Vous êtes sur la page 1sur 24

PROGRAMA MUSICAL

PARA INSTRUMENTOS DE
CORDAS DA CCB

Edição 2015

1
SAUDAÇÕES

Agradecidos somos a Deus por ter nos concedido a graça de realizar este
trabalho para a melhoria dos instrumentos de cordas nas orquestras da
Congregação Cristã no Brasil.

Com muita oração estudos e palavras nos confirmando este trabalho,


chegamos à conclusão deste trabalho que é só o começo de uma grade busca pela
melhoria na parte musical dos instrumentos de cordas das nossas orquestras.

Deus por tudo seja louvado.

OS INTRUMENTOS DA CAPA SÃO:

-VOLINO

-VIOLA

-VIOLONCELO

-RABECÃO TAMBÉM CONHECIDO POR CONTRABAIXO - já foi utilizado nas


nossas orquestras, mas foi tirado por motivo do tamanho.

2
PROGRAMA MUSICAL CCB PARA

VIOLINO/VIOLA/VIOLONCELO

Sugestão de métodos para os instrumentos de cordas:

VIOLINO- METODO-CCB

VIOLA: METODO-BERTA VOLMER

VIOLONCELO- METODO-DOTZAUER I

POSICIONAMENTO NA ORQUESTRA:
VIOLINO-Soprano. Adota-se como padrão, nos cultos em geral, que os violinos toquem uma
oitava acima (posição escrita do hino) – salvo se forem solicitados a tocar como está escrito.

Tocar contralto como este escrito quando solicitado pelo encarregado de orquestra. Para exame
de oficialização o candidato (aluno) deve apresentar todas as posições.

VIOLA – Tenor. Deve tocar sempre como está escrito. Na edição do Hinário n. 5 foi adicionada a
escrita do tenor na clave de DÓ na terceira linha, especifica para VIOLAS.

VIOLONCELO – Baixo. Deve-se tocar como está escrito.

COMO AS ORQUESTRAS DEVEM TOCAR AS INDICAÇÕES DE EXPRESSÕES DO HINÁRIO N. 5

De acordo com as instruções passadas na Reunião Anual de Encarregados Regionais e


Examinadoras em São Paulo, deve-se observar e orientar a orquestra para execução das
expressões indicadas no hinário n. 5 da seguinte maneira:

1 - Com Veneração ( Ex.: Hino 38 )


Significado: 1. Ato ou efeito de venerar. 2. Culto que se presta às pessoas, às divindades ou
às coisas sagradas. 3. Acatamento, respeito.
Para executar essa expressão a orquestra deverá diminuir o volume de som, os metais
devem tocar mais fraco e as cordas devem aumentar o volume gradativamente.

3
2 - Com Submissão ( Ex.: Hino 61 )
Significado: 1. Ato ou efeito de submeter ou submeter-se. 2. Disposição a obedecer. 3.
Humildade. 4. Sujeição. 5. Humilhação voluntária. 6. Obediência espontânea.
Para executar essa expressão a orquestra deverá tocar com metade do volume de som, os
metais devem tocar mais fraco, cordas devem aumentar gradativamente e o Baixo deve tocar bem
legato, observando para não tocar notas batidas.

3 - Solene (Ex.: Hino 96)


Significado: 1. Que se celebra todos os anos, com pompa e suntuosidade. 2. Acompanhado
de cerimônias públicas e extraordinárias; magnífico, pomposo. 3. Que Infunde respeito; grave,
majestoso.
Na expressão solene a orquestra deve executar com mais virtuosidade, com som mais
firme, porém não estridente, mantendo o equilíbrio da sonoridade dando preferência ao soprano.

4 - Majestoso (Ex.: Hino 135 )


Significado: 1.Que tem majestade. 2. Suntuoso, grandioso, imponente.
Na execução desta expressão a orquestra deve tocar com grandiosidade, com as notas
batidas, bem marcadas, porém sem exagero de volume de som.

