Vous êtes sur la page 1sur 142

GUIA DO

ALUNO
2019
E
UVEJOF
LORES
E
MVOCÊ!
S
UMÁRI
O

CAPÍTULO I - QUEM SOMOS .................................................4

CAPÍTULO II - PROCESSOS ADMINISTRATIVOS .......................14

CAPÍTULO III - PROPOSTA PEDAGÓGICA ...............................20

CAPÍTULO IV - PROCESSOS AVALIATIVOS ............................. 45

CAPÍTULO V - MATERIAL ESCOLAR ...................................... 60

CAPÍTULO VI - ROTINAS ESCOLARES ................................... 75

CAPÍTULO VII - ACOMPANHAMENTO DOS ALUNOS ................. 99

CAPÍTULO VIII - EVENTOS ESCOLARES ............................... 107

CAPÍTULO IX - BIBLIOTECA ............................................. 121

CAPÍTULO X - CEC .......................................................... 124

CAPÍTULO XI - EQUIPES ACADÊMICAS E ESPORTIVAS ........... 134

CAPÍTULO XII - ORDENS ESTUDANTIS................................ 139


C
APÍ
TULO1
Quem s
omos
I. QUEM SOMOS

NOSSA INSTITUIÇÃO

O Coleguium faz parte da Eleva Educação que reúne marcas tradicionais de


educação. Somos uma das mais respeitadas instituições de ensino de Minas
Gerais, sempre compromissada com a qualidade e com os resultados. Nossa
equipe compõe-se de profissionais altamente qualificados e com grande
experiência na área educacional.

Queremos oferecer, ao país, cidadãos atuantes, questionadores, flexíveis,


inovadores, cultos e honestos, capazes de refletir e agir para proporcionar a
transformação positiva da sociedade.

Atualmente, somos uma Rede com 17 Unidades, localizadas em Belo Hori-


zonte (Alípio de Melo, Belvedere, Buritis, Carlos Prates, Castelo, Gutierrez,
Jaraguá, Manacás, Ouro Preto e Santa Amélia), Conceição do Mato Dentro,
Lagoa Santa, Nova Lima e Sete Lagoas.
Missão

Oferecer um ensino de alta qualidade a alunos cujas famílias valorizam a


educação, com resultados reconhecidos e concretos, sustentados pela forte
exigência pedagógica, em ambiente disciplinado, sadio e acolhedor.

Valores

. Ética;
. Estudo;
. Mérito;
. Disciplina;
. Foco no Aluno.

GUIA DO ALUNO 2019 4


I. QUEM SOMOS

NOSSA HISTÓRIA

Em 1987 o Professor Virgílio Machado decidiu abandonar a carreira pública e


dedicar-se a novos projetos. A partir de então, a ideia de trabalhar com crian-
ças começou a configurar-se e concretizou-se no mês de julho, com a realiza-
ção de uma “Colônia de Férias”, no sítio onde morava, na região da Pampulha,
em Belo Horizonte.

A Colônia lançou as bases para uma nova escola: alicerçada na criatividade


para promover o resgate de uma infância que se perdia diante dos avanços
tecnológicos. Assim, surgiu uma “OFICINA”, e chegaram os primeiros seis
alunos. Assim, iniciou-se um período de grandes desafios e descobertas!

Aos poucos, um velho galpão foi assumindo as características da nova escola:


surpresas em todos os cantos, simplicidade e vida efervescente. A OFICINA
precisava fazer a sua opção pedagógica, que não poderia ser outra senão
abraçar as teorias construtivistas que, na época, garantiam grandes inovações.

No seu terceiro ano de vida, a OFICINA era uma escola muito diferente e
destacava-se por isso. O trabalho inovador, o espaço único e as aventuras
vividas pelos alunos chamavam a atenção dos meios acadêmicos e da impren-
sa. Mesmo tão jovem, a escola assumiu um novo desafio: implantou o Ensino
Fundamental de 1ª a 4ª série (atual 1º ao 5º ano) e deu continuidade aos
fundamentos já traçados para a Educação Infantil.

A OFICINA cresceu e, em 1992, estava na hora de acompanhar os alunos até a


8ª série (atual 9º ano). Esse novo estágio foi refletido na mudança do nome de
OFICINA para “COLEGUIUM”, palavra latina que nos remete à seriedade, à
erudição e à valorização da cultura como características da escola. Com
apenas seis anos de vida, mais um salto: a implantação do Ensino Médio.

Os desafios de consolidar uma escola que atendesse do Infantil ao Ensino

GUIA DO ALUNO 2019 5


I. QUEM SOMOS

Médio eram imensos. Diante disso, como fazer o melhor? Essa pergunta
provocou um turbilhão de reflexões e avaliações que levaram a escola ao
planejamento, à aplicação e à avaliação da prática pedagógica, fazendo da
nossa trajetória um processo permanente de aprendizagem. A esse modelo
denominamos “Ensino Estruturado”, que se iniciou em 1996, com o registro
detalhado de toda a nossa prática e o resgate de valores positivos do ensino
tradicional.

Em 1998, foi inaugurada a nova sede, no bairro Ouro Preto. Em 1998,


iniciamos os estudos para a implantação de uma rede capaz de fazer do
Coleguium uma grande escola, com toda a estrutura e a organização exigidas
pela excelência do ensino, mas atendendo em Unidades menores e mais
aconchegantes. O projeto começou a se consolidar no ano 2000, com a
implantação da Unidade Jaraguá.

O ano 2000 também foi marcado por uma mudança significativa no planeja-
mento do Ensino Médio, o qual voltou seu olhar à preparação para o vestibu-
lar, em especial o da Universidade Federal de Minas Gerais. Assim, as práticas
do ensino tradicional foram abraçadas, com forte cobrança disciplinar e
exigência acadêmica.

O ano de 2014 marcou o início de uma nova etapa da nossa trajetória de


sucesso. Em busca de mais solidez para o nosso processo de expansão e
melhores oportunidades para continuar no protagonismo do ensino de
qualidade no Brasil, o Coleguium se associou à Eleva Educação, um dos maio-
res grupos de educação do país, com sede no Rio de Janeiro. Essa Rede conta
com a participação do Sistema Elite de Ensino e do Colégio e Curso PENSI,
ambos no Rio de Janeiro, do QG do ENEM, curso on-line, do Colégio Alfa, em
Cascavel, no Paraná e Colégio Nota 10, no Mato Grosso do Sul. Nossa
aspiração é ser a Rede de maior impacto em educação básica do país, formada
por escolas de referência nas principais regiões brasileiras e apoiada em uma
plataforma acadêmica diferenciada. Objetivamos oferecer uma formação
completa aos nossos alunos desde as séries iniciais, com motivação para que

GUIA DO ALUNO 2019 6


I. QUEM SOMOS

o jovem do século XXI aprimore seu aprendizado e obtenha resultados de


ponta no ENEM e nos exames das principais instituições de ensino do Brasil e
do exterior.

A Eleva mantém as características e os diferenciais de cada Rede local. Convém


ressaltar que possui parcerias com instituições educacionais de peso no Brasil
e no exterior, como a Fundação Estudar, a Universidade de Harvard e a de
Stanford. Ainda, ressaltamos que a Eleva participa de feiras educacionais em
todo o mundo e traz para o país iniciativas que causam relevante impacto na
educação dos nossos alunos.

Essa é uma história marcada pela criatividade, pela ousadia e pela busca
constante do fazer melhor. A cada dia, o COLEGUIUM torna-se parte inesquecí-
vel da vida de muitas crianças e adolescentes, bem como de suas famílias.
Caso queira saber mais sobre a nossa trajetória, acesse o site:
www.coleguium.com.br

Coruja Gui, a mascote do Coleguium

As corujas estão em todos os continentes, exceto no antártico; duzentas e


doze espécies já foram identificadas, sendo 24 no Brasil. Elas são aves peculia-
res, seus grandes olhos voltados para a frente lembram a face humana, a
capacidade de girar o pescoço em até 270°, aliada à visão apurada, dão-lhes
uma capacidade ímpar de enxergar. Talvez, por isso, a coruja tornou-se símbo-
lo da sabedoria na antiga Grécia e, a partir desse ponto, espalhou-se pelo
mundo, inclusive pelas faculdades de Filosofia e de Letras do Brasil.

O Coleguium acredita na sabedoria, na capacidade de enxergar mais longe e


de alçar grandes voos para a vida, tendo o conhecimento como principal
substrato para essa longa jornada de crescimento e de descobertas. Por isso,
ao pensar em uma mascote para a nossa escola, optamos pela Coruja Gui que,
desde 2012, passou a nos ajudar a seguir nossa caminhada.

GUIA DO ALUNO 2019 7


I. QUEM SOMOS

Canais de comunicação

Com o intuito de facilitar a comunicação entre nossos pais, Unidades e


Central de Atendimento, disponibilizamos alguns canais de comunicação que
serão de total importância durante todo o período letivo. Esses canais foram
criados para que os responsáveis consigam resolver as questões específicas
nas próprias Unidades.

Os canais de comunicação são os seguintes:

1. Portal Eleva:

O acesso ao Portal é, portanto, parte fundamental em nossa formação e o


apoio da família é imprescindível nessa prática. Por meio dele, disponibiliza-
mos um arcabouço de ferramentas muito eficazes para complementar o
conteúdo visto pelos estudantes em sala de aula, bem como diversas funcio-
nalidades que auxiliam na organização dos estudos de nossos alunos. Além
disso, como forma de reforço da comunicação entre a escola e os responsá-
veis, utilizaremos a ferramenta do Quadro de Avisos do aplicativo Eleva Digi-
tal. Esse é o meio mais direto de informar a vocês instantaneamente sobre
questões importantes em nosso cotidiano.

O acesso já está disponível para computadores por meio do link:


http://www.portaleleva.com.br/

Também está disponível para aparelhos de celulares, Smartphones com


Android 4.0 ou superior ou por iPhones e iPads, por meio do aplicativo Eleva
Digital.
Para baixar o aplicativo Eleva Educação busque "Eleva Educação" em sua loja
de aplicativos.

GUIA DO ALUNO 2019 8


I. QUEM SOMOS

Para o primeiro acesso:

Os pais e os responsáveis deverão acessar por:

Login: CPF do responsável


Senha inicial: 123456

Para o acesso dos alunos:

Login: RA*
Senha inicial: data de nascimento com ano completo e sem barras
*Os alunos poderão consultar seu RA com a Coordenação da Unidade.

Tanto no Portal como no aplicativo, estão disponíveis:

. Canal Eleva* - com mais de 5.000 videoaulas para aprofundamento e


revisão de conteúdo
. Boletim escolar
. Avisos e circulares
. Atualidades
. Agenda virtual*
. Avaliação
. Eleva ao vivo*
. Monitoria on-line*

*Exclusivo para contratantes do Apoio Pedagógico.

2. Secretaria da Unidade
A. Informações pedagógicas sobre alunos da Unidade.
B. Informações ou dúvidas específicas da Unidade.
C. Declarações, históricos escolares, boletim etc.
D. Agendamentos com a Direção ou Coordenação Pedagógica.
E. Dúvidas sobre cobrança (boletos).
F. Cancelamento de serviços, cobrança indevida e antecipação
de parcelas.
G. Para alteração de responsável financeiro e/ou de dados
cadastrais, é necessário se dirigir à Secretaria da Unidade
para abertura da solicitação. GUIA DO ALUNO 2019 9
I. QUEM SOMOS
Como acessar: pessoalmente, por meio do telefone da Central de Atendimen-
to: 3490-5000 (opção 2, seguida do número de sua Unidade) ou pelo e-mail da
Unidade (encaminhado diretamente para o(a) Diretor(a)).
Abaixo, segue a relação de e-mails e de telefones de todas as Unidades
(após as 18h, contato apenas pelo telefone celular) :

• Unidade Alípio de Melo: alipiodemelo@coleguium.com.br - (31) 3024 – 9540


Cel: 9 8269-0449
• Unidade Belvedere: belvedere@coleguium.com.br - (31) 3568-3807
Cel: 98469-0457
• Unidade Buritis: buritis@coleguium.com.br - (31) 3490 - 5000
Cel: 9 9559-5412
• Unidade Carlos Prates: carlosprates@coleguium.com.br - (31) 2515 – 7150
Cel: 98463-3547
• Unidade Castelo: castelo@coleguium.com.br - (31) 2516 - 8051
Cel: 99949-9485
• Unidade Castelo Manacás: manacas@coleguium.com.br - (31) 3476 - 6466
Cel: 97513-4674
• Unidade Conceição do Mato Dentro: conceicaomatodentro@coleguium. com.br -
(31) 98486 - 1502 Cel: 9 8486-1502
• Unidade Gutierrez Infantil: gutierrezinf@coleguium.com.br - (31) 2512 - 2972
Cel: 99636-3025
• Unidade Gutierrez Fundamental 1: gutierrezfund@coleguium.com.br - (31) 2552
-8444 Cel: 99847-8884
• Unidade Gutierrez Fundamental 2 e Médio: gutierrez2@coleguium.com.br -(31) 3332
- 1529 Cel: 9 8439-0309
• Unidade Jaraguá: jaragua@coleguium.com.br - (31) 2510 – 2399
Cel: 98446-4308
• Unidade Jardim Canadá: jardimcanada@coleguium.com.br - (31) 3541 – 8599
Cel: 8461-0484
• Unidade Lagoa Santa: lagoasanta@coleguium.com.br - (31) 3681 - 9946
Cel: 98622-9616
• Unidade Ouro Preto: ouropreto@coleguium.com.br - (31) 3498 – 3044
Cel: 3498-3340
• Unidade Ouro Preto Integral: ouropretoint@coleguium.com.br - (31) 2514 -5219
Cel: 99388-8868
• Unidade Santa Amélia: santaamelia@coleguium.com.br - (31) 3643 - 0108
Cel: 99407-2316
• Unidade Sete Lagoas: setelagoas@coleguium.com.br - (31) 3771 - 8660
Cel: 98698-2030 GUIA DO ALUNO 2019 10
I. QUEM SOMOS

3. Financeiro:

a. Cobrança – Atualização de boletos vencidos a mais de 50 dias e negociação


de débitos: contato pelo telefone 3490-0000, opção 2, ramais 5006, 5007 e
5248. Ressaltamos que as dúvidas sobre cobrança poderão ser solucionadas
na Secretaria da Unidade. Caso elas não sejam sanadas, o contato com o setor
financeiro deverá ser efetuado.

4. Central de atendimento:

É a segunda opção de contato para acesso à Secretaria da Unidade.


Informações ou questões sobre a Rede como um todo. Informações ou
questões específicas da Unidade que não foram resolvidas na própria Unidade.
Como acessar: telefonar para a Central de Atendimento (3490-5000) e digitar a
opção desejada.

5. Fale conosco:

5.1. Para elogios, reclamações, sugestões ou questionamentos para toda a


Rede, ou para alguma Unidade específica e para contato para fornecedores e
parceiros externos acessar o e-mail www.coleguium.com.br/fale-conosco/

5.2 Para cadastro de currículos para cargos e funções:

Acessar no site www.coleguium.com.br/ o link - Trabalhe Conosco e cadastrar o


currículo.

GUIA DO ALUNO 2019 11


I. QUEM SOMOS

Redes sociais

No mundo globalizado, a internet assume um papel cada vez mais


importante na sociedade contemporânea, oferecendo mais liberdade para
emitir opiniões e facilidades para a comunicação.

As redes sociais são utilizadas por empresas e organizações para divulgarem


seus produtos e serviços, além de estreitar o relacionamento com os clientes.
O Coleguium se faz presente nessa enorme rede de relacionamento e convida
toda a comunidade para participar das redes em que mantém presença. Siga
o Coleguium nas Redes Sociais e fique por dentro do que acontece em nossas
Unidades:

www.facebook/coleguium
www.twitter.com/coleguium
www.instagram.com/coleguium
www.flickr.com/redecoleguium
www.youtube.com/user/coleguium

GUIA DO ALUNO 2019 12


CAPÍ
TULO2
Pr
oces
sosAdmi
nis
tra
tiv
os
II. Processos administrativos

1. Mensalidades e taxas

Pagamentos

As mensalidades e taxas vencem no dia 05 ou 10 de cada mês, de


acordo com a escolha feita no momento da matrícula. Os boletos,
além de serem entregues nas Unidades aos alunos e enviados por e-
mail, também podem ser acessados por meio do Portal. Caso coincida
com sábado, domingo ou feriado, o pagamento fica adiado para o
primeiro dia útil subsequente.

Após esse período, serão cobrados os encargos financeiros previstos


pelo Contrato de Prestação de Serviços. A atualização dos boletos
vencidos, a menos de 50 dias, deve ser feita diretamente pelo site do
banco Itaú, não sendo necessário ser correntista. Para isso, é
necessário acessar o site www.itau.com.br na opção ATENDIMENTO
/ OUTROS SERVIÇOS / BOLETOS E COMPROVANTES, escolher a opção
BOLETOS
/ ATUALIZAR BOLETO VENCIDO e digitar o código de barras do boleto
original.

Para boletos vencidos a mais de 50 dias, favor entrar em contato com


nosso setor de cobrança através do e-mail cobranca@coleguium.-
com.br ou pelo telefone 3490-5000, ramais 5006, 5007 ou 5248.

As parcelas mensais devem ser pagas na rede bancária, até a data de


vencimento. Terminado esse prazo, apenas no banco conveniado. A
impressão do boleto deverá ser feita no Portal Eleva.

GUIA DO ALUNO 2019 14


II. Processos administrativos

2. Material Didático

O material didático Coleguium é composto por materiais físicos e


pelas seguintes ferramentas:

1. Plataforma Adaptativa: disponível a partir do 6º ano, a Plataforma é


capaz de diagnosticar as dificuldades de cada aluno e sugerir estudos
que o ajudem a preencher as lacunas de conhecimento. Esses
materiais de estudo são sugeridos para cada aluno de acordo com as
suas necessi-dades de aprendizado, permitindo que cada um siga seu
próprio caminho na preparação para testes, provas, simulados e
vestibulares futuros.

2. Jogos Educacionais: a plataforma de ensino Coleguium contempla


jogos educacionais. Em parceria com uma empresa do setor, o
Coleguium disponibiliza uma plataforma de exercícios on-line de
Matemática, em formato de games, denominada Matific, destinada aos
alunos do Ensino Fundamental 1.

3. Monitoria Presencial: a monitoria é um instrumento para melhoria do


aprendizado, o qual é muito importante e tradicional no Coleguium.
Nela, o aluno pode sanar as suas dúvidas com os Monitores que, atual-
mente, estudam nas principais universidades públicas e privadas do
Estado. A monitoria presencial é ofertada apenas para alunos do Ensino
Médio.

4. Monitoria On-line: na forma on-line da monitoria, os alunos, a partir


do 6º ano, podem tirar dúvidas específicas sobre exercícios dos nossos
materiais didáticos. Nessa modalidade, os estudantes têm acesso à
resolução comentada dos exercícios disponíveis no material.

GUIA DO ALUNO 2019 15


II. Processos administrativos

5. Laboratório Inteligência de Vida: o Coleguium desenvolve projetos


interdisciplinares integrados com os conteúdos estudados no material
didático. Assim, o objetivo do LIV é estimular no aluno o desenvolvi-
mento de habilidades essenciais para o sucesso pessoal e profissional;
como indivíduos, aprendem a ter mais proatividade, pensamento crítico
e perseverança; no coletivo, aprendem a ter mais criatividade e a
melhorar a comunicação, além de desenvolver a capacidade de colabo-
ração. O material didático de LIV é proposto do Infantil 3 até o 9º ano.

6. Canal Eleva Educação: é oferecido aos alunos do Coleguium um


canal na web com programação de vídeos diversificados
voltados aos conteúdos ministrados em nossas salas de aula em
diferentes discipli-nas do Ensino Fundamental e do Ensino Médio.
7. Material de Projetos Pedagógicos: na Educação Infantil e no Ensino
Fundamental 1, o Coleguium desenvolve projetos pedagógicos, como
forma de desenvolver habilidades cognitivas e socioemocionais. Os
projetos foram desenvolvidos por autores próprios e as atividades
propostas são indicadas nas apostilas e/ou folhas avulsas na Educação
Infantil e no Ensino Fundamental 1, entregues ao longo do ano letivo.
Além das apostilas, fornecemos o material visual necessário à execução
dos projetos.
8. Personagens Pedagógicos: na Educação Infantil e no Ensino Funda-
mental 1 (1º ao 3º ano), o Coleguium desenvolve projetos pedagógicos
que favorecem a interação dos alunos com alguns personagens do
mundo da fantasia, com o intuito de fomentar o interesse, a criatividade
e a aprendizagem significativa. Os personagens são atores contratados
pela escola tendo em vista a contextualização sugerida nos projetos.

9. Serviços opcionais: são taxas contratadas no ato da matrícula e


pagas ao longo do ano via boletos bancários. A solicitação de
cancelamento desses serviços, se necessária, deverá ser realizada na
Secretaria da Unidade pelo responsável financeiro.

GUIA DO ALUNO 2019 16


II. Processos administrativos

No caso dos eventos, é necessário que o responsável


financeiro solicite o cancelamento no prazo de até 30 dias úteis
antes da data do evento. Após este prazo, não haverá reembolso e
nem cancelamento das parcelas. Os serviços opcionais são:

Noite do Pijama - Infantil 5.


Formatura - Infantil 5.
Semana das Crianças - Educação Infantil.
Festival de Teatro - Infantil 2 ao 5º ano.
Jogos da Amizade - Ensino Fundamental 1.
Jogos da Integração - Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio. Formatura
- 9º ano do Ensino Fundamental.
Formatura - 3ª série do Ensino Médio.
Pré-Enem - 3ª série do Ensino Médio.
CEC - Centro de Extensão Coleguium (a partir do Infantil 4 ao Ensino
Fundamental 2, em caso de demanda na Unidade).

Cancelamento de Matrículas

O cancelamento da matrícula deve ser feito por meio do Termo de


Resilição, que deve ser preenchido juntamente ao Diretor da Unidade.

O contrato expira 30 dias após a solicitação, conforme cláusula contra-


tual. Após cancelamento da matrícula, é gerada multa contratual em
conformidade com as cláusulas do Contrato de Prestação de Serviços
de Educação Escolar.

O Histórico Escolar (alunos do Ensino Fundamental e Médio) estará


disponível na Secretaria da Unidade em até 30 dias após o pedido de
cancelamento.

GUIA DO ALUNO 2019 17


II. Processos administrativos

Alunos em intercâmbio

Consideramos a experiência do intercâmbio muito enriquecedora para


os jovens. Porém alunos e responsáveis deverão estar cientes de que a
viagem implicará em queda no ritmo de estudos, comprometendo a
preparação para o ingresso em universidades de primeira linha, objeti-
vo do nosso Ensino Médio.

Aqueles que optarem pelo intercâmbio deverão solicitar o


cancelamen-to da matrícula e, ao retornarem, caso queiram voltar a
estudar no Coleguium, serão submetidos a novo teste de seleção, sem
qualquer garantia de vaga. Para efetuar a matrícula, o aluno deverá
apresentar a documentação da escola que frequentou, com
especificação das disciplinas cursadas e respectivas cargas horárias. A
tradução dos documentos deverá ser feita por tradutor juramentado
ou pelo consu-lado brasileiro no país de origem.

Intercambistas que se ausentarem por curtas temporadas, retornando


dentro do mesmo ano letivo, poderão refazer a matrícula, se houver
disponibilidade de vaga, e estarão dispensados da prova de seleção.
Caso o responsável opte por não cancelar a matrícula, garantindo a
vaga, o aluno deverá cumprir o mínimo de 75% de frequência no ano
ou apresentar documentação da escola que frequentou,
comprovando-a. Para efeito de avaliação, nas atividades perdidas serão
consideradas as médias do ano. É importante ressaltar que exigimos o
carimbo do consulado nos documentos para aproveitamento dos
estudos no exterior.

GUIA DO ALUNO 2019 18


CAPÍ
TULO3
Pr
opos
tapeda
gógi
ca
III. Proposta Pedagógica

Proposta educacional

É prioridade do Coleguium oferecer as melhores condições de aprendizagem


aos nossos alunos, de forma que possam desenvolver suas potencialidades,
crescer como pessoas de mente e corpo saudáveis e encontrar o caminho da
integridade e do respeito ao próximo, preparando-se para os desafios de uma
sociedade globalizada e competitiva. Para atingir esses objetivos, estamos
atentos ao que fazemos agora: ouvimos e refletimos as demandas da socieda-
de e avaliamos o nosso desempenho em todos os aspectos, buscando melho-
res alternativas para as nossas práticas pedagógicas.

Ensinar é nosso papel primordial e, para isso, não medimos esforços. Desafia-
mos e orientamos nossos alunos para que se tornem capazes de fazerem as
melhores opções de vida, com segurança, com conhecimento e com consci-
ência.

Não sabemos o que o mundo de amanhã reservará aos nossos filhos. As


mudanças são rápidas e surpreendentes, mas reconhecemos que a
criatividade, a versatilidade e a iniciativa são palavras-chave para uma
sociedade globalizada que se impõe no século XXI. Assim, propomos formar
pessoas criativas, capazes de imaginar soluções a partir de mecanismos
inovadores; pessoas versáteis, capazes de se adaptarem rapidamente a novas
realidades e situações; pessoas com iniciativa, capazes de assumir posições e
tomar atitudes eficientes e coerentes diante de novos desafios e, sobretudo,
pessoas cultas, capazes de respeitar o modo de pensar e de agir de outras
pessoas e de outras culturas.

Sob essa ótica, o Coleguium também busca formar pessoas que conheçam as
múltiplas linguagens e que saibam relacionar-se, comunicar-se, interagir e
descobrir. Nossa intenção é conciliar metodologias e práticas inovadoras de
ensino-aprendizagem com os pilares da exigência pedagógica, que
abrangem compromisso, disciplina e acolhimento.

GUIA DO ALUNO 2019 20


III. Proposta Pedagógica

Educação Infantil

Sabemos que o processo de alfabetização começa cedo para as crianças que,


ao ingressarem na escola, já trazem informações e hipóteses sobre o mundo
da escrita. Cabe à escola planejar ações pedagógicas efetivas para que se
tornem usuárias efetivas e criativas da língua falada e escrita. No Coleguium o
processo de alfabetização tem início na Educação Infantil, quando os alunos
reconhecem o alfabeto e interagem com os usos sociais da leitura e da escrita,
além de começarem a estabelecer relações entre sons e letras. A expectativa é
que o processo de alfabetização seja consolidado ao final do1º ano do Ensino
Fundamental 1, em que as crianças já apresentam uma escrita com caracteres
alfabéticos, adquirindo o status de leitores iniciais.

Ao mesmo tempo, é nossa preocupação manter vivas as tradições de uma


infância que está se perdendo na sociedade moderna. Para isso, conciliamos
cantigas de roda, parlendas, jogos e brincadeiras a aprendizagem da leitura,
da escrita, da Matemática e de outros saberes significativos.

Sabemos também que a formação de bons hábitos alimentares é


fundamental para o desenvolvimento sadio. Por isso, enfatizamos a
educação alimentar em todas as séries do Infantil e adotamos o PEN –
Programa de Educação Alimentar voltado para todos os alunos.

Durante os anos da Educação Infantil, fantasia e realidade se misturam.


Aproveitando esse universo, criamos situações inusitadas e desafiadoras que
favorecem o desenvolvimento de mentes curiosas e criativas. Assim, fadas,
princesas e inúmeros outros personagens do mundo da fantasia integram-se
ao nosso dia a dia e dão forma e significado a vários projetos pedagógicos.

