Vous êtes sur la page 1sur 5

ESCOLA SÃO DOMINGOS

BATERIA DE EXERCÍCIOS – 3º TRIMESTRE

GEOGRAFIA – 2º ANO

GEOGRAFIA AGRÁRIA

1. Existe uma concepção de reforma agrária que visa


basicamente a introdução de novas tecnologias
agrícolas como elemento importante para o aumento
da produtividade. Por exemplo, na Índia, foi feita
uma experiência agrária, chamada de Revolução
Verde, através do cultivo de um arroz especial, o IR-
8, desenvolvido em laboratório por técnicos norte-
americanos e europeus, que cresce mais rápido e
produz mais no mesmo espaço de terras. Entretanto, a) 1- Dairy belt, 2 - Green belt, 3 - Wheat belt.
sozinhas, tais medidas não resolveram os problemas b) 1- Corn belt, 2 - Dairy belt, 3 - Cotton belt.
c) 1- Green belt, 2 - Wheat belt, 3 - Corn belt.
socioeconômicos, e na Índia a fome é crônica.
d) 1- Dairy belt, 2 - Corn belt, 3 - Cotton belt.
e) 1- Wheat belt, 2 - Cotton belt, 3 - Green belt.
Explique por que essa Revolução Verde não resolveu
os problemas da fome, relacionando-a com a
concepção de reforma agrária posta em prática na
5. Examine o mapa a seguir.
Índia.

2. O gráfico ilustra o controle do agroecossistema em


dois tipos de agricultura.

O mapa representa a distribuição das terras férteis do


mundo.
"Os países pobres não se desenvolveram porque
Fonte: Benjamin R. Stinner e Garfield J. House, "Role of tinham extensas áreas de terras férteis."
Ecology in Lower - Input, Sustainable Agriculture: An A partir da Revolução Industrial, a afirmação entre
introduction", American Journal of Alternative Agriculture, aspas pode ser considerada verdadeira ou falsa?
Vol. II, nŽ4, Fall 1. Justifique.
a) Com base nas informações contidas no gráfico,
identifique os dois tipos de agricultura. 6. O diretor-geral da FAO (Organização das Nações
b) Discorra sobre os impactos ambientais decorrentes Unidas para a Agricultura e a Alimentação) declarou,
da adoção de cada um deles. em entrevista à "Folha de São Paulo" de 19/12/93, que
passam fome em todo o mundo 786 milhões de
pessoas. Tal situação, entretanto, está acompanhada
3. Estabeleça comparações entre a agricultura de um grande paradoxo, que consiste no fato de que:
itinerante e a agricultura de jardinagem do ponto de
vista das técnicas agrícolas e da mão-de-obra. a) são centenas de milhões de famintos que se
concentram principalmente na África e na América
Latina.
4. Com base no mapa adiante, das principais zonas b) a fome é provocada pela pobreza, desigualdade
agrícolas dos EUA, identifique os cinturões social e ignorância.
numerados: c) a fome penaliza especialmente as crianças, as
mulheres e os idosos dos países mais pobres.
d) existem centenas de milhões de famintos num e) a Índia possui o maior rebanho bovino do mundo e
mundo onde há comida para todos. a produção de leite e manteiga é bastante
e) a fome leva à morte não só por destruição, mas importante na alimentação da população, o que
também por expor a doenças infecciosas as leva à exportação de matrizes para outras regiões
pessoas debilitadas, principalmente as crianças. da Ásia.

7. Em todo o mundo, o uso de pesticidas na 10. Considere pequenos estabelecimentos


agricultura aumentou rapidamente depois de agrícolas os que têm uma área de até 100
1950. Eles foram introduzidos para ajudar no hectares; médios os que têm uma área entre 100
aumento da produção de alimentos, mas criaram e 1.000 hectares; e grandes os que têm área de
outros problemas bastante sérios. 1.000 e mais hectares. Em 1985, no Brasil, do
total do pessoal ocupado na agricultura, 79,5%
Assinale a alternativa que indica problemas gerados trabalhavam em pequenos estabelecimentos,
pelo uso indiscriminado desses produtos químicos. 16,1% em médios e 4,2% em grandes
estabelecimentos. Nesse mesmo ano, os pequenos
a) Alteração no processo de seleção natural, redução estabelecimentos representavam 90,0% do
das áreas aráveis, aumento da poluição número total e ocupavam 21,1% da área total. Os
atmosférica. grandes estabelecimentos representavam 0,85%
b) Contaminação de alimentos, poluição das águas, do número total e ocupavam uma área
envenenamentos de homens e animais. equivalente a 43,8% da área total dos
c) Diminuição de predadores naturais, redução da estabelecimentos do país. Além disso, a área das
camada de ozônio, aumento das terras irrigadas. lavouras dos grandes estabelecimentos equivalia
d) Eliminação total das pestes, diminuição dos casos a cerca de 1/3 da área de lavouras dos pequenos
de envenenamentos em animais, aumento das estabelecimentos.
terras de uso não agrícola. Em 1985 mais de 1 milhão de famílias lutavam
e) Aumento do número de insetos, redução da área de por acesso à terra.
plantio, elevação da temperatura do ar.
Considerando apenas essas informações, desenvolva
argumentos que justifiquem a necessidade e a
8. Identifique a(s) característica(s) comum(ns) aos importância de uma reforma agrária no Brasil.
sistemas agrários do Japão e dos EUA:

