Vous êtes sur la page 1sur 18

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018

Nota do tradutor

Essa é uma tradução livre que estou fazendo para meu acervo pessoal, e estou
escrevendo isso pensando na possibilidade deste arquivo cair em alguma das trilhões
de pastas que eu tenho pelo computador, e não lembrar como consegui a tradução (que
julgarei bastante “porca” por sinal).

Caso você que está lendo isso não seja eu, saiba que talvez isso seja crime, você não
deveria estar lendo isso. Por mim tudo bem, você pode ficar à vontade para ler o
quanto quiser, mas quando os caracinzas entrarem pela sua janela a gente fala que você
baixou de uma nuvem de um servidor que fica na Rússia.

Victor Vieira

Rio de Janeiro, Brasil - 02 de fevereiro de 2018

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


Khaos Magick & Urban Shamanism
(Khaos Magick e Xamanismo Urbano)

Escrito por Frater Sheosyrath


Editado por Frater Alysyrose

Traduzido por Victor Vieira (Tradução para o idioma Português-BR)

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


KHAOS MAGICK & URBAN SHAMANISM
O Dom da Consciência
By Frater Sheosyrath (-∞°, 5°)

Khaos, nos termos mais básicos, é a substância energética que mantém o multi-
verso cósmico. Em termos não tão básicos, é conhecido como "a partícula de deus", o
subconsciente universal, o abismo, o vazio, a web, a força, o pó, etc. Há algumas
especulações entre nós sobre se a matéria escura ser ou não o material de representação
do Khaos.

Seção I: A Experiência do Khaos


Subsecção A: Esboço

Tese

1. O Multi-verso cósmico é infinito.


2. O verso multi-cósmico é unido por uma consciência consciente universal
compreendendo energia.
3. A maior funcionalidade da mente subconsciente está diretamente ligada a essa
consciência consciente universal.
4. A comunicação com essas partes da nossa mente através de várias técnicas
promove nossa compreensão da realidade.

Objetivos

1. Manipule os estados de consciência em que o cérebro funciona.


2. Toque no circuito intuitivo subconsciente para iniciar a comunicação com a
consciência consciente universal.

Subsecção B: Teoria básica

Véus de Existência (Véus de Existência Negativa)

1. Ein (Ain) - Nada (Vazio)


2. Ein Sof (Ain Soph) - Nada Infinito (Vazio Infinito)
3. Ein Sof Or (Ain Soph Aur) - Luz Infinita (Luz Ilimitada)

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


DEFINIÇÕES: "Ein Soph ou Ayn Sof (hebraico ‫סוף אין‬, literalmente" sem fim ",
denotando "ilimitada" e / ou "nada"), é um termo cabalístico que geralmente se refere a
um estado abstrato de existência que precede a Criação de Deus do universo limitado.
Este Ein Sof, tipicamente referido em figurativo como a "luz de Ein Sof" ("Ou Ein Sof"),
é a emanação mais fundamental manifestada por Deus. O Ein Sof é o material base da
Criação que, quando focada, restrita e filtrada através da sefirot, resulta no universo
dinâmico criado ".

Tese

1. Os véus de existência negativa hebreus, os estados que estão acima de Kether,


são sinônimo de Khaos.

Seção II: O Dom da Consciência


Subsecção IIA: Acelerando a Progresso da Consciência Universal

Tese

1. Através da aplicação da Teoria Pós-Meta-Paradigmática na esfera da realidade,


podemos tentar acelerar a progressão da consciência humana para novos níveis
e estados nunca antes experimentados.
2. Os mecanismos de Khaos Magick podem ser usados em conjunto para navegar
esses novos níveis de consciência, explore seu uso na praticidade.
3. O resultado que decorre da exploração da psique e da realidade como um todo
de forma individual é a evolução microcósmica da consciência.
4. Através da facilitação da evolução microcósmica da consciência humana, uma
evolução macrocósmica da humanidade como um todo pode ser realizada.
5. Para que isso ocorra, a maioria da raça humana deve facilitar ativamente a
evolução de suas consciências.

Objetivos

1. Para facilitar a evolução microcósmica da consciência através do uso de Khaos


Magick e suas práticas associadas.
2. Para criar mais facilitadores para perpetuar o processo evolutivo.
3. Para proliferar a noção de que a progressão acelerada da consciência na
humanidade como um todo é o que é necessário para a evolução macrocósmica.