No Coleguium Internacional, oferecemos o programa bilíngue, propondo


uma abordagem da linguística aplicada, na qual a língua inglesa moderna é
utilizada na Educação Infantil e no Ensino Fundamental 1. No primeiro
segmento, a grade curricular é desenvolvida 50% do tempo em Língua
Portuguesa e 50% do tempo em Língua Inglesa. No segundo, o aluno terá
contato com as demais disciplinas exigidas pela Secretaria de Educação e, por
esse motivo, há a ampliação da carga horária dessas séries. Portanto, há dois
retornos no contra-turno. GUIA DO ALUNO 2019 21
III. Proposta Pedagógica

Na Educação Infantil, o objetivo é despertar a curiosidade de nossos peque-


nos alunos pelas novidades e pelas descobertas que o aprendizado lúdico
proporciona. A formação de conceitos e valores básicos e o estímulo à criativi-
dade e ao desenvolvimento integral (cognitivo, social, afetivo e psicomotor)
acontecem por meio da constante interação das crianças com o ambiente
escolar e com as pessoas que estão ao seu redor, dando-lhes o suporte neces-
sário para que desenvolvam seus potenciais nos campos de experiências.

Eixos temáticos:

Arte, Conhecimento Matemático, Natureza e Sociedade, Linguagem Oral e


Escrita, Música (Infantil 2, 3, 4 e 5) e Teatro (Infantil 4 e 5), Introdução ao Inglês
(Infantil 4 e Infantil 5), Laboratório Inteligência de Vida (Infantil 3, 4 e 5).

Para a Unidade Conceição do Mato Dentro, os componentes curriculares do


infantil são os seguintes: Arte, Conhecimento Matemático, Natureza e
Sociedade, Linguagem Oral e Escrita, Música (Infantil 2, 3, 4 e 5) e Teatro
(Infantil 4 e 5), Laboratório Inteligência de Vida (Infantil 3, 4 e 5).

Ensino Fundamental 1

Para os nossos alunos, é um tempo de viver um mundo de novidades e de


conhecimentos, de desenvolvimento da autonomia e da responsabilidade.

Muitos conceitos, já explorados na Educação Infantil, serão retomados e


ampliados nesse segmento. Para o desenvolvimento dos conteúdos curricula-
res, privilegiamos o incentivo à leitura, à escrita, à pesquisa e ao raciocínio por
meio de situações desafiadoras e contextualizadas. São vários os temas,
textos e desafios, pois o nosso principal objetivo é que os alunos apropriem-
se dos mais diversos conhecimentos, utilizando-os durante toda a vida. A
literatura é também inserida nos projetos pedagógicos para formar e conso-
lidar o hábito de ler, desenvolver estratégias de leitura e de habilidades
cognitivas, comunicativas e socioambientais.

GUIA DO ALUNO 2019 22


III. Proposta Pedagógica

É no Ensino Fundamental 1 (a partir do 4º ano) que iniciam-se os trabalhos de


campo, com o aprendizado da pesquisa individual e a participação ativa dos
alunos em exposições, festivais e concursos.

Componentes curriculares/Aulas semanais: Arte (1 aula), Ciências da


Natureza (2 aulas), Educação Física (2 aulas), Geografia (2 aulas), História (2
aulas), L.E.M. Inglês (4 aulas), Matemática (1º ao 3º ano, 5 aulas; 4º e 5º ano, 6
aulas), Música (1º ao 3º ano, 1 aula), Língua Portuguesa (5 aulas), Redação (3
aulas), Artes Cênicas (1 aula) e Laboratório Inteligência de Vida (2 aulas).

Para a Unidade Conceição do Mato Dentro, os componentes curriculares


do Fundamental I são os seguintes: Arte (1 aula), Ciências da Natureza (2
aulas), Educação Física (2 aulas), Geografia (2 aulas), História (2 aulas), L.E.M.
Inglês (1 aula), Matemática (1º ao 3º ano, 5 aulas; 4º e 5º ano, 6 aulas), Música
(1º ao 3º ano, 1 aula), Língua Portuguesa (5 aulas), Redação (2 aulas), Artes
Cênicas (1 aula) e Laboratório Inteligência de Vida (1 aula).

Para o Coleguium Internacional, os componentes curriculares do Fundamental


I são os seguintes: Arte (1 aula), Ciências da Natureza (2 aulas), Educa-ção Física (2
aulas), Geografia (2 aulas), História (2 aulas), L.E.M. Inglês (1º ano, 9 aulas; 2º e 3º anos
10 aulas; 4º e 5º ano, 4 aulas), Matemática (1º ao 3º ano, 5 aulas; 4º e 5º anos, 6
aulas), Língua Portuguesa (5 aulas), Redação (1º, 4º e 5º anos, 3 aulas; 2º Ano, 2 aulas),
Artes Cênicas (1 aula), Laboratório Inteligência de Vida (2 aulas) e Música (1° ao 3º
anos, 1 aula).

Ensino Fundamental 2

No início do Fundamental 2, nossos alunos estão em fase de grandes mudan-


ças: pré-adolescentes, naturalmente questionadores e contestadores, mas
também curiosos, interessados e com “sede” de conhecer melhor o mundo
em que vivem. Podemos, então, aprofundar os conteúdos e, na delegação de
responsabilidades, investir no desenvolvimento da autonomia pessoal e
apostar ainda mais na capacidade dos nossos jovens. Ao iniciar o 6º ano,
instigamos o aluno a refletir, a formular perguntas e a procurar respostas que
extrapolem os conteúdos trabalhados.

GUIA DO ALUNO 2019 23


III. Proposta Pedagógica

Colaboramos para que o jovem, que tanto questiona e busca, coloque-se


positivamente diante do mundo. Trabalhos de campo, dinâmicas, filmes e
documentários são recursos explorados nesse segmento.

Carga horária do Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano): 30 aulas semanais,


sendo 6 diárias.

Componentes curriculares: Arte (1 aula), Ciências da Natureza (4 aulas, 9º


ano dividida em duas frentes com separação das ênfases em Física e em
Química), Educação Física (2 aulas), Ética (1 aula) ; Geografia (3 aulas),
Laboratório Inteligência de Vida (1 aula), História (3 aulas), L.E.M. Inglês (2
aulas), Literatura (2 aulas), Matemática (6 aulas), Língua Portuguesa (3 aulas) e
Redação (2 aulas).

Ensino Médio

Com a autonomia desenvolvida durante o Ensino Fundamental, o aluno do


Ensino Médio tem a possibilidade de sintetizar conhecimentos e adquirir
outros mais complexos. É o momento de intenso ritmo de estudos, quando
ele está se preparando para ingressar nas melhores universidades do país,
formando-se como vencedor e conquistando os melhores espaços do merca-
do de trabalho.

Além da carga horária presencial, o aluno deverá se preparar para um extenso


trabalho em casa a partir das atividades propostas pela Plataforma Adaptativa
e pelas videoaulas (ver em Projetos Especiais, Plataforma Adaptativa).

Desde a 1ª Série, o aluno participa de simulados, que avaliam o seu desempe-


nho, e é orientado para a escolha profissional consciente. Ao final da 3ª Série,
encerraremos uma longa e frutífera parceria. Nosso aluno terá adquirido um
ótimo ritmo de estudos, estará apto a ingressar nas melho-res universidades e
a usufruir plenamente de um excelente curso superior.

GUIA DO ALUNO 2019 24


III. Proposta Pedagógica

Carga horária do Ensino Médio Regular: 32 aulas semanais para a 1ª e 2ª


séries e 40 aulas semanais para a 3ª série.

Componentes curriculares da 1ª e 2ª série: Arte (1 aula)*, Biologia (3 aulas),


Educação Física (1 aula)*, Filosofia (1 aula), Física (4 aulas na 1ª série e 3 aulas
na 2ª série), Geografia (3 aulas), História (4 aulas), L.E.M Inglês (1 aula),
Literatura (1 aula), Matemática (5 aulas), Língua Portuguesa (2 aulas), Química
(3 aulas na 1ª série e 4 aulas na 2ª série), Redação (2 aulas) e Sociologia (1
aula).

*Essas aulas acontecerão no contraturno, quinzenalmente, de forma gemina-


da.

Componentes curriculares da 3ª série**: Arte (1 aula), Biologia (5 aulas),


Filosofia (1 aula), Física (5 aulas), Geografia (4 aulas), História (4 aulas), Inglês (1
aula), Literatura (2 aulas), Matemática (7 aulas), Língua Portuguesa (2 aulas),
Química (5 aulas), Redação (2 aulas), e Sociologia (1 aula).

**Serão cinco manhãs com 06 aulas e duas tardes com 05 aulas.

Para a Unidade Conceição do Mato Dentro, a distribuição de carga horária


para o Ensino Médio é a seguinte:
Componentes curriculares da 1ª e 2ª séries: Arte (1 aula), Biologia (3 aulas),
Educação Física (2ª série, 1 aula), Filosofia (1 aula), Física (4 aulas na 1ª série e
3 aulas na 2ª série), Geografia (3 aulas), História (3 aulas), L.E.M. Inglês (1 aula),
Literatura (1 aula), Matemática (5 aulas), Língua Portuguesa (2 aulas), Química
(3 aulas), Redação (2 aulas) e Sociologia (1 aula).

Componentes curriculares da 3ª série: Arte (1 aula), Biologia (5 aulas),


Filosofia (1 aula), Física (5 aulas), Geografia (4 aulas), História (4 aulas), L.E.M
Inglês (1 aula), Literatura (2 aulas), Matemática (7 aulas), Língua Portuguesa (2
aulas), Química (5 aulas), Redação (2 aulas) e Sociologia (1 aula).
Os conteúdos são trabalhados em dois anos e a terceira série é integralmente
voltada para a revisão desses, visando ao Enem e a outros vestibulares.

GUIA DO ALUNO 2019 25


III. Proposta Pedagógica

Carga horária do Ensino Médio Integral: 38 aulas semanais na 1ª e 2ª Séries


e 40 aulas semanais na 3ª Série.

Componentes curriculares da 1ª e 2ª séries*: Arte (1 aula), Biologia (4 aulas),


Filosofia (1 aula), Física (5 aulas na 1ª série e 4 aulas na 2ª série), Geografia (4
aulas), História (5 aulas), L.E.M Inglês (1 aula), Literatura (1 aula), Matemática (6
aulas), Língua Portuguesa (2 aulas), Química (4 aulas na 1ª série e 5 aulas na 2ª
série), Redação (2 aulas), Sociologia (1 aula) e Educação Física (1 aula).

*Serão cinco manhãs com 06 aulas e duas tardes com 04 aulas.

Componentes curriculares da 3ª Série**: Arte (1 aula), Biologia (5


aulas), Filosofia (1 aula), Física (5 aulas), Geografia (4 aulas), História (4
aulas), L.E.M Inglês (1 aula), Literatura (2 aulas), Matemática (7 aulas), Língua
Portuguesa (2 aulas), Química (5 aulas), Redação (2 aulas) e Sociologia (1 aula).

**Serão cinco manhãs com 06 aulas e duas tardes com 05 aulas.

O objetivo do Ensino Médio Integral é preparar os alunos para ingressar


nas melhores universidades do Brasil, portanto, o planejamento é voltado
para os conteúdos e habilidades mais significativos para uma boa realização
da prova do ENEM. Os conteúdos são trabalhados em dois anos e a terceira
série é integralmente voltada para a revisão, visando ao ENEM e a outros
vestibulares.

Programa High School


O Coleguium, Unidade Internacional, oferece para seus alunos um
programa oficial de High School, por meio de um convênio com a Missouri
University, uma das mais proeminentes instituições de ensino dos Estados
Unidos. O aluno de High School estuda simultaneamente os currículos
americanos e brasileiros, a partir do 9º ano, com Professores de língua
materna inglesa ou que possuem vasto conhecimento e experiência no
ensino da língua. Ao concluir o Ensino Médio, o aluno adquire dois
diplomas: o do Coleguium e o da Missouri University, que é aceito
oficialmente em todas as universidades americanas.
GUIA DO ALUNO 2019 26
III. Proposta Pedagógica

As aulas do High School acontecem em um ambiente de imersão em inglês


dentro da própria escola, no contraturno. Nesse programa, o aluno é prepara-
do para adquirir competências que irão exceder a mera comunicação em
situações cotidianas. O nosso objetivo é levar o aprendiz a utilizar a língua
inglesa em um contexto acadêmico e futuramente profissional, ou seja, o
aluno se comunicará em inglês com desembaraço diante de qualquer plateia.
Para participar desse programa, o aluno tem de estar ingressado no 9º ano e
ser aprovado no teste de admissão.

Coleguium Pelo Mundo

O projeto Coleguium Pelo Mundo tem como principal objetivo aumentar o


número de nossos alunos estudando nas melhores universidades do mundo,
conscientizando todos a respeito do funcionamento do processo holístico de
admissões e fornecendo a devida preparação e acompanhamento aos alunos
mais competitivos. O foco do programa está em preparar os alunos para o
processo seletivo de universidades norte-americanas. Porém, isso não os
impede de o aplicarem em universidades de outros países, verificando
sempre a viabilidade do projeto.

O programa oferece: Palestras, aulas e informações durante todos os anos


para orientar os alunos; Parceria com a Education USA para palestras e
informações; Orientação na preparação para os SAT ou ACT e para o TOEFL
Alto Desempenho; Preenchimento dos formulários de candidatura e bolsa
de estudos, além de quaisquer outras informações úteis.

ENEM, Sisu e Vestibulares

O Exame Nacional do Ensino Médio, ENEM, é uma prova elaborada e aplicada


pelo MEC em todo o Brasil, que tem como um dos objetivos a avaliação de
desempenho dos alunos que concluíram o Ensino Médio. A partir de 2009, as
notas dos alunos passaram a ser utilizadas, por algumas Universidades públi-
cas e privadas, como um dos critérios para seu processo seletivo e, em alguns
casos, como seu único processo, substituindo os vestibulares tradicionais.

GUIA DO ALUNO 2019 27


III. Proposta Pedagógica

Também no ano de 2009, o MEC criou o Sisu (Sistema de Seleção Unificada),


que permite aos alunos de todo o Brasil se candidatar a uma vaga nas univer-
sidades públicas que aderirem ao sistema. Por um sistema informatizado,
no mês de janeiro, o candidato se inscreve a uma vaga no curso e instituição
do seu interesse (cada candidato poderá fazer até duas inscrições). Para ter
mais elementos para fazer sua inscrição, o sistema permite ao aluno fazer
simulações que lhe darão indicativos sobre as reais chances de conseguir
determinada vaga.

Monitorias de estudo

A partir do 6º ano todos os alunos podem contar com a monitoria on-line por
meio do Portal Eleva. Essa monitoria consiste em disponibilizar para o aluno
as questões do Material Didático Eleva resolvidas e comentadas.

Os alunos do Ensino Médio poderão contar também com o respaldo


de monitorias presenciais para esclarecimento de dúvidas de todas as
disciplinas, exceto Arte, Educação Física, Filosofia, L.E.M Inglês, Literatura e
Sociologia.

Os encontros acontecem na própria Unidade no período da tarde, de acordo


com calendário divulgado semanalmente pela Coordenação de Monitoria.

Componentes curriculares

Arte

O ensino da Arte no COLEGUIUM está presente nos segmentos dos Ensinos


Fundamental 1, 2 e Ensino Médio.

O direcionamento da disciplina é cada vez mais aliado à História, pois é possí-


vel conhecer o desenvolvimento da humanidade por temáticas diversas como
política, economia, religião ou cultura. Assim, a Arte é mais uma visão sobre a
história do homem. Por meio dela, o homem se expressa, narra fatos, critica
governos, expõe sentimentos, mostra medos, amores e angústias, fala da dor
e das alergias, canta e conta suas verdades. O homem se mostra, ainda que
em fragmentadas formas, completo e inteiro.
GUIA DO ALUNO 2019 28
III. Proposta Pedagógica

No Ensino Fundamental 1, o experimentar é primordial para o conhecimento.


Todo o conteúdo é apresentado junto ao “fazer” artístico. É o momento de
conhecer cores, formas, texturas e outros elementos dessa linguagem.
Para alunos dessas séries, o conhecimento aplicado na prática
consolida a aprendizagem de forma mais eficaz.

A partir do 6º Ano, no Ensino Fundamental 2, estilos, períodos e técnicas


somam-se ao experimentar. Além de conhecer nomes de artistas e caracterís-
ticas específicas aplicadas aos mais diversos suportes – da pintura à perfor-
mance – os alunos aproximam-se das histórias dos homens e mulheres que
mostraram o mundo pelo viés da Arte. O sensibilizar torna-se tão importante
quanto o experimentar. Conhecer, observar, analisar, discutir, diferenciar
e aproximar: essas são algumas premissas que aliamos ao nosso
planejamento sem perder o sensível, material fundamental de toda produção
artística.

No Ensino Médio, a História da Arte caminha cronológica e simultaneamente


com a disciplina de História. O aluno tem a oportunidade de associar conheci-
mentos, fazer conexões entre os conteúdos e constatar a efetivação de
sua aprendizagem. Além da estreita ligação entre História da Arte e
História Geral/Brasil, as demais linguagens artísticas são apresentadas
concomitantemente. A Música, a Dança, o Teatro, a Fotografia e o Cinema
são analisados junto às Artes Visuais e confirmam características de técnicas e
estilos.

O ENEM nos mostra a necessidade do conhecimento de todas as formas de


Artes, além das inferências com as demais áreas do conhecimento. Ao
trabalhar essas diversas linguagens artísticas, mais uma vez, o Coleguium se
confirma como escola de excelência e cumpre com os Parâmetros
Curriculares Nacionais.

GUIA DO ALUNO 2019 29


III. Proposta Pedagógica

L.E.M Inglês

O estudo do Inglês, enquanto língua estrangeira, inicia-se nas séries finais da


Educação Infantil, possibilitando o contato da criança com a língua através da
brincadeira, da dança e do canto. Ela vivencia o idioma com naturalidade e
reconhece o vocabulário utilizado no dia a dia. No que diz respeito à língua
inglesa no Ensino Fundamental e Médio, ela tem por objetivo
instrumentalizar o aluno a ler, compreender e inferir textos cotidianos.

Embora a escrita não seja o principal foco da proposta de trabalho, será


desenvolvida no decorrer do curso por meio das inúmeras atividades. A
oralidade é apresentada em atividades em sala, porém não será objeto de
sistematização e avaliação.

Nas três séries iniciais, o objetivo é promover a aquisição do vocabulário


básico, que envolve o cotidiano do aluno. No 4º e no 5º ano, há a inserção de
elementos gramaticais básicos, incluindo os tempos verbais. No
Ensino Fundamental 2, o inglês ganha intensidade, tanto em vocabulário
quanto em gramática. No 6º ano, o estudo do conteúdo gramatical, visto
no 4º e no 5º ano, é retomado, porém, em ritmo mais acelerado e
aprofundado.

Ao longo das quatro séries do Ensino Fundamental 2, o vocabulário é


ampliado por meio da compreensão textual. Assim, inicia-se a produção de
pequenos textos e a gramática passa a abordar os diversos tempos verbais
e suas estruturas.

Na 1ª e na 2ª série do Ensino Médio, encerramos todos os processos que


abrangem o estudo da língua estrangeira em uma escola regular,
perpassando por todos os tempos verbais, bem como outros aspectos
gramaticais. Além disso, há um trabalho gradativo de técnicas de leitura
e análise textual.

Na 3ª série, utilizamos a gramática de forma contextualizada por meio de


compreensões textuais. Nesse momento, os alunos colocam em prática todas
as técnicas aprendidas, preparando-se para o ENEM e diversos vestibulares do
Brasil.
GUIA DO ALUNO 2019 30
III. Proposta Pedagógica

Inglês no Coleguium Internacional

No Coleguium Internacional, utilizamos elementos da metodologia CLIL


(Content and Language Integrated Learning), que contempla o aprendizado
integrado da língua inglesa e conteúdos escolares. O princípio da metodolo-
gia CLIL baseia-se na noção de que a linguagem é utilizada simultaneamente
para aprender e comunicar, promovendo-se, dessa forma, não só a competên-
cia linguística no que diz respeito ao domínio da língua, mas também no que
se refere aos diferentes assuntos explorados por meio da língua.

As crianças são inseridas em um processo bilíngue que promove no aluno


uma atitude positiva de autoconfiança face à aprendizagem da língua,
estimula a consciência cultural, a internacionalização, bem como a
preparação tanto para estudo e vida profissional, quanto para o aumento da
motivação a nível escolar.

Educação Física

A Educação Física no Coleguium é um componente da grade curricular do


Ensino Fundamental ao Ensino Médio e tem como objetivo propiciar ao aluno
oportunidades de aprender, conhecer e perceber, de forma permanente e
contínua, seu corpo, suas limitações e suas potencialidades.

Por meio das práticas corporais e interações sociais, o aluno apropria-se de


conhecimentos específicos, amplia sua capacidade de escutar e dialogar, de
trabalhar em equipe, de conviver com o imprevisível e o diferente, de aceitar
o perder e o ganhar.

Os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs) concebem a Educação Física


como componente curricular responsável por introduzir os indivíduos no
universo da cultura corporal que contempla múltiplos conhecimentos produ-
zidos e usufruídos pela sociedade a respeito do corpo e do movimento, “com
finalidades de lazer, expressão de sentimentos, afetos e emoções, e com
possibilidades de promoção, recuperação e manutenção da saúde” (BRASIL,
1997, p. 27).

GUIA DO ALUNO 2019 31


III. Proposta Pedagógica

O compromisso da área da Educação Física com a formação cidadã demanda


que o processo ensino-aprendizagem seja orientado, sobretudo, pelos princí-
pios metodológicos de integração teórica-prática e ressignificação da concep-
ção dos espaços e tempos, além da valorização das experiências e conheci-
mentos prévios dos alunos, bem como considerar a diversidade cultural como
ponto de partida da educação inclusiva. Para tanto, faz-se necessário proble-
matizar a vivência corporal dos alunos nas brincadeiras, nos jogos, nas danças,
nas ginásticas, nos esportes, enfim, em todas as suas manifestações corporais,
imprimindo-lhes sentidos e significados educativos. Assim, as práticas corpo-
rais deixam de ser vistas como um “fazer pelo fazer”, ou seja, como uma ativi-
dade desprovida de significado e intencionalidade educativa, e passam a ser
percebidas como conhecimentos importantes e necessários à formação
humana do educando, principalmente para a vivência plena de sua corporei-
dade, tendo em vista a qualidade de vida, a promoção e a manutenção da
saúde.

Desse modo, adotamos a discussão dos conteúdos considerando três nature-


zas:

procedimental: conteúdos que se referem aos fazeres/vivências das diferentes


práticas educativas; conceitual: conteúdos relacionados a conceitos presentes
na base da construção da identidade das ações pedagógicas. São informações
e fundamentos básicos para a aprendizagem dos porquês, da importância dos
limites e possibilidades das vivências corporais; atitudinal: conteúdos
relacionados à aprendizagem de valores, atitudes e normas. Sem desarticulá-
las, estaremos superando a compreensão de conteúdos curriculares como
mera listagem de atividades com um fim em si mesma e compreendendo-os
como meios de instrumentalizar os alunos para resolver problemas e tomar
decisões acertadas ao longo da vida.

Música

As aulas de Música no Coleguium, enquanto componente pertencente à


grade curricular, são propostas na Educação Infantil (Infantil 2 ao Infantil 5) e
no Ensino Fundamental 1 (do 1º ao 3º ano), e têm como objetivo sensibilizar e
despertar
GUIA DO ALUNO 2019 32
III. Proposta Pedagógica

o interesse das crianças para a música por meio de atividades lúdicas, práticas
de criação, apreciação e performance. Ao ensinarmos música, buscamos mais
do que transmitir uma técnica ou conteúdos teóricos, mas levar a criança a
familiarizar-se com ela de forma gradativa e processual, a fim de desenvolver o
gosto musical e o senso crítico, bem como aprimorar habilidades cognitivas,
afetivas, motoras e sociais. Pretende-se, ainda, educá-las musicalmente para
serem ouvintes conscientes e criteriosos.

Artes Cênicas

No Coleguium, as Artes Cênicas são desenvolvidas como componente do


Infantil 4 ao 5º ano do Ensino Fundamental 1. A imaginação e a fantasia fazem
parte do universo infantil e são vivenciadas nas aulas em jogos cênicos,
contação de histórias e dramatizações.
O Teatro tem como objetivo desenvolver potenciais de expressão e
comunicação, bem como oportunizar o conhecimento de mundo, de si
próprio e da importância da arte na vida.
Por meio dos “Jogos Dramáticos” e da “Interpretação”, buscamos trabalhar a
improvisação, desenvolver a espontaneidade e a socialização, a criatividade, a
oralidade, a expressão corporal e vocal, a impostação da voz do aluno, a
desinibição, o aprofundamento das relações de afetividade e o sentimento de
cooperação do grupo.

Projetos especiais

Hora Cívica

Trata-se de uma cerimônia cívica, por etapa letiva, que envolve todos os
alunos da escola, acompanhada pelo Diretor da Unidade. É um momento
solene do qual os alunos e suas famílias devem muito se orgulhar. A cerimônia
é caracterizada pelo hasteamento das Bandeiras, ao som do Hino Nacional. As
Bandeiras são hasteadas por alunos que se destacaram em cada segmento.

GUIA DO ALUNO 2019 33


III. Proposta Pedagógica

É importante frisar que não serão homenageados novamente alunos que já


receberam homenagem em alguma hora cívica ao longo do ano.

Os alunos do Infantil 5 e do Ensino Fundamental 1 serão destacados por


critérios com base no desenvolvimento pedagógico e social, sendo que, no
Infantil 5 todos os alunos deverão ser homenageados até a 6ª etapa letiva. Nos
Ensinos Fundamental 2 e Médio, serão de quatro a oito alunos homenageados
e sempre escolhidos por mérito.

Projeto Família (Infantil 5 ao 3º ano do Fundamental)

O Projeto Família tem o objetivo de envolver os pais do Infantil 5 ao 3º ano do


Fundamental 1 em atividades de enriquecimento pedagógico e social para
seus filhos.

Em cada semestre, a partir de um cronograma indicado pela escola, os pais


serão convidados a se organizarem e a acompanharem seus filhos a uma visita
técnica, com o objetivo de realizar atividades dirigidas por roteiros. Em datas
determinadas, os alunos apresentam aos colegas o relato das suas
experiências e descobertas.

No Fundamental 1 alunos que não puderem visitar os locais indicados não


serão penalizados nos critérios de avaliação. Nesse caso, a família se compro-
mete a realizar com as crianças pesquisas informativas, dos temas e contextos
indicados, encaminhando para a escola, no caderno de Português, os resulta-
dos dessa pesquisa.

Abaixo, a relação dos locais e da época das visitas:

Infantil 5

1º semestre: Museu dos Brinquedos, Bairro Funcionários, em Belo Horizonte.


2º semestre: Descobrindo espaços rurais.

GUIA DO ALUNO 2019 34


III. Proposta Pedagógica

1º Ano do Fundamental
1º semestre: Museu de Ciências Naturais da PUC Minas.
2º semestre: Parques da cidade (ecológicos ou de diversão).

2º Ano do Fundamental
1º semestre: Mercados ou Feiras da minha cidade.
2º semestre: Praças da minha cidade.

3º Ano do Fundamental
1º semestre: Não terá Projeto Família. Esse trabalho será realizado com base
em projeto desenvolvido para a Feira de Ideias.
2º semestre: Espaço do Conhecimento UFMG, Praça da Liberdade em Belo
Horizonte.
*Alunos da unidade Conceição do Mato Dentro visitarão outro espaço que
será divulgado na Unidade.

