Vous êtes sur la page 1sur 49

Unidade I

FUNDAMENTOS DE ADMINISTRAÇÃO

Prof. Livaldo dos Santos


Objetivos da Unidade

 Apresentar e caracterizar o fenômeno administrativo.


 Conceituar a administração e discutir os seus principais
aspectos.
 Abordar as características e o perfil do administrador.
 Resumir a evolução da teoria e da prática nas organizações.
 Abordar, caracterizar e apresentar os princípios das teorias de
administração.
Administração: Definições

Administrar é
 Resolver problemas.
 Fazer as coisas através das pessoas.
 Ser eficaz com a maior eficiência possível.
 Realizar o processo administrativo.
 Processo de planejar, organizar, dirigir e controlar a aplicação
dos recursos.
Administradores e o Sucesso

 Capacidade para lidar com as situações negociais.


 Compreensão dos ambientes externos e internos da
organização.
 Forma como lida com as pessoas, em todos níveis de atuação
organizacional.
 Compreensão e capacidade de lidar com o trabalho a ser
realizado.
 Capacidade de transformar os conhecimentos teóricos
e situacionais.
 Ações: níveis estratégico, tático e operacional.
Administradores e os Níveis de Atuação

Nível estratégico
 Atuação institucional.
 Decisões e ações que envolvem a empresa como um todo.
 Definição e monitoramento dos objetivos organizacionais
globais.
 Direcionamento da organização.
 Busca atingir grandes alvos, de longo prazo.

Exemplo de objetivo estratégico


 Atuar significativamente no mercado exterior, iniciando-se
pela União Europeia (UE).
Administradores e os Níveis de Atuação

Nível tático
 Relacionado com a atuação de cada área funcional.
 Comercial, produção, financeira etc.
 Definição da contribuição de cada área:
 consecução dos objetivos estratégicos estabelecidos;
 atender os objetivos do nível imediatamente superior.

Exemplo de objetivo tático da área comercial


 Pesquisar e definir novos nichos de mercado
no continente europeu.
Administradores e os Níveis de Atuação

Nível operacional
 Compreende o nível de execução.
 Existe em todas as áreas funcionais da organização.
 Neste estágio, cada objetivo tático das áreas será desdobrado,
 transformado em diversos objetivos operacionais;
 convertido em metas operacionais.
Perfil do Administrador: Habilidades

 Liderança: influenciar outros na realização de tarefas.

 Auto objetividade: avaliar de modo realista.

 Pensamento analítico: interpretar e explicar padrões nas


informações.

 Comportamento flexível: modificar o comportamento para


atingir um objetivo.
Perfil do Administrador: Habilidades

 Comunicação oral: expressar-se claramente em


apresentações orais.

 Comunicação escrita: expressar com clareza as próprias


ideias ao escrever.

 Impacto pessoal: passar uma boa impressão e inspirar


confiança.

 Resistência ao estresse: desempenhar bem sob condições


de forte pressão psicológica.
Habilidades do Administrador

As habilidades técnicas
 Ligadas à execução do trabalho;
 Domínio do conhecimento específico;
 Necessidades para executar seu trabalho operacional;
 Saber fazer.

Habilidades humanas
 Afeitas ao trabalho com pessoas;
 Relações interpessoais e grupais;
 Integração e interação da equipe de trabalho;
 Clima de cooperação e participação.
Habilidades do Administrador

As habilidades conceituais
 Capacidades de compreensão mais sofisticadas do gestor;
 Competência para entender as relações interorganizacionais:
 planejar o futuro;
 enunciar a missão;
 analisar os ambientes internos e externos;
 identificar oportunidades de negócio.
Habilidades do Administrador:
Proporção de Aplicação

