Vous êtes sur la page 1sur 222

Z hou C huncai

Clássico de Medicina
do Imperador M areio

EIMTOKA AKl LIA DA


Clássico de Medicina
do Imperador M areio
‘T r a ta d o S o b r e a S a ú d e e V id a L o n g a

‘Escrito por ZH O U C h ü N C A I
Ilustrações de Z h o u C h u n c a i, H a n Y a z h o u , H a n Y i e Hou X iu q in g

Tradução do Chinês para o Inglês de W a n g X u e w e n & Sui Y un

Série de animação ASIAPAC

Assessor Médico para Versão em Português


D r . L o S z H sien

Pós-graduado em Acupuntura pela Faculdade de


MedicinaTradicional Chinesa de Beijing - China

ROCA
Traduzido do Original
The Yellow Emperor’s Medicine Classic - Treatise on Health and Long Life

Copyright © 1996 by ASIAPAC BOOKS, Singapore


ISBN: 981-3068-28-0

Copyright © 1999 da 1ã Edição pela Editora Roca Ltda.


ISBN: 857241-260-3

Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida, guardada pelo sistema “retrieval” ou
transmitida de qualquer modo ou por qualquer outro meio, seja este eletrônico, mecânico, de
fotocópia, de gravação, ou outros, sem prévia autorização escrita da Editora.

Tradução
José Ricardo Amaral de Souza Cruz

Assessor Médico para Versão em Português


Dr. Lo Sz Hsien

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)


(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

Zhou Chuncai
Clássico de medicina do Imperador Amarelo : tratado sobre a saúde
e vida longa / escrito por Zhou Chuncai ; assessor médico para versão
em português Dr. Lo Sz Hsien. - São Paulo : Roca, 1999.

Título original: The yellow : emperor’s medicine classic.


Vários ilustradores
“Tradução do chinês para o inglês de Wang Xuewen & Sui Yun”.
ISBN 85-7241-260-3

1. Longevidade 2. Medicina chinesa 3. Saúde I. Título.

CDD-610.951
98-4359 NLM-WB 900

índices para catálogo sistemático:

1. Medicina chinesa 610.951


2. Saúde : Medicina chinesa 610.951
3. Vida longa : Medicina chinesa 610.951

1999
Todos os direitos para a língua portuguesa são reservados pela

EDITORA ROCA LTDA.


Rua Dr. Cesário Mota Jr., 73
CEP 01221 -020 - São Paulo - SP
Tel.: (011) 221-8609 - FAX: (011) 220-8653
e-mail: edroca@uol.com.br
Impresso no Brasil
Printed in Brazil
Nota dos Editores

Como editores especializados na divulgação de obras da ciência e da cultura chinesas, temos


a satisfação de apresentar, sob forma ilustrada, o Clássico de Medicina do Imperador Amarelo:
Tratado sobre a Saúde e Vida Longa.
Visto como sendo a maior autoridade do conhecimento na Medicina Tradicional Chinesa, o
tratado se baseia na filosofia do yin e do yang e nos cinco elementos. A teoria deste antigo conhe­
cimento médico exerce cada vez mais influência até mesmo no mundo científico de hoje.
A fim de aumentar sua apreciação e dedicação a este livro, há em anexo, uma lista de termos
essenciais para sua fácil compreensão. O texto original em chinês clássico também está incluso
para completar esta interpretação do tratado.
Gostaríamos de aproveitar a oportunidade para agradecer a Zhou Chuncai, Han Yazhou, Han
Yi e Hou Xiuqing por suas ilustrações joviais. Nossos agradecimentos também a Wang Xuewen e
Sui Yun por traduzirem este volume do chinês, e à equipe de produção, por terem dado o melhor
de si na publicação deste livro.
Terminologia Essencial

Hanyu Pinyin Chinês Significado


bagua yV. ^ os oito trigramas
bi entorpecimento; reumatismo
bing ding m y o terceiro e o quarto dos dez troncos celestes
danzhong jg meio do peito
fu JJg órgãos internos inferiores
geng xin ^ o sétimo e o oitavo dos dez troncos celestes
hun Êf| alma etérea
jia yi ^ o primeiro e o segundo dos dez troncos celestes
jin ^ saliva; transpiração
jing ^ zigoto; essência vital
jiufeng ^ sentido literal, vento líquido
keqi ^ é' energia vital no universo
kui ^ uma espécie de vegetal
laoli gp gg vinho não decantado
liangyi jPj ^ dualidade; yin-yang
lingshu ^ eixo miraculoso
mixian jg ^ um tipo de remédio
po alma corpórea
^ energia vital; energia para a vida
Qi
ren gui =£. H o nono e o último dos dez troncos celestes
sanjiao — triplo aquecedor
shen ^ espírito
shuxue fr pontos de passagem
sixiang PS quatro estágios
suwen 3^ |p] questões elementares
wu ji j[g; g, o quinto e o sexto dos dez troncos celestes
wuji estado nulo; estado infinito
yang P0 o princípio masculino ou positivo na natureza
yang qi PQ energia vital masculina
M intenção; desejo
yi
yin o princípio feminino ou negativo na natureza
yin qi m k energia vital feminina
zang flí órgãos internos superiores
zhi Jiii' desejo; aspiração
Conteúdo
Origem do Clássico de Medicina do Imperador Am arelo................................................................ 2
Interação entre o Homem e a Natureza.......................................................................................... 4
Os 12 “Funcionários” (Órgãos) do Corpo no Clássico de Medicina do Imperador Amarelo ......... 5

SUWEN............................................................................................................................................. 6

Tratado sobre a Verdade daquilo que é Natural nos Tempos A ntigos............................................7


Estágios Fisiológicos na Vida de uma Mulher.................................................................................. 8
Estágios Fisiológicos na Vida de um Homem.................................................................................. 9
Tratado da Harmonia do Oi das Quatro Estações com o Espírito Humano..................................14
Tratado da Interação do Oi Vital com o Céu.................................................................................. 23
Tratado da Verdade do Cofre Dourado.......................................................................................... 41
Grande Tratado da Interação do Yin e do Yang............................................................................ 42
Imperador Amarelo: Qual é a Razão?............................................................................................ 49
Tratado da Diferenciação entre Yin e Yang.................................................................................... 55
Tratado dos Diferentes Métodos de Tratamento e Prescrições Apropriadas................................60
Tratado da Sutil Habilidade do Exame dos Pulsos........................................................................ 70
Tratado da Regulagem do Oi das Vísceras durante as Estações ................................................72
Tratado do Oi das Cinco Vísceras Zang........................................................................................ 78
Cada uma das Cinco Vísceras Zang Engedra um Hum or............................................................79
Tratado de Preservação da Saúde................................................................................................ 81
Tratado sobre a Natureza do Vazio e da Plenitude ...................................................................... 84
Tratado de Diferenciação das Dores.............................................................................................. 86
Tratado das Condições do Abdômen ............................................................................................ 88
Tratado da Patologia do V e n to .......................................................................................................90
Tratado dos Sintomas B i...............................................................................................................101
Tratado acerca da Síndrome do Enfraquecimento...................................................................... 111
Tratado acerca das Doenças Incomuns ...................................................................................... 115
Tratado sobre o Essencial das Doenças e sua Terapia.............................................................. 123
Patologia das Diversas Doenças.................................................................................................. 126
Tratado sobre a Exuberância e a Debilidade .............................................................................. 130

LINGSHU....................................................................................................................................... 132
Tratado da Proveniência do Espírito............................................................................................ 133
Tratado do Qi Nutritivo e do Qi Defensivo.................................................................................... 137
Tratado do Aconselhamento Médico............................................................................................ 144
Tratado acerca dos Seis Tipos de Q i.......................................................................................... 146
Tratado sobre os Quatro Mares .................................................................................................. 151
Tratado da Distensão ...................................................................................................................154
Tratado da Relação entre as Vísceras e os Cinco Órgãos dos Sentidos....................................156
Tratado sobre a Resistência........................................................................................................ 157
Tratado dos Cinco Sabores.......................................................................................................... 170
Tratado da Origem das Doenças ................................................................................................ 174
Tratado da Classificação das Pessoas........................................................................................ 179
Tratado acerca da Confusão........................................................................................................ 187
A Essência dos Tendões, Ossos, Sangue e Qi se combina com os Vasos e Redes
que formam o Canto dos Olhos................................................................................................ 189
Apêndice: As 13 Prescrições - Decocção de Vinho Não Decantado..........................................193
Bebida de Raspas de Ferro .........................................................................................................194
Tônico de Pó de C abelo...............................................................................................................195
Decocção de Alisma .....................................................................................................................197
Vinho de Frango ........................................................................................................................... 198
Pílulas de Choco e Garança.........................................................................................................199
Bebida de Forsythia.......................................................................................................................201
Exemplos do Cultivo da Moral.......................................................................................................202
Suplante a Alegria com o Espanto .............................................................................................. 203
Sobrepuje a Obsessão com a Raiva............................................................................................ 204
Supere a Tristeza com a Alegria..................................................................................................206
Supere a Preocupação com a Raiva............................................................................................ 208
Supere a Alegria Excessiva com Preocupações.......................................................................... 210
Supere a Raiva com a Alegria.......................................................................................................212
Huang Di, ou Imperador Amarelo, é visto geralmente como o ancestral do povo
chinês. Entre suas várias contribuições importantes ao povo chinês, um exem­
plo marcante é a compilação do clássico de medicina, Huang Di Nei Jing, ou
Clássico de Medicina do Imperador Amarelo. Conta a lenda, que viveu até a
idade avançada de 117 anos e permaneceu no trono durante um século. Por
praticar a política da benevolência, os funcionários e o povo estavam sempre
bem, e o país gozava de abundância e prosperidade.

1
Origem do Clássico de M edicina do Im perador Amarelo

Na infância, o Imperador Amarelo era muito


esperto e aprendia as coisas rapidamente.

A esquerda
estão os her­
c O - bívoros e à
direita os
carnívoros.

1a A ( s \ Possuía um alto
poder de análise
e era bom em
generalizar.

Após subir ao trono, elevou a ciência e a cultura a um alto nível, deixando dessa forma
uma base efetiva ao sistema chinês de raciocínio.

A teoria deste Cubo


Rubicundo se encontra
no livro Luoshu.

Esquadro de
carpinteiro

2
Teoria do Yin-Yang e os

Bagua
M U
Sixiang
■ ■
Liangyi

Wuji

Abrangente e profunda, sua teoria ainda oferece um grande potencial e uma influência cada
vez maior, mesmo nos dias atuais, de desenvolvimento científico.

O Clássico de Medicina do Imperador Amarelo, terminado com sua participação direta ou não,
se baseia na filosofia do yin-yang e nos cinco elementos. Um aspecto importante de sua teo­
ria - prevenção como forma preponderante da boa saúde - leva ao detalhe o estilo de vida do
homem, hábitos alimentares, saúde física e mental.

3
Interação entre o Homem e a Natureza

A maneira chinesa de manter a boa saúde diz que o homem e a natureza são interativos.
Desde seu surgimento, a Terra gira em torno do Sol, enquanto roda em torno de seu próprio
eixo. Desde o nascimento, o sistema nervoso autônomo do homem vai comandando as
funções de seus diversos órgãos.

Diagrama mostrando a Interação entre o


Homem e a Natureza
Sul
O Céu e a Terra são
os limites superior e
inferior de todas as
coisas. O Céu,
através de suas qua­
tro estações e dos
cinco elementos, pro­
duz o frio, o calor, a
secura, a umidade e
o vento.
O Homem, através
dos cinco qi de suas
vísceras, produz as
emoções de felicidade,
raiva, tristeza, preocu-
pação e temor... ^

Norte

No centro está o Sol ao redor do qual está a órbita da Terra.

O terceiro círculo a partir do centro mostra a posição dos dez troncos celestes.

O quarto círculo mostra os nomes das 28 constelações.

O quinto círculo mostra os nomes dos 24 períodos solares, bem como a posição da Terra em
relação a cada um deles.

Os antigos colocavam os três yin e os três yang numa órbita imaginária na direção das
setas, avançando um passo a cada ano (uma volta a cada 6 anos). A isso se chama fluxo de
keqi.

4
Os 12 “Funcionários” (Órgãos) do Corpo no Clássico de Medicina
do Imperador Amarelo

Pulmão Coração - Além disso, existem os'


direito - Órgão com aquecedores superior,
Órgão a função médio e inferior, chama
com a
dos Sanjiao ou Triplo Pulmão
função de Monarca Aquecedor J esquerdo
Primeiro
- Órgão
Ministro(7
com a
função de
Primeiro
Ministro

Danzhong, o
Fígado - meio do peito -
Órgão com a £T\Órgão com a
função de L_^k função de (Orgãos
General Vesícula • J Embaixador Estômago
biliar - > com a
Órgão / função de
com a administrar
função I os celeiros
de JuizS ^Dúblicos)

Intestino
grosso -
Órgão
com a Rim esquerdo
função - Órgão com a
de função de /"
notário Ministro do vi
Trabalho 1% ?

Intestino
Rim direito delgado - / K
- Órgão com Órgão comi líí
a função de a função deT7T Bexiga - Órgão com a
Ministro do receber — função de
Trabalho subvenções Administrador local

5
SUWEN*

Qibo era um médico de nome e funcionário do Imperador Amarelo. É referido no Clássico de


Medicina do Imperador Amarelo como Instrutor Celestial.
O clássico está dividido em 18 volumes e 162 fascículos. Compreende o Suwen (nove volu­
mes) e o Lingshu (nove volumes). O Suwen versa sobre as teorias acerca da manutenção da
boa saúde e do tratamento das doenças.

* Suwen significa questões elementares.


Tratado sobre a Verdade daquilo que é Natural nos Tempos Antigos

Há uma espécie de energia vital hereditária no homem. O princípio de manter a boa saúde
trata principalmente da preservação desta energia vital para que não seja injustificadamente
dissipada.

£ M ± S £ A . 4 -W 2 À
. A # íte 2 W ? « fê 5 ií0 :
A . Kfliil*. iííESPB.
4 -w ^ A ^ -tfe ,
a íW A S . « » a s * « . e m g « tx .
ÜS. S U ü S lí, íà 4 = W W s -fe o

Imperador Amarelo: Ouvi dizer


que a maioria das pessoas nos
tempos antigos vivia mais de
100 anos e permanecia ativa e
saudável. Mas hoje em dia, as
pessoas se tornam decrépitas e
falhas quando estão com 50
anos. É por causa das
mudanças ambientais, ou as
pessoas têm negligenciado a
forma de manter a boa saúde?

Qibo: Os antigos, que sabiam como per­


manecer saudáveis, seguiam o princípio do
yin e do yang e viviam em harmonia com a
natureza. Moderavam-se no comer e beber,
trabalhavam e descansavam regularmente e
nunca cometiam excessos consigo mesmos.
Por isso gozavam de boa saúde física e men­
tal e mereciam viver até
uma idade avançada com
mais de 100 anos. Mas hoje
Mas agora as em dia as pessoas não se
pessoas não comportam mais assim. Elas
mais se com­ bebem vinho como água,
portam vivem de maneira impru­
assim... dente e compraziam-se no
sexo mesmo após estarem
bêbadas. Suas paixões dis­
sipam sua energia vital,
ficando velhas e decrépitas
por volta dos 50 anos.

7
Estágios Fisiológicos na Vida de uma Mulher

ê s . æ w » a .

Aos 14: começa a Aos 21: torna-se fértil


Aos 7: começam a surgir menstruar
os dentes permanentes

Os rins regulam as
águas, recebem e
armazenam as essên­
cias provenientes das
vísceras. Somente quan­
do estas estão cheias de
vida e vigor, são capazes
de escoar as essências
produtivas. Como as
vísceras declinam com a
Aos 28: os músculos e idade, as essências pro­ Aos 35: o rosto
ossos estão fortes dutivas se esgotam... começa a enrugar

Aos 49: menopausa


Aos 42: o cabelo começa
a embranquecer

8
Estágios Fisiológicos na Vida de um Homem

Aos 24: atinge o


ápice da fertilidade

Aos 32: os ossos e mús­


culos estão fortes Aos 40: o cabelo
começa a cair

Aos 48: o rosto se


torna descorado Aos 56: a vitalidade Aos 64: os dentes
declina começam a cair

9
!%%■■ £ ± £ £ A :£ tr F iÈ . g iS Ü S S !tó P l,
S ií íW . ts s s á * . M H JÂ Z . ff lw ír t^ . ti
M i. í'$ iT 'tl.

Os antigos, bem versados na arte dos próprios cuidados, diziam que as influências nocivas e
os ventos perversos deveriam ser evitados e que as pessoas deveriam se conservar tranqüi­
las no coração e livrar-se de toda forma de ganância.

Então, a energia vital em seus corpos Elas exercitavam controlar os seus desejos e
estaria sempre harmoniosa e bem preser­ tinham compostura na mente e tranqüilidade
vada, em vez de ser dissipada. Como no coração, sem desejos ardentes e sem
poderiam então ficar doentes? temores.

10
m ic - g »
flfffi. & * * £ . f f * ® . S X f ií . R T T ff iS E
. S S Ü T Ífê
» * * , S r â - T it.. S fK
* È # ttS W £ . ff iS & tt * * * . ttJ tíS ^ T Ã ife

Com seu espírito em harmonia e tudo nos Não eram exigentes com sua comida e
lugares corretos, eles faziam esforços, mas suas roupas e estavam felizes em conser­
não ficavam fatigados. var os costumes. Não se invejava a
posição dos outros. Cada qual vivia uma
vida simples.

11
* 0 : * } t # E Algumas pessoas se
mantêm férteis mesmo
idosas. Qual a razão
« 0 : ü ^ iá § A disto?
A, * ^ a ^ - t - t , B5
3 n & L t . m H w m & .........
ife flt* . tlíP £ £ ® .
# * Í S * . íê ífe T * »

Geralmente, a fertilidade n ã o \
dura além dos 64 anos no
homem e 49 anos na m ulher./

Mantendo-se os cálculos
fisiológicos, a duração de
uma vida normal deve estar
por volta dos 120 a 150
anos. Dessa forma, deve-se
primeiro ultrapassar a bar­
reira fisiológica da senilidade
precoce.

Mas um homem que conheça a maneira de


manter a boa saúde é capaz de conservar
sua vitalidade, permanecer numa forma físi­
ca vigorosa e manter sua fertilidade mesmo
quando velho.

12
13
Tratado da Harmonia do Qi das Quatro Estações
com o Espírito Humano

•Ê , s S íS ^
jh . Í A '1 '^
■ fe . 3 E W M

O qi dos céus (energia dinâmica) é puro e brilhante. O céu está sempre


em movimento, uma vez que disfarça sua virtude e brilho. De outro modo,
o sol e a lua não brilhariam como o fazem.

O qi nocivo
entraria sor­
rateiramente; o
qi dos céus se
tornaria obstruí­
do; a chuva e o
orvalho não
desceriam e não
haveria relação
entre o céu e a
terra.

As quatro estações se caracterizam pelo crescimento na primavera, pelo


fortalecimento no verão, pela colheita no outono e pelo armazenamento
no inverno, que são também características do qi das quatro estações. A
chave da boa saúde é harmonizar o espírito com o qi sazonal.

A desarmonia resul­
tante entre yin e yang
iria extinguir a vida;
mesmo as árvores
robustas iriam secar
inevitavelmente.

14
Os três meses da primavera são a época de reno­
vação de todas as coisas. Com tudo florescendo, o
mundo fica cheio de vida.

t if r T f è . & & m í
. u i£ M £ . •?
m tv tf. s w ^ p í. jit# n
Z .& . i í i i * . iS tò M

Para estar de acordo com a estação,


deve-se ir para a cama um pouco
Deixe as coisas crescerem e não as
mais tarde e levantar um pouco mais
perturbe; dê, não prive.
cedo.

Dê um passeio pelo pátio, solte seu


cabelo, relaxe seu corpo e refresque
sua mente.

Esta é a maneira de cultivar o qi da vida


na primavera. Violá-lo resultaria em pre­
juízo ao fígado e causaria uma enfermi­
dade de natureza fria no verão, tornando
o corpo menos capaz de se adaptar ao qi
florescente da estação.

Aproveite a estação e
não faça nada que seja
danoso a sua saúde.

15
M—R -

T c R íB . fê
S TcS S . tÈ S ^ S íS * . (í

Os três meses de HÍM ». 4t


verão são a época de
crescimento suntuoso.
i£ á . M t e < C . '.
O qi do céu desce e o
qi da terra sobe. Todas ? 5 S S .
as coisas frutificam
com o relacionamento
' «®L dos dois qi.

Para se estar de acordo com a estação, Estar sempre animado e não se


deve-se ir para a cama tarde e levantar zangar.
cedo; não se queixar do longo e quente
dia de verão.

Estar tão vivaz quanto uma Esta é a maneira de se adaptar ao verão e nortear o “qi do
planta fresca a fim de con­ crescimento”. Violá-lo iria resultar em lesão ao coração e levar
servar o yang qi circulando a doenças, tais como malária no outono. Também prejudicaria
bem dentro do corpo. a capacidade do corpo em se adaptar ao “conjunto dos
qi' no outono e levaria a recaídas de enfermidades
no inverno.