Biblioteca da Dona Livrolina (Educação Infantil e 1º ao 3º ano do Ensino


Fundamental)

Dona Livrolina é uma simpática, mas exigente senhora. Muito metódica e


atrapalhada com seus óculos, nunca sabe onde eles estão. Ela é aposentada
há muito tempo, tanto, que já perdeu as contas. Ela trabalhava na Biblioteca
Nacional do Reino Encantado, onde guardava, com muito carinho, os livros
com as histórias das fadas, príncipes e bruxas, por isso eles existem até hoje.
Seu maior prazer é ler, contar histórias e cuidar de seus livros. Ver que crianças
leem os livros da sua Biblioteca e os tratam com amor é a sua realização de
vida.

No início do ano, a personagem Dona Livrolina chegará às Unidades trazendo


para as turmas seus famosos “Baús da Dona Livrolina”, recheados de boas
histórias que irão compor as bibliotecas das salas. Na oportunidade, irá
organizar uma hora do conto com os alunos e os orientará sobre o
funcionamento da Biblioteca de sala, chamando sua atenção para os cuidados
que devem ter com os livros. A cada semana, a criança escolhe um livro do
baú para ser lido em casa, avaliado e devolvido na semana seguinte.
GUIA DO ALUNO 2019 35
III. Proposta Pedagógica

Para enriquecer o acervo da sua Biblioteca, Dona Livrolina solicita, via carta
aos pais/responsáveis que, junto com os filhos, escolham, dentre as
duas opções sugeridas pela escola, um livro literário para comprar e doar
para o baú da turma (este livro não será devolvido ao final do ano letivo).
As listas com indicações literárias são apresentadas às famílias no início do
projeto. Com a ação, as crianças ainda muito pequenas começam a criar o
hábito de leitura, o gosto em ler e ouvir boas histórias, além do hábito de
apreciar e adquirir livros literários.

Projeto Quero Ler (4º ano do Ensino Fundamental à 2ª Série do Ensino


Médio)

Esse projeto tem por objetivo orientar e incentivar a leitura de contos e histó-
rias nas disciplinas de Língua Portuguesa (4º e 5º ano) e Literatura (Ensino
Fundamental 2 e Ensino Médio), além de ter caráter avaliativo. A cada semes-
tre, o aluno é convidado a ler um livro/texto literário de sua preferência, o
qual será validado pelo(a) Professor(a), e deverá apresentar os roteiros de
análise das obras. No Ensino Fundamental 1, a avaliação do Projeto Quero Ler
registra os resultados dos trabalhos de Língua Portuguesa, por semestre.

Projeto Atualidades - (4º ano do Ensino Fundamental à 2ª Série do Ensino


Médio)
Proposta do trabalho

A escola precisa de mecanismos de estímulo para que o aluno leia e acompa-


nhe os acontecimentos no Brasil e no mundo. Oportunizar a exploração de
textos com temas atuais dará ao aluno uma noção mais clara das diversas
informações que o rodeiam. Isso, então, proporcionará a formação de um
hábito saudável e que muito contribuirá para a formação dos nossos alunos,
dando-lhes embasamento para a produção de seus textos e aplicação de sua
argumentação.

Para reforçar essa ideia, quinzenalmente, os alunos, a partir do 4º ano do


Ensino Fundamental 1 até a 2ª série do Ensino Médio (esse trabalho é optativo
para as turmas da 3ª série), serão orientados a realizar a leitura de variados
gêneros textuais escolhidos a partir de temas da atualidade, postados no
GUIA DO ALUNO 2019 36
III. Proposta Pedagógica

Portal Eleva e, em seguida, a produzir, em impresso institucional, relacionado


a eles, um texto definido pela equipe de Redação.
No Ensino Fundamental 1 todas as produções serão vistadas pela Professora
de Redação e os alunos deverão organizá-las na “Pasta de Redação” para
acompanhamento e avaliação. (Trabalho semestral de Redação)

No Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio, após a semana de postagem dos


Atualidades, os materiais são recolhidos pelos Disciplinários e entregues à
Coordenação da Unidade, que fará o upload dos textos e os enviará virtual-
mente à Supervisão. Depois disso, os Atualidades são reencaminhados à
equipe de Monitores da Rede Coleguium de Ensino para serem corrigidos,
também virtualmente, na expectativa de dinamizar o trabalho e devolver de
maneira mais ágil o texto para ao aluno. Uma vez corrigidos, os textos ficarão
disponíveis no Portal Eleva para conferência de nota pelos alunos. Já as
produções físicas deverão ser arquivadas normalmente na “Pasta de
Redação”, as quais são entregues após a correção de cada texto no Portal.
Antes do término do semestre, as postagens serão interrompidas para que os
alunos possam organizar suas pastas e levá-las completas à sala de aula em
um dia agendado pela Supervisão, para que os Professores contabilizem os
textos – produzidos em sala – e lancem no Portal as notas correspondentes à
quantidade de textos verificada na pasta de cada aluno. As notas das
produções de Atualidades ficam registradas no Portal a cada correção e
são somadas às notas da contabilização dos textos produzidos em sala para o
boletim ao final de cada semestre.

Famílias que não têm acesso à Internet deverão solicitar os Atualidades posta-
dos no Portal, pela agenda do aluno, para que ele produza o texto referente à
publicação. As redações corrigidas também podem ser visualizadas pelo
aluno/família junto à Coordenação da Unidade.

As produções serão feitas em impressos específicos de Redação disponibiliza-


dos pela escola (não serão aceitas em outra folha). Também não serão aceitas
produções fora da data determinada, exceto diante das situações previstas
em lei. Vale lembrar que a falta de alguma produção implicará a perda de
pontos na “Pasta de Redação”.
GUIA DO ALUNO 2019 37
III. Proposta Pedagógica

Projeto Conexão Ciências

Consideramos que o Método Científico deve ser desenvolvido desde a tenra


idade. A observação, a formulação de perguntas, o levantamento
de hipóteses, a confirmação pelo experimento controlado e a busca
de soluções para problemas são habilidades que, quando
apropriadas pelos alunos, auxiliarão no desenvolvimento do
pensamento lógico, aplicável a todas as áreas do conhecimento.

A proposta do Conexão Ciências é abrir espaço para o desenvolvimento de


projetos pautados no Método Científico. Alunos do Infantil 4 e 5 serão
envolvidos na observação científica, em sala de aula, com registros. Do 1º ao
5º ano do Ensino Fundamental 1, avançamos gradativamente para a
formulação de perguntas acerca do que será observado, explorando a
formulação de hipóteses e a experimentação controlada. A partir do 6º ano,
os alunos desenvolvem projetos de pesquisa, com temática livre, nas áreas de
Biologia, Física e Química, usando o Método Científico. Os trabalhos do 6º e 7º
ano serão individuais e, do 8º ano, em grupos de três, todos da mesma turma.

Projeto Personalidades

Paralelo ao Projeto Atualidades, acontece o Projeto Personalidades. Como


ele funciona? A cada publicação de temas do Atualidades, sugere-se dois
nomes de personalidades – nacionais ou internacionais - cujas vidas, teorias
ou atividades pessoais/profissionais se ligam direta ou indiretamente ao tema
proposto na edição. Os alunos devem, então, pesquisar sobre essas
pessoas e tentar articular as informações encontradas sobre elas nos textos
que escreverão. Essa proposta é uma maneira de os alunos enriquecerem o
repertório sociocultural em suas redações, tendo em vista que se trata de uma
grande dificuldade da maioria dos discentes.

Projeto X (4º ano à 2ª Série do Ensino Médio)

O Projeto X é um trabalho escolar iniciado no final do 1º semestre letivo, a partir


do 4º ano do Ensino Fundamental 1. No Fundamental 1, o tema do trabalho
é escolhido coletivamente, entre alunos e Professores, e os resultados
da pesquisa são apresentados na Feira de Ideias (1º semestre).

GUIA DO ALUNO 2019 38


III. Proposta Pedagógica

Várias etapas permeiam esse trabalho, desde a definição do tema, elaboração


de pergunta a ser respondida ao final do trabalho, pesquisa bibliográfica, até
a apresentação dos resultados.

A principal característica do Projeto X é a amplitude de opções de pesquisa


dentro das diversas áreas do conhecimento. Os alunos poderão envolver-se
com pesquisas sociais, literárias, artísticas, científicas etc. Tudo é válido, desde
que o objetivo seja um resultado concreto e satisfatório, precedido de
planejamento e pesquisa bibliográfica.

A partir do 6º ano, cada grupo deverá contar com um orientador extraescolar,


que pode ser um irmão, pais, pessoas de referência na área pesquisada e/ou
outros responsáveis, os quais auxiliarão na viabilização, organização e execu-
ção dos trabalhos dos alunos. Os Professores das turmas se envolverão em
todo o processo, sendo responsáveis pela divulgação, acompanhamento das
etapas e avaliação dos trabalhos.

Projeto Coleguium socioambiental – Cidadania no dia a dia

Um projeto socioambiental surge da necessidade da mudança de alguma


realidade. Preocupado com as necessidades que apresentam as comunidades,
o Coleguium promove com os alunos a elaboração de um projeto de ação
local, que objetiva incentivar práticas para uma melhoria da qualidade de
vida. O projeto é desenvolvido no primeiro semestre e visa à elaboração e à
execução de ações que poderão abranger qualquer área social ou ambiental,
como: a limpeza de uma praça, o auxílio a uma creche, o incentivo à coleta
seletiva, a distribuição de cobertores, a criação de sala de reforço pedagógico,
de hortas comunitárias, a divulgação de ONGs por meio de redes sociais,
fazendo a captação de recursos etc. Os alunos das séries envolvidas se
organizarão em grupos e definirão a ação que pretendem desenvolver.
Os integrantes não precisam ser da mesma turma ou série. O projeto ocorrerá
em duas etapas. Na 1ª etapa, será elaborado um pré-projeto detalhando a
ação a ser desenvolvida e o planejamento de sua execução. Na 2ª etapa,
deverá ser elaborado um vídeo contendo a execução da ação e seus
resultados.

GUIA DO ALUNO 2019 39


III. Proposta Pedagógica

Orientação Profissional (Ensino Médio)

A escolha profissional é um dos maiores desafios que um adolescente tem a


fazer. Escolher que profissão seguir aos dezessete anos exige reflexão, pesqui-
sa e muito autoconhecimento. O Coleguium considera que a orientação do
aluno para a escolha profissional é uma responsabilidade da família, porém,
contribuímos nesse processo com palestras sobre o assunto.

Plataforma Adaptativa

Os alunos do Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio terão a oportunidade de


realizar virtualmente tarefas domiciliares diárias de estudo totalmente perso-
nalizadas. A plataforma se adapta ao aluno quando ele responde às questões
objetivas dos inúmeros testes disponíveis no Portal. Quando ele acerta as
respostas, o programa aumenta a dificuldade da próxima lista de exercícios,
até se certificar do quanto o aluno tem conhecimento sobre determinada
matéria. Se errar, as questões ficam no mesmo nível ou até mais fáceis.

Além de indicar as dificuldades dos alunos, serão oferecidas sugestões on-line


de videoaulas sobre os conteúdos e listas de exercícios para que os alunos
possam, de fato, trabalhar sobre suas dúvidas.

Laboratório Inteligência de Vida (LIV)

Os alunos da Educação Infantil (3, 4 e 5) e do Ensino Fundamental


participarão de situações didático-pedagógicas, em que serão desenvolvidas
e aperfeiçoadas habilidades socioemocionais fundamentais para o sucesso
pessoal e profissional na vida. Na Educação Infantil, a abordagem será a
“Alfabetização Emocional”, no sentido de levar as crianças de 3, 4 e 5 anos a
reconhecerem e nomearem as emoções (alegria, tristeza, medo, raiva, amor),
avançando no processo de autoconhecimento. Por meio da música, da arte e
da literatura, estratégias contextualizadas serão desenvolvidas com o objetivo
de as crianças identificarem suas próprias emoções e as emoções do outro.

GUIA DO ALUNO 2019 40


III. Proposta Pedagógica

No Ensino Fundamental 1, os projetos serão desenvolvidos , com propostas


de trabalho integradas. Do 1º ao 3º ano do Fundamental 1, a ênfase será a
alfabetização emocional. A partir do 4º ano do Ensino Fundamental
1, o trabalho ficará centrado na demonstração de habilidades
socioemocionais, por meio dos hábitos, ao longo dos anos.

Elencamos aqui seis habilidades essenciais:

Proatividade: habilidade de empreender e assumir responsabilidades pelo


crescimento individual e coletivo.
Pensamento crítico: habilidade de desenvolver opinião crítica própria e bem
embasada.
Perseverança: habilidade de não desistir facilmente na busca por seus objeti-
vos.
Criatividade: habilidade de buscar enxergar soluções a partir de diferentes
estratégias.
Colaboração: habilidade de somar esforços para alcançar resultados maiores.
Comunicação: habilidade de transmitir ideias de forma clara e convincente.

Ofender não é brincadeira

O Bullying acontece quando ocorrem atos violentos, intencionais e repetidos,


contra uma pessoa indefesa. Esse tipo de agressão pode causar danos físicos e
psicológicos àquele que sofre a violência. Agressão é errado. A cultura da
agressão é ainda mais errada.

As relações humanas são ricas e intensas, e a escola é um campo fértil para


incontáveis tipos de interação, mas relações agressivas e violentas não devem
ter espaço por aqui. É tarefa nossa criar um local saudável, com valores sadios
e sendo ensinados desde a infância. Ao mesmo tempo, também é nosso
trabalho lidar com as ações agressivas, por meio de estímulos positivos,
criados para a autocrítica e a melhora do comportamento.

Para que ocorram ações efetivas contra qualquer tipo de violência,


precisamos estabelecer regras de convivência que combatam manifestações
agressivas, o que pode ser realizado por meio do ensino sistemático de
valores que garantam relações respeitosas dentro dos nossos espaços.
GUIA DO ALUNO 2019 41
III. Proposta Pedagógica

Todos têm o direito de viver sem serem vítimas de violência.

Todos têm o direito de frequentar escolas seguras, onde há respeito e os


adultos assumam a responsabilidade de proteger e orientar.
Para elucidar as informações apresentadas, vamos separar em três as ações
agressivas a serem combatidas:

Violência verbal

A violência verbal acontece quando palavras ofensivas são usadas para ferir,
magoar ou ridicularizar alguém. O que mais se ouve quando falamos sobre
esse tipo de violência é o argumento de que “tudo não passa de uma brinca-
deira...”, é muito importante deixar claro que nenhum tipo de agressão ou
intimidação é engraçado.

Violência física

A violência física acontece quando ações violentas são usadas contra alguém
por meio de socos, chutes, empurrões etc. O que mais se ouve quando
falamos sobre esse tipo de violência é o argumento de que “ele estava nervo-
so, não estava pensando direito no que fazia...”, é muito importante deixar
claro que precisamos estar sempre atentos às nossas ações, principalmente
àquelas que dizem respeito ao outro que convive conosco.

Violência cibernética

A violência cibernética acontece quando ações violentas são usadas para


machucar outra pessoa por meio da internet. O que mais se ouve quando
falamos sobre esse tipo de violência é o argumento de que “a internet é livre
para fazermos o que quisermos...”, é muito importante deixar claro que é
necessário respeitar o espaço virtual tanto quanto o físico. Além disso,
precisamos nos proteger do excesso de exposição.

GUIA DO ALUNO 2019 42


III. Proposta Pedagógica

Como vamos fazer?

Faremos da nossa escola um espaço onde todas as crianças aprendem e se


divertem juntas. Isso fará com que o respeito mútuo seja uma regra e a base
da nossa convivência. Para que isso aconteça, realizaremos aulas mensais
para o Ensino Fundamental 1 e 2, nas quais trataremos esses assuntos. Ao
final de cada semestre, os responsáveis conhecerão o trabalho desenvolvido
pelos alunos, por meio de uma apresentação.

A equipe pedagógica da escola estará em constante capacitação e


atualização, por meio de encontros, vídeos e cursos voltados para a
melhoria da qualidade de atendimentos, acompanhamentos e prevenção
de situações que possam envolver sinais de qualquer tipo de violência.

Para trazer ainda mais integração, tudo isso será implementado com o apoio
das Ordens Estudantis, que iniciarão o ano letivo conversando com os alunos
da nossa Rede sobre a importância da convivência por meio do respeito, da
empatia e da solidariedade.

Rota do Enem

A 3ª série é um momento desafiador para os alunos que encerram o Ensino


Médio e que prestarão as provas seletivas para as universidades. O Projeto
Rota do Enem integra esse momentos de assistência e acompanhamento
com palestras e aulões multidisciplinares ao longo do ano letivo. O objetivo é
fazer com que nossos alunos sintam-se seguros, direcionados e amparados
para realizarem uma boa prova.

GUIA DO ALUNO 2019 43


C T
APÍULO4
oc
Pr s
es a
osAvla
itv
ios
IV. Processos avaliativos

Educação Infantil

Os alunos serão avaliados de forma qualitativa, de acordo com o seu desenvolvi-


mento, nos aspectos pedagógicos e socioemocionais, por meio de atividades de
sondagem ou observações realizadas no decorrer de cada semestre letivo.

Na Educação Infantil, a avaliação, tem um caráter de diagnóstico, realizada


continuamente e sendo objeto de reflexão constante por parte da escola e da
família. Para que esse processo se concretize, são utilizados instrumentos forma-
tados com o objetivo de especificar o desenvolvimento cognitivo, socioafetivo e
psicomotor de cada criança. As avaliações são compostas por atividades (escrita
e desenho) inseridas nos projetos de trabalho de cada série e pelo “Relatório de
Desenvolvimento do Aluno”, elaborado pelas Professoras que acompanharão as
crianças ao longo da Educação Infantil. As atividades e relatórios integrarão a
“Pasta Evolutiva” que será encaminhada para apreciação das famílias ao final de
cada semestre letivo.

Além disso, serão aplicadas, três vezes ao ano, aos alunos do Infantil 4 e 5, ativi-
dades diagnósticas (sondagens), tendo como referência os eixos de Linguagem
oral e escrita e Matemática, no sentido de acompanhar a aprendizagem em
relação aos componentes curriculares do Coleguium. As atividades são
aplicadas e corrigidas pelas Professoras Regulares e os resultados são apre-
sentados em gráficos e tabelas, sendo fonte de avaliação, de intervenções,
metodologias e propostas didáticas pela Supervisão Pedagógica e equipe
docente.
De acordo com a Proposta Pedagógica do Coleguium e conforme Regimento
Escolar, não há retenção de alunos ao final da Educação Infantil.

Ensino Fundamental e Ensino Médio

Os segmentos são organizados em dois semestres letivos, com distribuição de


50 pontos em cada. Cada semestre é composto por três etapas, com datas de
início e término registradas no calendário escolar. A distribuição de pontos é a
mesma para todas as séries e válida para todas as disciplinas, exceto Laboratório
Inteligência de Vida.

GUIA DO ALUNO 2019 45


IV. Processos Avaliativos

Para a atividade de Laboratório Inteligência de Vida teremos:

Para o Ensino Fundamental 1, o trabalho escolar de LIV


compõe o trabalho multidisciplinar do semestre.

GUIA DO ALUNO 2019 46


IV. Processos avaliativos

Provas

Preparação para as provas

Do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental, a prova é vista como diagnóstico


e também como instrumento de confirmação do aprendizado. É um
recurso importante para a gestão pedagógica e orientação dos pais, mas,
para a criança, é apenas uma atividade, tão importante quanto todas as
outras e não deve ser fator de desconforto ou apreensão. A preparação
para as provas acontece durante as aulas, por meio das atividades
propostas em sala e também por meio do hábito diário de realizar as
atividades de para casa.

O estudo prévio como preparação para fazer provas melhores é um


exercício interessante, mas deve observar as características de cada idade.
Para os alunos do 1º ao 3º ano, o melhor é que sejam informados sobre as
provas sem apreensões desnecessárias.

Alunos do 4º e 5º ano já necessitam preparar-se com antecedência para


as provas. Nesse caso, sugerimos que as famílias estabeleçam mais uma
hora para estudo (além das destinadas às atividades de casa) nas vésperas
das provas. Esse é o tempo que o aluno necessitará para reler as
informações e revisionar os conteúdos que serão avaliados nas provas.

Alunos do Ensino Fundamental 2 deverão ampliar esse tempo de estudo


para duas horas, incluindo, além da leitura, a resolução de exercícios
disponíveis nas apostilas. A preparação deverá incluir, ainda, o estudo por
meio de videoaulas e a realização das atividades da plataforma. Conside-
ramos que, somente a partir do 8º ano, os alunos têm maturidade para
estudar em pequenos grupos.

No Ensino Médio, é possível dizer que o aluno já tenha plena capacidade


para organizar seus estudos extras, identificando suas principais dificulda-
des. É importante que organizem sua rotina para, nas vésperas das
provas, fazerem uma revisão usando as técnicas que desenvolveram ao
longo do Ensino Fundamental.

GUIA DO ALUNO 2019 47


IV. Processos avaliativos

As Provas Multidisciplinares e Simulados são provas que abordam


diversos conteúdos, portanto, para essas avaliações, nada mais
eficiente que prestar atenção às aulas e realizar com muito empenho
todas as ativida-des de casa e sala.

Elaboração, aplicação, correção e devolução

No Ensino Fundamental 1, as provas e os critérios de correção são


elabora-dos pela Coordenação Geral, equipe de Supervisores
e Professores designados de cada série, sendo analisados por todas
os Professores da Rede a cada etapa letiva. No Ensino Fundamental
2 e Ensino Médio, eles são elaborados pelos Supervisores e
Professores da Rede, em consonância com o sistema de Ensino Eleva.

A maioria terá abrangência nacional e será aplicada


simultaneamente em todas as escolas do grupo.
No Ensino Fundamental 1, as mesmas provas são aplicadas para todas as
turmas da mesma série na Rede. Os horários de aplicação de cada prova
serão agendados em cada Unidade escolar e não serão comunicados
aos alunos. No Funda-mental 2 e Ensino Médio, as datas serão
divulgadas no site do colégio. Não haverá qualquer flexibilização para
troca de horários de modo a atender às necessidades específicas de cada
aluno.

Consideramos as provas um instrumento fundamental para avaliação dos


alunos. Por isso, diante da suspeita de quebra de sigilo, antes da
sua aplicação, anularemos as provas e marcaremos nova data para sua
realização.

Alunos do Ensino Fundamental 1 farão suas provas usando lápis preto


número 2 ou lapiseira, a partir do 4º ano. A partir do 6º ano, todas as
questões deverão ser feitas com caneta azul ou preta. As questões abertas
resolvidas a lápis não terão direito à revisão. Não é permitido o uso de
calculadoras e/ou outros equipamentos eletrônicos nas provas.

GUIA DO ALUNO 2019 48


IV. Processos avaliativos

A correção das provas é feita pelos Professores ou eletronicamente. Se for


constatado algum erro ou necessidade de intervenção, a nota da questão
poderá ser ajustada ou redistribuída no restante da prova.

Os Professores têm prazo de quinze dias corridos, após a aplicação das


provas, para corrigir e lançar suas notas. Os pedidos de revisão da
correção de provas deverão ser encaminhados a cada Unidade escolar. O
aluno e/ou responsável deverá solicitar o formu-lário de revisão de
provas na recepção ou Coordenação da Unidade, preenchê-lo e
encaminhar o pedido até 30 dias após a data de aplicação, anexando a
prova (ou cópia) que será alvo de revisão.

Se o pedido de revisão for de correção do Professor ou de erro de


somatório de nota, o requerimento deverá ser entregue ao Coordenador
Pedagógico que fará duas cópias do documento (uma devolvida ao
aluno e outra arquivada na pasta) e fará a análise interna com o
respectivo Professor (Fundamental 1) e Supervisor (Fundamental 2 e
Ensino Médio).

Se o pedido de revisão for de elaboração da prova, o requerimento


deverá ser entregue ao Coordenador Pedagógico que o encaminhará à
equipe de Supervisão Pedagógica. O prazo de retorno de revisão é de 15
dias letivos.

Provas da etapa

No Ensino Fundamental 1 serão aplicadas seis provas de etapa ao longo


do ano, com datas agendadas no calendário escolar. As provas são com-
postas por questões abertas e/ou objetivas que abordam conteúdos /
habilidades fundamentais para a série em curso na etapa letiva. De uma
maneira geral, as provas são reflexivas, exigindo habilidades
interpretativas e a inter-relação de conteúdos.

Durante a semana de provas da 6ª etapa (dezembro), os alunos serão


dispensados logo após a aplicação.

GUIA DO ALUNO 2019 49


IV. Processos avaliativos

As provas de Arte, para as turmas do 1º ao 3º ano do Ensino Fundamental


1, serão aplicadas nas 1ª, 3ª e 5ª etapas letivas, contemplando conteúdos
específicos das etapas. Nas 2ª, 4ª e 6ª etapas, as notas serão lançadas
pelos Professores, avaliando as habilidades técnicas demonstradas ao
longo das aulas. A partir do 4º ano do Ensino Fundamental 1, os alunos
realizarão provas de Arte com conteúdos específicos em todas as etapas.

As provas de Educação Física, para as turmas do 1º ao 3º ano do Ensino


Fundamental 1, contemplarão o desempenho nas habilidades técnicas
(movimentos fundamentais, capacidade coordenativa, capacidade
motora e habilidades específicas), posturas (participação ativa, disciplina,
uniforme completo, empenho na prática e relacionamento com colegas
e Professores) e autoavaliação. A partir do 4º ano, a avaliação do
desempenho das habilidades técnicas, postura e autoavaliação
acontecerá nas 1ª, 3ª e 5ª etapas. Nas 2ª, 4ª e 6ª etapas, serão avaliados
teoricamente os conteúdos específicos da disciplina. Os conteúdos do
Ensino Fundamental serão disponibilizados, na etapa da avaliação, na
apostila do aluno; e para o Ensino Médio, no site. As provas de Música e
Artes Cênicas avaliam as habilidades técnicas e posturas demonstradas
durante as aulas, além da autoavaliação.

Ensino Fundamental 1

As provas são aplicadas durante o horário regular de aula e terão duração


de 45 minutos. A aplicação das provas é responsabilidade dos
Professores responsáveis pelas disciplinas avaliadas. Alunos do 1º ao 3º
ano contam com o auxílio do Professor (leitura) para realizar suas provas.
No 1º e 2º ano, a intervenção é de leitura em voz alta de cada questão
proposta. No 3º ano, a leitura da prova pelo Professor é global e, em
seguida, os alunos resolvem as questões. A partir do 4º ano, é esperada
autonomia do aluno na realização da avaliação, sem qualquer auxílio de
leitura do Professor.

As avaliações e critérios de correção são únicos para todas as


Unidades, portanto, são aplicadas na mesma data (exceto L.E.M Inglês,
Arte, Artes Cênicas, Música e Educação Física).

50
GUIA DO ALUNO 2019
IV. Processos avaliativos

Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio

As provas são aplicadas durante o horário regular de aulas e nenhum aluno


poderá entrar após sua distribuição. A aplicação é de responsabilidade dos
Professores que estiverem em sala no horário. Elas terão duração de 100
minutos, exceto para as disciplinas de Filosofia, Sociologia, Ética, L.E.M
Inglês, Arte e Educação Física, que terão duração de 50 minutos.