Conceituais
ESTRATÉGICO

Humanas
TÁTICO

OPERACIONAL
Técnicas

HABILIDADES DO
NÍVEIS ORGANIZACION AIS ADMINISTRADOR
Interatividade

O administrador profissional deve aplicar os seus conhecimentos


e desenvolver certas habilidades, dentre elas, pode-se citar:
I. Habilidades humanas.
II. Habilidades estruturais.
III.Habilidades técnicas.
IV.Habilidades excepcionais.
V.Habilidades conceituais.
a. Somente I e III estão corretas.
b. Somente II e IV estão corretas.
c. Somente I, III e V estão corretas.
d. Somente I, II e III estão corretas.
e. Somente III e V estão corretas.
Competências do Administrador

CONHECIMENTO

COMPETÊNCIAS
PESSOAIS

PERSPECTIVA ATITUDE

Competências do Administrador (Chiavenato, 2000)


Os Papéis do Administrador

INTERPESSOAIS

CATEGORIAS
DE
PAPÉIS INFORMACIONAL

DECISORIAL

Os Papéis do Administrador Segundo Mintzberg


Os Papéis Interpessoais

SÍMBOLO

INTERPESSOAL
LÍDER

ELEMENTO
DE
LIGAÇÃO

Os Papéis Interpessoais Segundo Mintzberg


Os Papéis Informacionais

MONITOR

INFORMACIONAL
DISSEMINADOR

PORTA-VOZ

Os Papéis Informacionais Segundo Mintzberg


Os Papéis Decisoriais

EMPREENDEDOR SOLUCIONADOR
DE
PROBLEMAS

DECISORIAL

ALOCADOR
DE
RECURSOS
NEGOCIADOR

Os Papéis Decisoriais Segundo Mintzberg


Influências sobre a Administração: Filósofos

https://novaescola.org.br/conteudo/1
77/socrates-mestre-verdade http://www.nova-acropole.pt/a_ideal_platao.html

SÓCRATES PLATÃO
Administração: habilidade Trata da forma democrática
separada do conhecimento de governo e de
técnico e da experiência administração pública
Influências sobre a Administração: Filósofos

http://www.pensarbemviverbem. https://www.biography.com/pe
com.br/quem-foi-aristoteles/ ople/francis-bacon-9194632

ARISTÓTELES FRANCIS BACON


Criador da lógica. Identificou: “Princípio da Prevalência do
Monarquia/Aristocracia/Democracia Principal sobre o Acessório”
Influências sobre a Administração: Filósofos
René Descartes

https://medium.com/quarto-
escuro/o-ceticismo-como-visao-
de-mundo-3455470b7970

Método Cartesiano:
princípio da dúvida sistemática
princípio da análise da decomposição
princípio da síntese ou da composição
princípio da enumeração ou da verificação
Influências sobre a Administração:
Igreja Católica

Igreja Católica
 Unidade de propósitos e princípios;
 Estrutura da organização religiosa de liderança única.

Organização Militar
 Organização linear;
 Princípio de direção;
 Todo soldado deve saber o que se espera dele;
 Princípios da disciplina;
 Princípio do planejamento.
Influências sobre a Administração:
1ª Revolução Industrial

1. Mecanização da indústria e da agricultura.

2. Aplicação da força motriz à indústria.

3. Desenvolvimento do sistema fabril.

4. Aceleração dos transportes e das comunicações.


Influências sobre a Administração:
2ª Revolução Industrial

 Baseada no aço e na eletricidade.


 Nascimento da empresa moderna.

Contribuições
1. Ruptura das estruturas corporativas da Idade Média;
2. Avanço tecnológico e a aplicação dos processos científicos
à produção:
 descoberta de novas formas de energia;
 enorme ampliação de mercados;
3. Substituição do tipo artesanal pelo tipo industrial de produção.
Interatividade

Analisando os papéis do administrador, identifica-se três


categorias de papéis. Dentre estes, estão os:

a) Interpessoais.
b) De elementos de ligação.
c) Decisoriais.
d) Humanos e conceituais.
e) As respostas A e C estão corretas.
Teoria da Administração Científica

 Frederick Winslow Taylor

 Precursor da eficiência na
indústria.

