Vous êtes sur la page 1sur 45

Lean Manufacturing

SW – Standardized Work

Kemet Production System


José Pinto
SW - Agenda
 Conceitos bá
básicos
 Introduç
Introdução
 Condiç
Condições para uma boa aplicaç
aplicação do SW
 Rotinas e responsabilidades
 Documentaç
Documentação
 Conclusões / Plano de Compromisso
SW

Conceitos Bá
Básicos
SW – Conceitos básicos
 Operador tem de trabalhar de acordo com Standardized Work

 Supervisor é responsá
responsável por facultar o Standardized Work ao
operador ao longo do turno

 trabalho
Operador deve aguardar se não existe suficiente carga de trabalho
mas nunca deve laborar com operaç operações não standard (riscos
seguranç
segurança ou qualidade, respeitar one piece flow,
flow, ….)

 Supervisor, Gap Leader analisam o Standardized Work & optimizam


SW

Introduç
Introdução
SW – Introdução
 O SW é a descriç
descrição detalhada e cronometrada da melhor sucessão
possí
possível de tarefas manuais elementares para cada operador.
Constituindo-
Constituindo-se assim como uma referência de:

 Melhor sequencia de operaç


operações sem desperdí
desperdícios;

 Estabelecido por três elementos bá


básicos:

 Sequencia de trabalho;
 Takt-
Takt-time;
 Stock em curso.
SW – Introdução
incluíídas as operaç
Na melhor sequencia de trabalho, deverão estar inclu operações
de transformaç
transformação, controlo,
controlo, as preconizaç
preconizações em termos de
seguranç
segurança/ergonomia para o operador bem como o tempo de
deslocamento, os tempos de ciclo manual e automáautomático (tempo
máquina), e outras acç
acções que não são efectuadas regularmente
mas que são necessá
necessárias para a elaboraç
elaboração de um peç peça boa
(frequênciais).

O SW é elaborado para satisfazer um pedido do cliente, sendo este ritm


ritmo
o
regulado pelo Takt-Takt-time. Sendo necessánecessário definir três
configuraç
configurações possí
possíveis, i.e., N, N-
N-1 e N+1, de forma a organizaç
organização
adaptar-
adaptar-se as flutuaç
flutuações do cliente.
SW

Condiç
Condições para uma boa
aplicaç
aplicação do SW
SW – Condiç
Condições para uma boa aplicaç
aplicação do SW

Pré
Pré-requisitos para uma implementaç
implementação eficiente do SW

 OHP (Organizaç
(Organização humana da produç
produção) em prá
prática => Papel e
responsabilidades do Gap Leader e do Supervisor;

 Estabilidade nas equipas de produç


produção => Investimento nos
Colaboradores (implicaç
(implicação, formaç
formação, …);

 Linha de produç
produção está
estável e fiá
fiável => SW é respeitado e as paragens
dos equipamentos (ineficiência) é reduzida;

 O Trabalho é cíclico e o Takt-


Takt-time é está
estável => Operadores formados.
SW

Rotinas e responsabilidades
SW – Director de Fábrica
1. Director de Fá
Fábrica

O Director de Fabrica deverá


deverá disponibilizar os recursos necessá
necessários e
suficientes.

Deverá
Deverá realizar um seguimento a taxa de aderência do SW assim que
disponibilizado.

A estabilidade do TC (tempo de ciclo) de trabalho dos operadores é um


objectivo a atribuí
atribuído ao GL, SV e ao responsá
responsável de Produç
Produção.
SW – Papel & Responsabilidades
Exemplo de KPI’
KPI’s
 DF (Director de Fá
Fábrica):
 % de aderência; % de progressão.

 RP (Responsá
(Responsável de Produç
Produção)
 Auditoria Mensal ao SW, Animador de um workshop SW por equipa,
seguimento da redução de variabilidade e/ou do TC.

 SV (Supervisor)
 Auditoria semanal ao SW, Animador de um workshop SW por GL,
redacç
redacção e validaç
validação dos documentos de SW e assegurar um
robusto processo de formação.

