Vous êtes sur la page 1sur 62

Manual do Operador

Separadores herméticos auto-


limpantes
Produto No.:

A MRPX 614HGV-14C 881208-01-01


C MRPX 614HGV-74C 881208-01-01
H MRPX 614HGV-74C 881208-01-01
W MRPX 614HGV-74C 881208-01-01

A MRPX 714HGV-14C 881208-02-01


B MRPX 714HGV-14C 881208-02-01
C MRPX 714HGV-74C 881208-02-01
H MRPX 714 HGV-74C 881208-02-01
W MRPX 714HGV-74C 881208-02-01
B BRPX 714HGV-34C 881208-02-01
D MRPX 714HGV-34C 881208-02-01

C MRPX 518HGV-74C 881209-01-01


H MRPX 518HGV-74C 881209-01-01
W MRPX 518HGV-74C 881209-01-01

B MRPX 618HGV-14C 881209-02-01


C MRPX 618HGV-74C 881209-02-01
F MRPX 618HGV-74C 881209-02-01
H MRPX 618HGV-74C 881209-02-01
W MRPX 618HGV-74C 881209-02-01
B BRPX 618HGV-34C 881209-02-01
D MRPX 618HGV-34C 881209-02-01

H MRPX 718HGV-74C 881209-03-01


W MRPX 718HGV-74C 881209-03-01

H MRPX 818HGV-74C 881210-01-01

B MRPX 818HGV-14C 881210-01-02


B MRPX 818HGV-34C 881210-01-02
H MRPX 818HGV-74C 881210-01-02
W MRPX 818HGV-74C 881210-01-02

Produto No.: Múltiplo


Brochura No.: 1271058-08 V3
Alfa Laval Separation AB
Separator Manuals, dept. SKEL
S-147 80 Tumba, Suécia
Telefone: +46 8 53 06 50 00
Telefax: +46 8 53 06 50 29
Impresso na Suécia, 00-04

© Alfa Laval Separation AB 2000


Não é permitida a reprodução ou transmissão
desta publicação por qualquer processo ou meio,
sem prévia autorização escrita da Alfa Laval
Separation AB.
Estude os manuais de instruções e respeite
os avisos antes de proceder à instalação,
operação, serviço e manutenção.

O não cumprimento das instruções pode


originar acidentes graves.

De forma a tornar a informação clara apenas foram consideradas


situações previsíveis. Por esta razão não são feitos avisos para
situações resultantes de uma utilização não prevista para a
máquina e para as suas ferramentas.

3
4
Conteúdo
1 Instruções de segurança 7

2 Processo de separação 13

2.1 Princípios básicos 15


2.2 Geral 16

3 Função mecânica 19

3.1 Placas de identificação e de segurança na


máquina 20
3.2 Transmissão de força 22
3.3 Freio 25
3.4 Indicação de velocidade 25
3.5 Descarga / admissão
(separadores de fase dupla) 27
3.6 Descarga / admissão
(separadores de fase única) 29
3.7 Selos axiais –
sistema de resfriamento 30
3.8 Rotor 32

4 Funcionamento de descarga
de sedimento 35

4.1 Descrição de funcionamento 36


4.2 Compacto do módulo da água de manobra
(OWMC) 38

5 Instalação e primeira partida 41

5.1 Preparativos 42
5.2 Antes da primeira partida 43
5.3 Primeira partida 44

5
5.4 Operação 44
5.5 Parada 46

6 Limpeza 47

6.1 Verificação da limpeza 48

7 Rotina operacional 51

7.1 Pontos de verificação 52

8 Detecção de problemas 55

8.1 Função mecânico 56


8.2 Funcionamento de descarga de sedimento 59
8.3 Selos axiais 61

6
1 Instruções de segurança

O separador centrífugo possui peças que rodam


a alta velocidade.
• A energia cinética é elevada.
• São geradas grandes forças.
• O tempo de paragem é longo.
As tolerâncias de fabrico são extremamente
reduzidas. As peças rotativas são
cuidadosamente equilibradas para reduzir
vibrações indesejadas que podem provocar uma
avaria. As propriedades dos materiais foram

G0010411
cuidadosamente consideradas durante a
concepção por forma a poderem suportar a
tensão e a fadiga.
O separador é concebido e fornecido para
desempenhar um trabalho de separação
específico e não pode ser utilizado para qualquer
outro fim. (tipo de líquido, velocidade de rotação,
temperatura, densidade, etc.)
Uma operação e uma manutenção incorrectas
podem originar um desequilíbrio devido a uma
acumulação de sedimento, redução da
resistência do material, etc., que pode conduzir
subsequentemente a danos e/ou ferimentos.
Por isso respeite as seguintes instruções de
segurança básicas:
• Utilize o separador apenas para o fim e na
gama de parâmetros especificados pela
Alfa Laval.
• Siga rigorosamente as instruções relativas à
instalação, operação e manutenção.
• Certifique-se de que o pessoal é competente
e possui conhecimentos suficientes de
manutenção e operação, especialmente
sobre os procedimentos para paragens de
emergência.
• Utilize apenas peças genuínas e as
ferramentas especiais fornecidas.

7
1 Instruções de segurança

PERIGO
Perigos de desagregação

• Utilize o separador apenas para o fim e


na gama de parâmetros especificados
pela Alfa Laval.
• No caso de ocorrer vibração excessiva,
pare o separador e mantenha o rotor
cheio de liquido durante a

S0051311
desaceleração.
• Ao fazer ligação dos cabos de
alimentação, verifique sempre a
direcção de rotação de motor. Se esta
estiver incorrecta, partes rotativas vitais
podem desatarraxar.
• Controlar que a relação entre dentes dos
engranagems é coreccto com relação ao

S0055611
frequencia usada.
Se é incorrecto, uma rotação
sobrelevada põde resultar em danos
graves.
• A soldadura ou aquecimento das peças
rotativas pode afectar gravemente a
resistência do material.
• O desgaste na rosca da anel de
fechamento grande não pode exceder o
limite de segurança. A marca φ na anel
de fechamento não pode passar a marca
φ oposta além da distância especificada.
• Verifique regularmente se existem danos
provocados por corrosão e erosão. Se
o líquido de processamento é corrosivo
ou erosivo proceda a inspecções
frequentes.

8
1 Instruções de segurança

PERIGO
Perigo de ser apanhado pela
màquina

• Certifique-se de que as peças rotativas


pararam completamente antes de
iniciar qualquer trabalho de
desmontagem.
• Para evitar um arranque acidental

S0051111
desligue e bloqueie a alimentação de
energia antes de começar qualquer
trabalho de desmontagem.
• Monte a máquina toda antes de a pôr
em funcionamento. Todas as tampas e
protecções deverão estar devidamente
colocadas.

Perigos eléctricos

• Siga a regulamentação local quanto à

S0051011
instalação eléctrica e ligação à terra ( à
massa).

9
1 Instruções de segurança

AVISO

Perigos de esmagamento

• Utilize as ferramentas correctas para


levantar e siga as instruções para o
levantamento.

S0051711
• Não trabalhe debaixo de uma carga
pendurada.

Perigo de ruído

• Utilize protectores auriculares em

S0051611
ambientes ruidosos.

ATENÇÃO

Perigo de queimadura

• O óleo de lubricação e as diferentes

S0055411
superfícies das máquinas podem estar
quentes causando queimaduras.

Perigos de corte

• As extremidades afiadas dos discos do


separador e a rosca da anel de
S0054311

fechamento podem cortar.