5-Com júbilo (Ex.: Hino 147)


Significado: 1. Grande alegria ou contentamento. 2. Regozijo.
A execução deve ser feita de forma alegre, deve-se executar as notas de forma mais solta,
sem ligar, tomando cuidado para não haver correria.

6 - Com humildade (Ex.: Hino 351)


Significado: 1.Virtude com que manifestamos o sentimento de nossa fraqueza. 2.
Modéstia. 3. Pobreza. 4. Demonstração de respeito, de submissão. 5. Inferioridade.
A execução deve ser feita parecida com a execução de veneração, ou seja, os metais e as
palhetas devem diminuir a intensidade e as cordas sobressair sobre os demais. Porém com um
pouco mais de submissão, A expressão sonora deve-se transmitir o sentimento de clemência. Para
exemplo da humildade pretendida nesta expressão foi cantado a letra do hino 260.

4
VELOCIDADE E INTERPRETAÇÃO DOS HINOS

Os hinos e coros do hinário devem ser sempre entoados de forma sacra e reverente a
Deus.
A orquestra na Congregação Cristã no Brasil tem como objetivo auxiliar a irmandade a
cantá-los com esse sentimento.
Para ajudar a orquestra, foram colocadas marcações de metrônomo das velocidades
mínimas e máximas em todos os hinos (por exemplo: = 60 - 80), que designam os limites dentro
dos quais cada hino deve ser entoado, sendo recomendável que o andamento fique na média
entre as velocidades mínima e máxima indicadas.
A interpretação do hino, no que diz respeito à intensidade do som, andamento e caráter,
independentemente da fórmula de compasso, deve ser adequada à inspiração da poesia.
Portanto, recomenda-se ao músico tocar o seu instrumento sempre considerando a poesia de
cada hino.
Determinados hinos trazem indicação de interpretação logo após a velocidade do
metrônomo, a qual tem como finalidade chamar a atenção do músico para uma forma de
interpretação mais específica.

SINAIS DE ARCADAS

Neste hinário foram introduzidos sinais de arcada para as quatro vozes. Quando houver
arcada somente sobre a nota do soprano, essa arcada também se aplica ao contralto.
Da mesma forma, quando houver arcada somente sobre a nota do tenor, essa arcada
também se aplica ao baixo.
E também sinais de arcadas iniciando do meio do arco tanto para cima como para baixo e
esta consideração deve valer para todos os outros trechos durante a execução do hino, (exemplo
hino 88) inicia com meio arco e após todas as respirações grandes retornar o arco ao meio
novamente.

5
6
APLICAÇÔES AO VIOLINO E VIÓLA

APRESENTAÇÃO DO VIOLINO E VIÓLA

SÃO CHAMADOS DE OUVIDOS OU FUROS TIPO F OU S.

Faça alguns exercícios de pescoço antes e após tocar.

7
POSTURA DE TOCAR NAS ORQUESTRAS

VIOLINO- Sentar desencostado do banco com a perna direita recuada e com o braço
alinhado a perna esquerda

VIOLA – Sentar desencostado do banco com a perna direita recuada e com o braço
alinhado a perna esquerda

Posição correta de tocar sentado

POSIÇÃO ERRADA DA MÃO ESQUERDA

8
POSIÇÃO CORRETA

POSICIONAMENTO DA MÃO ESQUERDA NO BRAÇO DO VIOLINO E VIÓLA

9
Posição correta de pegar no arco

10
ONDAS SENOIDAIS

Tabela Comparativa de Frequências

11
Em relação ao violino, a viola é um pouco maior, com alcance mais grave.
Considerando o violino o soprano das cordas, a viola é o contralto, o cello o tenor – barítono
e finalmente, o contrabaixo os baixos.

As quatro cordas do violoncelo


são afinadas em quintas, uma
oitava abaixo da viola.

O violoncelo tem a maior


extensão dinâmica de todos os
instrumentos de cordas, tanto no
piano quanto no forte; sua
extensão em altura é também
bastante ampla, cobrindo quase
quatro oitavas. As notas mais
graves são escritas na clave de fá
e as mais agudas, na clave de dó
na quarta linha (clave de tenor) e
até na clave de sol.