Provas Multidisciplinares

São provas aplicadas aos alunos do Ensino Fundamental que envolvem


múltiplas disciplinas (no Ensino Fundamental 1, exceto, LIV, Inglês e
Redação), com o objetivo de verificar aprendizagem dos conteúdos
fundantes e treinar os alunos na resolução de questões objetivas (múltipla
escolha). Essas provas exigem habilidades de raciocínio e inferência em sua
resolução. No Ensino Fundamental 1, a prova multidisciplinar contempla
os componentes curriculares de Língua Portuguesa, Matemática, História,
Geografia e Ciências consolidados na etapa letiva anterior (se for a 1ª Prova
Multidisciplinar, avalia-se conteúdos consolidados na série anterior). A nota
é única e será replicada para os demais componentes curriculares. Até o 4º
ano, a prova multidisciplinar é aplicada em um horário de aula. A partir do
5º ano, 2ª etapa letiva, em dois horários, uma vez que o número de
questões avaliadas nessa prova é gradualmente elevado a cada etapa
letiva.

No Ensino Fundamental 2 a prova contempla os componentes de Mate-


mática, Língua Portuguesa, L.E.M Inglês, Geografia, História e Ciências da
Natureza. As notas são unificadas pelas áreas contempladas pelo Enem, ou
seja, a pontuação de Língua Portuguesa e L.E.M Inglês é única e replicada
para a área de Literatura, Arte, Redação e Educação Física. Já a nota de
História e Geografia é única e replicada para a área de Humanas (Ética).

Simulados
Provas envolvendo todas as disciplinas, aplicadas aos alunos do Ensino
Médio, com objetivo de familiarizá-los com as provas do ENEM e vestibu-
lares.

GUIA DO ALUNO 2019 51


IV. Processos avaliativos

Os alunos farão dois tipos de simulados: os Mini Simulados, que são


provas com duração de 5 horas, aplicadas aos sábados, das 7h às 12h,
com 80 questões do Enem e/ou vestibulares, relacionadas aos conteúdos
já trabalhados em cada série, mais a Redação; e os denominados Enem na
Íntegra, constituídos de 180 questões mais a Redação que poderão ser
aplicados em instituição externa.

Provas de Segunda Chamada

Os alunos que perderam provas de etapa, por motivo previsto em lei com
atestado médico (doença, serviço militar, participação em competições
oficiais, faleci-mento de parente próximo, crença religiosa) deverão
requerer uma prova de Segunda Chamada. Nesses casos, o responsável
entrega na Secretaria da Unidade a documentação comprobatória do
motivo da falta, logo após o retorno às aulas ou em um prazo de 48 horas
(atestado), preenchendo o requerimento de Segunda Chamada. No caso
de perda de até três provas, por motivos não previstos em lei, o aluno
poderá fazê-las como provas suplementares e, consequentemente, a
partir da quarta prova, a nota será zerada. Destacamos que não existe
prova suplementar para a 5ª e 6ª etapas, portanto o aluno ficará com zero.
No Ensino Fundamental 1, as provas de segunda chamada serão aplicadas
pela Coordenadora Pedagógica, Analista Pedagógico ou por algum
Professor designado pela Coordenadora, durante o horário regular de
aulas, respeitando o calendário de provas.

Não haverá Segunda Chamada para as provas multidisciplinares/simula-


dos. Nesses casos, pelos motivos previstos em lei, será replicada a nota
obtida pelo aluno na próxima avaliação similar e, se for a última do
semestre, será replicada a média das similares anteriores.

Também não haverá Segunda Chamada para a 6ª prova.

Em caso de perda por motivos legais, será considerada a média das


provas anteriores. Havendo perda de mais de duas provas, o aluno fará a
Segunda Chamada de duas, na seguinte ordem de prioridade:
GUIA DO ALUNO 2019 52
IV. Processos avaliativos

Língua Portuguesa, Matemáti-ca, Ciências (Biologia, Física e Química),


História, Geografia, Redação, L.E.M Inglês, Literatura, Ética/Filosofia,
Sociologia, Arte e Educação Física. Para as demais provas perdidas, será
considerada a média das outras provas regulares do semestre.

Diante da falta de atestado médico justificando uma ausência, por uma


questão ética e de clareza nos procedimentos, não aceitaremos justificati-
vas dos pais, embora muito plausíveis. Portanto, se o aluno não tiver
condições de comparecer para fazer uma prova, deverá, necessariamente,
ir ao médico, que dará o tratamento adequado e emitirá um atestado
justificando a ausência.

Na falta do atestado e mediante a formalização de uma justificativa pelos


pais, ao final do ano, se o aluno precisar dos pontos da prova perdida,
para não entrar em recuperação, seu caso será analisado pelo Conselho
de Classe e, se deferido, será considerada a média das demais provas do
ano.

Algumas famílias optam por viajar no decorrer do ano letivo. Cabe desta-
car que essa não é uma medida correta, pois, além da perda pedagógica,
a família passa aos filhos a mensagem de que o estudo é algo secundário,
que pode ser negligenciado. Essa visão da educação não é compatível
com a do Coleguium, que tem o compromisso com os estudos e a ética
como dois valores fundamentais. Ao decidir por viajar no decorrer do ano
letivo, as famílias devem estar cientes que os alunos ficarão com zero nas
avaliações perdidas.

O alunos poderão utilizar as Provas Suplementares para melhorar até três


notas, mas necessitarão redobrar o empenho para compensar os pontos
perdidos nas demais avaliações.

GUIA DO ALUNO 2019 53


IV. Processos avaliativos

Sobre os atestados em Educação Física:

Alunos que estiverem com atestado médico, restringindo a prática de


atividades físicas, deverão comparecer normalmente às aulas, exceto se
houver problemas com a mobilidade. A pontuação, neste caso será:

1) Atestado médico que impossibilite a participação por uma etapa:


- Do 1º ao 3º ano do Fundamental 1: repetiremos a nota na etapa
seguinte; se for na primeira etapa, faz-se a média das etapas
posteriores do semestre.
- Do 4º ano do Fundamental 1 ao Ensino Médio: usaremos o
mesmo critério das provas multidisciplinares ou simulados. No
semestre, repete a nota da etapa seguinte; se for a última etapa, faz-se a
média das etapas anteriores.

2) Atestado médico que impossibilite a participação durante todo o


ano:
- Do 1º ao 3º ano do Fundamental 1: Lançaremos 60% do valor da
prova da etapa.
- Do 4º ano do Fundamental 1 ao Ensino Médio: repetiremos a
mesma nota da prova de conteúdo nas etapas de postura.

OBS.: Declarações por participar de qualquer outro tipo de atividade


esportiva fora da escola, treinamentos especializados ou práticas
diversas não são passíveis de dispensa das aulas.

Provas Suplementares

São provas de todas as disciplinas aplicadas a todos os alunos do


Ensino Fundamental e do Ensino Médio (exceto 3ª série) que se
inscreverem em até três disciplinas, com o objetivo de melhorar as
notas obtidas em provas anteriores (exceto, no Ensino Fundamental 1,
para Música, Artes Cênicas, LIV e Redação).

GUIA DO ALUNO 2019 54


IV. Processos avaliativos

As avaliações Suplementares são aplicadas, no 1º semestre, para melhorar


as notas da 1ª ou da 2ª prova, e, no 2º semestre, para melhorar as notas
da 3ª ou da 4ª prova. Com relação ao resultado, prevalecerão as maiores
notas.

As famílias serão informadas sobre a Suplementar via circular encaminha-


da pelo Portal Eleva e impressa na agenda dos alunos. A inscrição será
feita nos prazos estabelecidos pela escola, apenas pelo Portal Eleva.
Aqueles que tiverem dificuldades com a inscrição on-line deverão compa-
recer à Secretaria ou Biblioteca da Unidade, onde serão orientados pelos
atendentes. As provas serão aplicadas em sábados previstos no
calendário escolar. Não haverá uma segunda oportunidade para a
realização das Provas Suplementares.

Para a 3ª série do Ensino Médio, a Prova Suplementar acontece apenas


uma vez no ano letivo, no mês de agosto. Os alunos poderão se inscrever
em até três disciplinas para substituir a somatória de pontos do primeiro
semestre.

Provas de Recuperação

As provas de recuperação de todas as disciplinas acontecem ao final do


ano para os alunos cujo aproveitamento seja inferior a 60% e acima de
40%, em, no máximo, três disciplinas. Menos que esses parâmetros, o
aluno estará automaticamente reprovado. A recuperação será na forma
de estudos autônomos. Os roteiros de estudos serão disponibilizados no
site da escola na 2ª quinzena de novembro. Para a Unidade Ouro Preto
Integral, elas acontecerão para os alunos cujo aproveitamento seja
inferior a 70% e acima de 40%, em, no máximo, três disciplinas.

As provas acontecerão nas datas prescritas do calendário escolar. Por


força de lei, os alunos só podem ser reprovados a partir do 3º ano do
Ensino Fundamental 1, portanto, não haverá provas de recuperação para
os alunos das séries iniciais (1º e 2º ano).

GUIA DO ALUNO 2019 55


IV. Processos avaliativos

A prova de recuperação tem peso de 100 pontos e é necessário alcançar


uma pontuação mínima de 60 para a aprovação. Para os alunos da
Unidade Ouro Preto Integral, a pontuação mínima é de 70%. A inscrição é
automática e não haverá cobrança de taxa extra. O resultado será
divulgado por meio do Portal Eleva. É de responsabilidade dos
responsáveis verificar se os filhos estão em Recuperação e encaminhá-los
no dia da prova, sem esperar por qualquer aviso da escola.

Trabalhos Escolares

Elaboração e correção

Os Trabalhos Escolares integram o processo avaliativo de todas as séries


(exceto 3ª série do Ensino Médio). Aqueles que exigem produção contam
com roteiros e critérios avaliativos específicos, organizados pela equipe
de Supervisão Pedagógica.

Os Trabalhos serão realizados em casa ou em sala, individualmente ou em


grupos. Os conjuntos de atividades realizadas ao longo da etapa também
poderão ser avaliados como Trabalho Escolar.

O mais importante de um Trabalho Escolar não é a aprendizagem acadê-


mica, propriamente dita, mas a vivência da pesquisa, da organização e da
apresentação. Aos pais, cabe acompanhar, orientar e dar o suporte muitas
vezes necessário, mas jamais assumir as tarefas e responsabilidades que
são dos alunos. Queremos que eles sejam os protagonistas das suas ações
e, para isso, desenvolvemos metodologias que se iniciam ainda na Educa-
ção Infantil e que em muito contribuirão para a formação dos nossos
jovens. Projeto Família, Conexão Ciências, Projeto X, Coleguium Socioam-
biental e Apresentação de LIV são iniciativas que têm claramente esse
propósito.

A correção dos Trabalhos é feita por Monitores ou Professores e segue


critérios definidos pela equipe de Supervisão. Os resultados são lançados
no sistema acadêmico do Coleguium. Quando os Trabalhos envolvem
mais de uma disciplina (multidisciplinares), as notas são consideradas
para todas as disciplinas envolvidas.
GUIA DO ALUNO 2019 56
IV. Processos avaliativos

De acordo com a diretriz da escola, caso os trabalhos não sejam entregues


nas datas estipuladas, o (a) aluno (a) poderá fazê-lo até o dia letivo seguin-
te, no seu horário regular de aulas. Nesse caso, o trabalho será avaliado
com uma redução de 50% dos pontos obtidos. Se não for entregue no
prazo de tolerância, os pontos serão zerados.

Pasta de Redação

No Ensino Fundamental até a 2ª série do Ensino Médio, há a organização


da pasta de Redação, contemplando todas as produções textuais
desenvolvidas em cada semestre letivo.

A partir do 4º ano, a pasta de redação é constituída pela contabilização


das notas das produções de Atualidades e das produções realizadas
em sala.

É avaliada - em 5 pontos - ao final de cada semestre letivo pela equipe de


Professores de Redação da Rede.

Trabalhos de Campo

Os Trabalhos de Campo da escola são propostos para os alunos do 4º ao


8º ano do Ensino Fundamental. Enriquecem a aprendizagem, ampliam os
horizontes culturais dos alunos e fortalecem os laços de amizade que os
unem. Um importante objetivo dessas atividades é criar situações que
favoreçam a conquista da autonomia pelos estudantes. Portanto, os
pais não poderão participar.

Os responsáveis são comunicados sobre esses eventos por meio de circu-


lares com datas, horários, locais e objetivos. Caso a família não autorize a
participação em algum trabalho de campo, o ideal é que o aluno fique em
casa nessa data. O Coleguium contrata empresas de turismo educacional
para organização e acompanhamento dos nossos alunos nos Trabalhos
de Campo.

GUIA DO ALUNO 2019 57


IV. Processos avaliativos

Consideramos uma medida importante, pois uma empresa especializada


nesse ramo proporciona uma atividade mais enriquecedora e também
mais segura aos nossos alunos.

Para evitar a bitributação (que implicaria em aumento da ordem de 25%


para as famílias), o pagamento das excursões deve ser feito diretamente à
empresa de turismo educacional que selecionarmos. Para melhor organi-
zação e geração do seguro viagem, as inscrições serão permitidas até, no
máximo, cinco dias antes da data prevista. Fora desse período, alunos não
inscritos não poderão embarcar. Todos os ônibus são fiscalizados pelos
órgãos competentes e o uso do cinto é obrigatório. Para cada aluno, é
gerado um seguro viagem. A não participação do aluno no trabalho de
campo implicará perda pedagógica, mas não será penalizada em pontos.
A partir do 6º ano, poderão levar dinheiro para o lanche, quando houver
estrutura para alimentação no local.

Trabalhos Escolares do Ensino Fundamental 1

1º ao 3º ano (ênfase multidisciplinar):


Artes Cênicas, Arte, Ciências, Educação Física, Geografia, História, L.E.M
Inglês, Matemática, Língua Portuguesa, Redação, LIV e Música.

1º Ano do Fundamental
1º semestre: Museu de Ciências Naturais da PUC Minas.
2º semestre: Parques da cidade (ecológicos ou de diversão).
2º Ano do Fundamental
1º semestre: Mercados ou Feiras da minha cidade.
2º semestre: Praças da minha cidade.
3º Ano do Fundamental
1º semestre: Não terá Projeto Família. Esse trabalho será realizado com
base em projeto desenvolvido para a Feira de Ideias.
2º semestre: Espaço do Conhecimento UFMG, Praça da Liberdade em
Belo Horizonte.
*Alunos da unidade Conceição do Mato Dentro visitarão outro espaço
que será divulgado na Unidade.

GUIA DO ALUNO 2019 58


CAPÍ
TULO5
Ma
ter
ialE
scol
ar
V. Material Escolar

Material escolar

Estar com todos os materiais é fundamental para o bom aproveitamento das


aulas e para a formação do senso de responsabilidade dos alunos. Portanto, é
importante que os responsáveis acompanhem e orientem a organização das
mochilas, observando as aulas previstas para o dia. A falta de qualquer mate-
rial no horário da aula será registrada na tela de histórico do aluno.

Os Atendentes e Coordenadores não poderão fazer contato com os responsá-


veis solicitando materiais esquecidos. No Fundamental 2 e Ensino Médio os
alunos poderão usar os celulares ou telefones públicos fora do horário das
aulas. Os materiais, assim que entregues na Secretaria, serão encaminhados
aos alunos no intervalo.

Apostilas do Coleguium

São apostilas preparadas pela equipe Coleguium com atividades relacionadas


aos projetos institucionais e blocos de atividades de casa, caso sejam
necessá-rios. As apostilas da Educação Infantil 1 ao 3 não são encadernadas, e
sim impressas em papel A3, encaminhadas aos alunos ao final de cada etapa.

Do Infantil 4 ao Ensino Fundamental as apostilas de projetos são encaderna-


das e entregues aos alunos no início de cada uma das seis etapas letivas.
Nessas apostilas, também constam os conteúdos de algumas disciplinas
especializadas.

No Coleguium Internacional, além da apostila Coleguium, há o complemento


do livro didático adotado nas séries bilíngues.

Material individual dos alunos

As agendas escolares são para uso diário, facilitam a organização dos alunos
nos Ensinos Fundamental e Médio e a comunicação entre escola e família na
Educação Infantil. São entregues a todos os alunos no início do ano e devem
fazer parte do material diário.

GUIA DO ALUNO 2019 60


V. Material Escolar

No Infantil e no Fundamental 1, caso a agenda do aluno seja totalmente


utilizada antes do término do ano letivo, cabe à família providenciar a troca
por outra agenda ou por um caderno que cumpra a mesma função.

Pastas e mochilas

Todos os pais devem se preocupar com a organização e com o peso das


mochilas, especialmente na Educação Infantil e séries iniciais do Ensino
Fundamental 1 e 2. Nessa idade, as crianças ficam ansiosas para comprar
tudo que é oferecido pelo mercado. Não recomendamos que abram espaço
para escolherem, pois, provavelmente, desejarão os maiores, mais vistosos e
também os objetos mais caros. Achamos mais adequado que os pais assu-
mam essa responsabilidade e façam as escolhas mais assertivas. Na Educação
Infantil e nas primeiras séries do Ensino Fundamental, sugerimos mochilas
com rodinhas que facilitam o transporte.

No Ensino Fundamental 1, os pais precisam ficar atentos ao que os filhos


colocam nas mochilas. Crianças ainda estão aprendendo a se organizar e, por
isso, tendem a levar tudo. É importante saber quais aulas serão ministradas a
cada dia e orientá-los a levar apenas os materiais necessários a cada aula/dia.
Tanto no Infantil quanto no Fundamental 1 os estojos devem ser pequenos,
preferencialmente os de lona, que são mais leves e práticos.

A partir do Ensino Fundamental 2, consideramos que os alunos são capazes


de se planejar, mas os pais ainda precisam ficar atentos, especialmente em
relação ao 6º Ano, que ainda está aprendendo a se organizar com os horários.

Educação Infantil

Cada aluno deverá ter sua própria mochila, adequada às necessidades dos
materiais que devem ser transportados. Todos os objetos deverão ser
identificados com o nome e com a turma da criança.

GUIA DO ALUNO 2019 61


V. Material Escolar

Educação Infantil 1:
Conjunto de lençol e virol com o nome da criança. Retornará para casa às
sextas feiras, caso tenham sido usados para higienização da família. Deverá
retornar para a escola às segundas-feiras;
Fraldas descartáveis e lenço umedecido;
Pomada contra assaduras;
Duas mudas de roupa;
Um par de sandálias para eventualidades;
Dois copos simples, com tampa, com higienização diária feita em casa;
Uma toalhinha de mão, identificada com nome (uso diário);
Uma pasta Brasil, para transporte de atividades avulsas e livros da biblioteca
da D. Livrolina (devidamente identificada);
Um livro de histórias para a Biblioteca da D. Livrolina, adequado à idade, a
partir da indicação que será apresentada pela escola;
Uma caixa de lápis de cor jumbo para uso em sala de aula (12 cores);
Uma caixa de gizão de cera – Sugestão: Meu Primeiro Giz (Crayon de Cera –
Wax Crayon), marca Acrilex, para uso em sala de aula (6 cores);
Um conjunto de tinta guache – pintura a dedo – com seis cores diferentes.
Sugestão: marca Acrilex.

Educação Infantil 2:
Conjunto de lençol e virol, com nome da criança. Retornará para casa às
sextas feiras, caso tenham sido usados para higienização da família. Deverá
retornar para a escola às segundas-feiras;
Fraldas descartáveis e lenço umedecido, se em uso;
Pomada contra assaduras, se ainda usar fraldas;
Duas mudas de roupa;
Um par de sandálias para eventualidades;
Dois copos simples, com tampa, com higienização diária feita em casa;
Uma toalhinha de mão, identificada com nome (uso diário);
Uma pasta Brasil, para transporte de atividades avulsas e livros da Biblioteca
da D. Livrolina (devidamente identificada);
Um livro de histórias para a Biblioteca da D. Livrolina, adequado à idade, a
partir da indicação que será apresentada pela escola;

GUIA DO ALUNO 2019 62


V. Material Escolar

Uma caixa de lápis de cor jumbo para uso em sala de aula (12 cores).
Um conjunto de tinta guache, pintura a dedo, com 3 cores (Acrilex)
Uma caixa de Gizão de Cera (Meu primeiro giz - Acrilex) (6 cores).

Educação Infantil 3:
Uma muda de roupa;
Dois copos simples, sem tampa, com higienização diária feita em casa.
Uma toalhinha de mão, identificada com nome (uso diário);
Uma pasta Brasil, para transporte de atividades avulsas e livros da Biblioteca
da D. Livrolina (devidamente identificada);
Um livro de histórias para a Biblioteca da D. Livrolina, adequado à idade, a
partir da indicação que será apresentada pela escola;
Uma caixa de lápis de cor jumbo para uso em sala de aula; (12 cores)
Uma caixa de giz de cera comum triangular, para uso em sala de aula; (6
cores)
Um conjunto de tinta guache – pintura a dedo – com seis cores diferentes,
para uso em sala de aula. Sugestão: marca Acrilex;
Apenas para os alunos do Coleguium Internacional: um livro de história em
inglês, adequado à idade, a partir da lista de indicação que será apresentada;

Educação Infantil 4 e 5:
Dois conjuntos de alfabeto móvel (EVA resistente, plástico ou madeira) para
uso em sala de aula;
Copo simples, sem tampa, com higienização diária feita em casa; Garrafinha
para água;
Uma toalhinha de mão, identificada com nome (uso diário);
Uma pasta Brasil, para transporte de atividades avulsas e livros da Biblioteca
da D. Livrolina (devidamente identificada);
Estojo simples de lona, com lápis triangular, conjunto de lápis de cor Jumbo,
uma borracha macia, apontador, tesoura e cola branca;
Um livro de histórias para a Biblioteca da D. Livrolina, adequado à idade, a
partir da indicação que será apresentada pela escola;
Um conjunto de tinta guache Show Color – tampa com pincel, para uso em
sala de aula. Sugestão: marca Acrilex;
Apenas para os alunos do Coleguium Internacional: um livro de história em
inglês, adequado à idade, a partir da lista de indicação que será apresentada.
GUIA DO ALUNO 2019 63
V. Material Escolar

Ensino Fundamental 1 (1º ao 5º ano)

Para levar para a escola:

Uma pasta catálogo, com 50 plásticos, para atividades de Redação;


Uma pasta Brasil, para transporte de atividades avulsas e livros da Biblioteca
da D. Livrolina;
Estojo simples de lona, com:
lápis preto (triangular para o 1º ano) e comum (do 2º ao 5º ano) ou lapiseira,
grafite 07 (a partir do 4º ano do Ensino Fundamental 1);
apontador;
borracha macia;
. lápis de cor (triangular para o 1º ano) e comum (do 2º ao 5º anos);
. tesoura pequena e sem ponta;
. cola 90 gramas.
. Uma caneta marca-texto (apenas para os alunos de 4º e 5º ano);
. Uma caneta azul ou preta, para o 5º ano (a ser usada somente a partir do
2º semestre);
. Um corretivo, para o 5º ano (a ser usado a partir do 2º semestre);
. Um estojo de caneta hidrocor para o 5º ano;
. Régua 30 cm;
. Uma toalhinha de mão, identificada com nome;
. Garrafinha para água;
. Dois gibis (preferencialmente Turma da Mônica) para compor a gibiteca da
turma;
. Um livro de história para a Biblioteca da D. Livrolina, a partir da lista
indicada pela escola (para 1º ao 3º anos);
. Dois conjuntos de alfabeto móvel (EVA resistente, plástico ou madeira)
para uso em sala de aula (apenas para os alunos do 1º ano do Ensino
Fundamental);

Apenas para os alunos do Coleguium Internacional, das séries bilíngues: um


livro de história em inglês, adequado à idade, a partir da lista de indicação
que será apresentada.

GUIA DO ALUNO 2019 64


V. Material Escolar

Levar conforme horário de aulas da turma:

1º ano: quatro cadernos brochura, com margem e pauta 1 2 3 X, 60 folhas,


marca Alibombom capa vermelha. (Cadernos para Português, Matemática,
Geografia/História/Ciências e Inglês). Serão aceitos cadernos versão capa
dura, 60 folhas. Na Unidade Internacional o aluno deverá levar o caderno de
Inglês todos os dias para a escola.

2º ano: quatro cadernos brochura, com margem e pauta 1 2 3 X, 60 folhas,


marca Alibombom capa vermelha. (Cadernos para Português, Matemática,
Geografia/História/Ciências e Inglês). Serão aceitos cadernos versão capa
dura, 60 folhas. Na Unidade Internacional o aluno deverá levar o caderno de
Inglês todos os dias para a escola

3º ano: cinco cadernos brochura, com margem e pauta 1 2 3, 60 folhas,


marca Alibombom capa verde (Cadernos para Português, Matemática,
Geografia/História, Ciências e Inglês). Serão aceitos cadernos versão capa
dura, 60 folhas. Na Unidade Internacional o aluno deverá levar o caderno de
Inglês todos os dias para a escola

4º e 5ºs anos: seis cadernos brochura comuns, pauta normal, 60 folhas.


(Cader-nos para Português, Matemática, Geografia, História, Ciências e Inglês).
Serão aceitos cadernos versão capa dura, 60 folhas. Na Unidade Internacional
o aluno deverá levar o caderno de Inglês todos os dias para a escola

OBS: Pedimos atenção na compra dos cadernos. Não serão aceitos, no Ensino
Fundamental 1, cadernos em espiral em função do peso que indicam a mais.
Todos os cadernos deverão ser encapados com plástico transparente e com
etiqueta adesiva na capa, identificando o nome do aluno, série e turno. Além
disso, os cadernos deverão ser repostos sempre que for necessário (reposi-
ção semestral ou anual).

GUIA DO ALUNO 2019 65


V. Material Escolar

Para manter em casa e levar sempre que solicitado:

. Um dicionário da Língua Portuguesa, revisado conforme Novo Acordo Orto-


gráfico (eventualmente solicitado para a escola) do 1º ao 5º anos.

. Qualquer Gramática da Língua Portuguesa, revisada conforme Novo Acordo


Ortográfico (a partir do 4º ano do Ensino Fundamental 1).

Sugerimos: Gramática Pedagógica: volume único, Roberto Melo Mesquita e


Cloder Rivas Martos, 30ª edição, editora Saraiva, 2009.

. Atlas Geográfico ilustrado. Graça Maria Lemos Ferreira e Marcello Martenelle.


Editora Moderna, 4ª Ed. 2012. (4º e 5º anos do Ensino Fundamental).

. Para 1º ao 5º ano: 2 blocos de desenho Canson A4, com 20 folhas (cada),


gramatura 140, para aulas de Arte. Será utilizado um bloco por semestre.

Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º Ano):

Levar todos os dias em que houver aulas da disciplina:

01 caderno de aproximadamente 180 folhas por etapa para dividir entre as


disciplinas. Não é permitido o uso de fichários;
01 pasta catálogo com 50 plásticos para aulas de Redação;
01 caderno desenho A4, gramatura 120 ou 150 (40 ou 60 kg), com 50 folhas,
para aulas de Arte. O caderno poderá ser utilizado nas séries seguintes.
Marcas sugeridas: Canson ou Academie Tilibra Sketchbook;
Estojo com caneta, lápis preto, borracha, lápis de cor, caneta para grifar textos,
tesoura e cola;
Régua de 30 cm.