 Pai da Organização Científica


do Trabalho.

 Estudos primordiais para


desenvolvimento industrial.

 Em 1911, Princípios da
Administração Científica.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Frederick_Taylor
Segundo Período de Pesquisa de Taylor

 Empirismo versus ciência .


 Desenvolvimento do homem para alcançar maior eficiência e
prosperidade.
 Cooperação versus individualismo.
 Harmonia versus discórdia.
 Incentivos salariais/prêmios de produção.
 Conceito de homo economicus.
 Condições ambientais de trabalho.
 Padronização: métodos e máquinas.
 Supervisão funcional.
Segundo Período de Pesquisa de Taylor

 Período da Organização Racional do Trabalho (ORT).


 Análise do trabalho e do estudo de tempos e movimentos.
 Estudo da fadiga humana.
 Divisão do trabalho e especialização do operário.
 Desenho de cargos e tarefas.
Os Princípios da Administração Científica

PRINCÍPIO
DO
PLANEJAMENTO

PRINCÍPIO
PRINCÍPIO DO
DO PREPARO
CONTROLE

PRINCÍPIO
DA
EXECUÇÃO

Fonte: Adaptado de Taylor (1990)


Teoria Clássica da Administração

 Henry Fayol

 Nascido em Constantinopla,
atual Istambul, Turquia.
Naturalizado na França.

 Facilitar a gerência de
empresas.

 Administração impessoal:
Instituiu hierarquia funcional.

 Estrutura organizacional.
https://commons.wikimedia.org/wi
ki/File:Henri_Fayol,_1900.jpg
Teoria Clássica da Administração:
14 Princípios Gerais

 Divisão do trabalho.
 Autoridade e responsabilidade.
 Disciplina.
 Unidade de comando.
 Unidade de direção.
 Subordinação dos interesses individuais aos gerais.
 Remuneração do pessoal.
Teoria Clássica da Administração:
14 Princípios Gerais

 Centralização.
 Cadeia escalar.
 Ordem.
 Equidade.
 Estabilidade do pessoal.
 Iniciativa.
 Espírito de equipe.
Funções da Organização: Simulando o organograma

Administrativas

Técnicas Comerciais Contábeis Segurança


Financeiras
(Produção) (Marketing)
Funções Administrativas

FUNÇÕES
ADMINISTRATIVAS

PREVER COORDENAR COMANDAR ORGANIZAR CONTROLAR


Teoria das Relações Humanas

 George Elton Mayo

 Melhoria da eficiência.

 Compreensão dos
trabalhadores.

 Experiências feitas na fábrica


de relés de Hawthorne.

 Western Electric Company,


em Chicago, em 1927.

 Efeitos sociais no trabalho.


http://www.nndb.com/people/043/000119683/
Experiência de Hawthorne: Primeira fase

 Efeito da iluminação sobre o rendimento dos operários:


 comprovada a preponderância do fator psicológico
 sobre o fator fisiológico.
 operários reagiam muito mais de acordo suposições
pessoais
 do que às condições reais de iluminação.
Interatividade

Henry Fayol, precursor importante da teoria clássica da


administração – contemporâneo de Frederick Taylor, da teoria
científica – enunciou, em seus estudos, os 14 Princípios Gerais
da Administração. Dentre eles, pode-se citar:

a) Divisão do trabalho e do estudo de tempos e movimentos.


b) Estudo da fadiga humana e da disciplina.
c) Unidade de comando e de direção.
d) Subordinação dos interesses individuais aos gerais.
e) As alternativas C e D estão corretas.
Teoria Burocrática

 Maximillian Weber

 Cientista social e jurista alemão.

 O seu legado foi o chamado


processo de racionalização.

 Origem da Teoria da Burocracia.

 Posteriormente, a Teoria
Estruturalista.

 Eficiência máxima.

