Vous êtes sur la page 1sur 15

ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF.

NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 1 de 15

REGISTRO DE REVISÕES
REV. DATA DESCRIÇÃO BREVE DA REVISÃO
A 09.12.2008 Emissão Inicial

PROJETO / ADEP APERT02


ANÁLISE CRÍTICA Há necessidade de treinamento ? ( X ) Sim ( ) Não
DATA DE VIGÊNCIA 09.12.2008
ELABORADOR APROVADOR
Área Engª. Industrial Engª. Industrial
Data 09.12.2008 09.12.2008
Nome Leandro Magri Evandro Goes
Visto

ROTEIRO DE TESTE
DOCUMENTOS DE REFERÊNCIA

1. MNERTP1[ ] – Procedimento de Gravação do AVR utilizando o Programador


AVRISP.

2. MNERTP2[ ] – Procedimento de Gravação do AVR utilizando o Programador


AVRISP MKII.

3. MNERTP3[ ] – Procedimento de Gravação do AVR utilizando o Jig para gravação


(DJ-000T1-0).

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 2 de 15

EQUIPAMENTO UTILIZADO

1. CABO PACIENTE ECG-12D - 10VIAS DX-2020 (AE-09002-0).


2. CJ. CABO SAÍDA DE VÍDEO VGA - 10 CM (F9-0004J-0).
3. CJ. CONECTOR ENT ECG 12-D (DX-0LC0H-0).
4. CJ. CONECTOR ENTRADA TEMPERATURA DUPLO (DX-0JC3C-0).
5. FONTE DE ALIMENTAÇÃO PADRÃO ATX (GF-00002-0).
6. JIG ADAPTADOR RESPIRAÇÃO ECG 12D (DJ-0002K-0).
7. JIG CALIBRAÇÃO ECG -12D (DJ-0002M-0).
8. JIG EXTENSOR P/ CONEXÃO DE MÓDULO (DJ-0001Z-0).
9. JIG PROGRAMADOR DE AVR (DJ-0001Y-0).
10. JIG ROBÔ DE ECG (DJ-0001X-0) OU SIMULADOR ECG 200.
11. JIG TESTE DE RESPIRAÇÃO (DJ-00021-0).
12. JIG PADRÃO TEMPERATURA (DJ-0001G-0)
13. Jumper Curto-circuitante.
14. MEMÓRIA COMPACT FLASH 64MB TIPO I (VR-D000A-1) COM A VERSÃO
SBMAME5H OU SUPERIOR.
15. Monitor de PC.
16. Multímetro Minipa ET-2082B (Modelo com especificações Mínimas).
17. Osciloscópio Digital.
18. PCI CPU GEODE (30-16700-0 / 30-16701-0) CONFIGURADA.
19. PCI DIGITAL SIMPLES CPU188 – SMD C/CABO (30-20100-1 / 30-20101-1)
COM O SOFTWARE SBERTE2F OU SUPERIOR, OU PCI DIGITAL DUPLA
CPU188 – SMD C/ CABO (30-20100-3 / 30-20101-3) COM O SOFTWARE
SBETSE2F OU SUPERIOR.
20. PCI MM INTERFACE (30-16600-0 / 30-16600-1) COM ÚLTIMA VERSÃO DE
SOFTWARE.
21. Teclado de PC.

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 3 de 15

PROCEDIMENTO

1. Inspeção Visual e Teste de Curtos.

1.a. Proceder a inspeção visual da PCI M.A. AMPLIFICADOR ERT 12D, verificando
a posição dos componentes e possíveis curtos de solda.

1.b. Utilizando o multímetro na posição de teste de continuidade, verificar a


existência de curto entre os pontos de teste indicados na figura abaixo,
conforme tabela:

Pontos Pinos
VREF “+” de C56
VCCF 1 de JP2
+VF “+” de C40
-VF “-“ de C57
GNDF Pto Teste GNDF

GNDF C27
C40

C44

C56 C57

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 4 de 15

2. Teste de Alimentação.

2.a. Conectar a PCI MM Interface a PCI Geode.

