Vous êtes sur la page 1sur 33

Engenharia & Qualidade

Análise de contas,
demanda e energia

Elaboração: Eng.º Murilo Rocha


Outubro/2015
Análise de Contas de Energia
Engenharia & Qualidade

• Concessionárias de energia
• Matriz energética
• Tipos de consumidores
• Conceitos de energia
• Modalidades tarifárias/tarifas
• Correção do fator de potência
• Banco de capacitores
• Análise de conta e consumo

Fontes: Resolução 414 ANEEL -2010


AES Eletropaulo 2015
ONS – Operador Nacional do Sistema Elétrico
Client Name | Cushman & Wakefield
Análise de Contas de Energia
Energia no Brasil

Client Name | Cushman & Wakefield


Análise de Contas de Energia
Energia no Brasil

A energia elétrica pode ser gerada por meio de fontes renováveis de energia.
No Brasil, onde há um grande número de rios, a opção hídrica é a mais
barata e mais utilizada, apenas *37% é gerada a partir de outras fontes de
energia.

0,01 5,69
1,39 8,62
3,97

17,87

62,45

Biomassa Eólica Fóssil Hídrica Nuclear Solar Importação

Client Name | Cushman & Wakefield


Conceitos Básicos

Client Name | Cushman & Wakefield


Conceitos Básicos
Você sabia?

• Potência Ativa– É a quantidade de potência instalada. Medida em kW.


• Energia Ativa – É a energia capaz de produzir trabalho. Medida em kWh.
• Energia Reativa – É a energia solicitada por equipamentos elétricos que
geram fluxo magnético. Medida em kVarh.
• Demanda medida – É a potência média, medida por aparelho integrador,
apurada durante qualquer intervalo de 15 (quinze) minutos. Medida em kW
ou MW.
• Demanda Contratada – Demanda a ser obrigatória e continuamente
colocada à disposição do cliente, por parte da concessionária, no ponto de
entrega, conforme o valor e período de vigência fixado em contrato. Medida
em kW ou MW.
• Fator de Potência – fator de potência é a medida de como efetivamente
a energia elétrica está sendo usada. Quanto maior for o fator de potência,
melhor será o aproveitamento da energia elétrica e vice-versa

Resolução 414 – ANEEL - 2010


Client Name | Cushman & Wakefield
Conceitos Básicos
Você sabia?

Carga

Durante um período de 3 horas


por dia sua tarifa de energia
elétrica fica mais cara.

Horas Resolução 414 – ANEEL - 2010


Client Name | Cushman & Wakefield
Conceitos Básicos
Você sabia?

• Período Seco compreende um intervalo de sete meses consecutivos,


englobando os fornecimentos abrangidos pelas leituras de maio a novembro
devido à estiagem. (tarifa de energia mais cara).
• Período Úmido, cinco meses consecutivos, compreendendo os fornecimentos
abrangidos pelas leituras de dezembro de um ano a abril devido às chuvas.
(tarifa de energia reduzida).

Eletropaulo/ Resolução 414 – ANEEL -


Client Name | Cushman & Wakefield
2010
Modalidades Tarifárias

Client Name | Cushman & Wakefield


Modalidades
Tipos de consumidores por classe

A1 – 230 kV ou mais; Subgrupo B1 – residencial; residencial


baixa renda.
A2 – 88 kV a 138 kV;
Subgrupo B2 – rural; cooperativa de
A3 – 69 kV;
eletrificação rural; irrigação.
A3a – 30 kV a 44 kV;
Subgrupo B3 – demais classes
A4 - 2,3 kV a 25 kV;
Subgrupo B4 – iluminação pública
AS – subterrâneo.

Resolução 414 – ANEEL - 2010


Client Name | Cushman & Wakefield
Vistoria Técnica
Modalidades C&W

Tipos de consumidores por classe

Tarifa TUSD
(R$)
Consumo de
Energia (kWh)
Tarifa TE
(R$)

Total a pagar= Consumo x Tarifa (TUSD) + Consumo x Tarifa (TE) + Encargos

Client Name | Cushman & Wakefield


Vistoria Técnica
Análise de contas C&W

Modalidade binômia (A)

Tarifa TUSD
(R$)

Consumo de Tarifa TE
Energia (kWh) (R$)

Demanda
(kW)