12
13
CARACTERÍSTICAS DO VIOLINO

O violino é um instrumento de cordas friccionadas. Isto é, o seu som é produzido pela


fricção entre a crina do arco e as cordas. A fricção ocorre graças a uma resina chamada
"breu" que é aplicada sobre o lado externo da crina.

O breu possui propriedades de aderência - é pegajoso - o que faz com que a crina
tente grudar na corda, ao se passar o arco, produzindo, assim, o som característico de
instrumentos de corda friccionada. Também é possível tocar o violino beliscando as suas
cordas, ao que se chama "pizzicato", ou ainda, embora seja muito incomum, também se pode
tocar, batendo com a madeira do arco sobre as cordas (con legno).

AFINAÇÃO DAS CORDAS

São quatro as cordas do violino. Da mais aguda para a mais grave, são afinadas em
intervalos de quintas perfeitas: mi, lá, ré e sol.

É tocado, apoiando-se (prendendo-se) o instrumento entre o ombro esquerdo e o


lado esquerdo do queixo. Os dedos da mão esquerda definem a altura do som (se agudo ou
grave), ao prender as cordas em diferentes pontos, mudando o comprimento da parte da
corda que vibra com a fricção do arco. A mão esquerda maneja o arco, e define a duração das
notas musicais e sua intensidade (se suave ou forte), além do estilo (ligado, separado,
detache, spiccato, martele, etc).

14
Multi-instrumentista Prof. Ivan Meyer

O CONTRABAIXO

15
LIÇÕES DO METODO DE VIOLINO CCB COM APLICAÇÕES AOS HINOS

LIÇÃO 43

TREMOLO........................ 131

STACCATO....................... 131

LEGATO........................... 131

PIZZICATO....................... 461

MARTELLATO.................. 101

HARMÔNICOS................. 096

LIGADURA 02 COLCHEIAS. 437

LIGADURA 04 COLCHEIAS. 100

LIÇÃO 68

TOCAR EXECUTANDO PONTA E TALÃO

LIÇAO 58...... HINO 255 LIÇÃO 87.... HINO 185

LIÇÃO 60...... HINO 374 LIÇÃO 88.... HINO398

LIÇÃO 70...... HINO 003 LIÇÃO 89.... HINO200

LIÇÃO 72...... .HINO 028 LIÇÃO 114.... HINO099

LIÇÃO 73...... HINO 334 LIÇAO 116.... HINO 187

LIÇÃO 75...... HINO 066 LIÇÃO 117.... HINO 226

LIÇÃO 77...... HINO 319 LIÇÃO 118.... HINO 074

LIÇÃO 78...... HINO 088 LIÇÃO 119.... HINO 173

LIÇÃO 79...... HINO 127 LIÇÃO 121.... HINO 157

LIÇÃO 81...... HINO 359 LIÇÃO 122.... HINO 168

LIÇÃO 83...... HINO 239 LIÇÃO 123.... HINO 037

LIÇÃO 86...... HINO 212

16
HINOS PARA EXECUÇÃO E EXAME

HINOS COM SEQUÊNCIA DE COLCHEIA PONTUADA E SEMICOLCHEIA

19 26 29 56 190 214 267 275 289 311 320 382 392 394 407 442
465

HINOS 5ª POSIÇÃO
VIOLINO

42 50 63 107 129 191 225 239 241 260 265 267 268 282 294 296
298 313 322 330 348 364 398 408 413 415 439 445 453 459 460

HINOS PARA EXECUTAR AS 4 PARTES

19 35 37 50 70 76 88 136 173 177 198 199 217 223 233 237


259 267 281 322 446

COMPENSAÇÃO DE ARCADAS PARA CIMA

28 175

COMPENSAÇÃO DE ARCADAS PARA BAIXO

183 339

17
POSIÇÕES DO VIOLINO

*TIRAR A 1°COM4°*

18
HINOS RELACIONADOS ÀS POSIÇÕES

Hino da 1ª Posição - 8ª Acima.


49

Hinos da 2ª Posição - 8ª Acima.