2.b. Conectar o conector ATX da fonte ao conector J22 da PCI Geode.

2.c. Conectar a PCI ERT 12D à placa digital.

2.d. Conectar inversamente o cabo extensor na placa digital de modo que a


plataforma de teste não reconheça o módulo.

2.e. Conectar a outra extremidade do cabo extensor no conector CN5 da PCI MM


Interface.

2.f. Ligar a plataforma de teste curto-circuitando J20 na PCI Geode e medir na PCI
ERT 12D as tensões entre os pontos da tabela abaixo, verificando que as
tensões devem estar dentro da tolerância especificada.

Tensão
Pontos Pinos
(Tolerância)
VREF e GNDF “+” de C56 e 07 do JP2 2,44V à 2,55V
VCCF e GNDF 01 e 07 do JP2 4,80V à 5,25V
+VF e GNDF “+” de C40 e 07 do JP2 6,30V à 7,75V
-VF e GNDF “-“ de C57 e 07 do JP2 -6,30V à -7,75V
+VAS e GNDS Medir entre os terminais do C44 6,30V à 15V
-VAS e GNDS Medir entre os terminais do C27 -6,30V à -15V
• Localização dos pontos conforme figura do item 1.b.

3. Gravação do AVR.

3.a. Gravar o AVR utilizando o procedimento indicado na tabela abaixo:

MNERTP1[ ] MNERTP2[ ] MNERTP3[ ]


Assistência
√ √
Técnica
Manaus √
Suporte e

Representantes

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 5 de 15

4. Calibração, Verificação da Linha base e Marcapasso.

4.a. Após realizar o procedimento de gravação do AVR, desligar a plataforma de


testes e conectar a placa de aquisição ao conector HD1 da PCI MM Interface.

4.b. Conectar a memória Compact Flash com o software SBMAME5H ou superior


no conector J7 da PCI Geode.

4.c. Ligar a plataforma de teste e configurar na ficha de ECG para Cabo 10 Vias.
Após a configuração sair da ficha.

4.d. Desligar a Plataforma de Teste

4.e. Conectar o cabo Temp do Jig Programador de AVR (DJ-0001Y-0) no conector


CN1 da placa de aquisição.

4.f. Conectar o Cj. Conector Ent. ECG 12-D (DX-0LC0H-0) no conector CN3 da
placa de aquisição e o Jig Calibração ECG - 12D (DJ-0002M-0) no conector de
entrada de ECG.

4.g. Colocar um jumper em JP1 na placa de aquisição e ligar a plataforma de teste.


O monitor é iniciado no modo de engenharia onde não aparecem os traçados
de ECG e Respiração nem os valores de temperatura.

4.h. Esperar aparecer “0” (zero) no valor de TA e TB, o que indica o final da
calibração.

4.i. Verificar na ficha de ECG se está configurado para cabo 10 Vias, caso esteja
para 5 Vias reiniciar o procedimento de gravação a partir do item 3 nas placas
montadas com ATmega8515 ou voltar ao item 4.c nas placas montadas com
AT90S8515.

4.j. Para placas de ERT montadas com o microcontrolador ATmega8515, desligar


e ligar novamente a plataforma de teste. O monitor não deve mais entrar no
modo de engenharia. Se o monitor iniciar novamente no modo de engenharia,
reiniciar o procedimento de gravação do AVR a partir do item 3.

4.k. Desligar a plataforma de teste, retirar o Jumper de JP1 e o cabo de CN1.

4.l. Ligar a plataforma de teste, ajustar o ganho de ECG para 2N e observar no


traçado de ECG que ao mudar a derivação não ocorrem deslocamentos para
cima ou para baixo da linha de base maiores que 3mm. Não considerar o
deslocamento que ocorre no início da varredura da forma de onda.

