Vous êtes sur la page 1sur 1

Avaliação: 1ºB( ) 2ºB ( )

Exame Final: ( )

Curso: Ciências Contábeis Disciplina: Legislação Tributária Data 27.11.2017


Valor da Avaliação:
Aluno: Ricardo Professor(a): Donizeth A Silva
Nota: _____

1) Pesquise e relate os conceito relativos aos crimes contra a ordem tributária e a legislação
que sustenta.

De acordo com os artigos iniciais da Lei 8.137, de 27 de dezembro de 1990, constitui crime contra a
ordem tributária suprimir ou reduzir tributo, ou contribuição social e qualquer acessório, mediante
as seguintes condutas:
a) omitir informação, ou prestar declaração falsa às autoridades fazendárias;
b) fraudar a fiscalização tributária, inserindo elementos inexatos, ou omitindo operação de
qualquer natureza, em documento ou livro exigido pela lei fiscal;
c) falsificar ou alterar nota fiscal, fatura, duplicata, nota de venda, ou qualquer outro
documento relativo à operação tributável;
d) elaborar, distribuir, fornecer, emitir ou utilizar documento que saiba ou deva saber falso
ou inexato;
e) negar ou deixar de fornecer, quando obrigatório, nota fiscal ou documento equivalente,
relativa a venda de mercadoria ou prestação de serviço, efetivamente realizada, ou fornecê-la em
desacordo com a legislação. A falta de atendimento da exigência da autoridade, no prazo de 10 (dez)
dias, que poderá ser convertido em horas em razão da maior ou menor complexidade da matéria ou
da dificuldade quanto ao atendimento da exigência, caracteriza a infração.

2) Pesquise e relate conceito de receita derivadas e receitas originarias originária, com


exemplificaçoes e normas legais?

Receitas públicas originárias: também chamadas de receitas não tributárias, são as que decorrem
da exploração do bem público. Podemos citar como exemplos as atividades do Estado submetidas
ao direito privado (contratos, herança vacante, doações etc.), a exploração do patrimônio do Estado
(vias públicas, mercados, espaços em aeroportos etc.) ou em decorrência de serviços públicos
prestados por concessionário (preço público).
Receitas derivadas: são as que provêm do constrangimento sobre o patrimônio particular. São os
tributos (com exceção dos empréstimos compulsórios, pois estes constituem entradas provisórias) e
as penalidades (pecuniárias - multa - ou não - perdimento e apreensão de bens etc.).
Tributos são eceitas derivadas (art. 9º, Lei n. 4.320/64), em razão de sua compulsoriedade, as tarifas
ou preços públicos são receitas originárias, pois são facultativos.