10
1 Instruções de segurança

Placas de aviso no texto


Preste atenção às instrucções de segurança
neste manual. São utilizados neste texto três
níveos de intruções de segurança sempre que
existe o risco de ferimentos pessoais.

PERIGO

Tipo de perigo

Este tipo de instrução de segurança indica


uma situação que, se não for evitada, pode
originar um ferimento fatal ou morte.

AVISO

Tipo de perigo

Este tipo de instrução de segurança indica


uma situação que, se não for evitada, pode
originar um ferimento que afecte as suas
capacidades ou danos para a saúde que
afectem as suas capacidades.

ATENÇÃO

Tipo de perigo

Este tipo de instrução de segurança indica


uma situação que, se não for evitada, pode
originar um ferimento ligeiro ou danos
ligeiros para a saúde.

NOTA
Este tipo de instrução de segurança indica
uma situação que, se não for evitada, pode
danificar o equipamento.

11
1 Instruções de segurança

12
2 Processo de separação

Conteúdo

22.1Princípios básicos 15
2.1.1 Separação por gravidade 15
2.1.2 Separação centrífuga 15

2.2 Geral 16
2.2.1 Vazão 17
2.2.2 Fase leve 18
2.2.3 Penetração de ar /
pressão de admissão 18

13
2 Processo de separação

14
2 Processo de separação 2.1 Princípios básicos

2.1 Princípios básicos


O propósito da separação pode ser:
• livrar um líquido de partículas sólidas.
• separar dois líquidos mutuamente insolúveis
com densidades diferentes, removendo
quaisquer sólidos ao mesmo tempo.

G0010711
separar e concentrar partículas sólidas de um
líquido.
Sedimentação por gravidade

2.1.1 Separação por gravidade


Um líquido turvo num recipiente estacionário
lentamente se clareará conforme as partículas
pesadas na mistura do líquido vão afundando até
o fundo sob a influência da gravidade. A fase de
líquido mais leve sobe enquanto o mais pesado
afunda.
Separação e sedimentação contínuas podem ser
obtidas num tanque de assentamento tendo suas
descargas distribuídas em níveis adequados à
proporção da densidade das duas fases de
líquido. Quaisquer sólidos e partículas mais

G0010821
pesadas na mistura do líquido irão se assentar e
formar uma camada de sedimentos no fundo do
tanque. Sedimentação em um tanque de clarificação, com
saídas que tornam possível separar as partes líquidas
mais leves daquelas mais pesadas

2.1.2 Separação centrífuga


Num recipiente que roda em alta velocidade, a
gravidade é substituída pela força centrífuga, que
pode ser milhares de vezes maior. A separação e
sedimentação são contínuas e muito rápidas.
Quando partículas líquidas e sólidas numa
mistura líquida são sujeitas à força centrífuga
num rotor separador, leva-se somente poucos
segundos para se conseguir a separação ao
passo que leva muitas horas num tanque sob a
influência da gravidade.
G0010921

A solução centrífuga

15
2.2 Geral 2 Processo de separação

2.2 Geral

Separadores de fase dupla


O fluxo do produto através da máquina é
mostrado na figura ao lado.
O produto é alimentado pela curva de admissão
(1) para ser transportado mais além através do
eixo vertical (2) até o distribuidor (3) e adiante
através dos furos de distribuição nos discos (4).
A separação ocorre nos espaços entre os discos.
A fase leve é forçada pelas extremidades
superiores dos discos em direção ao centro do
rotor, deixa o rotor e é re-enviada pelo impulsor
(5). O resto - a fase pesada e sedimento - move
pelas partes inferiores dos discos até a periferia
do rotor onde o sedimento se deposita no espaço
de sedimentos (6). A fase pesada continua pela
parte superior do disco de cima (7) até o impulsor
(8), que efetua a rota seguinte.

Legenda

1. Dobra da admissão
2. Eixo vertical oco
3. Distribuidor
4. Discos do rotor
5. Impulsor – fase leve
6. Espaço de sedimento
7. Disco do topo
8. Impulsor – fase pesada

G0695721

16
2 Processo de separação 2.2 Geral

Separadores de fase única


O fluxo do produto através da máquina é
mostrado na figura ao lado.
O produto é alimentado pela curva de admissão
(1) para ser transportado mais além através do
eixo vertical (2) até o distribuidor (3) e adiante
através dos furos de distribuição nos discos (4).
A separação ocorre nos espaços entre os discos.
O líquido é forçado pelas extremidades superio-
res dos discos em direção ao centro do rotor,
deixa o rotor e é re-enviado pelo impulsor (5). O
resto - sedimento - move pelas partes inferiores
dos discos até a periferia do rotor onde o sedi-
mento se deposita no espaço de sedimentos (6).

Legenda

1. Dobra da admissão
2. Eixo vertical oco
3. Distribuidor
4. Discos do rotor
5. Impulsor – líquido separado
6. Espaço de sedimento

2.2.1 Vazão
A vazão é diretamente dependente da resistência
do fluxo no separador e dispositivos e tubulações
subsequentes como também da altura dos tan-

G0695711
ques de coleta acima da descarga.
A vazão é regulada ajustando-se a pressão de
admissão.

17
2.2 Geral 2 Processo de separação

2.2.2 Fase leve

Somente separadores de fase dupla

Contra-pressão dimi-
nuída na fase leve ➞ concentração menor
Contra-pressão
aumentada na fase
leve ➞ concentração maior

O fluxo da fase leve, e portanto a concentração


da fase leve são determinados pela diferença de

G0699721
pressão entre as duas descargas. Com um único
e mesmo rendimento uma certa diferença de
pressão sempre dará o mesmo fluxo de fase A. Fase leve
leve. Com uma contra-pressão mais alta no tubo B. Fase pesada
de descarga da fase leve, a concentração da fase
leve será mais alta.

2.2.3 Penetração de ar / pressão


de admissão
Um pré-requisito para uma separação satisfatória
é previnir que o ar se misture com o líquido do
processo.
A penetração de ar pode ocorrer, por exemplo, se
a pressão na frente do dispositivo de admissão
for baixa demais ou se o tanque de equilíbrio
repentinamente ficar vazio. Isto pode ser
causado por uma troca de tanques descuidada,
dimensões erradas ou troca na hora errada. Até o
enchimento e esvaziamento simultâneo de um
tanque pode resultar numa entrada acidental de
ar.
Certifique-se, portanto, que a pressão de
admissão seja mantida no valor recomendado e
que o tanque de equilíbrio esteja sempre cheio.
G0699811

No tanque, o líquido deve fluir suavemente sem


borbulhar.