a) altos salários, intensa utilização de mão-de-obra e


GEOGRAFIA URBANA
de máquinas modernas.
b) diminuição da produção de hortifrutigranjeiros e
11. Observe o gráfico.
intensificação da pecuária.
c) predominância de minifúndios cultivados por
numerosa mão-de-obra familiar.
d) produção de monoculturas com ampla utilização de
tecnologia.
e) substituição de produtos de exportação por
produtos de consumo interno.

9. A Índia, embora tenha grande produção industrial,


ainda é considerada como um país agrícola.

Essa classificação pode ser justificada porque:


A leitura do gráfico e os conhecimentos sobre a
urbanização mundial permitem afirmar que:
a) cerca de 3/4 da população economicamente ativa
habita na área rural e existe grande número de
a) o rápido processo de urbanização tenderá a
"plantations" onde se cultivam, principalmente,
concentrar o maior número de megacidades nos
amendoim, cana-de-açúcar e algodão.
países subdesenvolvidos.
b) existe grande número de "plantations", onde se
b) a rápida urbanização deverá transformar as
cultivam principalmente chá, cana-de-açúcar,
megacidades asiáticas em cidades globais de
algodão e 30% da população economicamente
primeira grandeza.
ativa encontra-se no setor primário.
c) os continentes que apresentarão maior número de
c) existe grande número de "plantations" de algodão e
megacidades são aqueles que recebem maior
amendoim e 40% da população economicamente
número de imigrantes.
ativa insere-se no setor primário cultivando arroz
d) na hierarquia urbana mundial as megacidades de
em propriedades de menos de 5 hectares.
2015 deverão concentrar maior hegemonia política
d) a Índia, apesar de situar-se na primeira colocação
e econômica.
em termos de população, é auto-suficiente na
e) no futuro a globalização permitirá aos atuais países
produção de alimentos tendo, nas últimas décadas,
subdesenvolvidos da Ásia e da América tornarem-
acabado com sua fome histórica.
se desenvolvidos.
12. 14. Sobre a urbanização brasileira, as afirmativas
abaixo trazem informações corretas, EXCETO:
As recentes transformações urbanas
implicam um aprofundamento do processo de a) Apesar do significativo crescimento de várias
segregação sócio-espacial agravado pela metrópoles regionais nos últimos vinte anos, as
violência urbana. A emergência de um novo quatro maiores cidades brasileiras continuam sendo
padrão de segregação residencial é marcada
São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e
pelos denominados "enclaves fortificados", os
Salvador.
quais representam a incorporação de um
estilo de vida relacionado a novos b) Em geral, a urbanização dos países de
comportamentos de consumo, inspirado nas industrialização tardia como o Brasil se deu de
metrópoles americanas. O consumo refere-se, forma mais acelerada e caótica do que a dos
principalmente, ao acesso de bens, serviços e países centrais.
valores sócio-espaciais simbólicos, tais como o c) A urbanização brasileira seguiu o modelo europeu:
verde, a privacidade, o status e a segurança. o maior fluxo proveniente do êxodo rural direcionou-
se para centenas de cidades de pequeno e médio
porte, assim proporcionando uma distribuição mais
São representantes da situação descrita equilibrada da população urbanizada.
anteriormente: d) No Brasil, pode-se afirmar que o crescimento
populacional mais acelerado nas metrópoles se
a) Os conjuntos habitacionais, os conjuntos deve, em parte, ao êxodo rural, que se intensificou
comerciais e os espaços de lazer e turismo.
principalmente com a mecanização agrícola.
b) Os condomínios fechados residenciais, os
conjuntos de escritórios e os "shopping centers". e) A maioria das grandes cidades brasileiras situase
c) As favelas, os condomínios comerciais e as nas proximidades das regiões litorâneas, num
fábricas. reflexo direto do processo histórico de colonização:
d) As associações de moradores, as galerias a ocupação do território brasileiro pelos europeus
comerciais e os parques fabris. partiu do litoral para o interior.
e) Os cortiços, os pontos de comércio urbano e as
áreas de trocas informais.
15. A rede urbana constitui um conjunto de cidades
articuladas entre si que formam uma hierarquia de
13. As cidades no mundo vêm apresentando, desde os
graus de comandos estabelecida pelo tamanho e pela
meados do século, e particularmente nas últimas
oferta de bens e serviços de cada cidade.
décadas, significativas mudanças na sua forma Apresente três fatores que estão alterando a hierarquia
(morfologia). Fatos que representam, influenciaram ou da rede urbana brasileira.
estão associados a estas mudanças, são:

