Vous êtes sur la page 1sur 3

Eu sou um de muitos brasileiros e o que vi acredito que grande parte tem sido visto ou tem

alcançado grande parte de nós pela notícias dos fatos. Porém não posso deixar de
recordar existem coisas que parecem ser e coisas que são e nisto nossa política e
movimentos criaram a arte de fazer parecer, vale ressaltar como nossos profissionais da
área de informação em grande parte torcem o nariz ao ter de dar certas notícias como quem
revira as tripas e lamenta certas coisas quando acontecem e não estou falando de tragédia
estou de quando certas verdades que são e não ficam parecendo ser chegam a nós de
forma que revelam e elucidam muitas coisas.
Primeiro cabe ressaltar algumas verdade todos não podem estar certos, quando são tão
contraditórios entre si; não tem como um dizer que sobe e outro que desce e mais um dizer
que ambos objetos sobem e descem ao mesmo tempo, é uma contradição e tentar viver de
acordo com isso na prática vai causar problemas e frustrações.
Quanto ao nosso Brasil hoje, existe farto material que comprova que certos políticos na
ânsia de defender erros cometidos pelo partido se descrevem como vítimas e propagam
mentiras. Vimos senadores e deputados fazendo isso abertamente, e prova de como a
coisa chegou onde chegou nossos políticos não foram capazes de mover uma ação real
contra para elevar o nível e a qualidade da forma como se manifestam no anseio de
provocar na sociedade reações de todas as esferas inclusive emocional. Vimos uma
senadora afirmar que um certo juiz estava em Portugal no seu projeto de atacá-lo vimos e
temos visto e sofremos com gente desta espécie. são vários casos, mas a questão ainda
não seria essa a alcançar. O Brasil viu as invasões das escolas com discurso de que os
alunos resolveram recorrer a tal projeto pela defesa dos direitos alcançados e tudo mas.
Mas este Brasil não viu quando fartas imagens provou que havia operação de movimentos
e partidos mais professores no seio de tudo isso.
O que aprendemos com isso? Aqui voltamos às duras realidades que em parte eles omitem
e outra parte negamos, jovens que ainda estão cuidando das suas espinhas desconhecem
a complexidade e a dinâmica do mundo e são manipuláveis, e podemos ver isso mais ainda
em certos vídeos em que professores se manifestam e não só se manifestam como
manipulam sentimentos e medos. Pior o que vemos é que os professores ao fazerem isso
ainda cerceiam desonestamente os alunos, em outros casos usam uma receita pior coisa
de manipulação falando em debate trazem certos pseudo axiomas para o círculo
semeando contradições promovendo escotomas e movendo nos jovens sentimentos , de
forma que ao ouvir certas coisas sua mente se carregue de manifestações negativas.
Agora no todo esse esquema e muitos outros estão se manifestando no Brasil o vitupério da
verdade nos distancia da realidade e isso nos incapacita de lidar com os problemas e
entendê-los para refletir com validades em soluções.
Uma coisa interessante é que ao fazer um exame com possibilidade de séria gravidade na
saúde com a possibilidade do comprometimento ninguém pede ao médico uma mentira
uma mentira ou uma verdade moldada para ser agradável; deixa eu voltar a uma afirmação
quando digo que ninguém pede uma mentira tenho dúvidas hoje em dia a respeito disso viu;
mas tenho certeza que ao fazer isso a pessoa tem comprometedoras relações com a
realidade e sua orientações na hora de lidar com a dinâmica e complexidade da vida.

Olhando para um Brasil adoecido, e a quem


discorda disso eu sei; e entendo que todo aquele que acha que está bom está com sérios
problemas quanto a validade do que é ser um bem talvez ele possa dizer que está bom
porque se beneficia do contrário do que seria um bem na política o no estado de
coisas,para todos ou um bem desejável para que todos vivessem dentro de uma
democracia saudável.
Temos exatamente a situação desse paciente que espera que o médico diga-lhe a verdade
sobre o resultado de seus exames o que se passa o que deve ser feito o tratamento a ser
aplicado o que será combatido e não opte por uma mentira confortável um engano para que
retorne para casa doente acreditando estar bem e no futuro ter de lidar com as piores
manifestações da sua doença agora intratável ou incontrolável.
Mas qual é a verdade? o que está se passando hoje em nossa Terra? A verdade é dos
Petistas, seria a verdade dos PSDBistas? Ou de outros que falam e afirmam e pouco depois
mudam? Mudar não é um crime pode ser fruto de uma atitude honesta em relação ao que
descobrimos e aprendemos.
Psicopatas instalado na política será o carrasco do
povo.
Eu tenho visto um político muito polêmico que recentemente falou que sendo eleito indicaria
por exemplo um juiz o Sérgio Moro para o supremo, ao mesmo tempo me recordo dele
falando outras contestando a ação do juiz e falando em reação a ponto de levar um dos
seus julgados por meio de sequestro a embaixada e conseguir asilo.
Então o que isso revela? Um tempo antes explosivamente ele fala uma coisa em relação a
uma autoridade demonstrando desrespeito e assim fazendo um apoio a figura de um ex
presidente agora condenado, depois diante da disputa eleitoral com baixo índice de
aceitação ele muda e começar a falar as mesmas coisas que o candidato de oposição seu
discurso em relação ao juiz Sérgio Moro muda como também a Lava jato que e agora ele
diz ser uma excelente operação para o país.
Bem são muitos os traços e manifestações relativistas que não nos permitem deixar de
perceber, que pela força do discurso tentam mesmo com contradições resgatar a simpatia e
confiança do povo.