16
Os três meses do outono são a época da co­
lheita. Torna-se cada vez mais frio com os ven­
tos soprando mais forte. O qi da terra é límpido
W ft. itW W W . ip e M P iÊ . 5
e tudo muda de cor.
ÜESí t .
ff ií W F . S í l'* *

Esta é a forma de adaptar-se ao outono e


nortear o qi da época da colheita. Violá-lo
iria resultar em prejuízo aos pulmões,
levando a indigestão e diarréia no inverno,
bem como enfraquecimento da capaci­
dade de armazenamento da estação.

Fique calmo e relaxado


e conserve sua energia
vital em equilíbrio corre­
to. Isso irá ajudá-lo a re
sistir à influência adver­
sa do ar frio do outono.

-í3 >-

17
Os três meses do inverno são a época de
fechamento e armazenamento, com rios cobertos
de gelo e terras congeladas que se partem. JSS;: ittütffli®. 7jc
íp - e h fi& e
. t e f ó B iit . v íM m v tm s .
« b « # .
S . S jt È * . itt

il* o

£'J>o

Não perturbe o yang qi nesta estação. Durma


cedo com o pôr-do-sol e se levante depois do
nascer do sol.

Deixe seu espírito


calmo como se
estivesse escondido;
e como se tivesse
algum assunto par-

,0 °

ticular a ocultar dos outros.


Permaneça feliz e satisfeito
como se tivesse acabado de
desvendar um segredo.

Essa é a forma de cultivar o qi armazena­


do no inverno. Violá-lo resultaria em pre­
juízo aos rins, levando à flacidez na pri­
mavera e à redução na capacidade de se
adaptar ao qi florescente da estação.

Evite o frio e conserve o calor. Não deixe a pele


transpirar a fim de evitar que o yang qi recolhido
seja afetado.

18
J 5 3 ::

: i£ ftn ® J * G 8 * e . W n « i» :
ü ^ M d > R S ^ S S . » ^ ÍÈ iJ Io

0 fígado é o órgão com a função de


general. Aqueles que são contra a
* '/ 0 coração é o princípio de conservar a boa saúde na
4 órgão com primavera não trarão o yang qi mais
* posição de fraco à vida. O fechamento subseqüente
j nnonarca. do qi do fígado resultaria em doença.

Aqueles que são contra o princípio de conser­


var a boa saúde no verão não terão um yang qi Os pulmões cr ~\
suficientemente forte, resultando em doenças são os órgãos
causadas por fraqueza no qi do coração. com função ^ y i~ \\
de primeiro ^

^ y } Os rins são os
x fY y fr ^ \ órgãos com a
’a função de ministro
Jm p K 7 \ do trabalho.

Aqueles que são contra o princípio de


Aqueles que são contra o princípio de conservar conservar a boa saúde no outono não
a boa saúde no inverno não serão capazes de serão capazes de captar um yin qi maior.
armazenar um pouco de yin qi. Isso resultaria Isso iria resultar em calor nos pulmões,
em enfermidades causada por um qi dos rins manifestado por respiração ofegante e
fraco. congestão pulmonar.

19
S * : 5 W W W IIH # .

A * * # p a . « « -J ÍM

ijí » í4 - ié 2 .n »
« , ffllm x * . t f * *
£ > . á á c IE P B E a W # . Tí
» 2 J $ fê -fe . íE ífc £ :fc
■fe. i£2 .MS£*ífe. M
iM íf S P F iS . J t iS íf
a . a t* . s à í t * . As alterações nas quatro estações e no yin-yang
são as sementes de tudo o que há na criação.

Aqueles que são contra estas Os sábios seguem o


alterações, que governam o caminho para manter
crescimento, experimentam o a boa saúde, mas os
declínio seguido de morte. ignorantes freqüente
mente saem dele

Aqueles que prosseguem


juntamente com as altera­
ções ficam livres de
doenças, pois esta é a
maneira de manter a boa
saúde.

20
A vegetação não iria florescer numa atmosfera
de ar nocivo com ventos e chuvas imoderados e
onde o orvalho branco deixasse de cair.

Haveria ventos maléficos e um dilúvio de chuvas; a ordem da


natureza e das estações estaria rompida, resultando em
ttJxUIKM, H
mortes prematuras das coisas vivas. S S & jg .
M

o Somente os sábios pu­


deram se adaptar às
alterações da natureza
e ficaram livres, portan­
to, de estranhas
doenças. Se todas as
coisas vivas pudessem
ser feitas dessa forma,
seu qi vital não teria se
esgotado.

21
I g 3t : A U M » . ffi
±WJSl« fi* i2ii£. SÍ8 l*lfê"
E ^ ;ã * íw . *? & E S Ü ã *S L . itte iS - Ê » *
í s B f iS íiíiie í S í: . a e títM g íã á .. » tt is s s
S # . 4 í 5« t i .

Aqueles que falham em cumprir com a lei do yin


e do yang estarão entregando seus corpos con­
tra a natureza.

Compactuar com a lei do yin e do yang


significa vida; falhar significa morte.

É igual a governar um estado; não tente só


sufocar uma revolta quando ela já tiver
estourado.

Quem compactuar irá


gozar de segurança e paz;
quem falhar irá enfrentar o
caos e o desastre.

O inimigo penetrou^
na cidade! Tenho
que afiar minha
lança.

O sábio, portanto, dá ênfase à prevenção


em vez da cura das doenças.

22
Tratado da Interação do Qi Vital com o Céu

O yang qi no corpo e o yang qi da natureza estão estreitamente ligados. A


harmonia entre os dois e um equilíbrio do yin e do yang no corpo são
essenciais à boa saúde.

P0O S l t t ò H . A í? . S .
JB - + - 1 í . » » ¥ 3 6 ^ 0 J fífe is :. i n n . K

Reconheceu-se desde os tempos antigos que a


vida estava estreitamente ligada à natureza, e os
fundamentos dela repousam no yin e no yang.

... os nove orifícios do


corpo, as cinco vísceras
e as doze articulações -
são interativos com o qi
do céu.

VVm.W

Aqueles que agem contra a interação mútua


O yin e o yang do céu dão surgimento aos entre céu, terra e homem serão lesados por
cinco elementos da terra que, por sua vez, influências nocivas. A saúde e a vida de cada
interagem com os três yin e os três yang do um dependem de sua cooperação com a lei
céu. do yin e do yang.

23
ífejtfifr. M#f*S5
S í3 e is S W H & W . S » W S ffi± . 2
íh ^ - tfe o

O yang qi no corpo de alguém é semelhante Se o movimento do


ao sol. Se o seu movimento se tornar anormal, yang? q i no corpo de
nenhuma coisa viva poderá sobreviver. alguém se tornar irre­
gular, este sofrerá uma
morte prematura.

'/'"V A ,,
'* ■ ? // / ’/ / >
f ./ / /
//. . /

Os corpos celestiais possuem seus movi­ Assim como a forte influência do sol, o yang
mentos regulares, perpétuos em relação à qi no corpo de cada um sobe e se expande
forte influência do sol. para fora para protegê-lo.

24
H T * . a jp g ffi. fig in Quando estiver frio, as pes^1
soas devem ficar dentro de
fê . W ^ 7 ii? o H í * . 5T. » 1
casa e preservar seu yang
« og, » « £ £ , íT t± J qi, como as dobradiças das
Wtto S f S . t í n l l : g » * » portas que giram em torno
de seu eixo quando estas
. * « 5Síã. /J'*5 abrem e fecham. j
SS-té. ÍISAJÈ).
. * W . 0 8 É « tt
. P H ^ 73â § °

Se alguém leva uma vida indisciplinada, a


Se alguém for lesado pelo calor do sol, irá circulação do yang qi estará perturbada e irá
transpirar em profusão, e se agitado, irá ofe­ se esgotar gradativamente.
gar ruidosamente.
Se atingida pela umi­
dade, a pessoa sentirá
a cabeça pesada como
se tivesse sido envolta
por uma bandagem. A
exposição prolongada
irá resultar em cãibras
musculares e fraqueza
generalizada.

Se o calor penetrar profundamente e preju­


dicar o yang qi, aí então, mesmo se não agi­
tada, a pessoa irá se tornar loquaz. O corpo
ficará quente como carvão queimado, e o
calor só poderá se dispersar através da
transpiração.

O enfraquecimento do yang qi irá


resultar em membros edemacia-
dos que, por sua vez, irão
enfraquecer o yang qi.

25
ji£ : p a n # , m Se a condição persistir e se
agravar pelo calor do verão,
» J » . « a ; «¥ isso irá resultar em uma sen­
í K í * . G Ê À ff ilR sação de estar de cabeça para
baixo.*
o S W ^ rTBI*.
w n ^ R r e iw . a
iSiB
ra n #

' í ^ d í á 1c* ^
fê A
l i .
Quando a pessoa estiver
esgotada como resultado de
excesso de trabalho, o yang
qi transbordará no corpo, cau­
sando um ligeiro esgotamento
da essência do yin.

O ataque desordenado do
mal é tão sério, como se um
rio turbulento tivesse
destruído seus diques.

O yang qi do corpo tam­


bém pode ser conduzido
ao caos por uma forte
cólera. O bloqueio resul­
tante dos canais e colate­
Entre os sintomas mais impor­ rais e a estagnação do
tantes, estão uma rápida sangue na parte superior
deterioração da visão e da irão causar tontura e até
audição. desmaio.

Condição na qual os desequilíbrios do yin-yang resultam em perda de consciência.

26
s*: ai. ffajtts
;^£ÜJÃl;S. 75ífeJÍflfo
£Sfe*T. ®íní#*o £ 5fâJxl. m m x t i .
®! 753S .

Quando os tendões forem


atingidos, eles se tornarão
flácidos e não poderão ser
controlados pela vontade.

27
Aqueles que são viciados em se alimentar Eles são tão facilmente afligidos pela
de comidas fartas estão propensos a doença, assim como um vaso vazio pode
terem úlceras. ficar cheio de coisas.

Se depois de trabalhar e suar, a pele for inva- Se a condição persistir, isso irá resultar
dida por ar frio, isso resultará em pústulas. em acne.

28
im x - - ra n # . « s w fitt. m m # « , w s s * » .
» n jy u :, B ü fc l# . t iH
itafta*«. S n * « .. i í í r t l l
. 7b±m m - K tiu m ,

A essência do yang qi nutre o espírito,


sua suavidade nutre os músculos.

Se o abrir
e fechar
dos poros ficarem fora de controle, o frio irá se mover
furtivamente escapando ao controle do corpo, causando
males ao yang qi. O frio estagnado nos músculos irá
resultar em dificuldade em vergar e endireitar o corpo.

A friagem estagnada nos vasos sangüíneos A invasão das vísceras pelo frio através
irá resultar em fístulas e outras formas de dos pontos de acupuntura irá resultar na
úlceras. situação de ficar facilmente assustado.

Se o frio invasivo afetar a circulação plena Quando uma pessoa suada e cansada ficar
do qi nutritivo e estagnar nos músculos, repentinamente exposta ao vento frio, a transpi­
isso irá resultar em suores e abscessos. ração estagnada entre a pele e os músculos irá
bloquear os pontos de acupuntura e resultar
num resfriado.

29
A chave do sucesso é viver de acordo com as mudanças da natureza dentro da estação.
fo fà M m V í. ± T * # . »
p asfK ^jE . M r a n a ia . i a # â ^ . * ss.ie ;&
. « 7 í ® t ± . SfePH^H*. - 0 I Í Í K ¥ B À ’H
±i H t W S n i * : Sffiri5P0^EjÈ, H n 7 J H
. * & * * & * § . 3 E ÍÉ « & # . í a * i l . Ê lt k H
B=t. fl275ISat°

Se uma doença perdurar por muito tempo, há o perigo de que


possa se alastrar. Quando atingir o estágio em que as partes
superior e inferior do corpo não possam se comunicar,
mesmo um bom médico não será capaz de ajudar.

Por que ele não


procurou se tratar
mais cedo?

Um acúmulo excessivo de yang qi também Se o paciente não for tratado prontamente e


pode ser fatal. Quando um bloqueio resultar se tiver um médico incompetente, sua vida
em tal acúmulo, terá de ser expurgado. correrá perigo.

Envie Cróton (um purgante) e


outros generais para abrirem
passagem imediatamente.

31
32
WA- n # . s t E f ir o íS iS * ; PH # . U h
M A B -Ê . P £ *& « P H . M M S J g !. # 7 IS : PH
* .£ ? * » .. Ô W S A K P S
PH. S 5 B * fn R , - t f S l ü H . n Jfa g ;A : ín S J N rtíh
ü íp , w T -m m . jí@ b í b .s , ^ íc ín íS o

JV-1W

7m?-
Qibo disse: O yin armazena a
energia vital e é a fonte do qi
no corpo; o yang protege a
parte externa do corpo e ao
mesmo tempo protege contra a
dissipação do yin através do
escoamento.

O yin e o yang detêm um ao outro. Se o


yin não puder deter o yang, isso irá resul- Alguém pode se sentir mal se o controle
tar num pulso extremamente rápido. corporal do yang qi ficar forte demais.

* Reportar-se à página 41.

33
34
fà T b -t,
« M U I» . K î# * ^ ï 5 í 'jn i£
; DW Tiffi. * * 7W «

Se o y/n e o yang estiverem desequilibrados, o vento per­


verso terá acesso ao corpo através da pele.

Um presentinho
para vocês.
Somos amigos.

O vento perverso irá prejudicar o


fígado e causar dano ao sangue
e à essência corporal.

A função do fígado é armazenar o sangue


o sangue e a essência corporal lesados
não podem nutrir o fígado.

35
Comer em demasia irá resultar em rompimen­ Isso irá resultar em disenteria e hemorróidas.
to dos vasos sangüíneos no estômago e
intestinos.
H

- &
Beber demais irá causar uma subida desordenada do qi do pulmão e soluços.

Exercícios físicos em demasia irão causar Tudo isso pode lesar os rins e a coluna
vertigens. espinhal.

36
JS3Í: R M W iS , PHSTilIlo W #*íP, %
S fl5# á l . f t i g ^ S » te
l® 5 £ * « & . R S ^ T íífi: P ^ ¥ P B S . « W T iiÔ
: IW B S ;* . « ~ 7 5 *è °

O princípio fundamental da harmonia yin-yang é que o yang qi deve ser conservado forte e
denso para que o yin qi possa permanecer tranqüilo e suave.

Se o yin e o yang não estiverem em


harmonia, isso será como uma pri­
mavera sem outono e um inverno sem
verão.

37
Portanto, a manutençao da harmonia do yin e do yang é a
melhor maneira de manter a boa saúde.

Se o yang qi transbordar sem estar sólido e O espírito das pessoas só estará em per­
denso, o yin qi entrará em declínio. feita ordem quando o yin qi estiver tran­
qüilo e o yang qi sólido e denso.

Energia vital

Se o yin e o yang forem cada um para um lado, a energia vital estará destruída.

38
JS £ : K 2 .0 ÍÍÉ . * £ 5 . « : l í l g . flííE S tto
ê t t t t a í « . »*% «*. KHTitè. « a í « . ±
»*% £. *SM. <tnwi: t t a í # . «fcnWíi*. Ê S
. « a í® , nHTim: « a
«»75*0 S t t i S í P j E i f t . fl-JE®
m. njfilWaft. JU Itt® . í n g « « ^ « « » iliSin

A energia vital de yin tem origem nos cinco Coração (Fogo)


sabores. Porém, as cinco vísceras zang
que armazenam a energia vital podem ser
atingidas pela ingestão excessiva destes
mesmos cinco sabores.

Baço
(Terra)

Rins Pulmão
(Água) (Metal)

Geração e Destruição Mútuas dos Cinco Sabores

Ingerir comida ácida em demasia fará Ingerir comida muito salgada irá atingir os
com que o fígado produza qi em exces­ ossos maiores, enfraquecer os músculos e a
so, que lesa o qi do baço. carne e causar depressão.

39
40
Tratado da Verdade do Cofre Dourado

A Verdade do Cofre Dourado é um documento científico


conservado por antigos administradores. De acordo com a
Teoria dos Cinco Elementos, o ano está dividido em cinco
estações: primavera, verão, outono, inverno e verão longo.
Estas estações estão estreitamente ligadas às cinco
vísceras zang, e as alterações sazonais se manifestam nos
órgãos importantes.

IMX- * » - £ * . fcMtt
« -s t* . W ft# . S rW H W *.
J È -fe o Q

* Aumento O corpo somente


^ mútuo Verão estará saudável se
^ Restrição Fogo
mútua « j funcionar conforme
Os antigos as interações
atribuíam relações próprias dos cinco
complexas no uni­ elementos.
verso, que aumen­ Verão
Qualquer ruptura
Primavera
tavam ou se Madeira Longo nestas interações
Terra irá resultar em
restringiam mutua­
mente. Também doenças. A prima­
relacionavam o vera é cálida: o qi
metal, a madeira, a do fígado começa
água, o fogo e a a crescer. O verão
terra como os cinco é quente: o qi do
elementos a fim de coração começa a
ilustrar com mais crescer. O outono
cor estas relações. é seco: o qi dos
Inverno Outono pulmões declina. O
Água Metal inverno é frio: o qi
dos rins se oculta.

Os antigos comparavam as estações com os cinco ele­


mentos, isto é, a primavera com a madeira, o verão
com o fogo, o verão longo com a terra, o outono com o
metal e o inverno com a água, como para ilustrar a
influência das estações nas cinco vísceras z a n g ^ y

meses lunares: o qi do corpo reside no fígado,


meses lunares: o qi do corpo reside no baço.
meses lunares: o qi do corpo reside na cabeça,
meses lunares: o qi do corpo reside nos pulmões
meses lunares: o qi do corpo reside no coração,
meses lunares: o qi do corpo reside nos rins.

41
Grande Tratado da Interação do Yin e do Yang

Yin e yang são opostos, embora


unidos e interdependentes. As
alterações no yin e no yang e nos
cinco elementos da natureza estão
intimamente ligados às alterações
nas cinco vísceras do corpo.

Muito vento pode causar cãibras e tremor nos


membros.

Muito calor pode causar inchaço. Muita secura pode causar


uma diminuição dos fluidos
do corpo e doença séria.
Sim, ver­
melho e
inchado.

Isso não é
obesidade; é
hidropisia.
í v) ( E terrível!

Muito frio pode causar hidropisia (inchaço


devido a um acúmulo anormal de fluido
aquoso em qualquer parte do corpo). Muita umidade pode causar diarréia.

42
IMA- ^W ESW iíí. Mífe-fcilfc*. W ife»««
S R . À S iflíttS L ^ . W ife # ® .« « ® . te *
¥ S Í S ® . U SS fftP B . H * $ íP 8 ° ......
* s s * is . m m ííx , í é ^ s . t e f iP M - p a .
SPB&RS.

Alterações sazonais e inte­


rações dos cinco elementos
dão surgimento às alterações
climáticas do frio, calor, secu­
ra, umidade e vento. Afetam
todas as coisas na natureza e
moldam as leis do nascimento, fêfe» rtílA
crescimento, transformação,
colheita e armazenamento.
!>;■*

Rotação da Terra com o dia e a noite.

O homem tem cinco


vísceras zang: fígado,
coração, baço, pulmão e
rins. Nelas, o qi faz sur­
gir as emoções de ale­
gria, raiva, tristeza,
preocupação e medo.

43
Não desista,
você irá con­
seguir.

A vida não estará segura enquanto a ale­


gria e a raiva não forem moderadas, e o O yin em seu extremo virará yang, e o yang
frio e o calor não forem bem controlados. em seu extremo virará yin.

44
J £ & : te a : 7i®sZ.±T-te.-- M P H *
. * * * . P J P B ^ Ü í S-È: 7jc
MPB£íiE=lí--fe: M P B * . TTÍStòfiÊféÜJ
» & e : P J§ £ rt. PB Â íh. G/tófê-Êo

O céu está em cima e a terra está em baixo, A água, que tem um temperamento frio, e o
e todas as coisas criadas estão entre eles. O fogo, que tem um temperamento quente,
yin e o yang, assim como o sangue e o qi ou são os símbolos do yin e do
o homem e a mulher, são mutuamente yang.
interativos.

Este homem
é meio bobo,
mas me trata
bem.

O yin, ativo no interior, fica protegido pelo


yang; o yang, ativo no exterior, é movido
pelo yin.

Por isso, o yin e o yang são mutuamente


interativos.

45
®SC: ? g 0 : ifôjlfc— l &f f i B ; f é»
-fcíS A ffi, WJ—4fBTM. JW#sr
2 .V -& .......í £ # * £ . « * W 5fe: # £ « : ?
SSêRIJ. # < * g 35. £ £ * » , ttã&íã»
jsw £ À * j* a ;t* . K ism zm , w sm
ã íA S á iO r . tó S M íT c S ? , J S X ife í* .

Imperador Amarelo: Como se O ritmo da vida de uma mulher se baseia num ciclo de
deve harmonizar o yin e o yang sete anos, sendo desejável que ela tenha um fluxo
para que não seja excessivo ou menstrual regular. O ritmo da vida de um homem se
deficiente? baseia num ciclo de oito anos, e espera-se que ele
tenha seu qi reprodutor em abundância.

Qibo: Em primeiro lugar,


deve-se conhecer o “sete
vezes reduzido” e o “oito
vezes aumentado”, dois
princípios para se manter a
saúde.

46
O fundamento dos princípios do “sete
vezes reduzido” e do “oito vezes aumenta­
do” é regular o fluxo de energia vital e
constituir o qi do sangue. Quando a ener­
gia vital estiver completa, yin e yang
estarão em harmonia.