( ) a disseminação do uso do transporte individual


automotivo, requerendo vias largas e amplas 16. "A rápida urbanização pela qual passou a
áreas de estacionamento. sociedade brasileira foi certamente uma das
( ) a presença das grandes estruturas do varejo, principais questões sociais experimentadas no país
denominadas Shopping Centers, que passaram no século XX. Enquanto em 1960 a população urbana
a competir com os tradicionais "centros" das
representava 44,7% da população total, no ano 2000,
cidades que, em muitos casos, entraram em
decadência. 81,2% da população brasileira vivia em cidades. Essa
( ) o desenvolvimento das vias de contorno transformação, já imensa em números relativos,
(perimetrais), na circulação urbana das médias e torna-se ainda mais assombrosa se pensarmos nos
grandes cidades, vias estas ligando os números absolutos, que revelam também o
subúrbios espalhados e revelando a crescente
importância de outros roteiros de deslocamento crescimento populacional do país como um todo: em
dentro da cidade, para trabalho, compras, 40 anos a população urbana aumentou de 31 milhões
serviços etc. que não aqueles deslocamentos para 137 milhões, ou seja, as cidades receberam 106
radiais da população em direção ao centro. milhões de novos moradores no período. A
( ) a formação dos corredores de serviços e urbanização vertiginosa, coincidindo com o fim de um
comércio, seja nas vias radiais seja nas de
contorno, como espécies de centros alongados, período de acelerada expansão da economia,
que competem com o velho centro e introduziu no território das cidades novos e
pressupõem uso amplo do transporte individual. dramáticos significados".
( ) a criação de secções ou zonas funcionais nas "Estatuto das Cidades". Brasília, 2005.
grandes cidades - fora do centro tradicional mas
beneficiadas por acesso - com concentração de Cite três exemplos de como esses dramáticos
serviços, como saúde, finanças, seguros, significados se apresentam no território urbano.
consultorias, imobiliárias, escritórios de firmas
em geral, transportadoras, serviços etc.
17. Observe a imagem: a) São Paulo é considerada a metrópole mundial
brasileira;
b) ocorre uma ruptura na hierarquia urbana tradicional.

19. Os índices referentes à inclusão/exclusão social no


município de São Paulo reafirmam a existência de um
padrão de estruturação urbana típico das metrópoles
latino-americanas.
Esses índices variam de -100 (extrema exclusão
social) a +100 (máxima inclusão social). Observe o
quadro e responda.

Projeto Rede Memória da Maré-CEASM


Favelário Nacional (fragmentos)
Carlos Drummond de Andrade

Tenho medo. Medo de ti, sem te conhecer,


medo só de te sentir, encravada
favela, erisipela, mal-do-monte
na coxa flava do Rio de Janeiro.

Medo: não de tua lâmina nem de teu revólver


Nem de tua manha nem de teu olhar.
Medo de que sintas como sou culpado
e culpados somos de pouca ou nenhuma
irmandade. ("Folha de S. Paulo", 22.09.2002)

As favelas fazem parte da vida e da paisagem do Rio a) Quais são as características principais deste padrão
de Janeiro, onde cerca de 18% da população do de estruturação urbana?
município vivem em áreas residenciais consideradas b) Como e por que a variação populacional ocorre
precárias. Entretanto, uma parcela ponderável da diferentemente no interior destas metrópoles?
sociedade vê esses bairros populares como territórios
uniformes da pobreza e da violência.
20. O contraste entre as fotos a seguir é um exemplo
a) Apresente a imagem negativa predominante a das transformações por que passou a cidade do Rio
respeito das favelas do Rio de Janeiro (ou de outra de Janeiro em mais de meio século.
grande cidade) e de seus moradores.
b) Apresente características da vida cotidiana nesses
espaços que neguem a visão socialmente
predominante acerca das favelas.

