Vous êtes sur la page 1sur 2

GEOGRAFIA - Geografia Física: relevo, rios, vegetação.

- Geografia Humana: população (crescimento demográfico,


alfabetização, migração, etc).
PROFESSOR: Luciano Egeno - Geografia Política: relações políticas, conflitos entre nações.
- Cartografia: elaboração e interpretação de mapas.
Geografia é uma ciência que estuda as características da - Geografia Turística: desenvolvimento do turismo mundial e
superfície do planeta Terra, os fenômenos climáticos e a ação regional.
do ser humano no meio ambiente e vice-versa. - Geografia Ambiental: estuda as consequências das atitudes
Importância do estudo humanas no meio ambiente.
A Geografia é uma ciência muito importante, pois permite ao - Geografia Urbana: desenvolvimento das cidades,
homem compreender melhor o planeta em que vive. Para isso, planejamento urbano.
esta ciência dispõe de diversos recursos matemáticos e - Geografia Social: problemas sociais (violência, desemprego,
tecnológicos. A estatística, por exemplo, é muito usada na área falta de habitação).
da pesquisa populacional. Os satélites são fundamentais na - Geografia Agrária: questões ligadas ao campo (meio rural).
elaboração de mapas, além de fornecerem dados importantes - Geomorfologia: formas da superfície terrestre.
para a verificação de mudança na vegetação do planeta. - Climatologia: climas, temperatura e fenômenos climáticos
(seca, furacões, tempestades).
Principais áreas da Geografia e exemplos de temas - Hidrografia: estudo dos recursos hídricos (mares, rios, lagos,
estudados por cada área: oceanos).

O DIA EM QUE A TERRA PAROU – (Raul Seixas) De que morreremos cheios de uma vida tão vazia
Essa noite eu tive um sonho de sonhador Então erguemos muros que nos dão a garantia
Maluco que sou, eu sonhei De que morreremos cheios de uma vida tão vazia
Com o dia em que a Terra parou Nas grandes cidades de um país tão violento
Com o dia em que a Terra parou Os muros e as grades nos protegem de quase tudo
Foi assim: Mas o quase tudo quase sempre é quase nada
No dia em que todas as pessoas do planeta inteiro resolveram E nada nos protege de uma vida sem sentido
que ninguém ia sair de casa. O quase tudo quase sempre é quase nada
Como que se fosse combinado em todo o planeta, naquele E nada nos protege de uma vida sem sentido
dia, ninguém saiu de casa... ninguém! Um dia super uma noite super
O empregado não saiu pro seu trabalho Uma vida superficial
Pois sabia que o patrão também não tava lá Entre as sombras entre as sobras
Dona de casa não saiu pra comprar pão Da nossa escassez
Pois sabia que o padeiro também não tava lá Um dia super uma noite super
E o guarda não saiu para prender Uma vida superficial
Pois sabia que o ladrão, também não tava lá Entre cobras entre escombros
E o ladrão não saiu para roubar Da nossa solidez
Pois sabia que não ia ter onde gastar Nas grandes cidades de um país tão irreal
No dia em que a Terra parou (4x) Os muros e as grades
E nas Igrejas nem um sino a badalar Nos protegem de nosso próprio mal
Pois sabiam que os fiéis também não tavam lá Levamos uma vida que não nos leva a nada
E os fiéis não saíram pra rezar Levamos muito tempo pra descobrir
Pois sabiam que o padre também não tava lá Que não é por aí não é por nada não
E o aluno não saiu para estudar Não, não, não pode ser é claro que não é será? (Será?)
Pois sabia o professor também não tava lá Meninos de rua, delírios de ruína
E o professor não saiu pra lecionar Violência nua e crua, verdade clandestina
Pois sabia que não tinha mais nada pra ensinar Delírios de ruína, delitos e delícias
O comandante não saiu para o quartel Violência travestida, faz seu trottoir
Pois sabia que o soldado também não tava lá Em armas de brinquedo, medo de brincar
E o soldado não saiu pra ir pra guerra Em anúncios luminosos, lâminas de barbear
Pois sabia que o inimigo também não tava lá Um dia super uma noite super
E o paciente não saiu pra se tratar Uma vida superficial
Pois sabia que o doutor também não tava lá Entre as sombras entre as sobras
E o doutor não saiu pra medicar Da nossa escassez
Pois sabia que não tinha mais doença pra curar Um dia super uma noite super
Essa noite eu tive um sonho de sonhador Uma vida superficial
Maluco que sou, acordei! Entre cobras entre escombros
Da nossa solidez
MUROS E GRADES – (Engenheiros do Hawaii) Viver assim é um absurdo (como outro qualquer)
Nas grandes cidades do pequeno dia-a-dia Como tentar um suicídio (ou amar uma mulher)
O medo nos leva a tudo, sobretudo a fantasia Viver assim é um absurdo (como outro qualquer)
Então erguemos muros que nos dão a garantia Como lutar pelo poder (lutar como puder)
É muito comum alguns alunos – e até mesmo alguns professores – pensarem que a Geografia é “a ciência que estuda a
Terra” ou, simplesmente, associá-la ao estudo do relevo e dos mapas. Assim, para um professor de Geografia, é muito
difícil fazer com que seus alunos compreendam o real significado dessa área do conhecimento, bem como a sua
profundidade e importância.

Para isso, durante o primeiro dia de aula, é recomendado que o professor tente manifestar no imaginário de seus alunos
o significado da expressão ciência geográfica. Para isso, recomendamos que o educador inicie a aula perguntando: “e se
não houvesse Geografia no mundo?” Explique que, com essa pergunta, você não está se referindo à ciência geográfica
em si, mas sim ao seu campo de estudo: o espaço geográfico.

Analisando a letra da música, é possível perceber que a Terra em si não parou de verdade. Quando o autor se refere à
parada da Terra, está querendo dizer que o espaço geográfico é que parou, pois não havia ação humana para habitar,
produzir, estudar e transformar esse espaço. Do mesmo modo, a Geografia é a ciência que estuda a Terra, mas também
não é a Terra em si mesma, mas o espaço geográfico. Procure explicar esse raciocínio utilizando perguntas e provocações
para que eles cheguem a essa conclusão.

Com isso, fica fácil explicar que o espaço geográfico é o espaço da habitação humana, onde homens e mulheres vivem,
produzem habitações, cultivam o solo, transformam e (re)transformam as paisagens, proclamam seus valores culturais,
sua identidade, entre outras coisas. Faça com que eles compreendam, através da letra da música, que tudo se espacializa:
o comércio, a criminalidade, as religiões, o ensino, a cultura etc.
Para finalizar, peça para eles produzirem um texto dissertativo explicando o que é a Geografia e qual a sua importância
para a sociedade.

PEDIR QUE LEIAM O TEXTO ATENTAMENTE.

PASSAR OS CLIPES

FAZER UMA ANÁLISE DAS MÚSICAS ENTRE ELAS

FAZER UMA RELAÇÃO EM QUAIS ÁREAS DA GEOGRAFIA ELAS PODEM SER ENCAIXADAS E ESTUDADAS.