"É falado do Sephiroth, e dos Caminhos, dos Espíritos e Conjurações, dos Deuses, Esferas,
Planos e muitas outras coisas que podem ou não existir. É imaterial se eles existem ou não. Ao
fazer certas coisas, certos resultados seguem, os alunos são advertidos com seriedade contra a
atribuição de realidade objetiva ou validade filosófica a qualquer um deles ". - Aleister Crowley

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


KHAOS MAGICK & URBAN SHAMANISM
Contemple a Raiz
By Frater Sheosyrath (-∞°, 5°)

O tipo de Khaos com quem desejamos trabalhar pode ser encontrado dentro de
um conceito que supostamente nasceu com os antigos gregos. Neste contexto, Khaos é
a água primordial, o primeiro nada que deu nascimento cataclísmico a tudo dentro e
sem existência. Khaos é de onde os primeiros Deuses saíram; Khaos é o vácuo do
espaço e a força invisível segurando as partículas subatômicas. Khaos é o cosmos, tudo
e nada - claramente. Existe alguma força mais poderosa? Não pode haver, pois
qualquer outra força seria dentro do fluxo do Khaos, pois tudo está abrangente. Toda
Magick é do Khaos.

Do Khaos veio a carne, a forma, a estrutura, o fogo e a vontade. A carne é o portal


através do qual podemos interagir com o sublime refluxo e maré do Universo. A carne
também é o agente da mudança; evolução. Dentro do conhecimento de Khaos vem
primeiro o conhecimento da escuridão, o ovo preto - desafie-se e esquece o que você
conhece. Você é o ponto central: abaixo de você é vida, a mãe terra e acima de você é o
vazio infinito.

Nós chegamos até a forma Khaos, quanto mais podemos ter? Mergulhar de volta ao
limo primordial da criação e usá-lo para promover nossa evolução pessoal nos diz que
retornar à unidade é simplesmente um meio e não um objetivo. Esforce-se para coisas
mais elevadas! No abismo eu digo! Acima! Para o abismo! Não há corrente que
permaneça intacta!

Você pode então se tornar o Xamã, o navio da criação. Você pode entrar nos Khaos e
percebê-lo, e disso pode entrar na multidão de outros mundos. Você está entre os
mundos. Seus pensamentos são aqueles da mente de Deus. Você deve aprender a criar
o Universo ao seu redor, primeiro se recriando. Olhe para dentro, e você encontrará as
respostas para as perguntas de fora.

O que é Khaos Magick? É simples. Intenção + Ação(s) = Reação(s). Com isso, toda ação
se torna uma ação mágica, uma ação divina - todo movimento, um ato de criação.
Como disse o meu bom amigo e colega Alysyrose, "toda magia é a mesma, projetada

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


através de diferentes máscaras". Assim, essa é a verdadeira magia do adepto, liberada de
dúvidas e argumentos. O mar da possibilidade é infinito.

O objetivo principal é a evolução, a atualização da psique humana. Isso pode significar


muitas coisas diferentes, e isso é encorajado. Toda a forma de interpretação da
evolução está correta. A evolução é crescimento, mudança e transcendência. Este é o
único objetivo unificador. Khaos Magick é a forma mais estranha da magia, desprovida
de qualquer forma ou limitação. Qualquer sistema pode ser aplicado, qualquer modelo
pode ser usado. A água primordial pode tomar qualquer forma.

Auto-Destruição & Re-Criação

Quando você nasce, você é criado por sua percepção das pessoas ao seu redor.
Uma criança não tem sentido de si mesma, nem consciência de ser. Outros criam você.
O ambiente, as pessoas ao seu redor, o que as pessoas pensam de você, essas coisas
alimentam seu cérebro desde o momento em que você sai. Você não acha que seria em
seu benefício destruir tudo isso e reconstruir?

Antes que você possa se recriar verdadeiramente, você deve destruir aquele que já está
lá. Isso serve para limpar a ardósia por assim dizer. Tenho notado, entre os meus
experimentos, que quando uma pessoa está sujeita a todo o conhecimento que podem
ganhar do Khaos, e o próprio Khaos, suas mentes começam a se confundir. Eles ficam
confusos, atordoados e não sabem o que pensar. Isso normalmente não dura muito
enquanto a informação subconscientemente afunda e uma espécie de força destrutiva
os rasga, deixando-os deliciosamente vazios e vácuo. Eles geralmente nunca são os
mesmos. Tenho muitos estrangeiros percebendo isso, que quando eu sujeito alguém às
minhas informações, eles mudam, não importa se eles ouvem ou não.

O próximo passo é simples. Abrace os Khaos dentro de seu ser. Alcance sua mente e
veja os Khaos emanando tudo ao seu redor - entre no fluxo. Torne-se o criador, torne-
se decadência, libe-se, torne-se mais rápido, mais forte, permita que os Khaos
fortaleçam sua mente; tornar-se, MAS ANTES: "Eu estou além do seu Deus".