Alguém que não saiba como manter a boa Quem souber manter a boa saúde freqüente
saúde freqüentemente se sente com uma mente sente em si mesmo um superávit de
energia inadequada. energia.

Alguém com superávit de energia tem ouvi­ Portanto, os sábios não se exercitam ou
dos aguçados e boa visão, é ágil e goza de pensam de forma selvagem. São sempre
sólida saúde mesmo em idade avançada. otimistas, joviais e tranqüilos, e estão aptos
a viver até uma idade avançada.

47
(SÄ: aiMÄttfe. H
k
. s iü ^ n o tt» P B a ± s , » iE
H J T ft: 3 H H S IS 3 . ä S K iS IB
: iiP H S Ç e S S . » M B A * .

O yang qi límpido emana de dentro e reside nos interstícios


O yin qi turvo sai pelos orifí­ e nos membros; o yin qi turvo flui para dentro e circula nas
cios inferiores. cinco vísceras zang e nos seis órgãos fu.

48
Imperador Amarelo: Qual é a Razão?

/£ £ = * 0 : %
P B # Â íf# T ± .
. M ± W B B T j* . « c ttW E W i.
m u m m , m m n
#TT. S I T S iii

« « S T fI S . J t £ ± M £ S . S T
s it e s . ik 3 im m f f i T 'f â ± - & .

49
0 oeste está associado ao yin, que tem
tendência a descer. Assim, a energia vital do
corpo tende a se concentrar na parte inferior,
prejudicando a audição e a visão, mas dando
vigor às mãos e aos pés.

Qibo: 0 leste está associado ao yang,


que tem tendência a subir. Dessa
forma, a energia vital do corpo tende a
se concentrar na parte superior, conce­
dendo boa audição e clara visão, mas
não trazendo nenhuma vantagem para
as mãos e os pés.

Quando os lados esquerdo e o direito


tiverem sido simultaneamente golpeados
pelo vento perverso...

/ O h , fui atingidoN 1 /
y^pelo vento per- )^ p s

Assim como há desequilíbrio de yin e yang


entre o céu e a terra, há também desequi­
líbrios de yin e yang entre os lados direito e
Na parte superior do corpo, o lado direito será esquerdo do corpo. 0 qi perverso pode se
mais seriamente afetado; e na parte inferior, o aproveitar de tais desequilíbrios para invadir o
lado esquerdo será mais seriamente afetado. corpo e aí se fixar.

50
ÍM S í ' M M R Z V B ’ PB.

JÜRiJ££t. 'J ï 'X Z H t b . t t * * n


d / ^ ^ o
Sfc3>PB,

Um sabor rico tem um caráter y/n, do qual


um sabor mais leve é considerado yang
dentro do yin. Um cheiro forte tem um
caráter yang puro, do qual um cheiro fraco
é considerado yin dentro do yang.

0 que tiver um sabor muito rico pode causar


diarréia. Quando o fogo do yang se tornar
muito forte, a essência do qi ficará exaurida.

O yang qi, quan­


do fica muito
forte, pode ferir o
qi original. Mas o
qi original
Os sabores depende do yang
picante e doce qi normal. Por
com um efeito isso, é importante
dispersante têm manter um nível
um caráter apropriado de
yang. Os yang qi.
sabores ácido e
amargo com
Aquilo que tem um odor suave pode limpar um efeito pur­
as passagens dos canais e seus colaterais. gante têm um
O yang qi normal pode fortalecer a ver­ caráter yin.
dadeira essência do qi.

51
mx.'- RBttftiJHrii. PHMJRE#!
owmm, Mttiiij«. s mm
& . m m m *

fê ft: - J t i l ü f

O yin e o yang no
corpo estão num esta­
do de equilíbrio cinéti­
co. Se o yin qi triunfar
do yang qi, o último
ficará ferido e vice-
versa.

Os efeitos do yang qi sobrepujando o yin qi


se manifestam como calor, e em seu está­
gio extremo, o calor vira frio.

O calor pode lesar o qi do corpo, resultando


em dor.

vier antes do inchaço, será o resultado do qi


corpo; se o inchaço vier antes da dor, será o
po atingido antes do qi.

52
f f i S c í S á t ^ M * . Ü0 A * S
& * * $ * . 8 í3 n S * -|B -tfe .
if liA * ^ S ^ í n * 3 S - È .

O noroeste, que tem deficiência de qi do céu, tem um temperamento yin. A audição e a visao
do homem no lado direito não são tão aguçadas quanto no lado esquerdo.

O noroeste, com muitas montanhas altas, é relativamente


frio. É de temperamento yin e deficiente em qi celeste.

O sudeste, com um temperamento yang, é relativamente quente. Está de frente


ara o mar, por isso as pessoas dizem que a terra é incompleta
no sudeste.

O sudeste, deficiente em qi da terra, é de tempera­


mento yang. No homem, a mão e a perna esquer­
das não são tão fortes quanto as do lado direito.

53
O yin e o yang no corpo se
assemelham aos da natureza.
A transpiração, resultado da
descarga de yang qi, se
ff.X - assemelha à chuva do céu.

P B 2 .n . I ÍÍ 5 Ç J È
£ S J x l£ 2 : = * ^ * 8 : iS ^ S P B

J M S ftS S # !

O yang qi do corpo se assemelha aos ventos fortes.

\ \ \ \ \ \ \ \ \

W' \ \ \ ' N
\W \\\\

54
Tratado da Diferenciação entre Yin e Yang

Os canais e as vísceras do corpo estão intimamente ligados ao yin e ao yang da natureza.


O coração e o fígado, por exemplo, são órgãos yang, enquanto o pulmão, o baço e os rins
são órgãos yin. É importante que se esteja apto a distinguir entre as propriedades yin e yang
das doenças para sua compreensão.

S X : îîîS Œ B : (51
? « tó ü íB : ESâázesw .
ã . + - 8 & + - Í » ......... S Ü T P B # , * f lí iü
SW: 9JTB3*. mwm

O corpo possui quatro


condições de pulso, princi­
palmente as do fígado,
coração, pulmões e rins,
que correspondem respec­
tivamente às quatro
estações, primavera,
verão, outono e inverno.

A identificação do pulso yang do estôma­ A identificação do pulso verdadeiro das


go possibilita conhecer os prós e os con­ vísceras yin capacita a que se prediga a
tras das várias estações e doenças. época da morte de um paciente.

A carne de ^
carneiro é de
Uma boa com­
temperamento
preensão dos
yang e um item
pulsos yin e
da comida do
yang irá dissi­
inverno. Comê-
par quaisquer
la no verão dará
dúvidas e
surgimento ao
incertezas.
fogo patogênicoy
Falando de forma genérica, a enfermidade
do sistema digestivo afeta o coração e o
baço, causando situações embaraçosas.

llk tó B : -P B Z fà £
< w ». * * * # ( $ « .

iN . J t f f a f t « # .

Numa mulher, causa Com o tempo, os ventos que dissipam


menstruação irregular causam sede. O paciente se torna febril e
ou até mesmo bloqueio perde peso enquanto os fluidos do corpo
menstrual. vão secando
devagar.

O paciente também pode piorar com uma respiração rápida, caracterizada por falta de ar,
que será difícil de curar. ,
&

' t g ■a»

56
O terceiro yang, ou yang fulgurante, reflete os
canais do intestino delgado e da bexiga. As

... ou inchaços nos membros inferiores... ... ou um enfraquecimento geral dos pés.

...ou inchaço no escroto.

resultar em pele seca, escamosa...

57
O primeiro
yang, ou yang
mais fraco, se
refere aos
canais do triplo
aquecedor e
0. vesícula biliar.
As doenças dos
canais do yang
I® , # * o mais fraco
*1 . « IS A IS » geralmente se
caracterizam
por fraqueza e
respiração
curta.

O paciente está sujeito à tosse...

CÓF!
CÓF!

ou diarréia.

Se persistir, a condição pode resultar em vazio do


coração que se manifesta como palpitação... ... ou constipação.

58
O primeiro yin, ou
yin de reversão, se
refere aos canais
- P B - m s iÈ . í. do fígado e pericár­

ns®. vm. mm. mx dio. As doenças do

. « a m ® . - K - r a s ê
yang fulgurante e
do yin de reversão
se caracterizam
ím . m m . 'ò m m H * =
pelo terror, dores
B H iíê S . nas costas e arro­
. E S * * . tos seguidos de
vômito.

O segundo yin, ou yin mais fraco, se refere


aos canais do coração e dos rins. As
doenças do yin mais fraco e do yang mais
fraco são caracterizadoas por distensão do
abdômen, congestão pulmonar e suspiros.

O terceiro yin, ou yin fulgurante, se refere aos


canais do pulmão e do baço. As doenças do
yang fulgurante e do yin fulgurante levarão à
paralisia de um lado do corpo...

... ou à condição em que os quatro membros


ou enfraquecimento dos músculos... não possam ser levantados ou movidos.

59
Tratado dos Diferentes Métodos de Tratamento e Prescrições
Apropriadas

As pessoas que vivem em diferentes regiões têm diferentes constituições e são afetadas por
doenças diferentes. Os médicos têm que usar métodos de tratamento apropriados para
diferentes pacientes em diferentes regiões.

V JJ!*: tkttzm. StttóJiMãífe-Ê. è i t ò


J ft.
m n -k o i t í t t i i . » J tR W

Sftfeíía. JtíâÜgÇ» SH2


A região do leste, abençoada por um clima ameno, útil, produz abundância de peixe e sal.

Por sua proximidade do mar, as pessoas ali comem Eles vivem felizes.
uma grande quantidade de peixe e gostam de comida
salgada.

60
No entanto, o consumo excessivo de peixe, A ingestão excessiva de sal prejudica o
que tem um caráter ígneo, produz muito sangue. Por isso, a maioria das pessoas do
calor interno. leste tem compleição escura e músculos
frouxos.

< 2 2 >

Desta forma, o método de


tratamento com agulha de
pedra se originou no leste.

r reqüentemente são afligidos por furúnculos. O método usual de tratamento é drenar o


“jrúnculo punturando-o com uma agulha de pedra.

61
m ie - H * # . & G Z .ÏÎ.
*RI®grffi£Jxl, *±R'J3M. K S

mm. xmtkTft. *;ãs*ís. ftsísg

A região do oeste, compreendendo em sua maioria montanhas e desertos, é


rica em metais e pedras preciosos. Seus arredores têm a característica
restritiva da estação do outono.

Vivem uma vida simples, vestindo peles de

62
Comem principalmente deliciosos alimentos frescos e carne.

Foi uma port- \


O grande urso que
você caçou hoje é
realmente gorduroso. í
taria certeira! J

Tais doenças são melhor tratadas com


remédios. Por isso, o tratamento
através de remédios vem do oeste.

Por causa de seu físico robusto,


não são suscetíveis a ataques de
males externos. Suas doenças são
causadas principalmente por feri­
mentos internos.
m ie - J b * « -.
m . K R ^ if s tf f if L - t . u m ± m
01. l i ã t a « . & £ « # . ^ M d t^ S E .

A região norte, compreendendo em sua maior parte terras altas, tem as mesmas característi­
cas de armazenamento que a estação invernal.

64
p '•„'..i»", i„r

Estão felizes com suas vidas nômades, permanecendo em


tendas e vivendo de derivados do leite.

Assim, o método da moxa-


bustão tem sua origem no
norte.

Oh! Estou
com dores terríveis
dos lados!

Portanto, suas vísceras são suscetíveis de


calafrios e freqüentemente sofrem de disten­
são abdominal. Suas enfermidades são me­
lhor tratadas com cauterização por meio de
queimaduras com moxa.

65
66
Têm uma compleição averme­
lhada, de textura fina. As
doenças mais comuns aqui são
hipertonicidade dos tendões e
vasos, assim como entorpeci­ Esta cor ver­
mento. melha me
cai muito
bem.

Estas doenças são me


lhor tratadas por meio
de acupuntura com
agulhas finas. Por isso, o método de trata­
mento com agulhas finas se
originou no sul.

67
mx-
if e f c . & J ? íw £ :IS S 5 S * ft.

* ;ê * # ? l« S ? í. S t# 1 I« 8 p# . 5 P M 4 > * íÜ
■tilo & £ À £ £ « i á í . ttS&BfW

Uma grande variedade


de comida está
disponível e as pes­
soas levam uma vida
relativamente à von­
tade e confortável.

68
As doenças comuns aqui são:

Estas doenças são melhor tratadas com manipulação e massagem. Portanto, o método de
tratamento com manipulação e massagem teve sua origem na região central.

Tratamento por meio de


manipulação e massagem

Um médico competente
deve dominar todos
estes métodos de trata­
mento e aplicar a te­
rapia mais adequada
de acordo com o caso
específico.

69
Tratado da Sutil Habilidade do Exame dos Pulsos

As alterações nas condições dos pulsos das pessoas são complexas. Um diagnóstico acura­
do tomando-se o pulso do paciente é de importância vital no tratamento das doenças. Através
do uso de quatro técnicas de diagnóstico, de observação, de escutar, fazer perguntas e apal­
par, é possível averiguar com bastante precisão a condição do paciente.

IS A - E ã frt.

B T iM m ã ’
S fc fc B Í# . f t í lP

As cinco
vísceras
zang são
o local O que... O
onde a que... eu ia
vitalidade mesmo dizer?
do corpo
está
armaze­
nada e
guardada.

Um abdômen distendido e uma voz profunda e


rouca, como sons emitidos num quarto fecha­ Uma voz fraquinha e dificuldade em
do, indicam umidade no aquecedor médio exprimir uma sentença inteira indicam insu­
represando o qi central. ficiência de qi central.

Que absurdo!
Esta é minha
mamãe!

Movimentos desordenados dos membros, dis­ A incapacidade do estômago e dos intesti­


curso incoerente e incapacidade de reconhecer nos em armazenarem água e cereais, com
os parentes indicam perturbação emocional diarréia incessante, indicam uma dis­
(perturbação no espírito do coração). função do baço e do estômago.

70
^Sinto muito querida. Não
Querido, o que
(queria fazer isso. Mas mo­
aconteceu?
lhei a cama.

A incontinência indica uma dis­


função dos rins, causando a inca­
pacidade da bexiga segurar os
fluidos.

Fígado

Resumindo, se as cinco
vísceras zang puderem con­
servar suas capacidades, há
esperanças de se recupera­
rem de uma enfermidade. Se
não, há a possibilidade de
sobrevir a morte.

Rins
Pulmões

71
Tratado da Regulagem do Qi das Vísceras durante as Estações

72
O mal do coração pode ser curado mais
facilmente no verão longo (sexto mês
lunar). O paciente geralmente se sente
melhor ao meio-dia.
: J&Ê-fcW' i ^ M

, ÍB ^ S .
......... ' L ' - / ^ ^ . 0 4 * ^ .
¥ M » o ifr tt
1 . Ã ^ W 5 5 ± .

Se não curado no verão longo, vai adoecer


mais no inverno. A condição piora à meia-
noite, mas desaparece ao nascer do sol.

Um outro ataque?
Está mal? J

Se o paciente sobreviver, sua condição A condição do paciente só pode melhorar no


ficará estável na primavera seguinte. verão. Deve-se evitar comida de natureza
quente e usar muita roupa. Remédios adoci­
cados são necessários para purificar o
coração.

O mal do coração requer um remédio bran­


do. Deve-se dar prontamente remédios sal­
gados para que façam efeito. Usar os mes­
mos remédios como tônicos para o coração.

73
Os males do baço podem ser curados
mais facilmente no outono. O paciente
se sente melhor à tarde.

S ;3 F # : t l f l -
. K is tt& t. íS ife iU ^ o .......
» *« . a « fe iiítis , t
HS»o f ltttg . Ã * 1 t

« « ;£ . J B ^ f c .
W h ;£ °

í Começa a doer
todo dia ao
l nascer do sol.

Se não for curado no outono, o caso


irá se agravar na primavera. A
condição piora ao nascer do sol, mas
some ao pôr-do-sol.

Deve-se evitar comer demais ou con­


Estou me sentin­
sumir comida de natureza quente. Não
do muito melhor vestir roupas molhadas ou morar perto
agora.
de lugares úmidos.

Sim, vou comer


apenas 70%.
Não quero mais
v nada.

Se o paciente sobreviver ã primavera, sua


condição irá permanecer estável no verão, mas
não irá melhorar até que chegue o verão longo. Se necessário, usar remédios amargos
Remédios adocicados são para ser usados para drenar, ou usar remédios adocicados
como moderador das doenças. como tônico.

74
Os males do pulmão podem ser curados
mais facilmente no inverno. O paciente
se sente melhor ao anoitecer.

® 3t: jRfflfif. í-TSt.


S T *: IT O . jg í
« • « « « • & » * ......... »
Ira TB*»,
• S t¥ ffo B ttíM fe .

o \ \ # £ .

Se nao for curado no inverno, o caso

Se o paciente sobreviver ao verão, sua Usar roupas quentes e evitar comer


condição permanecerá estável durante o verão comida fria.
longo, mas não irá melhorar até o outono.

Se necessário,
usar remédios
de sabor ácido
para provocar
contração.

Se necessário, usar remédios ácidos como


tônico, ou usar remédios picantes para drenar

75
Os males dos rins são curados mais facil­
mente na primavera. O paciente se sente

JM
Z-- m&Wt. melhor por volta da meia-noite.

•{é S Esta é a única hora \


do dia em que ele I
« h r r .
melhora um pouco. J
S 3G $ & Í f t f t f f i & K .......
umm, « * * .
. THiSlo ffttüi. &-£

m to

Se não for curado na


primavera, o caso irá se
agravar durante o verão
Não estava
longo. A condição é
esperando que
mais séria das 7 às 9 da
ficasse mais
manhã e da noite, e da
sério agora.
1 às 3 da manhã e da
tarde, mas desaparece
ao anoitecer.

Ainda se sente \
m a l? _ _ _ ^ ^

Se o paciente sobreviver ao verão longo, sua Evitar ingerir comida quente ou vestir roupas
condição permanecerá estável no outono, que tenham secado junto ao fogo. Se
mas não irá melhorar até o inverno. Se necessário, usar remédios amargos como
necessário, usar remédios amargos para con­ suplemento ou remédios
solidação. salgados para drenar

Me recupero com
este tempo frio.

°cK

76
mmm. £

• . W íh
1 Ê & H - J lfcS * . W
í . » • ■ & . S . «
. £ « 0 fM . s K » .
S M fe . s it lS . H cS u
s S tiB - ã Ê M . 0 W £
M .

Vegetais são con


sumidos como
nutrição adicional

Grãos e cereais são Frutas servem como


para nutrição.
complemento.

O consumo de uma
combinação harmo­
niosa de vários
sabores de comida
pode suplementar a
Várias espécies energia vital.
de carnes de
animais são
suplemento.

Os itens acima mencionados têm diferentes sabores: picante, ácido, doce, amargo ou salga­
do. Cada sabor beneficia o qi de um órgão zang em particular.

77
Tratado do Qi das Cinco Vísceras Zang

Cada uma das cinco vísceras zang tem O coração


sua aversão e engendra um humor tem aversão
específico. E há cinco esforços que lesam ao calor, já
o qi das cinco vísceras. que é
suscetível às
doenças por
ele causadas,
que lesa o
• <í>
sangue yin.

Jxl, u&m

Os pulmões têm aversão ao frio, já que


são suscetíveis às doenças por ele cau­ O fígado tem aversão ao vento que tende a
sadas, o qual afeta o qi pulmonar que não gerar, e vento em demasia dá surgimento à
se difunde. hipertonicidade.

O baço tem aversão à umidade, já que é


suscetível às doenças por ela causadas, e Os rins têm aversão à secura, já que o rim yin
uma umidade excessiva pode dar surgi­ é suscetível à depleção, e uma secura excessi­
mento a abscessos que purgam. va irá secar a essência yin.

78
Cada uma das Cinco Vísceras Zang Engendra um Humor

Cada uma das cinco vísceras zang engen­


dra um humor.

s* : ‘i- Que dia quente\


if f * e úmido!

O coração gover­
na o sangue de
onde o suor é
transformado. Por
esse motivo, o
suor é o humor
do coração.

As narinas, que engendram muco, são os Os olhos, que engendram lágrimas, são os
orifícios dos pulmões. Por isso, o muco é o orifícios do fígado. Portanto, as lágrimas são
humor dos pulmões. o humor do fígado.

r o 5'
A boca, que engendra saliva fluida, é o orifí­ A língua fica entre os vasos
cio do baço. Portanto, a saliva fluida é o dos rins e a saliva espessa
humor do baço. se origina debaixo da lín-
gua. Portanto, a saliva
espessa é o humor dos rins.

Estes são os cinco <


humores engen­
drados pelas cinco
. vísceras zang. j

79
Há cinco esforços que podem lesar o qi das
cinco vísceras zang.

XWfà Jin..
X íà fà fà , X
t L if â ,
o ik m x m m t o o

O uso prolongado dos olhos prejudica o


sangue.

Não é bom Ficar sentado demais


;ar na cama o prejudica a carne e os
dia inteiro. músculos.

Ficar deitado demais í Pare de implicar


perturba o qi. y comigo. ^

Estou de sentinela já
faz 4h e, no entanto,
ninguém vem me
render.

Ficar em pé por muito tempo prejudica os Andar muito prejudica os tendões.


ossos.