 Regras e normas para obtenção


http://www.estudoadministracao.com.br/ de previsibilidade.
ler/teoria-da-burocracia-de-max-weber/
Caracterização da Burocracia

 Caráter legal das normas.


 Caráter formal das comunicações.
 Divisão do trabalho.
 Impessoalidade no relacionamento.
 Hierarquia de autoridade.
 Rotinas e procedimentos padronizados.
 Competência técnica e mérito.
 Especialização da administração.
 Profissionalização.
Disfunções da Burocracia

Ausência Características Excesso


NÃO ESPECIALIZAÇÃO Divisão do SUPER EPECIALIZAÇÃO
DESORDEM trabalho

INSUBORDINAÇÃO Hierarquia AUTOCRACIA


AUTORITARISMO
Regras e
LIBERALIDADE EXCESSO DE DISCIPLINA
Regulamentos
RIGIDEZ
FALTA DE REGISTROS
INFORMALIDADE Formalização das
FORMALISMO
Comunicações PAPELÓRIO
Impessoalidade
PESSOALISMO RELAÇÃO ENTRE CARGOS
CRITÉRIOS SUBJETIVOS FRIEZA
Seleção
Q.I. QUEM INDICA do Pessoal EXIGÊNCIAS UTÓPICAS
NEPOTISMO BARREIRAS EXCESSIVAS
Teoria Sistêmica

 Karl Ludwig von Bertalanffy

 Austríaco, que enunciou a


teoria dos sitemas, em 1950.

 Desenvolveu a aborgagem
orgânica.

 Contraponto à visão mecânica.

 Teoria dos Sistemas como


a ciência das ciências.

 Interdepedência das demais


http://socialworkexamreview.blogspot.com.
ciências.
br/2014/04/general-systems-theory.html
Elementos dos Sistemas

Adaptado de santos (1997)


Propriedades dos Sistemas

Equifinalidade
 o mesmo resultado, iniciando-se de diferentes pontos;
 diferentes formas.
Entropia do sistema
 decorre de uma lei universal;
 todas as organizações se movem para a desorganização
e morte.
Homeostasia
 empenho dos sistemas para se reorganizarem para a
sobrevivência;
 dispositivos de controle e ajustes.
Entropia negativa
 maximização da energia importada;
 maximização da eficiência do processo.
Teoria Neoclássica

 Peter F. Drucker

 Efeitos da globalização
na economia e nas
organizações.

 Pai da administração
moderna.

 Teoria da Adiminstração
por Objetivos.

 Ciência sobre pessoas


enquanto atuantes nas
https://www.ebiografia.com/peter_drucker/ organizações.
Características da Teoria Neoclássica

Ênfase na prática da administração


 valorização dos resultados concretos e palpáveis –
pragmatismo.
Reafirmação dos postulados clássicos
 uma reação à teoria humanista;
 retoma os conceitos relegados da teoria clássica.
Ênfase nos princípios gerais da administração
 princípios gerais que sirvam a todo tipo de organização;
 planejar, organizar, dirigir e controlar.
Processo Administrativo

PLANEJAMENTO ORGANIZAÇÃO
 Definir missão  Dividir o trabalho
 Formular objetivos  Agrupar as
 Definir os planos  atividades
de ação  Criar cargos
 Programar as  Alocar recursos
atividades  Autoridade
Processo Administrativo

DIREÇÃO CONTROLE

 Designar as pessoas  Definir padrões


 Coordenar os esforços  Monitorar o
 Comunicar desempenho
 Motivar e liderar  Avaliar o desempenho
Ação corretiva
Interatividade

Uma das importantes contribuições da Teoria Neoclássica é a


reanálise do Processo Administrativo. Dentre seus
componentes, encontram-se:
a) Coordenação e comando
b) Planejamento e direção
c) Organização e controle
d) As alternativas B e C estão corretas.
e) As alternativas A, B e C estão corretas.
ATÉ A PRÓXIMA!