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 6 de 15

4.m. Placas ERT montadas com o microcontrolador ATmega8515: Se houver


deslocamento maior que 3mm, reiniciar o procedimento de gravação do AVR a
partir do item 3.

4.n. Placas ERT montadas com o microcontrolador AT90S8515: Se houver


deslocamento maior que 3mm, repetir o procedimento de calibração e
verificação de linha base a partir do item 4.a.

4.o. Selecionar no Menu de ECG a opção marcapasso “Sim” e verificar se ocorre


detecção do sinal de marcapasso ou . Caso detecte, reprovar a
PCI
4.p. Desligar a plataforma de teste.

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 7 de 15

5. Ganho de Respiração.

Observação

Ao realizar este teste, não movimente o Jig nem seu cabo para evitar
variação nas capacitâncias dos cabos, que podem afetar o teste.

5.a. Conectar o JIG ADAPTADOR RESPIRAÇÃO ECG 12D (DJ-0002K-0) no JIG


TESTE DE RESPIRAÇÃO (DJ-00021-0) e no conector de entrada de ECG da
plataforma de teste.

5.b. Ligar a plataforma de teste, mantendo o Encoder pressionado até aparecer a


tela do menu de configurações.

5.c. Selecionar a opção “Manutenção”.

5.d. Ao ser solicitada a senha, pressionar 3 vezes a tecla CONG e 3 vezes a tecla
TELA.

5.e. Selecionar a opção “Habilitar teste” na caixa Respiração ou “Habilitar Modo


Engenharia” para versões superiores a SBMAME5H, e em seguida “Sair”. O
monitor irá reiniciar.

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 8 de 15

5.f. Após entrar no software, ir para a ficha de Respiração e marcar a opção


“Teste”. Observar que a velocidade deve ser 6mm/s.

5.g. Sair do MENU.

5.h. Verificar se a forma de onda é semelhante à figura a seguir, sem a detecção de


ruídos. Considerar a indicação do ganho automático (R e –R) e linhas de
referência superior e inferior:

Limite Superior

Limite Inferior

Observação: Os picos da onda não devem ultrapassar os limites das linhas


superiores e inferiores.

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 9 de 15

6. Derivações de ECG com Jig Robô ECG (DJ-0001X-0).

6.a. Conectar o Cabo Paciente (AE-09002-0) ao Jig Robô.

6.b. Ajustar o Jig Robô de ECG para operar a 100 ± 5 bpm, com sinal de amplitude
de 1,5mV.

6.c. Configurar os seguintes parâmetros no menu de ECG:

Velocidade = 50
Ganho = N
Filtro = Não
Marcapasso = Não

6.d. Conectar o Cabo Paciente ao Circuito de entrada. Mudar as derivações do


canal 1 e verificar em todas as derivações se as formas de onda estão
conforme indicado a seguir:

Deriv. Sinal Obtido

II

III

IV

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 10 de 15

Deriv. Sinal Obtido

AVR

AVL

AVF

V1

V2

V3

V4

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 11 de 15

Deriv. Sinal Obtido

V5

V6

7. Derivações de ECG com ECG 200.

7.a. Conectar o Cabo Paciente ao simulador ECG 200.

7.b. Ajustar o simulador para operar a 60 bpm, com sinal de amplitude de 1mV.

7.c. Configurar os seguintes parâmetros no menu de ECG:

Filtro = Não
Velocidade = 50
Ganho = Não
Marcapasso = Não

7.d. Conectar o Cabo Paciente ao circuito de entrada de ECG. Mudar as derivações


do canal 1 e verificar em todas as derivações se as formas de onda estão
conforme indicado a seguir:

Deriv. Sinal Obtido

II

III

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 12 de 15

Deriv. Sinal Obtido

AVR

AVL

AVF

V1

V2

V3

V4

V5

V6

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 13 de 15

8. Teste de eletrodos soltos.

8.a. Mudar para derivação V1 e soltar o eletrodo V1 do simulador, deverá aparecer


a mensagem eletrodo V1 solto. Conecte o eletrodo V1 no simulador e retirar os
demais eletrodos um de cada vez (RL, RA, LA e LL ), deverá aparecer a
mensagem de eletrodo solto correspondente ao eletrodo que foi retirado
(Exemplo: se retirado o eletrodo RA, aparecerá a mensagem eletrodo RA
solto).

