Vous êtes sur la page 1sur 1

PaRa RecORdaR: montagem da colonização

colonização

presença primeiras
estrangeira expedições
monocultura administração
açucareira
frança pau-brasil defesa colonização

governo-geral
martim afonso plantation
Países Baixos (1548)
enfrentamento feitorias de souza (1531)
(holanda)

capitanias
mercado
associação escravos latifúndios hereditárias
externo
(1534)

diversificação da economia colonial

tráfico aristocracia câmaras


abastecimento interno rural
negreiro municipais

atiVidade
• com base no esquema-resumo e no que você estudou ao longo do capítulo, responda às questões abaixo:
a) Faça um levantamento das atividades e produtos desenvolvidos com a colonização portuguesa.
b) Quais elementos vistos no capítulo poderiam servir para apontar a existência de uma dinâmica colonial que não
se restringia apenas a fornecer benefícios, mesmo que limitados, à metrópole portuguesa?
c) Quais as funções dos donatários das capitanias hereditárias e dos governadores-gerais?

exeRcíciOs de HistóRia

1 leitura e reflexão
Este capítulo se iniciou com uma pergunta: “Projeto colonial para servir a quem?”. Os efeitos de uma
visão europeia sobre o período colonial permanecem até os dias atuais. Com base nessa questão e na
sua leitura do texto da página 29 ("Os índios e os 500 anos: a festa da exclusão"), responda:
a) Por que a festa oficial do descobrimento foi excludente?
b) O monumento-resistência construído pelos indígenas Pataxó e a ideia de um monumento simbolizan-
do uma caravela, assim como a discordância indígena em relação ao termo “descobrimento” revelam
diferentes visões e versões sobre nossa história. No seu entendimento, o discurso oficial das comemo-
rações representou as visões e os sentimentos nacionais?

38 europa, o centro do mundo

HGB_v2_PNLD2015_027a040_u1c02.indd 38 3/21/13 3:24 PM