85 101 134 151 155 160 194 207 274 275 285 421 422

Hinos da 3ª Posição - 8ª Acima.


8 9 11 14 15 20 22 24 30 31 36 39 44 45 47 54
59 60 64 68 69 74 75 76 77 81 83 90 93 104 106 109
125 128 131 133 135 140 143 157 162 165 166 167 172 190 192 196
197 198 208 209 214 226 227 234 235 238 245 247 249 254 255 256
257 263 269 271 272 278 284 286 288 293 295 299 306 316 326 327
334 341 342 345 358 365 366 368 373 375 383 384 385 388 389
393 394 396 397 399 402 409 410 412 414 417 418 423 424 428 430
436 437 441 450 451 468 471 472 479

Hinos da 4ª Posição - 8ª Acima.


1 2 3 4 5 6 7 10 12 13 16 17 18 19 21 23
25 26 27 28 29 32 33 34 35 37 38 40 41 43 46 48
51 52 53 55 56 57 58 61 62 65 66 67 70 71 72 73
78 79 80 82 84 86 87 88 89 91 92 94 95 96 97 98
99 100 102 103 105 108 110 111 112 113 114 115 116 117 118 119
120 121 122 123 124 126 127 130 132 136 137 138 139 141 142 144
145 146 147 148 149 150 152 153 154 156 158 159 161 163 164 168
169 170 171 173 174 175 176 177 178 179 180 181 182 183 184 185
186 187 188 189 193 195 199 200 201 202 203 204 205 206 210 211
212 213 215 216 217 218 219 220 221 222 223 224 228 229 230 231
232 233 236 237 240 242 243 244 246 248 250 251 252 253 258 259
261 262 264 266 270 273 276 277 279 280 281 283 287 289 290 291
292 297 300 301 302 303 304 305 307 308 309 310 311 312 314 315
317 318 319 320 321 323 324 325 328 329 331 332 333 335 336 337
338 339 340 343 344 346 347 349 350 351 352 353 354 355 356 357
359 360 361 362 363 367 369 370 371 372 374 376 377 378 379 380
381 382 386 387 390 391 392 395 400 401 403 404 405 406 407 411
416 419 420 425 426 427 429 431 432 433 434 435 438 440 442 443
444 446 447 448 449 452 454 455 456 457 458 461 462 463 464 465
466 467 469 470 473 474 475 476 477 478 480

Hinos da 5ª Posição - 8ª Acima.


42 50 63 107 129 191 225 239 241 260 265 267 268 282 294 296
298 313 322 330 348 364 398 408 413 415 439 445 453 459 460

19
HINOS PARA VIOLA

 Soprano ( 2º posição )
42-50-63-107-129-191-225-239-241-260-265-267-268-282-294-296-298-313-322-330-348-
364-398-408-413-415-439-445-453-459-460.

 Tenor( clave de Dó 3º linha )


07-12-19-24-37-50-110-133-157-177-199-211-217-223-232-233-237-241-243-259-267-275-
294-320-322-348-356-359-398-462-464-465-469-473

 Tenor(clave de Dó 3ª linha) com duas oitavas


63-298-315-433

HINOS PARA VIOLONCELLO

 Soprano ( 3º posição )
42-50-63-107-129-191-225-239-241-260-265-267-268-282-294-296-298-313-322-330-348-
364-398-408-413-415-439-445-453-459-460.

 TENOR ( clave de FÁ 3º posição )


90-129-166-217-223-254-261-268-270-279-303-307-309-322-335-337-345-357-365-366-
405-413-438-460.

20
Aplicações ao violoncelo

POSTURA DE TOCAR NAS ORQUESTRAS

VIOLONCELO – Sentar desencostado do banco com o instrumento apoiado à perna esquerda


e a altura do coração.
OBSERVAÇÃO PARA CELLO - No inicio dos cultos o músico só deve sentar após o início da
introdução do hino. (LOCALIZAR O HINO E AGUARDAR O INÍCIO DA INTRODUÇÃO EM PÉ).
POSIÇÕES PARA CELLO – Podemos tocar os 480 hinos obedecendo ao que está escrito na
primeira posição sem correr o risco de desafinar. Salvo quando o músico estiver bem avançado
poderá desenvolver outras posições

"Notas do Violoncelo | Primeira Posição Natural"

Prezados irmãos.