Khaos é o idioma da Magick.

Magick é a linguagem do Universo, cante para ele, e será para você.

* KHAOS - Simplesmente uma expansão sobre a idéia inicial de "caos espiritual", ou o que quer
que eles chamem hoje em dia. Eu não poderia continuar chamando de caos. O caos é uma
palavra inglesa que denote a desordem. Eu podia ver que a desordem não era preocupante para
o fluxo, pois é simplesmente uma percepção do fluxo. Se você não consegue ver o padrão, não
está lá. Tudo tem padrão, até Khaos. KHAOS é uma força; na verdade, não há uma maneira
melhor de descrevê-lo. Chamar isso de matéria escura é muito presuntuoso; no entanto, acho
que tem algo a ver com energia de ponto zero. Mesmo os wiccanos pensam que esta é a "energia
que mantém tudo em conjunto", e é um enigma bem conhecido no circuito da ciência quântica.
A maior parte do espaço em um átomo, em qualquer massa sólida para esse assunto, é vazio.
Espaço vazio que parece manter a forma, e é sólido sob as pontas dos dedos.

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


* KHAOS Magick - Quando um xamã fecha os olhos e desliza no mundo espiritual, ele está em
casa. É aqui que sua magia é principalmente pré-formada, onde consome seus espíritos e guias;
conhecido como nossa mente subconsciente. Eu gosto de seguir isso e escorregar para o KHAOS
quando eu fechar os olhos, da mesma forma que um xamã faria. Eu me chamo de Xamã do
Khaos porque meu trabalho não é mais elaborado que o de qualquer médico popular. Eu fui
treinado em magia cerimonial, hermética, paganismo ... mesmo os meus sigilos não me levam à
mente.

* Intenção + Ação(s) = Reação(s) - Magick tem tantas definições que chega à ser nojento. Para
trazer mudanças de acordo com a vontade, para fazer isso, para fazer aquilo, para fazer meu
café, para me colocar no chão. Bem, a magia, para mim, é muito, muito simples. Magick é a
execução da fórmula magicka. A fórmula magicka também é muito simples e pode ser aplicada
em todas as escolas imaginárias imagináveis. Intenção + Ação = Reação. O que mais existe para
isso? Nada realmente. Intenção e ação, para cada ação, há uma reação igual, porém oposta.
Então, boa magia está apenas recebendo a reação que você quer de sua intenção e ações. O que
significa, crianças, lembrem-se, a reação é a parte importante. Não é a intenção. Quem se
preocupa com sua intenção, desde que sua reação seja aquela que você está procurando.

KHAOS MAGICK & URBAN SHAMANISM


O Caminho de Menor Resistência

Hoje me perguntaram se o caminho da menor resistência significa que você


acompanha o que todos estão fazendo. Quando pensei nisso, percebi como isso poderia
ser tomado como tal. No entanto, é assim que se pode perceber a "resistência". A visão
da sociedade assume coisas de natureza oculta que levaria a acreditar que isso é
"resistência" e o caminho menos resistente significa acompanhar o sistema. No entanto,
as opiniões dos outros não têm efeito na mente do Xamã, e o caminho menos resistente
é definido em seu microcosmo. O caminho de menor resistência está indo e fluindo
consigo mesmo, não importa o que. Nós seguimos Khaos, somos Khaos, e seguimos a
nós mesmos. Você está mudando, estou mudando, todos estamos mudando por
dentro.

“Você não pode ver a luz, embora você enfrente o sol."

Algumas palavras desencadearão certos atos, e alguns atos irão desencadear certos
estados. Alguns estados desencadearão certos pensamentos. A reprogramação mental
sempre foi alta na agenda do Khaos. Os seres humanos são programados, como se
fossem um modelo da sociedade - estúpido, ignorante e irritante. Todos nós temos
nossas falhas, mas a maioria é pior do que outras. Todos caímos pelo deus do

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


momento; descendências de super demoníacas correndo selvagem e abaixo e ... Bem, é
hora de mudar a forma como as mentes de nossos filhos trabalham. Eles são tão
bonitos, por que os arruinamos? Com cada momento que passa, nosso mundo se
aproxima da queimada iminente que ela deve trazer sobre si mesmo, então faça um
favor e contribua para a revolução agora. Seremos tudo o que resta quando este turno
for dito e feito.