GUIA DO ALUNO 2019 66


V. Material Escolar

Levar sempre que solicitado:

Compasso, transferidor e um par de esquadros;


Calculadora para as quatro operações e raiz quadrada;
Geoatlas, de Maria Elena Simielle, editora Ática, ed. 2012;
Dicionário – Sugerimos: Mini Aurélio, editora Positivo, Mini Luft, editora Ática
ou Silveira Bueno, editora FTD – revisados conforme Acordo Ortográfico;
Gramática: qualquer gramática revisada conforme Acordo Ortográfico;
Sugerimos: Gramática Pedagógica: volume único, Roberto Melo Mesquita e
Cloder Rivas Martos, 30ª edição, editora Saraiva, 2009. Gramática Nova: Carlos
Emílio Faraco, Francisco Marto de Moura e José Hamilton Maruxo Jr. 15ª
edição, editora Ática, 2010;
Dicionário de L.E.M Inglês – Sugerimos: Oxford Escolar – Português-Inglês /
Inglês-Português, Oxford University Press.

Ensino Médio

Levar todos os dias em que houver aula da disciplina:


Fichário grande ou caderno universitário com divisões de matérias;
01 pasta catálogo com 50 plásticos para aulas de Redação (1ª e 2ª Série);
Estojo com caneta, lápis preto, borracha e caneta para grifar textos;
Régua de 30 cm.

Levar sempre que solicitado:

Dicionário – Sugerimos: Mini Aurélio, editora Positivo, Mini Luft, editora Ática
ou Silveira Bueno, editora FTD – revisados conforme Acordo Ortográfico;
Gramática: qualquer gramática revisada conforme Acordo Ortográfico;
Sugerimos: Gramática Pedagógica: volume único, Roberti Melo Mesqui ta e
Cloder Rivas Martos, 30ª edição, editora Saraiva, 2009. Gramática Nova: Carlos
Emílio Faraco, Francisco Marto de Moura e José Hamilton Maruxo Jr. 15ª
edição, editora Ática, 2010;
Dicionário de L.E.M Inglês – Sugerimos: Oxford Escolar – Português-Inglês/In-
glês-Português, Oxford University Press.

GUIA DO ALUNO 2019 67


V. Material Escolar

Livros adotados

Os livros de literatura deverão ser encaminhados à escola de acordo com


cada etapa letiva. A listagem com os títulos literários da Educação Infantil,
Fundamental e Ensino Médio estará disponível no site do Coleguium.

Atenção: todos os livros deverão ser encapados e etiquetados com a identifi-


cação do aluno (nome, turma, série, turno).

Os livros de Inglês do Ensino Fundamental 1 das Unidades Regulares, do 3º


ano da Unidade Belvedere e do 4º e 5º ano das Unidades Internacionais
deverão ser adquiridos pelos responsáveis. A lista com os nomes estará dispo-
nível no site do Coleguium.

Educação Infantil

Educação Infantil 2:
Coleção da Plataforma Eleva – Sistema de Ensino, 1 Volume integrado, anual,
do aluno.

Educação Infantil 3, 4 e 5:
Coleção da Plataforma Eleva – Sistema de Ensino.
2 volumes integrados, semestrais, do aluno.
Para os alunos do Infantil 4 e 5 haverá livro didático para as aulas de Inglês
que está incluso no Material Didático.
Para as Unidades Internacionais, haverá livro didático específico para a L.E.M
Inglês que estará incluso no preço do Material Didático.

Livros de Literatura (Infantil 2, 3, 4 e 5): a lista será divulgada no site da escola


no mês de dezembro.

GUIA DO ALUNO 2019 68


V. Material Escolar

Ensino Fundamental 1

1º ano do Ensino Fundamental 1:

Arte:
Projeto ÁPIS arte: 1º ano/Eliana Pougy, André Vilela. 1ª edição - São Paulo:
Ática 2017.

Ciências, Geografia, História, Matemática e Língua Portuguesa: Material


do Sistema de Ensino – Eleva Educação.

L.E.M. Inglês:

Next Move Starter - Student’s Book and Workbook Editora: Macmillan – 1a


edição. Esse material é destinado ao 1º ano das unidades regulares.
Para as Unidades Internacionais, haverá livro didático específico para a L.E.M
Inglês que estará incluso no preço do Material Didático.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de Dezembro.

2º ano do Ensino Fundamental 1:

Arte: Projeto ÁPIS arte: 2º ano/Eliana Pougy, André Vilela. 1ª edição - São
Paulo: Ática 2017.

Ciências, Geografia, História, Matemática e Língua Portuguesa: Material


do Sistema de Ensino Eleva.

L.E.M. Inglês:

Give me Five! Basics 1, Pupil’s Book with Activity Book Editora: Macmillan –1a
Edição - Esse material é destinado ao 2º ano das unidades regulares.
Para as Unidades Internacionais, haverá livro didático específico para a L.E.M
Inglês que estará incluso no preço do Material Didático.
GUIA DO ALUNO 2019 69
V. Material Escolar

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

3º ano do Ensino Fundamental 1:

Arte: Projeto ÁPIS arte: 3º ano/Eliana Pougy, André Vilela. 1ª edição - São
Paulo: Ática 2017.

Ciências, Geografia, História, L.E.M Inglês, Matemática e Língua Portu-


guesa:
Material do Sistema de Ensino Eleva.

L.E.M. Inglês:

Give me Five! Basics 1, Pupil’s Book with Activity Book Editora: Macmillan – 1a
Edição - Esse material é destinado ao 3º ano das unidades regulares e unidade
Belvedere. Para as Unidade Internacional Buritis, haverá livro didático específico
para a L.E.M Inglês que estará incluso no preço do Material Didático.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

4º ano do Ensino Fundamental 1:

Arte: Projeto ÁPIS arte: 4º ano/Eliana Pougy, André Vilela. 1ª edição - São
Paulo: Ática 2017

Ciências, Geografia, História, L.E.M Inglês, Matemática e Língua Portu-


guesa:
(Material do Sistema de Ensino Eleva).

Atlas Geográfico ilustrado. Graça Maria Lemos Ferreira e Marcello Martenelle.


Editora Moderna, 4ª Ed. 2012.

GUIA DO ALUNO 2019 70


V. Material Escolar

L.E.M. Inglês
Give me Five! 2, Pupil’s book with Activity Book - Editora: Macmillan – 1a
Edição – Esse material é destinado ao 4º ano das unidades regulares e
internacionais.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

5º ano do Ensino Fundamental 1:

Arte: Projeto ÁPIS arte: 5º ano/Eliana Pougy, André Vilela. 1ª edição - São
Paulo: Ática 2017.

Ciências, Geografia, História, L.E.M Inglês, Matemática e Língua Portu-


guesa:
Material do Sistema de Ensino Eleva.

Atlas Geográfico ilustrado. Graça Maria Lemos Ferreira e Marcello Martenelle.


Editora Moderna, 4ª Ed. 2012.

L.E.M. Inglês
Give me Five! 2, Pupil’s book with Activity Book - Editora: Macmillan – 1a
Edição – Esse material é destinado ao 5º ano das unidades regulares e
internacionais.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

Ensino Fundamental 2 (6º ao 9º ano):

6º ano do Ensino Fundamental

Arte: Araribá Plus – Arte, 6º Ano, obra coletiva concebida, desenvolvida e


produzida pela Editora Moderna – 2ª edição – São Paulo: Moderna, 2018.

GUIA DO ALUNO 2019 71


V. Material Escolar

Ciências, Geografia, História, L.E.M Inglês, Matemática, Língua


Portugue-sa e Redação: Material do Sistema Eleva.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

7º Ano do Ensino Fundamental:

Arte: Araribá Plus – Arte, 7º Ano, obra coletiva concebida, desenvolvida e


produzida pela Editora Moderna – 2ª edição – São Paulo: Moderna, 2018.

Ciências, Geografia, História, L.E.M Inglês, Matemática, Língua


Portugue-sa e Redação: Material do Sistema Eleva.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

8º ano do Ensino Fundamental:

Arte: Araribá Plus – Arte, 8º Ano, obra coletiva concebida, desenvolvida e


produzida pela Editora Moderna – 2ª edição – São Paulo: Moderna, 2018.

Ciências, Geografia, História, L.E.M Inglês, Matemática, Língua


Portugue-sa e Redação: Material do Sistema Eleva.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

9º Ano do Ensino Fundamental:

Arte: Araribá Plus – Arte, 9º Ano, obra coletiva concebida, desenvolvida e


produzida pela Editora Moderna – 2ª edição – São Paulo: Moderna, 2018.

GUIA DO ALUNO 2019 72


V. Material Escolar

Ciências com ênfase em Física, Geografia, História, L.E.M Inglês, Matemá-


tica, Língua Portuguesa, Ciências com ênfase em Química e Redação:
Material do Sistema Eleva.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

Ensino Médio

1ª série do Ensino Médio:

Arte, Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, L.E.M Inglês, Literatu-


ra, Matemática, Língua Portuguesa, Química, Redação e Sociologia:
Material do Sistema Eleva.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

2ª série do Ensino Médio:

Artes, Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, L.E.M Inglês, Litera-


tura, Matemática, Português, Química, Redação e Sociologia:
Material do Sistema Eleva.

Literatura:
A lista será divulgada no site da escola no mês de dezembro.

3ª Série do Ensino Médio:

Arte, Biologia, Filosofia, Física, Geografia, História, L.E.M Inglês,


Matemática, Língua Portuguesa, Química e Sociologia:
Material do Sistema Eleva.

GUIA DO ALUNO 2019 73


CAPÍ
TULO6
Rot
ina
sEs
col
ares
VI. Rotinas escolares

Horários

Horário de funcionamento

As Unidades são abertas 10 minutos antes do horário regular das aulas e fecham
uma hora após o término do horário, podendo estendê-lo até às 21 horas para
atender a cursos do Centro de Extensão (CEC). As Secretarias das Unidades têm
atendimento entre 7 e 18 horas e, as Bibliotecas, das 9 às 12 horas e das 14 às 17
horas.

Horário de início e término das aulas

Berçário e Educação Infantil 1 ao 3, manhã: 7h35 às 11h35.


Berçário e Educação Infantil 1 ao 3, tarde: 13h20 às 17h20.
Educação Infantil 4 e 5, manhã: 7h35 às 11h45.
Educação Infantil 4 e 5, tarde: 13h20 às 17h30.
1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental, manhã: 7h10 às 12h15.
1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental, tarde: 13h25 às 18h30.
1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental, tarde, Sete Lagoas: 13h15 às 18h20.
1º ao 5º Ano do Ensino Fundamental, tarde, Conceição do Mato Dentro: 13h30 às
18h10. 6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental, manhã: 7h10 às 12h40.
6º ao 9º Ano do Ensino Fundamental, tarde: 13h às 18h30.
1ª e 2ª séries do Ensino Médio Regular, manhã: 7h às 12h30, com 1 retorno no
contra turno.
1ª e 2ª séries do Ensino Médio Integral: 7h às 12h30 e duas tardes, das 14h às
17h40.
3ª série do Ensino Médio Regular e Integral, 7h às 12h30 e duas tardes das 14h às
18h30.
1ª a 3ª série do Ensino Médio Regular Conceição do Mato Dentro, 7h às 12h30.
Os horários acima se referem ao início das aulas, portanto, o aluno deverá chegar
com uma antecedência de dez minutos. No Ensino Fundamental 1, após o início
das aulas, é dada a tolerância de 5 minutos para a chegada dos alunos. Caso
ultrapassem esse tempo, deverão aguardar, na sala da Coordenadora Pedagógi-
ca, o 2º horário para a entrada em sala de aula.

76 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Na Educação Infantil, os horários são livremente organizados, exceto para os


eixos de Introdução à Língua Inglesa, Música e Artes Cênicas no Infantil 4 e 5,
que seguem tempos fixos na semana.

No Ensino Fundamental 1, as aulas especializadas também possuem horários


fixos. Esses horários, bem como a distribuição das aulas das disciplinas
regulares, serão divulgados no início do ano letivo. É muito importante
acompanhar os horários das aulas dos alunos para organização dos materiais
necessários a cada dia. No Ensino Fundamental 2 e Médio, a montagem de
um horário é um grande desafio, pois depende da compatibilização dos
horários de dezenas de Professo-res, dentro de uma série de restrições que
estabelecemos visando ao melhor aproveitamento pelos alunos. No primeiro
dia de aula, divulgamos pelo nosso site os horários para a primeira semana
letiva. Ao término da semana, um novo horá-rio poderá ser divulgado para a
seguinte, até que o horário ganhe estabilidade, o que, geralmente, acontece
ao final da quarta semana letiva. Os alunos devem ficar atentos a essas
mudanças, pois têm implicação nos materiais a serem trazidos e na realização
das atividades de casa. Qualquer mudança nos horários será divulgada no
nosso site e informada aos alunos.

Horário dos plantões para a Educação Infantil e Ensino Fundamental 1

É dada a tolerância de 10 minutos antes do início das aulas regulares e 20


minutos ao término. Exemplo: se a aulas iniciam 13h20, o aluno poderá
chegar 13h10 e não será cobrado o plantão. Se as aulas terminam 17h30, o
aluno poderá ficar até 17h40 e não será cobrado o plantão. A partir daí, é feita
a cobrança.

Aqueles que dele necessitem com regularidade, poderão optar por contratá-
lo mensalmente, por 15, 30, 60 ou 90 minutos diários.

No caso dos irmãos, quando apenas um deles cursa a Educação Infantil,


Ensino Fundamental ou algum curso do Centro de Extensão, ficando o outro
aguardando no ‘plantão’, este só será cobrado após o término da aula em
questão. Exemplo: um filho é do segmento infantil e as aulas terminam
17h30, o outro filho faz judô que termina 18h30, o aluno da Educação Infantil
poderá ficar até 18h30 e não será cobrado o plantão. A partir daí, é feita a
cobrança. 77 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

Também não será cobrado daqueles que necessitam do transporte escolar,


seja no início ou final das aulas.

Nenhuma criança poderá permanecer na escola após o horário de


encerramento das atividades (final das aulas do CEC ou plantão regular). Em
caso de incidência, o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente será
comunicado.

Alunos atrasados

Na Educação Infantil, chegar atrasado implica em perda pedagógica para a


criança e quebra no ritmo da aula que estiver em curso. Portanto, os
responsáveis devem estar atentos ao horário, evitando atrasos. No Ensino
Fundamental 1, entrar em sala após o início das atividades prejudica o
trabalho de todos. Portanto, o aluno atrasado aguarda pelo segundo horário,
monitorado pelo disciplinário.
No Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio, caso o aluno se atrase, receberá um
registro de ocorrência e aguardará pelo próximo horário nas dependências da
escola. Neste caso o aluno atrasado também deverá aguardar pelo segundo
horário, monitorado pelo disciplinário.

Entrada e saída dos alunos

Os pais dos alunos do Infantil 1 ao 3 deverão entregar e receber seus filhos em


sala de aula. Do Infantil 4 ao 5º ano, espera-se que os alunos conquistem mais
autonomia, portanto, as crianças deverão entrar sozinhas e, na saída, serão
chamadas pelos porteiros. Os responsáveis deverão aguardar na portaria.
Depen-dendo da estrutura da Unidade, em caso de chuva, os responsáveis
poderão ser autorizados a buscar os filhos em sala de aula. A partir do 6°ano,
os alunos podem sair desacompanhados. Caso os responsáveis queiram que
eles aguardem nas dependências da escola, deverão procurar o
Coordenador e solicitar tal procedimento.
Para saídas, antes do horário regular, os responsáveis devem entrar em
contato com a Coordenação Pedagógica, que providenciará o
encaminhamento do aluno para a Secretaria no horário combinado.
78 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

Destacamos que a saída fora do horário é prejudicial à aprendizagem


do aluno, em todas as séries. No caso de alunos do 6° ao 9°ano e Ensino
Médio, os alunos só poderão sair com autorização da Coordenação
Pedagógica que, se necessário, entrará em contato com os
responsáveis.
Para que um aluno do Infantil e Fundamental saia da escola, o adulto
que vier buscá-lo deverá apresentar documento de identidade,
comprovando ser uma das pessoas autorizadas pelos responsáveis no
ato da matrícula. Caso não seja uma das autorizadas, deverá aguardar
até que os responsáveis sejam contatados. Novas autorizações pelos
responsáveis deverão ser registradas na agenda dos alunos e
assinadas, além de preenchidas na ficha de identificação dos alunos,
encaminhada pela Unidade no início do ano letivo. Alunos do 1º ao
5º ano só podem retornar fora do horário regular para aulas do Centro
de Extensão (CEC).
Do 6º ao 9º ano, os alunos podem retornar para cursos e treinamentos
propostos pela escola. Em todas as situações, os alunos devem estar
uniformizados. Antes de autorizarem a permanência ou retorno
dos filhos em outro turno, é importante que os responsáveis
orientem sobre atitudes e comportamentos que os alunos devem ter,
não apenas dentro da escola, mas, principalmente, quando estão nas
ruas e, consequentemente, não contam com a orientação da nossa
equipe.
Disciplina - Postura dos pais:

Na porta da escola:

Todos conhecem os problemas de trânsito provocados pela entrada e


saída de alunos nas portas das escolas. A BHTRANS desenvolve trabalhos
educativos, cujas principais recomendações endossamos plenamente.
São regras simples que, se respeitadas por todos, facilitarão o fluxo de
veículos e oferecerão mais segurança aos nossos alunos, além de, é claro,
bons exemplos de civilidade, são elas:
. não estacionar em fila dupla;
. respeitar a faixa de pedestres; 79 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

. não fazer da porta da escola um ponto de encontro e conversa pois,


neste momento, uma vaga muito importante poderá estar sendo
ocupada;
. atenção redobrada no movimento das ruas, crianças estarão
atravessando;
. procurar resolver assuntos na Secretaria e em outros setores da escola
fora do horário de entrada e saída, liberando vagas para aqueles que
trazem ou buscam seus filhos;
. não estacionar nas vagas reservadas ao transporte escolar;
. não estacionar nos acessos de garagem, moradores não podem ser
prejudicados no seu direito de entrar e sair de casa a qualquer momento.

Em casa:

. acompanhar a vida escolar do aluno, verificando as agendas,


monitorando as informações disponíveis no Portal Eleva e cobrando
melhor desempenho;
. não aceitar que o filho deixe de fazer qualquer dever de casa;
. assegurar que o filho chegue à escola no horário, com uniforme
completo, com todos os materiais, alimentado adequadamente e em
bom estado de saúde;
. verificar o estado de conservação dos materiais escolares e orientar os
filhos;
. respaldar a escola em todas as medidas disciplinares aplicadas aos filhos;
. verificar o calendário escolar antes de agendar qualquer compromisso
para o aluno;
. monitorar as datas das provas e, nesses dias, exigir reforço nos
estudos;
. monitorar os trabalhos escolares marcados, assegurando que sejam
feitos em tempo hábil e com boa qualidade.

Perante a escola:

. antes de se posicionar com o filho, diante de qualquer situação


conflituosa, procurar a escola para verificar o ocorrido;
. manter atualizado os endereços, telefones e e-mails; 80 GUIA DO ALUNO 2019
. comparecer às reuniões sempre que solicitado;
. nomear todas as peças dos uniformes, mochilas e pertences.
VI. Rotinas escolares

Disciplina - Principais regras disciplinares:

Nos primeiros dias de aula, os Professores e Coordenadores apresentam


e discutem as regras com os alunos, procurando conscientizá-las
sobre a sua importância:

. respeitar os colegas e funcionários;


. sempre comparecer com o uniforme completo;
. respeitar e obedecer às orientações dos funcionários;
. respeitar os horários de entrada, recreio e saída;
. fazer, com capricho e atenção, todos os “para casa”;
. sair de sala somente com autorização do Professor;
. não conversar enquanto o Professor ou colega estiver falando; entrar e
sair de sala em fila, seguindo as orientações do Professor; cumprimentar
o Professor e todos os visitantes da turma;
. depositar o lixo apenas nas lixeiras;
. não riscar ou desenhar nas paredes ou mobiliário;
. cuidar das plantas da escola;
. zelar pelo material pessoal dos colegas e da turma;
. não consumir nenhum tipo de alimentação fora do horário de lanche;
não trazer para a escola qualquer tipo de guloseima (balas, chicletes,
bombons, chips etc);
. não trazer para a escola qualquer brinquedo, exceto no “Dia do
Brinquedo” (Educação Infantil e 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental 1);
. levantar a mão para falar.

Os Professores e os disciplinários são a primeira instância para a


solução de qualquer conflito. Caso a conversa não surta o efeito
esperado, o aluno será encaminhado para a Coordenação
Pedagógica que tomará as medidas cabíveis, previstas para cada
série, e os responsáveis serão comunicados.
Punições previstas

Para acompanhar a questão disciplinar e a postura dos alunos,


adotamos um sistema de pontos. Diante de qualquer problema abaixo
relacionado, faremos 81 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

registros no sistema que marcará o número de pontos


correspondente e o acumulado do ano. O número de pontos para
cada tipo de registro varia de acordo com o segmento. Um e-mail
com as informações sobre o registro é automaticamente emitido aos
responsáveis. Os dados poderão ser consultados, a qualquer tempo,
pelos responsáveis.

A cada trinta pontos, os alunos do Ensino Fundamental e Médio


receberão atividades para fazer em casa ou na escola, sendo
suspensos das aulas do dia. Ao completar 100 pontos, o caso será
avaliado, podendo ser encaminhado ao Conselho Tutelar da
Infância e da Juventude e a matrícula poderá não ser renovada
para o ano seguinte.

Tabela de pontos disciplinares

82 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

83 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

*Aluno entrará no horário seguinte.


** Aluno terá a prova zerada. Estar com material não autorizado durante a realização das provas também se configura como
cola.
*** Aluno deverá ressarcir a escola pelo prejuízo.
**** Situações passíveis de denúncia ao Conselho Tutelar da Infância e Juventude, com registro de Ocorrência Policial quando
maiores de 12 anos.

84 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Uniformes escolares

Uniformes diários e obrigatórios


A aquisição pode ser feita pelo responsável, em lojas autorizadas. Ver pontos
de venda nos anúncios dos parceiros ao final deste Guia.

Uniformes de uso diário:


Camiseta do Coleguium, manga curta ou comprida, qualquer cor.
Agasalho do Coleguium.
Bermuda, calça ou short-saia do Coleguium.
Tênis, com meia soquete branca, cinza, preta ou azul escuro, sem detalhes
ou enfei-tes.

Variações para dias frios:


Camiseta de malha branca, manga curta ou comprida, para usar sob as cami-
setas do uniforme regular e Educação Física.
Calça de moleton do Coleguium, para alunos da Educação Infantil.
Meia calça branca ou preta sob bermuda ou short saia.

Uniforme para aulas de Arte (Educação Infantil e Fundamental I):


Camiseta colorida do Coleguium específica para a aula de Arte.

Uniforme para Educação Física (Ensinos Fundamental e Médio):


Bermuda do Coleguium.
Calça e agasalho do Coleguium, permitidos para dias frios.
Camiseta regata do Coleguium, branca.
Tênis apropriado e meia soquete branca, cinza, preta ou azul escuro. Colete
do Coleguium.

Uniforme para competições internas (Ensino Fundamental 2 e Ensino


Médio):
Camiseta da Ordem Estudantil à qual pertence.
Calça ou bermuda do Coleguium.
Tênis.
85 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

Regras para uso dos uniformes e adereços

Uniforme incompleto:
Na Educação Infantil e Fundamental 1, o aluno entra e os pais são alertados
com registro no histórico do aluno.
A partir do 6º Ano, o aluno será impedido de entrar em sala de aula e poderá
aguardar até que os responsáveis tragam o uniforme completo.

Nas aulas de Educação Física e treinamentos esportivos, faz parte do processo


avaliativo o uso obrigatório do uniforme.

Uniformes deformados ou mal cuidados:


Não serão aceitos uniformes cortados, rasgados, remendados, desbotados ou
com desenhos.
Não serão aceitos uniformes de tamanhos inadequados ao porte do aluno.

Uniformes em excursões e retorno à escola:


Em todas as excursões, o uniforme é obrigatório, bem como nos horários em
que o aluno retornar à escola fora do seu horário regular, inclusive aos sába-
dos, para participação em eventos pedagógicos, realização de provas e
simulados.

Entrada na escola com uniforme de Educação Física:


Apenas quando a aula de Educação Física acontecer no primeiro horário, os
alunos poderão entrar usando os uniformes de Educação Física. Para os
demais, o aluno deverá trazer a camiseta de Educação Física e utilizá-la
apenas durante a aula.

Uso de outras camisetas do Coleguium:


Camisetas destinadas aos Jogos da Integração, Jogos da Amizade e Dia da
Família terão uso restrito a esses eventos. Camisas das Ordens Estudantis
(Fundamental 2 e Médio) só poderão ser usadas nos dias em que houver
atividades competitivas.
86 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

Uso de adereços

O uso de piercings e alargadores não é aconselhável aos alunos nas depen-


dências da escola e, por motivo de segurança, serão proibidos durante as
aulas de Educação Física e terminantemente proibidos em eventos esportivos
de competição. Não é permitido o uso de bonés, toucas ou chapéus na
escola, pois não fazem parte do uniforme e prejudicam a atenção dos alunos
em sala de aula. Apenas durante as aulas de Educação Física é aceitável o uso
de bonés. Em dias frios, é permitido o uso de gorros e cachecóis.

Atividades de casa

Formação de hábito de estudo

As atividades enviadas como “para casa” são parte fundamental da formação


dos alunos e integram as suas rotinas diárias de estudos, a partir do Infantil 4.
É muito importante que a criança adquira, desde muito cedo, o hábito de
estudar. Por isso, todos os dias, a partir de 4 anos, os alunos levam uma
atividade de para casa que deve ser feita de forma completa, com capricho e
atenção, inclusive nos finais de semana. Isso não pode ser objeto de
negociação entre pais e filhos, pois é obrigação do estudante. Mesmo em
caso de doença, o aluno deverá, assim que restabelecido, fazer as atividades
perdidas.

É responsabilidade das famílias acompanhar e exigir a boa realização de todas


as atividades de casa. Para que o hábito de estudo seja formado nos alunos, a
família deve:
. definir com os filhos os horários de estudo em casa, que devem ser
rigorosamente respeitados;
. definir um local tranquilo para o estudo, com computador conectado
à internet, mesa e cadeira adequadas e boa iluminação;
. não permitir que os alunos se alimentem, assistam à televisão ou
usem o computador para jogos e troca de mensagens enquanto realizam
suas tarefas;
. disponibilizar os materiais estipulados neste Guia, para serem manti-
dos em casa;
.verificar se todas as atividades foram realizadas com capricho e
atenção 87 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

Quantidade

As nossas propostas de atividades de casa estão dimensionadas para serem


realizadas conforme a diretriz pedagógica:

Infantil 4: uma atividade por dia, aproximadamente 20 minutos.


Infantil 5: duas atividades por dia, aproximadamente 40 minutos.
No Coleguium Internacional, Infantil 4 e 5, há 3 atividades por semana de
aproximadamente 20 minutos.
1º ano do Ensino Fundamental 1: três atividades por dia, aproximadamente
1 hora e meia.
2º e 3º ano do Ensino Fundamental 1: de três a quatro atividades por dia,
dependendo das aulas regulares do dia, aproximadamente 2 horas. No
Coleguium Interacional, há 1 atividade de “para casa” de inglês por dia para o
1º e 2º ano; aproximadamente 25 minutos.
4º e 5º ano do Ensino Fundamental 1: de quatro ou cinco atividades por dia;
aproximadamente duas horas e meia.
A partir do 6º ano do Ensino Fundamental 2: cinco ou seis atividades por
dia, além das atividades da Plataforma Adaptativa, aproximadamente 3 horas.

Os Trabalhos Escolares, Plataforma Matific, Atualidades, Biblioteca da D.


Livrolina e Laboratório Inteligência de Vida são propostas permanentes e
poderão ser alvo de “deveres de casa”.