80
Tratado de Preservação da Saúde

Todos na terra desejam preservar sua saúde e gozar de uma longa vida. Desde que a vida
está estreitamente ligada à natureza, o homem deve se acomodar e adaptar às leis naturais.
Os princípios dos cinco elementos irão ajudar as pessoas a ter uma melhor compreensão das
formas de preservar a saúde.

m.%- 35S ttk«. 7í»SSfc.


A» A W ^tt
i& z m m . h » x ií í . ts s s s . *
< C . 'Í 4 f ó . £ « ítB £ J íg i? R .
? tó tó jtíe : s
fS * . K S « » : * » # . X IH -* : « S * # . *
JS»£. A W itt= * . #ÍÇ?c;&, m t
S ® . J ltg ffl& fíír t. j í L ^ a .

De todas as coisas sobre a terra, nada é


Longevidade Longevidade
mais precioso do que os seres humanos.
As pessoas vivem do qi do céu e da essên
cia da água e da comida, e crescem com
as leis das estações.

Longevidade,

Longevidade

Longevidade

Longevidade

Longevidade Longevidade

Cada um, do monarca aos cidadãos comuns,


tem o desejo de preservar sua saúde.

81
Querida, vo cê \ Qibo: O sal armazenado num recipiente
gradualmente faz surgir um fluido. É o
drenar do qi do sal.

Mas com freqüência, uma doença começa


quando a pessoa está descuidada. Por isso, a
doença se infiltra profundamente nos ossos e na
medula. Qual a maneira de aliviar o sofrimento
das pessoas?

No momento em
que uma corda se
parte num instru­ Uma árvore sem raízes
mento musical, fortes irá secar, apesar
haverá um som da aparência luxuriante
quebrado. de seus brotos e folhas.

Quando a doença se tornar séria, o paciente irá Esta é a manifestação de ferimento sério
se sentir como se estivesse vomitando. nos órgãos internos e dissipação do sangue
e do qi, e será difícil curar com remédios,
acupuntura e moxabustão.
Por que? Sua
voz soa tão
estranho?

82
Ü 3 5 :: $ 0 :

W * / J '. B íríS -fe . Tj W X M , *W


JÜ S . J È ^ P ÍI^ , Ift f ã l^ ? ttfâ B
: * # 7 k M X , ± í# *
M i*. 7jcí#±MÉêc
W « o

Imperador Amarelo:
Há alterações incontáveis
entre o vazio e a plenitude
dentro do corpo humano.
Qual a forma de entender
e tratar estas alterações?

Qibo: A este respeito, podem ser seguidos os


princípios das relações dos cinco elementos.
Por exemplo, o metal pode cortar a madeira. A água pode apagar o fogo.

A madeira pode penetrar a


terra. O fogo pode derreter o metal. A terra pode deter a água.

83
Tratado sobre a Natureza do Vazio e da Plenitude

O vazio e a plenitude se referem ao estado do qi patogênico e do antipatogênico. O vazio


é o estado em que o qi antipatogênico é insuficiente, e plenitude ê o estado em que o
patogênico é abundante.

m x -- R î& m * -íM t. m m * n
B E ftÀ M W ifc tg H fc o m s. ffl
É6. ± T ^ il. H J & r fijg

^ /x U & fæ . ífc íIiS ^ - fe o a |j® , ^JxU S 2:

84
No caso de pacientes obesos, as doenças Plenitude epigástrica e torácica e a
geralmente são causadas por viciar-se em condição de obstrução são causadas
comida rica. por raiva ou traumas psicológicos.

Uma reversão súbita de fluxo, perda da consciência ou da audição e obstrução dos intestinos
e da urina geralmente são induzidas por um caos repentino do qi.

Algumas doenças são induzidas pela invasão do vento perverso exógeno que pode per­
manecer entre músculos, tendões e ossos, gerando calor e consumindo as carnes e os mús­
culos. Entre outras manifestações, está a dificuldade de andar, causada pela invasão do

85
Tratado de Diferenciação das Dores

Todas as doenças são causadas pelo malfuncionamento do qi. A raiva faz o qi subir; a ale­
gria faz o qi fluir e se dispersar livremente; o desgosto faz o qi diminuir; o medo faz o qi
descer; o calafrio faz o qi se contrair; o calor faz o qi escapar; ficar alarmado faz o qi se
espalhar e ficar caótico; excesso de exercícios esgota o qr, e um excesso de pensamentos e
obsessões faz o qi estagnar.

ig A : . » jn ± . h w
m. SEünT.
;t. t » 5 ! 'in s L . s w n a .

Qibo: A raiva faz o qi descer e nos casos


mais sérios causa vômitos de sangue ou
disenteria.

A alegria irá abrandar o fluxo de qi e irá disper­


sá-lo livremente, proporcionando um qi nutritivo
e defensivo para permear através do corpo.

A tristeza e o desgosto causam a super-


expansão dos pulmões, estagnando
dessa forma o aquecedor superior, o qi
defensivo e o nutritivo não irão se disper­
sar, e o calor irá se acumular no peito.

O medo faz a essência do qi descer,


bloqueando o aquecedor superior. Como
resultado, o qi irá descer ao aquecedor infe­
rior, causando distensão.

86
'O inverno
veio muito
cedo este
ano!

O calor irá abrir os interstícios e os poros,


O calafrio bloqueia os interstícios, embaraça permitindo ao qi nutritivo e ao qi defensivo
o fluxo do qi nutritivo e o qi defensivo. fluirem para fora com o suor. Portanto, “o
Portanto, “o calafrio faz o qi contrair”. calor faz o qi escapar” .

Excesso de exercícios irá causar palpi­ Excesso de pensamento e obsessão faz o qi


tações e suores. Tanto o qi interno quan­ estagnar.
to o externo irão ultrapassar o nível nor­
mal. Portanto, “o excesso de exercícios
causa exaustão do qi'.

87
Tratado das Condições do Abdômen

Ao tratar os males do abdômen, deve-se dar atenção à natureza específica dos diversos tipos
de remédios, e um cuidado meticuloso deve ser tomado ao analisar os vários sintomas.

s m - m ile s :

A. sa: ^ rtuibí
t t - S . firwas? iiií t e s :
. mnft®. ~ ^ ís a .

Estes dois tipos de remédios não


são adequados às pessoas com
temperamento violento.
Remédio
mineral
forte

Qibo: Os remédios de ervas aromáticas, em


A menos que o paciente seja de natureza
sua maioria, são dispersantes, e os remé­
calma e gentil, é melhor evitar estes dois tipos
dios minerais fortes são, em sua maioria,
de remédios.
fortes e desagradáveis.

de remédios não devem


ser usados?
D
Por que estes dois tipos
|

Porque as condições de calor são


desagradáveis e a combinação da condição
desagradável e da natureza desagradável do
remédio irá ferir o qi do baço.

88
IM > l- Í H s f l f JJ# . ífifô W iitt* . it h S i f ô f s ?
Í6 T W Í# Í.? « 1 6 0 : « R j£ o ......... PH’H S ± .
# á s í ± t ò i » ) ......... «
1 0 0 : # Í ís M S J | ! B íÍ : - ( È o

Imperador Amarelo: Qual é a causa da


dor e dos inchaços na nuca aliados à
plenitude e à distensão no peito e no
abdômen?

Parece estar doente, mas a doença


não pode ser detectada pelo pulso.
Meus parabéns! Ela está grávida!

p h & <0 <£}


dê) <&
F <s>
Tiperador Amarelo: Como pode-se dizer
se uma mulher está grávida ou doente do
abdômen?

89
Tratado da Patologia do Vento

m. j* ís ? f. m s « * , m
M&ffifôo XStMfe. MJf-ftIS: JtSHfe. ®J;B
m r t. «a»® , s i
5B3ÍBAW. í# » ffi± M g |* J É t. «A BE. M
R ^ ífíl'* . A fflM íh *

Ixl^Jg A P H flA . í f i f » i r .
k s i w j . mmfitâmuifê®
; jiH tm m m w . S e x ^ c * . s = £ .
X H T - m . i& ffiJ tB ttíF ffife »
. fitfttíg ;# » Í í B í Íj M .
iü « b * * ! k

O vento é a causa de muitas


doenças. É dinâmico e mutávei por
natureza. Quando invade o corpo,
haverá muitas manifestações
patológicas; por exemplo, febre,
calafrios, lepra, hemiplegia. Em
alguns casos, o vento irá penetrar
profundamente no corpo e causar
danos às vísceras.

Ele se espalha com muita rapidez, dando surgimento


a uma variedade de sintomas.

Quando o vento penetra na pele,


impede a comunicação com os
canais e colaterais e o bloqueio se Se os interstícios e poros estiverem frouxos e aber­
espalha na superfície. tos, o resultado será os calafrios.

90
Se os interstícios e poros estiverem com­ O quê? Você só
primidos e fechados, o resultado será a pegou um
febre e a irritação. pouquinho.

Em caso de calafrios, o paciente terá pouco


apetite.

Em caso de febre, o paciente estará Quando o vento chega ao estômago através


enfraquecido. Sentir frio irá evitar que a pes­ do canal yangming, seguirá por ele até os
soa coma o suficiente, e isso se chama olhos.
Canal
calafrio-febre.
yangming
£
Por que?
Minhas roupas
estão folgadas.

/Estou crescendo e o papai


está ficando pequeno.

No caso de uma pessoa obesa, o vento não No caso de uma pessoa magra, o yang qi foge
poderá se dispersar e irá subir pelo corpo, facilmente do corpo, causando golpes de frio e
causando golpes de calor e deixando o lacrimejamento constante.
globo ocular amarelo.

Por que
meus olhos
estão tão
amarelos?

91
Quando o vento invade o corpo através do grande canal do yang e se dissemina por vários
canais, carne e músculos, irá lutar com o qi defensivo, causando obstrução dos canais que
causarão inchaço nos músculos e furúnculos.

Como isso
está horrível!
O inchaço está
muito vermelho!

Se houver estagnação do qi defensi O vento pestilento ocorre quando o vento perverso


vo, isso irá resultar em tontura e invade os canais, aquecendo e degenerando o qi
adormecimento. defensivo. Como resultado, irão surgir lesões e
ulceração no nariz.

Não estou senti­


do nada, como
se fosse um
pedaço de
madeira.

Isto é causado pela invasão do vento frio e a Também é conhecido como calor frio, já que
subseqüente lentidão nos canais. é precedido do sintoma de febre e aversão

92
# » < £ > « . W ? S r ic 3 ® ÍS 5 * iijfl$ R .
^ ÍJ C ^ J ÍiW J x l. W ^ - í3 l4 > í3 liíf» » M .

Ser atacado pelo vento nos dias y/a yi na primavera chama-se vento do fígado, já que este,
bem como os dias y/a y i e a primavera, estão associados com o elemento madeira. Ser ata­
cado pelo vento nos dias bing ding no verão chama-se vento do coração, já que o órgão, bem
como os dias e a estação, estão associados ao fogo. Ser atacado nos dias wu ji no verão
longo chama-se vento do baço, já que fatores relevantes estão todos associados à terra. Ser
atacado nos dias geng xin no outono é conhecido como vento dos pulmões, já que fatores re­
levantes estão todos associados ao metal. Ser atacado nos dias ren gui no inverno é co­
nhecido como vento dos rins, já que fatores relevantes estão todos associados à água.

93
O vento perverso pode penetrar nos shuxue (pontos de pas­
sagem) dos cinco órgãos zang e dos seis fu.

0 í* » ja fliJ R io

Quando penetra profundamente no corpo, é


conhecido como vento das vísceras.

É conhecido como vento unilateral quando a


invasão do vento tem lugar num ponto ou num
só lado do corpo.

O vento perverso invade o corpo a partir do


ponto em que o sangue e o qi estejam fracos

94
K iJ ^ jg jx l, 8R $o
tfc íS ^ J x l. D I iJ ^ jí IM o
À ^ f/T Ü ^ J x l. W J * r t J R lo
§ n * ^ J x l. M iJ ^ j^ J x lo
* J x l À * . M M J x l. fo m o
* M M H . S ^ ít J x L

Quando o vento atacar e penetrar nos Quando o vento penetra na cabeça pelos
canais fengfu (significa morada do vento), olhos, isso se chama vento dos olhos, e estes
irá subir pelo canal até o cérebro, conheci­ terão aversão ao vento frio.
do como vento do cérebro.

Os olhos ficam
cheios de lágri­
mas quando
expostos ao
vento. y

Se o vento invadir o corpo quando alguém Se o vento atacar alguém que estiver transpi­
estiver alcoolizado, é chamado vento rando ao fazer sexo, isso se chama vento
vazante. interno.

Qual o
problem a^,)
querido “P j <

95
Se o vento atacar alguém que esteja lavando a Se o vento perverso que entra vagarosa­
cabeça, isso se chama vento da cabeça. mente na carne e nos interstícios pene­
trar nos intestinos, é chamado vento
intestinal e causará diarréia.

C n c £ a £ * í£ r

O vento existente nos interstícios causando suor Muito vento é a causa de muitas
espontâneo é chamado vento de descarga. doenças.

Oh! Estou \
suando. J

Vento perverso

O vento é bastante mutável após ter entrado no corpo, e não há regra definida para as mani­
festações patológicas específicas que tem. Porém, a causa fundamental é a invasão do vento.

96
J fc fs fé o « « 0 : ím Z V t, % 'f f - m iA . fe í#
ase. ttmãH. sa«*. #m*. í#s«
± . K feâc -tJxlitt. £FF«R . * á 6 » S
Hf. * f e . « a M a ^ n m . i £ « P .
o STMitt. g f f K R . * ® : fefô®. « T
B®. i#ÍE@T. * f e * o Jj$R2
tt. gFFSR- ##& ■». EStó^asft. ê i »
a*. *iâ£. «&*. »J5ti±tt
. Í íTíSK. ffiffiaS;?». «íS^íttíz:. *
fe fê . is « ^ ip j. ^ s jji± . * ê * o

Poderia me explicar os sintomas e


os diagnósticos principais para cada
vento dos cinco órgãos zang?

O vento dos pulmões se manifesta por Os sintomas melhoram durante o dia, mas se
suor excessivo e aversão ao vento. O tornam mais sérios quando anoitece.
paciente fica pálido e suscetível a palpi­
tações e tosse.

97
O vento do coração se manifesta por suor O vento do fígado tem os sintomas de suor
excessivo e aversão ao vento. Há depleção abundante e aversão ao vento. O paciente fica
dos fluidos do corpo e secura nos lábios e na suscetível à tristeza e á mágoa.
língua. O paciente fica com o rosto vermelho
e se zanga facilmente. A fala pode ser afeta­ Que cena deso­
da nos casos mais sérios. ladora! Folhas car­
regadas pelo vento
do outono.

O vento do baço se manifesta por suor


espontâneo e aversão ao vento. O paciente,
geralmente com o rosto amarelo pálido, tem
membros pesados e se cansa facilmente.
O rosto fica verde-azulado e a garganta
seca. O paciente se zanga com facilidade e,
algumas vezes, se aborrece com pessoas
do sexo oposto.

As manifestações do vento dos rins são suor O rosto pode até ficar como uma sombra de
excessivo, aversão ao vento, rosto cinza carvão, podendo haver obstrução do trato
opaco e inchaço dos olhos. O paciente tem urinário.
dor na coluna e é incapaz de se endireitar.

Qual é o proble­
ma com você
V mamãe?

98
B J x tò tt. tR Â ^ T . «
8*ü. JS **. £*««*. mi
ffliffiM*. *1x12«. A®*;T. ilül, SÆR
-B W J J w *. íts s ^ n r w tü l* |. S X H 0 . M1m
i> * E o S J x L itt. sÈ £?F. » ^ W ÎM S :. ftK Ü îf
ÍÜ . « J J H f . « * « J § J x l. * ? & » . P i * ® ,
7 1 Ï I . i W i t t , £ ; f . F F iÜ * * ± . P 'f
T . ± ;* « ix l. M * . $
0 : « o

Quanto ao vento do estômago, as mani­ Outros sintomas são falta de apetite,


festações são suor excessivo ao redor obstrução do trato digestivo e distensão no
do pescoço e aversão ao vento. abdômen.

f Não
Nãc quero
I comer mais
V nada

Se o paciente não ficar aquecido o bastante, Consumir comida fria pode causar diarréia.
haverá distensão no abdômen.

Ugh!
Minha
barriga
dói tanto.

99
O vento da cabeça se manifesta por suor No entanto, a dor melhora no dia em que o
excessivo na cabeça e rosto, com aversào ao tempo muda.
vento. O paciente sofre de dor de cabeça
severa na véspera
da mudança
de tempo.

O vento vazante se manifesta pela aversão Após comer, a pessoa começa a suar. Nos
ao vento e suores intermitentes. O paciente casos sérios, o paciente está freqüente­
deve usar roupas quentes. mente molhado pela transpiração e fica
fraco demais para trabalhos manuais.
Outros sintomas são
palpitação, sede
e boca seca.
O -

f
( Obrigado. Ví

No vento de descarga, a boca fica sempre seca e a pele


sempre molhada com transpiração excessiva. O
paciente sente dor e calafrios por toda parte e é incapaz
de trabalho manual.

100
Tratado dos Sintomas Bi

O bi se refere a dor, adormecimento e outros impedimentos causados pela invasão do vento,


frio e umidade. Posteriormente, se divide em cinco tipos de acordo com a estação específica
na qual ocorre. O patógeno também pode atacar os órgãos internos importantes, dando surgi­
mento a vários sintomas. Se o qi nutritivo e o qi defensivo estiverem desordenados, a pessoa
sofrerá de alguma doença. No entanto, enquanto não se combinar com o vento, frio e umi­
dade, a condição bi não irá ocorrer.

m -Z - * 0 : « 1 6 0
: s J B lí W iÊ r . ír A ít õ * * * .
«SSPF5.
S S T J P . S iS S T J P . I*)
I I S W , rt-É T S Í: & m
T'3. mmm%-
Imperador Amarelo: Como é que o bi
patogênico também pode estagnar dentro dos
cinco órgãos zang e dos seis fií?

Qibo: Os cinco órgãos zang se conectam


com os canais mais importantes. Se o bi
patogênico se prolongar na superfície, irá
invadir os órgãos correspondentes.

Se o bi dos tendões se prolongar, o qi per­


verso irá invadir o fígado.

Se o bi dos ossos se prolongar, o qi perverso


irá invadir os rins.

101
Se o bi das veias se prolongar, o qi perverso irá Se o bi dos músculos se prolongar, o qi
invadir o coração. perverso irá invadir o baço.

As diversas enfermidades bi são


causadas pelo vento, frio e umi­
dade que invadem o corpo nas
diferentes estações.

Se o bi da pele se prolongar, o qi perverso irá


invadir os pulmões.

102
J S *: J U f c f c S U f c if .
■ fr j# * . B * * iS . * M < t 'T K . «
T * « . K n ± W J » : ffF S f* .
± » ? lí n 'P F : » ■ * # . « * . K W ttS
. « W ftft: E ® » a . £l®nE;+, ±
m m % . » « r o a * » . w
ã » » : Bê® ?#. 'p m . m m k 2 . f a m . % ;m ®

Diferentes sintomas se manifestam quando a O bi do coração se manifesta como


enfermidade bi invade órgãos diferentes; as obstrução do fluxo sangüíneo, opressão, pal­
manifestações do bi dos pulmões são pitação, garganta seca, arrotos e medo.
opressão e repleção no peito aliados a palpi­
tação e
vômitos.

O bi do fígado se manifesta por meio de A doença se desenvolve partindo das costelas


despertar com solavancos repetidos, sede e em direção ao baixo abdômen com inchaços,
urina freqüentes. como se a pessoa
estivesse grávida.

Muito bem,
o que há aí
dentro?

M
H is s i:© .

103
No caso do bi dos rins, os sintomas são Quanto ao bi do baço, os sintomas são mem­
abdômen distendido, ossos fracos, inca­ bros fracos, falta de força, tosse, vômitos de
pacidade de andar, corpo contraído inca­ líquidos claros e até obstrução acima do
paz de se esticar e uma corcunda mais diafragma.
alta que a cabeça.

O yang qi e o qi perverso nos intestinos e no


Quanto ao
estômago lutam um contra o outro, causando
bi intestinal,
às vezes
há inibição
excreção
da urina,
excessiva de
embora o
comida não
paciente
digerida.
beba água
com fre­
qüência.

No caso do bi da bexiga, o paciente sente Há também urinas que queimam e corrimento


dores à pressão no abdômen inferior, como nasal claro.
se estivesse cheio de água quente.

104
js s :: m n % . » m w * . a jw s B t:.
tt £ S f ê . ®W7HSí.
s n « ® . m m & B -' s n t e s . fè M & b
■■ s ^ f f l í H . í b s « » ; m H z is . m $ i& .
ff: S ^ ilá fe. S S S » . itíJpFB .
rtifco lA S B ti.

Na paz e na tranqüilidade, o yin qi nos órgãos zang é perfeitamente armazenado e nutrido;


quando agitado, irá se dispersar e até se esgotar.

Disperso

O excesso de comida irá lesar o estômago Há bi nos pulmões em caso de qi perverso


e os intestinos. causando palpitações.

\ \ \ V W W XW W W TW W V
V /////////////W (("
AWNAWWXWWWWW
'//✓/'////// />/✓////////✓.