A ATOMOSPHERE (nota do tradutor: Traduzindo para o português fica como “atomosfera”, mas é
um nome próprio, então vamos respeitar a ortografia de origem) - A Atomosphere é uma
representação do primeiro conceito do KHAOS. Nada infinito (a estrela do caos) dá origem a
tudo finito (o átomo). Pode ser usado como um dispositivo de gravação, uma ferramenta de
comunicação entre membros e / ou janela no multiverso. O conhecimento oculto pode ser
alcançado olhando fixamente nele durante horas a fio através da meditação, e nós encorajamos
cada membro a fazer um dos seus próprios sob a forma de uma esteta pintada para ser colocada
na vanguarda do espaço ritual.

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


No Pós-Meta-Paradigma
Uma colaboração de Frater Alysyrose (-11 °, 5 °)

O IOT ganhou fama pela frase "nós mudamos" ao lado de "Nada é Verdadeiro". Isso
faz algum sentido, pois a única maneira de manter uma mudança constante é a "meta-
crença" de que Nada é Verdadeiro (Tudo é permitido). Assim, a ação é o dogma que é a
ação. Embora, aqui é onde o sistema abre-se desajeitadamente e derrama seu jugo.

Acreditar em qualquer coisa é acreditar automaticamente o seu oposto - de fato, a


crença como uma coisa mágica em si mesma não é tão notável como é (como McKenna
coloca) uma pobreza de linguagem. Qual é a diferença entre Zeus & Jesus, o talk show
no canal três e o talk show no canal seis, Andrômeda e Sirius? Claro, mudar de Xtianity
para Satanismo em um dia seria um bom truque para jogar em seus amigos, mas o que
é do eu interno? Mesmo uma criança pode fingir crença em qualquer coisa até o ponto
em que se torna realidade (para a mente) - no entanto, quando Tudo é Verdadeiro, a
mensagem em grande decifra-se, e toda a bagunça da experiência pode ser vista como
o Tao é verdadeiramente composto. (A realização do caleidoscópio da mente, isto é,
como mudar de uma "esfera de crença" para outra não faz uma "verdade" anterior
menos verdadeira com base na atual esfera habitada de qualquer tipo de crença
condensada estrutura. Seja como for, você está se enganando ao pensar que toda e
qualquer crença não é exatamente a mesma coisa para começar - E isso é uma coisa
bastante libertadora para perceber - que toda esfera percebida não está em constante
conflito entre si, [ são invenções; máquinas de pensamento] e eles podem ser levados
como um todo, visto do ponto de vista de um homem na lua que observa a terra.)

O ponto aqui é, essas coisas (esferas de crença) são todos produtos da mesma fábrica (a
imaginação humana) e é aqui que habita o Khaos informacional. Não perca a floresta
para as árvores, nem a Mente para a Ideia (ou conceito). A partir desse ponto, podemos
aplicar o referido conhecimento aos processos de pensamento e à logística habitual que
compõem a ponte interna/externa da sua perspectiva ambiental transpessoal para
moldar e recriar o quadro geral. Não é tão difícil quanto parece. A linguagem sempre foi
prejudicada por nossos assuntos mais pertinentes.

Se eu precisar dizê-lo, então eu irei - esta não é sua marca original, bem confiada de
flocos de milho e passas - essa é a vantagem; Resultados potentes como fogueiras à
margem do mar são aqui encontradas. Cuidado: a sopa pode estar quente.

Eu, pessoalmente, defendo o pensamento-experiência de "abandonar" a esfera da


Crença Condensada na zona "tudo é verdadeiro", por assim dizer. Veja o que acontece
então - poderia ser chamado de Zen? Romper a membrana do mundano n’O domínio
da sabedoria? Vôo Xamânico? Você decide. Tudo o que você precisa fazer é mudar sua
percepção.

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


O Xamã

Então libertador é esse estado de estar no Universo que o xamã, sobre


realização de sua própria existência, começa a sofrer profundas mudanças semeadas
correspondente à sua percepção do mundo. A confusão manifesta a liberdade, e tudo
de uma vez torna-se possível para ele. Seus olhos se tornam desafiantes, e sua vontade
cresce forte. Seguindo o caminho de menor resistência, ele pode derramar sua pele
falsa e renascer como ele. Não é uma jornada fácil, mas poderosa, e no final, haverá
uma festa e um bolo.