O tempo médio previsto para a realização das atividades de casa varia de


acordo com o ritmo, organização e nível de concentração de cada aluno. Nos
períodos de provas, as atividades de “para casa” serão enviadas normalmente,
podendo ser indicadas questões de revisão de conteúdos.

88 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Registro e verificação

Na Educação Infantil (Infantil 4 e 5) e no 1º ano do Fundamental 1, as ativida-


des de casa são registradas nas folhas de agendamento apresentadas nas
apostilas por etapa.

A partir do 2º ano do Fundamental, os alunos registram os deveres de casa na


agenda escolar. No Infantil 4, o registro dos deveres é feito no agendamento
pela própria Professora Regular. No Infantil 5, no 1º semestre, o registro dos
deveres também é feito pela Professora Regular. No entanto, a partir do 2º
semestre letivo, os alunos registram os deveres na página de agendamento,
assim como no 1º ano do Ensino Fundamental. Nessas séries, a Professora
deverá orientar e acompanhar diariamente o registro de cada aluno e
planejar estratégias para esse acompanhamento, garantindo que os deveres
sejam devidamente anotados.

Nos 2º, 3º e 4º anos do Ensino Fundamental, as Professoras deverão vistar as


agendas de todos os alunos, diariamente, garantindo as anotações dos
deveres.

A partir do 5º ano do Ensino Fundamental, é esperada a autonomia e o com-


prometimento dos alunos quanto ao registro dos deveres em suas agendas.
Porém, as Professoras devem ainda acompanhar de perto os registros,
dependendo do perfil de cada aluno, e garantir que todos os deveres sejam
registrados, uma vez que a única forma do aluno ter ciência dos deveres é
através das anotações na agenda escolar.

Todo “para casa” dos alunos do Ensino Fundamental e Médio é registrado


pelos Professores em sala de aula, é dever do aluno copiá-lo em suas agendas.

Na Educação Infantil e Ensino Fundamental 1, a família poderá requisitar os


deveres de casa indicados durante os dias de ausência do aluno. Para isso,
deverá requisitar à Coordenadora Pedagógica o registro dos deveres via
formulário “Encaminhamento das Atividades de Casa”.

89 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Orientações para realização do “para casa”

Na Educação Infantil e três primeiras séries do Ensino Fundamental, as crian-


ças necessitarão do acompanhamento direto de um adulto para auxiliá-las na
leitura de textos e comandos e orientá-las. A autonomia será gradualmente
conquistada e os alunos devem ser estimulados a isso, porém, nessas séries,
necessitarão de ajuda direta para a leitura de textos e comandos das ativida-
des, tradução de vocabulário, interpretação, esclarecimento de dúvidas e
pesquisas informativas. De forma alguma, o adulto deverá fazer a atividade
para a criança.

Quando o aluno da Educação Infantil e Ensino Fundamental manifestar


dúvida quanto ao conteúdo e ou habilidade prevista em uma atividade de
casa, os responsáveis deverão encaminhar na agenda escolar um bilhete para
os Professores informando a dúvida (ou dificuldade) e solicitando atenção
por parte da equipe.

Tanto na Educação Infantil, como nas séries iniciais do Fundamental, é


comum que algumas atividades sejam direcionadas aos adultos, que deverão
responder perguntas ou ajudar a pesquisar algum tipo informação ou ilustra-
ção. Nas atividades de Matemática, quando se depararem com a resolução de
problemas, é importante assegurar que a criança registre o seu raciocínio ou
sua forma de pensar.

No Infantil 4 e 5 e no 1º ano do Ensino Fundamental as crianças estão em fase


de alfabetização e devem ser incentivadas a escrever, mesmo que de modo
não alfabético. Caso pergunte como se deve escrever determinada palavra, o
adulto poderá soletrar a palavra, incentivando a escrita. Se não perguntar, o
adulto deverá incentivá-la a escrever ou a desenhar “do seu melhor jeito”,
chamando sempre a atenção para a relação letra/som e da relação com
outras palavras de conhecimento da criança. Ressaltamos que a grafia de
referência no registro dos alunos em fase de alfabetização é a letra de
imprensa maiúscula (“caixa alta”). Os alunos do 1º ano do Fundamental
reconhecerão a letra cursiva a partir do 2º semestre letivo em um processo
gradual de apropriação visual e motora.
90 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

Durante a fase de alfabetização é comum que as crianças escrevam de forma


“espelhada” tanto letras como números. Neste caso, orientamos a não fazer
qualquer intervenção, pois trata-se de um processo cognitivo que se resolve-
rá até o 1º ano do Ensino Fundamental.

No 2º ano do Ensino Fundamental, as crianças estão na fase de sistematização


da alfabetização e devem ser incentivadas a escrever corretamente, embora a
ortografia de palavras será aprendida ano a ano do Ensino Fundamental 1. No
3º ano, quem estiver orientando o aluno poderá fazer todas as interferências
para que a escrita esteja correta, incentivando, inclusive, a consulta ao dicio-
nário. Todos os comandos devem ser lidos pelos alunos e caberá ao adulto
relê-los, assegurando a sua compreensão.

A partir do 4º ano do Ensino Fundamental 1, as atividades ganham


complexidade e esperamos que os alunos sejam capazes de executá-las com
maior autonomia, mas isso não quer dizer que os responsáveis estejam
desobrigados do auxílio ao dever de casa. Nas últimas séries do Ensino
Fundamental 1 não faz-se mais necessário sentar junto dos filhos para
acompanharem seus deveres de casa. No entanto os pais/responsáveis
devem pedir para verificar as atividades e observar se estão completas e bem
feitas, monitorando a execução (qualidade dos registros e tempo de
resolução).

É comum que alunos digam aos pais que não houve indicação de “para casa”.
Diante dessa alegação, desconfiem, pois o “para casa” faz parte dos nossos
planejamentos e só não seria marcado diante de algum imprevisto. Em caso
de dúvida, procurem a escola e agendem um atendimento com a Coordena-
dora Pedagógica e Professora da turma (no caso do Infantil e Fundamental 1).

91 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Correção do “para casa”

O aluno deve fazer as atividades de casa para sistematizar o que foi ensinado
em sala e para formar o saudável e necessário hábito de estudos. Quando
atividades dos livros didáticos forem realizadas nos cadernos, não haverá
necessidade de copiar as perguntas ou comandos, bastando registrar o título
“para casa”, a data, os números das páginas e das questões. Ao dar uma
resposta, os alunos deverão registrá-la de forma completa, de modo a fazer
sentido mesmo sem o referencial da pergunta.
Essas atividades serão vistadas diariamente pelos Professores. Os alunos que
apresentarem menos da metade das tarefas ou esquecerem as atividades
realizadas receberão o registro de N (não apresentado). Aqueles que apresen-
tarem mais da metade, porém, faltando algum elemento, receberão a marca-
ção I (incompleto) no seu histórico, gerando um alerta automático para os
responsáveis semanalmente, desde que não sejam apresentadas em função
de dúvidas ou dificuldade. Respostas sem sentido, mal feitas ou ilegíveis
também serão consideradas como atividades não realizadas.
O ideal é que todo “para casa” seja integralmente corrigido, porém, a dinâmi-
ca de uma escola exigente não permite que aconteça assim. O “para casa”
será corrigido a partir das seguintes estratégias:

. Na Educação Infantil, será corrigido pela Professora de forma coletiva. Após


a socialização, a Professora verificará todas as apostilas, indicando visto com
reforços positivos. Não há correção ortográfica na Educação Infantil.

. No Ensino Fundamental 1, a correção poderá ser feita:

. individual, a Professora recolhe as atividades e corrige uma a uma;

. coletiva, feita pela Professora com o grupo. Os alunos registram “Cor-


reção coletiva e data”;

. em duplas, um aluno corrige o do outro sob a orientação da


Professora (a partir do 4º ano do Ensino Fundamental 1);
. por amostragem, a Professora recolhe até ¼ do grupo para correção
ao longo de uma aula, um dia ou semana.
92 GUIA DO ALUNO 2019
VI. Rotinas escolares

No Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio, com exceção do 6º ano, os Profes-


sores poderão corrigir apenas as questões em que os alunos apresentarem
dúvidas.

Obs: No Ensino Fundamental 1, a correção individual poderá envolver a


correção ortográfica (com grifos de caneta da Professora, a partir do 2º ano,
conforme indicado no código de correção da série), a correção conceitual e
textual (no caso de Redação e de respostas discursivas) e a organização da
escrita (legibilidade, traçado de letra, capricho e organização).

Brinquedos e objetos pessoais

Brinquedos – Alunos do Infantil e Ensino Fundamental 1 podem trazer brin-


quedos em dias estabelecidos pela Direção de cada Unidade. Cada aluno
poderá levar apenas um brinquedo no dia autorizado, e apenas brinquedos
simples, resistentes, sem componentes eletrônicos facilmente danificáveis ou
peças muito pequenas. Não são permitidos estojos de maquiagem, velotrol,
patins, skates, bicicletas, bolas e quaisquer tipos de brinquedos que incitem à
violência (revólver, espada, metralhadora etc.). No 4º e 5º ano, tablets e
celulares não são recomendados como brinquedos na escola. É importante
ter em mente que os brinquedos serão compartilhados por um grupo grande
de crianças. Portanto, a escola não se responsabilizará por perdas ou danos.

Telefones celulares e outros aparelhos eletrônicos – A orientação da escola é


que os alunos não tragam celulares e outros equipamentos eletrônicos. Esses
não são necessários no ambiente escolar e é comum a perda e a má utiliza-
ção, prejudicando inclusive o bom andamento das aulas. Deixamos claro que
não nos responsabilizamos por perda, desaparecimento ou danos dos apare-
lhos em nossas instalações ou durante eventos externos promovidos pela
escola. O uso de celulares e iPods ou qualquer outro tipo de aparelho
eletrônico É PROIBIDO em sala de aula.
Em caso da inobservância desse aviso, os Professores poderão recolher o
aparelho, que será entregue aos pais ou responsáveis.

93 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Dinheiro na escola

Recomendamos que os alunos não tragam no dia a dia dinheiro para a escola.
Se o fizerem, deverão mantê-lo no bolso com zíper.

Achados e perdidos

Se algum material ficar esquecido na escola, poderá ser procurado no setor


de “achados e perdidos”. No mês de janeiro, anualmente, todos os objetos
remanescentes serão doados a instituições beneficentes. Chamamos
atenção para o esquecimento de cadernos, estojos, uniformes e,
especialmente, agasalhos e coletes de Educação Física. Crianças e
adolescentes estão aprendendo a se orga-nizar e ter responsabilidades, é
papel dos pais ajudá-los nessa empreitada. Orientá-los a guardar nas
mochilas é uma medida que contribui para diminuir as perdas.

É muito importante que todas as peças estejam identificadas com nome e


sobre-nome (identificação com canetas para tecidos). Alguns alunos pegam,
por engano, agasalhos ou camisetas e coletes de Educação Física de outros
colegas, assim, se a peça estiver identificada, facilitará a troca.

Impressiona o volume de objetos esquecidos na escola, aguardando que


sejam procurados. Esse problema poderá ser minimizado se as famílias se
habituarem a cobrar diariamente dos filhos, quando entram no carro, se
estão com agasalhos e mochilas.

94 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Saúde e acidentes

Para estar na escola, é necessário que o aluno esteja em boas condições de


saúde. Caso apresente sinais de doença infectocontagiosa ou requeira maiores
cuidados, deverá permanecer em casa até que se restabeleça. Em caso de
acidentes, a escola entrará em contato imediato com os responsáveis e tomará
as providências indicadas na “Ficha de Informações do Aluno”.

Atendendo às normas da Vigilância, a escola não dispõe de nenhum


medicamento. Caso o aluno não esteja em condições de permanecer na
escola, os responsáveis serão chamados.

Qualquer medicação prescrita ao aluno deverá ser enviada à escola (para


crianças da Educação Infantil até o 3º ano do Ensino Fundamental, o
medicamento deverá ser entregue, em mãos, à Professora, Coordenadora ou
Analista Pedagógica) com especificação, na agenda, sobre a dosagem e
horários a ser ministrada, acompa-nhada de cópia da RECEITA MÉDICA. Em
nenhuma hipótese, algum medicamento será ministrado sem a devida
prescrição médica. Alunos que fazem uso de medi-camento controlado
deverão apresentar o laudo médico com a prescrição e as orientações sobre
seu uso.

Alimentação na escola

O Coleguium se preocupa com a alimentação dos seus alunos e, dessa forma,


visa sempre a oferecer uma alimentação saudável. Para isso, a escola conta
com uma equipe treinada e pronta para servir com qualidade e
eficiência. Todos os cardápios são elaborados por Nutricionista. Busca-se,
com isso, sempre oferecer saúde, diversidade, equilíbrio, sabor e atração.

Sabendo que os alunos estão formando hábitos alimentares, em conjunto à


proposta nutricional pedagógica da escola e com a lei 18.372/09, não será
permitido o consumo (na escola) de balas, chicletes, chips, refrigerantes,
frituras, chocolate, biscoitos recheados e outros alimentos pobres
em nutrientes e que contribuam para a obesidade infantil.

95 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

A escola possui o Programa de Educação Nutricional (PEN), que envolve


alunos, pais e professores. O PEN tem como objetivo ensinar sobre
alimentação saudável de forma lúdica e interativa, despertando, assim, a
importância de se alimentar de forma nutricionalmente equilibrada na
escola e também em casa.

Almoço

O almoço é servido nas Unidades que possuem horário integral, com vagas
limitadas. É composto por salada, prato principal, guarnição,
acompanhamento (arroz e feijão) e sobremesa (fruta). O cardápio se repete a
cada oito semanas. Verduras, legumes e frutas poderão ser alterados, sem
qualquer aviso, em função da sazonalidade. Por não ser saudável, não
serviremos qualquer tipo de bebida durante a almoço. Aqueles que não
contrataram o horário integral também poderão participar do almoço.

Programa de Educação Nutricional

O PEN é indicado para todos os alunos do Infantil e para o 1º ao 3º ano do


Ensino Fundamental 1, e opcional para os alunos do 4º e 5º ano nas
Unidades em que não há cantina de venda instalada. Os responsáveis
poderão contratar o fornecimento do lanche na escola ou enviá-lo de casa,
respeitando o cardápio sugerido pela escola (disponível no nosso site), sem
se esquecer das frutas. Por questões de segurança de nossa organização,
não receberemos lanches contratados de outros fornecedores. Os alunos
da Educação Infantil 1 ao 3º ano com restrições alimentares deverão
apresentar um relatório médico à Coordenação Pedagógica destinado
ao Nutricionista da Rede. Em seguida, será feita uma análise para
verificar a possibilidade de atender à restrição individual. Ainda, caso o
aluno se recuse a comer o lanche proposto, ele poderá fazer a substituição
por biscoitos.

96 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Cantinas de venda

Nas cantinas de venda, os alunos encontrarão: água de coco, sucos naturais


(polpa), salgados assados, pão de queijo, barras de cereal, frutas e
outros alimentos similares. As cantinas permanecem abertas apenas
durante os horários de almoço e intervalos. A venda é feita
exclusivamente por meio do cartão pré-pago, cuja recarga deve
ser feita no site da empresa prestadora.

O cartão pode ser retirado na Unidade onde o aluno está matriculado.

Comemoração de aniversários

Alunos da Educação Infantil e do 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental


podem comemorar aniversários na escola. A partir do Fundamental 2,
não se realizam comemorações em sala de aula.

Na Educação Infantil e no Ensino Fundamental 1, os aniversários deverão ser


agendados previamente pela família na recepção da
Unidade (secretaria), diretamente na agenda da Coordenadora. O
agendamento deverá ser feito com, no mínimo, uma semana de
antecedência, sempre nos 30 minutos finais do último horário de
aula (desde que não seja uma aula especializada), nem dia de
Conexão Família e Escola (última sexta-feira de cada mês).
Lembramos que só poderá ser comemorado um aniversário por dia
em cada turma.

A participação dos familiares é autorizada (máximo de quatro pessoas),


desde que cheguem no horário, pois trabalhamos com rigoroso
planejamento e qualquer atraso implica prejuízo para as atividades
pedagógicas.

97 GUIA DO ALUNO 2019


VI. Rotinas escolares

Os responsáveis devem providenciar o bolo, sucos, vela, copos, pratos,


talheres e guardanapos descartáveis que devem ser entregues na
Secretaria no início da aula. Não é permitido qualquer tipo de
“lembrancinhas”, bem como doces, salgadinhos, balões, convites etc.

Os alunos não podem ser liberados antes do término do horário regular de


aulas para participar de festas de aniversário fora da escola, pois haveria
prejuízo ao trabalho pedagógico proposto. Convites para aniversários fora
da escola podem ser distribuídos em sala de aula, desde que TODOS os
alunos da turma sejam convidados.

Segurança na porta da escola

A violência é hoje uma realidade em nossas cidades. Diante desse quadro,


famílias e escolas devem se precaver. Na escola, reforçaremos as orientações
aos alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio e contamos com a
colaboração das famílias nesse sentido. As medidas são simples, mas podem
evitar muitas situações de perigo:

. não ficar parado nas esquinas e se dirigir prontamente para casa;


. prestar atenção durante o trajeto e, caso aviste algum suspeito no
caminho, manter distância dele;
. conduzir a bolsa ou mochila junto ao corpo, preferencialmente na
parte da frente;
. caminhar próximo aos muros, diminuindo o ponto de abordagem
de marginais em motocicletas;
. procurar circular pelas ruas mais movimentadas, mesmo que isso
represente maiores distâncias;
. nunca caminhar sozinho, sempre com mais colegas;
. nunca usar celulares e outros aparelhos eletrônicos na rua;
. dirigir-se ao interior da escola sempre que necessário;
. esperar pelo transporte nas proximidades da portaria da escola.

98 GUIA DO ALUNO 2019


CAPÍ
TULO7
Ac
ompa
nha
ment
odosa
lunos
VII. Acompanhamento dos alunos

Enturmação dos alunos

Nas Unidades em que houver duas ou mais turmas da série no mesmo turno,
temos a possibilidade de reorganizar o grupo visando a garantir sua hetero-
geneidade e equilíbrio (pedagógico, social, gênero). Consideramos a reentur-
mação uma medida positiva, que permite o exercício da capacidade de
adaptação e o enfrentamento de situações novas, além de retirar os alunos
de uma zona de conforto, favorecendo a conquista da sua autonomia. A
reenturmação deverá buscar o equilíbrio no número de meninos e meninas,
no perfil pedagógico e atitudinal dos alunos, favorecendo o ambiente de
aprendizagem.

Ao final do ano e/ou em qualquer época, os Coordenadores Pedagógicos


farão a reenturmação de cerca de 30% da turma para o ano seguinte, e essa
não poderá ser alterada a pedido de pais ou dos alunos. A critério do Diretor
ou Coordenador da Unidade, o aluno poderá ser reenturmado em qualquer
época do ano.

Até o Infantil 2, consideramos que gêmeos deverão permanecer na mesma


turma. A partir do Infantil 3, em caso de duas turmas, recomendamos a
separação dos irmãos, favorecendo a formação e reconhecimento da identi-
dade de cada um. Havendo a necessidade de divisão de turma, no decorrer
do ano letivo, essa será feita pela Coordenação Pedagógica, pelo critério de
equilíbrio entre os gêneros e de aspectos pedagógicos.

Adaptação dos alunos

Recepção dos alunos novatos da Educação Infantil e Ensino Fundamental 1

O primeiro dia letivo é reservado à recepção dos alunos novatos e transferi-


dos de outras Unidades Coleguium. Esse encontro prévio tem por objetivo
familiarizar os alunos menores com a nova escola, conhecendo seu espaço,
os funcionários, suas regras e valores. O horário de funcionamento será:
manhã: 7h20 às 10h / tarde: 13h20 às 15h. Os alunos deverão estar
uniformizados e haverá a necessidade de trazer lanche. Não será necessário
nenhum tipo de material.
100 GUIA DO ALUNO 2019
VII. Acompanhamento dos alunos

Alunos do Infantil 1 e 2 serão recebidos às 9h30 (turno da manhã) ou às


15h30 (turno da tarde) pelas Professoras e Auxiliares de Classe. Após o
acolhimento da criança, os pais deverão se retirar ou aguardar no local
indicado pelo Coordenador. O horário desse grupo terminará às 11 ou 17
horas.

As crianças do Infantil 3 ao 5º ano do Fundamental serão recebidas em sala


pelos Professores. Após a recepção, os alunos se envolvem em atividades
recreativas, de reconhecimento da escola e dos profissionais da Unidade, e,
então, as famílias estarão liberadas.

Recepção dos alunos novatos do Ensino Fundamental 2 e Ensino Médio

Para esses segmentos, a recepção dos novatos será integrada à dos vetera-
nos, com uma programação especial no início do turno, no primeiro dia
letivo. Em seguida, as aulas acontecerão normalmente.

Adaptação na Educação Infantil

Existe enorme variação nas reações das crianças ao enfrentarem os primeiros


momentos na escola. Algumas são mais independentes e autônomas, enca-
rando com mais tranquilidade uma mudança na rotina. Outras, mais tímidas
e retraídas, encontram maior dificuldade em se ambientar e se separar dos
pais. Temos, ainda, aquelas que só vão reagir negativamente depois de
alguns dias, por não compreenderem imediatamente sua nova realidade.

A postura dos pais, em especial diante das crianças até os três anos, será
determinante para o sucesso da adaptação. Agindo com firmeza e confiança
na escolha que fizeram, a criança perceberá e se sentirá mais segura para
enfrentar o desafio. É um momento que, na maioria das vezes, resulta em
choro, abalando os sentimentos de alguns pais. Portanto, é importante que
as crianças sejam acompanhadas por pessoas preparadas para lidar com essa
situação.

101 GUIA DO ALUNO 2019


VII. Acompanhamento dos alunos

A Direção da Unidade, a Coordenação Pedagógica, as Professoras e


Auxiliares de Classe estarão envolvidas na adaptação dessas crianças,
preparando um ambiente tranquilo para o acolhimento dos novatos. Haverá
uma organização em grupo, com horários diferenciados, para que haja uma
atenção especial a cada criança.

Na primeira semana de aula, os alunos serão recebidos na sala e entregues às


Professoras e Auxiliares, mesmo que estejam chorando. Alunos novatos do
Infantil 1 e 2 permanecerão na escola por, no máximo, 90 minutos. Os
responsáveis poderão permanecer na escola, em outro ambiente, aguardan-
do o momento da criança terminar suas atividades. A partir da segunda
semana, o aluno começa a ficar preparado para permanecer na escola duran-
te todo o horário.

Estaremos atentos para qualquer sinal que evidencie um excesso de


angústia na criança. Nesse caso, o regresso para casa será uma opção e os
pais serão prontamente avisados. É importante destacar também o processo
da escola nesse momento. A equipe já é experiente, tem boa formação e
conhece os procedimentos facilitadores desse acolhimento.

Cada aluno que se matricula é um indivíduo novo que deve ser cuidado e
reconhecido por todos na escola e, na medida em que a Professora vai se
relacionando com as crianças, o vínculo afetivo é estabelecido, completando
a adaptação. A partir de então, a criança começa a interagir com os colegas,
passando a conviver em harmonia com todas as pessoas da escola, pronta a
aceitar novos desafios.

O período de adaptação é uma fase de grande importância para o desenvol-


vimento emocional da criança. É o momento em que ela se percebe como
indivíduo capaz de estabelecer ligações afetivas, que vão além das relações
familiares, assim, fortalecendo-se e tornando-se apta a enfrentar, com segu-
rança, o “novo” que estará sempre à sua frente.

102 GUIA DO ALUNO 2019


VII. Acompanhamento dos alunos

Ressaltamos que, na Educação Infantil e no 1º ano do Ensino Fundamental 1


são elaborados projetos para a “adaptação” dos alunos à escola e à nova
série, prevendo estratégias pedagógicas que privilegiam a interação com os
pares, a brincadeira, o reconhecimento do espaço da escola e dos
profissionais que nele trabalham.

Atas e registros acadêmicos

Todos os atendimentos realizados com alunos e responsáveis são registrados


no Portal Eleva pela Coordenação ou Direção. Esses registros são encaminha-
dos por e-mail ao responsável acadêmico. Além disso, na Educação Infantil e
Ensino Fundamental 1, os pais/responsáveis assinam ata de atendimento ao
final de cada conversa. Essas atas serão arquivadas na pasta da turma pela
Coordenadora Pedagógica.

Calendário de provas e boletim escolar

No nosso site, constam todas as datas das provas e conteúdos que serão
avaliados em cada uma delas. Essa é uma importante informação para o
monitoramento e organização dos estudos dos filhos. A evolução das notas
dos alunos está disponível pelo Portal e deve ser acompanhada de perto
pelos pais/responsáveis.

Reuniões com a Coordenação e Direção

No início do ano letivo, estão previstas duas reuniões coletivas entre os pais/
responsáveis e a equipe pedagógica da escola. A primeira reunião envolve
apenas as famílias dos alunos novatos, visando esclarecer os processos
pedagógicos de cada segmento. A segunda reunião envolve responsáveis
por alunos novatos e veteranos, buscando apresentar o projeto pedagógico
da série.
Nas reuniões do primeiro semestre letivo, nas turmas da Educação Infantil e
do Ensino Fundamental I, contaremos com a presença dos Professores
Regulares, que irão apresentar informações iniciais sobre os grupos e estraté-
gias de ensino e acompanhamento em cada série.
103 GUIA DO ALUNO 2019
VII. Acompanhamento dos alunos

No segundo semestre letivo estão previstas reuniões entre os


Coordenadores de Unidade e famílias cujos filhos ingressarão em um novo
segmento no ano seguinte (Infantil 1, Infantil 3, Infantil 5, 3º ano, 5º ano, 9º
ano e 2ª série do Ensino Médio).

Os atendimentos aos país/responsáveis na escola poderão ser agendados


pela família e ou pela própria escola. Sempre que os pais sentirem a necessi-
dade, deverão agendar reunião individual com a Coordenação Pedagógica e
poderão também pedir a presença do Professor Regular, nos horários em
que tiverem disponibilidade (aulas especializadas). Essas reuniões têm o
objetivo de esclarecer dúvidas, apresentar o comportamento do aluno na
escola e orientar sobre a visão da instituição diante de diversas situações.

No primeiro semestre, a Coordenação se empenhará para atender a todos os


responsáveis pelos alunos novatos e, para isso, realizará os agendamentos
das reuniões. Caso algum responsável esteja sentindo a necessidade do
encontro, não deverá aguardar, mas agendar o atendimento o mais rápido
possível. Esperamos que a iniciativa de agendar reunião com a Coordenação
seja sempre da família, porém, caso essa não se manifeste, os Coordenadores
convocarão os responsáveis pelos alunos com baixo aproveitamento acadê-
mico, com problemas disciplinares ou que não se mostrem bem adaptados
ao ambiente escolar.

Os atendimentos a país/responsáveis deverão ser sempre muito objetivos e


com duração máxima de 30 minutos. Como são muitos os atendimentos, os
pais devem ser absolutamente pontuais. Para agendar, os responsáveis
devem ligar para o número 3490-5000 e falar diretamente na Secretaria da
respectiva Unidade. Outro canal de agendamento é a agenda escolar dos
alunos.