18
3 Função mecânica

Conteúdo

3.1 Placas de identificação e


de segurança na máquina 20

3.2 Transmissão de força 22


3.2.1 Motor e partida 24

3.3 Freio 25

3.4 Indicação de velocidade 25

3.5 Descarga / admissão


(separadores de fase dupla) 27
3.5.1 Bombas de descarga 27
3.5.2 Dispositivo de admissão 27
3.5.3 Selos axiais 27

3.6 Descarga / admissão


(separadores de fase única) 29
3.6.1 Bomba de descarga 29
3.6.2 Dispositivo de admissão 29
3.6.3 Selos axiais 29

3.7 Selos axiais –


sistema de resfriamento 30

3.8 Rotor 32

19
3.1 Placas de identificação e de segurança na máquina 3 Função mecânica

3.1 Placas de identifica-


ção e de segurança
na máquina

G0663751
1. Placa de identificação da máquina Texto na placa (exemplo):
Separador A MRPX 614HGV-14C
No. / Ano fabricação série XXXX
Produto No. 881208-01-01

S0061411
Parte superior da máquina 552032-02
Descarga 562013-02
Rotor 546860-12
Parte inferior da máquina 553136-41
Velocidade máxima (rotor) 4265 r/min (50 Hz)
Direção da rotação (rotor) ←
Velocidade do eixo do motor 1500 r/min (50 Hz)
Freqüência da corrente elétrica 50 Hz / 60 Hz
Potência recomendada para o motor 18,5 kW
Densidade máxima da alimentação 1100 kg/m3
Densidade máxima do sedimento 1380 kg/m3
Densidade máxima do líquido de manobra 1000 kg/m3
Temperatura min./máx. do processo 0 - 100 °C

20
3 Função mecânica 3.1 Placas de identificação e de segurança na máquina

3. Etiqueta de segurança
Texto na etiqueta:
PERIGO
Leia os manuais de instrução antes da instalação,

S0061521
operação e manutenção. Considere os intervalos
de inspeção.
Falhas no seguimento estrito das instruções pode
levar a ferimento fatal.
Se ocorrer excesso de vibração, pare o separador
e mantenha o rotor cheio com líquido durante a
desaceleração.
A vibração de desequilíbrio será pior se o rotor não
estiver cheio.
O separador tem que parar de girar antes que

S0063211
qualquer trabalho de desmontagem seja iniciado.

4. Placa de identificação

5. Seta

S0063111
Indicadora do sentido de rotação.
7. Freqüência no fornecimento de energia,
todos os separadores com exceção do HM/
BM/BB/WM/RPX 818
Freqüência no fornecimento de energia,
H MRPX 818(Produto No.881210-01-01)

S0143221
Freqüência no fornecimento de energia, HM/
BM/BB/WM/RPX 818(Produto No.881210-01-02)
Freqüência no fornecimento de energia,
H MRPX 818
PERIGO

Risco de desintegração

Esta máquina não pode ser operada com


S0145721

uma velocidade de rotor maior que


4607 r/min.
Freqüência no fornecimento de energia, HM/BM/
* Espaço reservado para placa com o nome BB/WM/RPX 818
do representante

21
3.2 Transmissão de força 3 Função mecânica

3.2 Transmissão de força

G05676E1

1. Eletromotor 7. Roda helicoidal 10. Caixa para conexões elétricas e do


(Nota! Motor especial 8. Serpentina de termistor.
com termistor embutido) resfriamento para banho Para ser usado somente por pessoas
2. Acoplamento rígido de óleo autorizadas. Por motivos de segurança,
3. Eixo da roda helicoidal 9. Admissão da água de é importante durante a manutenção ter
4. Mancal superior resfriamento /descarga um interruptor de desconexão instalado
5. Eixo do rotor para serpentina visivelmente desde o separador.
6. Rosca sem fim

O motor (1) gira o rotor através do acoplamento


(2) e da engrenagem sem fim (6, 7). A engrena-
gem sem fim serve para adaptar a velocidade do
rotor à velocidade do motor. O número de rota-
ções do rotor é algumas vezes maior do que a do
motor.

22
3 Função mecânica 3.2 Transmissão de força

Os mancais no eixo vertical (5) e no eixo da roda


helicoidal (3) são lubrificados pela névoa de óleo
produzida pela roda helicoidal (7), que passa pelo
banho de óleo no cárter da engrenagem helicoi-
dal.
A engrenagem helicoidal foi desenhada especial-
mente para operar num baixo nível de ruído.
Para manter a temperatura do óleo baixa, uma
serpentina de resfriamento é instalada no cárter
da engrenagem helicoidal.
O óleo é resfriado pela água que flui dentro da
serpentina (8).
A água de resfriamento da serpentina passa
então pelos tubos externos aos selos axiais.
Água de vedação – veja “Lista de conexão” no
Manual de Instalação.
Óleo – veja “Lubrificantes” no Manual de
Manutenção & Assistência.

23
3.2 Transmissão de força 3 Função mecânica

3.2.1 Motor e partida

G0665121
Visualização de um motor CT

1. Termistores Período de partida: ligado em Y


Manobra: ligado em D

Este separador possui um acoplamento flexível,


razão pela qual o motor deve estar preparado
para suportar longos tempos de funcionamento.
Por este motivo, o separador está equipado com
um dos seguintes modelos de motor:

Motores CT
Estes motores foram projetados pela Alfa Laval
como “Motores de torque controlado” – abrevia-
damente, motores CT.
O motor tem algumas capacidades extra, quando
comparado com um motor standard trifásico com
o mesmo regime nominal de kW. Tem um melhor
isolamento, uma maior resistência do rotor e
maiores massas metálicas. Estas características
contrabalançam o aumento da temperatura do
motor na partida. Além disso, o motor dispõe de
sensores térmicos sob a forma de termistores no
enrolamento do estator. Os termistores devem
ser ligados a um dispositivo especial de disparo
no painel de partida.
A proteção de sobrecarga (i.e. na forma de relés
bimetálicos) no arranque tem que ser conectada
no circuito D. A proteção tem que estar
inoperante durante o período de aquecimento.

Motor de acionamento de freqüência


Este motor é idêntico a um motor standard
trifásico. No entanto, o longo tempo de partida é
controlado por um conversor de freqüência.

24
3 Função mecânica 3.3 Freio

3.3 Freio
Para encurtar o tempo de retardo do rotor e
portanto rapidamente passar à velocidade crítica,
o freio deve sempre ser usado quando a máquina
tiver que ser parada.
A máquina é provida com um freio pneumático,
que é acionado quando o ar comprimido

S0118411
(máx. 400 kPa) é fornecido.

3.4 Indicação de
velocidade

G0695611

1. Conta-giros
2. Sensor de velocidade para indicação remota

Conta-giros
Para verificações manuais de velocidade, a
máquina é provida com um conta-giros.
O número correto de giros por minuto para a
máquina é dada na placa de tipo e / ou na folha
de dados para o tipo de máquina em questão, ver
“Dados Técnicos” no Manual de Instalação.

25
3.4 Indicação de velocidade 3 Função mecânica

Indicação remota de velocidade (opção)


Além do conta-giros, o separador pode ser
provido com um dispositivo para indicação
remota de velocidade, mostrando o número de
giros feito pelo eixo da roda helicoidal.
A indicação remota é obtida por um instrumento
eletrônico de velocidade.
É essencial que a máquina opere na veloci-
dade correta, por motivos de segurança como
também de separação-técnica.
Velocidade – veja “Dados técnicos” no Manual de
Instalação .

26
3 Função mecânica 3.5 Descarga / admissão (separadores de fase dupla)

3.5 Descarga / admissão


(separadores de fase
dupla)

3.5.1 Bombas de descarga


As bombas são fixadas no topo do rotor e
portanto seguem sua rotação. Elas proporcionam
as pressões necessárias para a fase pesada e a
fase leve. É assumido que o separador seja
fornecido com pressão de admissão adequada.

3.5.2 Dispositivo de admissão

G0695021
A pressão de admissão requerida é obtida
diretamente do tubo de alimentação do
separador. Se necessário, uma bomba externa
pode ser localizada antes do separador.

3.5.3 Selos axiais


A conexão da admissão e da descarga até o rotor
é feita a prova de ar (hermético) por meio de
selos axiais. Existem três selos para as descar-
gas e um para a admissão.