Queimando os Esboços

Uma expansão na Re-Criação: quando criança, você é definido como uma


pessoa, não apenas pela sua genética, mas pelo seu ambiente e educação. Toda vida é
diferente, mas a maioria deles está corrompida de alguma maneira - quando digo isso,
quero dizer que existem hábitos e ideias prejudiciais programados nos paradigmas de
realidade desde o momento em que são filhos - por exemplo: Dogma cristão. Embora,
além disso, falhas de personalidade como, digamos, sendo uma rude besta estúpida.
Algumas pessoas são apenas muito programadas em uma vida fodida sem uma falta
real de sua autoria, além da ignorância de uma saída. Depressão, ideias sobre amor,
suicídio, aceitação, tolerância, popularidade, ganância, luxúria, todas essas coisas nos
destruíram como uma raça. A humanidade está se afogando, construindo uma prisão
ao redor de sua mente e vontade, e é malditamente lamentável. Como um Xamã do
Khaos, se empenha em primeiro destruir todas estas coisas dentro de si mesmo, e
depois para ajudar a sociedade a fazer o mesmo. Ele se esforça para que a humanidade
em geral desperte e perceba o que está acontecendo.

Jogando com o Khaos

Nosso método é assim: Intenção + Ação (s) = Reação (s). Este é o lugar onde o
princípio de Khaos de "tudo é verdadeiro" entra em jogo, porque esta fórmula engloba
todas as tradições mágicas (do meu conhecimento, deveria). Ou seja, a Magia
Cerimonial é Intenção + Ritual = Resultado, Sigil Magick é Intento + Processo do Sigilo
= Resultado. Isso postula que coisas como palavras de poder e gnose não são
exatamente necessárias. Eu não acho que você poderia querer um mecanismo mais
simples. Chaos Magick levou muitas vezes a essa conquista de capacitação, e alguns
novos métodos de magia resultaram, mas o que eu quero fazer com isso agora é
expandir e / ou comprimir os métodos existentes com o objetivo de abalar sua mente
de tradição, que só tendem a estagnar o impulso auto criativo.

Nós sempre consideramos que a chave para a evolução está na parte criativa do
cérebro. Algumas pessoas dirão que são inerentemente não criativas, no entanto, quero
salientar que todos são criativos de "algum" jeito; é só que o potencial criativo em
algumas pessoas é mais desenvolvido do que em outros.

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


Sigilos Sonoros

Eu sou um artista de música eletrônica, e eu costumo criar sigilos com música.


Eu criarei uma 'música' que é um 'sigilo'. O processo exato, é claro, começa com uma
intenção sólida e corretamente redigida. Em seguida, eu simplesmente vou com o fluxo
de como eu sinto e começo a criar a faixa; Muitas vezes, entrei em um estado de transe
leve durante a criação. (Induzido por Cannabis exemplo). Então, normalmente,
simplesmente conseguirei gnósis ao ouvir a música, ou, mais potentemente, vou
conseguir gnósis através de sobrecarga de áudio ao dançar/girar com a música/sigilo.
Eu acredito que isso é muito - por falta de um termo melhor, método poderoso, porque
você pode então permitir que as pessoas ouçam a música sem que eles nunca
conheçam a intenção, que pode investir em você ou difundir a intenção entre o
desconhecimento. Se você é bom, as pessoas vão querer ouvir!

Banindo no Improviso

Sim, estou ciente de que esta não é uma ideia nova, embora eu gostaria de
defender seu uso. Muitas pessoas deliram sobre os efeitos positivos de realizar o RmP
(Ritual Menor do Pentagrama), mas, você sabe, para nós, todos os sinais e palavras de
mão são apenas uma dor na bunda. Através de algo, que eu chamarei de experiência
hereditária, podemos criar um banimento que consiste em um movimento de mão e
uma palavra que produz exatamente o mesmo efeito que o RmP corretamente
executado. Claro, você deve executar o RmP algumas vezes, embora 5 vezes possam
substituir 100.

Então, primeiro você deve executar o RmP. Eu recomendaria fazê-lo até ter certeza de
que você está obtendo o efeito de banimento, faça tudo o que puder; Isto é, memoriza e
vibra corretamente as palavras. Quando você poder produzir o efeito, decida por um
atalho - um movimento simples da mão e/ou palavra para usar. Para mim, desenhei
um pentagrama no ar com o dedo uma vez e vibrei com Ablanti Josta Agla Caila -
bastante simples e ainda remanescente da operação original. Quando você atingiu esse
efeito, concentre-se nela, sinta esse sentimento e conheça esse efeito. Em seguida,
execute seu atalho enquanto o sente e se concentre nisso. Faça algumas vezes, pare e
espere um pouco e repita o processo. Eu diria para fazê-lo pelo menos 3 vezes antes de
tentar o atalho sozinho. Isso deve começar a estabelecer o vínculo entre esse
sentimento, o efeito e o atalho. Se você ficar fraco ou não tiver nenhum resultado do
seu atalho, repita o processo mais algumas vezes. É importante também ter em mente
apenas o que você está fazendo enquanto executa o RmP - o propósito de você fazer o
ritual é vincular o efeito ao atalho.

