Vous êtes sur la page 1sur 4

2ª Prova Diagnóstica – 2018 – 3ª Série

SEDUCE-GO – Língua Portuguesa

ESCOLA: ________________________ De fato, quem é escravo da repetição está


Prof.:____________________________ condenado a virar cadáver antes da hora. A única
Nome: ___________________________ maneira de ser idoso sem envelhecer é não se opor
a novos comportamentos, é ter disposição para
guinadas.
Eu pretendo morrer jovem aos 120 anos. [...]
Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e
é no olhar que se percebe a tal juventude eterna.
Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado
por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só
que continuará opaco porque não existe plástica
que resgate seu brilho. Quem dá brilho ao olhar é a
vida que a gente optou por levar.
Olhe-se no espelho...
Disponível em: <http://www.gilbertogodoy.com.br/ler-post/a-idade-e-a-
mudanca---lya-luft >. Acesso em: 09 maio 2018.

D2 Questão 01 ––––––––––––––––––––––––––◊
Na frase “que resgate seu brilho” (14º parágrafo), o
termo “seu” refere-se a
Leia o texto e, a seguir, responda as questões 1, 2, (A) momento.
3 e 4. (B) evento.
A idade e a mudança (C) truque.
Lya Luft
(D) sonho.
Mês passado participei de um evento sobre (E) olhar.
as mulheres no mundo contemporâneo.
Era um bate-papo com uma plateia composta D18 Questão 02 ––––––––––––––––––––––––––◊
de umas 250 mulheres de todas as raças, credos e No trecho “Há um outro truque que faz com que
idades. continuemos a ser chamadas de senhoritas, mesmo
E por falar em idade, lá pelas tantas, fui em idade avançada. ” (9º parágrafo), a palavra
questionada sobre a minha e, como não me “senhoritas”, nesse contexto, sugere uma mulher
envergonho dela, respondi. (A) jovem, independente da idade.
Foi um momento inesquecível... A plateia (B) solteira, independente da idade.
inteira fez um “oooohh” de descrédito. (C) casada, independente da idade.
Aí fiquei pensando: “pô, estou neste auditório (D) idosa e que não se casou.
há quase uma hora exibindo minha inteligência, e a (E) jovem e casada.
única coisa que provocou uma reação calorosa da
mulherada foi o fato de eu não aparentar a idade
que tenho? Onde é que nós estamos?” D15 Questão 03 ––––––––––––––––––––––––––◊
Onde, não sei, mas estamos correndo atrás de No trecho “[...] fui questionada sobre a minha e,
algo caquético chamado “juventude eterna”. como não me envergonho dela, respondi.”, o termo
Estão todos em busca da reversão do tempo. “como” estabelece entre as orações relação de
Acho ótimo, porque decrepitude também não (A) condição.
é meu sonho de consumo, mas cirurgias estéticas (B) finalidade.
não dão conta desse assunto sozinhas. (C) causalidade.
Há um outro truque que faz com que (D) consequência.
continuemos a ser chamadas de senhoritas, mesmo (E) proporcionalidade.
em idade avançada.
A fonte da juventude chama-se “mudança”.

