 (10a Classificação Internacional das Doenças, da
Organização Mundial de Saúde), seriam contraindicados para a Psicoterapia Breve pessoas com
diagnóstico
 A F32.0 Episódio Depressivo Leve e F40.1 Fobia Social.

 F00-F09 Transtornos Mentais Orgânicos e F32.2 Episódio Depressivo Grave. CORRETA

 C F70-F79 Retardo Mental e F43.0 Reação Aguda ao “Stress”.

 D F60.6 Transtorno de personalidade evitativo e F84.0 Autismo.

Psicologia/Psicopatologia/Transtornos de Personalidade

Fundação Hemocentro de Brasília - DF - Psicólogo (IADES - 2017)

Provas com essa questão: FCC - 2009 - TRT - 4 REGIÃO (RS) - Analista Judiciário - Psicologia / FCC - 2009 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Analista
JudiciárioPsicologia/Disciplina: Psicologia | Assunto: Transtornos de Personalidade

Assinale a única alternativa verdadeira.

a) Cerca de 40% da população se enquadra nos critérios do transtorno de pânico em algum momento de suas vidas.
CORRETA

b) No transtorno de pânico sem agorafobia o indivíduo experimenta ansiedade e pânico com esquiva fóbica do que ele
considera uma situação insegura.

c) Os tratamentos psicológicos como o de controle do pânico ou TCP são altamente eficazes para tratar esse transtorno.

d) Todos os indivíduos com TP (transtorno do pânico) são suicidas, experimentam pânico diurno e/ou são agorafóbicos.

e) O TAG (transtorno de ansiedade generalizad não tem nenhuma base genética.

Concurso: TJ-PI - 2009 | Prova: FCC - 2009 - TJ-PI - Analista Judiciário - Psicologia
Disciplina: Psicologia | Assunto: Psicopatologia , Teorias da Personalidade , Transtornos de Personalidade

Carlos está envolvido com drogas e pratica sexo ocasionalmente. Sente-se vazio, a não ser que participe de atividades
perigosas e excitantes. Ameaça cometer suicídio caso sua namorada sugira procurar ajuda ou fale em deixá-lo. Alterna-se
entre amá-la e odiá-la. Possui baixa autoestima e recentemente experimentou níveis elevados de estresse. O transtorno de
personalidade apresentado por Carlos é denominado

a) borderline. CORRETA

b) histriônico.

c) narcisista.

d) antissocial.

e) esquizóide.

Concurso: TRF - 3ª REGIÃO - 2007 | Prova: FCC - 2007 - TRF - 3ª REGIÃO - Analista Judiciário -
Psicologia
Disciplina: Psicologia | Assunto: Psicopatologia , Psicodiagnóstico , Transtornos de Personalidade
Segundo a Classificação de Transtornos Mentais e de Comportamento da CID10, o transtorno de personalidade
paranóide (F60.0) aponta, entre os itens que o caracterizam,

a) atitude flagrante e persistente de irresponsabilidade e desrespeito por normas, regras e obrigações sociais; baixa
tolerância à frustração e baixo limiar para descarga de agressão, incluindo violência; incapacidade de experimentar
culpa e de aprender com a experiência.

b) indiferença aparente a elogios e críticas; frieza emocional, afetividade distanciada ou embotada; preferência quase
invariável por atividades solitárias e falta de amigos íntimos ou de relacionamentos confidentes (ou ter apenas um) e
desejo de tais relacionamentos.

c) sensibilidade excessiva a contratempos e rejeições; tendência a guardar rancores persistentemente, isto é, recusa a
perdoar insultos e injúrias ou desfeitas; um combativo e obstinado senso de direitos pessoais em desacordo com a
situação real. CORRETA

d) autodramatização, teatralidade, expressão exagerada de emoções; afetividade superficial e lábil; sedução


inapropriada em aparência ou comporta- mento.

e) preocupação com detalhes, regras, listas, ordem, organização ou esquemas; insistência não razoável por parte do
paciente para que os outros se submetam exatamente à sua maneira de fazer as coisas ou relutância não razoável em
permitir que os outros façam as coisas; rigidez e teimosia.

Concurso: STM - 2010 | Prova: CESPE - 2011 - STM - Analista Judiciário - Psicologia - Específicos
Disciplina: Psicologia | Assunto: Psicopatologia , Psicodiagnóstico , Transtornos de Personalidade

Julgue os itens a seguir, referentes ao DSM-IV.

Denomina-se tartamudez o fracasso persistente de falar em situações sociais específicas.

Certo

Errado CORRETA

Concurso: TRE-BA - 2010 | Prova: CESPE - 2010 - TRE-BA - Analista Judiciário - Psicologia
Disciplina: Psicologia | Assunto: Psicodiagnóstico , Teorias da Personalidade , Transtornos de
Personalidade

A personalidade dependente, ou limítrofe, caracteriza-se pelo excessivo grau de dependência nos outros e pela constante
busca de apoio emocional. O sujeito com personalidade desse tipo permite que tomem decisões importantes a respeito de sua
vida e resigna-se com os maus tratos.