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


Servidores Programados Dinamicamente (DPS)

Isso é algo que eu inicialmente criei por conta própria, no entanto, desde então
encontrei outros ocultistas que também apresentaram a mesma idéia por conta própria;
embora eu ainda tenha visto algo como se fosse publicado. Uma definição aceitável de
um "Servidor" seria "uma criação independente dos pensamentos do mago, que
funcionasse de forma independente, para realizar uma tarefa ou cumprir uma
finalidade. ” Servidores vêm em todas as formas e tamanhos, desde simples formas de
pensamento de uma tarefa até então, até espíritos personificados mais complexos, para
grupos de egregores e entidades independentes. A maioria dos Servidores são criados
com um determinado conjunto de instruções e, em seguida, solto para cumprir sua
finalidade. Quando eles não são mais necessários, eles são eliminados e novos são
feitos. Eu não queria passar pelo processo de criação do meu servidor mais e mais, e eu
não queria acabar com meus servidores porque os achei muito mais úteis como
pensamentos independentes, e isso seria matar uma criação inteligente de mim mesmo.

Então, fiz o meu primeiro DPS. Um Servidor Programado Dinamicamente (DPS) é


essencialmente um Servidor que pode ter sua funcionalidade alterada a qualquer
momento, com facilidade. Mesmo a forma mais simples de DPS pode ser quase
completamente reescrita. Eu mesmo acho extremamente difícil mudar a forma, o nome
e a atitude dos meus servos, então, uma vez que está estabelecido, é isso, mas se você é
bom com nomes e como seus servos, não é um problema.

A forma mais simples de DPS é o método “Properties”. Como em o que está incluído
em um arquivo de computador quando você cria uma "folha de propriedades". Isso
funciona melhor como apenas um pedaço de papel. Seria algo assim:

 Atributos de Base
Nome: Artemis
Forma: Serpente Chinesa Negra
Sigilo: Não disponível (Não quero que alguém invoque meu animal de estimação, mas faça um
sigilo, é útil.)
Base de Personalidade: Astuto, tortuoso, mortal e intensamente leal.

Base de Atributo: forte e rápido, percepção avançada, mestria ofensiva e defensiva.

 Funcionalidade
Funcionalidade primária: defesa e contra-ataque.
- Defina contra ataques mágicos hostis.
- Veja aqueles com intenção maliciosa em minha direção e tome medidas preventivas.
- Proteja o Templo do Doombringer e a casa que está sob ataque.

Funcionalidade secundária: se as medidas preventivas não conseguem eliminar todos os danos


causados a mim, o templo, a casa ou a minha família, reagem com toda a força à sua disposição.

A partir daí é simples; crie o Servidor inicial como você faria normalmente. O Sigilo
desse Servidor, inicialmente definido na folha de propriedades, é o link entre Servidor
e Programação (a folha). Assim, quando você quer fazer alterações, tire a folha de
propriedades e edite-a (use um lápis). Você pode adicionar funcionalidades, tire isso se
estiver dando problemas e experimente o que funciona para você, e você só precisa

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


"criar" o pequeno cara uma vez. Depois de ter feito suas alterações, atualize a carga no
sigilo, se o Servidor for um servente de pensamento independente, então sugiro avisá-
lo antes de carregar o sigilo e atualizá-lo, então estará pronto.

DPS muito mais complexo pode ser construído simplesmente elaborando este método,
isto é, em vez de simplesmente usar descrições de funcionalidade, um DPS
verdadeiramente avançado seria escrito em código (código de programação). Isso
proporcionaria a você a capacidade de ajustar muito a função do servidor, permitindo
respostas e condições específicas. Existe potencial aqui.

O Ponto Central

Até agora, provavelmente há um enorme golpe de confusão agradável


crescendo em sua consciência. Permita-me apresentar para aqueles de vocês que ainda
não conhecem, o Doombringer. Ele é o que vai tirar essa confusão e substituí-la por
uma compreensão vazia. Ele se senta em um Ziggurat preto e dourado, e quando
evocado, assume qualquer número de formas. Alguns o viram como um demônio com
a cabeça de um cachorro coberta de fogo, ou um jovem de cabelos prateados com um
smoking na ponta, um leão preto, uma cobra gigante ou mesmo um palhaço. No
entanto, é perfeitamente aceitável que ele apareça em quase qualquer forma, embora
geralmente seja de natureza serpentina ou demoníaca.