1
2ª Prova Diagnóstica – 2018 – 3ª Série
SEDUCE-GO – Língua Portuguesa

D15 Questão 04 ––––––––––––––––––––––––––◊ estivesse ocorrendo nas ruas e rodovias - uma guerra
A expressão “E por falar em idade”, que inicia o 3º surda, sem bombas e ataques aéreos, mas com
parágrafo, tem como função capacidade para produzir transtornos permanentes. Daí
(A) retomar um assunto iniciado no parágrafo a importância de fiscalizar mais e de punir os maus
condutores.
anterior. Disponível em: <https://ndonline.com.br/florianopolis/opiniao/edi
(B) retificar uma informação dada no parágrafo torial/direcao-responsavel >. Acesso em: 09 maio 2018.
anterior.
D7 Questão 05 ––––––––––––––––––––––––––◊
(C) concluir uma informação iniciada no parágrafo
Qual a tese apresentada no editorial do jornal
anterior
Notícias Diárias?
(D) finalizar um assunto iniciado no primeiro
(A) Os motoristas que dirigem embriagados
parágrafo do texto.
deveriam ler ou ouvir depoimentos de
(E) introduzir um novo assunto ao texto a partir
familiares de vítimas de acidentes de trânsito.
desse parágrafo.
(B) A Lei Seca não vem apresentando os
resultados desejados devido à facilidade com
que os infratores se livram das penas.
Leia o texto e, a seguir, responda as questões 5, 6, (C) O Brasil é um dos países que lideram as
7, 8 e 9. estatísticas de acidentes provocados pela
Direção responsável mistura de direção e álcool.
Florianópolis - 08/05/2018 (D) A legislação branda e a impunidade são fatores
que ajudam a aumentar a proporção dos
Os motoristas que dirigem embriagados deveriam acidentes de trânsito.
ler ou ouvir o depoimento de pessoas que tiveram
(E) Mais de 83 mil pessoas deixaram de trabalhar,
familiares mortos ou mutilados em acidentes
provocados pela irresponsabilidade alheia ao volante.
em 2017, em decorrência dos acidentes no
Alguns relatos chocantes podem ser encontrados nesta trânsito.
edição do ND, na série sobre álcool e direção que vem
sendo publicada esta semana. O foco é a Lei Seca, criada D8 Questão 06 ––––––––––––––––––––––––––◊
para inibir excessos nas ruas e estradas do país, mas que O argumento que melhor sustenta a tese do
não vem apresentando os resultados desejados em vista editorial “Direção responsável” é
das facilidades que os infratores encontram para se (A) “O Brasil é um dos países que lideram as
livrar de penas mais pesadas. estatísticas de mortes e sequelas graves em
O Brasil é um dos países que lideram as decorrência da mistura de direção e bebidas
estatísticas de mortes e sequelas graves em decorrência
alcoólicas. ”.
da mistura de direção e bebidas alcoólicas − embora
também haja outras causas para tantos acidentes, como
(B) “[...] a legislação é branda e a sensação de que
imprudência, imperícia e a velha impunidade que nada vai acontecer com os faltosos ajuda a
contempla criminosos de todos os quilates. Ainda assim, aumentar a proporção do problema. ”.
a legislação é branda e a sensação de que nada vai (C) “E as perdas são sentidas também na
acontecer com os faltosos ajuda a aumentar a proporção economia, porque tal flagelo gera um prejuízo
do problema. E as perdas são sentidas também na anual de R$ 200 bilhões. ”.
economia, porque tal flagelo gera um prejuízo anual de (D) “[...] mais de 83 mil pessoas deixaram de
R$ 200 bilhões. trabalhar, em 2017, por causa de sinistros no
Dados da Escola Nacional de Seguros apontam trânsito [...].”.
que mais de 83 mil pessoas deixaram de trabalhar, em (E) “A impunidade, nesses casos, é de ordem
2017, por causa de sinistros no trânsito - a metade delas
material, porque nem todos os responsáveis
por afastamento definitivo, a outra metade por morte. A
impunidade, nesses casos, é de ordem material, porque
ressarcem materialmente as vítimas, e
nem todos os responsáveis ressarcem materialmente as também de ordem moral, [...].”.
vítimas, e também de ordem moral, pois a dor e o
sofrimento costumam perseguir os atingidos e suas
famílias pelo resto da vida. É como se uma guerra
2
2ª Prova Diagnóstica – 2018 – 3ª Série
SEDUCE-GO – Língua Portuguesa

D2 Questão 07 ––––––––––––––––––––––––––◊ com o desenvolvimento sustentável. Mas,