 GL (Gap Leader)
 Realizar uma auditoria diária a um operador, participação
na construção e validação do SW, formar os colaboradores
da sua GAP no SW.
SW – Resp. de Produção
2. Responsá
Responsável de Produç
Produção

O Respons
Responsá
ável de Produç
Produção deverá
deverá planificar e colocar em marcha a
implementaç
implementação do SW em todas as suas vertentes.

Deverá
Deverá mensalmente fazer uma analise ao SW, i.e., analisar a
progressão de implementaç
implementação do SW, a ní nível de documentaç
documentação
bem como a taxa de aderência ao SW por parte da sua equipa.
SW – Papel do Supervisor
1º nível hierárquico
Assegurar QCDP:

• Gere pessoas
• Gere a resolução de problemas
• Gere a melhoria continua
SW – Rotinas do Supervisor
Cada Supervisor deve definir com o seu resp. as rotinas
diá
diárias, semanais e mensais
Os objectivos das Rotinas é eliminarem a variabilidade em
relaç
relação ao trabalho do Supervisor
As rotinas devem ser usadas como processo de melhoria.
Não são estabelecidas para «todo o sempre»
sempre»
A revisão realiza-
realiza-se com base nos resultados alcanç
alcançados e
acç
acções reais. (utilizaç
(utilização do dashboard e reformulaç
reformulação
das rotinas em consequência dos resultados)
SW – Processo de Coaching
Supervisor Lista de
Revisão e Melhoria Dashboard Rotinas do
Supervisor
semanal do QCDP

Supervisor
Dashboard e das Selecç
Selecção de 2-
2-3
tarefas/ rotinas tarefas a melhorar e
definir acç
acções
dirigido pelo Resp. concretas

Produção.
COACHING
SEMANAL
Revisão de acç
acções e avaliaç
avaliação de Realizaç
Realização e seguimento de
resultados acç
acções no terreno (coaching
(coaching,
coaching,
formaç
formação)
SW – Papel do GL
Protege o GAP de variaç
variações:
hierá
Não tem papel hierárquico

• Aplica os 7 bá
básicos da Qualidade.
• Assegura o SW (verifica, forma, age como coacher).
• Produz peç
peças (substituiç
(substituição, reforç
reforço).
• Coordena o trabalho dentro da área do GAP.
• Melhora os processos de trabalho.
- Implementa e “permite implementaç
implementação”
ão” das
Ideias de Melhoria.
- faz a aná
análise inicial do problema.
SW – Rotinas do GL
Cada Supervisor deve definir com o seu resp. as rotinas
diá
diárias, semanais e mensais.
Os objectivos das Rotinas é eliminarem a variabilidade em
relaç
relação ao trabalho do Supervisor.
As rotinas devem ser usadas como processo de melhoria.
Não são estabelecidas para «todo o sempre»
sempre».
A revisão realiza-
realiza-se com base nos resultados alcanç
alcançados e
acç
acções reais. (utilizaç
(utilização do dashboard e reformulaç
reformulação
das rotinas em consequência dos resultados).
SW – Processo de Coaching
Rotinas do GL
Revisão e Melhoria
semanal das
tarefas e rotinas do
Gap Lí
Líder dirigido Selecç
Selecção de 2-
2-3
pelo Supervisor tarefas a melhorar e
definir acç
acções
concretas

COACHING
SEMANAL
Revisão das acciones e Realizaç
Realização e seguimento das
avaliaç
avaliações dos resultados acç
acções no terreno (coaching
(coaching,
coaching,
formaç
formação)
SW - Supervisor & GAP Leader

 Construir o Standardized Work


(Supervisor com a colaboraç
colaboração do Gap Leader)

 Treinar o operador e actualizar a polivalência

 È responsá
responsável pela aplicaç
aplicação Standardized Work

 Por melhorar
Construção do trabalho Standardizado
 É necessá
necessário construir documentos para cada configuraç
configuração
possí
possível de produç
produção (n; n+1 e N-
N-1).
 Pontos chave: Supervisor & Gap Leader tem de descobrir a
melhor forma de realizar a operaç
operação (Melhor TC).
 Definir pontos de medida;
 Identificar o melhor trabalho standard (Seguranç
(Segurança, qualidade, melhor tempo de ciclo).

