Vous êtes sur la page 1sur 9

TEORIA DAS FUNDAÇÕES

EXERCÍCIOS SOBRE O DIMENSIONAMENTO


DE
MUROS DE SUPORTE
(2002/03)

DEC – FCTUC
1 – Utilizando a teoria de Rankine, determine as acções externas que actuam sobre o muro de
suporte, nas seguintes condições:
a)

Areia
φ’ = 30º
H = 10.0 m c’ = 0
γ = 18 kN/m3
H = 3.0 m

b)

q = 20 kN/m2

Areia
q = 20 kN/m2 φ’ = 30º
H = 10.0 m c’ = 0
γ = 18 kN/m3
H = 3.0 m

c)

Areia
φ’ = 35º
5.0 m
c’ = 0
γ = 18 kN/m3
Areia
5.0 m φ’ = 30º
c’ = 0
γ = 18 kN/m3

DEC – FCTUC TF - Exercícios sobre o dimensionamento de muros de suporte - 2002/03 1


d)

q = 20 kN/m2
N.F. N.F.
15º

Areia
φ’ = 30º
H = 10.0 m c’ = 0
γsat= 20 kN/m3
H = 3.0 m

3.0 m

e)

q = 20 kN/m2

Areia
5.0 m φ’ = 35º
c’ = 0
γ = 18 kN/m3 N.F.
Areia
N.F.
φ’ = 30º
5.0 m
c’ = 0
3.0 m γsat= 20 kN/m3
3.0 m

f)

q = 10 kN/m2

Argila
φ’ = 25º
H = 10.0 m c’ = 20 kPa
γ = 18 kN/m3

H = 3.0 m

2 DEC – FCTUC TF - Exercícios sobre o dimensionamento de muros de suporte - 2002/03


g)

20º

Areia
φ ’ = 30º
H = 10.0 m c’ = 0 kPa
γ = 18 kN/m3

2 – Utilizando a teoria de Coulomb, determine as acções externas (solução analítica) que actuam
sobre o muro de suporte, nas situações indicadas no exercício anterior.
Compare, para as mesmas situações, os valores dos impulsos calculados por cada teoria, e
comente os resultados obtidos relativamente aos princípios em que se enquadram essas teorias.
Nota: considere para ângulo de atrito terras-muro (δ) o valor de 2/3φ’.

3 - Considere o muro de alvenaria (γalv= 24 kN/m3) representado na figura. Calcule e compare os


factores de segurança relativos ao derrube e ao escorregamento pela base, nas seguintes
situações:
a) terrapleno horizontal e solo seco;
b) terrapleno horizontal e nível freático a uma profundidade de 3m;
c) terrapleno inclinado de 10º e solo seco.

1.0 m

H = 6.0 m
φ ’ = 30º
c’ = 0
γ = 16 kN/m3
γsat = 18 kN/m3
δ b = φ’
3.0 m

DEC – FCTUC TF - Exercícios sobre o dimensionamento de muros de suporte - 2002/03 3


4 – Considere o muro de suporte representado na figura, na qual se incluem as características do
maciço suportado assim como do maciço de fundação do muro.
a) Calcule os factores de segurança relativos ao derrube e ao escorregamento pela base para
condições estáticas (sem consideração da acção sísmica) e com o solo seco.
b) Calcule os mesmos factores de segurança para condições estáticas, e supondo o nível
freático situado no tardoz do muro 4m acima da base do muro, e do lado contrário
coincidindo com a superfície do terreno.
c) Calcule os mesmos factores de segurança para o solo seco, e supondo uma solicitação
sísmica definida por coeficientes sísmicos horizontal e vertical de, respectivamente, 0.2 e 0.

2.0 m 12º

AREIA SOLTA
φ ’ = 30º
c’ = 0
γ = 18 kN/m3
H = 12.0 m γsat = 20 kN/m3
δ = 2/3 φ ’

γmuro = 20 kN/m3

5.0 m AREIA COMPACTA


φ ’ = 40º; c’ = 0
δ b = φ’

4 DEC – FCTUC TF - Exercícios sobre o dimensionamento de muros de suporte - 2002/03


5 – Calcule os coeficientes de segurança relativos ao derrube e ao deslizamento do muro de
suporte representado na figura, considerando que actua sobre o muro uma carga permanente
linearmente distribuída de 200 kN/m e sobre o terrapleno uma sobrecarga variável
uniformemente distribuída de 10 kN/m2 .