Certo

Errado CORRETA

Concurso: TRE-BA - 2010 | Prova: CESPE - 2010 - TRE-BA - Analista Judiciário - Psicologia
Disciplina: Psicologia | Assunto: Psicodiagnóstico , Teorias da Personalidade , Transtornos de
Personalidade , Psicoterapias

A personalidade anancástica aproxima-se da personalidade antissocial no que se refere ao desrespeito às obrigações e


normas sociais. As pessoas com esse tipo de personalidade são emocionalmente frias, formais e intelectualizadas, e, mesmo
com a família, costumam ser reservadas e inflexíveis. Apesar disso, nas primeiras consultas psicológicas, mostram-se amáveis
e cooperativas.

Certo
Errado CORRETA

Concurso: ABIN - 2010 | Prova: CESPE - 2010 - ABIN - Oficial Técnico de Inteligência – Área de
Psicologia
Disciplina: Psicologia | Assunto: Psicopatologia , Transtornos de Personalidade
Ver texto associado a questão

A maioria dos pacientes com transtorno obsessivo compulsório (TOC) é acometida de ataques de ansiedades, com
características de ataque de pânico, sendo esses ataques secundários aos medos obsessivos de contaminação, por exemplo.

Certo CORRETA

Errado

Concurso: TRE-ES - 2010 | Prova: CESPE - 2011 - TRE-ES - Analista - Psicologia - Específicos
Disciplina: Psicologia | Assunto: Transtornos de Personalidade , Psicopatologia , Teorias da
Personalidade

De acordo com a teoria adleriana, o ser humano nasce fraco e inferior; por isso, a força dinâmica subjacente ao seu
comportamento é a luta pelo sucesso ou pela superioridade.

Certo CORRETA

Errado

Concurso: TRE-ES - 2010 | Prova: CESPE - 2011 - TRE-ES - Analista - Psicologia - Específicos
Disciplina: Psicologia | Assunto: Transtornos de Personalidade , Psicopatologia , Teorias da
Personalidade

A capacidade de produzir pesquisa é o critério fundamental para se considerar que uma teoria da personalidade apresenta
utilidade.

Certo CORRETA

Errado

Concurso: TRE-ES - 2010 | Prova: CESPE - 2011 - TRE-ES - Analista - Psicologia - Específicos
Disciplina: Psicologia | Assunto: Transtornos de Personalidade , Psicopatologia , Teorias da
Personalidade

A teoria interpessoal de Maslow considera que as necessidades do ser humano, que apresentam componentes biológicos,
originam-se de uma situação interpessoal.

Certo

Errado CORRETA

Concurso: TRE-ES - 2010 | Prova: CESPE - 2011 - TRE-ES - Analista - Psicologia - Específicos
Disciplina: Psicologia | Assunto: Transtornos de Personalidade , Psicopatologia

Na fase inicial da terapia, o terapeuta deve focar questões que sejam menos sensíveis ao paciente, a fim de reduzir o estresse
que questionamentos mais sensíveis podem ocasionar e de evitar que o paciente se sinta pressionado.

Certo CORRETA

Errado
Concurso: TRE-ES - 2010 | Prova: CESPE - 2011 - TRE-ES - Analista - Psicologia - Específicos
Disciplina: Psicologia | Assunto: Transtornos de Personalidade , Psicopatologia

Pacientes diagnosticados com transtorno de personalidade paranoide têm dificuldade de estabelecer confiança com o
terapeuta e a forma mais adequada de o terapeuta lidar com isso é dizendo-lhe, expressamente, que ele pode confiar no
psicólogo. Além disso, é necessário falar-lhe de sigilo profissional e deixar claro que um terapeuta jamais prejudicaria seu
paciente.

Certo

Errado CORRETA

Concurso: TRE-ES - 2010 | Prova: CESPE - 2011 - TRE-ES - Analista - Psicologia - Específicos
Disciplina: Psicologia | Assunto: Transtornos de Personalidade , Psicopatologia

É importante aumentar o senso de autoeficácia de pacientes com esse tipo de transtorno, no que concerne a situações-
problema.

Certo CORRETA

Errado

Concurso: TRT - 4ª REGIÃO (RS) - 2009


Provas com essa questão: FCC - 2009 - TRT - 4 REGIÃO (RS) - Analista Judiciário - Psicologia / FCC -
2009 - TRT - 4ª REGIÃO (RS) - Analista Judiciário - Psicologia /
Disciplina: Psicologia | Assunto: Transtornos de Personalidade , Psicopatologia

Obsessões são

a) pensamentos, imagens ou impulsos intrusivos e sem sentido que um indivíduo tenta eliminar ou suprimir. CORRETA

b) manias que levam o indivíduo a repetir o mesmo comportamento durante um longo período do dia, geralmente em torno de
6 horas.

c) impulsos destrutivos que ocorrem geralmente em indivíduos com forte demência.

d) alucinações de poder que alteram o superego de maneira a induzir o indivíduo a perceber a realidade com tonalidades mais
fortes.

e) percepções e sentimentos que afetam o inconsciente do indivíduo e que o levam a buscar alternativas de expressá-las em
formas de rituais que trazem ao consciente imagens que se manifestam em forma de dor ou alívio.

Concurso: INSS - 2008 - Técnico e Analista | Prova: CESPE - 2008 - INSS - Analista do Seguro Social -
Psicologia
Disciplina: Psicologia | Assunto: Psicopatologia , Transtornos de Personalidade , Psicodiagnóstico e
Avaliação Psicológica

hipocondria moral.

Certo

Errado CORRETA