105
Há bi no coração em caso de qi perverso Há bi nos rins em caso de qi perverso fazendo
causando preocupações e desgosto. com que se molhe a cama.

Há bi no fígado em caso de qi perverso Há bi no baço em caso de qi perverso causan­


causando exaustão extrema. do enfraquecimento da carne.

Se as doenças de vários bi se demorarem, podem se desenvolver do exterior para o interior


do corpo. Quando o bi for causado principalmente pelo vento, há uma melhor chance de ficar
curado.
Pobre rapaz,
sacrificou-se
por causa de
um transeunte.

106
J § 3 t:
í n iE í f flfi. íffiK í/^ fl» . T im x
« fc -te » S c ® » ± T S 5 ;a í. í S A iw - fe o o u r *
s ± i? ^ ;* o J t n i f s £ ? t f 'J . ^ í È A í » o « c íi
& « £ * . «■ r t i f i i , s íís a s s . m
J W J í i. M J t n W lí t. * - 5 « . m . iS ^ â - .

O Imperador Amarelo perguntou:

Podem também
o qi nutritivo e o
qi defensivo
causar
doenças?

Qibo: O qi É harmonizado nos cinco órgãos zang e distribuído nos


nutritivo é a seis órgãos fu.
essência
extraída da
água e da
comida. / " ^
Qi nutritivo

Agua e
comida

107
Ele então percorre os canais através do O qi defensivo também é
corpo, nutrindo e conectando os cinco extraído da água e da comida.
órgãos zang e os seis fu. É impetuoso por natureza e
transita rápido e de forma regu­
lar, incapaz de penetrar nos
vasos e canais.

Qi nutritivo

Circula na pele e nos músculos, dis­ Se o qi nutritivo e o qi defensivo perderem seu


tribuindo-se no peito e no abdômen. equilíbrio e harmonia, irá surgir a doença.

Assim que a harmonia e o fluxo De maneira geral, as doenças bi não irão


regular forem restaurados, o ocorrer enquanto o qi nutritivo e o qi defen­
paciente estará curado. sivo não estiverem combinados com o
vento, frio ou umidade.

108
J S S ;: S ïÇ fS J 0 : ÍS iS í fe ? « fê * t0 : P I*
i S H ’H î f t M . è S 5 » » -fe .

* 0 : K S i^ fõ F - f e ? Ilí ff i0 : W ^ - a ilt# ^

# * : W # ilJ lfc * 3 > l5 0 P : W B S l l t S » » «

Imperador Amarelo: Quais são as


causas das doenças bH

'\ O u c h ! ^

ja z - ^ - s H

-SI » <&>

Vento Umidade

Qibo: Quando o vento, o frio e a umidade atacarem em turnos ou em ataque aliado, irão
ocorrer as doenças bi.

109
Quando o vento for a causa predominante, as Quando o frio for a causa predominante, irá
ulcerações irão caminhar para todos os lados estagnar entre os músculos, tendões e
do corpo. Isto se chama movimento bi. ossos, resultando em dor. Isso se chama
dor bi.

Quando a umidade for a causa predomi­


nante, o calor não é evidente e o paciente se
sente desconfortável.
Isso se chama
bi tenaz. A " X
Não é nada \
sério, mas é
- \algo teimoso.y Imperador
Amarelo

Verão
Se o bi ocorrer no inverno, é conhecido com o '
bi dos ossos; se na primavera, bi dos tendões;
no verão, bi dos pulsos e canais; no verão
longo, bi da carne e dos músculos; e no ou­ Verão
tono, bi da pele. longo

í Bi dos \ í Bi da \
1 ossos j 1 pele )

Qibo Outono
Inverno

110
Tratado acerca da Síndrome do Enfraquecimento

A condição de enfraquecimento começa nos pulmões, o órgão mais alto do corpo e um centro de
distribuição. Quando os pulmões são atacados pelo calor, irá se desenvolver um enfraquecimento
com secura. Quando o fígado for atacado pelo calor, irá ocorrer um enfraquecimento dos tendões.
Quando o baço for atacado pelo calor, irá ocorrer um enfraquecimento nas cames e nos múscu­
los. Quando os rins forem atacados pelo calor, haverá um enfraquecimento nos ossos.

•Ê . « w ífe t. w s
» n ç . s a Ê H B ifr & iH - *
. S A S S ’ it t iiS - f e » M / I È í S éS

. f lf iÉ S è ê , « r a n w a . S M - t T í M S S & jf iL - È
„ & < * « > B :

s.
Imperador Amarelo: Como é causado o
enfraquecimento?

Quando alguém fica aborrecido por ter deixado de atender os desejos de outrem, o qi dos pul­
mões não irá fluir facilmente. O calor irá subir e os lobos dos pulmões serão atrofiados.

111
Portanto, as cinco vísceras zang ficam como Um desgosto excessivo prejudica o conjunto
que estropiadas por causa do calor do pulmão do pericárdio, resultando em obstrução do
abrasando os lobos. fluxo do qi do coração. O rebuliço frenético
do yang qi no coraçãe forçará o sangue para
baixo, dando surgimento ao sangue na urina.

Desta forma, está descrito no livro A Origem > Viciar em fantasias que não podem ser
das Doenças, que o vazio dos vasos do canal realizadas, atraídas pelo desejo carnal e
maior leva a um obstáculo muscular, que no marcadas pelo sexo fará desenvolver
final desenvolve um enfraquecimento nos
indolência da energia ancestral que irá
vasos. virar enfraquecimento dos tendões, resul­
tando em corrimento vaginal estranha­
mente turvo ou branco.

112
IM£: St <Tã> 0 : 85íS#. ttl*)
•tfe» s í S t f í i . « 7k% m . e w s fs . e s k ffi
a . a i a * » . Mm^iz. & <t
m 0 : f ijS # . í # i;M tÊ - fe o W W iã ÍT * ( S

. ü A ÍW ü , jS M P B H r tffi. l*H »JSrêí


líf, » # * * ■ * . W S * . M ffttffiB â
. K c S ^ ffiA . S A « « . & ( T S ) 0 ■ «
S I# . £ T * « H ÍJ .

O enfraquecimento dos tendões \


resulta do fígado sendo atacado
pelo calor, e da permissividade no
sexo, que fere a essência do qi
interno. J

Se alguém se expõe com freqüência à umi­


dade, por exemplo, trabalhando na água, a
umidade subirá pelo corpo.

113
Ou se alguém viver em arredores úmidos, a carne e os músculos serão afetados pela umi­
dade perversa, causando adormecimento permanente e desenvolvendo por fim enfraqueci­
mento. Portanto, o Clássico de Medicina diz que o enfraquecimento da carne e dos múscu­
los é causado pela exposição prolongada a locais úmidos.

O cansaço de uma longa viagem a um lugar quente causará sede que, por sua vez, dará
surgimento a um yang qi excessivo, e o acúmulo de calor atacará os rins.

Estou mor­
rendo de
sede. Até o
vento está
tão quente.

Os rins são os órgãos da água. Se a água não puder superar o calor forte, os ossos e a
medula irão fenecer e não poderão suportar o corpo. Isso é conhecido como o enfraqueci­
mento dos ossos.

114
Tratado acerca das Doenças Incomuns

Há algumas doenças incomuns, tais como a distensão persistente no peito e nas costelas,
inchaços nos quadris e nas pernas, perda da voz no nono mês de gravidez, dor de cabeça
persistente por vários anos, gosto adocicado ou amargo na boca, epilepsia inata, etc. Devem
ser tomados cuidados especiais ao tratar estas doenças.

ü lfõ n ü s ? J iS S A fR . itW íír F - fc .


*P,2j#§II»Í$.

Um paciente pode sentir plenitude e distensão Qibo: Isso é chamado de acúmulo na respi­
no peito e nas costelas juntamente com palpi­ ração e não afeta o comer e o beber, não se
tação, e os sintomas podem persistir por dois usando acupuntura ou moxabustão no trata­
ou três anos. Que espécie de doença é essa? mento definitivo.

As ervas medicinais sozinhas não podem


curar a doença, mas devem ser aplicadas jun­
tamente com o método de condução que é
capaz de liberar a estagnação do qi e do
sangue.

Imperador Amarelo: Qual é a condição de


inchaço nos quadris e nas pernas com dor
no umbigo?

115
O qi perverso ocupa a parte externa dos intestinos, por trás do umbigo, causando dor ao redor.

Não se deve lançar mão


indiscriminadamente das
massagens, ou isso irá
reter a urina.

116
/S Ä : S i£ í° ] 0 : A S M # - jtkA
f 5 T -È ? i K t e ü i S : J tó & J fc íg -tfc .

$ 0 = f f i W s i ? t t t e 0 : J fê * S = & . * ? » .
i!> R B :£ » Ä » . S S ^ S i^ ilH o
i£ 0 : fS £ 3 5 < » P t t ® 0 : Æ îâ ife . ä + £
o # 'J ií 0 : Æ J5T Æ .

Imperador Amarelo: Por que algumas mulheres Qibo: Isso é causado pela obstrução dos
perdem sua voz no nono mês de gravidez? colaterais do útero como resultado da
constrição do feto.

O mal não necessita de qualquer trata­


mento, já que a paciente irá recuperar a
voz após o parto, que irá suprimir a cons­
trição nos colaterais do útero.

Utero
De fato, ela
está bem nova­
Os colaterais do útero estão conectados aos mente.
rins, cujos canais sobem até a raiz da língua.
Eis porque a fala pode ser prejudicada.

117
JS S : * 0 : À W ê B W s i. S . Itts
« » Í5 T S ? ilÈ ffi0 : 1*1
$ « 1 ® . ff liíW S a ^ i. t t ffi. & ❖ * « . *
f t f f i. )R « ® Íío

Imperador Amarelo: Como é que alguns


pacientes têm dores de cabeça persis­
tentes que podem durar muitos anos?

Qibo: Isso é causado por frio severo que penetra


na medula óssea e se encaminha para cima em
direção ao cérebro.

Ugh! Meus d entes\


me machucam
assim! I

Dor de cabeça e dor de dente são resul­


tantes do que se chama contrafluxo.
JS *: W í in ti- * . fir w #
2 ? lK f à 0 : . « 0 1 $ # = * £
n *A P . m=FB.
tt^ A P ttlfe. itfcA&ÍStâ:
ItmM&mHi. SE*. 4-Al*)». # # ^ A 4 >
m - » « 'H iiffi. ? & £ « = .
^ V fe o

Imperador Amarelo: Como é que algumas


pessoas têm um gosto adocicado na boca?

Que excêntrico!
Há um gosto
adocicado!

/C oloquei a comi-
' ^ Í f ( da de hoje aqui,

A comida Mas é o baço que extrai a essência da comi­


é recebida e armazenada no estômago. da e a distribui pelo corpo todo.

119
Agora, o calor no baço faz com que a Esta doença resulta do paciente ser viciado
essência do alimento estagne no órgão que em comidas ricas.
tem sua abertura na boca. Daí, o gosto
adocicado.

Que delícia
ter refrescos
doces!

O gosto doce pode causar plenitude e disten­


são no peito e no abdômen. A doença causa­
da pelo fluxo ascendente da essência de qi
por conta da disfunção do baço é chamada
sede enfraquecedora.

Comida rica irá aumentar o calor no corpo.

Para o tratamento, é usado


hebeclínio aromático, a fim
de remover a estagnação
do calor. Esta é uma das
13 prescrições do Clássico
de Medicina.

120
v > ® Ä = * 0 : S íw P S . P S # . ÍR
" * < 5 rW « S 2 .? t t « 0 : jR « 0 flIÄ » * ffF
# . « Ä is a . » a * ^ .f f i, jttA # .
iS t i* « * » . « « S Ä .

Imperador Amarelo: Qual é a doença de Este é o calor da vesícula biliar.


sabor amargo na boca?

Por favor,
explique a
causa.

A garganta é controlada pelo fígado, órgão A paciente está preocupada com vários abor­
com a posição de general, cuja função recimentos e está muito indecisa, o que lesa a
depende da vesícula biliar, órgão com a função da vesícula biliar. A bile, em vez de ser
posição de ministro da justiça. distribuída de maneira apropriada, é jorrada
para cima, resultando num gosto amargo na
boca.

Vesícula
biliar

Fígado

121
mm- m zew
g p m z ? iiÈíâa: ittmzGrn > t'g
AC bs«w. jw p r0 í* fô . n ± f f i^ T . t sH # v ' f V t
ím . e. W M

/ j?

Imperador Amarelo: Como acontece de Esta é uma doença fetal. A mãe deve ter pas­
algumas pessoas nascerem com epilepsia? sado por um sério medo ou choque.

Isso faz com que o qi


suba em vez de descer e
a essência do qi
congele em vez de
se

■oj

Tudo isso afeta o desenvolvimento normal


do feto e, conseqüentemente, a criança
( i/7B nasce com epilepsia.

122
Tratado sobre o Essencial das Doenças e sua Terapia

As pessoas e a natureza são inseparáveis. As influências atmosféricas na natureza formam a base das
doenças nas pessoas. No caso dessas influências ficarem caóticas, o equilíbrio do corpo será perturba­
do, resultando em doença. O remédio oposto aos atributos da influência patogênica invasora deve ser
usado para restaurar o equilíbrio, isto é, curar a doença. Dessa forma, deve-se descobrir
a verdadeira natureza da doença, antes de recorrer a qualquer tratamento.

JS *: $ 0 : « o *« V .
. H t- 0 S . hK I bI ÍS H S . K tó rtü H fe ? « < 0 0 :

K M 2 .H , è iS iW . f g M . m H g ü õ fB H
M J t £ s s :

Isso depende da relativa Quando o yin qi excede o yang qi, o


quantidade de yin qi e yang período de ataque é mais longo; quando
qi, quando o qi prepon­ o yang qi excede o yin qi, o período de
derante e o qi retaliativo se ataque é mais curto.
encontram.

A batalha entre o qi preponderante e o qi retaliativo é a chave do frio e do calor, assim como


da exuberância e da debilidade. O mesmo é verdadeiro para a ocorrência da malária.

123
ÍS - - * # J S E H iB ü j? « 1 6 0 :
iH*. < £ * :£ « £ . JSE2.:*)««. 3I=±T=
q p ^ iW - tfl o

Imperador Amarelo: Por favor, explique o


remédio soberano, o remédio ministro e o
remédio embaixador.

Qibo: O
remédio que
desempenha
o papel prin­
SOBERANO
cipal no
tratamento
das doenças
é chamado
remédio
soberano.

MINISTRO

O que
responde ao
remédio mi­
nistro é chama­
do remédio
embaixador.

O que serve como


ajudante ao remédio
Os três tipos são apenas
soberano é chamado
uma forma de classificar os
remédio ministro.
remédios, baseados em seu
EMBAIXADOR respectivo papel e natureza.

124
S ä -- ? & s : te fâ s :
Ä ttÄ lJ H . Ä R * ;!* :* )!» . í iS W
iiÄ P H o A # Ä « ts ic » . r n & m it.
■ s b s s rm . u f x m m 'n z , f ô J tn ffi& T - É o

Papel e natureza dos diferentes sabores das ervas medicinais

Remédios de sabores Remédios de sabores Remédios de sabor


picante ou adocicado ácido ou amargo são salgado são de
são de natureza yang e de natureza yin e têm natureza yin e têm um
têm um efeito efusivo e um efeito elevatório e efeito elevatório e pur­
dissipador. purgante. gante.

Remédios de sabor
suave são de natureza
yang e têm um efeito de
Os remédios acima de diferentes sabores contraem ou dissipam;
filtração e drenagem.
são moderados ou desencadeadores; secos ou umedecedores;
leves ou fortes. É necessário escolher o tipo apropriado de acordo
com a condição específica da doença para que harmonize o qi e o
sangue para a restauração do equilíbrio no corpo.

125
Patologia das Diversas Doenças

IM-Z- * 0 : üMíBÍ/min? « 1 0 0 : fêRSfêBJSTIFF


: itWfcSI. B S í » ; «;£» « !
B U Í» : ifíâigfê. BJBÍ-Í.': «
J S H r t B S íT : iS ® « ® . g fJR T ± : i« « ® * . » «
*Mf. BJST '*■ «SJ535. BJST;£: * i£ ) f ± . BJ*
?*.-■ « m s * , g js íffl- « s a a . %*?*.■• i t s
a » . b u t r : fè fim n - s ^ ín s . b j s t » : « j *
S IS » . « it t t s iK . B J B T *: « R S R . 7 jc iS S a , B S
í*fc: « H S * * . i M i f # . B J S í* : üPStt®, USE
T ü . b j h « * . & ( * s ) 0 : m*?mn., &nnn> m
jc g x z . e t^ m z . i s t ó . üs
ÍÍJ fii“ . ffi& fn ¥ . it h iiS lf e .

Irresoluto

Qibo: As doenças As doenças causadas pelo frio, tais como con­


causadas pelo vento, tais como tremor, tontu­ trações e espasmos, estão associadas aos
ra e vertigem, estão associadas ao fígado. rins.
As doenças cau­
sadas pelo acúmulo
excessivo de vários
1 qi, tais como tensão
no peito, palpitação e
respiração difícil,
estão associadas aos

As doenças
causadas pela umidade, tais como intumesci-
mento e distensão, estão associadas ao baço.

126
Doenças causadas pelo calor, tais como con­
fusão mental e membros convulsivos, estão
associadas £ptfogo.

Meu Deus!
ele está falando
absurdos!

Dor, coceiras e abscessos estâo associados


Males do contrafluxo, tais como obstrução ou ao coração.
incontinência urinária ou fecal, estão associa­
dos ao aquecedor inferior. Doenças debilitantes, tais como asma,
náusea e vômito, estão associadas ao aque­
cedor superior.

U ii

Males como trismo, bater dos dentes e distúr­ Males como rigidez do pescoço e con­
bios mentais estão associados ao fogo. tração dos músculos estão associados à
umidade.

O que
você quer
dizer?

pescoço
está rijo
como um
pedaço de
madeira.

127
Oh, que
tortura
£ , ter uma
cintura
tão grossa!

Males do contrafluxo do qi ascendente se Males de distensão abdominal e inchaço


associam ao fogo. estão associados ao calor.

Males de agitação anormal e manias estão Males como um ataque repentino de rigidez
associados ao fogo. ---------------------------^ estão associados ao vento.
f Vou lhe dar umas
boas palmadas,
mesmo que sua mãe

Males como inchaço por gases, furúnculos,


palpitações devido ao medo estão asso­
ciados ao fogo.

X J • C-XQ » o g__O o <S~V'0 • CL/O o C ^-

Se o abdômen soar como um tambor quando


percutido, os males estarão associados ao
calor.

128
Cãibras, torções e urina turva são manifes­ Se a urina estiver clara e
tações do calor. fria, os males estarão asso­
ciados ao frio.

Vômitos ácidos e diarréia aguda estão asso­


ciados ao calor.

Por isso, ao tratar as doenças, é


necessário compreender sua
patologia e associações, tais
como diferenciar os padrões de
plenitude e de vazio, e deixar
claro quais os males que estão
agindo. A análise deve ser feita
para saber qual o qi dominante,
antes de revitalizar o fluxo do qi
e do sangue, a fim de recuperar
o equilíbrio e a harmonia do
corpo.

129
Tratado sobre a Exuberância e a Debilidade

A deficiência e o excesso no qi dos órgãos podem ter sua expressão em sonhos que indicam
o estado da energia no corpo. Em caso de excesso, é necessário descobrir o que está defi­
ciente para um diagnóstico e tratamento abrangentes, e vice-versa.

❖ A S » . JM R M Ü .
s i » 4* » . j f f i A s m e » . » A « » » » .

» n * . MffiA»JÃ!#«SiSSA.
7)c4>. * S « S .
P H tt. « J tW M ÿ S it fu
S. »K W «»«»*
A inversão de qi de um
tipo vazio irá fazer com
que o paciente tenha so­
nhos selvagens. Na inver- #
são severa, os sonhos t f
podem ser confusamente 0
selvagens e além da ima­
ginação
Em caso de defi­
''Como isso ciência de
pode ser qi dos
vassim? (ligados ao
metal), a pessoa tende a
sonhar com armas bran­
cas e trágicas, até
mesmo acontecimen­
Em caso de excesso de metal, a pessoa tos como assassinatos
tende a sonhar com batalhas.
No caso de deficiência de qi dos rins (liga­
dos à água), a pessoa tende a sonhar
com um barco afundando e com uma pes­
soa se afogando.

130
Em caso de excesso de água, a pessoa Em caso de deficiência de qi do fígado (liga­
tende a sonhar que está se escondendo do à madeira), a pessoa tende a sonhar
embaixo d’água com medo extremo. com relva, cogumelos e outras plantas.
O

«Em caso de deficiência de qi do coração (liga­


do ao fogo), a pessoa tende a sonhar que está
apagando um incêndio ou que está vendo o
sol ou raios e trovões. Em caso de excesso de
fogo, a pessoa tende a sonhar com chamas
devastadoras.

Em caso de deficiência de qi do baço (ligado


à terra), a pessoa tende a sonhar com falta de
comida. $ O

Estou dizendo,
acabou toda a
comida.

Em caso de excesso de terra, a pessoa tende


a sonhar que está construindo um muro ou
uma casa.