Total a pagar= Demanda (kW) + Consumo x Tarifa (TUSD) + Consumo x Tarifa (TE)
+ Encargos

Client Name | Cushman & Wakefield


Vistoria Técnica
Análise de contas C&W

Modalidade binômia (A)

Verde
< ou > 69kV

Demanda
Consumo (única)

Ponta
(3 horas entre Fora de Ponta
17h e 22h)

Seco Seco
(Maio a (Maio a
Novembro) Novembro)

Úmido Úmido
(Dezembro a (Dezembro a
Client Name Abril)
| Cushman & Wakefield Abril)
Vistoria Técnica
Análise de contas C&W

Modalidade azul (A)

Azul
=> 69kV

Consumo Demanda

Ponta Ponta
(seco ou úmido) (seco ou úmido)

Fora de Ponta Fora de Ponta


(seco ou úmido) (seco ou úmido)

Client Name | Cushman & Wakefield


Bandeiras e Tarifas

Client Name | Cushman & Wakefield


Tarifas de Energia Elétrica
Bandeiras tarifárias (AES Eletropaulo)

O acionamento de cada bandeira tarifária será sinalizado mensalmente pela


ANEEL, de acordo com informações prestadas pelo Operador Nacional do
Sistema – ONS, conforme a capacidade de geração de energia elétrica do país.

Hidrelétrica Termo Nuclear Usina a Carvão Gás Natural

Client Name | Cushman & Wakefield


Tarifas de Energia Elétrica

Tarifas praticadas pela AES Eletropaulo, valores podem variar de acordo com
a concessionária a localidade

Client Name | Cushman & Wakefield Fonte: AES Eletropaulo, atualizado 16/10/2015
Tarifas de Energia Elétrica

Variação de tarifa elétrica

2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015

Client Name | Cushman & Wakefield


Fator de Potência

Client Name | Cushman & Wakefield


Fator de Potencia
Multa por energia reativa

Os consumidores do Grupo A4, tarifa Verde e Azul, pagam o consumo de energia reativa
na ponta e fora de ponta (UFER). A constante para evitar o pagamento de multa é de 0,92
(fator de potência), se o fator obtido for inferior a esta, será cobrado multa de reativo
excedente.

Problemas causados:

• Sobrecarga no sistema
• Menor rendimento e desgaste precoce
de máquinas
• Sobretaxas no importe tarifário

Resolução 414 – ANEEL - 2010


Client Name | Cushman & Wakefield
Fator de Potencia
Multa por energia reativa

O que causa o baixo FP?

• Motores de indução operando a vazio ou sobrecarregados


• Transformadores operando a vazio ou com pequenas cargas
• Lâmpadas com reatores de baixo rendimento
• Grande quantidade de motores de pequena potência ligados
• Outros equipamentos: máquinas de solda, equipamentos eletrônicos
de baixo rendimento, condicionadores de ar e etc.

Client Name | Cushman & Wakefield


Fator de Potencia
Correção de baixo FP

Vantagens da utilização do banco de capacitores

• Redução das perdas de energia


• Redução dos custos de energia elétrica
• Liberação da capacidade do sistema
• Quando o Fator de Potência é corrigido e elevado
para 0,92 ou mais, a empresa passa a utilizar
energia da forma mais correta e econômica.

Client Name | Cushman & Wakefield


Análise da Conta de Energia

Client Name | Cushman & Wakefield


Contas de energia

Client Name | Cushman & Wakefield


Contas de energia

285.222,00 kWh

R$ 79.260,73

Client Name | Cushman & Wakefield


Contas de energia
Multa por ultrapassagem de demanda

A cobrança por ultrapassagem de demanda será efetuada quando o valor de


consumo for maior que a contratada em mais de 5%. Será cobrado o valor da
demanda medida sem multa se a ultrapassagem ficar entre 0,1 a 4,99 %.

Exemplo 1: demanda contratada 100 kW, demanda registrada 104,9 kW não


incidirá multa. Pagará apenas 104,9kW x Tarifa de demanda.
Exemplo 2: demanda contratada 100 kW, demanda registrada 115 kW incidirá
multa. Pagará (115kW x Tarifa de demanda) + (15kW x Tarifa de demanda
dobrada).
Exemplo 3: Demanda contratada 100kW, demanda registrada 80kW. Será
cobrado o valor da contratada, 100kW x Tarifa de demanda.

