Vous êtes sur la page 1sur 3

Sujeito e Oração Subordinada Substantiva Subjetiva

Tipos de sujeito:
• Simples: [todas as pessoas desse mundo] vão morrer um dia. / 2. compram-se [automóveis usados]
1. (há apenas um núcleo do sujeito: "pessoas")
1. (há apenas um núcleo do sujeito: "automóveis")

• Composto: [Você, Davielson, Jurisleide e eu] somos uma família.


(há dois ou mais núcleos: "vocês", "Davielson", "Jurisleide", "eu")

• Oculto / Desinencial: [ x ] entendemos toda a matéria.


(graças à desinência verbal –mos, identificamos o sujeito não expresso: nós)

• Indeterminado: 1. [ x ] sabotaram meu copo / 2. precisa-se de garçons


1. (Não podemos determinar, sintaticamente, onde está o sujeito, mas há)
2. (o "se" é classificado como índice de indeterminação do sujeito. Não sabemos quem precisa)

• Inexistente (oração sem sujeito): 1. [ x ] choveu / 2. [ x ] havia duas casas aqui /


3. [ x ] faz cem anos que não te visto / 4. hoje [ x ] está muito frio
(não há sujeito para os verbos dessas orações: 1. fenômenos da natureza, 2. verbo "haver" com ideia de
existência. 3. verbo "fazer" com tempo decorrido. 4. verbo "estar" com fenômeno da natureza)

Oração na posição de sujeito:


A vinda de Paulo é importante → Sujeito: A vinda de Paulo convém. → Sujeito:
É importante a vinda de Paulo → Sujeito: Convém a vinda de Paulo. → Sujeito:
É importante que Paulo venha aqui → Sujeito: Convém que Paulo venha aqui. → Sujeito:
É importante Paulo vir aqui → Sujeito: Convém Paulo vir aqui. → Sujeito:
É dito que Paulo vem aqui → Sujeito: Diz-se que Paulo vem aqui. → Suejito:

Informações importantes
❖ O período é composto por uma oração principal e uma oração subordinada
❖ A oração subordinada pode ter uma conjunção chamada conjunção integrante: que
❖ A oração subordinada com conjunção integrante é desenvolvida
❖ A oração subordinada sem conjunção integrante é reduzida de infinitivo (voltar às orações da tabela)

Oração Subordinada Substantiva Subjetiva


• Oração → Porque é uma sentença com verbo (ou locução verbal);
• Subordinada → Porque exerce uma função sintática na oração principal;
• Substantiva → Porque ocupa o lugar de um substantivo (substituir por "isso")
• Subjetiva → Porque a função sintática que ela exerce é de sujeito.
I – Marque a alternativa correta:
1- Os meninos compraram uma bola. 8- Saí-me muito bem na prova
A) Sujeito Simples A) Sujeito Simples
B) Sujeito Composto B) Sujeito Composto
C) Sujeito Indeterminado C) Sujeito Indeterminado
D) Sujeito Desinencial D) Sujeito Desinencial
E) Oração Sem Sujeito E) Oração Sem Sujeito

2- Roubaram a carteira de Carlos 9- A confiança de Carlos e Maria no filho está por um fio
A) Sujeito Simples A) Sujeito Simples
B) Sujeito Composto B) Sujeito Composto
C) Sujeito Indeterminado C) Sujeito Indeterminado
D) Sujeito Desinencial D) Sujeito Desinencial
E) Oração Sem Sujeito E) Oração Sem Sujeito

3- Vendem-se boas casas neste bairro 10- Necessita-se de pedreiros na construção ao lado
A) Sujeito Simples A) Sujeito Simples
B) Sujeito Composto B) Sujeito Composto
C) Sujeito Indeterminado C) Sujeito Indeterminado
D) Sujeito Desinencial D) Sujeito Desinencial
E) Oração Sem Sujeito E) Oração Sem Sujeito

4- Maria e João casaram-se ano passado 11-Eu não entendi bem a sua pergunta.
A) Sujeito Simples A) Sujeito Simples
B) Sujeito Composto B) Sujeito Composto
C) Sujeito Indeterminado C) Sujeito Indeterminado
D) Sujeito Desinencial D) Sujeito Desinencial
E) Oração Sem Sujeito E) Oração Sem Sujeito

5- A casa foi invadida pelos bandidos 12- Faremos uma boa prova
A) Sujeito Simples A) Sujeito Simples
B) Sujeito Composto B) Sujeito Composto
C) Sujeito Indeterminado C) Sujeito Indeterminado
D) Sujeito Desinencial D) Sujeito Desinencial
E) Oração Sem Sujeito E) Oração Sem Sujeito

