Vous êtes sur la page 1sur 2

ESPECIALIZAÇÃO EM HISTÓRIA DO BRASIL

DISCIPLINA: MÉTODOS E TÉCNICAS DA PESQUISA CIENTÍFICA (30h).


PROFESSORA: LUIZA RIOS.

MODELO DE PROJETO DE PESQUISA

1. DELIMITAÇÃO TEMÁTICA
Apresentar de forma inicial o assunto a ser pesquisado de maneira clara, já o delimitando ainda
que de forma “alinhavada” no tempo, no espaço (se possível), não esquecendo de uma
delimitação do próprio tema (temática), dentro de uma discussão que se inicia neste item do
projeto e continua em outros. Fazê-lo de forma refletida, dentro de seu contexto.

2. JUSTIFICATIVA
Evidenciar os aspectos que tornam o trabalho importante. Precisa ter claro para quem e porquê a
pesquisa contribui. É interessante imaginar a contribuição para a sociedade de modo mais geral,
para a ciência/academia, para a discussão travada sobre temática em questão e para o próprio
pesquisador. Para Cardoso existe uma ordem hierárquica nesse sentido. Os critérios seriam:
relevância (social e científica), viabilidade (recursos humanos, documentais, teóricos),
originalidade e interesse pessoal.

3. PROBLEMATIZAÇÃO
Nesse item se apresentam as perguntas que almejamos responder com a pesquisa, ou as
“perguntas motrizes” (aquelas que impulsionam à pesquisa. De um modo geral deve se
apresentar uma reflexão que articule as leituras inicialmente feitas, o material documental já
visto, perscrutado, e com o qual se tem alguma intimidade, ainda que não suficiente para
esclarecer as questões. Todas as questões devem aparecer não como simples perguntas, mas
como argumentações, ou seja, como uma lógica na qual ela aparece, ou da qual a pergunta faz
parte.

4. OBJETIVOS
É uma espécie de “mapa” de intenções do pesquisador. Deve se mostrar o que se almeja, o que
se pretende com a proposta, aonde se quer chegar. De um modo geral deve ser iniciado com
verbos no infinitivo, com clareza, e articulado ao que já vinha sendo desenvolvido nos itens
anteriores. Pode ser dividido em objetivos gerais e específicos. Nesse caso, o primeiro deve ser
amplo, e nortear o todo, sendo os segundos desdobramentos do primeiro.

5. REFERENCIAL TEÓRICO PRELIMINAR


Neste item deve se “mostrar” quais foram as leituras feitas e de onde se parte a investigação, por
isto preliminar, por já iniciado e não completamente desenvolvido. Deve se explicar de que
conceitos ou categorias se utiliza na compressão dos fenômenos em questão, em que autores se
fundamentam os argumentos realizados ou feitos. Este ponto está intimamente ligado à
problematização.

6. INDICAÇÕES METODOLÓGICAS BÁSICAS


Um dos aspectos mais importantes de um projeto é o que trata do tipo de material (documentos)
que utiliza e de como o utiliza. Aqui se apresenta não só os recursos documentais, tipificando
cada um deles (dividindo os materiais de acordo com suas características), bem como o
tratamento dado a cada tipo, ou seja, as formas como serão trabalhados (os “comos”). Deve
apresentar os procedimentos previstos para a realização da pesquisa: as técnicas empregadas, as
formas como pensa em resolver os problemas (problemáticas) apresentados na problematização,
etc.

7. BIBLIOGRAFIA
Devem ser apresentados todos os materiais utilizados, desde as fontes até as obras de caráter
teórico, metodológico, ou ainda sobre a temática propriamente dita. Além disso, as leituras
feitas ainda que não utilizadas também devem constar neste. Livros, teses, dissertações,
monografias, jornais, revistas, etc.