Client Name | Cushman & Wakefield


Contas de energia
Controle Anual

Modalidade contratada A4 Azul


Demanda contratada Ponta 150 kW
Demanda contratada F. Ponta 150 kW

Client Name | Cushman & Wakefield


R$ 30.000,00 100.000 164
162
R$ 25.000,00 50.000
Contas de energia
R$ 20.000,00 0
Controle Anual jan/15 fev/15 mar/15 abr/15 mai/15 jun/15 jul/15 ago/15

250
Demanda Contratada(kW) X Registrada(kW)
8000
173,00 7000
6000
Carga

150 5000
4000
3000
2000
1000
Registrado (P) Contratado (P)
0
50
jan/15

jul/15
fev/15

mai/15
abr/15

jun/15
mar/15

ago/15
Multas por Ultrapassagem
Ponta
de Demanda
Registrado (P) 8.992,10 TOTAL
8.487,80 9.532,70
jan/15 fev/15 mar/15 abr/15 mai/15 jun/15
Registrado (FPC) jul/1515.028,20
ago/15 13.970,40 14.441,50
Consumo F. ponta
R$ 846,75 R$ 963,42 R$ 939,96 R$ 788,03 R$ 846,96 R$ 877,02 R$ 865,28 R$ 786,4548.982,80
R$ 6.913,87 53.524,70
Registrado (FPI) 56.854,80
Client Name | Cushman & Wakefield Consumo Total (kWh) 80.875,10 71.441,00 77.498,90
Contas de energia
Controle Anual

Meses jan/15 fev/15 mar/15 abr/15 mai/15 jun/15 jul/15 ago/15 set/15

Consumo 19.267,20 16.681,80 16.681,80 16.977,70 20.743,90 17.948,70 18.777,80 21.728,20 19.421,10

Faturado R$ 6.925,33 R$ 7.531,78 R$ 7.531,78 R$ 9.676,70 R$ 11.420,83 R$ 10.049,67 R$ 10.049,67 R$ 12.866,88 R$ 12.227,03

Valores carga

Client Name | Cushman & Wakefield


Considerações Finais

Client Name | Cushman & Wakefield


Contas de energia
Considerações Finais

Antes de realizar a redução de demanda, verificar se todos os equipamentos


estão em funcionamento.
Ex: equipamento fora por manutenção ou outros motivos: sistema de
ar-condicionado, elevadores e máquinas diversas. (não reduzir a demanda!).
Observar prazos para redução e aumento de demanda na concessionária:
- Aumento: até 30 dias
- Redução: até 180 dias
* Uma alteração a cada 12 meses. (resolução 414 ANEEL - 2010)
Para evitar ultrapassagem de demanda, fazer a gestão de ligação das cargas
gradativamente, ligar tudo de uma só vez causa picos de demanda podendo ser
cobrada multa por ultrapassagem
Para evitar multa por UFER, verificar a existência de banco de capacitores instalado
caso exista, verificar o funcionamento e manutenção, caso não exista contratar uma
empresa para Instalação de um banco compatível com a carga se viável
economicamente.
Com a alta da tarifa de energia, podemos fazer economia com algumas simples
ações, tais como: Apagar as luzes de ambientes não acessados, instalar sensores
de presença em ambientes de pouco acesso, fotocélula para iluminação externa e etc.

Client Name | Cushman & Wakefield


Engenharia & Qualidade

Obrigado!

Elaboração: Eng.º Murilo Rocha


Outubro/2015
Contas de energia
Glossário e sites úteis

• kWh – Energia Ativa


• kVAh – Energia Aparente
• kVArh – Energia Reativa
• UFER – Unidade de Faturamento de Energia Reativa
• UFDR – Unidade de Faturamento de Demanda Reativa
• TE – Tarifa de Energia
• TUSD – Tarifa de Uso do Sistema de Distribuição
• FC – Fator de Carga
• FP – Fator de Potência
• PC – Ponta Capacitivo
• PI – Ponta Indutivo
• (HP) – Horário de ponta
• (HFP) – Horário Fora de Ponta
• DMCR – Demanda Máxima Corrigida Reativa

Sites úteis: www.aeseletropaulo.com.br


www.aneel.gov.br
www.ons.org.br

Client Name | Cushman & Wakefield