1. Mola espiral
2. Anel ’O-ring’
3. Suporte para anel de
desgaste
4. Borracha em forma
de L
5. Anel de desgaste
6. Elemento vedante
7. Borracha em forma
de L
G0695121

Um selo axial consiste de um anel de desgaste


rotativo e um elemento vedante não rotativo.

27
3.5 Descarga / admissão (separadores de fase dupla) 3 Função mecânica

O elemento vedante e o anel de desgaste tem


que sempre ser banhados com líquido quando o
rotor roda. Os selos são portanto, fornecidos com
banho d’água através de canais especiais, e
durante o período CIP com líquido CIP.

28
3 Função mecânica 3.6 Descarga / admissão (separadores de fase única)

3.6 Descarga / admissão


(separadores de fase
única)

3.6.1 Bomba de descarga


A bomba é fixada no topo do rotor e portanto
segue sua rotação. Ela proporciona a pressão
necessária para a fase leve. É assumido que o
separador seja fornecido com pressão de
admissão adequada.

G0695011
3.6.2 Dispositivo de admissão
A pressão de admissão requerida é obtida direta-
mente do tubo de alimentação do separador. Se
necessário, uma bomba externa pode ser locali-
zada antes do separador.

3.6.3 Selos axiais


A conexão da admissão e da descarga até o rotor
é feita a prova de ar (hermético) por meio de
selos axiais. Existe um selo para a descarga e
um para a admissão.

1. Mola espiral
2. Suporte para anel de
desgaste
3. Borracha em forma
de L
4. Anel de desgaste
5. Elemento vedante
6. Borracha em forma
de L
G0695111

Um selo axial consiste de um anel de desgaste


rotativo e um elemento vedante não rotativo.

29
3.7 Selos axiais – sistema de resfriamento 3 Função mecânica

O elemento vedante e o anel de desgaste tem


que sempre ser banhados com líquido quando o
rotor roda. Os selos são portanto, fornecidos com
banho d’água através de canais especiais, e
durante o período CIP com líquido CIP.

3.7 Selos axiais –


sistema de
resfriamento
(As ilustrações neste capítulo mostram
separadores de fase dupla)

Durante os períodos de partida / separação /


parada
Durante os períodos de partida / separação /
parada, os selos são alimentados com água de
resfriamento através de conexões (2 e 3).
A água de resfriamento dos selos de descarga
descarrega através da descarga de sedimento
(4) e tubo (7). Desde os selos de admissão, a
água flui para fora através da descarga (5).
Pressão da água e fluxo – veja “Lista de
conexão” no Manual de Instalação.

1, 6 Serpentina de resfriamento para banho de óleo


2, 3 Admissão de água de resfriamento
4 Descarga de sedimento / descarga de água
de resfriamento
5, 7 Tubo indicador para água de resfriamento
9 Válvula *)
10 Válvula

*) Normalmente incluído no gabinete da unidade de


controle.

Nota: Os tubos indicadores (5 e 7 no desenho)


proporcionam um modo fácil de visualização de
que a água está sendo suprida para os selos.
Note que os tubos (5 e 7) também servirão como
um tubo indicador de vazamentos dos selos, se
houver.
G0695231

30
3 Função mecânica 3.7 Selos axiais – sistema de resfriamento

Durante separação
A água de resfriamento flui para dentro durante o
período de separação. A água de enxágüe deve
fluir através do tubo indicador (7). A água de
enxágüe deve ser clara e não deve estar desco-
lorida.

NOTA
Se a água de enxágüe estiver descolorida,
isto pode ser devido a selos axiais com
vazamentos.

Em casos de grandes vazamentos, os selos tem


que, é claro, serem inspecionados e possivel-

G0695331
mente substituídos. (Ver Manual de Manutenção
& Assistência).
Uma pequena descoloração de possíveis vaza-
mentos dos selos pode ocorrer por um breve
período, especialmente quando selos novos
foram instalados. Isto não afeta a operação da
máquina.

Durante a limpeza (CIP)


Para limpar o espaço ao redor dos selos, é
melhor puxar o líquido de enxágüe da descarga
da fase pesada, por meio de uma válvula (10).
A válvula solenóide (9) é então fechada.

G0695431

31
3.8 Rotor 3 Função mecânica

3.8 Rotor

Separadores de fase dupla


O corpo do rotor (1) e a capa do rotor (2) que
formam a carcaça do rotor são mantidos juntos
pelo anel retentor grande (3).
Dentro do rotor estão o distribuidor (4), cone
distribuidor (7) e pilha de discos (5), onde a
separação ocorre. Acima da pilha de discos está
o disco superior (6), no tubo no qual as bombas
de descarga estão montadas.
As partes pelas quais a descarga do sedimento é
feita são marcadas com um asterisco (*) na lista
abaixo. O processo de ejeção é descrito na
seção ‘‘4.1 Descrição de funcionamento” na

G0699111
página 36.

NOTA
O rotor só deve ser desmontado / montado
por pessoal com treinamento adequado.

1. Corpo do rotor
2. Capa do rotor
3. Anel retentor (grande)
4. Distribuidor
5. Discos do rotor
6. Disco do topo
7. Cone distribuidor
8. Porta de sedimentos
9. Fundo móvel do rotor*)
10. Anel de manobra*)
11. Mola*)
12. Suporte da mola*)
G0694921

32
3 Função mecânica 3.8 Rotor

Separadores de fase única


O corpo do rotor (1) e a capa do rotor (2) que
formam a carcaça do rotor são mantidos juntos
pelo anel retentor grande (3).
Dentro do rotor estão o distribuidor (4), cone
distribuidor (7) e pilha de discos (5), onde a
separação ocorre.
As partes pelas quais a descarga do sedimento é
feita são marcadas com um asterisco (*) na lista
abaixo. A função de descarga do sedimento é
descrita em outra seção deste livro, veja ‘‘4.1
Descrição de funcionamento” na página 36.
A substituição de certas partes requer que o rotor
seja reequilibrado. Tais partes são especialmente
indicadas no Catálogo Peças Sobressalentes.

G0699121
NOTA
O rotor só deve ser desmontado / montado
por pessoal com treinamento adequado.

1. Corpo do rotor
2. Capa do rotor
3. Anel retentor (grande)
4. Distribuidor
5. Discos do rotor
6. -
7. Cone distribuidor
8. Porta de sedimentos
9. Fundo móvel do rotor*)
10. Anel de manobra*)
11. Mola*)
12. Suporte da mola*) G0694911

33
3.8 Rotor 3 Função mecânica

34
4 Funcionamento de descarga
de sedimento

Conteúdo

4.1 Descrição de funcionamento 36

4.2 Compacto do módulo da água


de manobra (OWMC) 38

35
4.1 Descrição de funcionamento 4 Funcionamento de descarga de sedimento

4.1 Descrição de
funcionamento

G0569041

Rotor
1. Fundo móvel do rotor 8. Câmara de fechamento de água 13. Fornecimento de água de
2. Anel de manobra 9. Canal de abertura de água manobra do OWMC, veja
3. Portas de sedimento (descarga) ‘‘4.2 Compacto do
4. Anel de vedação 10. Bocal de drenagem módulo da água de
5. Espaço de sedimento 11. Canal de fechamento de água manobra (OWMC)” na
6. Plugues de válvula 12. Bomba centrípeta de controle página 38
7. Molas espirais