A realidade é aquilo que o comitê mandar; todos os


crimes são justificados pelo fins.
E este fenômeno se estende aos partidos e manifestações, o partido é capaz de defender
as maiores loucuras e há uma parcela de afiliados que recebem suas insanidades como
verdades. O jogo está aí de forma clara e contundente, ao tentar inscrever a candidatura de
Lula a internet se enche de postagens confirmando como algo concreto para forçar as
mentes, a entenderem as coisas de forma enviesada conforme uma verdade partidária isso
é um fenômeno sério é quando o critério verdade é comprometido por uma propaganda.
Basicamente a verdade é aquilo em que eles acreditam e planejam e assim recalcitrar
contra a realidade repetindo e repetindo e fazendo um show como quem festeja futuro
noivado de um morto com brindes e desejos de sucesso na união...por um finado que nunca
virá.
No Brasil temos uma farta parcelo de políticos do tipo sem compromisso com a verdade, e
essa gente finge entender que seus erros e abusos não prejudicaram o país e a vida do
Brasileiro. Eu cresci vendo Maluf dança da pizza, dólar na cueca, vendo Renan calheiros
dizer no plenário salvou uma senadora de investigação, todos tinham lá seu esquema para
moldar a verdade e justificar seu atos, eu vivi e vi nas ruas no trabalho os brasileiros
sonhando o dia em que empresários e políticos seriam presos de verdade, e isso foi
distorcido com generalizações e discursos de ódio primeiro nos ensinaram a odiar todo
empresário honesto principalmente de sucesso de forma genérica em seguida os políticos
de tal forma que quando um diz uma verdade uma parcela de outros se levantam contra ela,
temendo que o povo e os poderes comecem a mudar esse esquema de coisas que eles
perpetuam.
Com isso eles criaram vários esquemas e uma cultura de gritar mais alto falando suas
asneiras e não são asneiras vidas da ignorância do ato sem pensar , mas pensadas para
pregar no tecido social com aporte de apoio em movimentos sociais e legendas que as
pessoas não se perguntam a origem de tanto financiamento que estão lá a cada ato insano
dito repetindo e pregando mais uma mentira como verdade. Esse quadro é tão cruel que
como consequência fortalece tanto uma prática medonha que por exemplo no quadro de
candidatos do Rio de Janeiro a governador temos candidatos advindos do governo anterior
que eu vi falando dos seus governos como se fossem homens competentes sem nenhuma
vergonha do quadro atual. Como se a situação do Rio viesse acontecer por meio de outros
representantes do povo, mas eram eles.O estado do Rio está falido a segurança cambaleia
o Carioca não consegue crescer, saúde só Deus sabe. Milícias gente morrendo bandidos
em quantidades se transferindo de comunidades para comunidades execuções tiroteios,
policiais morrendo.

E quando por exemplo um candidato fala em relação ao crime uma atitude mais direta, ao
mínimo pensar de que bandidos irão morrer todos os outros ou repetem o grito de combate
ao crime negando essa ideia e destroem ele nas palavras seguintes com utopias ou
levantam a poeira sobre o assunto para tornar um possível qualquer segmento de ideia de
combate ao crime de promover baixar por exemplo a criminosos que portam armamentos
de guerra.
Diante de quadros esclarecidos como estes a questão para a política como abordar a
realidade dos fatos? refletir os problemas e criar ações reais que a longo prazo terão
resultados concretos neste Brasil? Fazer com que a máquina comece a realmente lidar com
problemas sem sacrificar o bolso do trabalhador e do brasileiro em geral?

Quando vamos ver e comentar sobre o óbvio? Fazer um parecer e


começar um tratamento? E lembrando algumas atitudes provocam
reações negativas de quem não as enxergam com bons olhos!

A verdade não é estatística, não é a proporção que define uma verdade nem aceitação.
Uma pessoa pode não ser simpática e até mesmo arrogante, mas isso não há impede de
estar certa e de acordo com a verdade.