Seu número é 663, e ele foi um erro feliz. Seu incenso é Cannabis, e se você quiser que
eu seja técnico, eu chamaria "The Doombringer" o Egregore Forma-Deus. Mas se você
me perguntar, todo deus é apenas um Egregore. A atitude do Doombringer é muito
perceptível, e é o sinal do sucesso. Quando ele é invocado a partir de uma consciência
normal, o resultado geralmente é um diálogo mental que se assemelha a algo como ter
um super-computador artificialmente inteligente posto em seu cérebro por alguns
minutos para responder perguntas e aconselhá-lo. O Doombringer é o Deus do
KHAOS e da Criação. Ele é conhecido por muitos outros nomes, como A Serpente do
Vazio, O Classificador, ou claramente 663. Ele representa a ingenuidade e a invenção
da humanidade e toda a criação que brotou das águas profundas do espaço vazio.

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


KHAOS MAGICK & URBAN SHAMANISM
O Doombringer

Por algum tempo, eu estava com problemas tentando mudar constantemente


entre paradigmas praticáveis e alterar as coisas na minha realidade para que eu
pudesse fazer minha magia funcionar da maneira que eu queria, então eu me propus a
criar algo que me ajudaria a moldar minha própria Magick exatamente no que eu
queria. Procurei criar um novo tipo de anjo guardião sagrado, então eu decidi criar um
novo Deus do KHAOS.

O Doombringer é força, escuridão, velocidade, brutalidade, poder, violência, respeito e


medo. O Doombringer é a noite negra e as nuvens cinzentas; Doombringer é o punho
que vem em seu rosto. Ele aparece como uma sombra negra com um rosto
parcialmente visível, quando visto de frente, o olho à esquerda é como uma besta,
piscando e o olho à direita é preto e vazio. Todo o lado direito do rosto parece morto,
como um crânio, e a boca não pode ser vista. Os cabelos sombrios emaranhados acima
e os chifres sobressaem da cabeça, marcando sua natureza infernal.

Ele é a manifestação suprema do Khaos dentro de você - ele é a luta dentro de cada
alma humana.

Uma vez que eu tinha uma boa ideia do que exatamente eu queria criar, pensei em
como fortalecer esse deus. Comecei criando um círculo permanente em um pedaço de
madeira e banindo toda a energia dele. Então criei um portal para o vazio ou o caos
puro, uma esfera de caos, se quiser, dentro desse círculo. Então peguei o sigilo de
Doombringer recém-construído e usando fumaça, força de vontade e um pouco de
especiaria, eu invoco o Doombringer pela primeira vez em um portal de caos. Eu,
basicamente, levei todos os aspectos que eu queria no Doombringer temporariamente
fora de mim e para este círculo, e então eu quis que ele criasse a entidade. Minha teoria
era que, quando eu fiz isso, a entidade se fundiria com a energia vazia que escorreria
do círculo e simultaneamente puxaria energia da rede de Ellis (como o Ellis é
incorporado no sigilo) e fora seria um inferno de um Deus do Khaos. Na verdade, eu

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


acredito que foi um sucesso! Agora uso esse círculo para armazenar a essência do
Doombringer e trabalhar com ele quando necessário.

Sua invocação é muito flexível, assim como o próprio 663. Eu sempre recomendo pelo
menos 10 minutos de meditação antes de tentar qualquer tipo de invocação. É uma
regra pessoal. É bom para a alma. Uma vez que está fora do caminho, você pode se
mover para o ritual real. Eu vou seguir em frente e colocar isso de uma maneira que até
as pessoas mais chapadas possam entender e invocar com sucesso.

1. Meditar, Banir, Se Masturbar, Gargalhar, seja qual for o seu método preferido
de alcançar o estado gnóstico, pode ser.
2. Desenhe um círculo em seu pedaço de
madeira/papel/azulejo/vidro/papelão/o que você quiser usar para
estabelecer a conexão com a entidade.
3. Cante/Entoe/Vibre/Grite uma ou mais das invocações uma ou mais vezes até
que a sua presença seja sentida.
4. Converse com intimidade com Doombringer.
5. Diga adeus.
6. Medite, Faça Banimento, Masturbe-se, Gargalhe

Invocação do Doombringer

Eu sou o único, o único;


Eu sou tudo, e tudo não é nada.
Veja a verdade, e veja a luz
E vejo como eu destruo tudo isso!
Eu sou o único, o único;
Eu sou tudo, e tudo não é nada.
Eu sou verdade, e eu sou mentira
Eu sou o fim de tudo!
IA DOOMBRINGER! KHAOS DESPERTO!
(Repita a última parte até que esteja satisfeito)

