Vous êtes sur la page 1sur 5

Exercícios Extras de Função Quadrática

Extensivo Alfa
Professor: Leandro (Pinda)
1. (Enem (Libras) 2017) Suponha que para um trem 3. (Unesp 2017) Uma função quadrática f é dada por
trafegar de uma cidade à outra seja necessária a f(x)  x2  bx  c, com b e c reais. Se f(1)  1 e
construção de um túnel com altura e largura iguais a
10 m. Por questões relacionadas ao tipo de solo a ser f(2)  f(3)  1, o menor valor que f(x) pode assumir,
escavado, o túnel deverá ser tal que qualquer seção quando x varia no conjunto dos números reais, é igual
transversal seja o arco de uma determinada parábola, a
como apresentado na Figura 1. Deseja-se saber qual a a) 12.
equação da parábola que contém esse arco. Considere b) 6.
um plano cartesiano com centro no ponto médio da c) 10.
base da abertura do túnel, conforme Figura 2. d) 5.
e) 9.

4. (Enem 2017) A Igreja de São Francisco de Assis,


obra arquitetônica modernista de Oscar Niemeyer,
localizada na Lagoa da Pampulha, em Belo Horizonte,
possui abóbadas parabólicas. A seta na Figura 1 ilustra
uma das abóbadas na entrada principal da capela. A
Figura 2 fornece uma vista frontal desta abóbada, com
medidas hipotéticas para simplificar os cálculos.

A equação que descreve a parábola é


2
a) y   x 2  10
5
2
b) y  x 2  10
5
c) y   x 2  10
d) y  x 2  25
e) y   x2  25 Qual a medida da altura H, em metro, indicada na
Figura 2?
2. (Unicamp 2017) Sejam c um número real e
2
f(x)  x  4x  c uma função quadrática definida para 16 31 25 25 75
a) b) c) d) e)
todo número real x. No plano cartesiano, considere a 3 5 4 3 2
parábola dada pelo gráfico de y  f(x).
5. (Enem (Libras) 2017) A única fonte de renda de um
cabeleireiro é proveniente de seu salão. Ele cobra
a) Determine c no caso em que a abscissa e a
R$ 10,00 por cada serviço realizado e atende 200
ordenada do vértice da parábola têm soma nula e
esboce o respectivo gráfico para 0  x  4. clientes por mês, mas está pensando em aumentar o
valor cobrado pelo serviço. Ele sabe que cada real
cobrado a mais acarreta uma diminuição de 10 clientes
por mês.

Para que a renda do cabeleireiro seja máxima, ele deve


cobrar por serviço o valor de
a) R$ 10,00.
b) R$ 10,50.
c) R$ 11,00.
d) R$ 15,00.
e) R$ 20,00.

6. (Unesp 2017) A figura representa, em vista superior,


a casinha de um cachorro (retângulo BIDU) e a área
externa de lazer do cachorro, cercada com 35 metros
b) Considere os pontos de coordenadas A  (a, f(a)) e
de tela vermelha totalmente esticada.
B  (b, f(b)), onde a e b são números reais com
a  b. Sabendo que o ponto médio do segmento AB
é M  (1, c), determine a e b.
Colégio Nomelini

9. (Enem 2016) Um túnel deve ser lacrado com uma


tampa de concreto. A seção transversal do túnel e a
tampa de concreto têm contornos de um arco de
parábola e mesmas dimensões. Para determinar o custo
da obra, um engenheiro deve calcular a área sob o arco
parabólico em questão. Usando o eixo horizontal no
nível do chão e o eixo de simetria da parábola como
eixo vertical, obteve a seguinte equação para a
parábola:

y  9  x2 , sendo x e y medidos em metros.


Calcule a área externa de lazer do cachorro quando
x  6 m. Determine, algebricamente, as medidas de x Sabe-se que a área sob uma parábola como esta é
e y que maximizam essa área, mantidos os ângulos 2
igual a da área do retângulo cujas dimensões são,
retos indicados na figura e as dimensões da casinha. 3
respectivamente, iguais à base e à altura da entrada do
7. (Unicamp 2016) Seja (a, b, c) uma progressão túnel.
geométrica de números reais com a  0. Definindo
Qual é a área da parte frontal da tampa de concreto, em
s
s  a  b  c, o menor valor possível para é igual a metro quadrado?
a
1 2 3 4 a) 18 b) 20 c) 36 d) 45 e) 54
a) . b) . c) . d) .
2 3 4 5
10. (Enem 2015) Um estudante está pesquisando o
8. (Enem 2ª aplicação 2016) Dispondo de um grande desenvolvimento de certo tipo de bactéria. Para essa
terreno, uma empresa de entretenimento pretende pesquisa, ele utiliza uma estufa para armazenar as
construir um espaço retangular para shows e eventos, bactérias. A temperatura no interior dessa estufa, em
conforme a figura. graus Celsius, é dada pela expressão
T(h)  h2  22h  85, em que h representa as horas do
dia. Sabe-se que o número de bactérias é o maior
possível quando a estufa atinge sua temperatura
máxima e, nesse momento, ele deve retirá-las da
estufa. A tabela associa intervalos de temperatura, em
graus Celsius, com as classificações: muito baixa,
baixa, média, alta e muito alta.