 Dificuldade é de ter o acordo para cada turno sobre o standard


definido
 Definir o como realizar bem as tarefas standard Supervisor &
Gap Leader tem de ser treinados para construir o trabalho
standard
 Os standards de trabalhos devem estar armazenados perto na
linha
SW - Supervisor & GAP Leader

 Construir o Standardized Work


(Supervisor com a colaboraç
colaboração do Gap Leader)

 Treinar o operador e actualizar a Polivalência

 È responsá
responsável pela aplicaç
aplicação Standardized Work

 Por melhorar
Treinar os operadores e actualizar a polivalência

 Gap Leader é responsá


responsável por treinar os operadores
 O treino deve ser realizado num posto de trabalho separado
onde as instruç
instruções estão colocadas
 Quando não for possí
possível num posto de trabalho separado o
formador deve estar perto do operador para observar a
capacidade do mesmo

Operador conhece Peç


Peças defeituosas
& aplica as não são Operador esta apto
operaç
operações encontradas no para alcanç
alcançar o
Standard final da linha melhor TC
SW - Supervisor & GAP Leader

 Construir o Standardized Work


(Supervisor com a colaboraç
colaboração do Gap Leader)

 Treinar o operador e actualizar a polivalência

 È responsá
responsável pela aplicaç
aplicação Standardized Work

 Por melhorar
Gestão de Responsabilidades
A principal responsabilidade é o de eliminar as
operaç
operações não standard

 Gap Leader realiza uma auditoria a pelo menos 1 operador


e verifica se ele cumpre com o trabalho standardizado na
sua zona produtiva
 Investiga porque é que o melhor TC não é alcanç
alcançado;
 Propõem e implementa ideias de melhoria.

 Supervisor verifica este processo semanalmente com o


Gap Leader e ajuda na melhoria continua.
 UAP Manager analisa 1/mês uma linha de produç
produção
SW - Supervisor & GAP Leader

 Construir o Standardized Work


(Supervisor com a colaboraç
colaboração do Gap Leader)

 Treinar o operador

 È responsá
responsável pela aplicaç
aplicação Standardized Work

 Por melhorar
Eliminação das operações não standard
Gap Leader treina
operador para o Operador
Aná
Análise diá
diária
novo standard** Aplica o
standard

Criar novos CICLO DE MELHORIA Gap Leader Quando o Gap Leader


observa o identifica uma
standard CONTÍ
CONTÍNUA*** operaç
operação não
operador standard

?
QRQC ou Ideias de Gap Leader
identifica Qual é a operaç
operação?
ão?
Melhoria…
Melhoria…*
oportunidades É necessá
necessária?
* Modificações só podem ser feitas depois de validadas pelos 3 turnos Quem a deve realizar?
** GL tem de ser o 1st a ser treinado
*** O envolvimento do RP e de 3 supervisores reenforçam a actividade
SW – Papel do Operador
Aplica o SW;

Reage em caso de problemas;

Contribui para a melhoria Continua:

- Emitindo e implementando IM;

- Participando nos QRQC.


QRQC.
SW - Documentação

Documentaç
Documentação
SW - Documentos

Instruções de Trabalho  O que fazer & Como fazer bem = Sequência de produç
produção

Folha Standardized Work  visualização do Standardized Work (Gestão Visual)

Tabela de combinação de tarefas  Criar a referência = Melhor tempo + condições


Homem/máquina
SW – Instrução de trabalho
Capitalização do Know How: Documento “Master”

SW – Instrução de trabalho
Plano de
Controlo é
tomado em
conta

Objectivo

Focar no
TREINAR os operadores Trabalho das
Controlos de pessoas em vez
Qualidade devem das máquinas:
estar claramente definir o COMO
definidos:
-O quê?
-Como?
-Frequência? -Produç
Produção é responsá
responsável pelo
-Crité
Critérios? conteú
conteúdo
- Se Nok,
Nok, regras -Qualidade valida se o plano de
de reacç
reacção controlo é tomado em conta
SW - Documentos