131
LIN G SH U

O Lingshu, ou Eixo Miraculoso, é o outro componente do Clássico de Medicina do


Imperador Amarelo. Segue o mesmo sistema teórico de medicina chinesa que o
Suwen ou “Questões Elementares”, mas versa principalmente sobre acupuntura e
moxabustão, canais e colaterais, pontos de acupuntura, qi nutritivo e defensivo e
sangue.
Tratado da Proveniência do Espírito

Espírito ( shen), repreensão (y/), alma etérea (hun), alma corpórea (po) e vontade (zhi) se
alojam respectivamente no coração, baço, fígado, pulmões e rins. Lesá-los causa doenças e
pode até mesmo levar à morte.

^ « Ü R I^ IE , â À W É fê iW S !.

O espírito se aloja no coração e será ferido


pelo medo, temor ou pensamentos e preocu­
pações em excesso.

Tenho medo
de que algum
mal possa
acontecer a
ele.

Se o espírito for ferido, a pessoa tende a ter


pânico e preocupações infundadas e fre­
qüentemente não lhe ocorrem idéias e
decisões acertadas.

Se o caso persistir, os músculos dos membros


estarão emaciados, a pele e os cabelos A repreensão se aloja no baço e será
estarão pálidos e sem cor, e o paciente pode lesada por ansiedade e preocupações
morrer no inverno. excessivas.

133
Ferir a repreensão levará a aflições e tormentos
infundados. Se o caso persistir, haverá impossi­
bilidade de movimento dos membros, e a pele e
os cabelos ficarão pálidos
e sem cor.

O paciente pode morrer na primavera.

/Q ue in fe lic i- ^
dade ter perdi­
do minha
esposa na
vmeia-idade.

A alma etérea fica alojada no fígado e será ferida Ferir a alma etérea leva à lentidão da
por excesso de sofrimento e desgosto, que afe­ mente, fala e comportamento anormais, e
tam os órgãos zang. até mesmo esquisitice.

Se o caso persistir, haverá atrofia dos geni­


tais, as veias ficarão hipertônicas, haverá
afundamento das costelas e a pele e os cabe­
los ficarão pálidos e sem cor. O paciente
poderá morrer no outono. —
m m -- » * * * « { » « . m m m . a # s
T -n x . É i& m . « « s *

ffllJSff. S « í5 ^ )8 M ffi
« . fíffiM - i- íIR . « W I T . ê & S .J £ ± ã K

Consegui.

Fan Jin

A alma corpórea se aloja nos pulmões e será Se a alma corpórea for ferida, a pessoa
ferida por excesso de alegria e regozijo. tende a perder o autocontrole e ficar louca.

Eis porque o açougueiro Hu foi capaz de


curar a loucura de seu genro Fan Jin com
uma bofetada no rosto.

O paciente pode morrer no verão.

135
A vontade se aloja nos rins e pode ser ferida A vontade ferida pode fazer com que alguém
por uma ira violenta. se esqueça do que disse.
Que audá­
cia! Você
Reduziu nova­ ousa desa­
Eu não.
mente fiar sua
meu salário.
Nunca
irei perdoá-lo,
imperador
V maldito! J

Aborrecimento e medo em excesso irão ferir


o qi defensivo.

C
Que sonho
terrível! )

Se o caso persistir, haverá impossibilidade de


mover a cintura e as costas. A pele e os cabe­
los irão ficar pálidos e sem cor, e o paciente
pode morrer no verão.

Se a essência do qi for ferida, haverá ulcera­ Como os órgãos zang têm que armazenar a
ção nas juntas, enfraquecimento e frio que essência do qi, feri-los irá causar dispersão e
sobe dos pés, acompanhada de emissão perda, levando ao vazio do yin que, por sua
seminal e fluxo. vez, irá obstruir a transformação do qi e, com
o passar do tempo, esgotar o qi dos órgãos,
podendo levar à morte.

136
Tratado do Qi Nutritivo e do Qi Defensivo

O qi essencial no corpo é transformado a partir da comida e bebida que


foram digeridas no estômago. Compreende dois tipos: o qi límpido que se
denomina qi nutritivo e o qi turvo que é denominado qi defensivo. Circulam
pelo corpo todo e proporcionam a garantia de funções fisiológicas eficazes. A
anormalidade no qi nutritivo e na circulação do qi defensivo irá causar dis­
função corporal.

S S : « 1 0 0 :

s . s A í s s . w f t í r o

Qibo: O qi essencial do
corpo é transformado a
partir de comidas e
bebidas.

Pulmões A composição da essên Muito justo! Os


(Primeiro cia atingiu o padrão. intestinos, coração,
Ministro) 3 Vou pegar um
fígado, estômago,
pouco para baço e pulmões já
mim. , pegaram cada um
sua parte.

Estômago V
(Administrador
dos Celeiros
Públicos)

Comidas e bebidas são recebidas e digeri


das pelo estômago. Sua essência é trans­ Os cinco órgãos zang e os seis órgãos fu são
portada aos pulmões. todos nutridos pelo qi essencial.

O qi límpido é O primeiro circula nos


chamado qi nutri' vasos e o último por fora
tivo, e o qi turvo deles.
chamado qi
defensivo.

Qi nutritivo

Ambos estão constan­


Qi defensivo temente fluindo pelo
corpo inteiro.

137
IS A - M ÏÏB - -
M t ^ A ^ s s * # , w ^ttíS'' msiege: a
% Z H êí &. J t f l l f t » , n ü a . ’S U Z .'n .
* « * » . tó S ffM ffiü . % % Z H ú L m . jt
bmjms. n m m . s f l f c t n s » . %=êhm'J>
s f Œ r t f f i. i s s ^ f l í .

Imperador Amarelo: Por que os idosos não E por que as pessoas no início da vida não
têm um sono tranqüilo à noite? podem dormir bem durante o dia?

/ / QueS\ /Q u a s e

Por que eu
não consigo
tirar uma
soneca?

í Que força Seu qi nutritivo e qi defensivo estão fluindo


prodigiosa! e funcionando apropriadamente, capacitan­
I Grande! do-os a dormir corretamente à noite.

Qibo: O qi e o sangue nas pessoas em sua


juventude são exuberantes, seus canais de qi
estão límpidos e seus músculos uniformes.

138
As coisas estão ruins. Juro pelos Céus! Fiz o melhor
Você, Primeiro Ministro possível, mas os outros órgãos
wJeve ser responsabilizado não quiseram cooperar.

Pulmões Demissão

O qi e o sangue dos idosos ficam debilitados, seus canais de qi não são fortes, seus músculos
estão lisos e secos, e seus órgãos zang não funcionam harmonicamente.

O qi nutritivo debilitado não é adequado ao E o qi defensivo continua pedindo para


corpo todo. completado.
Isso significa
que não há
mingau sufi­
ciente para
dividido..

O tr fe F Q
Como resultado
da anomalia no
qi nutritivo e no
qi defensivo, os
idosos são negli­
gentes durante o
dia e não podem
ter um sono
tranqüilo à noite.
/

139
IM 3 t- * $ H : A W iM R A T B .
jf M it i. S c S í® . s ü ttííV .
K ^ í i J I ^ i l f f i í i J . fõj-fe? i f ô t ó S : iftíM fc
í H , F W *5 J? . € s S a * . Z H tê Z -
ííííw ü o it t ^ * iif í t « i. m ^ m a , » * í #
A U tm . i f t # s * ® o

Imperador Amarelo: Algumas vezes, as Estou com as


pessoas começam a transpirar antes que costas mo­
a comida quente e a bebida sejam digeri­ lhadas.
das pelo estômago e transformadas em qi
essencial.

Alguns transpiram no rosto, alguns nas


costas e outros perto da cintura. Por que o
suor não ocorre durante o fluxo do qi defen­
sivo?

y H

Vento perverso
*>zj \
Qibo: Isso é causado pela contração externa do vento perverso. O vazio externo
tornou a superfície do corpo insegura.

140
141
* $ 0 : Aífc®. ÍS # A H .
r o /jv ffi3 Ê & T . f ir - t fe ? í b * . » is
2 -æ -É . « n if w it . s u b s w a . a s m *
ÍÜ « » M íg 0 : * . & M ± « $ n g . $ * ín iE

T«ífl86. ilbiiB-feo

y' Grande! 'v


I Excelente j
V bebida! )
o 0V

'“ ttd

Imperador Amarelo: Quando alguém bebe, o


álcool vai para o estômago juntamente com a Mas por que a urina é eliminada antes que
comida. a comida seja digerida?

Saia do
meu caminho!
Suma da
minha frente!

Qibo: O álcool é o líquido


de cereais fermentados.
Tem um sabor pene­
trante e caminha de
maneira macia e rápida.
Comida

142
Assim, o álcool
se transforma
em urina e é
eliminado antes
que a comida
seja digerida.

Imperador Amarelo: O qi do aquecedor


superior se espalha no corpo todo como
uma névoa.

Mamãe, me
deixe experi­
mentar este
picles deli-

A função do aquecedor inferior é, como um


O aquecedor médio digere e absorve os
dreno, empregado para eliminar os detritos
nutrientes da comida como coisas que ficam e esgotar os humores acumulados após a
em conserva. digestão e a absorção.

143
Tratado de Aconselhamento Médico

Aqueles que não podem seguir corretamente os conselhos médicos devem dar especial
atenção à temperatura de sua comida e de suas roupas. Um meio termo entre quente e frio
capacitará o qi original a prevalecer no interior e no exterior do corpo e a protegê-lo da
invasão do qi perverso.

Eles podem usar alguns


recursos, mas deve
haver limites apropria­
dos para o que fazem

ÍQual a maneira
reta para manter
uma boa saúde,
especialmente para
aqueles que não
podem seguir corre­
tamente os conse-
V lhos médicos? /

Ao comer e se vestir, esteja certo de manter Se o paciente preferir estar frio, deve se
a temperatura correta. expor somente a um frio moderado e, de
forma alguma, ficar congelado.

Você
escolheu Fique um pouco
o casaco no frio. Não está
certo para sempre reclaman­
mim. Não do do calor?
sinto nem
calor nem
frio.

144
Se o paciente preferir ficar aquecido, Deve fazer isso especialmente ao comer e
deverá se expor a um calor moderado e, beber.
de maneira nenhuma, ficar aquecido até
transpirar.

Comida quente não deve ser escaldante. As comidas frias não devem ser extrema­
mente geladas.

O médico disse
que você podia
me dar algo

Um meio termo entre frio e quente irá Por isso, o qi perverso não terá nenhuma
possibilitar o qi principal a ser chance de invadir o corpo.
preponderante no interior e no exterior do
corpo.

145
Tratado acerca dos Seis Tipos de Qi

Há seis tipos de qi no corpo: jing, qi, jin, humores, sangue e veias. Cada um deles está liga­
do a um órgão em particular e seu vazio irá levar a diversas condições patológicas.

* $ 0 : sfeM À W ffi. H. > . * - J á. £


S C Í A - W . 4 -T íS ^ A A « . £ * * n J tJ iJ r fc lí!S . « 1 6
0: -àMim. s t r i f e . fiiS ffi.
? « 1 6 0 : ± Ü ? F £ . f iE S i* . H K .

£ ? H 5 £ i 5 t . S i S n . 1 S JÍIÜ ? « 1 6 0 • « a S i f i J T i t i
mm, s i« * . i»iisaí « 16 0 : aüs&T
# , ftJS ® # . rtíS tt& M S . S K Ü Ü . SiSíS. Í5T
íS i6 l? « 1 6 0 : ‘t’ H S ' H . f f i í t . S l t f f i # , S i f i J l u
« « » ? « 1 6 0 : m m ’S H , s ® » .

^H u m o re sj
Imperador Amarelo:
Na minha opinião, jing,
qi, jin, humores,
sangue e veias são
simplesmente qi em
sua essência. Por que
se classificam em seis
tipos?

Qibo: A relação sexual


irá engendrar uma nova
vida. A matéria-prima
antes da formação da
nova vida é chamada

146
A essência da comida e da bebida é distribuí
da pelo aquecedor superior para aquecer a
pele, enriquecer e umedecer o ar e nutrir o
corpo, como a chuva e o orvalho irrigam as
plantas. Isso é chamado qi.
Aquecedor
superior

/ /

O qi essencial transformado a partir da comi­


da e da bebida no estômago é distribuído pelo máquina necessita'
corpo todo. A parte espessa, turva e escorre­ de lubrificação, do
gadia é filtrada em direção aos ossos para mesmo modo que o
lubrificar o movimento das articulações. cérebro humano, y

Também enriquece e nutre a “medula cere­


bral” * e umedece a pele. Tal matéria espes­
sa, turva e escorregadia é chamada humor.

O líquido vermelho transformado a partir da


essência da comida e dos cereais recebidos
Trânsito e
no aquecedor médio é o sangue.
pedestres,
mantenham-
se em seus
^corredores.

O que contém
o qi nutritivo |
e faz com
que flua
em seu trajeto sem transbordar se chama
veia.

* Os chineses se referem à matéria cerebral como “medula cerebral”. Isto se deve ao fato de que medu­
la óssea insuficiente pode levara zumbidos, vertigem e indiferença: todas enfermidades do cérebro.
147
!£ % ■ ■ « ® S : A * # . ^ £ £ 4 '
. M 2 . J É S . J tlM D iS t» . f à t t í a Z ' ’ « l á
. 0 : « J K * . M -& -- H B Ü ^- i* J Ü Í = t
. m m #. H1* * ; sstt*. #kjs#**j.
fe 3 £ . B f f i i l . ® K . ^ » n § ; j l n K * . f e e
. X lfr Ç ã ,

Veias
Jing, qi, jin, humores,
sangue e veias podem
estar além do normal ou
insuficientes. Como se
pode conhecer a plenitude
e o vazio da medula cere­
bral, e o límpido e o turvo
do sangue?

Qibo: O vazio de jing irá causar dificuldade


em ouvir. O vazio de qi causa dificuldade à visão.

148
O vazio de humores irá causar um obstáculos às
articulações, aspecto bravio, insuficiência de medula
cerebral, fraqueza nas pernas e zumbido.

O vazio de sangue levará a uma face páli­


da e carrancuda, assim como veias vazias.

Os sintomas acima
são aqueles causados
pelo vazio dos seis
tipos de qi.

'U '

149
iiÈ ie e :
% £■&

Qual a ordem dos seis tipos de qi quanto a sua importância?

Não importando a idade


avançada ou a juventude,
Jing, qi, jin, humores, eles se associam com
sangue e vasos estão regularidade a um órgão
cada um associados a específico, e todos obtêm
um órgão específico. sua fonte de comida e
bebida digeridas no estô­
mago.

Os cinco órgãos zang


e os seis órgãos fu Sangue
Vaso
estão firmemente alo­
jados no peito e no
abdômen em ordem
própria, como objetos
valiosos guardados
num cofre.

150
Tratado sobre os Q uatro Mares*

Há quatro mares no corpo: o mar do qi, o mar do sangue, o mar dos cereais e dos líquidos e
o mar da medula. Excesso ou deficiência de cada um dos quatro mares irá levar a dife­
rentes sintomas.

m x - e g is iiíie s fa ? iiá tó s : n ,*
M
s u l .

7 j< íí± í* W £ . M M * ; 7 jc S ± ;S ^ S . M ta T O
w m s iig ji. g a * * o

S . «J®$f¥n§. K K0SB. g Æ flfJ m t.S B h

O centro do peito é a confluência do qi e é chamado mar do qi.

Imperador Amarelo: Pode explicar, por favor, a Deficiência do mar


função normal e a disfunção dos quatro do qi significa vazio
mares? do qi dos pulmões,
que irão levar à
fraqueza, respiração
curta e descuido na
fala.

Qibo: Excesso do mar do qi significa exu­


berância do qi perverso, que irá levar à sus­
pensão da respiração, aflição, palpitação e
expressão agitada.

* Os quatro mares são uma analogia dos vários sistemas biológicos que funcionam em nosso
corpo. Por exemplo, o mar dos cereais e dos líquidos se refere ao sistema digestivo e, da mesma
forma, o mar do sangue se refere ao sistema circulatório.
151
Os doze canais são a confluência do sangue e são chamados mar do sangue. Se houver
excesso, a pessoa irá sentir seu corpo distendido e pesado. Irritar-se-á sem saber onde está
a indisposição.

A deficiência do mar do sangue


irá fazer com que o paciente
sinta seu corpo vazio e
pequeno. Ficará melancólico
sem saber onde está a indis­
Que
posição.
doença
é essa?

Comida e bebida se convergem no estômago,


(SI W -

que por isso, é chamado mar dos cereais e Pare d e ^


brincadeiras!.
dos líquidos. O excesso irá levar à intu­
mescência do dueto estomacal e do abdômen.

' Papai, seu


estômago e
abdômen
estão iguaizi
nhos a este
w tambor.

152
No caso de um mar dos cereais e dos líqui­ O cérebro é a confluência da medula e é
dos deficiente, o paciente sente como se não chamado mar da medula.* Em caso de
tivesse se alimentado e continua faminto. plenitude do mar da medula, o movimento
ficará mais ágil e mais enérgico que nas
pessoas normais.

A deficiência do mar da medula dará surgi­ A pessoa poderá ficar desanimada e sono­
mento a zumbidos, pernas fracas e vista lenta na maior parte do tempo.
falha. A pessoa terá a sensação da cabeça
girando.
Por que você está \
tão desanimado? J

* Reportar-se à página 147.

153
Tratado da D istensão

Quando o qi defensivo e o qi nutritivo funcionam normalmente, a digestão e a nutrição


também funcionarão de maneira apropriada. Se seu fluxo normal for afetado, haverá
uma luta entre o qi essencial e o frio perverso, resultando em distensão.

: USa-ft. ífW ií
I®. lEWfêBS. H W íi

£ ê ± . 7b

Oh, o abdômen
está distendido
como um tambor.

Imperador Amarelo: Qual o motivo do mal Qibo: O qi defensivo flui para fora dos vasos jun­
da distensão? tamente com o sangue em condições normais.

Como quando estou


com fome e vou
para a cama quan-

Em cooperação com o qi nutritivo, circula e funciona segundo leis próprias do yin e do


yang, dia e noite, mantendo o corpo em boa saúde.

154
No corpo, o qi nutritivo e o qi defensivo
nutrem e protegem os órgãos zang e garan­
tem a transformação da essência da comida e
da bebida.

Se o qi inverso permanecer na parte mais baixa do


corpo, afetando seu funcionamento normal, e o qi
frio reverter para cima, o qi essencial e o qi frio
lutarão um contra o outro, resultando em distensão.

155
Tratado da Relação entre as Vísceras e os Cinco Órgãos dos
Sentidos

Os cinco órgãos dos sentidos se relacionam às vísceras zang na cabeça: o nariz aos pul­
mões, os olhos ao fígado, os lábios ao baço, a língua ao coração e os ouvidos aos rins.

m X f í í g g : iK tâ S : Jfcg . 8$

Z.W -& : S m . W tò ® *
: S #, -tjj: Mm. =

Imperador Amarelo: Poderia explicar, por favor, a relação


entre os cinco órgãos dos sentidos e as vísceras zang?

Qibo: O nariz, que tem a seu cargo a respi Os olhos, encarregados de identi­
ração, está ligado aos pulmões. ficar as cinco cores, estão ligados
ao fígado.

Pulmões
Fígado

Os lábios, encarregados de Os ouvidos, encarregados


receberem a comida e as de ouvir, estão ligados aos
bebidas, estão ligados ao rins.
baço.

Coração

A língua, encarregada de identificar os


cinco sabores, está ligada ao coração.

156
Tratado sobre a Resistência

As características físicas do corpo, tais como a cor e a espessura da pele, a textura dos
músculos, o tamanho e formato dos órgãos, etc., estão intimamente ligadas à sensibilidade
de cada um à doença e são fatores importantes ao decidirem se são resistentes ou fracos.

JS3t: W A T itt. # ít # az:


. if e . x z m m # I * . ^ iS S I
m s » . ã J tJ é liC T íi. n í iÊ m . *

ttíõ j-É ? í ! > i r s : # * b :


Z .« M P B M . #
» jx u /iiifc H W iR # . ftm m & T ^ m ío

O Imperador Amarelo perguntou a Shaoyu se: As pessoas da mesma idade, vestindo roupas
semelhantes, podem ficar resfriadas se ficarem em pé ou caminharem juntas numa tempes­
tade...

Estava bom
até agora!
vamos sair
daqui bem

Algumas ficam doentes, enquanto outras não. Algumas vezes todos ficam doentes, e em
outras ninguém fica.

Qual o
Fiquei doente^ motivo?
enquanto fugia
v da chuva ..y

157
Shaoyu: O que prevalece na primavera é o O que prevalece no verão é o vento yang.
vento verde.*

O que prevalece no inverno é o vento gelado. O que prevalece no outono é o vento frio.

Os diversos tipos de ventos sazonais podem gerar resultados diferentes, dependendo das
condições físicas das pessoas envolvidas.

* N. do T. - Verde e azul em chinês e em vietnamita têm a mesma conotação, porque partem de um significado
energético e de semelhança de comprimento de onda, além de frescor.
158
* 3 5 0 : H W iJ x l. íftÀ ín ffl
? í!> # rB : * fe * J È 5 S fó # . * J Ê *
Z & R : â f t » £ p | i] # . T '& w . z

Shaoyu: As pessoas com pele fina e amarela­


da e com músculos delgados e fracos são vul­
Imperador
neráveis ao vento anormal na primavera.
Amarelo: Que tipo
de pessoas são
mais vulneráveis
aos tipos específi­
cos de vento de
cada estação?