36
4 Funcionamento de descarga de sedimento 4.1 Descrição de funcionamento

A descarga de sedimento acontece por uma série de


furos (3) na parede do rotor. Entre as descargas estes furos
são fechados pelo fundo móvel do rotor (1), que constitui
um fundo interno no espaço de separação. O fundo móvel
do rotor é mantido contra um anel de vedação (4) pela água
agindo na sua parte inferior. A pressão é produzida durante
a rotação devido a força centrífuga e aumenta com a dis-
tância do eixo de rotação do rotor. A água de manobra
exerce uma pressão ascendente que excede a pressão
descendente do líquido de processo pois a parte inferior
do fundo móvel do rotor possui uma superfície de pressão
maior do que a sua parte superior.
O espaço abaixo do fundo móvel do rotor é mantido
fechado por plugues de válvulas (6) acondicionados num
anel de manobra (2). Este anel de manobra é forçado para
cima por meio de molas espirais (7). Um nível constante de
água é mantido na câmara de água de manobra (8) por
meio de uma bomba centrípeta (12).
Quando uma descarga tiver que ser feita, o ar comprimido
força o pistão no OWMC para frente. A água agora é forne-
cida em tal quantidade que a água flui por sobre a borda da
câmara de água de manobra e através do canal (9) ao lado
superior do anel de manobra.
• O anel de manobra é forçado para baixo pela pressão
do líquido criada entre o anel de manobra e o corpo do
rotor abrindo assim os plugues das válvulas e permi-
tindo que a água de fechamento sob o fundo móvel do
rotor escape.
• O fundo móvel do rotor é pressionado para baixo,
descobrindo os furos na parede do rotor para que o
sedimento seja descarregado.
• A água no lado superior do anel de manobra é drenada
por um bocal (10).
• Quando a água foi suficientemente descarregada
através do bocal, as molas espirais novamente forçam
o anel de manobra para cima, fechando os plugues das
válvulas. O fundo móvel do rotor é forçado para cima
pela alimentação de água de manobra. Portanto o rotor
é fechado.
• A água de baixa pressão é fornecida durante o ciclo
inteiro.
• A água de manobra agora aperta o pistão OWMC de
volta à sua posição final por meio da pressão da água
de manobra. A descarga é completada.
O conteúdo excessivo de sólidos e / ou minerais na água
de manobra irá perturbar, e eventualmente bloquear o
funcionamento de descarga.

37
4.2 Compacto do módulo da água de manobra (OWMC) 4 Funcionamento de descarga de sedimento

4.2 Compacto do módulo


da água de manobra
(OWMC)
Objetivo
Os sólidos podem ser retirados do rotor através
de dois volumes diferentes de descarga determi-
nados pela duração do aumento do fluxo do
líquido de operação a partir do Compacto do
Módulo da Água de Operação (OWMC), i.e., o
tempo que o rotor está sendo aberto. Os dois
volumes de descarga podem ser respectiva-
mente considerados como pequeno e grande.

Concepção
1. Válvula de retenção
2. Adaptador de duas fases
3. Cilindro de água
4. Pistão
5. Servoválvula
6. Reservatório de ar
7. Silenciador
8. Válvula agulha

375. Entrada do líquido de descarga


e compensação para OWMC

506a. Fornecimento de ar para o reservatório de ar


506b. Ar de instrumento, pequena descarga
506c. Ar de instrumento, descarga grande

A. Saída do líquido de descarga e compensação


do OWMC para o rotor

O OWMC é concebido como uma construção em


aço inoxidável composta por um reservatório de
ar (6), um cilindro de água (3) com pistão (4) e
uma servoválvula (5). O módulo está equipado
com ligações para fornecimento de ar (506a) e ar
de instrumento (506b e c).
O OWMC está também equipado com um válvula
de injeção (8) para regulação do fluxo do ar para
a descarga pequena e um silenciador (7).
G0877921

38
4 Funcionamento de descarga de sedimento 4.2 Compacto do módulo da água de manobra (OWMC)

O OWMC fornece um fluxo bi-faseado, o que


significa que o líquido circula para um sistema de
canal único em duas fases, conforme indicado na
figura seguinte. A primeira fase cria um elevado
fluxo do líquido que aciona uma descarga de
sedimentos e a segunda fase (com um fluxo
inferior) admitirá o fechamento do rotor enquanto
o líquido de fecho (compensação) é adicionado
ao rotor. O fluxo entre as duas fases é muito
reduzido.

Fluxo

Água de descarga

Água de fecho

Tempo

39
4.2 Compacto do módulo da água de manobra (OWMC) 4 Funcionamento de descarga de sedimento

Definições
Começar por ajustar o volume de descarga grande.
Proceda da seguinte forma:
1. Defina o regulador da pressão de ar (11) para
400 kPa (4 bar).
2. Inicie uma descarga abrindo a válvula solenóide
para a entrada do fornecimento de ar (506c).
3. Meça o volume descarregado.
4. Ajuste o volume descarregado alterando a pres-
são do ar comprimido. Uma pressão mais elevada
dá um volume maior. A pressão do ar pode ser
regulada entre 400 e 600 kPa (4 - 6 bar).
Continue com a descarga pequena da seguinte forma:
1. Abra a válvula de injeção (8) 3 voltas.

G0878411
2. Inicie a descarga abrindo a válvula solenóide para
a entrada do fornecimento de ar (506b).
3. Meça o volume descarregado.
O volume recomendado para uma descarga
pequena é o volume da câmara de sedimentos do
rotor indicado em “Dados Técnicos” no Manual de
Instalação.
4. Ajuste o volume de descarga regulando a válvula
de injeção. Uma maior abertura da válvula
(sentido contrário aos ponteiros do relógio)
permite um volume maior.

NOTA
Não ajuste a pressão do ar para alterar
o volume para a descarga pequena. Se o
fizer, os volumes de ambas as descargas,
grande e pequena, serão alterados.A válvula
de injeção apenas define a relação entre as
descargas grandes e pequenas.

NOTA
O rotor do separador não deve ser
descarregado com um volume muito
pequeno visto que leva ao acúmulo de
sedimentos na câmara de sedimentos, bem
como no conjunto de discos, originando
problemas na eficácia de separação.

40
5 Instalação e primeira partida

Conteúdo

5.1 Preparativos 42

5.2 Antes da primeira partida 43

5.3 Primeira partida 44

5.4 Operação 44
5.4.1 Processo de descarga 45
5.4.2 Limpeza 45
5.4.3 Separação 46
5.4.4 Operação 46

5.5 Parada 46

41
5.1 Preparativos 5 Instalação e primeira partida

5.1 Preparativos
1. Prepare a máquina (sem o rotor) conforme as
instruções de instalação.
2. Lave completamente a tubulação para
remover quaisquer resíduos tais como
lascas, gotas de solda, etc.

NOTA
Toda tubulação tem que ser desconectada
do separador.

3. Verifique as funções da água de manobra e o


fluxo da água de manobra conforme abaixo.
Verificando o fluxo da água de manobra.
Quando a água de manobra é alimentada (375*)
água deve esguichar pelos furos nos jatos fracos.
Durante a operação não haverá consumo de
água quando a pressão for inferior a 50 kPa
(0,5 bar).
Na descarga, a água deverá esguichar pelos
furos nos jatos potentes.
4. Certifique-se de que a quantidade de fluxo da
água corresponde aos dados no “Lista de
conexão” no Manual de Instalação :
− Água para o resfriador do óleo
lubrificante 409*.
− Água para descarga 375*.
G0665911
− Água para resfriamento das partes da
armação 405* e 406*.