Instruções de Trabalho  O que fazer & Como fazer bem = Sequência de produç
produção

Folha Standardized Work  visualização do Standardized Work (Gestão Visual)

Tabela de combinação de tarefas  Criar a referência = Melhor tempo + condições


Homem/máquina
Esquema de tarefas standard
ESQUEMA DE TAREFAS STANDARD LINHA SET UP: N-1
(NÚMERO DE OPERADORES)
Producto: Condensadores Operador Nº: Operação de: 1 Data: XX-XX-XXXX
Processo: Taping 1/4 até: 5 Revisão: 02-01-1900
Takt Time: Peças em espera
prevista

Controlo
qualidade

61" Segurança

Tempo Viagens
ciclo: com peças

sem peças

GAP LEADER
58" Nome:

Número de
peças em Data:
espera
prevista
SUPERVISOR
Nome:

Operações Data:
Periódicas
QUALIDADE
Nome:

2,8"
Data:
Organização descrita

Esquema de tarefas standard deve ser sempre


respeitada
Melhor Cálculo TT ESQUEMA DE TAREFAS STANDARD LINHA SET UP: N-1

ciclo Producto: Condensadores Operador Nº: Operação de: 1


(NÚMERO DE OPERADORES)
Data: Identifica
XX-XX-XXXXção
repetido Processo: Taping 1/4 até: 5 Revisão:
da m02-01-1900
áquina
Takt Time: Peças em espera
observad prevista
bottleneck
o em Controlo
qualidade
todos os 61" Segurança
turnos Standardized
Tempo Viagens
ciclo: necessidade com peças

de WIP sem peças

GAP LEADER
58" Nome:

Número de
peças em Data:
espera
prevista
Número de
Análises de
SUPERVISOR
Nome:

3 Qualidade
Operações : devem ser
Data
Periódicas
rapidamente
QUALIDADE
Nome:
identificadas
2,8" Operaç
Operações devem estar
Tempo/peça para directamente relacionadas
Data:

tarefas periódicas com as Instruç


Instruções de trabalho
SW - Documentos

Instruções de Trabalho  O que fazer & Como fazer bem = Sequência de produç
produção

Folha Standardized Work  visualização do Standardized Work (Gestão Visual)

Tabela de combinação de tarefas  Criar a referência = Melhor tempo + condições


Homem/máquina
Tabela de Combinações de Tarefas
TABELA DE COMBINAÇÃO DE TAREFAS
DESCRIÇÃO: Condensadores Nº OPERADOR: 1212 Takt Time: 61,0 s GAP Leader: Supervisor: Qualidade:
ANALISADO POR:
REFERÊNCIA:
Tipo D AAAAAAA Linha Set Up: N-1
Nome Operador:
AAAAAAA Data: xx-xx-xxxx / / / / / /
TEMPOS TEMPO OPERATORIO (s)
N° DESCRIÇÃO DAS OPERAÇÕES
7 14 21 28 35 42 49 56 63 70 77 84
MANU AUTO DESLOC.

1 Pegar no carro 12
3
Coloca-lo no interior de máquina + inicio de
2 2 12
ciclo 4
3 Retirar carro e leva-lo para a etapa seguinte 20
3
4 Espera 2
Coloca-lo no interior de máquina + inicio de
5 5
ciclo 2
6

10

T1 Total das Operações Elementares 41


12
TEMPO
Operações Periodicas Freq
(Seg)
Peso
(Seg)
B Remover caixa 6 50
0,12
C Remover Carro 15 10
1,5
D 32 30
1,1
T2 Total das Operações Periodicas 2,7 SÍMBOLOS MANUAL: AUTO: DESLOC: ESPERA:
T3 Total das Operações (T1 + T2) 55,7
Tempo mínimo
repetitivo para
um ciclo
Tabela de Combinações de Tarefas completo
observado
Operações
TABELA DE COMBINAÇÃO DE TAREFAS
elementares e
relacionadas comTipo D
DESCRIÇÃO: Condensadores Nº OPERADOR: 1212 Takt Time: 61,0 s GAP Leader: Supervisor: Qualidade:
ANALISADO POR: AAAAAAA Linha Set Up: N-1
REFERÊNCIA: Nome Operador:
as instruções de TEMPOS
AAAAAAA Data: xx-xx-xxxx /
TEMPO OPERATORIO (s)
/ / / / /