6- Poderá haver outros jogos antes da Copa 13- Está muito quente aqui hoje
A) Sujeito Simples A) Sujeito Simples
B) Sujeito Composto B) Sujeito Composto
C) Sujeito Indeterminado C) Sujeito Indeterminado
D) Sujeito Desinencial D) Sujeito Desinencial
E) Oração Sem Sujeito E) Oração Sem Sujeito

7- Alguém comeu o meu pedaço do bolo 14- Maria e suas amigas fizeram uma viagem divertida
A) Sujeito Simples A) Sujeito Simples
B) Sujeito Composto B) Sujeito Composto
C) Sujeito Indeterminado C) Sujeito Indeterminado
D) Sujeito Desinencial D) Sujeito Desinencial
E) Oração Sem Sujeito E) Oração Sem Sujeito

15- Houve um acidente na rua de minha casa


A) Sujeito Simples
B) Sujeito Composto
C) Sujeito Indeterminado
D) Sujeito Desinencial
E) Oração Sem Sujeito
II – Classifique os sujeitos:
01. Haverá reunião todos os sábados. 31. Saiu o ônibus para o Rio.
02. Além do frio ventava demais. 32. Nomearam meu primo diretor do clube.
03. São Paulo está ensolarado. 33. Estão em vigor, as novas tarifas telefônicas.
04. Febre alta e dor de cabeça são sintomas da dengue. 34. Começa a ventar.
05. Prenderam o ladrão. 35. Aqui quando chove não se sai de casa.
06. Faz muito calor em minha cidade. 36. Faz duas semanas que cheguei.
07. Vive-se bem no campo. 37. Havia muitos anos que não vinha ao Rio.
08. Perdi minha caneta. 38. Hoje são vinte de março.
09. Não é habitada a Lua. 39 Após as enxurradas ficam cheias as sarjetas.
10. De vez em quando Teresinha vira onça. 40. Aconteceram fatos importantes na reunião.
11. Bateram à porta. 41. Ele trovejava impropérios sobre a turba.
12. A temperatura aumentou na região sul. 42. Choviam flores do helicóptero.
13. O álbum e as figurinhas estão aqui. 43. À noite, eu e Rodrigo iremos ao cinema.
14. Come-se com fartura em sua casa. 44. Escureceu cedo hoje.
15. As chuvas transformaram o deserto. 45. Esta comida não serve para consumo.
16. Eram doze horas. 46. Subitamente, pararam todos.
17. Existirão seres vivos em outros mundos? 47. Estavam com fome.
18. Anoiteceu. 48. Aproximou-se então uma menina.
19. Chegaram os filhos da vizinha. 49. Soou na escuridão uma pancada seca.
20. Crê-se em Deus. 50. Choveu fininho ontem à noite.
21. Todos ficaram quietos. 51. Na dúvida, velhos e moços calaram-se.
22. Apareceu um mágico por lá. 52. Um vento triste assobia lá fora.
23. Da cartola do mágico saem pombos e vários objetos. 53. Isto não é nada.
24. Um dia lhe telefonarei. 54. Ninguém o viu sair.
25. Não encontraram o corpo do rapaz afogado. 55. O Viver é perigoso.
26. Choveu garrafa vazia lá de cima. 56. Quebraram a lanterna do meu carro.
27. Trovejou muito. 57. Havia pessoas descontentes na assembleia.
28. Meu chefe trovejou de raiva. 58. Assistiu-se a uma cena desagradável.
29. O velho dono do bar resolveu tomar uma atitude. 59. Era noite fechada.
30. Caíram ao chão uma árvore e um poste.

III- Identifique e classifique as orações principais e subordinadas substantivas subjetivas.


Cartola – Acontece Wesley Safadão (Ivete Sangalo) - Parece que o vento

Esquece nosso amor, vê se esquece Parece que o vento leva notícias de mim pra você
Porque tudo no mundo, acontece Parece que o vento traz notícias de você pra mim
E acontece que já não sei mais amar Parece que as noites se tornam mais frias longe de você

Vai chorar, vai sofrer Muleke Travesso - Você em mim


E você não merece
Mas isso acontece Hoje eu me encontro na solidão, dos seus mistérios
Louco pra te ver, tocar sua mão, falando sério
Titãs - É preciso saber viver Quero confessar o seu valor
E todo meu sofrer
Quem espera que a vida Pra te conquistar, eu faço qualquer coisa
Seja feita de ilusão Tá certo que cai numa real
Pode até ficar maluco Que fui um tolo
Ou morrer na solidão Tolo porque sinto você em mim, quanto desejo
É preciso ter cuidado Sonho em te beijar, em te abraçar
Pra mais tarde não sofrer Nós dois fazendo amor
É preciso saber viver Não dá pra entender
Porque te amo demais, te adoro demais
E longe de você não dá