NOTA
A pressão na conexão 405* e 406* não deve
ser maior do que 50 kPa. Risco de deforma-
ção da capa da estrutura e contato com
partes rotativas.

NOTA
Descarga 406* e 464* tem que ser abertas.
Nenhuma restrição é permitida.

*) Os números referem-se a “Lista de cone-


xão” no Manual de Instalação.

42
5 Instalação e primeira partida 5.2 Antes da primeira partida

5.2 Antes da primeira


partida
• Coloque cerca de 13 litros de óleo lubrificante

S0117811
do nível correto dentro do cárter de engrena-
gem helicoidal – consulte “Lubrificantes” no
Manual de Instalação.
• Verifique o óleo (aprox. na metade do visor
de vidro). Esteja atento de que uma quanti-

S0117911
dade muito pequena de óleo pode permane-
cer no canto inferior do visor de vidro mesmo
quando o cárter da engrenagem for esvazi-
ada de óleo.
• Monte o rotor e as partes de admissão e
descarga conforme descrito no Manual de
Manutenção & Assistência.
• Certifique-se de que os parafusos da capa da
estrutura foram apertados.

S0118021
• Certifique-se de que os parafusos para a
centragem do anel e descargas foram
apertados no torque correto. Veja o Manual
de Manutenção e Assistência.

S0118111
• Certifique-se de que os parafusos do
dispositivo de admissão foram apertados.
• Verifique se a água e o ar estão sendo
fornecidos ao painel de controle.
Certifique-se de que a água de resfriamento está
sendo fornecida ao separador.
Verifique
(1) – desde o selo do dispositivo de admissão
(2) – desde os selos de descarga superiores
(somente separadores de fase dupla, veja
a figura)
(3) – desde o selo inferior de descarga
(em operação).
G0699221

43
5.3 Primeira partida 5 Instalação e primeira partida

5.3 Primeira partida


• Dê a partida na máquina.
• Verifique o sentido de rotação (ver o conta-
giros).

S0118211
NOTA
Na troca para D a amperagem aumentará Conta-giros
consideravelmente, mas cairá rapidamente
ao nível de marcha lenta contanto que o
motor esteja conectado corretamente. Se a
amperagem permanecer no nível alto, o
motor foi conectado erroneamente. Pare
o motor imediatamente.

• Quando o rotor atingir a velocidade operacio-


nal, verifique a leitura do conta-giros. Para
detalhes de velocidade, veja “Dados técni-
cos” no Manual de Instalação .
O rotor está agora fechado (contanto que a
água de execução tenha sido fornecida
durante o período de aquecimento).
• Certifique-se de que as válvulas nas
descargas estão abertas.

5.4 Operação
• Com o rotor fechado, forneça água ao rotor
(ligue a bomba de alimentação).
• Certifique-se de que a pressão de admissão
de separação é adequada e o rendimento
correto. Em seguida verifique as pressões de
descarga, veja “Seleção do impulsor de
descarga (separadores de fase dupla)” no
Manual de Instalação.
• Desligue a água de resfriamento para os
selos axiais.

NOTA
É importante ter fluxo de líquido através do
rotor.

44
5 Instalação e primeira partida 5.4 Operação

• Verifique se o rotor está bem fechado –


nenhuma água na descarga do ciclone.
• Desconecte os tubos para água de resfria-
mento aos selos da descarga. Verifique a
possibilidade de vazamento destes. Vaza-
mentos grandes não devem ocorrer. Peque-
nos vazamentos podem ser deixados sem
corrigir temporariamente. Alguns selos preci-
sam, como regra, de um certo prazo de ama-
ciamento.
• Conecte os tubos para água de resfriamento.
• Abra novamente a alimentação de água de
resfriamento.

5.4.1 Processo de descarga

AVISO

Líquido ejetado em alta


velocidade

S0118311
Assegure-se de que nenhuma descarga de
sedimentos ocorre quando abrir a tampa do
ciclone. Use óculos de segurança.

• Desconecte o tubo do ciclone como também


da mangueira de lavagem da tampa de
sedimento.
• Determine as definições do Módulo de Água
de Manobra para alcançar os volumes de
descarga desejados, veja “Descrição da
Interface, descrição da peça e processa-
mento de sinal” no Manual de Instalação.
• Inicie uma grande descarga. Se o rotor abrir,
fechar e depois abrir novamente (chamado
de dupla descarga), ajuste a pressão de ar
até obter o volume desejado. Finalmente,
ajuste a válvula-agulha para obter uma des-
carga pequena adequada.
• Afixe o tubo de descarga do ciclone e o tubo
de lavagem da tampa de sedimento.

5.4.2 Limpeza
• Complete o programa de limpeza. Verifique
se a solução de lavagem está escorrendo
pelos selos axiais.

45
5.5 Parada 5 Instalação e primeira partida

5.4.3 Separação
• Fornecer líquido de processo.
• Verifique a pressão de admissão, veja “Sele-
ção do impulsor de descarga (separadores
de fase dupla)” no Manual de Instalação.
• Ajuste as pressões de descarga, veja “Sele-
ção do impeler de descarga (separadores de
fase dupla)” no Manual de Instalação.

5.4.4 Operação
• Verifique o rendimento. Faça um ajuste final
das pressões de admissão e de descarga.
• Certifique-se que nenhum ar está sendo
sugado para dentro do tubo de alimentação
via, por exemplo, um tanque de equilíbrio, se
equipado. Este deve sempre ser mantido
cheio. O líquido de processo deve fluir igual-
mente no rotor sem borbulhar.
Depois que a separação tiver sido completada,
prossiga com o programa de limpeza. Desmonte
o rotor e verifique a limpeza 3 – 4 dias depois da
primeira operação com o produto.

5.5 Parada
O sistema de controle aciona o freio ao parar o
separador.
Água de resfriamento para os selos axiais e ar
para o freio serão desligados automaticamente
depois que o rotor parar.
S0118411

PERIGO

Perigo de aprisionamento

Certifique-se de que as partes rotativas


pararam completamente antes de iniciar
qualquer trabalho de desmontagem.
O conta-giros indica rotação do separador.

46
6 Limpeza

Conteúdo

6.1 Verificação da limpeza 48


6.1.1 Pressão do disco 49

47
6.1 Verificação da limpeza 6 Limpeza

6.1 Verificação da
limpeza
O rotor deve ser desmontado e a limpeza
verificada aproximadamente 3 – 4 dias após a
primeira operação com líquido de processo.

G0695811
Repetir a verificação após 14 dias. Se os
resultados forem favoráveis, o rotor pode ser
deixado intocado até que uma pequena revisão 1. 1a passada com líquido de processo
seja necessária, que normalmente deve ser feita 2. 1a inspeção
depois de aproximadamente 3 mêses. 3. 2a inspeção
4. Inspeção de rotina
5. 3-4 dias
6. 14 dias
7. Aprox. 3 mêses

Inspecione todos os discos. O lado superior


como também o lado inferior de cada disco tem
que estar brilhante. Discos engordurados e
resíduos de sedimento nos discos indicam uma
limpeza ruim.

G0695921
NOTA
Um filme acinzentado (mas não contendo
resíduos do líquido de processo) também
pode ocorrer nos discos se a lixívia foi
circulada depois do ácido. Para remover o
filme, recomenda-se uma passada extra com
ácido por 10 minutos.

