Vous êtes sur la page 1sur 1

Fissuras causadas por recalques de fundações

Mecanismo de formação
- ausência ou falhas nas investigações de solo *
número insuficiente de soldagens * erro na localização *
procedimento fraudulentos * influencia da vegetação *
presença de matacões.
- problemas envolvendo o comportamento do solo *
adoção do perfil de projeto otimista *existência de aterro
assimétrico * falta de travamento em duas direções no
totó das estacas *não observação da flambagem das
estacas muitos esbeltas.
-Problemas envolvendo o desconhecimento real do
comportamento das fundações * adoção de sistema de
fundação diferente * recalques diferenciais * adoção de
fundações profunda para solos compactados * elemento
de fundações como reforço.
Causas de patologias em fundações
- problemas envolvendo as especificações
construtivas * cota de assentamento * tipos e
característica do solo * tensões admissíveis adotadas *
característica do concreto * recobrimento da armadura.
- execuções/ falhas * envolvendo o elemento estrutural
da fundações * adensamento diferente e vibração
inadequada do concreto *estrangulamento de secção de
pilares enterrados * junta de dilatação mal executada.

Fissuras causadas por alterações químicas dos


materiais de construção.
-Hidratação retardada de Cales – acontece quando há
grãos de cal mal hidratada na cal utilizada para a execução
da argamassa. Quando esses grãos isolados de óxidos
ativos entram em contato com a água se hidratam e
aumentam seu volume em até 100%.
*Fissuras horizontas no revestimento * ocorrerão próximo
ao topo da parede * poderão ocorrer fissuras e outras
avarias.
-Ataque por sulfatos - o sulfato em solução pode reagir
com elementos químicos constituintes dos cimentos, como
o aluminato tricálcico. Tal reação, que é acompanhada de
grande expansão, forma o sulfoaluminato tricálcico.
(cimento, agua , sulfatos solúveis)
*fontes solos, aguas contaminadas, componentes
cerâmicos construtivos por argila com alto teor de sais.
- corrosão da armadura – o processo é ocasionado
principalmente por mecanismo eletroquímico, característico
de corrosão em meio úmido , intensificado com a presença
de elementos agressivos.
*mecanismo de formação- ambientes marinhos, solos com
elevado teor de matéria orgânica, solo contaminados.
*fatores que influencia – permeabilidade do concreto a agua
e gases, grau de carbonatação atingindo pelo concreto,
composição química do aço, estado de fissuração da peça.

Processo de deterioração dos revestimentos de


argamassa.
Físico mecânico – retração plástica devido a
rápida evaporação de água, levando a fissurações.
Químicos – hidratação retardada do oxido de
magnésio da cal, levando a empolamento e
desagregação do revestimento.
Biológico – crescimento de microrganismos
(fungo/bolor) produzindo machas e desagregação
devido a produção de ácidos.