Vous êtes sur la page 1sur 6

Estruturas Pedagógicas

Área disciplinar de Biologia e Geologia


Ano letivo 2015/2016
Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares
Direção de Serviços da Região Centro

Ficha de Trabalho de Biologia e Geologia – 11º ano Dezembro 2015

UNICELULARIDADE vs MULTICELULARIDADE

GRUPO I – ORIGEM DA CÉLULA EUCARIÓTICA

1 - A interpretação de registos fósseis e a observação dos organismos procariontes, permite inferir que
as células procarióticas são as mais primitivas e por evolução terão originado as eucarióticas. Existem
dois modelos explicativos para a origem das células eucarióticas: o modelo autogénico e o modelo
endossimbiótico.
Observe a figura 1 que representa esses dois modelos.

Fig. 1

1.1 - Identifique as principais semelhanças e diferenças entre os dois modelos.

1.2 - Com base na figura, apresente uma explicação para o nome de cada um dos modelos explicativos –
autogénico e endossimbiótico, sabendo que endo significa interno, simbiose significa colaboração
mútua, auto corresponde a próprio e génico a origem.

1.3 - O DNA mitocondrial e o cloroplastidial apresentam uma organização diferente do DNA nuclear,
mas semelhante ao material genético das células procarióticas. Qual dos modelos explica este facto?
Justifique.

1.4 - Comente a afirmação: “ A proximidade e cooperação entre seres procariontes potenciou o


aparecimento de seres eucariontes.”

MOD.01, revisão Página 1 de 6


0
2 - Classifique, de verdadeira ou falsa, cada uma das seguintes afirmações.

A - Todos os seres vivos que existem atualmente na Terra são procariontes.


B - A Hipótese Autogénica procura explicar a origem dos procariontes.
C - A Hipótese Endossimbiótica procura explicar a origem dos eucariontes.
D - Segundo a Hipótese endossimbiótica, as mitocôndrias tiveram origem nos cloroplastos.
E - A afirmação: “Os eucariontes resultam de relações simbióticas estáveis e permanentes” está de
acordo com a hipótese endossimbiótica.

3 - Estabeleça a correspondência possível entre a coluna I e a coluna II.


Coluna I Coluna II
1 – Invaginação da membrana plasmática. I – Modelo autogénico
2 – Alguns fragmentos da membrana plasmática abandonaram o II – Modelo Endossimbiótico
núcleo e originaram as mitocôndrias e os cloroplastos. II – Em ambos dos modelos
3 – O DNA mitocondrial é diferentes do DNA nuclear. IV – Em nenhum dos modelos
4 – Todo o DNA da célula tem origem comum.
5 – O invólucro nuclear formou-se por simbiose entre células
procariontes.
6 – As mitocôndrias e dos cloroplastos resultaram do englobamento de
células procarióticas por outras células.
7 – Explica a origem do invólucro nuclear e alguns organitos
(mitocôndrias e cloroplastos).

4 - A hipótese de o núcleo eucariótico ter surgido antes das mitocôndrias é sustentada pela existência
de um grupo de protistas, do qual fazem parte os organismos do género
Giardia (Fig. 2).
A Giardia lamblia, é um parasita que contamina a água e, ao instalar-se no
intestino, gera um quadro patológico designado giardíase. Este protista
não possui mitocôndrias, o que apoia o modelo de que a formação do
invólucro nuclear antecedeu a incorporação das mitocôndrias.
Estes seres, também não possuem cloroplastos, nem qualquer outro tipo
de organelos membranares, mas contém dois núcleos envolvidos por um
invólucro.
A presença de cloroplastos nas plantas e algas e a sua ausência em
animais e fungos apoiam a incorporação sequencial das células
procarióticas por parte de células hospedeiras. Fig. 2
Alguns autores consideram a Giardia um moderno descendente de um estado transitório na evolução
dos eucariontes.

4.1 – Explique por que razão a existência de organismos como Giardia sustenta a hipótese de o núcleo
ter surgido antes das mitocôndrias e dos cloroplastos nas células eucarióticas.

4.2 – Alguns autores consideram Giardia um elo perdido na evolução entre células procarióticas e
células eucarióticas, enquanto outros defendem que terá evoluído a partir de células eucarióticas mais
complexas, tendo perdido alguns organelos.
Descreva uma possível via de investigação que permita comprovar uma das hipóteses mencionadas e
rejeitar a outra.

MOD.01, revisão 0 Página 2 de 6


RELAÇÃO BIÓTICA ENTRE UM PROTOZOÁRIO E UMA ALGA
Vorticella é um protozoário heterotrófico em cuja célula, em forma de sino, se podem encontrar
numerosas células de uma alga autotrófica, Chlorella (Fig. 1A). Cada indivíduo de Chlorella encontra-
se num vacúolo, isolado da restante célula de Vorticella através de uma membrana simples (Fig. 1B). A
Vorticella fornece proteção e nutrientes minerais à alga; esta, por sua vez, retribui com a matéria
orgânica, sintetizada através da
A
fotossíntese, que é imprescindível à sua
hospedeira.

Fig. 3 - Colónia de Vorticella observada ao microscópio (A); pormenor (B).

1.1 - Identifique a relação biótica evidenciada na situação descrita.