No trecho “[...] porque tal flagelo gera um prejuízo infelizmente, a realidade dos empreendimentos
anual de R$ 200 bilhões. ” (2º parágrafo), a dessa empresa é outra. São constantes as
expressão “tal flagelo” refere-se a qual termo denúncias de militantes, pesquisadores, ONG’s e
anteriormente mencionado? Ministério Público dos crimes socioambientais
(A) Aos motoristas que dirigem embriagados. cometidos pela estatal.
(B) A alguns relatos feitos no jornal Notícias A mesma empresa que investe em pesquisa
Diárias. nos institutos e universidades, incentivando novos
(C) À Lei Seca, que não vem apresentando trabalhos acadêmicos na área de petróleo, gás e
resultados satisfatórios. bicombustíveis, além de formar mão de obra
(D) Às estatísticas de mortes e sequelas graves em técnica para utilização nas refinarias, plataformas e
decorrência da mistura de direção e bebidas laboratórios, é a mesma que investe em
alcoólicas. empreendimentos que cometem crimes contra a
(E) Às leis brandas e à sensação de impunidade vida, que mantém relações suspeitas e espúrias
que faz aumentar o número de acidentes. com grupos paramilitares (milícias) que destroem o
meio de subsistência de homens e mulheres que
sobrevivem do mar, como é o exemplo do conflito
D15 Questão 08 ––––––––––––––––––––––––––◊
entre as terceirizadas contratadas pela Petrobrás e
Na frase “Ainda assim, a legislação é branda e a
a AHOMAR (Associação de Homens e Mulheres do
sensação de que nada vai acontecer com os faltosos
Mar).
ajuda a aumentar a proporção do problema.” (2º
O marketing da Petrobrás esconde um
parágrafo), a expressão “ainda assim” pode ser
verdadeiro poço de sangue, custo da extração,
substituída, sem prejuízo de sentido, por
refino e venda de seus produtos, danos distribuídos
(A) por isso.
para os setores mais vulneráveis e externalidades
(B) todavia.
socializadas com toda a sociedade. A Baía de
(C) embora.
Guanabara, patrimônio fluminense, atualmente
(D) contudo.
virou cenário de luta contra empreendimentos
(E) além disso.
predadores e insustentáveis. Em desdobramento da
instalação do Comperj, uma grande área de
D2 Questão 09 ––––––––––––––––––––––––––◊ exclusão de pesca na Baía de Guanabara foi criada,
A expressão “a metade delas” (3º parágrafo) refere- e devido a constantes mobilizações dos pescadores
se a artesanais, quatro pescadores foram assassinados e
(A) penas mais pesadas. dois estão desaparecidos; a licitação fragmentada
(B) perdas na economia. ainda alcançou a APA Guapimirim, de interesse para
(C) ruas e estradas do país. a construção de uma hidrovia, provocando a
(D) estatísticas de mortes e sequelas graves. exoneração do seu chefe, Bruno Herrera, que se
(E) 83 mil pessoas que deixaram de trabalhar. posicionou contra.
Agora, diante desse quadro, questiono se é
ético aceitar investimentos para pesquisas oriundas
Leia o texto e, a seguir, responda as questões 10, 11 de uma empresa com “mão cheia de sangue”, tanto
e 12. humano quanto de todos os outros seres vivos
Artigo de Opinião impactados, direta ou indiretamente, com o
William Cruz Comperj e a Reduc. Dinheiro de compensações
ambientais que a empresa estatal é obrigada
Geralmente, a primeira impressão é a que
investir em programas por destruir ecossistemas,
fica. No caso da Petrobrás, é uma imagem de
vida. Isso reflete os valores e princípios que
responsabilidade social e ambiental, como pode ser
imperam em nossa sociedade. Se instituições de
vista exaltada em seus relatórios: uma empresa em
ensino e pesquisa se deixam corromper por
harmonia com o Meio Ambiente e comprometida
dinheiro sujo de sangue, ainda se isentando da
3
2ª Prova Diagnóstica – 2018 – 3ª Série
SEDUCE-GO – Língua Portuguesa

crítica e da cobrança por ações de justiça A expressão “mão cheia de sangue”, que aparece
socioambiental e descaracterizando a função social no último parágrafo (“uma empresa com ‘mão
e o comprometimento com o dinheiro público e, cheia de sangue’”), sugere que
assim, com toda sociedade, lamentavelmente, (A) a Petrobrás é uma empresa corrupta e se
vemos faltar sentido em pesquisar já que o preocupa apenas com o lucro.
propósito não é trazer melhores condições de vida (B) o marketing da Petrobrás não é trazer
para a população. melhores condições de vida para a população.
Disponível em: <http://boletimmeioambiente.blogspot.com.br/ (C) a negligência da empresa com o meio
2013/01/artigo-de-opiniao.html >. Acesso em: 10 maio 2018.
ambiente leva à morte de pessoas e da
natureza.
D7 Questão 10 –––––––––––––––––––––––––––◊ (D) o investimento da Petrobrás em pesquisas é
Nesse texto, o autor defende a ideia de que um perigo aos setores mais vulneráveis da
(A) a primeira impressão, geralmente, é a que fica. sociedade.
(B) a Petrobrás tem uma imagem de (E) o marketing da empresa leva à morte de
responsabilidade social e ambiental. trabalhadores inocentes e do meio ambiente.
(C) são constantes as denúncias dos crimes
socioambientais cometidos pela estatal.
(D) o marketing da Petrobrás esconde um
verdadeiro poço de sangue.
(E) a empresa estatal é obrigada a investir em
programas por destruir ecossistemas.

D8 Questão 11 –––––––––––––––––––––––––––◊
Qual o argumento que melhor sustenta a tese
defendida no texto?
(A) “Geralmente, a primeira impressão é a que
fica. ”.
(B) “Mas, infelizmente, a realidade dos
empreendimentos dessa empresa é outra. ”.
(C) “A mesma empresa que investe em pesquisa
nos institutos e universidades [...] é a mesma
que investe em empreendimentos que
cometem crimes contra a vida, [...]”.
(D) “A Baía de Guanabara, patrimônio fluminense,
atualmente virou cenário de luta contra
empreendimentos predadores e
insustentáveis. ”.
(E) “Agora, diante desse quadro, questiono se é
ético aceitar investimentos para pesquisas
oriundas de uma empresa com “mão cheia de
sangue”, [...]”.

D18 Questão 12 ––––––––––––––––––––––––––◊