104 GUIA DO ALUNO 2019


VII. Acompanhamento dos alunos

Representantes de turma

Os representantes de turma são os porta-vozes das turmas do Ensino Funda-


mental 2 e Médio diante da Coordenação e da Diretoria da Unidade. Sua
principal função é viabilizar o debate e recolher propostas para iniciativas
que reflitam as aspirações da turma que representam. Também é sua função
transmitir avisos gerais à turma, participar das Assembleias dos Representan-
tes de Turmas, recolher materiais solicitados aos alunos, guardar as ativida-
des dos colegas que faltaram e, quando solicitado, encaminhar alunos à
Coordenação.

Os Representantes são eleitos, porém, para se candidatar, deverão ser


respon-sáveis em todas as suas tarefas, disciplinados, pontuais, assíduos,
organizados, sociáveis e ter facilidade para se expressar em público.
Também deverão ter a disponibilidade para participar das reuniões fora do
horário regular de aulas, com a Direção da Unidade e outras que possam vir
a ser convocadas.

Para que um aluno se candidate ao cargo, é condição que, no ano anterior,


ele tenha no máximo 30 pontos em registros disciplinares. Na segunda
semana letiva, os Professores orientadores discutirão todo o processo com a
turma. Ao final da terceira semana, haverá a eleição em data e horário defini-
do no calendário escolar. Havendo um único candidato ao cargo, esse será
eleito por aclamação. Em caso de dois ou mais candidatos, a escolha será por
voto secreto. O segundo aluno mais votado será eleito Vice-representante da
turma, assumindo as funções na falta do Representante. Caso haja apenas
um candidato, o Vice-representante será escolhido pelo Coordenador Peda-
gógico.

Os Representantes tomarão posse na primeira hora cívica após a eleição,


recebendo o seu certificado de representante.

A duração do mandato do Representante é de um ano e, caso queira deixar


o cargo, esse será assumido pelo Vice. Se o Representante não estiver corres-
pondendo às expectativas da turma, poderá ser substituído. O caso será
levado à Coordenação que analisará a situação e, se julgar necessário,
promoverá nova eleição.
105 GUIA DO ALUNO 2019
VII. Acompanhamento dos alunos

Em datas definidas no calendário e divulgadas pelos Coordenadores aos


Representantes de Turma, haverá quatro encontros com a Diretoria para
levantamento e discussão dos problemas comuns, apresentação das
propos-tas de trabalho e eventos para os períodos seguintes. Essas reuniões
acontecem durante a semana, no horário oposto ao das aulas regulares,
organizadas por turno e segmento, com duração de 90 minutos, nos meses
de março, maio, agosto e outubro. Ao longo do ano, a Coordenação
manterá reuniões individuais com os Representantes e sessões extras
poderão ser convocadas sempre que se aproximar um novo evento na
escola.

106 GUIA DO ALUNO 2019


CAPÍ
TULO8
E
vent
osE
scol
ares
VIII. Eventos escolares

Baile de carnaval - Batalha de confetes:

Acontece na sexta-feira que antecede o recesso de Carnaval.

É um evento voltado para os alunos da Educação Infantil e Ensino


Fundamental 1. O objetivo é resgatar nossas tradições, trazendo para os
nossos alunos a singeleza e a alegria dos antigos carnavais. Batalhas de
confetes e serpentinas, animadas pelas tradicionais marchinhas de
carnaval, farão deste um momento muito alegre. As crianças poderão
comparecer fantasiadas, munidas com confetes e serpentinas. Atenção:
sprays de espuma não serão permitidos, pois há crianças alérgicas ao
produto.

No dia de comemoração do Carnaval, os alunos terão aulas normais


e, ao longo do dia, haverá uma interrupção de aproximadamente uma
hora para a “Batalha de confetes”.

Para alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio:

Incentivamos os alunos a comparecer fantasiados, como uma tradição, e


com objetivo, também, de marcar pontos para as Ordens Estudantis (vide
capítulo 12). Durante o horário do intervalo, ofertamos
músicas tradicionais de carnaval.

Páscoa Solidária:

Acontece no primeiro semestre em data prevista no calendário.

A “Páscoa Solidária” é um projeto que há vários anos promove o espírito


solidário dos nossos alunos, ajudando-os a perceber o seu papel e a sua
responsabilidade com a sociedade.

A cada ano, o Coleguium define uma campanha social que envolva toda a
escola. Para os alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio, o envolvimento
é uma tarefa para As Ordens Estudantis (vide capítulo 12).

GUIA DO ALUNO 2019 108


VIII. Eventos escolares

Festival de Futsal e Vôlei CEC (Alunos de Futsal e Vôlei do CEC):

Acontece em um sábado no segundo semestre, a ser divulgado


posteriormente. Para alunos do Ensino Fundamental, matriculados nas
turmas de Futsal e Vôlei do CEC . A participação é opcional.
A contratação do serviço é feita pelo Portal Eleva - Serviços Opcionais,
nos meses que antecedem o evento.

Encontro dos Senhores


Acontece no primeiro semestre, em data agendada posteriormente.

Para alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio.

O Encontro é promovido para os alunos eleitos para os cargos de


Senhores das Ordens Estudantis (vide capítulo 12). Tem como
objetivo desenvolver o talento da liderança e familiarização com as
responsabilidades que assumiram.

Olimpíada do Conhecimento (Ensino Fundamental 1), (2º ao 5º ano)

A Olimpíada do Conhecimento tem por objetivo valorizar o


conhecimento, identificando e premiando os alunos do 2º ao 5º ano do
Ensino Fundamental 1, que se destacarem nas modalidades Ortografia,
Matemática e Conhecimento de Mundo.
A Olimpíada em 2019 será realizada no segundo semestre letivo em três
etapas:
- a eliminatória, que acontece em sala de aula, com a participação
de todos os alunos;
- a semifinal, que acontece nas Unidades, em um sábado
específico, com os alunos classificados em cada modalidade da etapa
eliminatória, por série, e;
- a final, que acontece em auditório fora do Coleguium, em um
sábado específico, com alunos de cada Unidade, por modalidade e série.
Nessa fase, os alunos classificados serão medalhistas.
GUIA DO ALUNO 2019 109
VIII. Eventos escolares

As provas aplicadas nas três etapas das Olimpíadas (fases eliminatória,


semifinal e final) contemplarão:

- Matemática: problemas matemáticos por escrito.


- Ortografia: ditado oral de palavras.
- Conhecimento de Mundo: questões por componente
curricular (História, Geografia, Ciências) em forma de cruzadinha.
- Obs: o número de atividades por modalidade varia conforme a
série, bem como o grau de desafio e complexidade.
- O edital do Concurso será divulgado aos alunos em um
regulamento no início do segundo semestre letivo.
- Destacamos que, durante o evento, todos os alunos deverão
estar uniformiza-dos e não haverá tolerância para atrasos. Nas fases
semifinal e final, os convidados assistirão à disputa na plateia, em
silêncio, e os alunos classificados farão os desafios de costas para o
público.
A banca examinadora, composta pela equipe pedagógica da Rede,
dará o resultado após as rodadas de cada modalidade/série.

Jogos da Integração JIN:


Acontece no primeiro semestre em data prevista no calendário para
alunos do Ensino Fundamental 2 e Médio.
O evento será organizado em dois grupos: 6º, 7º, e 8º anos em dois
dias, e 9º ano, junto ao ensino médio (1ª e 2ª séries), em outros dois
dias. Os Jogos da Integração - JIN - são uma competição esportiva
realizada em um clube, entre as Ordens Estudantis (vide capítulo 12),
e tem por objetivo incentivar a prática de esportes, favorecer o
contato com o esporte competitivo em ambiente saudável e
promover a integração dos alunos Coleguium.
Os estudantes participam de diversas modalidades esportivas,
divididos em categorias, por série. Para participar do evento, os
alunos que contrataram o serviço recebem a pulseira de identificação
no clube, no primeiro dia, e deverão usá-la, no pulso, durante toda a
competição.
GUIA DO ALUNO 2019 110
VIII. Eventos escolares

O transporte ao clube é opcional e deverá ser contratado diretamente


com a empresa responsável, sugerida pela escola. A empresa contratada
oferecerá o serviço desde que a quantidade mínima de alunos, exigida
pela empresa, seja atingida.

Além da equipe da escola, formada por Diretores, Coordenadores,


Discipliná-rios e equipe de apoio, haverá a presença de uma ambulância
com enfermeira e salva-vidas para monitoramento da piscina. Os alunos
poderão levar lanche ou dinheiro para as refeições. Será montado um
guarda-volumes e não nos responsabilizamos pela perda de objetos.

A equipe de Educação Física realizará e acompanhará as inscrições de


cada aluno em cada modalidade esportiva e categoria. As inscrições serão
feitas no dia do evento, ao lado da quadra da modalidade, 1 hora antes
do primeiro jogo, por ordem de chegada. A equipe de liderança estará
empenhada em oferecer oportunidades para todos, mas, nem sempre é
possível conciliar a modalidade com o desejo dos alunos.

Em caso de chuvas, ou outros problemas que impeçam a realização do


JIN, o Supervisor de Educação Física, juntamente com a Direção de
Arbitragem e Diretores de Unidade Coleguium definirão a viabilidade de
remanejamento dos jogos ou pelo seu cancelamento.

O evento deverá ser contratado no ato da matrícula pelo Portal Eleva.

Festa Junina

Para todos os alunos, familiares e convidados. As festas juninas são


tratadas pelo Coleguium como uma interessante faceta da nossa cultura,
portanto, não possuem cunho religioso. Acontecem aos sábados, em
algumas das nossas Unidades, com barraquinhas tradicionais e
apresentações dos alunos em danças típicas. Todos os alunos da
Educação Infantil e Ensino Fundamental deverão vestir trajes típicos
(caipira ou estilo country).

GUIA DO ALUNO 2019 111


VIII. Eventos escolares

O calendário das festas será disponibilizado próximo à data do evento.


Os horários previamente informados por circular serão
rigorosamente respeitados, mesmo que esteja faltando algum aluno
e, como são muitas as turmas, não é possível haver reapresentações.

A festa é aberta a todos os familiares e convidados. Por meio do Portal e


na portaria da festa, haverá venda de convites. Funcionários e crianças
de até seis anos não necessitam de convite. Alunos do Fundamental e
Médio têm acesso em qualquer Unidade apresentando a carteira de
estudante. Em respeito à legislação, os idosos (acima de 60 anos) e
estudantes (mediante apresentação de carteira) pagam meia entrada.

Em situações em que filhos estudam em Unidades diferentes, os


responsáveis não terão de comprar novos ingressos. O responsável
deverá solicitar um par de ingressos, sem custos, ao Diretor da Unidade
onde estuda o filho menor.

Na Educação Infantil, as Professoras Regulares são responsáveis pela


coreografia e ensaios das crianças. No Ensino Fundamental e Médio, os
Professores de Educação Física são responsáveis pela parte coreográfica
da festa, por meio do conteúdo curricular de “Danças”. Assim, é
obrigatória para todos os nossos alunos a participação durante as aulas.
Esses poderão ou não participar da apresentação, o que deve ser
previamente comunicado ao Professor.

Por questões de crença religiosa ou compromissos inadiáveis no dia do


evento, algumas famílias optam pela não participação dos filhos, nesse
caso, os responsáveis poderão solicitar a dispensa também dos ensaios.
Nessas situações, os alunos desenvolverão atividades teóricas sobre o
conteúdo dança.

Maiores informações serão enviadas via circular próxima à festa, que


acontece no primeiro semestre.

GUIA DO ALUNO 2019 112


VIII. Eventos escolares

Viagem de Formatura do 9º ano

A viagem acontece no segundo semestre para alunos do 9º ano do Ensino


Fundamental.

O objetivo da viagem é comemorar a conclusão do Ensino Fundamental,


promovendo a interação entre os alunos da Rede Coleguium. No início do
ano letivo, será definido, pelo Coleguium, a empresa que irá promover a
viagem. A definição do local e demais informações serão divulgados
posteriormente.

Para acompanhar o grupo, o Coleguium enviará representantes das


Unidades participantes.

O local para embarque e retorno dependerá do número de participantes e


será informado por meio de circular. Os alunos deverão levar, além do
documento original de identidade, recursos para refeições durante a
viagem e alguma despesa pessoal.

Sempre que um aluno desrespeitar qualquer regra estabelecida, será


punido com as mesmas estratégias adotadas na rotina escolar. O não
cumprimento das regras pode levar a permanência do aluno no hotel com
um dos monitores ou, em casos graves, o retorno do aluno ou mesmo de
todo o grupo, antes do previsto.

A participação é opcional e a contratação será realizada diretamente com


a empresa contratada.

Dia da Família

Acontece no segundo semestre em data prevista no calendário para todos


os alunos e familiares. A proposta do evento é reunir alunos e familiares,
em um sábado, em ambiente saudável e descontraído. Diversas atividades
serão oferecidas, como: caminhada, alongamentos, oficinas, brincadeiras
etc. A equipe de Professores e Coordenação Pedagógica da Educação
Infantil e Ensino Fundamental 1 poderão ser responsáveis pelas oficinas
interativas. A programação será divulgada próximo ao evento.
GUIA DO ALUNO 2019 113
VIII. Eventos escolares

Minicopa de Futsal (Alunos da Educação Infantil do CEC)

Acontece em um sábado do segundo semestre, em calendário a ser divulgado


posteriormente, para os alunos da Educação Infantil, matriculados nas turmas
de Futsal do CEC.

Trata-se de um evento esportivo e tem como objetivo incentivar a prática


esportiva, integrar os alunos das diversas Unidades, vivenciar a modalidade
de forma lúdica e competitiva, e também apresentar o trabalho desenvolvido
no decorrer do ano.

A participação é opcional. A contratação do serviço é feita pelo Portal Eleva -


Serviços Opcionais, no mês que antecede o evento.

Jogos da Amizade

Os Jogos da Amizade são realizados no segundo semestre letivo, próximos da


semana das crianças (outubro/novembro), para alunos do 1º ao 5º ano do
Ensino Fundamental. Os Jogos da Amizade têm como objetivo proporcionar
três dias de diversão por meio da prática esportiva e recreativa, promovendo
a integração dos alunos e Professores Regulares e de Educação Física de cada
Unidade.

Os alunos são distribuídos em quatro equipes e a diferenciação será nas cores


das camisas. Quando a Unidade possuir os alunos do Horário Integral, esses
participarão nos dois turnos, mas de equipes da mesma cor. Unidades com
poucas turmas em um turno irão se organizar para juntar as turmas no maior
turno.

Os alunos serão distribuídos nas equipes pelos Professores de Educação


Física, buscando o equilíbrio competitivo. Cada equipe é liderada por uma ou
mais Professoras Regulares. Os alunos serão informados sobre a qual equipe
pertencem no primeiro dia da competição. A programação aborda esportes,
jogos e/ou tarefas individuais e/ou coletivas. Para atividades individuais ou
grupos menores, o critério de participação será o sorteio entre os interessa-
dos.

GUIA DO ALUNO 2019 114


VIII. Eventos escolares

Pré-Enem

Evento específico que acontece na véspera das provas do ENEM para


alunos da 3ª Série do Ensino Médio. Ele deverá ser contratado no ato da
matrícula. Trata-se de um evento descontraído, que marca o encerramento
da preparação para o ENEM, criando um clima para relaxamento,
reduzindo as tensões naturais na véspera da prova. Acontece na véspera
do ENEM, em local alugado. Os alunos irão em ônibus, que partirão da porta
das Unidades às 7h30.

Projeto Empreendedorismo

Para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental.

Trata-se da culminância de um projeto que busca desenvolver o espírito


do empreendedorismo nos alunos do 5º ano. No decorrer do ano, eles
irão se envolver em algumas iniciativas para arrecadação dos fundos
necessários para cobrir as despesas de uma confraternização que será
realizada no final do segundo semestre letivo (O Dia de Festa).

Com o projeto, esperamos que os alunos reconheçam a importância


da organização do grupo para alcançar um objetivo comum, percebam a
importância do planejamento e estabelecimento de metas para a
concretização de um objetivo e façam uso de mecanismos para controle de
caixa e saldos.

O valor a ser arrecadado por aluno será definido pela Central Pedagógica,
no início do ano letivo. Os alunos usarão estratégias definidas em rede
para a arrecadação de fundos (exemplos: rifa de cestas de guloseimas,
venda de doces durante a festa junina, festival do picolé). Caso a turma
não consiga atingir a meta estabelecida, caberá à família completar o
valor. Se houver sobra de fundos, o excedente poderá ser utilizado a
critério da turma, após a realização da confraternização em rede. Caso
algum aluno não participe do evento ou cancele matrícula, não haverá
qualquer tipo de restituição. Porém, não estarão isentos da participação das
aulas previstas para o projeto, pois fazem parte da proposta da série.
GUIA DO ALUNO 2019 115
VIII. Eventos escolares

Festival de Ginástica Rítmica

Acontece em um sábado. A data será divulgada posteriormente. É


direcionado a alunos da Educação Infantil e Fundamental, matriculados nas
turmas de Ginástica Rítmica do CEC.

Trata-se de uma apresentação e tem como objetivo incentivar a prática da


Ginástica Rítmica, além de apresentar aos pais o trabalho desenvolvido no
decorrer do ano.

Para a Ginástica Rítmica, cada Unidade apresentará uma coreografia por


turma. As alunas deverão usar o uniforme completo da modalidade. O Festival
é temático e, assim, o Coleguium providenciará artigos complementares para
alusão ao tema (por exemplo: chapéus, lenços, fitas, acessórios etc).

A participação é opcional. A contratação do serviços é feita pelo Portal Eleva -


Serviços Opcionais, no mês que antecede o evento. A contratação é feita pelo
Portal Eleva, no ato da matrícula.

Feira de Ideias

Para todos os alunos. Sem custos. A Feira de Ideias é a transformação da


escola em um espaço de cultura, aberto a toda a comunidade. Destaca-se
como um momento para os alunos apresen-tarem os resultados de alguns
dos seus trabalhos e estreitar os laços da escola com as famílias. Os alunos
deverão comparecer uniformizados.

Na Educação Infantil e no Ensino Fundamental 1, a Feira é realizada


nas respectivas Unidades das 8 às 12 horas ou das 14 às 18 horas, em um
sábado, ao final do primeiro semestre letivo. No Ensino Fundamental
2 e Ensino Médio, é realizada no final do segundo semestre letivo.

GUIA DO ALUNO 2019 116


VIII. Eventos escolares

Cada turma da Educação Infantil ao 3º ano do Ensino Fundamental 1 irá


apresentar na Feira de Ideias os resultados de um dos projetos pedagógicos
desenvolvidos no 1º semestre letivo, a partir de um tema gerador (único
para os dois segmentos). Já os alunos do 4º e 5º ano do Ensino Fundamental
1 irão apresentar os resultados alcançados com o tema de estudo no Projeto
X, também desenvolvido a partir do tema gerador.

Os trabalhos desenvolvidos pelos alunos da Educação Infantil e


Fundamental 1 serão expostos, tendo como base as produções das crianças
organizadas pelas Professoras. Durante a Feira, os Professores e
Coordenadores Pedagógicos recebem os pais e organizam o rodízio de
alunos que farão as apresentações aos visitantes (a partir do 1º ano do
Ensino Fundamental), dependendo da abordagem.

A partir do 3º ano do Ensino Fundamental, a apresentação e os trabalhos


expostos na Feira de Ideias irão compor o primeiro Trabalho Escolar
Multidisciplinar dos alunos.

No Ensino Fundamental 2 e Médio, as apresentações são feitas pelos alunos


em horários e salas pré-determinadas, abertas a toda a comunidade.

Para suas apresentações, os alunos deverão observar sua postura, seus tom
de voz e a organização dos espaços. Alimentos não poderão ser consumidos
nos locais de apresentação.

Noite do Pijama

Ocorre para todos os alunos do Infantil 5 nas próprias Unidades, (data a ser
divulgada).
Deverá ser contratado no ato da matrícula. A “Noite do Pijama” é uma
atividade proposta para os alunos que estão deixando o Infantil para iniciar
o Fundamental 1. Trata-se de uma atividade similar a um acampamento,
feito nas dependências da própria escola. Nesse dia, os alunos não terão
aulas, devendo chegar à escola às 19h00min, onde permanecerão até às 8h
do sábado seguinte.
GUIA DO ALUNO 2019 117
VIII. Eventos escolares

Participarão do evento o Diretor de Unidade, a Professora da turma, a


Coordenadora Pedagógica, a Analista Pedagógica (se tiver), os
Disciplinários ou Auxiliares de Classe e Auxiliares de Limpeza. Os alunos
deverão chegar à escola usando trajes de dormir e trazendo colchonete
com lençol ou saco de dormir e edredom, no caso de temperatura mais
amena; travesseiro, outro pijama, caso seja necessária a troca, material
para higiene pessoal e lanterna.

Programação inicial:
recepção dos alunos e brincadeiras;
rodada de pizza;
brincadeiras coletivas, desfile de Pijama, Hora de Conto; Caça ao tesouro
com aparição de piratas;
Sessão cineminha;
Ceia e entrega do cartão de “Boa Noite”;
Hora de despertar, higiene, organização dos objetos pessoais;
Café da manhã e despedida.

A partir das 8h do sábado, os alunos remanescentes ficarão sob a


responsabilidade de um Disciplinário, e será cobrado o valor normal de
plantão.

Festival de Teatro

O Festival de Teatro acontece para alunos da Educação Infantil 2 ao 5º


ano. As apresentações das turmas de Infantil 2 e 3 acontecerão nas
próprias Unidades. Para os demais, as apresentações acontecerão nos
palcos das Unidades que serão divulgadas no início do segundo semestre
letivo. O evento deverá ser contratado no ato da matrícula. O “Festival de
Teatro” é um dos maiores eventos da escola e apresenta o resultado do
trabalho das aulas de Teatro. A responsabilidade é compartilhada entre a
Professora Regente (que conhece bem os alunos) e o Professor de Teatro
(que percebe o talento de cada um).

GUIA DO ALUNO 2019 118


VIII. Eventos escolares

Os papéis principais serão entregues aos alunos com melhor desempenho


em cena. A meritocracia é um valor da escola, portanto pedidos ou
intervenções dos pais não serão acatados.

Os alunos receberão do Professor de Teatro uma cópia impressa do


texto completo, com orientações sobre como a família poderá
contribuir para a memorização das falas. Os figurinos são desenvolvidos
por empresa contrata-da que assume o compromisso de disponibilizar,
no dia das apresentações, todos os figurinos limpos e em ótimas
condições de uso. Haverá empresa de filmagem contratada para
documentação de todas as apresentações. Essa se responsabilizará por
toda a organização de venda dos DVDs, sem nenhum envolvimento da
escola.

As apresentações do Infantil 2 e 3 acontecem às 11h para as turmas da


manhã e às 17h para o turno da tarde. Nos palcos, as apresentações
acontecerão durante a semana (20 horas ou 19h e 20h30) e aos sábados às
9h30, 11 horas, 15 horas, 16h30, 18 horas, 19h30 e 21 horas. Em todas as
Unidades, haverá espaço para a troca de roupas, cujo acesso será restrito
aos atores e equipe de apoio da escola. Ao final do espetáculo, os alunos
terão no máximo 15 minutos para receber os cumprimentos e tirar fotos.
Formaturas

Acontecem a partir do final do mês de novembro e da primeira quinzena


do mês de dezembro, em auditório da de uma faculdade e palcos das
Unidades Ouro Preto e Conceição do Mato Dentro. As datas, horários e
locais das formaturas serão divulgados até o início do segundo
semestre letivo. O evento deverá ser contratado no ato da matrícula. As
formaturas da Educação Infantil têm duração de 60 minutos. As formaturas
do 9º ano e 3ª série do Ensino Médio terão duração aproximada de 90
minutos. Os alunos formarão com becas alugadas, sapatos e meias pretas.
As becas serão trocadas na escola/auditório e deverão ser devolvidas
logo após a formatura. As formaturas são filmadas e fotografadas por
empresas ou profissionais indicados pela escola, porém, os responsáveis
poderão se organizar para contratar outros profissionais, nesse caso, sem
qualquer envolvimento com a escola.
GUIA DO ALUNO 2019 119
VIII. Eventos escolares

Os convites serão entregues aos alunos com quinze dias de antecedência


da primeira formatura. Cada formando receberá cinco convites. As fotos
para os diplomas serão tiradas ao longo do mês de agosto por fotógrafo
contratado pela escola, e não haverá segunda oportunidade caso o
aluno falte. Apenas as turmas da 3ª série poderão produzir vídeos
que serão apresentados aos pais no início da cerimônia.

Da parte das famílias, as homenagens previstas devem ser preparadas


apenas para a Professora da turma. Havendo demanda dos pais ou
dos alunos, 3 minutos do tempo de discurso poderão ser cedidos. Como
os Professores Especializados das turmas anteriores normalmente
não estarão presentes, não é recomendável lhes fazer qualquer
homenagem, evitando constrangimentos.

GUIA DO ALUNO 2019 120


CAPÍ
TULO9
Bi
bli
otec
a
IX. Biblioteca

Empréstimos

Todos os alunos matriculados estão automaticamente cadastrados e seus


familiares também podem tomar empréstimos, utilizando os dados do aluno.

Todo o acervo está disponível para empréstimo, exceto revistas em quadri-


nhos (gibis), periódicos, obras de referência (dicionários, enciclopédias e
atlas), materiais que fazem parte de projetos institucionais e exemplares dos
livros de literatura adotados pela escola, reservados para os Professores.

Regras para empréstimos:


- usuários poderão realizar o empréstimo de no máximo 2 livros simulta-
neamente;
- o prazo do empréstimo é de 7 dias e pode ser prorrogado se não
houver reserva;
- CD’s, DVD’s serão emprestados por um prazo de 3 dias, sendo possível
realizar o empréstimo de apenas 1 material por vez;
- o empréstimo de férias será realizado somente nas férias de julho, em
dezembro não será permitido o empréstimo de livros;
- empréstimos realizados para os períodos de férias deverão ser devolvi-
dos no primeiro dia letivo;
- nenhum material poderá ser retirado sem antes passar pelo balcão de
atendimento;
- novos empréstimos estão condicionados a não ter pendências ou
multas;
- não é permitido solicitar empréstimos em nome de outros;
- em caso de atraso na devolução, o usuário ficará impossibilitado de
realizar empréstimo pelo dobro de dias em que ficou irregular com o livro;
- a retirada da suspensão poderá ser revertida em doação de livros para
acervo de acordo com a análise do atendente;
- todos os materiais emprestados devem ser devolvidos nas mãos do
Atendente.

GUIA DO ALUNO 2019 121


IX. Biblioteca

Reserva de material

Apenas cinco reservas podem ser feitas para cada material, e elas devem
seguir a ordem de cadastro, sem privilégios. O material ficará disponível por
24 horas para o primeiro da lista. Caso esse não compareça, o material passará
para o próximo da lista, e o nome do solicitante permanecerá na lista de
reserva.

Materiais perdidos ou danificados

O usuário é inteiramente responsável pelo material que pegou emprestado


na Biblioteca. A danificação ou extravio acarretará a reposição de um material
idêntico ou outro de mesmo valor.

Regras de comportamento:
- respeitar os usuários presentes, usando tom de voz baixo e evitando
brincadeiras;
- nenhum tipo de bebida ou alimento pode ser consumido na Biblioteca;
- não são permitidos jogos ou conversas em grupo na Biblioteca;
- todo o lixo deve ser jogado na lixeira;
- manter os materiais organizados dentro da mochila/bolsa/pasta;
- ao sair, levar todos os objetos pessoais;
- qualquer exemplar retirado das estantes deve ser deixado sobre a mesa;
- os computadores devem ser utilizados somente para pesquisas;
- os computadores devem ser utilizados por um usuário de cada vez;
- alunos da Educação Infantil e Fundamental 1 podem utilizar os
computadores da Biblioteca monitorados por um responsável;
- celulares devem estar no silencioso e não podem ser atendidos dentro
da Biblioteca;
- aparelhos sonoros não podem ser utilizados sem fones de ouvido;
- atividades de casa e trabalhos em grupo podem ser realizadas na
Biblioteca, desde que haja espaço disponível e sempre respeitando todas as
regras mencionadas.