Se o rotor apresentar com uma limpeza ruim,


verifique a temperatura e as concentrações do
ácido e da lixívia. Corrija qualquer desvio dos
valores recomendados. Não tire amostras da
G0696021

concentração somente uma vez, mas preferen-


cialmente 5 ou 6 vezes em intervalos regulares
durante o ciclo inteiro da limpeza. Desta forma,
qualquer flutuação na concentração pode ser
verificada.

48
6 Limpeza 6.1 Verificação da limpeza

6.1.1 Pressão do disco


Num rotor fechado a pressão do disco pode
diminuir com o tempo de forma que os discos
individuais não estejam estáveis, apesar da
marca no anel retentor estar diretamente
alinhada à marca correspondente na capa do
rotor. Uma operação ruim (vibração) do rotor
pode ser o resultado. Se for, um ou mais discos
devem ser adicionados à pilha de discos. Discos
extras tem que ficar localizados debaixo dos
discos com calços espessos. Veja a descrição no
Manual de Manutenção & Assistência.

NOTA
Compressão insuficiente da pilha de discos
pode afetar o equilíbrio do rotor, causando
uma vibração anormal da máquina.

49
6.1 Verificação da limpeza 6 Limpeza

50
7 Rotina operacional

Conteúdo

7.1 Pontos de verificação 52


7.1.1 Antes da partida 52
7.1.2 Partida e aceleração 52
7.1.3 Separação 53
7.1.4 Limpeza 53
7.1.5 Parada 54

51
7.1 Pontos de verificação 7 Rotina operacional

7.1 Pontos de verificação

G0764811
7.1.1 Antes da partida
1. Verifique se os parafusos gancho da des-
carga, os parafusos da capa da estrutura e o
anel centralizador estão todos apertados.

S0118021
2. Verifique se o dispositivo de admissão está
apertado.

3. Verifique o nível de óleo. S0118111


S0117911

7.1.2 Partida e aceleração


4. Ligue o separador. ON
OFF START
S0121111

5. Verifique o sentido de rotação do rotor


(ver conta-giros).
S0118211

52
7 Rotina operacional 7.1 Pontos de verificação

6. Verifique se a água flui da serpentina de


resfriamento e nos selos axiais.

S0120911
PERIGO

Vibração anormal da máquina


durante o aquecimento pode
ser devido a uma montagem

S0055611
errada ou uma limpeza ruim
do rotor.
Se assim for, pare a máquina
imediatamente e inspecione
o rotor.

7. Selecione o modo produção quando o


separador estiver pronto para produção.

S0121011
7.1.3 Separação
• Verifique se a máquina possui pressões
corretas de admissão e de descarga.
• Verifique o rendimento.
• Certifique-se de que o ar não está sendo
sugado para dentro da linha de alimentação.

7.1.4 Limpeza
A limpeza da máquina depois da separação é
imperativa.
8. Quando enxagüar com água, coloque o
seletor de programa em “CIP ÁGUA”. As
descargas agora seguirão em intervalos pré-
S0121011

determinados.
Quando lavar com detergente, coloque o
seletor de programa em “CIP LIXÍVIA /
ÁCIDO”. As descargas agora ocorrerão em
intervalos pré-determinados.
Verifique se o detergente está fluindo dos
selos axiais.
Para efetuar uma ejeção manual, aperte o
botão para ejeção (descarga de sedimento).

53
7.1 Pontos de verificação 7 Rotina operacional

7.1.5 Parada
Não pare o separador sujo, o que fará com que
uma limpeza manual tenha que ser feita antes da
partida.
O rotor tem que estar fechado e cheio de líquido
durante o período de desaceleração. A água é
alimentada para os selos axiais automaticamente
até que o rotor tenha parado.
9. Pare o separador.
O freio é energizado automaticamente. A água de

S0050111
resfriamento é desligada e o freio é automatica-
mente desengatado quando o rotor tiver parado.

AVISO

Não solte nenhuma parte da


máquina até que o rotor
tenha parado completa-

G0246241
mente (= o conta-giros está
parado).

PERIGO

Parada de emergência

Se a máquina começar a vibrar durante a


operação, pare-a imediatamente mantendo
o rotor cheio com líquido.

54
8 Detecção de problemas

Conteúdo

8.1 Função mecânico 56

8.2 Funcionamento de descarga de


sedimento 59
8.2.1 Avarias relacionadas com o OWMC 60

8.3 Selos axiais 61

55
8.1 Função mecânico 8 Detecção de problemas

8.1 Função mecânico


(exceto o funcionamento de
descarga de sedimento e selos
axiais)
Durante a partida, as seguintes funções são
desconectadas: proteção de sobrecarga (relé
bimetal) e proteção de sobrecorrente (quando
conexão estrela).

Indicação Causa Ação


Partida
Nenhuma voltagem de Falha de fonte de alimentação. Ache o defeito. Troque ou
controle Fusíveis no painel de controle rearme o fusível
estouraram ou dispararam
Motor do separador não dá Relé termistor não está Verifique. Conserte
partida operando
Relé termistor disparado antes Motor quente demais.
da partida Veja abaixo
Cheiro de queimado Freio não desengatado Verifique a pressão de ar para
o freio
Motor errado ou defeito do Trocar ou reparar o motor
motor
Motor para durante a partida Relé termistor dispara durante Remover a tampa do motor.
devido a superaquecimento repetidas partidas do motor Deixe o motor resfriar (pelo
menos 3 horas – se nehum
ventilador extra estiver
resfriando)
Período longo de partida Relé no arranque não mudou Verificar a definição do relé
anormal de estrela para delta
Período longo de partida Produto admitido cedo demais Verifique. Conserte
anormal ou corrente de Voltagem de alimentação Verifique. Conserte
partida muito alta baixa demais
Defeito do motor Verifique. Conserte
Período curto de partida Relé no arranque mudou de Verificar a definição do relé
anormal estrela para delta cedo demais
Sobre-voltagem da fonte de Verifique. Conserte
alimentação
Defeito do motor Verifique. Conserte

56
8 Detecção de problemas 8.1 Função mecânico

Indicação Causa Ação


Barulho e possivelmente Rolamento de esferas Verifique e troque o rolamento
vibração danificado
Eixo helicoidal muito gasto Troque o eixo e a roda
helicoidal
Ajustes de altura da bomba Ajustes corretos, veja Manual
centrípeta estão errados de Manutenção
Montagem incorreta Veja Manual de Manutenção
Pare o separador com água ou produto e descubra a causa
Vibração Rotor desequilibrado devido a: Pare imediatamente e
Má limpeza – montagem descubra a causa. Um aperto
incorreta – anel retentor mal insuficiente do anel retentor
apertado – pilha de discos não pode ser um risco à vida.
apertados suficientemente – Desmonte, limpe e remonte.
rotor montado com partes de (Veja Manual de Manutenção
outros rotores – desequilíbrio & Assistência)
estático
Vibração moderada em velocidades críticas durante os períodos
de partida e de parada é normal
Operação. CIP
Máquina vibra (alarme de Rotor desequilibrado devido a Estabelecer a causa na
vibração) má limpeza – montagem próxima parada
incorreta – anel retentor mal
Nível baixo apertado – rotor montado com
partes de outros rotores – lado
pesado
Amortecedores de vibração
desgastados
Fundação fraca demais
Rolamentos danificados ou
desgastados.
Superaquecimento
Máquina vibra (alarme de Rotor desequilibrado devido a Pare imediatamente com o
vibração) má limpeza – montagem rotor cheio de líquido,
incorreta – anel retentor mal absolutamente sem descarga,
Nível alto apertado – rotor montado com e estabeleça a causa. O anel
partes de outros rotores – lado retentor mal apertado pode
pesado envolver perigo fatal
Amortecedores de vibração Pare imediatamente como
desgastados acima. Troque
Fundação fraca demais Pare imediatamente como
acima. Reforce a fundação
Rolamentos danificados ou Pare imediatamente como
desgastados. acima.
Superaquecimento Substituir