N° DESCRIÇÃO DAS OPERAÇÕES


trabalho MANU AUTO DESLOC. 7 14 21 28 35 42 49 56 63 70 77 84

1 Pegar no carro 12
3

2
Coloca-lo no interior de máquina + inicio de
ciclo
2 12 Melhor
4
3 Retirar carro e leva-lo para a etapa seguinte 20
3
tempo de
4 Espera
Coloca-lo no interior de máquina + inicio de
2
ciclo em
5 5

6
ciclo 2 todos os
7
turnos
8

10

T1 Total das Operações Elementares 41

Operações Periodicas
TEMPO
Freq
12
Tarefas
Peso
perió
periódicas
(Seg)

(Seg)
B Remover caixa 6 50
0,12 identificadas
C Remover Carro 15 10
1,5 em termos dos
D 32 30

T2 Total das Operações Periodicas


1,1
2,7 SÍMBOLOS MANUAL:
melhores
AUTO: DESLOC: ESPERA:
T3 Total das Operações (T1 + T2) 55,7 tempos e
frequência
SW – Folha de Capacidade de Produção
CAPACIDADE DE PRODUÇÃO DATA:

SECÇÃO NOME RP SV GL
REFERÊNCIA: NOME:

DESIGNAÇÃO: Nº unidades

Instruções de Trabalho  O que fazer & Como fazer bem = Sequência de produç
No NOME DO PROCESSO M/C No MANUAL
produção
OPERAÇÕES BASICAS

AUTO TOTAL
MUDANÇA DE FERRAMENTAS

Intervalo de SET UP
CAPACIDADE
(37) OBSERVAÇÕES
(secs) (secs) (secs) mudanças (secs)

1 Robot Motoman A OP10 28 36 64 123 500 52


2 Robot Motoman B Op10 22 25 47 76
3 Soldadura Op20 20 50 70 51

Folha Standardized Work  visualização do Standardized Work (Gestão Visual)


4
5
Soldadura

Soldadura
Op30
Op40
20
30
11
65
31
95
123 10 115
37
6 Aparafusar + Estanquicidade CO 40 16 56 64
7 Controlo Qualidade 30 0 30 120
8 Shop- Stock 15 0 15 240

Tabela de combinação de tarefas  Criar a referência = Melhor tempo + condições


Homem/máquina
TOTAL 205

Tempo de produção / Turno


Capacidade de Produção=
Total das operações básicas + Set Up
Mudanças Internas
Mensagens…

Instruç
Instruções de Trabalho


COMO FAZER BEM

NÃO SÓ
SÓ O QUE FAZER
Mensagens…

SEM STANDARD

NÃO EXISTE OPTIMIZAÇ


OPTIMIZAÇÃO
Mensagens…

STANDARDIZED WORK

É UM PRÉ
PRÉ-REQUISITO PARA

KAIZEN
A Recordar…

100 % do trabalho tem de estar standardizado.

Standardizar a partir da OBSERVAÇ


OBSERVAÇÃO do trabalho.

GAP Leader e Supervisor descrevem:


“COMO FAZER”
FAZER” e não só
só “O QUE FAZER”
FAZER”.

Considerar sempre o melhor tempo de ciclo.


A Recordar...

A GESTÃO

DA ELABORAÇ
ELABORAÇÃO DO

STANDARDIZED WORK

NÃO PODE SER DELEGADA


KEMET

Value Added Value Added

Kemet
VA
VA
Value
VA
Added
Added

Muda elimination The « just necessary »


Muda

Centres d'intérêt liés