Vous êtes sur la page 1sur 2

Problemas Resolvidos de Física Prof. Anderson Coser Gaudio – Depto.

Física – UFES

RESNICK, HALLIDAY, KRANE, FÍSICA, 4.ED., LTC, RIO DE JANEIRO, 1996.

FÍSICA 1

CAPÍTULO 4 – MOVIMENTO BI E TRIDIMENSIONAL

44. Um canhão é posicionado para atirar projéteis com velocidade inicial v0 diretamente acima de
uma elevação de ângulo α, como mostrado na Fig. 33. Que ângulo o canhão deve fazer com a
horizontal de forma a ter o alcance máximo possível acima da elevação?

(Pág. 67)
Solução.
Análise do movimento no eixo horizontal (x), onde θ é o ângulo de inclinação do canhão em relação
à horizontal:
=
x x0 + vx t
R cos α= 0 + v0 cos θ t
R cos α
t= (1)
v0 cos θ
Análise do movimento no eixo vertical (y):
1
y =y0 + v y 0t + at 2
2
1
R sin θ =0 + v0 sin θ t − gt 2 (2)
2
Substituindo-se (1) em (2):
R cos α 1 R 2 cos 2 α
=R sin θ v0 sin θ − g
v0 cos θ 2 v0 2 cos 2 θ
cos α 1 R cos 2 α
sin θ sin θ
= − g
cos θ 2 v0 2 cos 2 θ
gR cos 2 α
sin θ tan θ cos α −
=
2v0 2 cos 2 θ
2v0 2 cos 2 θ
=R ( tan θ cos α − sin α ) − (3)
g cos 2 α

________________________________________________________________________________________________________
Resnick, Halliday, Krane - Física 2 - 4a Ed. - LTC - 1996. Cap. 4 – Movimento Bi e Tridimensional
Como R(θ) é uma função cujo ponto de máximo deve ser localizado, devemos identificar o valor de
θ tal que dR/dθ = 0.
dR 2v0 2 cos(α − 2θ ) sec 2 α
= = 0 (4)
dθ g
Resolvendo-se (4) para θ encontramos duas possíveis soluções:
1
 4 (2α − π )
θ =
 1 (2α + π )
 4
Como 0 < α < π/2 (ver figura), a resposta mais coerente é:
1
= θ (2α + π )
4
É claro que resta demonstrar que d2R/dθ2 < 0, equação (3), pois como se trata de um ponto de
máximo, a concavidade da curva nesse ponto deve ser voltada para baixo.

________________________________________________________________________________________________________ 2
Resnick, Halliday, Krane - Física 2 - 4a Ed. - LTC - 1996. Cap. 4 – Movimento Bi e Tridimensional