Vous êtes sur la page 1sur 4

O Processo de “boot” do Windows XP e recuperação à desastres.

Neste tópico trataremos de assuntos relacionados com a inicialização do


Windows XP (processo de boot) e com técnicas para recuperação do
Windows XP quando por algum motivo (configurações incorretas, erros de
operação, etc) o sistema não consegue inicializar normalmente ou inicializa
com problemas que impedem o seu funcionamento correto. Esta, sem
dúvidas, é uma situação onde o profissional de Suporte Técnico é mais
“esperado”. Um computador com o Windows que não inicializa é uma
angústia para o usuário. Logo o usuário pega o telefone e abre um chamado
e espera que o usuário possa resolver
o problema, o mais rápido possível.
O Windows XP (a exemplo do Windows 2000 Professional), apresenta
muitas ferramentas para recuperar problemas e fazer com que o sistema
inicialize normalmente. Dificilmente haverá situações onde o sistema travará
de tal maneira que você tenha que reinstalar tudo novamente, formatando o
HD. Os profissionais habituados com o Windows 95/98/Me tem este “mau
hábito” de formatar e reinstalar tudo do zero. No 2000 e no XP isso é
completamente dispensável. Tenho casos de estações de trabalho que
estão a mais de quatro anos com o Windows 2000 Professional e nunca foi
preciso uma formatação e reinstalação do zero. Com o XP e com o 2000,
praticamente você não precisa tomar esta medida, de formatar e começar
tudo do zero. Existem muitas ferramentas para recuperação de problemas,
de tal maneira que o sistema funcione normalmente.
Neste tópico trataremos dos seguintes assuntos:

O Processo de boot do Windows XP.


O Registro do sistema – Registry.


O Modo Seguro de inicialização.


Last Know good Configuration.


Entendendo e usando o Console de Recuperação do Windows XP.


Vamos iniciar este tópico falando sobre o processo de boot do Windows XP.
Veremos que, em grande parte, este processo é muito semelhante ao
processo de boot do Windows 2000 (e também do Windows Server 2003).
Será apresentada a seqüência de passos do processo de boot, bem como
detalhes sobre os problemas que podem ocorrer em cada etapa. É
importante que o profissional de Suporte Técnico entenda o processo de
boot do Windows XP, pois em determinadas situações é muito mais simples
corrigir um problema que ocorre na inicialização do que ter que reinstalar o
Windows XP novamente (o que, conforme comentado anteriormente, não é
comum de acontecer, a exemplo do que ocorria com o Windows 95/98/Me).
Para o usuário residencial, que tem um único computador, reinstalar o
Windows XP pode não ser problema em termos do tempo necessário para
esta tarefa. Agora imagine a situação de uma rede empresarial, com
milhares de computadores conectados em rede. Sempre que possível, a
equipe de suporte deve resolver o problema e não simplesmente reinstalar
o Windows XP. Pois além de economizar tempo, o usuário poderá voltar a
utilizar a máquina quanto antes, o que significa menor tempo de parada e
menos prejuízos para a empresa.