GUIA DO ALUNO 2019 122


CAPÍ
TULO10
Cent
rodeE
xtens
ãoCol
egui
um –CE
C
X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

Com o objetivo de oferecer uma formação global aos nossos alunos e viabili-
zar uma opção prática e segura para as famílias, o Coleguium mantém o seu
Centro de Extensão - CEC.

O CEC oferece cursos de modalidades esportivas e artísticas. Eles variam em


cada Unidade, de acordo com demanda, segmento e número de alunos. É
uma oportunidade para ampliação de horizontes, desenvolvimento de habili-
dades e formação de hábitos saudáveis. É também por meio do CEC que os
alunos participam do “Horário Integral” (Educação Infantil e Fundamental 1).

Os cursos oferecidos em cada Unidade e horários estão disponíveis no site. As


aulas acontecem duas vezes por semana, seguindo o calendário escolar letivo.

A contratação dos alunos Coleguium poderá ser feita pelo Portal Eleva -
Serviços Opcionais. O CEC é aberto para a comunidade, mas esses devem
efetivar a contratação pessoalmente nas Unidades, juntamente aos cursos
regulares, seguindo os mesmos critérios e normas. A renovação para o ano
seguinte não é automática, portanto, recomendamos que seja feita assim que
efetuada a renovação no curso regular.

Os pais serão convidados para assistirem algumas aulas, conforme datas


informadas via circular no início do ano.

Aula experimental: alunos novatos no CEC podem participar de uma aula


experimental, que poderá ser assistida pelos pais. Para tanto, deverão verificar
se existe vaga para a turma de interesse e agendar com os atendentes das
respectivas Unidades. O responsável receberá um “Vale Aula” que deverá ser
entregue ao Professor.

As normas disciplinares: regras, orientações e medidas disciplinares válidas


para os cursos regulares, devem ser observadas também para os cursos do
CEC.

Reposição de aulas: se, por algum motivo, uma aula deixar de acontecer, essa
será reposta, preferencialmente, nas sextas-feiras ou em datas agendadas
pelo Coordenador da Unidade; tudo será informado via agenda do aluno.

GUIA DO ALUNO 2019 124


X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

Quando não for viável a realização das aulas em função de chuva, os alunos
terão atividades recreativas ou jogos estratégicos em sala de aula, portanto,
não haverá reposição.

Em caso de falta imprevista de algum Professor, os alunos aguardam com a


equipe responsável pelo Plantão, até que todos os pais sejam comunicados.

Lanche: para os alunos do Fundamental 1 CEC, sugerimos que os pais


encaminhem de casa um lanche saudável leve (frutas, barras de cereais,
iogurtes ou biscoitos) para que se alimentem antes da prática esportiva.

Comunicação com a escola e acidentes: a comunicação com a escola deve


sempre ser feita por meio da agenda do aluno, utilizando as páginas para
comunicação. Em caso de pequenos acidentes, os Professores comunicarão
aos responsáveis, via agenda ou por telefone.

Para o cancelamento do curso, o responsável financeiro deverá dirigir-se à


Unidade e assinar um termo de distrato. Não serão considerados
cancelamentos por telefone, e-mail, solicitação pessoal ou bilhetes.

Além das modalidades conduzidas por Professores do Coleguium, em algu-


mas Unidades, temos empresas parceiras terceirizando diversos serviços.
Neste caso, a contratação e demais informações são diretamente com a
empresa.

Curso de Futsal (turmas masculinas e femininas)

O Coleguium oferece aulas de futsal. Elas tem como objetivo o desenvolvi-


mento técnico e tático do esporte, com ênfase nos seus fundamentos
básicos e propósito de incentivo para as equipes competitivas.

O futsal masculino é oferecido aos alunos da Educação Infantil 4 até o 6º ano


do Ensino Fundamental. Para o futsal feminino, as turmas são do 4º ao 8º ano
do Ensino Fundamental. Nas unidades em que não há turmas femininas
separadas, o Futsal pode ser misto a partir do Fundamental 1
É obrigatório o uso do uniforme. A venda desse ocorre nas lojas licenciadas.

GUIA DO ALUNO 2019 125


X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

Curso de Ginástica Rítmica (turmas femininas)

Tem como objetivo proporcionar o desenvolvimento da modalidade através


do aprendizado dos elementos corporais fundamentais, do manejo de apare-
lhos (corda, bola, arcos e fita) e da capacidade motora e física, com prioridade
para o desenvolvimento da flexibilidade, força, impulso e agilidade.

A Ginástica Rítmica é oferecida às alunas da Educação Infantil 4 até o 6º ano


do Ensino Fundamental.

É obrigatório o uso do uniforme. A venda desse ocorre nas lojas licenciadas.


Ele é composto por colant e sapatilhas do Coleguium. Recomendamos que
leve para o curso um chinelo e sempre use cabelo preso em coque. Em dias
frios, deve-se observar o mesmo padrão dos uniformes regulares.

Curso de Vôlei (turma mista)

O Coleguium oferece aulas de vôlei com a metodologia da franquia EVB -


Escola de Vôlei do Bernardinho. O curso tem por objetivo o desenvolvimento
técnico e tático do esporte, com ênfase nos seus fundamentos básicos.

O vôlei misto é oferecido aos alunos do Ensino Fundamental e Ensino Médio.

É obrigatório o uso do uniforme, modelo EVB. O kit com “mochila”, short e


camisa, é vendido pelo Portal Eleva - Serviços Opcionais. Tênis apropriado,
meia branca e colete do Coleguium (mesmo da Educação Física) devem ser
adquiridos em lojas especializadas. Em dias frios, deve-se observar o mesmo
padrão dos uniformes regulares.

GUIA DO ALUNO 2019 126


X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

Coleguium Plus

O que leva ao sucesso? Mais ainda, o que é sucesso?

O conceito de sucesso não é definido externamente. A verdade é que, com


todas as influências externas vivenciadas diariamente, com tudo o que
chega até nós, buscando fundamentar o que devemos e queremos ser, a
sensação real de dever cumprido somente é atingida quando as nossas
expectativas são atingidas.

Alunos que conseguem traçar objetivos claros e ter foco, têm probabilidade
muito maior de alcançar seu sucesso. Seja ele definido como for.

Levamos esse conceito aos nossos alunos em nossa grade curricular tradicio-
nal. No Laboratório de Inteligência de Vida, definimos e trabalhamos com os
alunos Perseverança, levando-os a compreender que só o foco no longo
prazo pode levar ao sucesso real. No entanto, notamos que podemos, para
aqueles que assim desejam, auxiliar de maneira mais individualizada.

Assim, criamos o Coleguium Plus. Nele, trabalhamos fortemente o conceito


de Hábitos. O 1º Hábito é o de estudo em si. Estudos demonstram
claramente que o método tradicional utilizado pelos alunos, estudar no dia
anterior da prova, é extremamente ineficaz. Isso é lugar comum. Não existe
um educador ou responsável que não afirme e reafirme este fato. O que
fazemos, portanto, é, além de falar o que não funciona, deixar claro o que
funciona.
O hábito de estudo significa garantir que, ao fim de um dia de estudo, não
só tudo o que se aprendeu esteja armazenado de maneira adequada, como
também tudo o que ainda não se aprendeu esteja claro. Só conseguimos
aprender se temos consciência de quais são nossos pontos fracos, a partir de
então, conseguimos fazer as perguntas corretas aos educadores que estão
dispostos a nos auxiliar.

GUIA DO ALUNO 2019 127


X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

O 2º hábito é a crença em seu próprio potencial de aprendizagem. Sim,


essa crença é um hábito. Como exemplo, pensemos em Matemática.
Temos o hábito de sempre dizer como Matemática é uma matéria difícil.

Então, temos o hábito de, sempre que pensamos em Matemática,


internalizarmos essa dificuldade. Cientistas têm demonstrado como essa
expectativa de dificuldade nos faz crer que não aprenderemos. Com isso,
nosso cérebro simplesmente não armazena as informações que deveriam
ser aprendidas. Isso se chama Mentalidade Fixa. Não é à toa que tantas
pessoas afirmam não saber Matemática…
O contrário disso é o que se chama de Mentalidade de Crescimento. Nesse
conceito, o aluno entende que se não sabe hoje, a partir de seu esforço e
estudo, tem toda a capacidade de aprender. Isso é um hábito. Sabendo
disso, o aluno se dedica a estudar. A partir desse estudo, aprende, se sente
mais confiante em suas capacidades e adquire AUTONOMIA.

Por vezes, buscando garantir que nossos filhos aprendam, contratamos


Professores particulares. Em muitos momentos, eles são sim necessários. O
problema é se tornar dependente desses. Se o jovem transfere a crença em
seu próprio potencial para a crença de que aprende apenas se seu
Professor particular estiver lá para ajudá-lo a internalizar o conhecimento,
se torna psicologicamente dependente dele. Não é isso que desejamos
para nossos jovens. Desejamos que se tornem autônomos, e, com isso,
atinjam seus objetivos.

Coleguium Internacional - English Prep

O English Prep é um curso de inglês diferenciado, direcionado aos alunos


das séries que não são bilíngues do Coleguium Internacional, e tem o
objetivo de oferecer um inglês de qualidade e preparar o aluno para um
ensino médio de nível internacional. Para tanto, utilizamos elementos da
metodologia CLIL (Content and Language Integrated Learning) que
contempla o aprendizado integrado da língua inglesa e conteúdos
escolares.
GUIA DO ALUNO 2019 128
X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

O curso é oferecido aos alunos do Ensino Fundamental 1 ao 6º ano, no


contra-turno, e possui a seguinte carga horária:

- no Fundamental 1: 175 minutos semanais, dividido em 2 dias na


semana;
- no Fundamental 2: 200 minutos semanais, dividido em 2 dias na
semana.

Lista de Material:
- 1 caderno brochura de 96 folhas;
- livro didático (referente ao nível do aluno);
- 1 livro de história em inglês, adequado à idade, a partir da lista de
indicação que será apresentada para os alunos do Coleguium
Internacional.

Observação: a turma de English Prep só será aberta caso atinja o mínimo 5


alunos.

Horário Integral

Para a Educação Infantil.

A proposta para o Horário Integral é, a partir de uma rotina pré-


estabelecida, proporcionar aos alunos momentos de encontro com outras
crianças, de 1 a 5 anos, valorizando o brincar livre, as oficinas de arte e
movimento, o cuidado e a interação do grupo. Também é objetivo o
acompanhamento do “para casa” das crianças, no Infantil 4 e 5.
Destacamos que pesquisas informativas e materiais para o
desenvolvimento de aulas e projetos deverão ser organizados em casa.

Brincar é uma das atividades fundamentais para o desenvolvimento da


identidade e da autonomia da criança, além de fortalecer a autoestima.
Interagindo com outras pessoas, utilizando e experimentando regras e
papéis sociais, elas criam condições para a socialização.

GUIA DO ALUNO 2019 129


X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

Brincando, as crianças exploram algumas capacidades importantes, tais


como a mobilidade, a relação com os objetos, a imitação, a linguagem oral
e gestual, a memória e a imaginação.

As atividades e oficinas pedagógicas do Integral, Educação Infantil são


mediadas por Monitoras contratadas pelo Coleguium (formadas em
Pedagogia). O planejamento e o acompanhamento da rotina são ações da
Coordenadora Pedagógica do segmento na Unidade, bem como a
orientação de alunos e Monitoras.

Rotina do horário integral, Infantil:


- das 7h20 às 8h, recepção dos alunos e recreação livre;
- oficinas pedagógicas;
- lanche;
- Infantil 4 e 5, “para casa”; Infantil 1, 2 e 3, recreação livre ou, se
necessário, sono;
- hora do banho, troca de roupa e recreação livre;
- sono, histórias, brincadeiras;
- almoço e higienização dos dentes;
- relaxamento e preparação para o início das aulas.

Lista de material

- uniforme completo (camiseta, calça ou bermuda, meia branca,


cinza, preta ou azul escuro) para troca;
- materiais que devem ser levados para escola na segunda-feira e
que voltam para casa na sexta-feira (Infantil 1 a 5): manta, lençol, fronha,
travesseiro, toalha de ;banho.
- nécessaire, para ficar na escola, com: creme dental, escova para
dentes com protetor de cerdas, sabonete e xampu, pente ou escova para
cabelo;
- pasta com estojo, projetos, agendas e atividades escolares.

Todos os objetos devem estar devidamente identificados como nome e


sobrenome da criança.
GUIA DO ALUNO 2019 130
X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

Para o Ensino Fundamental 1

O Horário Integral é uma ampliação da carga horária regular, aberta aos


alunos do Fundamental 1. A proposta é um atendimento coletivo, a partir
do 1º ano do Ensino Fundamental, que envolve atividades recreativas,
oficinas pedagógicas, acompanhamento de “para casa”, estudo para as
provas de etapa e multidisciplinares, orientação de pesquisas e projetos e
aulas do CEC (Artes, Teatro e Música). O horário será das 7h30 às 13 horas
ou das 12h10 às 18h10.

As atividades e oficinas pedagógicas do Integral, Ensino Fundamental, são


mediadas por Monitoras contratadas pelo Coleguium (formadas em
Pedagogia). O planejamento e o acompanhamento da rotina são ações da
Coordenadora Pedagógica do segmento na Unidade, bem como a
orientação de alunos e Monitoras.

Quando a Unidade oferece a série regular nos turnos manhã e tarde, os


alunos do Integral serão regularmente matriculados no turno da manhã.
Alunos com problemas disciplinares, baixo aproveitamento acadêmico e
novatos aprovados com aproveitamento regular não poderão se matricular
no Horário Integral, pois demandam acompanhamento próximo, o que não
poderá ser feito, adequadamente, pelos Monitores responsáveis.

Rotina do horário integral, Fundamental 1:


- almoço e descanso;
- 1º, 2º e 3º horários: “para casa”, oficinas pedagógicas, estudo para as
provas;
- lanche e recreio;
- 4º e 5º horários: aulas de Teatro, Artes, Educação Física (2 aulas),
Música e atividades recreativas.

Os alunos deverão trazer todo o material individual necessário para


realização das atividades de casa e estudo para as avaliações. Destacamos
que pesquisas informativas poderão ser orientadas na escola, mas
impressas em casa. Materiais requisitados para aulas regulares e projetos
de etapa deverão ser organizados em casa.
GUIA DO ALUNO 2019 131
X. Centro de Extensão Coleguium – CEC

Lista de material:

- duas peças a mais de uniforme (camiseta, calça ou bermuda) para


troca;
- nécessaire, para ficar na escola, com: creme dental, escova para
dentes com protetor de cerdas, pente ou escova para cabelo;
- mochila com estojo, projetos, agendas e atividades escolares.

Todos os objetos devem estar devidamente identificados com nome e


sobrenome do aluno.

Colônia de Férias
-
A Colônia de Férias do Coleguium tem por objetivo atender aos pais dos
alunos da Educação Infantil que, durante o período de férias de dezembro,
janeiro e julho, demandam pelo serviço. São ofertadas 30 vagas para o turno
integral e 25 vagas em cada turno (manhã ou tarde), nas Unidades Castelo e
Gutierrez.

Os alunos matriculados no Integral terão dois lanches e almoço, e, os dos


turnos manhã ou tarde, apenas um lanche.
-
Durante a colônia, não haverá rigor para horários de entrada das crianças, e a
saída poderá ser feita a qualquer tempo até o limite estabelecido.
As crianças não precisarão comparecer com uniforme, mas deverão levar
mochilas ou pasta com a agenda, muda de roupas, copos, escovas de dentes,
toalha ou guardanapo de pano devidamente identificado.

Há uma programação pedagógica específica para cada dia de colônia, tendo


em vista o “brincar”, o “interagir”, o “produzir” e o faz de conta. Os alunos
poderão levar seus brinquedos (ver orientações deste Guia sobre o Dia do
Brinquedo).

GUIA DO ALUNO 2019 132


CAPÍ
TUL
O11
E
qui
pesa
cadêmi
casees
por
tiv
as
XI. Equipes acadêmicas e esportivas

Consideramos que, para a boa formação da criança e do adolescente, é funda-


mental aprender a trabalhar em equipe, a ganhar e a perder, a ter disciplina e
coragem, a respeitar regras, a socializar, a respeitar as diferenças, a viver com
alegria e descontração. Participar de uma Equipe Escolar favorece o exercício
dessas virtudes. Participando de uma Equipe Coleguium, o aluno prepara-se
para disputar competições esportivas e ou científicas.

Alunos de todas as Unidades poderão participar das equipes, desde que


aprovados no processo seletivo e assumam, com suas famílias, o
compromisso de participar de todas as aulas e ou treinamentos.

O aluno que, por mérito, é selecionado para participar de uma Equipe Cole-
guium, terá a grande responsabilidade de representar sua escola em campeo-
natos, torneios e ou olimpíadas. Ele deverá honrar o nome da sua escola e da
sua família, competindo de forma leal e justa, dedicando-se com afinco aos
treinos e ou aulas, respeitando os colegas e a equipe de Professores e
Técnicos que o orientará. É dever respeitar o adversário, saber ganhar com
humildade e perder com dignidade.

A família assume o compromisso de dar o suporte necessário para que o


aluno não falte aos treinos, às competições e/ou às aulas. Ela deverá apoiar
seu filho no rigor dos treinamentos, na alegria da vitória e no amargo sabor da
derrota. Zelará para que tenha o comportamento digno que se espera de um
aluno do Coleguium, estará presente aos jogos e competições para apoiar e
torcer, mas sempre com atitude de incondicional respeito aos adversários,
sendo exemplo maior para seus filhos, nossos alunos.

Deveres dos alunos/atletas


- Dedicar-se às aulas/aos treinos com empenho e participação buscando
o seu crescimento técnico e também do grupo.
- Participar de todos os compromissos assumidos com a equipe à qual
pertence.
- Respeitar a decisão do técnico na escalação das equipes, que buscará,
sempre, o melhor resultado.

GUIA DO ALUNO 2019 134


XI. Equipes acadêmicas e esportivas

- Comprometer-se a assistir ou participar de eventos para enriquecimen-


to, propostos pelo Professor/Técnico.
- Respeitar as normas disciplinares do Coleguium e as regras dos eventos
que estiver participando.
- Entregar, no prazo estabelecido, a documentação necessária e solicita-
da pelo Professor/Técnico, conforme regulamentos dos campeonatos,
torneios, festivais ou olimpíadas.
- Comparecer em todos os compromissos da equipe com a carteira de
identidade ou, dependendo da competição, a carteira da Federação dos
Esportes Escolares - FEEMG.

O aluno poderá ser desligado da Equipe a critério do Professor/Técnico, com


aval do Supervisor responsável e do Diretor Geral do Coleguium, quando
desrespeitar ou descumprir com seus deveres.

Deveres das famílias dos alunos/atletas


- Reforçar com seus filhos os compromissos assumidos ao ser seleciona-
do para uma Equipe Coleguium.
- Assegurar a presença pontual dos filhos às aulas/aos treinos e compro-
missos da Equipe.
- Adquirir os uniformes obrigatórios (quando houver) e zelar pelo seu
bom estado de conservação.
- Respeitar as decisões do Técnico no que diz respeito às escalações dos
times para as competições.
- Acompanhar e participar das competições, sendo exemplo de ética,
espírito esportivo e respeito aos adversários.

Deveres do Coleguium
- Selecionar e contratar Técnicos/Professores qualificados para as equi-
pes.
- Oferecer espaços e recursos adequados para as aulas/treinamentos das
equipes.
- Acompanhar os diversos torneios/competições e inscrever as equipes.
- Acompanhar e divulgar os resultados de todas as equipes nos torneios
que participarem.
GUIA DO ALUNO 2019 135
XI. Equipes acadêmicas e esportivas

- Tentar viabilizar a participação dos alunos em competições quando


estes coincidirem com eventos da escola.

Despesas com as equipes

O Coleguium arca com os custos relacionados a salários dos Técnicos e


Professores, além de local de treinamento e eventos comemorativos das
equipes.

Para as equipes esportivas, os responsáveis dos atletas, além da aquisição dos


uniformes, pagarão as seguintes taxas:

- Taxa anual de atleta da Federação dos Esportes Escolares de Minas


Gerais – FEEMG.
- Taxas de inscrições em campeonatos e torneios.
- Despesas com transporte para os compromissos da equipe.
- Custos com viagens, se houver.

Equipes esportivas

Processo avaliativo e seletivo

O preenchimento das vagas será por meio de processo seletivo, em duas


etapas, iniciando no mês de fevereiro. A 1ª etapa consiste na observação dos
alunos pelos Técnicos ou Professores de Educação Física, durante aulas.
Alunos com bom rendimento serão convidados para 2ª etapa .

Na 2ª etapa, os alunos convidados participarão de treinos coletivos,


juntamente com alunos veteranos. O técnico avalia o desempenho e, para
concluir, a equipe escolhe os melhores tecnicamente. O processo é previsto
até meados de março, porém, ao longo do ano, outros alunos podem ser
convidados para testes. Um membro veterano terá sua vaga na equipe, caso
sua avaliação de desempenho justifique e haja nova convocação do técnico.

GUIA DO ALUNO 2019 136


XI. Equipes acadêmicas e esportivas

Na avaliação, será observado:


- assiduidade e pontualidade às aulas/treinos;
- respeito às regras estabelecidas para a Equipe;
- postura de respeito ao treinador e colegas da equipe;
- postura durante as aulas/treinos, contribuindo para o crescimento do
grupo;
- postura de respeito aos adversários em qualquer evento que participar;
- desenvoltura técnica.

Equipes de Futsal (masculino e feminino), 15 a 20 atletas:

O Coleguium tem equipes de Futsal Masculino nas categorias sub 9, 11, 13, 15
e 17.
Para o Futsal Feminino, temos a equipe da categoria sub 17.
Alunos/atletas das equipes de Futsal deverão contar com dois uniformes
compostos por camisa numerada, calção e meião branco. Um uniforme será
exclusivo para jogos e outro para treinamentos, podendo esse ser usado
como segundo uniforme, quando necessário. As peças devem ser adquiridas
pelas famílias, nas lojas autorizadas. Os uniformes dos goleiros são específicos
para a posição.

Os treinamentos são de 100 minutos, duas vezes por semana e acontecem na


Unidade Ouro Preto em dias e horários previamente estabelecidos, no período
de março a novembro.

Os treinos podem ser cancelados ou remanejados em dias ou horários, confor-


me necessidades específicas (feriados, períodos dos festivais, calendário
escolar, período de provas etc). Os membros das equipes serão comunicados
pelo Técnico por meio do impresso “Cancelamento de Treino” , que será
entregue aos alunos durante o treino que antecede a data, ou informados por
e-mail aos responsáveis.

Treinos extras poderão ser agendados pelo Técnico e serão comunicados por
meio do impresso “Treino-extra”, entregue aos membros da equipe durante o
treino que antecede a data, ou informado por e-mail aos responsáveis.
GUIA DO ALUNO 2019 137
XI. Equipes acadêmicas e esportivas

Alunos das equipes esportivas, com aproveitamento escolar insuficiente,


poderão ser dispensados de treinos anuais. Para tanto, os responsáveis deve-
rão formalizar o pedido, via agenda, uma aula antes da data solicitada. A
dispensa poderá ser negada pelo Técnico quando a falta do aluno prejudicar o
desempenho da equipe por ocasião de qualquer competição.

Equipes acadêmicas

Processo avaliativo e seletivo

O preenchimento das vagas será decorrente do resultado do aluno, naquela


disciplina, no ano anterior. Para alunos novatos, serão reservadas vagas a
serem preenchidas após a conclusão da primeira etapa. Alunos que não
integram a equipe, mas que obtiverem bom desempenho nas Olimpíadas,
também serão convidados.

As aulas são de 100 minutos, uma vez por semana e acontecem na Unidade
Ouro Preto em dias e horários previamente estabelecidos, no período de
março a novembro. As aulas podem ser canceladas, remanejadas ou aulas
extras podem ser marcadas, em dias ou horários conforme necessidades
específicas (feriados, períodos dos festivais, calendário escolar, período de
provas, etc). Os membros das equipes serão comunicados pelo Professor por
meio de impresso na aula que antecede a data.

Equipe GeoHistória: uma equipe do Nível 2 (Ensino Médio), responsável por


desenvolver a SIC (Simulação Interna do Coleguium). Além disso, alguns
alunos da equipe serão selecionados para participarem da Mini ONU (Projeto
PUC Minas).

Equipes de Matemática: duas equipes: uma do Nível 1 (6º e 7º ano) e outra


Nível 2 (8º e 9º ano). Disputarão o Concurso Canguru, a Olimpíada Mineira de
Matemática e a Olimpíada Brasileira de Matemática.

GUIA DO ALUNO 2019 138


CAPÍ
TULO12
Or
densE
studa
nti
s
XII. As Ordens Estudantis

As Ordens Estudantis são equipes formadas por alunos do Ensino Fundamen-


tal 2 e Médio, organizados por Unidades. São denominadas como Ordem Alfa,
Ordem Beta, Ordem Delta e Ordem Gama, com objetivo de participar,
enquanto grupo, de jogos, torneios e eventos escolares. A proposta é dar ao
aluno a sensação de pertencimento a uma agremiação com todas as suas
implicações políticas e sociais.
Alunos do 5º ano serão divididos pelos Professores de Educação Física, junta-
mente aos Coordenadores Pedagógicos nas 4 ordens, e, assim, quando ingres-
sarem no Fundamental 2, já são pertencentes à Ordem.
Alunos do Fundamental 2 e Ensino Médio farão, em fevereiro, o "Teste das
Ordens", que indicará à qual Ordem cada um pertencerá. O teste será feito, na
escola, por meio do site, e o resultado divulgado após conclusão.
Uma vez integrante da Ordem, o aluno não poderá mudar. Caso haja de fato
um forte motivo para a mudança, caberá ao aluno interessado escrever um
requerimento ao Diretor Geral, pedindo a transferência. Se deferido, a mudan-
ça ocorrerá no ano seguinte.
Cada Ordem terá um Senhor, aluno responsável por liderar os membros da
sua Ordem em sua Unidade. Eles são eleitos pelos membros de sua ordem, e
qualquer aluno a partir do 8º ano pode se candidatar ao cargo. Os Senhores
serão orientados pelos Mestres, Coordenadores Pedagógicos do segmento da
Unidade.
Ao longo do ano, as Ordens Estudantis marcarão pontos, de acordo com
resultados das diversas competições promovidas pela escola. As competições
envolverão mérito acadêmico, torneios esportivos, campanhas sociais e ou
gincanas. Ao final de cada etapa, os alunos da Ordem vencedora da Unidade
receberão um “prêmio” oferecido pela escola. No início do ano, a Ordem
vencedora do ano anterior, em cada Unidade, receberá um “prêmio extra”, e a
grande Ordem vencedora da Rede participará de um evento comemorativo.
No evento comemorativo, as outras Ordens poderão ser convidadas. Todo o
processo na Rede será coordenado por um Guardião das Ordens, responsável
por informar os alunos nas Unidades, motivar a participação das competições,
capacitar os Senhores, computar os resultados, organizar as premiações e
supervisionar de maneira geral o desenvolvimento do projeto.
GUIA DO ALUNO 2019 140