1.2 - Por que razão se pode afirmar que esta associação “contribui para o aumento da capacidade de
sobrevivência”
do hospedeiro?
1.3 - Justifique a afirmação seguinte. «Os vacúolos que contêm a alga não podem exercer funções
digestivas.»
1.4 - Considere a relação biótica apresentada e a explicação dada pelo Modelo Endossimbiótico para o
aparecimento de
células eucarióticas que incluem mitocôndrias.
1.4.1 – Refira, de acordo com o Modelo Endossimbiótico, o papel desempenhado pela:
a) ... Vorticella.
b) ... alga Chlorella.
1.5 - Apresente uma justificação para a afirmação seguinte, meramente hipotética.
«Apesar de, no início da relação, os dois organismos possuírem quantidades de DNA muito
semelhantes, se esta relação se mantiver é provável que a quantidade de DNA da alga diminua.»

1.6 - Descreva a provável constituição celular futura do protozoário Vorticella, se esta relação biótica
se mantiver.

MOD.01, revisão 0 Página 3 de 6


Grupo II – ORIGEM DA MULTICELULARIDADE

1 - Após a formação dos seres eucariontes a vida na Terra apresentava uma enorme diversidade. Os
eucariontes, seres maiores, competiam entre si pelo alimento e pelo espaço. Nesta situação, um
aumento de tamanho constitui uma clara vantagem: uma célula maior pode deslocar-se mais
rapidamente, o que facilita a sua alimentação (por capturar mais facilmente outras células) e favorece a
fuga aos predadores. Considere a figura 2 que relaciona o volume com a área da superfície.

Fig.4
1.1 - Refira como varia a razão entre a área (superfície) e o volume, à medida que as dimensões de uma
célula aumentam.

1.2 – Assinale a letra da opção que contém os termos que preenchem corretamente os espaços na
afirmação seguinte.

Quando há um aumento de volume celular a célula não pode contar com ___________ equivalente na
eficácia das trocas com o meio externo, uma vez que a superfície ___________ na mesma proporção.
a) (…) um aumento (…) não aumenta (…)
b) (…) um aumento (…) aumenta (…)
c) (…) uma diminuição (…) não aumenta (…)
d) (…) uma diminuição (…) não aumenta (…)
1.3 - Refira quais as duas formas possíveis de um indivíduo maior do que um milímetro sobreviver.

2 - Os seres eucariontes unicelulares da mesma espécie constituem por vezes agregados que
estabelecem ligações estruturais entre si, designados por agregados coloniais ou colónias. Atualmente
existem ainda organismos que vivem sob a forma de colónias, como é o caso do Gonium, da Eudorina e
da Pandorina, representadas na figura 3. Nestes indivíduos, todas as células da colónia desempenham a
mesma função.

2.1 - Indique, justificando, se os seres representados se podem considerar multicelulares.

MOD.01, revisão 0 Página 4 de 6


Fig. 5

2.2 - A figura 6 representa o Volvox, um organismo colonial.

Fig. 6

MOD.01, revisão 0 Página 5 de 6


2.2.1 - Considerando a análise da figura, complete o texto seguinte substituindo cada número pelos
termos mais adequados.

Nestas colónias existem células somáticas e células 1. As células somáticas são 2 e unem-se umas às
outras por filamentos citoplasmáticos. Estas células são responsáveis pela nutrição e pelo 3 da colónia.
Para que a colónia se desloque, é necessária uma ação coordenada dos 4, produzindo-se um movimento
de rotação característico. As células 5, mais do que as células somáticas, são responsáveis pela 6 da
colónia.

1 - ________________________; 2 - ______________________; 3 - _________________________;


4 - ________________________; 5 - ______________________; 6 - _________________________;

2.3 - Refira, com base nas características acima, se o Volvox pode ser considerado multicelular.

2.4 - Apresenta uma razão para a enorme importância científica do Volvox.

2.5 – Das seguintes características, assinale a letra da opção que não traduz uma vantagem da
multicelularidade.
A. Aumentar a dimensão, o que é favorável para a competição pelo alimento e território.
B. Reduzir a taxa metabólica, com menor eficácia na utilização de energia;
C. Maior especialização em resultado da diversificação celular, possibilitando a colonização de
ambientes hostis por alguns organismos altamente especializados e adaptados.
D. Maior independência em relação ao ambiente, possibilitando a manutenção do meio interno em
condições favoráveis para a vida do organismo.

2.6 – Assinale a letra da opção que preenche corretamente a afirmação seguinte.

A organização em colónias, como no Volvox, é vantajosa para os organismos porque:


a) as várias células pertencem ao mesmo organismo
b) através do sistema circulatório há distribuição de materiais a todas as células.
c) há coordenação parcial, de modo que os indivíduos asseguram funções diferentes
d) diminui a especialização celular.

3 - Há colónias cujas células que as constituem não têm qualquer diferença na função que exercem.
Compare-as em termos evolutivos com a Volvox.

4 - Classifique, de verdadeira ou falsa, cada uma das seguintes afirmações relativas à multicelularidade.

A - Os primeiros seres vivos existentes na Terra seriam pequenos seres multicelulares.


B - Os seres multicelulares terão evoluído a partir de seres unicelulares.
C - Estruturas semelhantes às atuais colónias, de que é exemplo Volvox, terão sido um estado
intermédio na evolução para a multicelularidade.
D - A evolução para a multicelularidade conduziu a uma diminuição da especialização celular.

MOD.01, revisão 0 Página 6 de 6