Ainda dentro do contexto do processo de boot do Windows XP falaremos


sobre a Registry do Windows XP. A Registry é um banco de informações
sobre as configurações do Windows XP e dos diversos aplicativos
instalados. A Registry é de fundamental importância para o Windows, a
ponto de o Windows XP simplesmente não inicializar se ele não tiver acesso
ao banco de informações da Registry ou se este banco de dados estiver
corrompido. Antes do lançamento do Windows 2000 havia rumores de que a
Registry seria extinta e todas as informações de configuração seriam
armazenadas no Active Directory. Porém forem apenas Rumores, ou seja,
mesmo no Windows XP e no Windows Server 2003 a Registry continua
presente e fundamental para o funcionamento do Sistema. As informações
da Registry ficam gravadas em arquivos na seguinte pasta:
C:\WINDOWS\system32\config. Supondo que o Windows XP esteja
instalado no drive C:, na pasta C:\Windows.
Em seguida trataremos de dois tópicos importantes para a resolução de
problemas de inicialização no Windows XP. O Modo seguro é uma opção de
inicialização, na qual podemos carregar o Windows XP apenas com um
número mínimo de drivers, necessários ao seu funcionamento. Podemos
utilizar o Modo Seguro para inicializar o Windows XP e desinstalar algum
driver com problemas ou alterar configurações que foram feitas
incorretamente e estão impedindo a inicialização do Windows XP no modo
normal. A opção Last Know Good Configuration está relacionada com as
configurações da Registry e será explicada em detalhes neste capítulo.
Vou encerrar o tópico falando sobre dois importantes recursos: A
Restauração do Sistema e o Console de Recuperação do Windows XP. A
Restauração do Sistema é uma ferramenta realmente valiosa, a qual nos
permite restaurar o Windows XP ao estado em que ele estava em uma
determinada data. Por exemplo, hoje você instala uma nova versão de um
driver e o Windows XP funciona normalmente. Amanhã você inicializa o
Windows XP e o driver não funciona mais e você não consegue desentalá-
lo para voltar a utilizar a versão antiga, a qual funcionava sem problemas.
Neste caso podemos utilizar Restauração do Sistema para restaurar o
Windows XP ao estado anterior da instalação da nova versão do driver, ou
seja, ao estado em que ele funcionava normalmente.
É importante salientar que os tópicos apresentados são valiosos,
principalmente para quem dá suporte a computadores com o Windows XP
instalado – ou seja, justamente o profissional de Suporte Técnico, o futuro
MCDST. São tópicos que ajudam a restaurar o Windows XP a um estado
normal de funcionamento quando surgem problemas.
Entendendo o processo de boot do Windows XP
Neste tópico veremos como funciona o processo de boot (inicialização) do
Windows XP. O processo de boot começa quando você liga o computador e
se encerra com o logon no sistema. Analisaremos as cinco fases do
processo de boot:

Seqüência de pré-boot

Seqüência de boot

Carga do kernel

Inicialização do kernel

logon

Para que cada fase do processo de boot possa acontecer com sucesso,
determinados arquivos são necessários. Na tabela a seguir estão listados os
arquivos necessários a cada fase do processo de boot. Systemroot indica a
pasta onde estão os arquivos do Windows 2000 XP estão instalados. Na
maioria das vezes é a pasta C:\winnt ou C:\Windows, mas pode ser uma
pasta diferente, dependendo de onde foi instalado o Windows XP.
Tabela: Arquivos utilizados no processo de boot do Windows XP.
Arquivo
Localização
Fase
Ntldr
Raiz da partição de sistema C:\
Pré-boot e boot
Boot.ini
Raiz da partição de sistema C:\
boot(*)
Bootsect.dos
Raiz da partição de sistema C:\
boot
Ntdetect.com
Raiz da partição de sistema C:\
boot
Ntoskrnl.exe
systemroot\System32
Carga do kernel.
Hal.dll
systemroot\System32
Carga do kernel
System (*.sys)
systemroot\System32\Config
Inicialização do kernel
Device drivers
systemroot\System32\Drivers
Inicialização do kernel
(*) -> Este arquivo somente está presente quando temos outros sistemas operacionais
instalados no mesmo computador. Por exemplo, quando temos o Windows 98 e o
Windows XP instalados, no mesmo computador, teremos este arquivo.
Na seqüência, apresentamos um pequeno resumo de cada uma das fases envolvidas
no
processo de boot.
1.
Seqüência de pré-boot: Após ligado o computador, uma série de testes de
hardware e detecção de dispositivos Plug and Play é processada. O
partição ativa é localizada e o setor de boot desta partição é carregado na
memória e executado. O arquivo Ntldr é carregado na memória e
inicializado. Este arquivo é que inicia o processa de carga do Windows XP.
2.
Seqüência de boot: Após ter carregado o arquivo Ntldr na memória, a seqüência
de boot detecta informações sobre o hardware e os respectivos drivers, em
preparação para as fases de carregamento do Windows XP. Dentro da fase
de seqüência de boot, temos quatro etapas bem distintas, conforme descrito
a seguir:

Fase inicial de carga do boot: Nesta subfase, o Ntldr altera o processador do


modo real de memória para o modo de 32 bit, o qual é requerido para a
carga das demais funções. Um suporte mínimo de sistema de arquivos é
carregado, para que o Ntldr possa achar e carregar o Windows 2000 Server,
a partir de uma partição FAT ou NTFS.

Seleção do Sistema Operacional: Nesta subfase, o Ntldr lê o arquivo Boot.ini


(que detalharemos no próximo item) e apresenta um menu de opções, de tal
forma que o usuário possa escolher qual o sistema operacional que será
carregado, no caso de existir mais de um Sistema operacional instalado.
Caso o arquivo Boot.ini tenha sido eliminado por acidente, Ntldr tenta
carregar o Windows 2000 XP a partir da primeira partição do primeiro disco
rígido.