Vous êtes sur la page 1sur 2

UNIVERSIDADE ESTADUAL DO PIAUÍ

CENTRO DE CIÊNCIAS HUMANAS E LETRAS


CURSO: Licenciatura Plena em Letras Espanhol
DISCIPLINA: Linguística I Pec/2015
PROFESSOR: Dr. Franklin Oliveira Silva
ALUNO (A): Ana Paula Dos Santos Gomes

Atividade de aprendizagem II

1- Explique o que Saussure quis dizer quando afirmou que o Signo Linguístico é
arbitrário. Exemplifique.

R: Para Ferdinan de Saussure o signo linguístico é composto por duas faces, ou “dois
lados”, no caso um significante e um significado.
O significante é a chamada imagem acústica, aquilo que está depositado na nossa
mente. E o significado está relacionado com o conceito.
Por exemplo: GATO, CAT (significantes). E o animal que nos vem a cabeça é o
significado. Outro exemplo é o do conceito ou ideia de garrafa e o seu significante [g a
R a f a ] mostrando-nos que existe uma arbitrariedade na relação
significado/significante, posto que em outras línguas o registro fonético é diferente para
o mesmo significado (bottle, em inglês, ou bouteille, em francês).

Isso explica que não existe uma relação natural e explícita entre a realidade fonética de
um signo linguístico e o seu significado. O signo é arbitrário porque não procura
assemelhar-se ao seu referente.

Saussure ainda considera dois tipos de arbitrariedade: a absoluta (imotivação total do


signo) e a relativa (no qual os derivados são exemplos).

2- O que prova que a Linguística pode ser considerada como ciência? Comente.

R: O estatuto científico da lingüística deve-se, à observância de certas condições que


qualificam as ciências de um modo geral. Primeiramente, a linguística tem um objeto de
estudo próprio: a capacidade da linguagem, que é observada a partir dos enunciados
falados e escritos. Esses enunciados são investigados e descritos à luz de princípios
teóricos e de acordo com uma terminologia específica e apropriada. Todos esses
princípios teóricos são testados através da análise de enunciados em diversas línguas.
Em segundo lugar, a linguística tende a ser empírica, e não especulativa, busca basear
suas descobertas em métodos rígidos de observação.

3- Escreva um texto entre dez e quinze linhas para resumir o que foi o
Estruturalismo.

R: O estruturalismo é uma teoria que considera a língua como um conjunto estruturado;


ou um conjunto de sistemas ligado uns aos outros, cujos elementos são os fonemas,
morfemas, as palavras, etc. Possui uma ligação com várias ciências humanas
(psicologia, etnologia, etc.).
O método estruturalista foi utilizado inicialmente pelo linguista Ferdinan
de Saussure em sua obra póstuma, Curso de Linguística Geral, (compilado por seus
alunos), onde o mesmo buscava compreender os funcionamentos da língua.

Saussure, através dos seus estudos, separa a língua (social) da fala (individual),
atribuindo valores opostos a cada uma delas. O “pai do Estruturalismo”, Saussure,
estuda a linguagem através das chamadas dicotomias, onde o linguista divide o estudo
em sincrônico (estudo dos fenômenos em um dado momento) e diacrônico (estudos dos
fenômenos ao longo do tempo); além de estudar o eixo Sintagmático (combinação das
unidades linguísticas) x Paradigmático (seleção das unid. linguísticas).

O estruturalismo trouxe-nos um maior leque de análises, e de estudos na área


linguística, exercendo um papel importante para essa ciência.