Vous êtes sur la page 1sur 15

Universidade Católica de Brasília

Pró-Reitoria de Graduação
Centro de Ciências Sociais Aplicadas
Curso de Arquitetura e Urbanismo

SISTEMAS ESTRUTURAIS V
MADEIRA
Prof. Frederico Rosalino
PROPRIEDADES MECÂNICAS DA MADEIRA

As propriedades de resistência da madeira estão diretamente relacionadas com


a densidade.

De forma geral, madeiras mais densas são mais resistentes, porém podemos
encontrar espécies de mesma densidade, onde algumas propriedades de
resistência sejam maiores ou menores do que de outra espécie.
O gráfico: TENSÃO X DEFORMAÇÃO, apresenta um trecho inicial praticamente reto
ficando bem definido o limite de proporcionalidade. Neste trecho, a madeira se comporta
como um material linearmente elástico, onde as deformações se tornam nulas, quando se
retira a carga aplicada.
A inclinação da curva mostra que o módulo de elasticidade a tração paralela às fibras é um
pouco superior ao módulo de elasticidade na compressão paralela às fibras.
ESFORÇOS SOLICITANTES
ESFORÇOS SOLICITANTES
ESFORÇOS SOLICITANTES
ESFORÇOS SOLICITANTES
ESFORÇOS SOLICITANTES
ESFORÇOS SOLICITANTES
INFLUÊNCIA DE DEFEITOS SOBRE A RESISTÊNCIA:

Os nós têm efeito predominante na redução de resistência à tração,


compressão e ao cisalhamento.

No caso de flexão, os nós situados na região do eixo neutro têm pequena


influência, enquanto os situados próximo ao bordo tracionado reduzem
sensivelmente a resistência.

As fendas e ventas têm influência pronunciada na resistência da madeira ao


cisalhamento paralelo às fibras.

Defeitos decorrentes de secagem e decomposição também reduzem a


resistência.
INFLUÊNCIA DA UMIDADE SOBRE A RESISTÊNCIA DA MADEIRA:

A umidade tem grande efeito sobre as propriedades das madeiras. Com o aumento da
umidade, a resistência diminui até ser atingido o ponto de saturação das fibras; acima
desse ponto, a resistência mantém-se constante.

Acima do ponto de saturação das fibras (30% de umidade), volume e o peso específico
da madeira não são influenciados pelo grau de umidade, resultando numa resistência
praticamente constante. Com a secagem da peça abaixo do ponto de saturação das
fibras, observa-se redução de volume e aumento do peso específico e da resistência.

As propriedades começam a aumentar quando a umidade fica abaixo de um grau entre


22% e 28%, podendo considerar-se um valor médio de 25%. A variação abaixo de 25%
de umidade pode ser representada por uma lei logarítmica ou, aproximadamente, por
uma lei linear.

Pode considerar-se aproximadamente linear a variação das propriedades da madeira


com a umidade entre 2% e 25%.
Principais fases da construção com Madeiras

•Projeto de Arquitetura;

•Projeto Estrutural;

•Transporte: estudo dos tamanhos das peças para que elas sejam
movimentadas normalmente;

•Execução: as peças são unidas compondo o sistema estrutural, o


planejamento estabelece o uso de equipamentos e ferramental;

•Controle de qualidade: feito durante todas as fases da construção.