Vous êtes sur la page 1sur 2

O Dia do Pensamento tem lugar a 22 de fevereiro.

Este dia, também conhecido como

Dia do Fundador, foi criado com o intuito de promover a reflexão a nível mundial de

variadas temáticas e a fraternidade.

Nos diversos países do mundo faz-se uma corrente de pensamentos e realiza-se uma

angariação de fundos para ajudar na missão das mais de 10 milhões de Guias (o

"Tostão Mundial") a nível global. Como não bastam pensamentos, este é também um

dia de ação, para alcançar a amizade mundial.

Outro objetivo do dia é incentivar mais raparigas e jovens a juntarem-se ao movimento

das Guias e Escuteiras.

Origem do Dia do Pensamento

O “Thinking Day” ou “Founder’s Day” remonta a 1926, por altura da quarta conferência

mundial das Guias e Escuteiras (Girl Guide/Girl Scout International Conference), em

homenagem a Lord Baden-Powell e sua esposa Lady Baden-Powell, fundador e chefe

mundial das Guias, respetivamente, nascidos no mesmo dia 22 de fevereiro.

O seu significado mantém-se porém, tanto para escoteiros como para não escoteiros:

reflexão, fraternidade, união e harmonia universal, sem fronteiras e impedimentos

políticos ou religiosos.

https://www.calendarr.com/portugal/dia-do-pensamento/

Foi criado em 1926 na quarta conferência mundial das Guias e Escuteiras. Durante a
conferência foi considerado que seria importante existir um dia especial para as Guias e
Escuteiras em todo o mundo. Um dia em que dedicassem tempo a “pensar” umas nas
outras e a agradecerem a todas as outras Guias e Escuteiras irmãs.

Escolheram o dia 22 de Fevereiro para o "Dia do Pensamento" porque era simultaneamente


o dia de aniversário de Baden-Powell e da sua mulher Olave, chefe mundial das Guias. O
Dia do Pensamento foi-se tornando numa iniciativa cada vez mais transversal deixando o
domínio exclusivo das Guias e Escuteiras.
bio BP

De nome completo Robert S. Smyth Baden-Powell, nasceu a 22 de fevereiro de 1857 em Londres,


e faleceu em Nairobi (Quénia) o dia 8 de janeiro de 1941. Foi o fundador do escotismo (os “Boy
Scouts”). Chegou a ser um herói nacional pelo seu labor na defesa militar de Mafekling, na África do
Sul, durante a guerra contra os “Boers”, entre 1899 e 1902. A sua vida desenvolve-se em duas fases
claramente diferenciadas. http://pgl.gal/baden-powell-criador-do-movimento-escoteiro/

Graças aos seus feitos na vida militar, Baden-Powell tornou-se um herói no seu país.
Durante uma viagem a Inglaterra, Baden-Powell viu alguns rapazes criarem brincadeiras
através de um livro, que ele havia escrito para batedores do exército e que continha
explicações sobre como acampar e sobreviver em regiões selvagens. Então, conversando
com os amigos, ele entusiasmou-se e resolveu realizar, em 1907, na ilha de Brownsea,
um acampamento com vinte rapazes dos 12 aos 16 anos, onde transmitiu
conhecimentos técnicos tais como: primeiros socorros, observação, técnicas de
segurança para a vida na cidade e na floresta, etc.
Devido aos bons resultados deste acampamento, Baden-Powell começou a escrever o
livro "Escutismo para Rapazes" Os jovens ingleses entusiasmaram-se tanto com o
livro que Baden-Powell organizou e fundou o Movimento Escutista.
Rapidamente o Escutismo alastrou-se por vários países do mundo. Em Portugal o
Escutismo deu os primeiros passos ainda no território de Macau em 1911, tendo os seus
impulsionadores regressado ao nosso país e fundado, em 1913, a Associação dos
Escoteiros de Portugal. em Londres, reuniram-se num grande acampamento Escuteiros
de várias nacionalidades. Foi neste primeiro acampamento mundial, denominado
Jamboree, que 20.000 jovens aclamaram Baden-Powell como Chefe
Mundial.http://www.cne-
escutismo.pt/Escutismo/Oque%C3%A9oEscutismo/FundadordoEscutismo/tabid/81/Defau
lt.aspx