57
8.1 Função mecânico 8 Detecção de problemas

Indicação Causa Ação


Velocidade baixa demais Rolamentos danificados ou Pare imediatamente como
desgastados. acima.
Barulho Superaquecimento. Substituir
Cheiro
Motor superaquecido Mau resfriamento Conserte
Velocidade alta demais Freqüência da fonte de Verifique. Conserte
alimentação alta demais
Defeito do motor Verifique. Conserte
Velocidade baixa demais Queda de voltagem da fonte Verifique e conserte o defeito
de alimentação
Rotor aberto = sobrecarga do Veja ‘‘8.2 Funcionamento de
motor. Rotor vazando descarga de sedimento” na
página 59
Água no cárter das Condensação
engrenagens helicoidais Vazamento da serpentina de Troque ou repare a serpentina
óleo de resfriamento
Parando
Tempo de frenagem curto Pressão do ar no freio é alta Verifique. Conserte
demais demais
Rotor está vazando Veja ‘‘8.2 Funcionamento de
descarga de sedimento” na
página 59
Defeito do motor Verifique. Conserte
Defeito no dispositivo Verifique. Conserte
impulsionador
Tempo de frenagem é longo Lona de freio desgastada ou Troque ou limpe
demais oleosa
Pressão do ar ao freio é baixa Verifique. Conserte
demais ou alimentação de ar
não foi ligada
Vibração moderada nas velocidades críticas durante a partida e
parada é normal

58
8 Detecção de problemas 8.2 Funcionamento de descarga de sedimento

8.2 Funcionamento de
descarga de
sedimento
Indicação Causa Ação

O rotor não ejeta ou o Bolhas de ar na tubulação Retire todo o ar do sistema


volume é pequeno demais entre o OWMC e o separador

Vazamento da água de mano- Troque os selos


bra através dos plugues de
válvulas no anel de manobra
ou anel de vedação no fundo
móvel do rotor

Quando os intervalos entre as Descarregue duas vezes para


descargas são longos (≥ 1 h) o voltar o sistema ao volume
mecanismo operacional pode normal
travar

Pressão operacional incorreta Corrija


e ajuste de tempo

O rotor não fecha Nenhuma água no tanque de Verifique a alimentação de


água de manobra ou a água. Ajuste a pressão ao
pressão da válvula redutora é valor máximo (aprox. 70 kPa)
insuficiente mas evite vazamento
(máx. 50 l/h)

Os plugues de válvula no anel Troque os plugues de válvula


de manobra vazam

O anel de vedação no fundo Troque o anel de vedação


móvel do rotor vaza

Impurezas sob o fundo móvel Limpe


do rotor

Agarramento no cubo do rotor Conserte conforme as


instruções para manutenção

O anel de vedação da capa do Troque o anel de vedação


rotor vaza

O volume de descarga Isto pode ocorrer se vaza- Opere o separador com uma
aumenta mento da água de manobra pressão de água constante
aumentar devido ao reajuste
da pressão da água de
manobra

59
8.2 Funcionamento de descarga de sedimento 8 Detecção de problemas

8.2.1 Avarias relacionadas com


o OWMC
Indicação Causa Ações corretivas Página
O rotor não ejeta ou o A válvula de injeção para Ajustar o estrangulamento 40
volume é pequeno definição da descarga está
demais muito estrangulada
A pressão de ar para Ajustar a pressão de ar 40
definição da descarga
grande está muito baixa
Nenhum fornecimento ou ar Verificar o fornecimento de –
de sinalização para o ar
OWMC
Válvula de retenção avari- Verificar o funcionamento –
ada no tubo de alimentação da válvula de retenção
da água de operação antes
da entrada do OWMC
O pistão do OWMC não Impurezas na água ou ar Seguir cuidadosamente as 1)
retorna à sua posição que aumentam a fricção instruções para a quali-
inicial ou retorna muito entre o pistão e o cilindro dade da água e do ar
lentamente
Limpar e lubrificar o pistão 2)
e cilindro com
GLEITMO 1821V
Pressão da água de opera- Verificar a pressão da água 3)
ção muito baixa no tubo de de operação
alimentação antes do
OWMC
O silenciador para a saída Substituir o silenciador –
de ar no OWMC está
entupido
Válvula de retenção avari- Verificar o funcionamento –
ada no tubo de alimentação da válvula de retenção
da água de operação antes
da entrada do OWMC
O volume de descarga é Vedação defeituosa para o Substituir a vedação 2)
muito grande adaptador de duplo impulso pos. 8
Pressão muito alta do Reduzir a pressão de ar 40
fornecimento de ar (506a)
O rotor não fecha após a Bico entupido montado no Limpar o bico 2)
descarga de sedimentos adaptador de duplo impulso

1) Ver Manual de Instalação


2) Ver “Módulo da água de operação
(OWMC)” no Manual de Manutenção
e Assistência
3) Ver Manual de Instalação, “Lista de
conexões”, conexão 375

60
8 Detecção de problemas 8.3 Selos axiais

8.3 Selos axiais


Indicação Causa Ação
Produto descarregando Rotor está aberto ou mal Veja ‘‘8.2 Funcionamento de
através da descarga do fechado descarga de sedimento” na
ciclone durante a operação página 59
(separadores de fase dupla)
Selos de descarga estão com • Remover tubos (1) e (6).
vazamentos
• Verificar vazamentos em
(2) e (7).
• Vazamento da fase leve –
selo (4) vazando.
• Vazamento da fase pesada
– selo (5) vazando.
• Vazamento da fase pesada
na descarga do ciclone –
selo axial (3) vazando.

G0699311
Troque o selo defeituoso.
Veja também abaixo.

Produto descarregando Rotor está aberto ou mal Veja ‘‘8.2 Funcionamento de


através da descarga do fechado descarga de sedimento” na
ciclone durante a operação página 59
(separadores de fase única)
Selo da descarga está • Retirar tubo (2).
vazando
• Vazamento do produto na
descarga do ciclone – selo
axial (1) vazando.
Troque o selo defeituoso. Veja
também abaixo.
G0699321

Produto flui da descarga de Selo de admissão está Troque o selo. Veja também
água da admissão vazando abaixo

61
8.3 Selos axiais 8 Detecção de problemas

Indicação Causa Ação


Selos com vazamento Desgaste normal –
O separador foi acionado sem Selos nunca devem ser
contato entre os selos e o acionados secos. Sempre
líquido verifique se o líquido é
alimentado aos selos
Depósitos formaram nos selos Ajuste o programa de limpeza
devido a um programa
insuficiente de limpeza
O rotor está desequilibrado* Veja ‘‘ Máquina vibra (alarme
de vibração)” na página 57
A capa da estrutura não está Ajuste o anel centralizador
centralizada em relação ao
tubo de descarga*
Altas pressões de descarga do Os selos axiais não devem ser
produto (por exemplo, devido a sujeitos a pressões acima de
um conduite de descarga ter 600 kPa (6 bar).
sido fechado acidentalmente)
* Não se refere ao selo de admissão

62