8.b. Mudar para derivação V2 e soltar o eletrodo V2 do simulador, deverá aparecer


a mensagem eletrodo V2 solto. Repetir este passo para as derivações V3, V4,
V5 e V6.

8.c. Retirar o cabo paciente da entrada de ECG. A mensagem “ELETRODO RL


SOLTO” deverá aparecer.

9. Teste de Filtro com ECG 200.

9.a. Ajustar o simulador ECG200 com sinal de onda quadrada de 2Hz (posição 1 da
chave de seleção) e amplitude de 1mV.

9.b. Conectar o Cabo Paciente à entrada da placa de ECG. Entrar no menu de ECG
e desligar o Filtro.

9.c. Selecionar a derivação D1 e verificar que a forma de onda deve estar conforme
a figura abaixo.

9.d. Entrar no menu de ECG, ligar o filtro e verificar que o sinal deve parecer uma
onda diferenciada conforme figura abaixo.

Filtro Sinal Obtido


SIM

NÃO

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 14 de 15

10. Teste de Temperatura.

10.a. Conectar o CJ. CONECTOR ENTRADA TEMPERATURA DUPLO


(DX-0JC3C-0) no conector CN1 da placa de aquisição.

10.b. Conectar o Jig Padrão Temperatura (DJ-0001G-0) no conector TA do


Cj. Conector Entrada Temperatura Duplo, pressionar a chave da temperatura
0 e mantê-la pressionada até realizar a leitura. Repetir o procedimento para
os outros valores e verificar se estão de acordo com a tabela a seguir.

REFERÊNCIA LEITURA UNIDADE


0 -0,1 a 0,1
24,5 24,4 a 24,6
ºC
48,9 48,8 a 49,0
>50 >50
SD (Sensor Desconectado) ----

10.c. Repetir o procedimento 10.b. no conector TB.

11. Teste do Circuito de Sincronismo.

11.a. Testar o funcionamento do circuito de sincronismo utilizando um osciloscópio


ajustado em amplitude = 2 V/div. e tempo = 250 ms/div.

11.b. Conectar o Jig Robô de ECG ou simulador ECG200 em CN3 através do cabo
paciente.

11.c. Selecionar a derivação I e ajustar o Jig Robô de ECG com batimento


aproximado a 60bpm e amplitude de 1,5mV. Se for utilizar o ECG200 ajustá-lo
com batimento de 60bpm e amplitude de 1mV.

11.d. Medir com o terra do osciloscópio no pino 1 e a ponta de prova no pino 3 do


CN2, devendo aparecer um pulso de 12 V (+3,0 V ou –5,0 V).

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.
ROTEIRO DE TESTE PCI M.A. AMPLIF. NÚMERO – REV
ERT 12 DERIVAÇÕES (-5 A +50G)
RT30094A
30-21501-1 PÁGINA: 15 de 15

12. Teste de Saída Analógica.

12.a. Testar o funcionamento da saída analógica utilizando um osciloscópio ajustado


em amplitude de 500mV/div. e tempo de 500ms/div.

12.b. Medir com o terra do osciloscópio no pino 2 e a ponta de prova no pino 4 do


CN2, deverá aparecer a forma de onda abaixo.

Canal 1 Jig Robô de ECG Simulador ECG 200

derivação
I

derivação
II

derivação
III

DIXTAL
Propriedade da DIXTAL. Informação confidencial. Divulgação ou reprodução proibida.