Vous êtes sur la page 1sur 1

Com todo o processo de modernização do cotidiano contemporâneo, vemos de ma forma

injusta como atinge as normas jurídicas, e o direito em si. Esse processo inclusive tem haver
com o que Bauman defendia, que com o passar dos tempos à sociedade iria buscar mais
eficiência, se tornando mais pratica substituindo tantos meios que já nos eram servidos. Em
suma o que ele dizia era o imediatismo que as pessoas procuram, prejudicando nós mesmos
por nem se quer refletimos sobre as ações tomadas durante nossa vida.

A procura pela qualificação no mercado de trabalho, com poucas chances de emprego e a


necessidade de suprir seus bens de consumo, sem ao menos refletir sobre os meios que o
mesmo busca para tornar aquilo concreto é correto , enfim esse é o reflexo do mundo
capitalista em que vivemos, transformando cada vez mais as relações superficiais e
depreciando a formação do ser humano... O futuro ser humano que a presente sociedade
consumista constrói.

A tese defendida por Bauman fundamenta se ate hoje, e cada vez mais. Quanto menos tempo
para nosso´´lado humano´´, ou seja para verdadeiras relações e determinados afetos nos
somos apenas dejetores de ideias sedimentadas. As pessoas defendem um argumento sem se
quer saber se aquilo esta correto ou errado, ´´somos o que vivemos´´ eis uma frase que se
trata da realidade que cada brasileiro vive em qualquer canto brasil. As nossas experiências são
restritamente nossas, outros indivíduos podem ter talvez a mesma, mas nunca igual. No
desenvolver dos argumentos cada um defende aquilo que vive e que já sofreu a triste
realidade desigual do país. Enfatizando a ideia de que devemos tentar entender o outro lado
das pessoas que estão numa situação pior ou melhor que a nossa , isso nos torna humanos.
Coisa que falta muito hoje em dia , conforme essa ideia de consumo vai se disseminando,
devemos parar para refletir sobre o que fizemos , estamos fazendo e sobre o que iremos fazer,
dessa forma estamos contribuindo para uma vida coletiva melhor a cada dia . A democracia,
justiça e liberdade já foram danificadas demais no decorrer da tal republica federativa do
Brasil.

Embasar desses fatos, temos a ética e a moral brasileira afetada, seja nos valores ou no
conjunto de regras e também no comportamento humano. A ética pode ser vista como
o´´modo de ser´´do homem , ou ´´caráter ´´. Ela deve não só ser baseada em seus argumentos
teóricos ou formas de conduta, mas sim aplicar para um bem pacifico e coletivo. Infelizmente
e, principalmente na política é um termo vago, e perdido que não se aplica mais. Uma verdade
que se deve ser entendida aqui é que honestidade nunca vai ser de toda a civilização, porem
deve ser visto como um exemplo a ser seguido independente do que for, por que crimes por
falta de ética, como os que testemunhamos na política brasileira serão cada vez mais vistos, a
educação base desde a criança ate um individuo adulto deve ser impecável para que o mesmo
possa corrigir aqueles imorais e antiéticos o máximo possível. Um comportamento tão
repudioso, e antônimo de pacifico. A moral em contra partida é responsável por esses
determinados comportamentos, porem se um indivíduo tem uma péssima moral é difícil
esperar que o mesmo tenha uma conduta ética.