Ao iniciar os estudos da mão esquerda, não sabemos onde estão as notas do violoncelo.
Neste artigo vou mostrar onde estão as notas da primeira posição. Mas primeiramente, segue
duas pequenas legendas muito utilizadas:

Polegar ø Aqui são os dedos da mão esquerda. Os métodos utilizam muito dedo 1, 2, em
cima das notas que devem ser tocadas. Isso ajuda muito no começo. Essa
Indicador 1 tabela é fácil de decorar.

Médio 2

Anular 3

Mínimo 4

21
Legenda Isso é para decorar. Não temos como fugir. Trata-se de cifras. Muito
utilizadas para se tocar violão. A maioria dos métodos utilizam essa
Dó C linguagem que agiliza a leitura. Importante essa tabela.

Ré D

Mi E
Bequadro, para quem não sabe, é voltar a nota ao seu estado anterior
Fá F de uma nota com sustenido (#) ou bemol (♭). Simples assim.

Sol G

Lá A

Si B

Sustenido #

Bemol ♭

Bequadro ♮

Deixando essa microteoria (é mais gostoso tocar não é?!). Vamos a parte que interessa. As
notas do Violoncelo, descritas na tabela abaixo:

Corda Corda Corda Corda Essa é a primeira posição natural, ou seja, não tem
C G D A
nenhum acidente. Faça assim: Coloque os seus 4 dedos no
D (1) A (1) E (1) B (1) inicio do espelho, mais ou menos no término do 4 dedo,

F (2) C (2) que o primeiro vai começar.

E (3) B (3)

F (4) C (4) G (4) D (4)

No inicio é muito normal tocar a nota desafinada. Mas como é Dó - Ré, fica mais fácil de
achar a nota e as demais. Imagine: Dóoooo - Réeeee. Seja persistente, é complicado no começo.
O espaço entre o Dedo 1 e o dedo 3 é de quase 4 dedos. Entre o dedo 3 e 4 é mais ou menos um
dedo. Tudo vai depender do tamanho do dedo da pessoa, é claro. Mas fica uma dica para ter uma
noção de espaço.

22
Lembre-se que ter mão grande ajuda, não tenho dúvida, mas ter a mão pequena também
se pode tocar. Eu tenho a mão média. Consigo tocar numa boa. Além de a mão esticar com os
estudos. Sim ela ficar maior. Não muito, mas um pouco. (fica mais elástica).
Outro ponto fundamental: o dedão deve estar na altura do segundo dedo. Ele é meio
rebelde no começo. Mas logo ele fica no lugar. Ele é para marcar a posição. Ele pode dar pequenas
mexidas. Não há problemas nisso. Apenas tome cuidado para ele não ficar se mexendo muito.
Veja na foto como ele deve estar. Veja que ele fica na linha do 2º dedo. Ele pode ficar
apontado um pouco para cima, ou em linha reta. Tente deixa-lo relaxado.

Ele serve para guiar a mão. É possível tocar sem ele, não muito, mas é. Tente eliminar a
tensão dele com os dias.
A força deve estar na ponta dos dedos. Tente programar o seu cérebro para jogar a força
lá. Procure usar a parte do dedo em que tiver mais carne. Mas lembre-se de um detalhe muito

23
importante: Não é muita força, é jeito. É mais jeito do que força. Procure não forçar e diminuir
com o tempo a tensão (isso é complicado mesmo).
Estude bastante sem o arco. (pizzicato) isso ajuda a afinar, ter a posição e calejar os dedos.
Sem contar que podemos estudar à noite dessa forma. Mas estude com o arco também.
Segue agora um guia com todas as variações da mão esquerda na primeira posição. Ótimo
guia de todas as variações. Ajuda a memorizar. Espero que gostem. Usem.

ADÃO

CLAUDIO

MAURI

24