Mamãe, /E s tõ u S As pessoas com pele


por que esverdeada e músculos del­
você está
gados e fracos são vul­
com este
neráveis ao vento anormal
aspecto'?
no outono.

As pessoas com pele


branca e fina e músculos As pessoas com pele averme­
delgados e fracos são lhada e músculos delgados e
vulneráveis ao vento no fracos são vulneráveis ao
verão. vento anormal no inverno.

159
/£ * =
■ S fe ffiá t/lftM . H T O íG a W á :
JxU * tó * ÍiB |í|^ !g . -fc
SMffiííJÊJxl#. Íb H° K&JIMU
f iis # . - f c S M ffiín fijx i,

X Ê W M flJ llí llü # . iü - S iB í » , íh


F*]

Shaoyu: A pele escura e grossa e músculos


firmes geralmente são manifestações de boa
Imperador Amarelo:
saúde. As pessoas com tal pele e músculos
Isso significa que as
geralmente não são vulneráveis ao vento
pessoas de pele
nas diversas estações.
escura não ficarão
doentes por causa
do vento nas dife­
re n te s e s ta ç õ e s ? ^

f Mamãe, sua
pele está
mudando de

k . cor Querido, não estou me


sentindo bem. Vá brin­
car com o vovô.

kg
'v r I
U -4

Porém, algumas pessoas com pele fina e Tais pessoas são vulneráveis ao vento
músculos frouxos possuem pele que muda anormal no verão longo.
de cor.

160
Se tiverem pele grossa e músculos firmes Em alguns casos, as pessoas com pele
não ficarão doentes facilmente, mesmo se grossa e músculos firmes não são atacadas
expostos ao vento anormal no verão longo. somente pelo vento anormal,

/iíe g u ra m e n t e \
van
vamos ter uma
so
sobra de co­

VI lheita!

mas também são invadidas pelo frio perver­


so, dificilmente podendo evitar de ficarem Nunca pensei que
doentes, desde que tanto o exterior quanto pudesse ficar
o interior do corpo tenham sido atingidos. doente por causa
do vento e do frio!

Frio perverso

161
. Ü&ütHlJflí. JMMlJjt: * te ± £ ®
H W J S a s s is ti

Algumas pessoas não podem agüentar a


Uma pessoa sendo corajosa ou dor. Enfrentam tudo corajosamente quando
tímida não influencia em sua capaci­ há dificuldade e perigo.
dade de agüentar a dor.

Entre as pessoas tímidas que se sintam ner­


vosas frente à dificuldade, há algumas que
podem manter sua compostura em caso de
sofrimento.
/E s te rapaz não teme'«}
trabalho árduo, mas
não tem coragem de ir

Enfermaria de
campanha

Mas retrocedem frente à dor.

162
is * : m
* 1 É ± ;£ * S W S . JJL*
^ * 1 . e $ t í » . » * * » . * * * .
t s i. « fe » fc . & J Ã L IÍ&
■ife. ^ F ^ P ^ ÍÕ IÉ . J S H X tt.

Há pessoas valentes que não temem nem a Há pessoas tímidas que recuam tanto em
dor, nem a dificuldade e o perigo. caso de dor quanto para enfrentar a dificul­
dade e o perigo.

Podem ficar assustadas sem qualquer


palavra, ou até mesmo por sua imaginação,
ficando com o rosto pálido. Quais os motivos
das situações
acima?

163
164
)M3c- - M S S ttá lS Í S * R .
íM jb : m ± m . s í s k b . -K;4>a
% . J U '« * * . K » * W

m . J tffiS tK M * .
f f^ r S E « . m m m s í ? i. € s r o ®
S . jltS iá iE fi& iN fe o

Pode explicar, por favor,


por que algumas pessoas
são corajosas e as outras
são tímidas?

Shaoyu: As pessoas corajosas têm


olhos brilhantes e penetrantes,
sobrancelhas inclinadas para cima e
são capazes de sustentar um olhar
fixo e penetrante.

Têm pele áspera e músculos que se Quando se zangam, se impõem e inspiram temor,
esticam, coração normal, fígado com olhos arregalados de brilho penetrante, cabe­
grande e sólido, vesícula biliar íntegra los eriçados nas pontas, rosto verde-azulado, ele­
e bile abundante. vação do qi do fígado e vesícula biliar transbor­
dando. Isto porque as funções de seu coração,
fígado e vesícula biliar são saudáveis e fortes; a
causa fundamental decide a natureza da bravura.

165
t í ± # .
. n m w jk . «iffsaw/h. » 3 $a. Jt H « 1 í± ± 0 fÈ M

HWiSMÉtt. BSHS. fflTFS. f i * *


ss.
ffF W S ^ . 'H S S T

, itt®
± ± 0 rô « Ã # -Ê .

Os tímidos têm olhos grandes, mas melancólicos, e há


uma falta de flexibilidade no movimento do globo ocular.
Explique então,
por favor, a
natureza dos
tímidos e as
causas por trás
disso. j

O sangue e o qi não estão harmoniosos, os O fígado é lasso, a vesícula biliar comprida e


músculos são fracos e dificilmente pendurada sem bile, e os intestinos finos e
aparentes, e o osso xifóide do tórax é curto retos sem curvaturas suficientes.
e pequeno.

166
0 qi do fígado, abaixo das costelas, não é Mesmo que o qi do fígado e o qi dos pul­
abundante o suficiente, e o qi que causa ira mões sejam estimulados e subam...
não irá subir ao peito nem que a pessoa
quase exploda de raiva.

...não serão capazes de durar o tempo sufi­ Dessa forma, a raiva não irá persistir,
ciente, mas logo irão diminuir e se dispersar. sendo esta a causa fundamental que
decide a natureza dos tímidos.

(Q u e d e s a p o n ta -\
\^ ^ m e n to !

167
» s i® * . * n 1 4 ± £ # g , S .* ü ÍP i±
iJ 1 f. J t A í B * . M H * . n ± i í
. ffFíWâtt. â f t i B í ,
B ljt t í S i. * \* » J
■». 5 M ± W im . *
« H 8 2 .. « S - W *

Após as pessoas tímidas beberem álcool,


ficam valentes e inconseqüentes como se
fossem corajosas.
Qual a função
Eu não o d e s a f io \
que faz com
v^eu não o d e s a fio ./
que eles se
comportem
assim?

Com a essência dos cereais e da água Quando penetra no estômago, irá distender o
passando pela fermentação, o álcool fica órgão e fazer com que o qi flua para cima e
forte e violento por A JsÁ encha os pulmões.
natureza.

168
Enquanto isso, irá estimular o qi do fígado e Quando bêbado, o tímido pode ser tão
fortalecer o qi da vesícula biliar. corajoso e inconseqüente quanto os
valentes no que dizem e fazem.

De quais
palavrões você
me chamou?

Mas irão se arrepender do que fizeram após Tal condição de coragem anormal e
se recobrarem dos efeitos do álcool. imprudência se chama furor da bebedeira.

A coragem anor­
mal não passa
Tio, sinto muito de efeito do
pelo que fiz álcool.
ontem.

169
Tratado dos Cinco Sabores

. * * $ = £ J R : í # - $ » • 3U S - Quais são os cinco


sabores? .
. 5 .W - - ^ tl- . * » . 5 g )t.
5(§^ SM'- IS1t. álK.
m & . m æ .

Diferentes tipos de cereais, frutas, carne animal e vege­


tais têm diferentes sabores, onde cada um contribui com
as pessoas que sofrem dos diversos órgãos, e que por
isso, devem comer um sabor cada vez mais especial.
Cada órgão tem uma aversão a um sabor em especial e,
dessa forma, os doentes daquele órgão devem evitar
este sabor.

Bogao: Dentre os cereais:

A Gergelim
Por favor,
me explique
os cinco
sabores.
O arroz é O gergelim é
doce. ácido. A soja é salgada,

Painço
O trigo é
amargo.

O painço é
picante. Permita-me
maiores expli­
cações:
Entre as frutas:

O damasco é
A ameixa é A castanha
amargo.
ácida. é salgada.

tâmara
é doce.

A pêra é
picante.

170
Entre os diversos tipos de carne a de cachorro é ácida; a de porco é salgada;
animal: a de vaca é doce;

a de carneiro é amarga; a de frango é picante.

s? <?§
Entre os vegetais:

a cebola é picante; e o alho é


amargo.

171
/£ £ : s í s f a s f e # . « u s # . s * « * ® .

MM: J fô íS # , * ♦ * * ; * § fà tltlU

As cinco propriedades se referem a necessi­ O sabor amargo é apropriado às pessoas


dades dietéticas por parte das pessoas que com mal cardíaco, que devem comer mais
sofrem de doenças de um órgão específico. O trigo, carne, damasco e alho.
sabor doce facilita àqueles que sofrem de mal
do baço e que,
portanto, devem
comer mais arroz,
carne, tâmaras
e vegetais kui.
Damasco

O sabor salgado é mais O sabor picante é apropriado às


apropriado às pessoas pessoas com males pulmonares,
com mal renal, que que devem comer mais painço,
devem comer mais frango, pêra e cebola.
vagens em broto, carne
de porco, castanha e fo­ Gergelim Frango
lhas de vagens.
if Painço
Carne de Carne de
porco Q Vagens cachorro
em broto

ètíto %
Ameixa
Alho-poro
Pêra

Folhas de vagens O sabor ácido é


apropriado às pessoas com
Q b males do fígado, que
Castanhas devem comer mais gerge­
lim, carne de cachorro,
ameixa e alho-poró.

172
IS A - « M S » # .
. » ÍR S -& . B S ís ^ S »

As doenças de cada órgão têm uma contra-indicação específica.

O fígado está ligado à madeira e seus O coração está ligado ao fogo e seus
males contra-indicam o sabor picante liga­ males contra-indicam o sabor salgado liga­
do ao metal. O metal domina a madeira. do à água. A água domina o fogo.

O médico avisou
para você evitar a A carne de porco é
cebola. salgada por
natureza. É melhor
evitá-la.

Os rins estão ligados à


água e seus males contra-
O gergelim,
indicam o sabor doce liga­
a ameixa, o
do à terra. A terra domina
alho-poró e
a água.
a carne de
cachorro,
todos são
ácidos por
„ natureza.

O baço está ligado à terra e Os pulmões estão ligados ao


seus males contra-indicam o metal e seus males contra-
sabor ácido ligado à madeira. indicam o sabor amargo liga­
A madeira domina a terra. do ao fogo. O fogo domina o
metal.

173
Tratado da Origem das Doenças

Comer rapidamente e em demasia, hábitos irregulares ou excesso de exercício corporal pre­


judicarão os colaterais. Em caso de lesão aos colaterais dos intestinos, o sangue irá trans­
bordar fora deles, congelando junto com o sumo e a espuma do frio perverso. O congela­
mento irá se espalhar e expandir, gerando males de acúmulo.

R ã: rn
p h ís m j im i '» . he»

» im é l . u í S f  ü iy jà i* ) » . ja ft M ê
â . I K B iíM S . ü W J u & í W I '. J S íh S

Comer rápido e em demasia irá distender o Aliando-se uma vida diária irregular ao
estômago e os intestinos. excesso de exercício irá prejudicar os
colaterais.

174
Lesão aos colaterais yang causará um fluxo Lesão ao colaterais yin irá causar excesso
sangüíneo excessivo para fora, resultando em de fluxo sangüíneo para dentro, resultando
sangramento externo espontâneo. em fezes sanguinolentas.

---------- f Por que v o c e \


f Nada, é que ( está olhando )
f meu nariz está J \ p a r a c im a ? /
\^ s a ^ ^ y sangue nas ç>

Lesão aos colaterais do estômago e intesti­ No caso de haver frio perverso fora dos
nos irá resultar em fluxo sangüíneo fora dos intestinos, seu sumo e espuma irão congelar
intestinos. com o fluxo sangüíneo exterior. 0 congela­
mento irá se prolongar e espalhar gradativa-
mente, formando um mal de acúmulo.
f Ugh, d ó i\
\. tanto! J

175
'm ± iè ± .
R ^ C ÍÊ S tt. te ífe fê » . E S M ia »
» ;■ * . jW S & S M S n J iA flB B .
x ^ m n m m m . « » w i '
£ ; + i* ia R T '» ií , > B W lâ ïK

176
Se o vento perverso retornar para cima, a partir dos
pés, o resultado será inchaço nos pés e obstrução
Por favor, do movimento.
explique mais.

I *%» \*
V» o» MI '*• •
»t vu VV v» ^
V V» M> 0*1 *1 JJ %|| Ml#/M| w

Isso também causará friagem nos pés e O frio perverso pode subir aos intestinos e ao
nas canelas, resultando em estagnação da estômago.
circulação sangüínea nesta parte do corpo.

A invasão do frio perverso nos intestinos e Isso causará congelamento do frio perverso e
no estômago irá afetar a transformação e dos sumos e espumas fora dos intestinos,
movimento dos cereais e da água, resultan­ que irão se perpetuar e resultar em mal de
do em distensão do abdômen. acúmulo.

177
s * = raü^Jb
a . f f l ^ í T . s u tu ^ s
w *» . » is m m . » ü w * .

Isso, aliado ao sofrimento e à raiva, fará com


í v K > ; ; que o qi suba em contracorrente.

Isso significa que


hoje tenho que
dormir ao ar livre,
e não trouxe um
cobertor.

De vez em quando, a pessoa pode ser subita­


mente invadida pelo frio perverso.

O fluxo de contracorrente de qi para cima irá


deter o transporte do canal do qi, e posterior­
mente o fluxo rápido do yang qi, resultando O movimento dos fluidos também será afeta­
em congelamento do sangue. do, que com o passar do tempo, resultará
em mal de acúmulo.

Até gastei o
dinheiro da minha
passagem de
v volta.

178
Tratado da Classificação das Pessoas

Com base no yin-yang e nos cinco elementos, as pessoas se classificam em cinco categorias:
as pessoas do grande yin são gulosas e pérfidas; as do tipo pequeno yin são pouco simpáti­
cas e tiram vantagens dos outros; as do tipo grande yang são pretensiosas acerca de sua
capacidade e ambição, mas nunca levam nada em frente; as do tipo pequeno yang são con­
vencidas, boas no trato social, mas não no trabalho. O yin e o yang harmoniosos seguem os
caminhos naturais das coisas e não têm barreira ou alegria excessiva.

■■ £ £ « A í í l W B . fij

iSflWÀ? ftiS P H A ?
Bife. MRSs?. Pi$«êiâSJ3-tfe. * $ 0 : m

« 0 : M W A IE ^ A . W R 2 .X . * | ! 0 iA .
'PW2.Á. IW P 0 íP ¥ 2 :A o R £ A # . J t f è *
l§). O


Ouvi dizer que as pessoas
são classificadas em tipos
diferentes: algumas per­
tencem ao yin e outras ao
yang. Como é isso?

179
A classificação de todas as coisas no universo geralmente está associada aos
cinco elementos.

A classificação das pessoas também está intimamente rela­


cionada aos cinco elementos, em vez de uma classificação
supersimplificada nos dois tipos opostos de yin e yang.

/ Os diversos dotes naturais dos diferentes tipos


Por que? O menino de pessoas são muito complicados para serem
geralmente náo é l explicados em tão poucas palavras.
malcriado.

180
De uma maneira genérica, há cinco
Me dê, por favor, uma idéia geral das
tipos de pessoas: pessoas que per­
implicações mais importantes. Todos
tencem ao grande y/n;
os sábios e homens virtuosos estão
bem equilibrados em y/n e yang?
Esta harmonia de y/n e yang se mani­
festa no comportamento?

pessoas que pertencem ao pequeno y/n; pessoas que pertencem ao


grande yang-,

pessoas que pertencem ao pequeno yang; e pessoas Os cinco tipos acima são diferentes
com y/n e yang bem equilibrados e harmoniosos. um do outro na forma, posicionamento
dos ossos e músculos e exuberância
de qi e sangue.

181
»sv 'p m
0 : ± m ± x . T J F S » . » 1 *1
S B S Ü I, < C . 'í P S 5 ^ S . S if f liH sZ .

. lít^ K iÀ - fe o

Poderia, por favor, explicar a Aqueles que pertencem ao grande yin são mais pérfidas e
diferença entre os cinco tipos cruéis. Têm uma mente traiçoeira sob uma aparência mo­
de pessoas? desta.

Mestre Li está
pronto a ajudar Mas o
os outros e dar preço que
o que lhe temos que
pagar é
alto

Suas observações e comportamentos não reve­


lam seus verdadeiros pensamentos. Seguem a
corrente ao tomar decisões e sempre hesitam Pessoas pérfidas com
antes que as tendências se manifestem._______ aparência honesta per­
tencem à categoria do
Mestre, o merca­ grande yin.
( Qual a pressa? \ do de cereais
V. Espere e verá. J vai subir. O que
faremos? >

182
m A S tr.
T J fifiS ,

Aqueles que pertencem ao pequeno yin Regozijam-se com as perdas alheias, como se
ambicionam bons lucros e estão preocupa­ eles mesmos tivessem ganho alguma coisa.
dos em tirar vantagem dos outros.

Você sabia que o


jovem Lie perdeu
um dinheirão de
uma só vez? ,

Tendem a prejudicar as pessoas e ter Além disso, não têm nenhuma simpatia pelos
ciúmes dos outros, irritando-se com seus outros e são cruéis por natureza. Pessoas tão
sucessos e glórias. mesquinhas e cruéis, que têm prazer da
miséria alheia, pertencem ao pequeno yin.

Quero simples­
mente queimar
sua loja

183
S * : * P 0 2 :A . S S k íT . W s ± m . 3 E ÍI
S M « , ^ ií^ r a s f . . * * s n

S if f l, * S » . S 5S S 1«. J t tt P H á lÀ Ü l»

Aqueles que pertencem ao grande yang não Sendo orgulhosos, gostam de se vangloriar de
ligam muito para o lugar onde vivem e cons­ sua ambição frente aos outros.
truiriam suas casas em qualquer local.
Gostam de contar vantagem, embora sua
capacidade seja limitada.
'^D eixe comigo! V o u ^ \ / ^ arei dê
derrotar o inimigo sem
v nenhuma falha.

São rudes e imprudentes e freqüentemente


confiam demais em sua própria medio­ Estas pessoas orgulhosas,
cridade. Não irão mostrar nenhum sinal de que nunca levam nada
arrependimento, mesmo se forem derrotados. adiante, pertencem à cate­
goria do grande yang.

184
R ã :
» j w t s . » J íjíh S
À -fe o

Aqueles que pertencem ao pequeno yang Tornar-se-ão complacentes e ficarão de


sáo bastante circunspectos, mas tendem a nariz empinado, muito embora numa
pensar demais em si próprios. posição baixa.

Acima de '
tudo, o líder
do grupo é
sagaz.

Queremos
comprar
um pote de
alumínio.

As referidas pes­
soas pertencem à
São muito bons para fazer amizades, mas categoria do
não em seus próprios serviços. pequeno yang.

185
/£ * : M P B íW iÀ .

W J ü ilfc . ilM ^ f p . /P o

As pessoas com um y/n e um yang bem equili­ Sem medo ou avareza, ou alegria excessi­
brados e harmoniosos levam uma vida regular va, seguem o desenrolar natural das coisas.
e quieta, com uma estrutura tranqüila.

Um gato mais um cachorro è'


igual a uma galinha mais um Mesmo que numa alta posição, continuam
pato._________ y modestos e preferem governar o povo
Prestam pouca atenção aos ganhos e perdas pes­ através da persuasão, em vez de fazê-lo
soais, e adaptam sua vida às mudanças da estação. apenas por regulamentações e punições.

Desde que a colheita não tenha sido boa,


você não deve pagar mensalidades integrais.

\
Isso e o que as '
Sinto
pessoas chamam
muito,
de “governo ideal” .
mas farei
o melhor -^ 4
para con­
seguir
pagar.

186
Tratado acerca da Confusão

Os olhos são a confluência do qi essencial. Uma visão aterrorizante inesperada dará surgimen­
to a uma confusão na visão, e a invasão de qi perverso pode ser a causa de uma visão distor­
cida. Um distúrbio repentino da visão fará com que a pessoa fique como num labirinto ou até
mesmo confusa. A insuficiência de qi no coração e nos pulmões irá causar bloqueio de qi no
estômago e nos intestinos,, causando esquecimento.

isic- s # . sua
s -tfe . W H Z 8 íífe-fe. & * s i
. s s s c a rF S « ? * ™ . a s E ? * » » « * . &
iw a è r ê iw fitw tt o -w s -fe . < t '£ . # 2

®s. s s ts ® * »
Os olhos são para onde convergem a essên­ Se alguém estiver espiritualmente cansado, sua
cia do qi das vísceras, onde operam o qi alma etérea e sua alma corpórea irão se dis­
nutritivo e o qi defensivo, assim como a alma persar, levando à confusão mental e da von­
etérea e a alma corpórea, e onde se manifes­ tade.
tam as ativi­
dades do
espírito.

A pupila é governada pela essência do qi no A confusão do espírito do coração causará


fígado e nos rins. O branco dos olhos e os falha na convergência das várias essências
vasos vermelhos são governados pela essên­ de qi. Um alarme inesperado e visões ater­
cia do qi no coração e nos pulmões. Os olhos radoras irão levar a falhas na coordenação
são brilhantes como resultado da convergência entre o espírito e a alma etérea e corpórea,
das várias essências de qi. cuja dispersão causará a confusão da vista.