Intervalos de
temperatura (C) Classificação

T0 Muito baixa


0  T  17 Baixa
17  T  30 Média
30  T  43 Alta
A área para o público será cercada com dois tipos de T  43 Muito alta
materiais:
Quando o estudante obtém o maior número possível de
- nos lados paralelos ao palco será usada uma tela do bactérias, a temperatura no interior da estufa está
tipo A, mais resistente, cujo valor do metro linear é classificada como
R$ 20,00; a) muito baixa.
- nos outros dois lados será usada uma tela do tipo B, b) baixa.
c) média.
comum, cujo metro linear custa R$ 5,00. d) alta.
e) muito alta.
A empresa dispõe de R$ 5.000,00 para comprar todas
as telas, mas quer fazer de tal maneira que obtenha a
maior área possível para o público. A quantidade de
cada tipo de tela que a empresa deve comprar é
a) 50,0 m da tela tipo A e 800,0 m da tela tipo B.
b) 62,5 m da tela tipo A e 250,0 m da tela tipo B.
c) 100,0 m da tela tipo A e 600,0 m da tela tipo B.
d) 125,0 m da tela tipo A e 500,0 m da tela tipo B.
e) 200,0 m da tela tipo A e 200,0 m da tela tipo B.

2
Gabarito e Resolução

Resposta da questão 1:
[A]

Desde que o gráfico intersecta o eixo x nos pontos de abscissa 5 e 5, e sendo (0, 10) o vértice da parábola, temos

2
10  a  (02  0  0  25)  a   .
5

Portanto, segue que o resultado é

2 2
y    (x 2  0  x  25)   x 2  10.
5 5

Resposta da questão 2:
4
a) Sendo   2 a abscissa do vértice, vem que a ordenada deve ser igual a 2. Logo, temos
2 1
2  22  4  2  c  c  2.

Portanto, segue o gráfico de f.

b) Desde que a  b, vem


ab
1
2 b  2a

a2  4a  c  b2  4b  c a2  4a  (2  a)2  4(2  a)  0
c
2
b  2a

a2  2a  2  0
a  1 3
 .
b  1 3
Resposta da questão 3:
[D]

Se f(2)  f(3)  1, então


22  b  2  c  (32  b  3  c)  1  b  6.

Logo, se f(1)  1, então


1  12  ( 6)  1  c  c  4.

Portanto, temos
f(x)  x 2  6x  4  5  (x  3)2 .

Em consequência, o menor valor que f pode assumir é 5, quando x  3.


Colégio Nomelini
Resposta da questão 4:
[D]

Calculando:
Parábola  Pontos  5, 0  e  4, 3 
f(x)  ax 2  bx  c
b  0  parábola simétrica ao eixo y
f(0)  c  H
0  a  (5)2  H 0  25a  H 1 25
   3  9a  a    H 
3  a  (4)  H 
2 3   16a  H 3 3

Resposta da questão 5:
[D]

Seja x o número de reais cobrados a mais pelo cabeleireiro. Tem-se que a renda, r, obtida com os serviços realizados é dada por

r(x)  (10  x)(200  10x)


 10x 2  100x  2.000.

100
Em consequência, o número de reais cobrados a mais para que a renda seja máxima é   5 e, portanto, ele deverá cobrar
2  ( 10)
por serviço o valor de 10  5  R$ 15,00.

Resposta da questão 6:
a) Calculando:
x  y  (y  2)  (x  1)  35  x  y  19  6  y  19  y  13
Sexterna  6  13   2  1  Sexterna  76 m2

b) Calculando:
S(x)  x  y  (2  1)
x  y  19  y  19  x
S(x)  x  (19  x)  2   x 2  19x  2
19
xmáx   xmáx  9,5  y  9,5
2  ( 1)

Resposta da questão 7:
[C]

Tem-se que (a, b, c)  (a, aq, aq2 ), com a  0 e q sendo a razão da progressão geométrica.
Desse modo, vem

2
s a  aq  aq2  1 3
  q2  q  1   q    .
a a  2  4

s 3 1
Portanto, o valor mínimo de é , ocorrendo para q   .
a 4 2

Resposta da questão 8:
[D]

Queremos calcular os valores de 2x e de 2y, de tal modo que a área A  x  y seja máxima e 40x  10y  5000, isto é,
0  125
y  500  4x. Daí, como A  4x(x  125) atinge um máximo para x   62,5 m, temos y  500  4  62,5  250 e,
2
portanto, segue que 2x  125 m e 2y  500 m.

4
Colégio Nomelini
Resposta da questão 9:
[C]

Tem-se que y  (x  3)(x  3), em que as raízes são 3 e 3. Ademais, a parábola intersecta o eixo das ordenadas no ponto
(0, 9).
A resposta é dada por

2
 (3  (3))  9  36 m2.
3

Resposta da questão 10:


[D]

Escrevendo a lei de T na forma canônica, vem

T(h)  h2  22h  85


 (h2  22h  85)
 [(h  11)2  36]
 36  (h  11)2 .

Assim, a temperatura máxima é 36 C, ocorrendo às 11 horas. Tal temperatura, segundo a tabela, é classificada como alta.