G = 200 kN/m

q = 10 kN/m2

2.0 m γd = 16 kN/m3
γsat = 18 kN/m3 N.F.

φ’ = 30º; c’ = 0
2.0 m
γbetão = 25 kN/m3
N.F.
1.0 m
0.5 m
1.0 0.5 4.0 m

6 – Analise a estabilidade ao derrube e ao deslize do muro-cais representado na figura, utilizando:


a) teoria de Rankine;
b) teoria de Coulomb.

q = 10 kN/m2
1.0 m
γbetão = 24 kN/m3

ATERRO
6.5 m φ’ = 30º, c’ = 0 kPa
γ = 18 kN/m3
1.0 m δ = 2/3 φ’
N.F. N.F.

2.5 m TERRENO NATURAL


φ’ = 25º, c’ = 0 kPa
γsat = 21 kN/m3
5.0 m δb = φ’

DEC – FCTUC TF - Exercícios sobre o dimensionamento de muros de suporte - 2002/03 5


7 – Considere o muro de betão armado representado na figura. Dimensione a largura da base de
modo a garantir a segurança relativamente ao derrube e ao deslizamento.

γbetão = 25 kN/m3 0.3 m

γ = 18 kN/m3
1.5 m φ’ = 30º

γd = 17 kN/m3
2.5 m γsat = 20 kN/m3
φ’ = 20º; c’ = 5 kPa

N.F. 0.75 m N.F.

8 – Estabeleça a dimensão a do muro de suporte representado na figura de tal modo que se


verifiquem, em simultâneo, as seguintes condições:
i) coeficiente de segurança relativo ao derrube superior a 1.5;
ii) coeficiente de segurança relativo ao escorregamento superior a 2.0;
iii) resultante das tensões na fundação situada no terço central.

0.5 1.0 a
12 º

φ ’ = 30º; c’ = 0
5.0 m
γ = 18 kN/m3
γbetão = 24 kN/m3
δ base = φ ’
1.0 m δ paramento = 2/3 φ ’

6 DEC – FCTUC TF - Exercícios sobre o dimensionamento de muros de suporte - 2002/03


9 – No muro de suporte de betão armado representado na figura, estabeleça a dimensão a de tal
modo que exista segurança relativamente ao derrube e ao deslizamento.

Q = 50 kN/m (sobrecarga móvel)


γbetão = 25 kN/m3

0.2 m
SOLO 1 γ = 18 kN/m3 2.0 m
φ’ = 30º

SOLO 2 γ = 17 kN/m3
γsat = 19 kN/m3 3.0 m
φ’ = 28º
N.F. N.F.

0.5 m
a 0.5
0.4 0.5

10 – A figura representa um muro de suporte construído em betão armado. Supondo que se


mobilizam as pressões activas no terreno, determine:
a) a altura mínima Z do solo 1 a colocar sobre o solo 2, de tal modo que não se formem fendas
de tracção no terreno;
b) a largura B da sapata, de tal modo que haja segurança relativamente ao derrube e ao
deslizamento, considerando que actua no terrapleno uma sobrecarga variável de 12 kN/m2 e
tomando para coeficiente de atrito terras-muro (tg δ) 0,36.

SOLO 1 γ = 16 kN/m3 Z
φ’ = 30º; c’ = 0
3.0 m

SOLO 2 γ = 18 kN/m3
φ’ = 20º; c’ = 7 kPa

0.6 m
0.6 1.0

DEC – FCTUC TF - Exercícios sobre o dimensionamento de muros de suporte - 2002/03 7


11 – A figura representa um muro de suporte em betão armado de uma instalação industrial, o qual
inclui no seu topo dois canais destinados à circulação independente de lamas com uma baridade
de 12 kN/m3. Esses canais encontram-se separados por uma comporta com 10 cm de
espessura e peso de 2 kN/m. Dimensione a base do muro de modo a garantir a sua estabilidade
ao derrube e ao escorregamento pela base.

8 DEC – FCTUC TF - Exercícios sobre o dimensionamento de muros de suporte - 2002/03

Centres d'intérêt liés