187
IMA: z m x m Z tiH . S i & í S W t e « . ffl
z m x m . w z t ix ii? . « s t a s i s . m . z .m

± m ^ m , e iü í ®
f e W i ® . 0 i t K ã Z lÊ . * A S . KÜffilR
S W À í » . À íM J R $ $ . «$SM 3IS£.ti. a
S * U i! 'J g f ê M í t £ ° S íK ffl. » H D í /r ^ ff if c t tií .
fiSfiMffltó. íJWíílWtts

A essência do A essência do
fígado nutre a coração nutre
íris ocular. as veias
sangüíneas
dos olhos.

A essência
dos pulmões
A essência do qi dos órgãos zang nutre o bran­
e fu ascende, convergindo e co dos olhos.
A essência dos nutrindo os olhos que são o
rins nutre a encontro da essência do ai.
pupila.

A essência do
baço nutre as
pálpebras
superior e
inferior.
Confluência da
essência do qi.

188
A Essência dos Tendões, Ossos, Sangue e Qi se combina com os
Vasos e Redes que form am o Canto dos Olhos

Canto
do olho

endáo

Quando o qi perverso ataca a cabeça de uma pes­


Comandante
soa enfraquecida, pode penetrar profundamente no
chefe
cérebro através do canto do olho.

Qi perverso

O canto do olho se conecta acima com


o cérebro e se estende até a nuca.

A invasão de qi perverso causa tonturas,


que levarão à hipertonicidade do canto do O qi perverso afetando os olhos irá dissipar a
olho, o que irá resultar em visão distorcida. essência do qi, dando surgimento à visão dupla.

189
* $ 0 :
s fe n t ? É * a ; iÊ ^ t t ¥ ? f i i w # * ?
1K 160: * & •& ,. ,6 W S f* . » « W S .
« s e . « iff l^ íL . a ® , tk m . m tn n * &

Imperador Amarelo: Me sinto embaraçado e


Isso é porque meu espírito está
confuso sempre que estou no Jardim do
sempre cheio de preocupações
Leste, mas me sinto normal quando saio
quando estou no Jardim? Por que
tenho essa experiência tão anormal?

f Como resultado, a pessoa ficará embaraçada^


numa situação mais simples e confusa numa
situação séria. No entanto, as coisas voltarão
ao normal quando a atenção se afastar da
origem da confusão. Eis o porquê Vossa
Majestade se sente bem quando sai do Jardim.

Qibo: Não é esse o motivo. A mente passa


por diferentes estados de prazer e raiva.
Uma súbita mudança de humor irá dissipar
a essência do qi e causar distúrbios visuais.

190
fè x - ttíâ

iS iJ t U g í T . A ;£ * I2 W ± . & # & •& .

Imperador Amarelo: Qual é a causa do Qibo: Isso é resultado de insuficiência do qi


esquecimento? superior, aliada ao excesso do qi inferior, isto
é, acúmulo muito grande de qi no estômago e
"Isso é in te re s\ intestinos e insuficiência de qi no coração e
sante, procu­ nos pulmões. Por causa daN
rar pelo burri­
obstrução de
co enquanto
qi no estôma­
está montado
go e nos
intestinos, y

Devemos permanecer aqui no


estômago e nos intestinos,
enquanto o coração e os pulmões J
V estiverem muito fracos.

y?.

Vazio e fraqueza do coração e dos


pulmões resultarão em acúmulo de qi Estagnação prolongada de qi no estômago e
nutritivo e defensivo no estômago e nos intestinos irá causar falha no transporte de
intestinos. qi ascendente, resultando em esquecimento.

191
S *: is j'H iS M ? «
<es; H »J«
G . S ;W fe # m = H 'H f f ii- M H flS » . «c
- l'iÈ 'f t 'È «

Imperador Amarelo: Por que ocorre de Qibo: Falha no


algumas pessoas não terem apetite e sen­ transporte da
tirem fome? essência do qi
acumulado no
baço irá causar
Estou com tanta\
estagnação do
fome, mas não
qi quente no
. tenho vontade J estômago.
V cJecom er/

Estô­
mago

O retorno do fluxo do qi do estômago para cima


Calor comprimido no estômago irá digerir a irá estagnar o dueto estomacal, resultando em
comida, resultando em sensação de fome. perda de apetite.

192
Apêndice: As 13 Prescrições - Decocção de Vinho Não Decantado

A acupuntura é a forma mais freqüente de tratamento no Clássico de Medicina do


Imperador Amarelo e somente 13 prescrições são mencionadas. Embora limitadas
em número, as 13 prescrições são as mais antigas anotações de terapia com remé­
dios. Algumas delas ainda têm significado clínico e são aqui selecionadas como
referência.

. f ia a jT + H - t - , - « s& â " + = * ■ ” . + H

Imperador Amarelo: Como e por que o laoli ou vinho não decantado é preparado a partir dos
cinco cereais?

J iK í : H íi5 íâ ]B ; Ä iS ä iS Ä » » . S ffií? ttfê


b = * i â í 8 * . fltò fil# ? .
m im ? « < ö b : if c íS ^ ifc tíQ . S T £ : t

Nota: Nos tempos antigos, o laoli


era preparado fervendo-se os
cereais por um longo tempo antes
de fermentar. Tal vinho não
decantado é usado para tratamento
'■Vl/f \\jn / A '/''/ ^ wh
das doenças das vísceras.
's M f : -

Qibo: O arroz, abundante em qi, é fervido juntamente


com a palha para alimentar o que é vigoroso e forte.
Nutrida com o qi harmonioso do céu e da terra e
crescendo em campos nem muito altos e nem muito
baixos, a planta se enriquece com qi. É colhida no
outono e tem uma palha forte e vigorosa.
Qibo

193
Bebida de Raspas de Ferro

.it*. lltfííÈ
0 : .........
T ^ ^ IÍL c,

Tome esta be bi-'N


da e ficará b o n r y

Imperador
Amarelo: Qual
a maneira de
tratar um
paciente Qibo: A bebida de raspas de ferro irá curá-lo com
irascível? o efeito de abaixar o qi e abrir o que está atado.

Nota: A bebida de raspas de ferro é preparada na água,


triturando raspas de ferro batidas quentes.

É eficaz para fogo-fleuma pela decocção dos fluidos do fogo comprimido, resultante da estag­
nação do qi do fígado atingido pela raiva violenta. Nos tempos atuais, é mais eficaz quando
administrado com auxiliares que ajudam a transformar a fleuma e abrir os orifícios.

194
Tônico de Pó de Cabelo

w .x - u s .ts
g ã T M * . ± t& £ % . ❖ À J l- fô g
sb. . K v t g p . s i L B x m ..........u n
&m&. * - ■ + . » ;£ . í m u a - f f .
Mi. a s .
c

A rede de vasos dos cinco canais do grande yin do pé, grande yin da mão, pequeno yin do pé,
pequeno yin da mão e do yang fulgurante do pé, todos se encontram no ouvido. O qi perverso
que penetrou na rede de vasos dos cinco canais irá percorrê-los até o ângulo frontal acima do
ouvido esquerdo, onde a rede de vasos se encontra. Os canais do corpo todo ficarão abalados
se o qi de todos os cinco canais for debilitado.

195
JLA \
f Faz algum \ Agora é só seguir
1 bem? os conselhos do
médico.

Queime o cabelo no fogo reduzindo-o a pó.

No caso da acupuntura ser ineficaz, corte um


pedaço do cabelo do paciente em seu ângulo
frontal esquerdo, um pouco maior que dois cen­
tímetros quadrados e meio.

196
Decocção de Alism a

jt t » < 5 T Í W ? « 1 6 0 : « « H i f f f l U * 0 : iâ 2 .
£< »n « 1 6 0 : « » s s . * £ + # . m m s .»
. * e iH * a » e tS o

Imperador Amarelo: Há um caso em que


o paciente tem febre generalizada com
amolecimento dos membros e suores
excessivos.

O paciente fica vulnerável ao vento, tem respi­


ração curta e até dificuldade de respirar. Qual é
a doença e como tratá-la?

Qibo: É chamada jiufeng (s e n tid o ^ \


literal, vento líquido). Pegar 5 gra­
mas de alisma, 5 gramas de ovate
atractylodes, e 2,5 gramas de mi-
xiam para serem transformados em
pó. Use cerca de 3 pitadas antes
das refeições.

A alisma tem um efeito filtrante brando, que livra


da água e do calor-umidade. Ovate atractylodes
é quente e amargo por natureza, tendo um efeito
de secar a umidade e regular a transpiração.
Mixian é uma espécie de remédio para reuma­
tismo.

197
V inho de Frango

ÍM 3 t : W ii'il't t i* . S Ã S W h Ê
■ ft. llÈ H 6 S í t 0 : S A S ffi- ® S
ÍÉí:£?ÍH»J? «100: íã^Km^SS. - « »
~ « a .

Imperador Amarelo: Há um tipo de distensão Qibo: A doença se chama distensão de tam­


no estômago e no abdômen. O paciente é bor e pode ser curada com dois preparados
incapaz de se alimentar mesmo tarde da de vinho de frango.
noite, após ter se alimentado bem pela
manhã. Qual é a doença e 4 0 fà
como curá-la?

Não consi
go comer.

A natureza da carne d e \
frango é capaz de dis­
persar o acúmulo e
direcionar o qi para
baixo, liberando a urina
e as fezes. É real­
mente um vencedor da
perversa o b s tru ç ã o ^ /

Zhang
Jingyue

198
Pílulas de Choco e Garança

$ 0 : « Í K W tó íf r t . t t í Â . « S M
£ H H 1 8 J t. Ü J » « . ífe«jM, E s a » . B K .
w w B íe ju . « S í* ) í5 j? m n tm ü è íè b : m
« jM S . « W A J S * .
’H SSffFft. ia :
? a t m * ? iifiis s : u e a a M f t . - S Í 5 - »
AWttSP. *in/Jvã: WEAAgífi.
í s w í f iè r t . « S ã ^ a ^ ffF -fe o

Imperador Amarelo: Há uma espécie de distensão


no peito e laterais das costelas que afeta a alimen­
tação e se assemelha à respiração dos peixes e
outros animais.

A paciente pode ter um refluxo de


líquidos claros ou pode até
mesmo vomitar sangue. Os mem­
bros ficarão gradualmente frios, os
olhos terão visão distorcida,
haverá sangue na urina e nas
fezes. Qual é o nome da doença e
qual a causa?

199
Qibo: A doença é a
“Dissecação do Sangue", Já estou quase A
que tem suas raízes no san- boa. J
(gramento maior sofrido pela
paciente na puberdade.

— s tl
Pode também ser resultado de relações sexuais
após beber, o que gasta a essência do qi e pre­
judica o fígado, causando menstruação escassa
ou mesmo um bloqueio menstrual._____________
Misture pó de choco (um molusco, per­
fazendo quatro quintos) e garança (uma
planta, perfazendo um quinto) com ovo
de pardal, amasse a mistura e faça
pequenas pílulas do tamanho de feijões.

Tome cinco pílulas com sumo de água de


madrepérola, que limpa os intestinos e dá
vigor ao fígado lesado.

A pílula também suplementa o sêmen, o


qi e o sangue, fortalecendo os pulmões,
o fígado e os rins, tornando a circulação
sangüínea mais rápida e facilitando a
menstruação. Por isso, é eficaz na dis­
secação do sangue e depleção de
v sêmen. >

Nota: O choco é salgado e quente, eficaz nos corrimentos vaginais brancos e vermelhos. A
garança é doce e fria, capaz de estancar o sangue e deter a hemorragia, bem como harmo­
nizar o sangue e liberar a menstruação. O ovo de pardal é doce e quente e pode suplemen­
tar o sêmen e o sangue, curando a impotência e o corrimento vaginal, bem como a consti­
pação e a urina com ardor. A madrepérola é picante e quente e pode liberar o sangue e
suplementar o yin qi. E o sumo de madrepérola fervida, tomado com outros remédios, limpa
o sangue coagulado.

200
Bebida de Forsythia

W.ÍH- S ï » . « B J ftft, l.
* ü . * Í B # / J 'ã « l í ü
a m « « — ?)-. a s A s tH »
. »13IÍÍ:. m ft, * í ã ± . /ÇiïiÜM Æ . B .

As dores dos lados das costelas numa mulher Encha um litro com folhas e raízes de forsy­
não podem ser curadas através da acupuntu­ thia e coloque-as em 16 litros de água para
ra, que iria causar ulceração nesse caso. À ferver. Depois ferva novamente em fogo bran­
observação cuidadosa, vêem-se caroços do do até que fiquem 3 litros da mistura. Tome o
tamanho de feijões. remédio de uma vez, entrando numa tina
quente com roupas pesadas. A paciente
estará curada após suar em abundância.

Nota: Amarga e levemente fria, a forsythia tem


como efeito drenar o fogo da febre tanto dos dois
canais do coração e do fígado, reduzindo o calor
e eliminando a toxina, limpando os abscessos
profundos e dissipando o que está estagnado.
Todos os tipos de furúnculos estão ligados ao
coração. E a forsythia é um remédio eficaz con­
tra furúnculos.

201
Exemplos do C ultivo da M o ra l

As pessoas devem
cultivar a moral nas
Tenha cuidado
pequenas coisas.,
para não
escapar. .

Confúcio

Aquele que perdeu a


carteira deve estar
muito preocupado. Significa não ser
excessivo nem
insuficiente. .

Pode explicar, por


favor, qual a dou­
trina das maneiras
V douradas? S

Seja amável

Seja contido. Seja magnânimo.


Mesmo uma
vasilha de O vovô deve
arroz é fruto do ganhar a pêra
v esforço, j v. maior. /

202
Suplante a A legria com o Espanto

No romance “Os Eruditos!’, há um conto sobre


Fan Jin, que teve repetidos malogros nos
exames provinciais por vários anos.

Haha!
Passei!
Que rapaz
estúpido!

Só conseguiu passar nos exames quando já


tinha bastante idade, mas ficou mental­
mente perturbado de tanta alegria.
Veja se pode curá-lo
através do espanto. Ou
entáo, seu genro estará Querido.
Obrigado, Me des­
destruído. culpe pela
pai.
grosseria.

Seu maldito!
No que você passou?
Estão apenas
enganando você!

Como resultado, Fan Jin desmaiou, mas ficou


são novamente após recobrar a consciência.

203
Sobrepuje a Obsessão com a Raiva

Conta-se nos “Comentários sobre Casos Médicos


Antigos e Contemporâneos”, que um médico
famoso, Zhu Danxi, tratou uma vez uma mulher,
cujo marido tinha estado ausente de casa, a negó
cios, durante 20 anos.

Lamentando por seu marido, perdeu o apetite e


se tomou lenta e inativa como se fosse muda e
boba, e nenhum remédio,surtia efeito. Somente remé
dios nâo irão
curar. Deixe-
me per­
guntar..
O que eu posso
fazer?

Após examinar a paciente, o doutor Zhu


Danxi disse ao pai que ela estava com o qi
represado como resultado da obsessão pro­
longada e que tinha que ser tratada com psi-
coterapia em vez de somente com remédios

204
Seguindo os conselhos do médico, seu pai Então, a paciente começou a comer após
lhe deu alguns tapinhas no rosto, seguidos de tomar alguns remédios prescritos pelo
repreensão. A paciente ficou muito zangada médico, que disse a seu pai que, em segui­
com isso e rompeu em lágrimas. da, contasse à ela que tinha recebido uma
carta de seu marido dizendo que estaria de
volta ao lar após tanto tempo.

205
Supere a Tristeza com a A legria

^ O que
Zhu Danxi, um médico famoso da Dinastia
acha da
Yuan, uma vez tratou um jovem letrado
doença do Sinto muito
que tinha desenvolvido uma doença, resul­
meu
tante de sofrimento por causa da morte da
esposa logo após o casamento.

O paciente não mostrava sinais de melhora,


apesar de médicos ilustres terem ido vê-lo e
prescrito inúmeros remédios.

Ele disse ao
paciente: “A julgar
por seu pulso, você
está grávido de
meses”.

Então mandaram buscar Zhu Danxi...

206
O jovem letrado explodiu em risadas. Depois disso, não podia parar de rir toda
vez que se lembrava do médico. E, com fre­
qüência, contava isso às pessoas para que
pudessem dar boas gargalhadas.

Você deve ir ao
médico e expressar
seus agradecimen­
De bom humor, o jovem letrado se recuperou tos sem d e m o r a ^ ^
gradativamente com o tempo, e seu apetite
melhorou muito.

Mamãe, estou
me sentindo
bem sem
nenhum
remédio.

Somente então, sua mãe contou a ele da


conduta do médico, superando o sofrimento
com a alegria.

207
Supere a Preocupação com a Raiva

Conta-se na “História dos Três Reinos!', que o Após examinar o paciente, Hua
famoso médico Hua Tuo tratou um magistrado Tuo resolveu aplicar psicotera-
que estava melancólico e deprimido, como pia para curar sua doença,
resultado de uma enfermidade prolongada. tornando-o zangado.

Assim, Hua Tuo permaneceu na casa do ma­


gistrado, comendo e bebendo exagerada- O magistrado ficou furioso. Em seguida,
mente, pedindo uma enorme quantia em ouro Hua Tuo saiu sorrateiramente, sem mesmo
e prata, mas sem fazer nada para curar sua se despedir, mas deixando uma carta
doença. desaforada.

208
0 magistrado ficou Mais tarde, teve notí­
possesso de raiva e cias de que o médico
enviou pessoas para não podia ser encontra­
matarem o médico. do em lugar nenhum, o
que o deixou ainda
mais furioso. Como
resultado, vomitou um
coágulo de sangue
escuro. ^ ^

No entanto, depois disso começou a melhorar


aos poucos. \ --- ---------------
s -------------------- v. \ f Que engraça­
do senhor co m e u \ do! Me sinto
duas tigelas de muito melhor!
V arroz! Á rrrv v
-i7iyv

A raiva irá forçar o qi para cima, o


que irá ativar o fluxo sangüíneo, e
que irá forçar a saída de sangue
estagnado, resultando na recupe­
' Que felicidade! C
ração da doença.
IEstou plenamente1
recuperado. J

209
Supere a A legria Excessiva com Preocupações

Havia um exemplo num livro de medicina da Dinastia


Qing sobre superar a alegria excessiva com preocu­
pações. Li Dajian, um jovem que vinha de uma longa
linhagem de pastores, passou nos exames provinciais.

Honorável Li,
seu filho passou
nos exames
provinciais!

Mais tarde, o jovem passou no exame


nacional e se tornou um alto funcionário.
Seu pai ficou mais contente ainda e riu dia
e noite por mais de 10 anos, antes que um
médico da corte fosse mandado para tratá-
lo de sua doença obstinada.

210
211
Supere a Raiva com a Alegria

Conta-se no capítulo “Sete Fatores


Emocionais” do livro “Casos Médicos Antigos
e Contemporâneos" como o doutor Zhang
Zihe tratou a mulher de Xiang Guanling que Quais são os A senhora
estava constantemente irritada, ofendendo e sintomas? costumava
gritando com as pessoas, incapaz de comer ser amável e
embora tivesse fome. generosa.

Seus idiotas!
Esperem até
que eu quebre
seus
pescoços!

Como ela não


se curou após
um tratamento
prolongado,
Zhang Zihe foi
enviado para
vê-la.

Zhang solicitou
ao marido que Venha, querida.
arranjasse duas Há uma repre­
mulheres sentação exce­
maquiadas de lente.
maneira
engraçada para
divertir sua
esposa.

212
A esposa não podia parar de comer.
Zhang Zihe é, sem
dúvida, um médico
maravilhoso.

Por muito tempo ela continuou bem. Sua raiva


foi embora e seu apetite aumentou.
Clássico de M
‘ edicina
do Imperador Amarelo
Tratado Soère a Saúde e Vida Longa
Como se pode chegar à idade avançada de 100 anos? Para responder a esta
pergunta, não pesquise outro livro a não ser o Clássico de Medicina do
Imperador Amarelo: Tratado Sobre a Saúde e Vida Longa.
Huang D i, ou Imperador Amarelo, é tido como o ancestral do povo chinês.
Entre suas muitas contribuições à cultura e ciência chinesas, está o Clássico
de Medicina do Imperador Amarelo: Tratado Sobre a Saúde e Vida Longa ,
que é visto como a maior autoridade do conhecimento médico chinês. O Tratado
consiste em duas partes: Suwen e Lingshu, o primeiro sobre a natureza orgânica
e fundamentos da natureza, e o último, sobre acupuntura e moxabustão.
Os seres humanos são a prole do universo e estão naturalmente sujeitos aos
elementos do mundo cósmico e às leis imutáveis da natureza. O meio ambiente,
o modo de vida e as emoções são todos fatores importantes que afetam a saúde.
A melhor maneira de se conseguir uma vida longa e saudável é se adaptar ao
clima e às mudanças sazonais, resguardar-se da dissipação de energia e manter
um equilíbrio harmonioso do yin e do yang. 0

Tão profundo conhecimento médico chinês é revelado de forma concisa e


viva aos leitores através de ilustrações. Os desenhos e diálogos proporcionam
uma certa graça para aliviar a forma de aprender a sofisticada teoria e praticar
uma ciência antiga. Sem dúvida, este livro é uma dádiva àqueles que desejam
obter um acesso mais fácil ao labirinto da medicina chinesa.