18. Observe a imagem:

Dois processos fundamentais que contribuíram para


essas transformações são:

a) mudança da capital para Brasília, em 1960, e


criação das zonas administrativas, em 1978.
b) constituição da Região Metropolitana, em 1945, e
renovação urbana com o Rio Cidade I, em 1980.
c) verticalização acentuada, a partir dos anos 1950, e
(MOREIRA, Igor. "O espaço geográfico". São Paulo: Ática, difusão do transporte rodoviário, a partir dos anos
2003.) 1960.
d) ampliação de moradias na periferia, a partir dos
No mapa acima encontra-se representado o modelo anos 1970, e expansão urbana da Zona Oeste, a
informacional presente no território brasileiro. partir dos anos 1980.
Explique por que, nesse modelo:
GABARITO

1. População excessiva, sistema de castas.


17.
2. a) A visão predominante no senso comum atribui aos
a) Agricultura tradicional à esquerda; auto-sustentada espaços das favelas a concentração da pobreza, da
à direita do gráfico. ilegalidade, da marginalidade, da violência, do caos,
b) À direita - controle biológico de pragas, aumento da desordem social, do poder e do controle do tráfico
gradativo da produção; de drogas e de foco da violência que hoje grassa na
À esquerda - uso de defensivos químicos esgotam o cidade. Essas características são generalizadas para
solo, cai a produção. todas as favelas e todos os seus moradores.
b) A outra visão é a de que a favela se constitui em um
3. Itinerante - rudimentar pouca mão-de-obra espaço de moradia possível para um grupo social
Jardinagem - cultura técnica muita mão-de-obra formado em sua maioria por famílias de trabalhadores
que não têm condições de obter uma casa própria ou
4. D de pagar aluguel e/ou de trabalhadores que se
sujeitam a morar em condições mais precárias, mas
5. Falsa. A melhor utilização de recursos naturais está em locais mais próximos do trabalho, do que em áreas
diretamente ligada à evolução tecnológica. muito distantes, onde o preço da moradia é mais
barato, mas a ineficiência dos transportes e os gastos
6. D monetários e de tempo com esses transportes pesam
demais em seu orçamento e em sua condição física.
7. B
18.
8. A a) São Paulo é a metrópole mundial brasileira porque
exerce controle sobre os principais sistemas de
9. A comunicação, além de oferecer bens e serviços mais
sofisticados e diversificados. É a partir de São Paulo
10. Facilitar o acesso às terras, principalmente aos que as atividades econômicas realizadas no território
latifúndios improdutivos. brasileiro são integradas à economia internacional,
visto que há uma concentração das sedes de grandes
11. A empresas na cidade.
b) Ocorre devido à expansão das redes telemáticas,
12. B em que um número crescente de usuários e empresas
negociam diretamente entre si, independentemente de
13. V - V - V - V - V distâncias físicas e do porte das cidades na qual estão
sediados.
14. c
19.
15. Entre os fatores que alteram a hierarquia da rede a) Os distritos mais centrais têm maior inclusão social,
urbana no Brasil estão: as mudanças infra-estruturais devido ao maior desenvolvimento e requinte de sua
de transporte e telecomunicação; a relocação infra-estrutura e a uma variação populacional negativa
geográfica dos investimentos; o surgimento de novos entre 1991 e 2000.
setores produtivos; a logística e a gestão empresarial; A infra-estrutura desses distritos atende às
desmetropolização e o crescimento das cidades de necessidades de sua população, com tendência a uma
porte médio; as mudanças nos hábitos de vida; ampliação no índice de inclusão decorrente da
redirecionamento nos fluxos migratórios e a diminuição da população e do menor acesso das
redistribuição da população. populações de baixa renda a esses distritos.
Nos distritos mais periféricos a constatação é que a
16. Pode-se apresentar os seguintes siginificados: grande variação populacional positiva dificulta a
- as imensas diferenças entre as áreas centrais e as ampliação da infra-estrutura e, por extensão, dificulta a
periféricas das regiões metropolitanas; inclusão social.
- a ocupação precária das invasões e loteamentos Nesses distritos, pode-se observar um grande número
clandestinos em contraposição à alta qualidade dos de favelas, além de estarem entre os mais violentos da
bairros reservados às camadas de maior renda; cidade.
- a linha divisória entre o morro e o asfalto e as muitas b) Dentre os fatores relacionados à variação
outras variantes dessa cisão, presentes nas cidades populacional, destacam-se: o crescimento vegetativo e
de diferentes tamanhos e diferentes perfis as migrações. As taxas de crescimento vegetativo são
econômicos; maiores nas regiões mais pobres, devido ao nível de
- a cidade dividida entre a porção legal, rica e com instrução mais baixo, além disso a população que
infra-estrutura, e a ilegal, pobre e precária, expressa migra para as metrópoles tende a estabelecer-se nas
as desigualdades de renda e é mais um agente na áreas periféricas, onde as habitações têm custo menor
reprodução dessa desigualdade porque a população por causa do menor desenvolvimento da infra-
que está em situação desfavorável acaba tendo muito estrutura.
pouco acesso às oportunidades de trabalho, cultura e
lazer. 20. C