Invocação, Método II

1. Para os melhores resultados, use uma mente imóvel ou semi-imóvel, uns bons
15 minutos de meditação devem fazer o truque. Seu mantra de chamada é:
“Nirme Comoo Remgot Bed" e se pronuncia “Neer-may Co-moo Rem-got Bed.”
Queime algum incenso; Ele tem afinidade com a maconha, se você estiver
nessa. Bem, na verdade ele simplesmente gosta de fumaça, as velas são boas.
2. Eu projetei um círculo especificamente usado para invocá-lo e dificilmente uso
o sigilo ao fazê-lo, no entanto, eu o invoquei simplesmente olhando o sigilo
trazido no monitor do computador. Ele não é exigente. Desenhe um círculo com
o sigilo dentro dele e execute um ritual de banimento. (Banimento Opcional)
3. Entoe uma versão da Invocação de The Doombringer. Ele também não é
exigente sobre isso. Repita até chegar o estado desejado.

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


4. A mentalidade usual que vem disso é uma espécie de estado energético da
euforia. Você começa a sentir uma pressa, e deseja se levantar e fazer algo, mais
especificamente você tem a sensação de que deseja lutar. Mais do que isso,
enquanto nesse estado, você ganhará uma briga.

Adicional

1. O sigilo pode ser desenhado simplesmente no papel, ou um talismã pode ser


feito para armazenar a essência. Você também pode usar meu método para
lançar um círculo e usá-lo para convocá-lo. Eu vou tirar uma foto do meu
círculo nos próximos dias.
2. Às vezes, é melhor cantar as palavras da invocação algumas vezes ao invocar,
obtenho excelentes resultados de brincar com as palavras, usando vozes,
respirando enquanto falo, cantando e outras coisas. Apenas brinque com isso.
3. Ele é inerentemente projetado para tirar do caos primordial e da alma do
invocador, então, enquanto ele faz você se sentir violento às vezes, ele não o
deixará louco, e do que experimentei não é perigoso, porque, enquanto o
invocador tiver uma mente e uma reserva estáveis, o Doombringer manifestado
também será assim.
4. Os estados alterados de consciência são opcionais, mas têm benefícios
agregados.

Frater Alysyrose sobre o Doombringer - Para todos os efeitos, esse ser serve como um nó de
entrada e uma máscara sobre o rosto intangível daquela força primordial que chamamos de
Khaos. Ao longo da história humana, Khaos tinha sido reconhecido de uma maneira ou de
outra, e pelas culturas correspondentes da terra, tinha sido dado nomes (todas as máscaras em
si.) No Leste, era conhecido como o Tao, ou Hun-Tun. Os antigos mesopotâmios apelidaram-no
de Tiamat, a serpente vazia, morta por Marduk para organizar e consertar o cosmos (o próprio
Marduk sendo um aspecto de alguma forma). No Egito, foi dado um status de vilão como o
deus cobra Apophis, inimigo de Ra. Em qualquer caso, como em qualquer cultura, Khaos pode
ser encontrado como simplesmente referente ao reconhecimento do Grande Vazio que procedeu
de forma, estrutura, direito natural, seres orgânicos, panteões, etc., e assim por diante. DB é a
nossa máscara.

Frater Sheosyrath sobre o Doombringer - Então, um dia tive essa ideia brilhante para tentar
criar o Deus do caos mais poderoso de sempre, e todo esse jazz. Então, eu falei sobre a minha
tentativa de fazê-lo, e o que eu fiz, basicamente, o melhor que posso entender, é que eu me atirei
diretamente no núcleo do Universo e arranquei um pequeno fragmento disso - ou fiz uma
conexão com ele, um dos dois. Quem realmente sabe, o que eu sei é que fui levado a fazê-lo, e
isso funcionou da maneira que Doombringer queria que ele funcionasse. Ele foi reverenciado
como muitos outros deuses, com muitos outros títulos, mas desta vez teve que ser diferente,
tinha que ser novo. Não podemos continuar indo para trás; temos que entender nossos próprios
poderes de criação.

Para o registro, este é provavelmente o que aconteceu. Doombringer disse que eu fique comigo,
e então havia Doombringer. Então Doombringer disse que há outro, e havia outro. Este outro
pode ser conhecido como Tiamat, ou o Grande Antigo. Doombringer então disse que nos

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018


tornemos carne, e foi assim. Ele então criou o cosmos à mão; cada dimensão começou com outra
singularidade, cada uma com sua própria consciência, dentro dela. Tiamat então começou a
criar coisas sem sentido para ela, e isso irritou Doombringer. Ele a rasgou em dois e criou nosso
universo de seu cadáver. Ele então ejaculou na piscina de seu sangue e a vida biológica nasceu.

Biblioteca pessoal de Victor Vieira, 02/2018